20-05-2019

  Diretor Ivo Moreira | Periodicidade Diária

Sobre Nós  |  Fala Connosco     

A Carlsberg, detida em Portugal pela Unicer, será a cerveja oficial da Barclays Premier League ao longo das próximas três temporadas, reforçando assim a sua ligação aos eventos desportivos.

A marca é patrocinadora oficial do campeonato UEFA Euro deste 1998, apoiando também clubes ingleses como o Arsenal e o Liverpool.

Para o grupo Carlsberg, esta parceria vai permitir a criação de uma plataforma a longo prazo que agregue consumidores e amantes de futebol em todo o mundo, gerando um maior envolvimento com a marca.

Já para a Premier League, o empenho e o investimento de parceiros comerciais como a Carslberg vai ajudar a manter a elevada qualidade da competição.
Publicado em Marcas
terça, 11 novembro 2014 21:45

Heineken apresenta nova lata

Sempre atenta às novas tendências e em sintonia com o espírito cosmopolita que caracteriza o ADN da marca, a Heineken inova uma vez mais e desenvolve uma nova imagem gráfica para a lata da sua cerveja premium "Star Can" - que já se encontra disponível no mercado.
 
O processo de criação do design desta nova lata teve origem no início deste ano, num trabalho de parceria entre a equipa de designers Heineken e a agência holandesa DBOD, que em conjunto exploraram uma série de possibilidades e iterações, todas focadas no detalhe.
 
Em comunicado, a Heineken informa que o alumínio prateado pretende reforçar o caráter aberto, fresco e masculino da marca e a estrela vermelha apresenta-se maior, para se destacar juntos dos consumidores.
 
Publicado em Marcas
A Damm acaba de lançar em Portugal a Daura Damm, cerveja sem glúten, apta para celíacos e para todos os adeptos de um estilo de vida saudável. Daura Damm tem o mesmo sabor que uma cerveja lager normal e é a cerveja sem glúten mais premiada do mundo.
 
A nova cerveja conta com um teor alcoólico de 5,4% e ingredientes que a marca afirma serem 100% naturais. Da investigação desenvolvida pelos Mestres Cervejeiros da Damm e da Unidade de Glúten do Conselho Superior de Investigações Científicas (CSIC) resultou a Daura Damm. A garrafa é identificada com o símbolo da espiga cortada e a menção “isenta de glúten” e em Portugal conta com uma parceria com a Associação Portuguesa de Celíacos (APC).
 
De acordo com a APC (Associação Portuguesa de Celíacos) existem em Portugal 10 mil casos de celíacos diagnosticados, mas o número tende a aumentar. A crescente preocupação com uma dieta mais equilibrada leva ainda muitas pessoas a procurarem alternativas à sua alimentação habitual e a optar por produtos isentos de glúten.
 
Os passos da produção da Daura Damm são muito semelhantes aos das cervejas lager, mas Damm promove a hidrólise de proteínas para garantir que tem menos de três ppm de glúten. Para garantir a qualidade é sempre enviada para análise do CSIC uma amostra de todos os lotes produzidos de Daura Damm.
 
Elsa Cerqueira, Marketing Manager Damm, acrescenta que “até há pouco tempo, o ato de desfrutar de uma cerveja em convívio com os amigos era impossível para um celíaco, mas Daura Damm veio revolucionar a vida destes consumidores. Acompanhando as tendências do mercado e exigências dos consumidores, não só dos celíacos, mas também daqueles que seguem dietas sem glúten.”
 
Esta cerveja tem sido alvo de inúmeras distinções internacionais, sendo neste momento a cerveja sem glúten mais premiada do mundo, segundo a marca. De entre várias distinções, ganhou por quatro vezes (2014, 2011, 2009 e 2008) o prémio de “Melhor cerveja isenta de glúten do mundo” nos World Beer Awards em Londres.
 
