07-04-2020

  Diretor Ivo Moreira | Periodicidade Diária

Sobre Nós  |  Fala Connosco     

Pela primeira vez, Portugal acolhe o evento Unite with Tomorrowland, que vai decorrer no próximo dia 27 de julho, no Parque Oriental da Cidade do Porto, para celebrar um dos maiores festivais de música eletrónica do mundo.
 
Os bilhetes para o evento ainda estão disponíveis na Ticketline com preços entre os 60 e os 150 euros.
 
O ESPETÁCULO
 
O cartaz conta com Martin Solveig, Alok, Robin Schulz, Carnage, Diego Miranda e Miguel Rendeiro, além das ligações em direto via satélite durante as atuações de Vini Vici, David Guetta e Dimitri Vegas & Like Mike.
 
Esta ligação irá transportar os festivaleiros para o recinto belga do Tomorrowland através de uma experiência única que conta com efeitos especiais sincronizados. A abertura de portas está marcada para as 16 horas e o início dos espetáculos para as 17 horas.
 
A PULSEIRA
 
Para entrar no recinto, tens de usar a pulseira, cuja ativação deve ser feita através deste link, tal como o carregamento, uma vez que é o único método de pagamento dentro do festival, exceto as compras de tabaco. Certifica-te que a tua pulseira não está danificada e se por acaso ainda não recebeste, entra em contacto com a organização através do número 707 234 234. Se tiveres algum problema com a pulseira, podes dirigir-te ao Welcome Center do recinto, aberto a partir das 11 horas de sábado.
 
Se pretendes ir de comboio para o evento desde a estação Porto Campanhã, podes usar o Intercidades, o Regional ou o InterRegional que oferece 30% de desconto nas viagens de ida e volta entre os ias 26 e 28 de julho, mediante a apresentação do bilhete para o Unite with Tomorrowland.
 
O TRANSPORTE
 
Os Comboios Urbanos do Porto também vão estar disponíveis para transportar os festivaleiros para o recinto, com um bilhete de ida e volta a um preço promocional de 2 euros, mediante apresentação de bilhete ou pulseira do evento, com origem em qualquer estação até Porto Campanhã entre o dia 27 deste mês e as 12 horas de 28 de julho.
 
Se pretendes ir de carro para o evento, podes deixar a tua viatura no parque de estacionamento de São Roque por apenas 6 euros, valor que inclui ainda duas viagens de ida e volta no shuttle do Unite with Tomorrowland e está disponível entre as 15h do dia 27 de julho e as 04h do dia 28 de julho. Garante o teu lugar de estacionamento através deste link, até às 12h do próximo sábado. Este shuttle vai funcionar com intervalos entre 10 e 20 minutos com três paragens: Metro Estádio do Dragão, Parque de Estacionamento de São Roque e Parque Oriental da Cidade do Porto. O valor será tabelado pela STCP.
 
Também podes optar por usar transportes públicos, como a linha 400 e 205 de Braga e Aveiro, a linha 400 com paragem no recinto ou a linha 205 com paragem no Lagarteiro, a cerca de 700 metros do Parque Oriental da Cidade do Porto. O trânsito estará condicionado no recinto do evento a partir das 12 horas de sábado.
 
MOBILIDADE CONDICIONADA
 
As pessoas com mobilidade condicionada têm uma zona específica com vista privilegiada para o palco, com lotação limitada, além das casas de banho especialmente adaptadas. Se tiveres dístico de mobilidade condicionada no teu veículo, podes estaciona-lo perto do Pavilhão do Lagarteiro e é dada prioridade.
 
OBJETOS PROIBIDOS
 
Para a tua entrada no recinto correr na perfeição, certifica-te que não possuas objetos considerados perigosos como canivetes, facas, armas, objetos pontiagudos, capacetes, bebidas alcoólicas, drogas, comida, objetos de vidro, powerbanks, chapéus de chuva, animais, garrafas, gravadores de som, equipamentos profissionais de captação de imagem/vídeo/som, malas de grandes dimensões, objetos de arremesso e formas de transmissão de mensagens que promovam a xenofobia, ódio e violência.
 
