20-05-2019

  Diretor Ivo Moreira | Periodicidade Diária

Sobre Nós  |  Fala Connosco     

domingo, 17 junho 2012 00:39

Balanço do Rock in Rio - Lisboa 2012

 
 
A Cidade do Rock recebeu 353.000 fãs nos 5 dias de evento. O dia 25 de maio, com os Metallica como cabeças de cartaz, contou com 42.000 pessoas. O segundo dia, 26 de maio, com rock alternativo dos Linkin Park e Smashing Pumpkins, foi o mais concorrido, com 83.000 pessoas. O terceiro dia, 1 de junho, 74 mil pessoas não quiseram perder a estreia dos Maroon 5 em Portugal. Já a 2 de junho, 73 mil pessoas cantaram em coro com os veteranos Bryan Adams e Stevie Wonder. No encerramento, a 3 de junho, 81 mil pessoas assistiram aquele que já é considerado por muitos o Concerto do Ano: Bruce Springsteen & The E Street Band.

Segundo os resultados do inquérito realizado pela E-value na Cidade do Rock, a maioria do público era português, essencialmente proveniente da Área Metropolitana de Lisboa (54%), Norte (17,6%) e Centro (17,6%).

Roberta Medina, Vice-Presidente Executiva do Rock in Rio deixa uma mensagem de agradecimento “Queremos agradecer a participação do público português e os dias especiais que se viveram na Cidade do Rock. É muito reconfortante sentir que contribuímos de alguma forma para a felicidade de tantas pessoas num altura conturbada como esta em que vivemos. O aumento do número de público da edição de 2010 (329.000 pessoas) para esta edição vem mostrar que a nossa aposta em acelerar contra a crise resultou e que investir em tempos de crise vale a pena”.
 
 
Fabiano Queiroz, do Departamento Artístico, destaca a qualidade dos concertos de Metallica (25 maio), Linkin Park (26 maio), a energia e ligação com o público de Ivete Sangalo e Maroon 5 (1 junho), Bryan Adams e Stevie Wonder (2 Junho), o peso e a história dos 30 anos dos Xutos & Pontapés e a vitalidade e o amor pela música de Bruce Springsteen & The E Street Band, e sublinha “Os artistas mostraram-se felizes por participarem num evento do porte do Rock in Rio-Lisboa, destacando a qualidade técnica do Palco Mundo e do som e o público maravilhoso que os recebeu. Os Maroon 5 enviaram um email agradecendo a simpatia e enorme profissionalismo da equipa de Produção”.
 
 
Zé Ricardo, Diretor Artístico deste palco mostrou-se satisfeito com os resultados: “O Sunset de 2012 foi sem dúvida o melhor de todos em Lisboa. O público aderiu massivamente assistindo a todos os concertos, desde a abertura ao encerramento do palco, a integração dos artistas em cada encontro foi perfeita e o espírito destes encontros que vão além da música, são encontros de alma, ficou absolutamente claro para o público português”. Destaque para a banda alemã Kreator, que recebeu Andreas Kisser, o guitarrista dos Sepultura num encontro com duelos de guitarra marcantes (25 maio). Os Xutos & Pontapés e o Titãs repetiram o encontro memorável que realizaram no Rock in Rio Brasil e o público delirou (26 maio). Boss AC uniu os seus beats e batidas ao groove do Samba e do Soul do cantor Zé Ricardo e da cantora Paula lima (1 junho). Jorge Palma juntou-se a Luís Represas e João Gil para um verdadeiro encontro de velhos de amigos (2 junho). E para encerrar com chave de ouro, no dia 3 junho, o Palco Sunset recebeu o maior encontro de rock em língua portuguesa dos últimos anos: Rui Veloso e Erasmo Carlos num encontro inesquecível.
 
