20-03-2019

  Diretor Ivo Moreira | Periodicidade Diária

Sobre Nós  |  Fala Connosco     

O Mercado de Campo de Ourique, em Lisboa, vai dedicar o último fim de semana de fevereiro à medida da moda, o Gin. O festival Gin D’Ourique decorrerá entre 26 e 28 de fevereiro no gin corner daquele mercado alfacinha.
 
Com entrada gratuita, o evento conta com as marcas Bulldog, Brooklyn, 209, Gin Mare, Boodles, Edjerton, Wild Snow Dog, Citadelle, Magelan, Gold Grail, entre outras, e cada bebida terá o custo de 7,50 euros.
 
“Depois do sucesso do Festival da Cerveja, o Mercado de Campo de Ourique aposta agora num festival inteiramente dedicado aos gins. O Gin D’Ourique dá aos consumidores a possibilidade de conhecer as novas marcas que compõem o mercado enquanto desfrutam de um gin”, refere a organização em comunicado.
 
Ainda que apresente os mesmos conceitos, o mercado tem agora novos espaços desenvolvidos e explorados pela MCO. A marisqueira “Malha”, cuja principal novidade é o peixe grelhado, a empadaria e charcutaria “Castiço”, com queijos e enchidos portugueses e espanhóis, a petiscaria “Alhos&Bugalhos” e o “Porco a Porco”, dedicado ao leitão, são as novas apostas gastronómicas do espaço que estarão em destaque no Festival Gin D’Ourique.
 
Além da música, a programação do festival inclui workshops promovidos pelas marcas de gin e algumas master classes lecionadas pelos representantes das marcas, durante o seguinte horário: Sexta-feira (26) das 18 à 1 hora da madrugada, sábado (27) das 10 à 1h e domingo entre as 10 e as 18 horas.
Publicado em Eventos
quarta, 08 julho 2015 18:29

Piknic Électronik chega a portugal

O Piknic Électronik, um dos eventos festivos mais aclamados a nível internacional, chega a Portugal pela primeira vez de 26 de julho a 30 de agosto, na Tapada da Ajuda, em Lisboa.
 
Durante seis domingos, a capital portuguesa foi a cidade escolhida para acolher o Piknic Électronik recheado de boa música eletrónica para experienciar junto da família e amigos. Quem preferir, pode levar o seu próprio piquenique e associar-se às várias atividades programadas para todas as idades.
 
“Dado o sucesso tremendo do Piknic Électronik em Barcelona desde 2012 (...) era natural que escolhêssemos Lisboa para uma maior expansão europeia. Esta é uma cidade com um clima excepcional, um espírito festivo e um charme descontraído que fazem dela um destino ideal para o Piknic”, referiu Pascal Lefebvre, presidente e cofundador do evento.
 
O line up já foi anunciado e conta com nomes como Carl Craig, Chloé, dOP (live), Enchufada (label day), Gui Boratto (live), JMII (live), John Talabot, Marc Piñol, Nôze (DJ set), Oleg Poliakov, Freshkitos, Inês Duarte, João Maria & Jorge Caiado, Mary B, Miguel Torga e Tiago Marques. Os bilhetes vão ficar disponíveis para compra a partir do próximo dia 13 de julho.
 
Este evento existe desde 2003 e já passou por cidades como Montreal, Barcelona, Melbourne, Dubai, Paris e Cannes.
 
Publicado em Eventos
A festa prometia ser épica e assim foi. Depois de Cascais e Portimão, a maior sala de espetáculos do país recebeu no passado dia 18 de dezembro a última Carlsberg Where’s The Party deste ano, com a dupla sueca Axwell /\ Ingrosso e os portugueses Diego Miranda, Club Banditz, DJ Ride e Eddie Ferrer no lineup.
 
Ainda que sem lotação esgotada, o MEO Arena em Lisboa transformou-se na maior pista de dança portuguesa durante a noite da passada sexta-feira. Além de assistirem ao espetáculo, os noctívagos tiveram ainda a oportunidade de participar em experiências únicas proporcionadas pela Carlsberg, como Meet & Greet’s com os artistas, pinturas faciais fluorescentes e ainda o famoso Photo Wall by ReusePic.
 
