21-03-2019

  Diretor Ivo Moreira | Periodicidade Diária

Sobre Nós  |  Fala Connosco     

 

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) deteve hoje cinco pessoas por venda online ilegal de bilhetes para o festival NOS Alive, que vai decorrer entre os dias 9 e 11 de julho, em Lisboa.
 
A Unidade Regional do Centro instaurou os cinco processos-crime por prática de crime de especulação na forma tentada, uma vez que os bilhetes estavam à venda a 250 euros, quando na realidade têm um valor comercial de 55 euros cada.
 
Em comunicado, divulgado pela Agência Lusa, a ASAE afirma ainda que “tem vindo a realizar várias ações de investigação/fiscalização da venda online de bilhetes para o festival NOS Alive 2015”.
 
 
Publicado em Festivais
O RFM SOMNII – O Maior Sunset de Sempre anunciou recentemente três novas confirmações de peso: Fede Le Grand, Jonas Blue e Redfoo vão subir ao palco do festival que vai decorrer na Figueira da Foz entre os dias 5 e 7 de julho.
 
Durante estes três dias, a cidade da Figueira da Foz irá receber artistas de música eletrónica, e não só, pelos quatro cantos da localidade espalhados por vários palcos. 
 
Até ao momento, está também confirmada a presença de Afrojack, Alesso, DJ Snake, Don Diablo, Netsky, Radical Redemption, Vigel, Jay Hardway e o rapper Tyga.
 
Os bilhetes encontram-se à venda nos locais habituais com preços entre os 25 e os 271 euros. Confere abaixo todos os artistas confirmados nos respetivos dias:
 
5 de julho:
Afrojack
Alesso
Fedde Le Grand
Radical Redemption
Vigel
 
6 de julho:
DJ Snake
Netsky
Redfoo
Jay Hardway
 
7 de julho:
Don Diablo
Tyga
Jonas Blue
 
 
Publicado em Festivais

 

A Associação Portuguesa de Festivais de Música (APORFEST) promove um novo movimento intitulado “COM Mobilidade Reduzida, SEM barreiras nos festivais”, com o objetivo de melhorar as condições logísticas de eventos de música para os portadores de mobilidade reduzida, através de uma ação de crowdfunding.
 
Existem muitos festivais de música em Portugal que têm algumas dificuldades em termos de orçamento, o que faz com que o investimento em condições e estruturas especiais para os portadores de mobilidade reduzida seja um objetivo secundário. A APORFEST pretende mudar este problema, transferindo todo o valor adquirido através da ação de crowdfunding a três festivais.
 
Este apoio pretende ser um investimento em condições para portadores de mobilidade reduzida como palcos, casas de banho, seguranças, estruturas e zonas de mobilidade reduzida.
 
Para saberes mais informações sobre este novo projeto e contribuíres para a causa, acede ao site oficial da campanha.
 
Publicado em Festivais
O Lisboa Dance Festival vai decorrer nos dias 9 e 10 de março no Hub Criativo Beato em Lisboa e já conta com o seu alinhamento completo. Como cabeças de cartaz, estão confirmados NÃO e Nosaj Thing (live) no primeiro e segundo dia, respetivamente.
 
No line-up constam ainda nomes como Octave One, Monooc, Romare, Leon Vynehall, Optimo/Xinobi, Max Graef, Rastronaut, Gnu Panic, Dupplo, DJ Glue, Shaka Lion, DJ Marfox, Migue Torga, Joe Goddard, Midland, Steffi Truncate, Mirror People, Prins Thomas, Moomin, Saoirse, Bawrut, Pedro, Mvria, Ramboiage, DJ Kitten, Paraguaii, Antonio Bastos e Himan.
 
As conferências do Lisboa Dance Festival têm como temas as “Marcas na música”, “LX: uma cidade que dança com turistas” e “Como é que Lisboa é vista de fora?” e contam com oradores Branko, Vitor Belanciano, Ryan Miller, Luis Oliveira, Rui Murka, Karla Campos, Rui Miguel Abreu e Pedro Gonçalves.
 
O segundo dia do Lisboa Dance Festival conta com 12 horas de música seguida, com início às 16 horas. A marca de automóveis Kia fechou uma parceria com a organização do festival liboeta e promete transportar gratuitamente os festivaleiros de vários pontos da capital portuguesa para o recinto do evento, entre as 18h e as 03h30.
 
Os bilhetes já se encontram disponíveis a preços entre os 30 e os 69 euros nos locais habituais.
 
Publicado em Festivais
terça, 12 fevereiro 2019 00:01

Boom Festival conquista prémio internacional

É considerado como um dos maiores festivais do mundo e acaba de receber um novo prémio. Pela sexta vez consecutiva, o Boom Festival conquistou o “Outstanding Greener Festival Award 2018”, sendo o único evento português premiado.
 
Este galardão é uma iniciativa internacional que premeia eventos exemplares para a indústria através das suas práticas de sustentabilidade e redução de impactos ambientais. 
 
