27-05-2019

  Diretor Ivo Moreira | Periodicidade Diária

Sobre Nós  |  Fala Connosco     

×

Erro

[sigplus] Erro crítico: A pasta da galeria de imagens eventos-meoarena deve ter um caminho relativo para a pasta base das imagens especificada na back-end.

Numa parceria entre a Farol Música e a Cool Beat Records, foi colocado hoje à venda a nova compilação “Tropical Club Summer 2015”, que tem obtido sucesso nas suas edições anteriores.
 
A compilação incluí grandes hits do momento, que têm sido reproduzidas nas estações de rádio e nas pistas de dança mais badaladas do último verão. Algumas novas faixas, que são apostas para a próxima temporada, também estão presentes no álbum. Kygo, Afrojack, Avicii, Phill Kay, Nuno Prilho e No Maka são alguns dos artistas presentes nesta compilação, que já está à venda nas lojas.
 
{youtube}9Sc-ir2UwGU{/youtube}
Publicado em Mix
O documentário “Tecla Tónica”, que pretende retratar a história da música eletrónica em Portugal, já tem data de estreia marcada. A exibição será no dia 30 de abril, pelas 21h30, no Grande Auditório da Culturegest em Lisboa, inserida no Indie Lisboa – Festival Internacional de Cinema Independente.
 
Com uma cronologia demonstrada no documentário desde os anos 60 até à atualidade, nesta longa-metragem será possível viajar ao longo do tempo e dos diferentes géneros de música eletrónica.
 
“Tecla Tónica” é uma produção de Eduardo Morais, com entrevistas a artistas como Carlos Maria Trindade, José Cid, Carlos Zíngaro, Vítor Rua, Tó Pereira (DJ Vibe), Moullinex e muitos outros.
 
Após a estreia do documentário, a garagem da Culturgest receberá uma after-party com Ghost Hunt, WASTE Club e Rui Miguel Abreu no line-up até às 4 horas da madrugada. Os bilhetes estão à venda na Ticketline, site oficial do Indie Lisboa, na Culturgest e São Jorge.
 
{youtube}iITOO5AeDd4{/youtube}
Publicado em Mix
Banho tomado, cabelo todo xpto, e style completamente on fire. Estás pronto/a? Espera! Ouve estas 5 músicas primeiro e depois lets go Party!
 
1
 
2
 
3
 
4
 
5
Publicado em Mix

 

A revista norte americana Billboard realizou uma lista dos melhores festivais de música eletrónica da Europa, que vão acontecer este verão. A tabela conta com 20 festivais, espalhados por vários países do velho continente, que englobam os diversos tipos de música eletrónica.
 
Os famosos festivais Tomorrowland, Mysteryland, Ultra Europe e Sonar constam na lista, liderada pelo Berlin Festival, que decorreu na Alemanha, nos dias 29, 30 e 31 de maio.
 
Confere a lista completa:
 