O espetáculo ficou também marcado pelo grande aparato multimédia, onde se destacaram os efeitos visuais, com vários ecrãs LED, pirotecnia, fogo, lasers e C02 - dispositivos com selo de qualidade da empresa Expresso Audio.
 

TALENTO PORTUGUÊS EM GRANDE DESTAQUE

 
 
Em todas as suas edições anteriores deste ano, o evento contou com a presença de um leque de artistas portugueses e também no MEO Arena o talento português não foi esquecido. Depois de Eddie Ferrer e Diego Miranda subirem ao palco de Cascais e de Portimão, chegou a vez de assumirem esta nova cabine, acompanhados também pela dupla Club Banditz e pelo campeão DJ Ride.
 
Com a responsabilidade de abrir as “hostes” ficou Eddie Ferrer, que transmitiu toda a energia necessária para a continuação do espetáculo dos seus colegas, através de um set repleto de ritmos contagiantes e hits do momento. 
 
Pouco depois, DJ Ride foi recebido de braços abertos e apresentou mais uma vez o seu incrível talento no scratch. Géneros como drum & bass, trap, hip hop e dubstep tiveram um resultado positivo no público, que ficou contagiado com toda a energia e sonoridade. Esta foi certamente uma escolha acertada por parte da organização, ao apostar num artista versátil, com um estilo diferente de todo o resto do line-up.
 
Antes do evento, e juntamente com a equipa do Espalha-Factos, o Portal 100% DJ teve a oportunidade de conversar com DJ Ride, nos bastidores do MEO Arena. 2015 revelou-se um grande ano para o artista português, que considera ter corrido “muito bem e com bastantes highlights. O meu álbum, sem dúvida, foi um dos momentos altos, o Red Bull Thre3Style foi provavelmente uma das melhores experiências que tive ao nível de campeonatos e estar dez dias no Japão foi mesmo uma coisa incrível”, confessou DJ Ride.
 

(...) o público também quer coisas mais diferentes.

 
O seu irmão, Holly, também estava presente no evento, apesar de não ir atuar, mas DJ Ride considera “brutal e é engraçado ver a nova geração, o sangue novo, pois não há assim muitos new commers no scratch e no hip hop, a nível de DJs, infelizmente, porque Portugal também é um país pequeno”. Em relação ao convite para subir ao palco do MEO Arena, DJ Ride achou “super positivo”, dando destaque ao facto de haver “DJs de outros estilos” e que “o público também quer coisas mais diferentes”. Dentro da indústria da música o artista português considera que existem rivalidades onde “quem gosta muito de um estilo, depois não respeita o outro. Às vezes o pessoal não gosta da minha música, isso para mim é um elogio, porque eu também não gosto de tudo”, referiu o DJ. 
 
No Japão, o artista confessou que teve “pouco tempo para treinar o campeonato”, pois “acordava, treinava e ia dormir” mas mesmo assim conseguiu chegar à final desta competição “que está a crescer cada vez mais, até porque tem a marca Red Bull por trás a apoiar e a suportar tudo e isso é importante”.
 
 
Ainda não tinham pisado o palco e já se podiam observar nas primeiras filas as várias bandeiras que os fãs dos Club Banditz levaram para o evento. Apesar do seu reconhecimento a nível nacional ter sido apenas concretizado no último ano, é já notório que o número de fãs está a aumentar a um bom ritmo, graças ao seu talento e presença em palco. A enérgica atuação da dupla meteu o público ao rubro recebendo desta feita, uma distinção positiva para o gig de estreia no MEO Arena.
 
A exemplo de DJ Ride, também os Club Banditz receberam em mãos, o simbólico troféu da iniciativa levada a cabo pelo Portal 100% DJ - “Os 20 Mais de 2015”, divulgada no passado dia 8 de dezembro.
 
É o número 58 do Top 100 da DJ Mag e muitos dos fãs que votaram em Diego Miranda estavam presentes no MEO Arena, prontos para assistir a mais um espetáculo do DJ e produtor português. Vários hits do momento como “Ping Pong” de Armin van Buuren entoaram na sala da capital, seguida da atuação de Mikael Solnado no tema “Turn The Lights Out” e de Mod Martin em “Never Surrender”.
 