 
Cerca de 30.000 pessoas passaram por este espaço cuja conceção e cenografia, bem como a extrema qualidade ao nível técnico do palco, som e luz, foram alvo de elogios por parte dos artistas e do público. Miguel Marangas, Diretor Artístico, conclui “as atuações ao vivo das bandas Azari & III, dOP e Discotexas Band levaram à Cidade do Rock público interessado especificamente em assistir a este tipo de apresentações. Os internacionais Chase and Status com o Mc Rage, Dr Lektroluv, The Magician, Dyed Soundorom, Maceo Plex, Jamie Jones, Martinez Brothers e Masters at Work destacaram-se, juntamente com os nacionais Dj Vibe e Stereo Addiction. No último dia o lendário Dj Harvey abriu o palco com um Sunset Set que não deixou indiferente quem assistiu”.
 
A Rock Street foi sempre um dos espaços com maior movimento na Cidade do Rock, repetindo o sucesso já registado em 2011 na edição brasileira. Bruce Leitman, Diretor Artístico da Rock Street considera que “Fazendo juz ao espírito e à cultura de Nova Orleães que homenageia, este espaço fez o público mergulhar nas águas do Mississippi para participar em momentos inesquecíveis de jazz e de improviso. O público português mostrou-se extremamente entusiasta e participou com uma alegria e espontaneidade que deixou os artistas impressionados. O comentário geral no backstage era de agradecimento e alegria por participar em algo tão inovador e surpreendente”. Destaque no primeiro fim de semana para Melech Mechaya, Gypsy Ska Orkestra, Nobodys Bizness e TJ Johnson que empolgou todos tocando e cantando seu Rhythm & Blues acompanhado pelo Bruce Henri Trio. No segundo fim de semana Christian Reyes, Lillian Boutté, a artista que mais impacto teve, não só pela grande simpatia e energia, mas também pela capacidade de comunicar, fazendo o público cantar, chorar, e expressar-se, Cais Sodré Funk Connection, Mingus Project e Rat Swingers. O espaço foi animado todos os dias por vários artistas de rua como a estátua de chocolate, a Taróloga, o Mágico, os Motoqueiros cantores, o Caricaturista, o Casal de Andas, o Malabarista, e as bandas Dixie Gang, Projeto Bug e Lindy Hoppers.
 
Marina Frangioia, Diretora Artística deste espaço inspirado num bairro de Nova Iorque que teve a sua estreia internacional dentro do Rock in Rio-Lisboa, faz o balanço dos 5 dias “O palco conseguiu agarrar o público, com a sua dinâmica, energia e alegria e apresentou coreografias contagiantes. Vários elementos do público subiram ao palco e integraram a performance com alegria”. A Street Dance apresentou três performances diárias da crew residente, os Jukebox, excelentes profissionais e com uma forte capacidade de comunicação com o público, e atuações de crews e dos semi-finalistas do Concurso Street Dance. No dia 3 de junho, os Momentum Crew, 4 elementos masculinos do Porto, venceram a final do Concurso Street Dance. “A actuação da crew vencedora foi magnífica. Foi uma performance de B-boying puro, que incorporou o hino do palco, com uma limpeza na técnica que é reconhecida tanto em Portugal como no estrangeiro, composição coreográfica  bem estruturada, balizada por conceitos perceptíveis até nos figurinos, um pouco à imagem da Escola Olímpica Russa. São excelentes Street dancers e deram espectáculo!”, comentou Marina Frangioia. Os Momentum Crew vão representar Portugal na Final do Concurso Street Dance que se realiza no próximo ano, na edição de Buenos Aires, disputando o prémio com os vencedores que forem apurados no Rock in Rio-Madrid 2012, Rock in Rio 2013 (Rio de Janeiro) e Rock in Rio-Buenos Aires 2013.
 
Publicado em Rock in Rio
A organização do Rock in Rio lança a partir de 19 de Novembro o “Kit de Natal Rock in Rio-Lisboa 2010”. Depois do enorme sucesso das edições de 2006 e 2008, com a totalidade dos kits de Natal a serem vendidos rapidamente, o maior evento de música e entretenimento do mundo volta a surpreender com uma nova edição limitada do Kit de Natal Rock in Rio-Lisboa 2010.

Para a próxima edição, que volta ao Parque da Bela Vista nos dias 21, 22, 27, 28 e 29 de Maio de 2010, a organização preparou uma surpresa muito especial: para além do voucher, que pode ser trocado por um bilhete para um dos dias do evento, o kit inclui uma t-shirt exclusiva!