Publicado em Tomorrowland
quinta, 23 julho 2015 21:06

Tomorrowland anuncia livestream

O festival Tomorrowland começa hoje para os campistas, mas o livestream para todo o planeta só terá início amanhã. Segundo a organização, através do site oficial vai ser possível assistir em direto a algumas atuações dos melhores artistas de música eletrónica do evento, de sexta-feira a domingo.
 
Para quem possui a aplicação Nowlive, pode viver uma experiência única do livestream do Tomorrowland. A transmissão em direto vai ser possível em computadores, tablets e telemóveis, em qualidade HD, possibilitando ainda aos seus utilizadores de assistirem a vários palcos ao mesmo tempo.
 
Tal como acontece nos diretos do Youtube, no Nowlive também vai existir um chat, para os fãs do festival comentarem as atuações. Segundo Brad Sexton, Presidente da Live Media Group, que detem o Nowlive, “a reputação do Tomorrowland como um dos festivais mais bem sucedidos de música eletrónica no mundo faz com que esta parceria deixe-nos muito anciosos. Construímos a tecnologia Nowlive especialmente para os fãs do Tomorrowland e TomorrowWorld, porque merecem uma melhor e controlada experiência de visualização, que é o nosso objetivo com esta plataforma”.
 
A Nova Era é, mais uma vez, a rádio oficial do Tomorrowland em Portugal e a partir de amanhã, até domingo, vai estar em direto desde Boom, na Bélgica.
 
Publicado em Tomorrowland
quinta, 26 julho 2012 23:03

Mas afinal o que é o Tomorrowland?!

Nas últimas semanas, ou até meses, acreditamos que porventura tenha existido muitos leigos no assunto que se questionam com a pergunta que faz título a este artigo. Assumimos que é de facto uma boa pergunta. Não é tarefa fácil, explicar. Mas vamos tentar.
Não, nao é uma receita de waffles com caramelo e natas, nem uma marca de pizza de uma cadeia empresarial de comida italiana. Nada disso. Aliás... é melhor que isso!

Numa pequena nota: É um festival de música de dança que começa hoje, dia 27 de julho e termina no domingo. É por ter um tamanho considerável que é denominado de 'Festival'.
Sejamos práticos e diretos ao assunto: é uma discoteca em «ponto grande» com vários palcos, instalada num gigantesco jardim botânico da cidade de Boom chamado De Schorre. Boom situa-se a 26 quilómetros de Bruxelas.
 
Por ser relativamente perto, significa que até podes dar um saltinho à sede do Parlamento Europeu em Bruxelas, e cumprimentar sua excelência, o Drº Durão Barroso ou até mesmo a Drª Angela Merkel (porque não?!).
 
Ok. Política à parte - não vamos por aí.
 
O Tomorrowland é classificado por qualquer amante de música de dança, como o melhor festival da europa.
É idealizado e produzido por uma filial da ID&T na Bélgica. Uma das melhores e mais criativas produtoras de eventos quer a nível Europeu quer a nível Mundial. Sensation White, Sensation Black, Mysterland e Dirtdutch são apenas algumas das estrondosas produções desta produtora com sede na Holanda. O empresário Duncan Stutterheim é o seu cérebro e fundador. Duncan conhece bem Portugal. País onde esteve presente nas duas edições de Sensation White em 2009 e 2010 respetivamente.
"Os portugueses são muito conhecidos pelo seu espírito de festa que foi bem demonstrado na 1ª edição Portuguesa que se estreou em Portugal em Maio de 2009" disse Ducan à imprensa .
De salientar que no Brasil também já existe uma filial da ID&T desde o ínicio deste ano.