Publicado em Marcas
terça, 26 agosto 2014 20:32

Cerveja Sagres quer conquistar o Brasil

A Cerveja Sagres anunciou hoje que está a produzir no Brasil, numa unidade da Heineken Brasil. O objetivo, para já, é comercializar no Rio de Janeiro a cerveja Premium Sagres Clássica adaptada ao perfil e gosto dos consumidores cariocas.
 
Com um teor alcoólico de 5%, a receita desta cerveja foi desenvolvida pelo mestre cervejeiro da Sociedade Central de Cervejas em parceria com o homólogo brasileiro da Heineken Brasil. A marca garante que para o lançamento foram realizados vários estudos de mercado junto dos consumidores brasileiros, assim como o desenvolvimento de ações de degustação em diversos pontos de venda.
 
Nuno Pinto de Magalhães, Diretor de Comunicação e Relações Institucionais da Sociedade Central de Cervejas referiu, em comunicado, que este lançamento "só é possível através da disponibilidade e oportunidade que a plataforma de produção e de distribuição local nos proporciona".
 
Fonte: Imagens de Marca.
 
Publicado em Marcas
O Museu da Cerveja, núcleo museológico e cervejaria, acaba de apresentar ao público um painel em azulejo "Contos Murais", da autoria do pintor Júlio Pomar, uma obra que, nos seus mais de dez metros de comprimento, mostra a vitalidade de uma tradição secular, exibe o legado português no mundo e o cruzamento das culturas lusófonas.

Ao adquirir esta obra de Júlio Pomar, produzida pela Galeria Ratton, o Museu da Cerveja "celebra o património da cerveja dos Países de Língua Oficial Portuguesa, contribuindo, simultaneamente, para a dinamização da vida no Terreiro do Paço e para o reforço da atração turístico/cultural da cidade de Lisboa", afirma, o diretor científico do Museu da Cerveja, Sérgio Carvalho.

O Museu da Cerveja, localizado na Ala Nascente do Terreiro do Paço, está aberto diariamente das 12h00 às 22h00 no Núcleo Museológico, e das 09h00 às 02h00 no espaço Cervejaria, onde se pode contemplar a referida obra de Júlio Pomar e degustar o melhor da gastronomia portuguesa, acompanhando-a com a cerveja ideal.
Publicado em Mix
sábado, 01 fevereiro 2014 11:41

Cervejas voam até aos consumidores

A Amazon anunciou recentemente estar a fazer testes para a realização de entregas de encomendas através de drones - veículos aéreos não tripulados - e agora a ideia parece estar a inspirar outras empresas.
 
A marca de cervejas americana Lakemaid apresentou um spot, com assinatura da agência Pocket Hercules, no qual é possível ver-se uma grade de cervejas a ser entregue por um daqueles aparelhos.
 
Inicialmente um grupo de pescadores envia a sua localização via GPS para o bar. Pouco tempo depois, o robot entrega as cervejas sem qualquer tipo de problema. Graças a uma pequena câmara instalada no drone, o espetador pode ainda assistir a toda a trajetória até ao destino.
E se a moda pegasse em Portugal?
 
 
Publicado em Marcas
A Heineken acaba de lançar em Portugal uma campanha global que conjuga o anúncio televisivo com uma campanha interativa na internet e que reflete a capacidade de adaptação do homem a lugares que desconhece. Assim, "The Voyage" pretende demonstrar que os novos homens do mundo são aventureiros e não turistas, dado que facilmente se adaptam a qualquer ambiente, mesmo estando fora das suas zonas de conforto e culturalmente diferentes.
 
A campanha foi ainda mote e inspiração para a experiência interativa "Dropped" com incidência no YouTube através do Heineken® Dropped YouTube Channel, onde os visualizadores podem seguir todos os passos de quatro aventureiros anónimos que são "deixados" em locais desconhecidos, como por exemplo no Alasca.
 
O filme publicitário foi para o ar esta semana em televisão e pretende aumentar a notoriedade espontânea da marca Heineken em Portugal, bem como reforçar o posicionamento da marca premium.
 