E há quatro modelos diferentes, dois para homem e outros dois para mulher, o que torna o Kit de Natal Rock in Rio-Lisboa 2010 uma oferta de Natal para toda a família!

À venda a partir de 19 de Novembro na FNAC, o Kit de Natal Rock in Rio-Lisboa 2010 tem o custo de um bilhete normal para o evento (58€), podendo o seu voucher ser depois trocado em exclusivo na FNAC, de 2 de Fevereiro a 31 de Março de 2010, por um bilhete para qualquer dia do evento à escolha, de acordo com o gosto musical de cada um.
 
Publicado em Rock in Rio
A Fundação Luís Figo e a organização do maior evento de música e entretenimento do Mundo comemoraram ontem o Dia Mundial da Criança, recebendo cerca de 400 crianças de várias IPSS de norte a sul do país, na Cidade do Rock. As crianças juntaram-se à Fundação Luis Figo e aos seus voluntários para, juntamente com Luís Figo e Roberta Medina, formarem um cordão humano que recebeu os primeiros visitantes deste dia, ao som do hino do Rock in Rio.

As centenas de crianças e jovens que tiveram oportunidade de passar o seu “Dia” de forma muito especial no Rock in Rio-Lisboa, provêm de instituições de solidariedade social, como a Cruz Vermelha Portuguesa, a Santa Casa da Misericórdia, a Fundação O Século, a CrescerSer, o Movimento ao Serviço da Vida e a Casa dos Rapazes, tendo sido acompanhadas pelos responsáveis das mesmas.
Para além de lhes ter sido entregue pelos voluntários da Fundação Luis Figo um lanche, oferecido pelo Continente, puderam depois usufruir da Cidade do Rock, passar pela Rock Street e Street Dance, as novidades desta edição, e assistir aos concertos de Lenny Kravitz, Maroon 5, Ivete Sangalo, Expensive Soul, Boss AC, entre outros.

O trabalho da Fundação Luis Figo para comemorar o Dia da Criança não se ficou por aqui. Sara Souto, Directora-Geral da Fundação Luis Figo, acrescentou: “Assinalamos anualmente o Dia Mundial da Criança, fazendo questão de proporcionar sempre um dia diferente a várias crianças desfavorecidas e distribuindo presentes a nível nacional. Esta semana acabámos de distribuir 2500 presentes a instituições e hospitais de norte a sul do país”.
 
Publicado em Rock in Rio
domingo, 03 junho 2012 11:23

Eletrónica Heineken 03.06.2012

ELETRÓNICA HEINEKEN 03.06.2012
 
DJ Harvey (UK/EUA)
Dj Harvey é mais um dos nomes do top 100 do Resident Advisor que vai subir à cabine da Eletrónica Heineken. Harvey é um dos mais respeitados DJs que alguma vez passou pelo nosso país e foi uma grande influência para a maioria dos artistas que fizeram o movimento de música de dança em Portugal. Responsável por algumas das mais especiais performances dadas por DJs internacionais no nosso país, DJ Harvey vem mostrar o “seu” Disco Punk e provar porque é um dos djs mais desejados da atualidade. Curiosidade: Dj Harvey foi também o primeiro baterista da banda de Jamiroquai.

DJ Vibe (PT)
Vibe é o mais consagrado e unanimemente considerado como o melhor DJ português de todos os tempos e está este ano a comemorar os 25 anos de carreira. O seu longo percurso como DJ não pára de surpreender quer pelas sonoridades constantemente atuais, mantendo o espírito "underground" de sempre, quer pela criteriosa escolha das suas atuações. Brevemente, DJ Vibe vai iniciar mais uma tour pela América do Norte e, no final do mês de março, vai participar pela 17ª vez na Winter Music Conference, em Miami, onde foi convidado para integrar um painel que vai contar com a presença dos líderes mundiais desta indústria. Uma presença constante desde a 1ª edição do Rock in Rio-Lisboa, Vibe regressa à Eletrónica Heineken naquela que já é considerada como uma noite clássica do maior evento de música e entretenimento do mundo.

dOP Live (FR)
Os dOP são conhecidos pelas suas performances altamente criativas, que surpreendem o público que assiste aos seus concertos. Ao longo dos seus espetáculos vão utilizando disfarces e assumindo diferentes personagens o que dá uma dinâmica inesperada à sua prestação. O house produzido pelos dOP tem sido um sucesso quer em festivais para milhares de pessoas, quer em festas exclusivas dirigidas a um público mais restrito. Recentemente os dOP editaram um novo disco com a prestigiada editora francesa Kitsune.

