23-05-2019

  Diretor Ivo Moreira | Periodicidade Diária

Sobre Nós  |  Fala Connosco     

×

Erro

[sigplus] Erro crítico: Memória insuficiente para concluir a operação solicitada root/images/stories/ultra/diario7/29404725_1217734645024744_641478072_o.jpg, 36578304 bytes requeridos, 31457280 bytes disponiveis.

[sigplus] Erro crítico: Memória insuficiente para concluir a operação solicitada root/images/stories/ultra/diario5/29242950_1216768325121376_2016281424_o.jpg, 36578304 bytes requeridos, 31457280 bytes disponiveis.

[sigplus] Erro crítico: Memória insuficiente para concluir a operação solicitada root/images/stories/ultra/diario4/28946914_1216323671832508_1100040736_o.jpg, 36578304 bytes requeridos, 31457280 bytes disponiveis.

[sigplus] Erro crítico: Memória insuficiente para concluir a operação solicitada root/images/stories/ultra/diario3/29468583_1215628718568670_327121953557053440_o.jpg, 36542016 bytes requeridos, 31457280 bytes disponiveis.

[sigplus] Erro crítico: Memória insuficiente para concluir a operação solicitada root/images/stories/ultra/diario6/29390958_1217462075052001_1403569645_o.jpg, 36578304 bytes requeridos, 31457280 bytes disponiveis.

[sigplus] Erro crítico: Memória insuficiente para concluir a operação solicitada root/images/stories/ultra/diario2/29425743_1214856351979240_1381610006104768512_o.jpg, 36578304 bytes requeridos, 31457280 bytes disponiveis.

[sigplus] Erro crítico: Memória insuficiente para concluir a operação solicitada root/images/stories/ultra/diario7/29404725_1217734645024744_641478072_o.jpg, 36578304 bytes requeridos, 31457280 bytes disponiveis.

 
Dia 7
 
Segundo dia de Ultra. A manhã é passada a descansar porque hoje o recinto abre ao meio dia. Entramos e vamos ver Fedde Le Grand no mainstage. Depois, andámos a percorrer todos os palcos e fomos até ao merchandising comprar umas lembranças.
 
Adorei o set do Tiësto e, para mim, o momento alto foi mesmo quando a mulher subiu ao palco. Foi arrepiante. Vimos também Jauz, Alan Walker e Afrojack. Fomos até ao palco Resistance ver o rei Carl Cox. Nunca desilude. Fomos até ao palco para ver Kevu e regressamos ao mainstage para o grande show dos The Chaimsmokers. Encerrou o segundo dia de Ultra.
 
Regressámos a casa para descansar porque amanhã será um dia histórico: o regresso do trio Swedish House Mafia aos palcos.
 
{gallery}stories/ultra/diario7/{/gallery}
Publicado em Ultra Music Festival
O DJ e produtor português Steven Rod, depois de ter visitado Miami pela primeira vez no ano passado e ter atuado durante a Miami Music Week, está de volta ao território americano na próxima semana.
 
Após a sua excelente prestação em 2014, Steven foi agora convidado a subir à cabine de vários eventos, onde um deles será no Vedado Social Club, em Miami, no dia 27 de março.
 
“Miami é mesmo isto. Para além de ser uma enorme reunião de artistas e amigos, serve também para mostrares a toda a gente o teu trabalho”, referiu o DJ ao Portal 100% DJ. Desta vez, a viagem para Miami tem novos objetivos: “temos imensos promotores a querer conhecer mais acerca do nosso trabalho, mas também apresentar novos projetos que tenho vindo a realizar ao longo do ano”, salientou.
 
Em relação à sua carreira, Steve Rod tem-se “dedicado imenso no estúdio, produzindo alguns temas” e vai ter a oportunidade de apresentá-los em Miami. “Os feedback’s que tenho recebido são muito positivos e espero que em breve os meus seguidores possam dançar ao som de alguns originais meus”, promete o produtor português.
 
O futuro também é um dos temas que está no pensamento de Steve Rod, que vai em direção a Miami “também com o interesse de conhecer as novas modas, o que está para acontecer nos próximos tempos, qual será o futuro da música eletrónica” e “estar sempre um passo à frente para evoluir cada vez mais”.
 
Publicado em Artistas
sexta, 23 março 2018 19:26

Miami Music Week: Dia 5 - Praia & festa!

[sigplus] Erro crítico: Memória insuficiente para concluir a operação solicitada root/images/stories/ultra/diario5/29242950_1216768325121376_2016281424_o.jpg, 36578304 bytes requeridos, 31457280 bytes disponiveis.