  • 1 – Berlin Festival (Berlim, Alemanha, 29 e 31 de maio) – Cabeças de cartaz: Richie Hawtin, Dixon
  • 2 – Sonar (Barcelona, Espanha, 18 a 20 de junho) – Cabeças de cartaz: The Chemical Brothers, Skrillex
  • 3 – Fusion Festival (Larz, Alemanha, 25 a 28 de junho)
  • 4 – Hideout Festival (Pag, Croácia, 28 de junho a 2 de julho) – Cabeças de cartaz: Duke Dumont, Gordon City, Loco Dice
  • 5 – Exit Festival (Navi Sad, Sérvia, 9 a 12 de julho) – Cabeças de cartaz: Hardwell, Martin Garrix, Dixon
  • 6 – Ultra Europe (Split, Croácia, 10 a 12 de julho) – Cabeças de cartaz: Afrojack, David Guetta, Carl Cox, Zedd
  • 7 – Dour Festival (Dour, Bélgica, 15 a 19 de julho) – Cabeças de cartaz: Flume
  • 8 – Melt Festival (Ferropolis, Alemanha, 17 a 19 de julho) – Cabeças de cartaz: Bonobo, Jamie XX
  • 9 – Secret Garden Party (Abbots Ripton, Reino Unido, 23 a 26 de julho) – Cabeças de cartaz: Jungle, Caravan Palace
  • 10 – Tomorrowland (Boom, Bélgica, 24 a 26 de julho) – Cabeças de cartaz: David Guetta, Tiesto, Avicii, Axwell /\ Ingrosso
  • 11 – Dekmantel (Amesterdão, Holanda, 30 de julho a 2 de agosto) – Cabeças de cartaz: Machindrum, Mano Le Tough, Recondite
  • 12 – Kazantip (Popovka, Geórgia, 31 de julho a 16 de agosto) – Cabeças de cartaz: Marco Carola, Ricardo Villalobos, Jamie Jones
  • 13 – Eastern Electric (Londres, Reino Unido, 1 de agosto) – Cabeças de cartaz: Jamie Jones, Joris Voorn
  • 14 – SonneMondeStern (Saalburg Beach, Alemanha, 7 a 9 de agosto) – Cabeças de cartaz: Calvin Harris, The Chemical Brothers, Steve Aoki
  • 15 – Barrakud (Pag, Croácia, 8 a 15 de agosto) – Cabeças de cartaz: Sven Vath, Dubfire
  • 16 – Sziget Festival (Budapeste, Hungria, 10 a 17 de agosto) – Cabeças de cartaz: Avicii, Martin Garrix, Major Lazer
  • 17 – Pukkelpop (Hasselt, Bélgica, 20 a 22 de agosto) – Cabeças de cartaz: Kygo, Madeon, Knife Party
  • 18 – Creamfields (Cheshire, Reino Unido, 28 a 30 de agosto) – Cabeças de cartaz: Avicii, The Chemical Brothers, Armin van Buuren, Martin Garrix
  • 19 – Mysteryland (Haarlemmermeer, Holanda, 29 e 30 de agosto) – Cabeças de cartaz: Alesso, Martin Garrix, Steve Angello, The Martinez Brothers
  • 20 – Bestival (Isle Of Wight, Reino Unido, 10 a 13 de setembro) – Cabeças de cartaz: The Chemical Brothers, Skrillex, Duke Dumont
 
Publicado em Festivais
domingo, 25 novembro 2012 14:49

6 Músicas para consumo obrigatório

Desta vez apresentamos uma lista de 6 músicas para serem obrigatoriamente consumidas e de vicío fácil. O play está à espera do teu clique!
 
1
 
 
 
3
 
4
 
5
 
6
 
 
Publicado em Mix
O Algarve é cada vez mais o destino turístico escolhido pelos clubbers de toda a Europa que procuram os mais diversos eventos de música eletrónica. Por esse facto a editora I Bounce decidiu lançar recentemente uma coletânea especial de Verão, fazendo com que o Algarve vá além fronteiras, para atrair novas ideias, novos investimentos, um novo público e uma nova dinâmica

Esta compilação conta com sonoridades bem atuais, e irá funcionar em pleno, tanto no panorama nacional como no internacional.

Os temas incluídos já foram testados por nomes da música de dança mundial que lhes deram feedbacks bastante positivos. É mais um passo importante na dance scene nacional. Tem o preço de 9,99 euros e é um exclusivo da Loja FNAC do Algarve Shopping estando prevista a sua distribuição pelo resto do país e ilhas.
 
Está também disponível em formato Unmixed digital próprio para deejays em mais de 300 lojas espalhadas pelo Mundo inteiro.
 
O Portal 100% DEEJAY já ouviu e aprova no seu todo esta excelente coletânea.
Publicado em Mix

[sigplus] Erro crítico: A pasta da galeria de imagens eventos-meoarena deve ter um caminho relativo para a pasta base das imagens especificada na back-end.

Desde que foi inaugurada, em 1998, pela maior sala multiusos do país já passaram inúmeros eventos, das mais diferentes tipologias, desde congressos, exposições, concertos e até mesmo provas desportivas.
 
Localizada às portas de Lisboa, a (agora) Meo Arena dispõe de uma área total de construção de 47 mil metros quadrados e na sua capacidade máxima pode albergar 20 mil pessoas em pé e 12.900 sentadas. Tem dois balcões (1.º e 2.º andar) e a área total da arena é de 5.200 metros quadrados.
 
A ideia de construir este edifício remonta às primeiras discussões sobre o Plano de Urbanização da Expo 98. Ao contrário de outras cidades europeias, Lisboa não possuía uma sala polivalente para acolher eventos de grande envergadura. As salas existentes, tanto na capital como noutros pontos do país, ou tinham lotação limitada - até 4000 lugares -, ou eram dificilmente adaptáveis a eventos não convencionais, como o desporto de alta competição em recinto coberto. Além disso, não dispunham do aparato tecnológico exigido para coberturas televisivas modernas ou pelos grandes espetáculos musicais ou teatrais.
 