“Foi um bom ano e a minha posição alcançada no Top 100 foi o culminar”, confessou Diego Miranda em relação a 2015, instantes antes de subir à cabine. Recentemente o artista português lançou uma faixa numa onda de techno, com o brasileiro Alok e está preparar novidades para fevereiro, mês em que será editada a sua colaboração com Wolfpack, na editora de Dimitri Vegas & Like Mike.
 
A despedida ficou concluída com a equipa de reportagem 100% DJ a fazer mais uma entrega do troféu que distingue “Os 20 Mais de 2015”.
 
 

A ESTREIA EXPLOSIVA DA FUSÃO SUECA

 
O momento mais esperado da noite, e muito provavelmente do ano, estava prestes a acontecer. Depois de um pequeno intervalo para alterações de logística, surge finalmente a dupla Axwell /\ Ingrosso, preparada para estrear em Portugal, e de forma explosiva, o seu novo projeto. As músicas assinadas pelos Swedish House Mafia não foram esquecidas e durante o set, o público vibrou ao som de “One”, “Don't You Worry Child” e “Save The World”. Outros êxitos como “Reload” (Sebastian Ingrosso & Tommy Trash), “One More Time” (Daft Punk), “Firestone” (Kygo), “Heroes” (Alesso & Tove Lo) e “How Deep Is Your Love” (Calvin Harris & Disciples) fizeram as delícias auditivas de todos.
 
Em relação aos temas originais, foram também apresentados algumas ID’s e hits já conhecidos de todos como “Can’t Hold Us Down”, “This Time”, “On My Way” e “Something New”. Para o final, ficou reservada “Sun Is Shining”, acompanhada de um espetacular efeito visual. A dupla sueca despediu-se do público com um “Obrigado”.
 
 

UM ANIVERSÁRIO ESPECIAL

 
Foi a segunda vez que Axwell comemorou o seu aniversário a trabalhar em Portugal. A última vez aconteceu em 2012, também no MEO Arena, na última digressão dos Swedish House Mafia (One Last Tour). 
 
Na passada sexta-feira, Axwell celebrou o seu 38.º aniversário nos bastidores do recinto, juntamente com alguns fãs, organização, Sebastian Ingrosso e jornalistas, que cantaram os parabéns ao artista sueco, a quem foi oferecido um bolo personalizado e uma garrafa gigante da cerveja patrocinadora do evento.
 
Já em palco e quase no fim do espetáculo foi a vez de Sebastian Ingrosso falar ao público, desafiando todos a cantar os parabéns ao seu amigo e colega aniversariante. Um momento que o DJ e produtor sueco tão depressa não irá esquecer
 

“NÃO SE MOSTRARAM SUPERIORES MAS SIM ACESSÍVEIS”

 

 
Existem sempre admiradores mais sortudos que têm a oportunidade de estar junto dos seus ídolos. Club Banditz, Diego Miranda e Axwell /\ Ingrosso foram alguns dos artistas que fizeram questão de receber os seus seguidores, dando-lhes a oportunidade de trocar algumas palavras, tirar fotografias e, claro, os autógrafos habituais.
 
João Garcia ganhou a oportunidade de estar no Meet & Greet com Axwell e Sebastian Ingrosso e “conhecê-los pessoalmente foi estranho, pois não está ao alcance de todos”, referiu em entrevista ao Portal 100% DJ. “Ver o camarim, estar perto deles, cantar os parabéns a Axwell juntamente com a imprensa foi muito bom”, afirmou João Garcia, que considera os artistas suecos como “pessoas impecáveis e que falaram sem problemas. Não se mostraram superiores mas sim acessíveis!”. Em relação à atuação da dupla, João refere que “já não são novos mas continuam a puxar pelo público e a conseguir pôr a malta jovem em delírio, além das grandes músicas produzidas”, concluiu João Garcia.
 

TRÊS EVENTOS DE SUCESSO COM ASSINATURA CARLSBERG

 
Ao longo do ano, foram três eventos de música eletrónica de excelência, que tiveram lugar na marina de Cascais, no Nosolo Água de Portimão e no MEO Arena em Lisboa. Nomes como NERVO, Alok, Diego Miranda, Danny Avila, Deorro, Tom Enzy, Eddie Ferrer, Christian F, Hugo Rizzo, DJ Ride, Axwell /\ Ingrosso e muitos mais marcaram presença nas três festas com assinatura da marca de cerveja premium Carlsberg. 
 