 
Dia 5
 
Este calor sabe tão bem que só apetece passear pelas ruas e percorrer as praias! Foi mais um dia de praia e de apanhar muito sol.
 
Nota-se uma maior afluência de pessoas nestes últimos dias, mais concretamente festivaleiros dos 4 cantos do Mundo que vêm para o Ultra Music Festival. Já se sente um ambiente de festa.
 
Nos céus, avistam-se várias avionetas com publicidade dos diversos clubes com os maiores nomes dos DJs internacionais: Hardwell na Liv; Dash Berlin, Nervo e Deorro na E11even; Marshmello na Stor, entre muitas outras festas. Miami está repleta de festas a toda a hora. É o paraíso para qualquer fã de música electrónica.
 
A noite promete! Vamos até ao Ora NightClub com Nicky Romero como cabeça de cartaz. Foram várias as surpresas tais como Sunnery James & Ryan Marciano assim como Fedde le Grand. Também Matisse & Sadko marcaram presença.
 
É por isso que as noites de Miami me fascinam. Pensamos que vamos ver um DJ e no fim, aparecem uma 3 ou 4 a tocarem juntos. Já são 5h e temos de descansar porque amanhã começa o tão aguardado Ultra!
 
{gallery}stories/ultra/diario5/{/gallery}
Publicado em Ultra Music Festival

[sigplus] Erro crítico: Memória insuficiente para concluir a operação solicitada root/images/stories/ultra/diario4/28946914_1216323671832508_1100040736_o.jpg, 36578304 bytes requeridos, 31457280 bytes disponiveis.

 
Dia 4
 
Acordámos bem cedo de forma a aproveitarmos a praia. À tarde, espera-nos uma das maiores festas da Miami Music Week: o evento da Axtone no hotel Delano Beach Club em South Beach. O cenário era fantástico: sol, palmeiras, uma piscina enorme e um mega palco para receber os melhores DJs internacionais. O cartaz contemplava nomes como Bob Sinclar, Cid, Dirty South, Kryder, Shapov, Matisse & Sadko e claro, o grande Axwell. Pudémos ver a presença de alguns DJs a assistir a esta festa tais como Hardwell, Thomas Gold, Yves V, entre outros. Saímos depois do set de Axwell para jantar.
 
A noite prometia ser longa numa das maiores discotecas de Miami: a Liv. Sunnery James & Ryan Marciano já tocavam. O ambiente era indiscritível, típico das discotecas americanas. Toda a gente aos saltos a vibrar com a música e bailarinas a dançarem em cima da cabine. De seguida, entrou Cedric Gervais num set sem igual.
 
Não temos palavras para descrever a noite que vivemos. Uma coisa chamou-nos à atenção: de cada vez que eram lançados confetis, vinham empregados da Liv varrê-los.
 
Terminámos o dia cansados, mas de coração cheio.
 
{gallery}stories/ultra/diario4/{/gallery}
Publicado em Ultra Music Festival
Em quase vinte edições de Ultra Music Festival em Miami, muitas são as recordações que são guardadas na memória dos seus festivaleiros e, claro, por toda a internet através de vídeos e fotografias.
 
Para comemorar o regresso deste festival, o Portal 100% DJ selecionou alguns momentos que considera inesquecíveis, engraçados e polémicos. E para ti, qual é o teu momento preferido? Confere abaixo a listagem:
 
  • deadmau5 goza com Martin Garrix durante a sua atuação
 
“Animals” de Martin Garrix estava nas bocas do mundo e no topo das tabelas. Deadmau5, conhecido pelas suas críticas e polémicas, em pleno palco do Ultra Music Festival decidiu gozar com o jovem artista e a sua música, com um tema infantil durante o drop, que é originalmente um edit de McMaNGOS.
 
 
  • A última atuação dos Swedish House Mafia
 
Foi uma das notícias mais tristes para os fãs de música eletrónica: o fim dos Swedish House Mafia. E esse final ficou marcado para o Ultra Music Festival em Miami, com uma atuação de arrepiar.
 
 
  • Above & Beyond obrigados a atuar de costas para o público
 
Durante a sua atuação no palco principal, Above & Beyond foram obrigados a atuar de costas para o público. O motivo? A chuva que se fez sentir na baixa de Miami, que poderia danificar alguns dos equipamentos que estavam a ser usados pelos artistas.
 