DJ Dixon (ALE)
Dixon é um DJ alemão que iniciou o percurso no aclamado circuito de discotecas de Berlim. Desde cedo se habituou a tocar sets que duravam toda a noite o que o ensinou a “trabalhar” o público de forma a prender a sua atenção e energia. DJ Dixon foi o mentor e A&R da editora Berlin Sonar Kollective e possui uma sensibilidade que lhe permite misturar sons vocais soul/black com o techno alemão que está de novo em voga, sem nunca perder o seu lado groovy e funky.

Stereo Addiction (PT)
O projeto nacional Stereo Addiction é formado por Gustavo e John-e, produtores e DJ's de música eletrónica. A qualidade do seu trabalho conquistou desde cedo o público nacional o que lhes deu uma notoriedade que permitiu atuar nos mais conceituados espaços noturnos nacionais e internacionais. Esta será a segunda vez que a dupla portuguesa sobe à cabine do Rock in Rio-Lisboa.
 
Publicado em Rock in Rio
Tudo vai mudar na estrutura de controlo do Rock in Rio, o maior festival de música do mundo, numa mudança que poderá abrir as portas a outros países. O empresário Eike Batista vai vender a sua parte do festival à norte-americana SFX, ficando apenas com uma pequena posição não quantificada. 
 
O processo é o seguinte: a empresa brasileira que até aqui detinha o Rock in Rio (em que 50% eram de Eike Batista e os outros 50% do fundador Roberto Medina) será comprada por uma holding (Sociedade Gestora de Participações Sociais), criada para o efeito. Esta holding será controlada em partes iguais pela SFX Entertainment e por Roberto Medina. A IMX de Eike Batista fica com uma pequena posição minoritária, mas apenas da empresa brasileira e não na nova holding.
 
A SFX, cotada no Nasdaq, "é a maior produtora de entretenimento ao vivo do mundo, com foco principal em eventos culturais e de música eletrónica", diz a organização do Rock in Rio. O festival já tem a ambição de se expandir há algum tempo e chegará aos Estados Unidos pela primeira vez em 2015.
 
"Embora seja uma grande oportunidade para ajudar a fazer crescer a marca Rock in Rio, utilizando a nossa rede internacional, é também uma oportunidade de aprender com a experiência operacional e comercial do Roberto Medina e do Rock in Rio, que são fenómenos globais", afirma Robert FX Sillerman, CEO da SFX Entertainment. "A música eletrónica tem-se estabelecido entre os festivais de música moderna e esperamos que esta tendência cresça para divulgarmos ainda mais os DJs e produtores na nossa rede".
 
Roberto Medina, presidente do Rock in Rio, comentou que esta parceria irá permitir "acelerar o crescimento" da marca em novos territórios. Além disso, permitirá "uma mudança de foco" na era digital. "Com a SFX, firmamos o compromisso no desenvolvimento de uma plataforma integrada de soluções de última geração, e acreditamos que a nossa velocidade de crescimento será expressiva. Os nossos patrocinadores terão uma plataforma ainda melhor para a exibição das suas marcas nos Estados Unidos, assim como já acontece nos países onde o Rock in Rio é realizado, onde o festival é a principal ferramenta de comunicação das marcas parceiras."
 
A SFX produz e promove um crescente portfolio de eventos ao vivo, incluindo marcas líderes como Tomorrowland, TomorrowWorld, Mysteryland, Sensation, QDance, Stereosonic, Eletric Zoo, entre outros. A empresa norte-americana também detém o Beatport, a maior plataforma online de venda de música.
Publicado em Tomorrowland
A agência Pepper foi a escolhida para levar a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa à edição deste ano do Rock in Rio. Esta é a primeira vez que a instituição participa num festival deste tipo, sob o lema "Por tua causa", em que vai ficar encarregue de acompanhar os festivaleiros da entrada até à saída do evento.