 
Publicado em Marcas
O chefe Ljubomir Stanisic, conhecido pelo programa "Pesadelo na Cozinha", e a cerveja Letra, de Vila Verde, lançaram recentemente uma cerveja artesanal própria, feita de maltes e lúpulos mas também de ras-el-hanout, uma especiaria de origem marroquina, a que deram o nome "Bicho do Mato".

"É Ljubo levado à Letra - duro de roer, mas fácil de beber", indica a cervejeira, adiantando que a novidade poderá ser provada, para já, nos dois bares da Letra (Porto e Vila Verde) e no restaurante 100 Maneiras. Mais tarde, chegará a outros pontos de venda de Norte a Sul do País.

A apresentação da bebida aconteceu na Festa da Serra, em Santa Margarida da Serra (Grândola), onde Ljubomir Stanisic transformou o habitual lanche anual num banquete para cerca de 200 pessoas. A Letra explica que a comunidade se juntou à iniciativa com o objetivo de angariar fundos para a recuperação da igreja da freguesia e recolher bens alimentares e vestuário para apoiar a população mais carenciada.
 
Publicado em Marcas
A Rússia, país que recebe o próximo Campeonato Mundial de Futebol, em 2018, vai moderar a proibição que impôs à publicidade de cerveja até lá. Acredita-se que o evento, que tem a marca de cerveja Budweiser como bebida oficial, irá dar um impulso aos fabricantes de cerveja daquele país.
 
A expectativa é que o país gaste cerca de 20 mil milhões de dólares com o Mundial e o facto de atenuar as regras publicitárias podem permitir que seja beneficiado com os gastos de marketing das empresas de cerveja para o Campeonato.
 
A mudança na lei publicitária permite que cervejas, e bebidas à base de cerveja, possam ser promovidas na televisão, desde que o contexto esteja relacionado com o próximo Campeonato do Mundo. Uma mudança que beneficia todas as marcas de cerveja presentes naquele país, como por exemplo a Heineken e a Carlsberg.
 
O país, onde a cerveja só foi classificada formalmente como bebida alcoólica em 2012, tem apertado as regras ao mercado de álcool nos últimos anos, incluindo a proibição da publicidade deste tipo de bebida, como parte de uma campanha para reduzir o alcoolismo. Durante anos, a cerveja foi considerada um refrigerante na Rússia, país classificado entre os maiores consumidores de álcool do mundo. Mas, após muito debate, em 2012 o governo aprovou uma lei que considera a cerveja uma bebida alcoólica, proibindo assim a sua venda, por exemplo, em bancas de jornais ou no metro, como era comum até então.
 
Fonte: Imagens de Marca.
 
Publicado em Mix
O consumo médio per capita até pode ter descido, mas Portugal continua a um ser um dos países que consomem mais álcool.
 
Os novos dados foram divulgados esta segunda-feira num relatório da Organização Mundial da Saúde. Entre 2003 e 2010, o consumo do álcool em Portugal teve uma redução de 1,5 litros per capita, descendo de 14,4 no período 2003-2005 e para os 12,9 litros entre 2008-2010. Ainda assim um consumo mais elevado que a média europeia - desceu dos 11,9 litros para os 10,9. Na Europa, os homens consomem, em média, 18,7 litros per capita. Já as mulheres ficam-se pelos 7,6 litros, ou seja, menos de metade.
 
No documento, que contém uma lista com 44 países, a Bielorrússia surge como o país com consumo mais elevado - 17,5 litros de álcool per capita. É seguida de perto pela Moldávia, com 16,8 litros, e pela Lituânia, com 15,4.
 
Em território nacional, o vinho representa 55% do álcool consumido. Em segundo lugar surge a cerveja, com 31%, as bebidas espirituosas com 11% e outro tipo de bebidas com apenas 3%.
 
 
Fonte: Quero Saber.
 
Publicado em Mix
Pág. 1 de 8
100% DJ. Projeto editorial independente cujos valores se guiam pelo profissionalismo, isenção e criatividade, tendo como base de trabalho toda a envolvente da noite nacional e internacional, 365 dias online.

Newsletter

Recebe novidades e conteúdos exclusivos no teu e-mail.