 
  • Madonnna sobe ao palco do UMF com Avicii e fala sobre drogas
 
Sim, isto aconteceu. A verdadeira Rainha do Pop subiu ao palco do Ultra Music Festival, em Miami. Este acontecimento deu-se durante a atuação de Avicii, um dos produtores que já trabalhou com Madonna. A artista interpretou o seu single “Girl Gone Wild” e ainda teve tempo de falar com a plateia sobre... drogas. “Quantas pessoas aqui presentes já viram a Molly?”, foi a pergunta feita por artista, referindo-se a MDMA.
 
 
  • Skrillex e Diplo convidam P. Diddy, Justin Bieber e companhia
 
O final da atuação de Skrillex, juntamente com Diplo formando assim os Jack U, foi pensado para acabar em grande e agradar todos os públicos, de várias idades e gostos musicais. P. Diddy, Justin Bieber e Kiesza foram convidados a marcar presença e assim encerrar o festival.
 
 
  • Zedd corre no palco do Ultra Music Festival em boxers
 
Um laço ao pescoço, suspensórios e uns... boxers. Esta era a roupa que Zedd tinha vestido, no momento em que invade o palco principal do Ultra Music Festival, durante a atuação de deadmau5. Percorreu o palco de ponta a ponta e ainda subiu à cabine, junto do rato mais conhecido da música eletrónica, que reagia às gargalhadas.
 
 
  • DJ Snake divulga o número de telemóvel pessoal de Dillon Francis
 
Durante a estreia de DJ Snake no Mainstage do Ultra Music Festival, o artista teve uma brilhante ideia: divulgar o número de telemóvel pessoal de Dillon Francis nos ecrãs. Resultado? Milhares de chamadas e mensagens recebidas por Dillon Francis, que chegou a partilhar um vídeo nas redes sociais, onde se podia observar a ‘confusão’ que se estava a passar no seu telemóvel.
 
 
 
Publicado em Ultra Music Festival

[sigplus] Erro crítico: Memória insuficiente para concluir a operação solicitada root/images/stories/ultra/diario3/29468583_1215628718568670_327121953557053440_o.jpg, 36542016 bytes requeridos, 31457280 bytes disponiveis.

 
Dia 3:
 
Acordámos e o tempo convida, mais uma vez, uma ida até à praia. Depois do almoço, dirigimo-nos a um dos clubes mais emblemáticos de Miami: o Nikki Beach. Está calor e o ambiente é convidativo para uma boa tarde a dançar.
 
Ouvimos o DJ Abel Ramos e de seguida a Sophie Francis. Toda a gente está de forma descontraída a ouvir a música enquanto se bebem uns cocktails. Uns deitados nas espreguiçadeiras, outros no bar, outros a dançar... Pelo meio, encontrámos o DJ português Steven Rod.
 
No fim da tarde regressámos até casa. Resolvemos não sair hoje porque amanhã aguarda-nos um dia muito preenchido: a pool Party da Axtone com Axwell, Matisse & Sadko, Bob Sinclar, entre outros, e à noite uma ida até uma das maiores discotecas de Miami, a Liv onde vamos poder ouvir Matisse & Sadko e Cedric Gervais.
 
{gallery}stories/ultra/diario3/{/gallery}
Publicado em Ultra Music Festival

[sigplus] Erro crítico: Memória insuficiente para concluir a operação solicitada root/images/stories/ultra/diario6/29390958_1217462075052001_1403569645_o.jpg, 36578304 bytes requeridos, 31457280 bytes disponiveis.

 
Dia 6
 
Hoje inicia-se o Ultra! É a primeira vez que cá estou e a ansiedade é muita.
 
Almoçámos perto do recinto num restaurante mexicano. Dirigimo-nos para a entrada do festival. Está uma fila interminável! Demorámos cerca de 1h30 para conseguirmos entrar. As revistas foram rápidas ou quase inexistentes.
 
Entrámos e fomos descobrir todos os palcos. O espaço é pequeno e os palcos encontram-se relativamente perto uns dos outros. Optámos por disfrutar do máximo de atuacoes no mainstage como Oliver Heldens, Steve Aoki, Armin van Buuren, Hardwell, DJ Snake e finalmente Axwell /\ Ingrosso. Armin passou um set sem igual. DJ Snake também surpreendeu e claro, a dupla que tanto gosto Axwell /\ Ingrosso.
 
Terminou o primeiro dia de ultra. A saída é bastante confusa. Não haviam Ubers e estava um trânsito interminável. Apanhámos o metro até à central de autocarros. Finalmente apanhamos o autocarro até casa. São 2h da madrugada. Estamos estourados. Está na hora de descansar porque amanhã há mais!
 