Em representação de todas as instituições da Santa Casa da Misericórdia, a ativação vai ter como pontos principais o stand central, a aposta nos valores nacionais presentes no palco Sunset e na nova montanha russa Jet Star.

A pensar na folia do público, a Santa Casa vai também marcar presença com um rastreio de alcoolemia. Outra iniciativa é a raspadinha Rock in Rio, uma aposta habitual, mas agora com a presença da Santa Casa.

A Pepper vai ter ainda a seu cargo diversas animações durante todo o festival, nos intervalos dos concertos e na zona VIP.
 
Publicado em Rock in Rio
Os habituais copos de plástico descartáveis estão proibidos no recinto do Rock in Rio Lisboa, que vai decorrer nos dias 23, 24, 29 e 30 de junho, no Parque da Bela Vista, em Lisboa.
 
Para substituí-los, a organização do eventos lançou uma coleção exclusiva de copos reutilizáveis que vai ser oferecida a todos os festivaleiros que estiverem dentro da Cidade do Rock. Ao todo, são 10 copos diferentes que podes levar para casa, com um design inspirado na pop art, disponíveis nas medidas de 25, 40 e 50cl. Todos os que reutilizarem o copo irão ter um desconto na Super Bock, Somersby, 7Up e outros refrigerantes.
 
“Apesar de já apresentarmos uma excelente taxa de reciclagem e valorização, ao adotarmos esta medida dos copos reutilizáveis para consumo de bebida dentro do recinto, poderemos, também, diminuir significamente os resíduos produzidos, enquanto incentivamos o nosso público para uma atitude mais sustentável”, referiu Roberta Medina, vice-presidente executiva do Rock in Rio.
 
O festival Rock in Rio foi sempre reconhecido pelas suas iniciativas a pensar no bem-estar do planeta Terra e do seu ambiente, além de proporcionar uma experiência única com boa música aos seus visitantes, tudo “Por um Mundo Melhor”. Até ao momento, o Rock in Rio Lisboa é o único festival certificado a nível nacional com a norma ISSO 20121 – Eventos Sustentáveis.
 
O cartaz do evento encontram-se completo e no line-up constam nomes como The Chemical Brothers, Diego Miranda, Vintage Culture, Moullinex, DJ Vibe, Karetus, Kamala, Rich & Mendes e o famoso conceito Revenge Of The 90s.
 
Os bilhetes para a edição deste ano do Rock in Rio Lisboa encontram-se à venda com preços entre os 69 e os 117 euros.
 
 
Publicado em Rock in Rio
segunda, 21 março 2011 15:23

Rock In Rio: Guns n’ Roses confirmados

A organização do maior evento de música e entretenimento do mundo anuncia todos os headliners que se apresentarão na Cidade do Rock nos seis dias do Rock in Rio 2011.
Atendendo a pedidos do público (de acordo com a votação realizada no site oficial foram mais de 450 mil votos, a maior mobilização feita por fãs para esta edição), a organização anuncia um dos mais aclamados grupos da história do rock e dos 26 anos do Rock in Rio: Guns N’ Roses volta ao Palco Mundo no dia 2 de Outubro. A roqueira baiana Pitty fará o concerto de abertura deste Palco na última noite do evento.

Os Guns N’ Roses, com mais de 100 milhões de discos vendidos no mundo inteiro, prometem na sua quarta apresentação no Rock in Rio, levar a sua legião de fãs ao delírio, repetindo o sucesso dos concertos históricos do Rock in Rio II, em 1991; e da terceira edição, em 2001, quando tiveram seu recorde de público, cerca de 250 mil pessoas na Cidade do Rock; e do Rock in Rio-Lisboa, em 2006. Pitty também participou na edição portuguesa de 2006, exactamente no mesmo dia, fazendo a abertura do Palco Mundo.