Os eventos ficaram ainda marcados pelas experiências que a organização ofereceu aos fãs de música eletrónica, desde viagens de helicóptero, meet & greets e ações interativas.
 
A edição da marina de Cascais ficou marcada pelo cancelamento da atuação dos brasileiros Felguk, devido às más condições meteorológicas que se agravaram no dia da sua realização.
 

OS MELHORES MOMENTOS PARTILHADOS COM O MUNDO

 
As redes sociais, nomeadamente o Facebook, o Twitter e o Instagram, mais uma vez encheram-se de fotografias, vídeos e testemunhos de quem viveu a festa épica no MEO Arena, no passado dia 18 de dezembro.
 
Antes das portas abrirem, Eddie Ferrer e DJ Ride partilharam fotografias dos bastidores das suas atuações. Após o evento, Diego Miranda, DJ Ride, Club Banditz, Eddie Ferrer, Axwell e Sebastian Ingrosso publicaram nas suas páginas oficiais algumas fotografias do evento, acompanhadas de descrições e elogios ao público presente.
 

Thank you PORTUGAL! Where's The Party was epic!

Publicado por Axwell Λ Ingrosso em Segunda-feira, 21 de Dezembro de 2015
 
Publicado em Reportagens
segunda, 11 fevereiro 2019 23:09

LX Music celebra 13 anos com festa especial

No próximo domingo, dia 17, seis artistas internacionais tomarão conta da Voz do Operário, em Lisboa, naquele que será o 13.º aniversário da LX Music, a produtora de eventos em destaque em Portugal que recentemente teve Jeff Mills, Boris Brejcha ou Charlotte de Witte a integrar os seus cartazes.

Para este aniversário os convidados são igualmente especiais, começando por Setaoc Mass, que não pisa solo português desde 2017, é o patrão da SK Eleven, mas foi também responsável por lançamentos em editoras como Figure ou Soma ao longo dos últimos anos. Além disso, Sam Coates tem vindo a revelar-se como um dos DJs a manter debaixo de olho no panorama.

Ao britânico junta-se o seu compatriota Ø [Phase], um dos nomes por trás da belga Token Records, onde assinou os seus dois últimos EPs, "Suspended Animation" e "Boundary Interactions". Já François X, que além de techno, também é apaixonado por sonoridades house, atuou como residente do famoso clube parisiense Concrete e é o grande responsável pela DEMENT3D.

Como se não bastasse, a LX Music convidou mais três artistas internacionais para se juntar à festa - a dupla italiana Boston 168 em formato live, Radio Slave e ainda a canadiana B.Traits, que recentemente terminou a sua residência de seis anos na BBC Radio1.

O 13º aniversário terá também direito a after que será no Ministerium Club, na Praça do Comércio, da meia-noite às 6 horas da madrugada, com Francois X, Ntgnh e LX Music Showcase. Os ingressos podem ser adquiridos no site do evento, a 20 euros, até dia 15 de fevereiro.
 
Publicado em Eventos
quarta, 20 fevereiro 2013 14:42

Boiler Room conquistou Portugal

Algumas dezenas de metros acima do nível do chão, como se Lisboa estivesse pronta para descolar para o espaço, ali mesmo com o rio Tejo aos pés e a ponte 25 de Abril como rampa de lançamento. Foi assim o Boiler Room Lisboa Red Bull Music Academy Takeover, estreia em grande no nosso país de uma iniciativa que tem gerado ondas de entusiasmo em todo o mundo.
 
A ideia simples foi conseguida: um sound system de luxo, uma sala repleta de clubbers fanáticos, um line-up do mais avançado que a eletrónica tem para oferecer e uma série de câmaras a transmitirem tudo pela internet, transformando o planeta numa pista de dança.
 
Em Lisboa, quem pôs tudo a ferver foram os Sensible Soccers, os Voxels, Ivvvo, Buraka Som Sistema, Dj Ride, Switchst(d)ance e a «cereja em cima do bolo» - DJ Vibe.
 