Na sua capacidade máxima pode albergar 20 mil pessoas em pé e 12.900 sentadas.

 
Recuando atrás no tempo, durante os 132 dias de Expo 98, o edifício era designado Pavilhão da Utopia, onde era realizado, quatro vezes ao dia, um espetáculo de efeitos teatrais clássicos com as modernas tecnologias multimédia, designado "Oceanos e Utopias". A sua autoria foi de François Confino e Philipe Genty, produzido pela empresa Rozon. 
 
Esta construção não foi feita ao acaso. A localização foi um dos pontos fortes aquando da fase de projeto, pois tinha a vantagem de servir não só a população da maior área metropolitana portuguesa, mas também o país no seu conjunto, dada a proximidade da Estação do Oriente (onde se interligam os principais meios de transporte público) e dos principais nós rodoviários.
 
Ao longo dos últimos anos, além dos concertos que estamos habituados a assistir com banda, também os espetáculos de música eletrónica têm vindo a ganhar o seu lugar cativo nesta arena portuguesa e a atingir um público-alvo cada vez maior. O primeiro evento com DJs aconteceu em 2003. O conhecido “Olá Love 2 Dance” contou com uma gigantesca produção, onde em destaque esteve a música e todo o conjunto de efeitos multimédia. Roger Sanchez, Luís leite, Carlos Manaça, Diego Miranda e Miss Blondie estreavam desta feita a maior “discoteca” do país. 
 
Na timeline em baixo, poderás conferir todos os eventos de música eletrónica que decorreram na Meo Arena a partir do ano 2003. De recordar que os dois últimos ainda vão acontecer este ano, dias 18 e 31 respetivamente.
 
 
{gallery}eventos-meoarena{/gallery}
 
Agradecimentos 
  • Meo Arena
  • Unilever Portugal
 
Publicado em Infografias
O Museu de Música Eletrónica Moderna (MOMEM, na sigla em inglês) vai abrir portas no ano de 2017 em Frankfurt, na Alemanha, reafirmando o lugar daquele país como lar espiritual da música eletrónica. 
 
Dentro da forma musical inovadora este museu pretende "livrar-se" dos traços tradicionais de uma exposição e passará a oferecer um espaço que convidará os visitantes para o mundo sensorial da música eletrónica, explorando diversos aspetos da música, relatando tematicamente a sua história e relevância cultural.
 
Andreas Tomalla, conhecido no meio como Talla 2XLC, é o responsável pelo projeto deste museu. Amplamente creditado por inventar a palavra "techno", Tomalla - atualmente ativo como DJ e produtor trance - foi o pioneiro do género com os seus eventos na década de 1980, as conhecidas "Techno Party".
 
Segundo a organização, o museu vai incluir exposições assim como elementos interativos para os visitantes. Além disso, "oficinas de DJ" serão realizadas regularmente e haverá eventos ao vivo. A cidade de Frankfurt alugou o espaço para o MOMEM gratuitamente, no entanto o museu vai ser auto-sustentável e não terá qualquer apoio financeiro do estado.
Publicado em Mix
O amor é um sentimento que muitos não conseguem explicar ou expressar e muitas vezes a música é a forma mais fácil de o fazer. Muitos são os críticos que consideram a música eletrónica como um género ‘mecânico’, que não transmite sentimentos aos seus ouvintes. Está errado.
 
A revista Billboard divulgou uma lista de 50 músicas românticas, dentro do género de eletrónica, onde constam nomes como deadmau5, Kaskade, Daft Punk, Alesso e Calvin Harris. Esta lista é ideial para ser a banda sonora oficial do Dia dos Namorados, para os amantes de música eletrónica.
 
Confere abaixo a lista completa:
 