Todos os candidatos passam por uma avaliação rigorosa e os resultados foram apresentados no passado dia 18 de janeiro na Eurosonic Noorderslag, na Holanda.
 
O Boom Festival tem apostado na defesa do ambiente, com regras que obrigam todos os restaurantes a usarem material biodegradável, reciclagem de comida, um programa de revitalização da economia local, redução do consumo de energia e água, entre outras.
 
 
Publicado em Festivais
quarta, 12 setembro 2018 21:00

The BPM Festival: Confere o cartaz completo

O festival BPM está de volta com a sua edição portuguesa entre os dias 20 e 23 de setembro, em Portimão e Lagoa, com um cartaz de luxo, que conta com nomes nacionais e internacionais.
 
Carl Craig, Chus & Ceballos, Danny Tenaglia, DJ Vibe, Frank Maurel, Jamie Jones, Luciano, Magazino, Miss Sheila e muitos outros fazem parte do line-up da edição deste ano do festival, que conta também com showcases das maiores editoras mundiais.
 
Os bilhetes estão à venda no site oficial com preços entre os 17,74 e os 280,65 euros. Confere abaixo o cartaz completo:
 

Publicado em Festivais
A quarta edição do festival Dancefloor, em Leiria, decorreu no passado fim-de-semana, nos dias 27 e 28 de julho no estádio municipal Dr. Magalhães Pessoa com um cartaz diversificado, mas com destaque para o hardstyle.
 
Nicky Romero, Borgore, Blasterjaxx, NEW_ID e os portugueses KEVU foram alguns dos artistas que subiram ao palco do Dancefloor, que teve o Portal 100% DJ como Media Partner Oficial.
 
O género hardstyle, que tem vindo a aumentar a sua notoriedade e público, foi o ‘rei’ deste evento que promete voltar e crescer no próximo ano, para ser “a meca nacional” deste estilo, mas sem esquecer a chamada ‘EDM’.
 
Além das atuações ao vivo, o festival contou ainda com o evento Be Fit, que transformou o estádio da cidade de Leiria num ginásio gigante ao ar livre, com aulas de Zumba, Body Pump, Body Attack e Cycling.
 
Para os festivaleiros que estiveram a acampar na Praia do Pedrógão, a festa começou mais cedo com um sunset no dia 26 de julho, com atuações de Rob Willoe, Madara e Solberjum.
 
Para inaugurar o palco do Dancefloor no dia 27 de julho, subiram ao palco os artistas Solberjum e Madara, que ficarem encarregues do warm up de dois dias que se adivinhavam épicos.
 

 
Após a atuação de Vendark, João Rosário dos KEVU subiu ao palco com um set enérgico e repleto de drops que puseram o público presente a saltar. No final, ainda houve tempo para apresentar a música oficial do Dancefloor, uma colaboração com Vendark, intitulada “Be Free”.
 

 
Seguiu-se Will Sparks, que já tinha o público bem preparado para a sua atuação. Os efeitos especiais, C02, confetis, lasers, fogo e pirotecnia foram cada vez mais utilizados, levando os festivaleiros à loucura.
 

 
A dupla VINAI subiu posteriormente ao palco do Dancefloor, com um dos membros a vestir uma camisola da Seleção Portuguesa de Futebol, numa demonstração do carinho que os artistas italianos têm pelo público nacional. Os drops de todas as faixas eram acompanhados por saltos dos presentes, bem como as letras que os festivaleiros tinham na ponta da língua.
 

 
E chegou o momento que muitos esperavam: o regresso de Nicky Romero a palcos portugueses. A ansiedade era sentida e notável no público, que recebeu o artista de braços abertos, em euforia. O fogo de artifício fez-se ver no ar e todos puderam dançar e cantar os êxitos do momento e alguns clássicos. Na fila da frente, houve quem usa-se a famosa máscara dos Anonymous ou do V de Vendetta, usada no videoclip de “Toulouse”.
 

 
A noite já era longa e o hardstyle ocupou lugar no palco do Dancefloor, com as atuações de Noisecontrollers e Zatox. As batidas agressivas deste género musical que está a tornar-se popular entre os amantes de música eletrónica contagiaram o público, que reagia a cada faixa que era reproduzida. Muitos eram aqueles que envergaram com muito orgulho as bandeiras referentes ao hardstyle.
 

 
Se o primeiro dia do festival já tinha um bom cartaz, o segundo ainda elevou mais a fasquia. Depois do warm-up feito pelos mesmos artistas do dia anterior, Alecks subiu ao palco antes da atuação de NEW_ID.
 

 
Para quem não conhecia ou nunca tinha assistido a uma performance de NEW_ID, o artista surpreendeu todos os presentes pela positiva. Foi um set pensado, com uma seleção musical feita a rigor, desde os hits da atualidade até aos clássicos. NEW_ID foi dos que mais agradeceu ao público, através de gestos, sorrisos e palavras.
 