Para chegar ao Boiler Room Lisboa Red Bull Music Academy Takeover era necessário subir as escadas metálicas que conduziam ao topo de um antigo reservatório de àgua na LXFactory. Uma vez lá em cima, podia-se desfrutar das incríveis vistas do terraço com a banda sonora proporcionada pelos DJs de serviço ou então subir mais um lanço de escadas para mergulhar no antigo depósito propriamente dito: luzes baixas, som alto com a qualidade inexcedível "Funktion One" e uma energia que se podia literalmente cortar à faca.
 
Dizer que foi memorável é, pois claro, dizer muito pouco: a estreia do Boiler Room em Portugal pela mão da Red Bull Music Academy pode muito bem ter ficado para a história. Diferentes sonoridades, diferentes gerações, diferentes ferramentas, mas uma mesma vontade de impor a dança como prática comum. Os presentes talvez não tenham reparado, mas por um momento aquele antigo reservatório de água descolou e viajou pelo espaço: as colunas foram os reactores, a música o combustível e os clubbers os tripulantes.
 
Boiler Room Lisboa Red Bull Music Academy Takeover signing out: Missão cumprida!
 
Publicado em Eventos
Os noctívagos de Lisboa vão ter mais razões para deixar o carro em casa aos fins de semana, com novos autocarros gratuitos a servir o Bairro Alto e a 24 de Julho e aumento da oferta nocturna de transportes.

As alterações, que vigorarão nas noites de sexta-feira, sábados e vésperas de feriados, constam do programa "Lisboa à Noite", que a Câmara Municipal e o Governo apresentam hoje na Estação Fluvial de Belém no âmbito da Semana da Mobilidade 2008.

O Night Bus do Bairro Alto funcionará em regime de vaivém entre Marquês de Pombal e a gare marítima de Belém entre as 22h00 e as 5h00, com intervalos de 20 minutos, segundo o projecto a que a Lusa teve acesso.

Quanto ao autocarro da 24 de Julho, circulará entre o Cais do Sodré e Alcântara-Mar, no mesmo horário e com a mesma frequência, ambos com uma decoração exclusiva.

O programa Lisboa à Noite prevê também que o ascensor da Glória, que faz o percurso entre os Restauradores e a zona de São Pedro de Alcântara, junto ao Bairro Alto, passe a funcionar até às 04:30.

Na rede da madrugada da Carris haverá ainda reforço de carreiras, que passarão a circular de meia em meia-hora - em vez do intervalo de uma hora actual - , além da inclusão de uma nova carreira entre Belém e a Estação do Oriente.

Já para as horas de 'fim de festa', serão criadas quatro novas carreiras - Rede Alvorada - que anteciparão a entrada em funcionamento do Metropolitano, entre as 5h00 e as 6h15 da manhã, uma para cada linha do Metropolitano.

Nos comboios urbanos, a CP vai passar a fazer três comboios com partida de Lisboa às 4h30 da manhã nas linhas de Cascais, Sintra e Azambuja.

Para atravessar o rio, passará a haver duas carreiras também às 4h30 nas linhas de Cacilhas e Barreiro, com partida do Cais do Sodré e do Terreiro do Paço, respectivamente.

A partir de hoje, a PSP vai também estar mais ocupada nas noites de sexta, sábado e vésperas de feriado, com operações na rua entre as 23h00 e as 5h00 que visam «aumentar o sentimento de segurança da população».

A polícia vai estar presente para fiscalizar estacionamento, trânsito e a segurança nos transportes públicos das Avenidas 24 de Julho e de Brasília, entre o Cais do Sodré e as Docas de Alcântara.
Publicado em Mix
O membro dos Beatbombers prepara-se para lançar o seu novo álbum de originais, intitulado “Bairro da Ponte”, no próximo dia 1 de fevereiro. A festa de apresentação está marcada para o dia 28 de fevereiro, na discoteca Lux em Lisboa.
 
Deste álbum já são conhecidos os temas “Nunca Pares” e “Flor de Maracujá” e, tal como as restantes 17 faixas do alinhamento, foram inspiradas no acesso que o artista teve aos arquivos da Valentim de Carvalho e à manipulação de masters originais da fadista Amália Rodrigues.
 