No dia 1 de Outubro Frejat subirá ao Palco Mundo, que dividirá a noite com a banda Coldpay e o grupo mineiro Skank.
Na mesma data, o Palco Sunset promoverá, conforme anunciado no último mês, quatro encontros especiais: Cidadão Instigado e Júpiter Maçã; Tiê e Jorge Drexler, Zeca Baleiro e Concha Buika, Erasmo Carlos e Arnaldo Antunes.
No dia 2 de Outubro, será a vez de: The Monomes e David Fonseca; Mutantes e Tom Zé, Titãs e Xutos & Pontapés, Marcelo Camelo e um convidado que ainda será anunciado.

Ao longo das próximas semanas a organização anunciará novidades do Rock in Rio e mais alguns artistas, ainda em negociação. Todas as novidades podem ser acompanhadas pelo site e pelas redes sociais do Rock in Rio, como Twitter – que já conta com mais de 152 mil seguidores –, Facebook (159 mil fãs) e Orkut (45 mil membros), entre outras.
Publicado em Rock in Rio
terça, 26 abril 2011 23:38

Rock In Rio anuncia cartaz electrónico

Desde a abertura dos portões até às 4h da manhã, a Cidade do Rock não vai parar, promovendo em cada um dos seis dias de evento, 14 horas ininterruptas de música.
A Electrónica, espaço patrocinado pela Burn e Heineken, começa às 22h e promete animar o público durante a madrugada.

Para isso a organização do Rock in Rio seleccionou alguns dos melhores DJs da actualidade: Above & Beyond, Ferry Corsten, Danny Tenaglia, DJ Vibe, Boys Noize, Steve Aoki, François K, Joe Claussel, Danny Krivit, Luciano, Guy Gerber, Hercules and Love Affair, Dimitry From Paris e os brasileiros Gui Boratto, Renato Rathier, Life is a Loop, entre outros.

“A música electrónica segue a linha das tendências musicais do século XXI, renovando-se com novos artistas e sonoridades oriundas de vários estilos musicais como o funk, rock, afro e pop, em misturas cada vez mais evidentes. Esta edição da Electrónica no Brasil promete ser completa e variada – como as edições europeias”, adianta Miguel Marangas, Director Artístico da Electrónica.

A estrutura é composta por seis megafones estilizados, de nove metros de altura, cada um deles com telas para projecção de imagens, e plataformas para bailarinas dançarem nas alturas, cabine especial para o DJ comandar a festa e um espaço para mais de 5 mil pessoas.

23 Setembro
Na primeira noite do Rock in Rio 2011, dia 23 de Setembro, a Electrónica abre com house, passa pela uplifting dance music evoluindo para os melhores nomes do trance. A programação abre com atracções cariocas (DJ Drk e Leo Janeiro) e avança com o Trio Life is a Loop, com uma abordagem mais progressiva. Para terminar foram convocados Above and Beyond e Ferry Corsten, expoentes máximos do trance mundial.
DJ DRK (Brasil), Leo Janeiro (Brasil), Life is a Loop (Brasil), Ferry Corsten (Holanda) e Above & Beyond (Inglaterra).

24 Setembro
No dia 24 de Setembro o tema será o som do "House Underground, de Nova Iorque ao Rio de Janeiro". O line up integra artistas que há muito tempo não actuavam no Brasil, como Danny Tenaglia e DJ Vibe, além da estreia de Nicole Maudaber em solo brasileiro. O casal Flow & Zeo e a DJ Mary Zander vão representar a sonoridade brasileira.
Flow & Zeo (Brasil), Mary Zander (Brasil), Nicole Moudaber (Londres E Oibiza), DJ Vibe (Portugal) e Danny Tenaglia (Estados Unidos).

25 Setembro
O lado mais electro, trash e mash up, numa tendência mais heavy da música electrónica serão apresentados no dia 25 de Setembro. A combinação de elementos hard and heavy do rock com os beats mais agressivos da electrónica resultam numa mistura explosiva de sons. Este é um estilo musical com acentuada relação com a moda actual, direccionado a um público mais novo e que quer chamar a atenção pelo que veste e ouve. Entre as atracções do dia destacam-se Boys Noize e Steve Aoki, além de The Twelves, e Killer on the Dancefloor.
Killer On The Dancefloor (Brasil), The Twelves (Brasil), Steve Aoki (Estados Unidos), Boys Noize (Alemanha).