{gallery}stories/ultra/diario6/{/gallery}
Publicado em Ultra Music Festival
segunda, 19 março 2018 15:12

Miami Music Week: Dia 1 - A chegada

Dia 1
 
Chegou o tão aguardo dia 18 de março de 2018. A viagem estava marcada há quase um ano e finalmente chegou o dia. Encontrei-me com a Márcia no aeroporto do Porto e fizemos escala em Lisboa onde o Dylan, que vive em França, se juntou a nós. É sempre tão bom reencontrar quem partilha a mesma paixão por música! Estamos prontos para quase 10 horas de voo.
 
São 18h00 em Miami e já 21h00 em Portugal. Finalmente chegámos! Tão bom sentir este calor depois de muitos dias de chuva intensa no nosso país. Estamos cansados mas felizes por cá estar. Na viagem até ao nosso apartamento, pudemos disfrutar das magnificas paisagens de Miami, mas também do louco dia-a-dia dos americanos. Segundo o motorista do Uber, Miami está repleto de gente pelo facto de ser o St.Patrick’s day, a Spring Break, o Miami Music Week, mas também o Open de Miami.
 
Miami não dorme e vê-se de tudo na Washington Avenue. Estamos cansados e aproveitamos para dormir mais um pouco porque avizinham-se dias intensos. 
 
Publicado em Ultra Music Festival

[sigplus] Erro crítico: Memória insuficiente para concluir a operação solicitada root/images/stories/ultra/diario2/29425743_1214856351979240_1381610006104768512_o.jpg, 36578304 bytes requeridos, 31457280 bytes disponiveis.

 

Dia 2
 
Acordámos cedo, talvez pela vontade de descobrir este mundo à parte que é Miami. São centenas as máquinas que desfilam pelas principais ruas de Miami, tais como Mustang, Roll Royce, Lamborghini, BMW, entre outras.
 
Dirigimo-nos até à praia, apreciando até lá todas as lojas. A praia é lindíssima e o cenário é perfeito: céu azul, areia branca, água azul turquesa, palmeiras... Há grupos de americanos que levam colunas enormes para a praia e ouvem música nas alturas a tarde toda.
 
São vários os promotores de festas, clubes e restaurantes que percorrem a praia a distribuir panfletos e tentar recrutar turistas para os seus estabelecimentos.
 
Aproveitámos a praia o dia todo. No final do dia chegaram mais portugueses assim como os DJs Steven Rod e KEVU. Jantámos num restaurante cubano e aproveitámos para passear pela Ocean Drive, com bares repletos de turistas.
 
 Amanhã é outro dia com festa no Nikki Beach.

{gallery}stories/ultra/diario2/{/gallery}

Publicado em Ultra Music Festival
Seis semanas após a tragédia que aconteceu numa discoteca gay em Orlando, na noite passada duas pessoas morreram e 14 ficaram feridas após um tiroteio no espaço noturno Club Blu Bar and Grill em Miami, nos Estados Unidos da América.
 
O massacre aconteceu perto das 21 horas em Lisboa, 01h00 em Miami, depois de um homem armado entrar na área exterior da discoteca e disparado em todas as direções. Até ao momento estão confirmadas duas mortes e vários feridos, mas este número ainda não está confirmado oficialmente e pode aumentar.
 
A discoteca ClubBlu estava a receber uma festa direcionada para público adolescente. Segundo uma testemunha, foram disparados 30 tiros no local da tragédia e supõe-se que estavam presentes vários atiradores. No entanto, esta informação ainda não foi confirmada oficialmente pela polícia norte-americana.
 
Até ao momento foram detidas três pessoas suspeitas de estarem relacionadas com este tiroteiro. À mesma hora ocorreram outros dois incidentes na mesma zona, mas ainda não está confirmada a relação com o tiroteio na discoteca. As circunstâncias desta tragédia ainda são desconhecidas e as operações policiais continuam na área da discoteca, com várias patrulhas à procura de suspeitos.
 
A gerência do Club Blu Bar & Grill publicou há momentos um comunicado oficial na sua página oficial de Facebook referindo que lamenta “profundamente o que se passou com todos os envolvidos. Nós tentámos oferecer aos adolescentes aquilo que pensávamos ser um lugar seguro para passar um bom bocado”.
Publicado em Nightlife
Pág. 1 de 5
100% DJ. Projeto editorial independente cujos valores se guiam pelo profissionalismo, isenção e criatividade, tendo como base de trabalho toda a envolvente da noite nacional e internacional, 365 dias online.

Newsletter

Recebe novidades e conteúdos exclusivos no teu e-mail.