 
O dubstep também teve lugar no Dancefloor, com Borgore. Depois da sua atuação no Lick, no Algarve, o DJ israelita encantou os amantes de música eletrónica que estavam no estádio de Leiria, desde os mais novos até aos mais velhos. Bandeiras, cartazes e t-shirts com o seu nome eram muito visíveis na frontline.
 

 
Seguiu-se Tujamo, que continuou a festa que já estava a ficar memorável, mas que não ia ficar por ali. Os efeitos especiais cada vez mais levavam o público à loucura, antes da entrada do convidado especial: Carnage.
 

 
Depois da sua atuação na EDP Beach Party, Carnage ganhou uma grande legião de fãs portugueses que não saíram da frente do palco por nada. A sua atuação foi acompanhada por todos bem de perto, com direito a vários momentos de mosh pit, impressionantes para quem via de cima, desde a zona VIP.
 

 
Os cabeças de cartaz, Blasterjaxx, sobem ao palco apenas com a presença de Thom, mas mais uma vez sem desiludir. O ambiente vivido no relvado do Dancefloor era de invejar, ond era possível sentir uma energia única e uma única paixão: a música eletrónica.
 

 
Por fim, a dupla Audiotricz encerrou a edição deste ano do festival Dancefloor com muita música hardstyle, levando os fãs do estilo à loucura, mais uma vez, depois do aquecimento de Carnage. No final, fizeram questão de descer do palco e trocar algumas palavras com os fãs, além das habituais selfies e autógrafos.
 

 
Durante os dois dias de festival, o estádio de Leiria recebeu cerca de 15 mil amantes de música eletrónica e a organização já está a preparar a edição de 2019, que promete ser ainda melhor.
 
Até para o ano, Dancefloor!
 
Galeria de Fotos:
 
Publicado em Reportagens

 

Os famosos e polémicos selfie sticks vão ser um dos objetos proibidos de entrar nas próximas edições dos festivais Super Bock Super Rock e NOS Alive, que vão decorrer nos dias 16 a 18 de julho e 9 a 11 de julho, respetivamente.
 
A informação pode ser encontrada nos sites oficiais dos festivais, cuja organização alega que os selfie sticks, ou semelhantes, podem causar perigo e incómodo em espaços lotados com milhares de pessoas.
 
Outros festivais de música a nível internacional também já proibiram a entrada deste objeto usado para telemóveis ou máquinas GoPro, como o Lollapalloza e o Coachella.
 
Publicado em Festivais
terça, 20 novembro 2012 22:50

Vodafone patrocina Festival Paredes de Coura

Há mais de vinte anos que o festival Paredes de Coura mexe com a música e em 2013 cresce ainda mais com o patrocínio da Vodafone. Esta aposta da marca reforça a sua ligação à música fora dos grandes centros urbanos e conta com um cartaz criterioso, alinhado com o posicionamento musical da rádio Vodafone FM, que se associa ao festival. O Vodafone Paredes de Coura demarca-se dos demais festivais de Verão pela experiência musical diferenciadora que proporciona aos visitantes num ambiente e cenário únicos no país.

As cumplicidades estéticas e conceptuais entre a Vodafone e o festival apuraram-se em 2012, potenciadas pela experiência do Palco Vodafone FM e das actividades realizadas pela Yorn no recinto, e regressam na próxima edição em pleno. No anfiteatro natural da Praia Fluvial do Taboão, o Vodafone Paredes de Coura será o palco da revelação de novos talentos, confirmação de promessas da música nacional e internacional, consagração de alguns e deleite de todos.
O festival Paredes de Coura é há muito reconhecido pelo público, mas também pelos artistas que este ano o colocaram na shortlist dos nomeados para os Europe Festival Awards na categoria de 'Festival Favorito dos Artistas'.

Ainda este mês serão anunciados os primeiros artistas confirmados e colocados à venda na FNAC os primeiros ‘Fã Packs’ que incluem um passe geral para todos os dias do festival Vodafone Paredes de Coura e uma oferta exclusiva, por 70 euros.
Publicado em Marcas
O maior sunset de sempre, que vai decorrer entre os dias 6 e 8 de julho na Figueira da Foz, divulgou hoje o primeiro nome confirmado para a edição deste ano. Tratam-se dos holandeses Yellow Claw, que sobem ao palco do RFM SOMNII no dia 6 de julho.
 
A dupla de música eletrónica regressa a Portugal para apresentar o segundo álbum de originais, intitulado de “Los Amsterdam”, aclamado pela crítica especializada.
 
A organização do festival de música eletrónica promete o anúncio de novos artistas para breve. A edição do ano passado do RFM SOMNII contou com a presença de mais de 100 mil festivaleiros.
 
Os bilhetes já se encontram à venda nos locais habituais a preços entre os 13,50 e os 90 euros.
 
Publicado em Festivais
Pág. 1 de 15
100% DJ. Projeto editorial independente cujos valores se guiam pelo profissionalismo, isenção e criatividade, tendo como base de trabalho toda a envolvente da noite nacional e internacional, 365 dias online.

Newsletter

Recebe novidades e conteúdos exclusivos no teu e-mail.