30 Setembro
O cartaz de dia 30 de Setembro terá um dos maiores fenómenos da música electrónica da última década. O DJ Luciano cruza house, deep, melodical techno e minimal, com pitadas de ritmos latinos. Ligeiramente mais lento, mas também mais progressivo, este foi o grande som de Ibiza e dos melhores clubes do mundo nos últimos dez anos. O DJ chileno é o mentor do Projeto Vagabundos que, em 2010, marcou um novo conceito no Verão da ilha espanhola e se espalhou por todo o mundo. Nesta noite também se apresentam Guy Gerber, Gui Boratto, Renato Rathier, e Ingrid.
DJ Ingrid (Brasil), Renato Rathier (Brasil), Gui Boratto (Brasil), Guy Gerber (Israel) e Luciano (Chile).

1 Outubro
Para o dia 1 de Outubro a Electrónica guarda uma grande surpresa. Esta noite será dos Body & Soul, com os DJs François K, Joey Claussell e Danny Krivit, grupo criados em Nova Iorque em 1996, que comemora este ano 15 anos de existência. O “guru" DJ Harvey também fará a sua estreia no Brasil. O artista está em tournée em 2010/2011 após dez anos sem sair de Los Angeles.
DJ Harvey (Londres e Los Angeles) e Body & Soul NYC USA (François K, Danny Krivit e Joe Claussel)

2 Outubro
Para a noite de encerramento, dia 02 de Outubro, está programada a apresentação de nomes brasileiros como Boss in Drama, um dos maiores nomes do eletro pop do Brasil, Rodrigo Pena – do Bailinho - e Meme. Apresentam-se ainda Hercules & Love Affair, com o seu pop electrónico e, para fechar a noite, Dimitry from Paris, que mostrará o seu mais recente trabalho para a Playboy Manson. Nalaya Brown será a responsável por abrir a noite. A DJ foi contratada especialmente pela Burn para tocar no Rock in Rio.
Nalaya Brown (Tenerife), Boss In Drama (Brasil), Rodrigo Penna (Brasil), Memê (Brasil), Dimitri From Paris (Turquia) e Hercules & Love Affair.
Publicado em Rock in Rio
quinta, 01 novembro 2012 13:11

Rock In Rio 2013: Ben Harper confirmado

O cantor norte-americano Ben Harper vai ser a grande atração do dia 20 de setembro no Palco Sunset do Rock in Rio 2013, espaço conhecido por promover encontros inusitados, preparados especialmente para o Rock in Rio, que privilegiam a liberdade criativa e a qualidade musical. O maior evento de música e entretenimento do mundo promete uma apresentação inédita, com Ben Harper – um colaborador por natureza, que já gravou e atuou ao lado de vários artistas, incluindo a cantora Vanessa da Mata, com quem gravou o sucesso Boa Sorte – a dividir o palco com um convidado, que será anunciado em breve.
 
Após três edições em Lisboa, uma em Madrid e uma no Rio de Janeiro, o Palco Sunset promete surpreender ainda mais em 2013. O espaço onde o público pôde assistir a alguns dos melhores concertos da história do Rock in Rio – como o dos Sepultura com o grupo francês de percussão Tambours du Bronx, que teve tanto sucesso que passou para o Palco Mundo da edição portuguesa deste ano e vai repetir-se no Palco Mundo do Rock in Rio 2013 –, terá a sua estrutura física aumentada.
 
O palco passa de 30m para 44m de frente. Para esta edição, o Sunset contará com a participação de grandes nomes brasileiros e internacionais, como os já anunciados George Benson e Ivan Lins.
 
O Rock in Rio 2013 realiza-se nos dias 13, 14, 15, 19, 20, 21 e 22 de setembro, na Cidade do Rock (Parque dos Atletas Cidade do Rock Av. Salvador Allende), no Rio de Janeiro.
Publicado em Rock in Rio
Pág. 1 de 14
100% DJ. Projeto editorial independente cujos valores se guiam pelo profissionalismo, isenção e criatividade, tendo como base de trabalho toda a envolvente da noite nacional e internacional, 365 dias online.

Newsletter

Recebe novidades e conteúdos exclusivos no teu e-mail.