  • 50. Axwell - "Centre of the Universe" (2013)
  • 49. Filo & Peri ft. Audrey Gallagher - "This Night (Dash Berlin Remix)" (2010)
  • 48. Kaskade & Tiesto ft. Haley - "Only You" (2010)
  • 47. Third Party vs. Cicada - "Feel" (2012)
  • 46. Fedde Le Grand - "So Much Love" (2011)
  • 45. Major Lazer ft. Wild Belle - "Be Together" (2015)
  • 44. Duke Dumont - "The Giver (Reprise)" (2015)
  • 43. Alison Wonderland - "I Want U" (2014)
  • 42. Nadia Ali - "Rapture (Avicii Remix)" (2010)
  • 41. Gareth Emery ft. Lucy Saunders - "Sanctuary" (2010)
  • 40. Magnetic Man - "I Need Air" (2010)
  • 39. Late Night Alumni - "Empty Streets" (2005)
  • 38. Above & Beyond ft. Richard Bedford - "Thing Called Love" (2011)
  • 37. Tiësto ft. Sneaky Soundsystem - "I Will Be Here (Wolfgang Gartner Remix)" (2009)
  • 36. Tim Berg - "Seek Bromance" (2010)
  • 35. Oliver Heldens x Becky Hill - "Gecko (Overdrive)" (2014)
  • 34. Hot Natured - "Benediction" (2012)
  • 33. Gorgon City - "Ready for Your Love" (2014)
  • 32. Duke Dumont ft. Jax Jones - "I Got U" (2014)
  • 31. Marvin Gaye - "Sexual Healing (Kygo Remix)" (2013)
  • 30. Porter Robinson - "Language" (2012)
  • 29. Seven Lions - "Days to Come" (2012)
  • 28. Galantis - "Gold Dust" (2015)
  • 27. Benny Benassi - "Cinema (Skrillex Remix)" (2011)
  • 26. Frank Wiedemann & Ry X - "Howling (Âme Remix)" (2012)
  • 25. Calvin Harris ft. Ellie Goulding - I Need Your Love (2012)
  • 24. Armin van Buuren ft. Laura V - "Drowning (Avicii Remix)" (2010)
  • 23. The Chemical Brothers - "Snow" (2010)
  • 22. Fatboy Slim - "Praise You" (1999)
  • 21. Calvin Harris - "Feel So Close" (2012)
  • 20. Alex Gaudino - "I'm in Love (I Wanna Do It)" (2010)
  • 19. Nadia Ali ft. Starkillers & Alex Kenji - "Pressure (Alesso Remix)" (2011)
  • 18. Zedd ft. Matthew Koma - "Spectrum" (2012)
  • 17. Galantis - "Runaway (U&I)" (2014)
  • 16. Avicii - "Fade Into Darkness" (2011)
  • 15. Alesso & Ingrosso ft. Ryan Tedder - "Calling (Lose My Mind)" (2012)
  • 14. Stardust - "Music Sounds Better With You" (1998)
  • 13. Daft Punk - "Something About Us" (2001)
  • 12. Kölsch feat. Troels Abrahamsen - "All That Matters" (2012)
  • 11. David Guetta ft. Kelly Rowland - "When Love Takes Over" (2009)
  • 10. Skrillex - "With You, Friends (Long Drive)" (2010)
  • 9. Kaskade - "Eyes" (2011)
  • 8. Krewella - "Alive" (2012)
  • 7. Rihanna ft. Calvin Harris - "We Found Love" (2011)
  • 6. OneRepublic vs. Alesso - "If I Lose Myself" (2013)
  • 5. Disclosure ft. Sam Smith - "Latch" (2012)
  • 4. Zedd ft. Foxes - "Clarity" (2012)
  • 3. Steve Angello & Laidback Luke ft. Robin S. – "Show Me Love" (2009)
  • 2. Deadmau5 & Kaskade – "I Remember" (2008)
  • 1. Daft Punk - "Digital Love" (2001)
 
Publicado em Mix
terça, 05 novembro 2013 16:31

Squad: Nova editora quer fazer a diferença

O mercado da música eletrónica tem agora uma nova editora. A SQUAD é uma nova marca para este segmento, apresentando-se como "jovem, dinâmica e irreverente". A ideia principal deste jovem projeto, pensado e idealizado durante o ano de 2013, é "dar uma lufada de ar fresco ao cenário eletrónico português". 
 
A nova editora pretende ocupar uma posição no mercado nacional e internacinal, apostando forte na imagem e conteúdos exclusivos, inovadores e extravagantes. A ideia principal dos seus responsáveis passar por "privilegiar a satisfação do consumidor final, com especial atenção para os seguidores da marca e do mercado da música electrónica". 
 
É possível ficares a saber mais sobre este novo projeto em squadrecordings.com ou em facebook.com/SquadRecordings.
 
Publicado em Mix
Pág. 1 de 5
100% DJ. Projeto editorial independente cujos valores se guiam pelo profissionalismo, isenção e criatividade, tendo como base de trabalho toda a envolvente da noite nacional e internacional, 365 dias online.

Newsletter

Recebe novidades e conteúdos exclusivos no teu e-mail.