Este novo disco é uma mistura de hip-hop, fado e eletrónica, com convidados especiais como Ace, Ana Moura, Camané, Carlos do Carmo, Capicua, Dino d’Santiago, DJ Ride, Gisela João, Holly, NBC, Nerve, Papillon, Paulo de Carvalo, Plutónio, Razat, Ricardo Gordo, Rui Reininho, Slow J, Sr. Preto e The Legendary Tigerman.
 
O concerto de apresentação do álbum terá início pelas 23 horas e os bilhetes já estão à venda nos locais habituais a um preço de 12 euros.
 
 
Publicado em Música
segunda, 06 janeiro 2014 21:23

Boiler Room regressa a Lisboa

A 17 de janeiro, na semana de arranque da fase de candidaturas para a edição da Red Bull Music Academy de 2014 - que vai levar um grupo de cientistas do futuro sónico até Tóquio para partilhar skills e visão - a Academia traz de volta à cidade de Lisboa um evento lendário. E não poderia fazer mais sentido celebrar a capital Japonesa, não fosse em Tóquio que acontece o Club Domune, um dos pioneiros e líder de audiência de live streaming em formato clubbing.

 
Este, define-se como um conceito inovador, abraçado desde a primeira hora pela Red Bull Music Academy. Heróis do subsolo da música eletrónica invadem locais secretos em capitais icónicas do planeta - Londres, Berlim, Nova Iorque, Los Angeles... - e, na companhia de um número limitado de convidados, transmitem em live streaming para o globo inteiro uma celebração musical sem regras, levada a cabo com ferramentas como decks, synths, drum machines, microfones e laptops.
 
Depois de um primeiro Boiler Room em Lisboa que superou todas expetativas em intensidade e em adesão, a fasquia continua alta, e nem o céu é o limite, juntando de novo um leque improvável de artistas nacionais como BRANKO (Buraka Som Sistema/Enchufada), Moullinex & Xinobi, Trikk, Octa Push, Rita Maia, DJ Marfox, Throes + The Shine e Twofold.
 
Há muitos motivos para celebrar, ou não fosse a antecipação a Tóquio 2014 um monumento em si - de olhos postos no futuro da música. Cada computador será um sound system - basta apontar os browsers no dia 17 de janeiro entre as 19 e as 00:15 horas para o site do evento.
 
Publicado em Eventos
Nos dias 23 e 24 de junho, a Cidade do Rock recebeu cerca de 153 mil pessoas no Parque da Bela Vista, em Lisboa. O Rock in Rio voltou ao nosso país com mais uma edição que continua no próximo fim-de-semana.
 
No primeiro dia estiveram presentes 71 mil pessoas no recinto, enquanto que no segundo dia, com lotação esgotada há meses, estiveram 85 mil festivaleiros, que assistiram aos concertos de Anitta, Demi Lovato e Bruno Mars.
 
O próximo fim-de-semana volta a encher o Parque da Bela Vista nos dias 29 e 30, com atuações de The Chemical Brothers, Katy Perry, Diego Miranda, Revenge The 90s ou Vintage Culture. 
 
Os bilhetes estão disponíveis nos locais habituais com preços a partir dos 69 euros.
 
Publicado em Rock in Rio
O Liceu Passos Manuel vai ser o local da última open-air do ano de 2015 da Fuse, entre as 15h00 e as 23h00 do próximo dia 8 de outubro em Lisboa. A partir das 23h00 a festa continua no Kremlin com a after party Fuse meets CityMatiné.
 
No cartaz do evento constam nomes internacionais como Rodriguez Jr e Captain Knuckles, além dos artistas da Fuse Records: Nox, The Slum Vagabunds e Analodjica, que vão oferecer momentos únicos de boa música eletrónica.
 
São esperadas cerca de 700 pessoas na festa e os bilhetes já se encontram à venda a um preço especial de 12 euros através dos RP’s da produtora. A partir da véspera do evento, as entradas terão um custo de 15 euros. Para a after party, apenas é necessário apresentar o bilhete da open-air, com entrada livre até às 01h30.
 
{youtube}ARiVKXKcSyM{/youtube}
Publicado em Eventos
Pág. 1 de 38
100% DJ. Projeto editorial independente cujos valores se guiam pelo profissionalismo, isenção e criatividade, tendo como base de trabalho toda a envolvente da noite nacional e internacional, 365 dias online.

Newsletter

Recebe novidades e conteúdos exclusivos no teu e-mail.