Voltando ao Tomorrowland... 2012 é o ano da 8ª edição. É um festival para todos os gostos musicais. Será possivelmente essa grande variedade musical que faz com que seja um evento tão procurado. Só em 2011, este festival registou mais de 100 mil participantes de todo o mundo. Apenas maiores de 18 anos, aqui podem entrar.

Espalhados pelo Jardim De Schorre, existem ao todo cerca de 16 palcos que são animados pelos melhores deejays e produtores de música do Mundo. São também palcos decorados com o tema específico de cada ano - um "conto de fadas misterioso" é tema de 2012. O palco MainStage é sempre o mais apetecível.
Há música para todos os gostos musicais - desde o mais comercial ao mais underground, recordando também a década de 90.
 
Não nos podemos esquecer da DreamVille - um gigantesco espaço equipado para campismo durante os dias do evento, dividido por três áreas distintas: 'Easy', 'Relax Room' e 'Mansion'. É separado do recinto do festival numa distância com cerca de 800 metros.

Agora a parte que também interessa: Preços e valores.
Em abril foi num abrir e fechar de olhos a corrida aos ingressos. Garantir lugar na melhor e maior edição de sempre, foi o objetivo primordial dos festivaleiros sortudos. Foi a loucura. Os bilhetes esgotaram em menos de 24 horas.
 
Ok, e os preços? 172,50€ um passe para os 3 dias de evento, e o passe regular diário 72,50€. Se se pretender estadia na DreamVille, a estes valores soma-se a estadia que varia entre 34,50€ (5 dias) e os 9.600€ para um máximo de 12 pessoas (5 dias).
É certo que não é um festival para todos os bolsos. No entanto, 'Crise' não é palavra que aqui entre.
 
Contudo, já levantámos um pouco a 'ponta do véu'. Mas o resto deixamos para o nosso repórter Nuno Dourado que está no festival e vai-nos dar a conhecer tudo sobre o Tomorrowland e os três melhores dias da sua vida.
 
Agora já percebeste o porquê do Tomorrowland ser melhor que um delicioso waffle encharcado de caramelo e natas?
 
 
Publicado em Tomorrowland
O DJ e produtor Diego Miranda será o primeiro artista português a pisar o palco principal do festival Tomorrowland na Bélgica. A atuação no Mainstage realiza-se no dia 19 de julho, domingo. Esta será a quinta vez consecutiva que Diego representa Portugal naquele que é apelidado como o maior evento de música eletrónica do mundo. Recorde-se que no ano passado atuou no palco Generation Smash partilhando a cabine com Bassjackers, Chuckie e ainda a dupla Wolfpack.

Esta confirmação representa um passo importante na carreira de Diego Miranda, que nos últimos meses tem oferecido a sua sonoridade em território asiático.  A conquista do TOP 100 da revista britânica DJ Mag também é uma realidade. O fundador da editora Less Is More ocupa agora a 55.ª posição nesta listagem internacional e a posição número 2 no TOP 30 nacional, levado a cabo pelo Portal 100% DJ.

O Festival Tomorrowland regressa a Boom, na Bélgica, entre os dias 17 e 19 de julho e novamente de 24 a 26 de julho, sob o tema "The Reflection Of Love". Para esta edição estão confirmados inúmeros palcos que recebem a curadoria de diversas editoras de renome como A State of Trance, Afterlife, Axtone, The Masquerade, Cocoon, Glitterbox e Q-Dance.
 
Publicado em Eventos
O canal televisivo MTV anunciou no dia de hoje que será parceiro exclusivo da transmissão internacional do festival belga - Tomorrowland. Esta ação inédita pretente marcar os 10 anos de existência do evento.
 
A MTV adiantou que serão transmitidas on air apenas duas horas de evento no programa "MTV World Stage" que atualmente está disponível em cerca de 170 países e é visualizado em 550 milhões de casas a nível internacional. 
 
O canal divulgou ainda que está a trabalhar num documentário sobre o festival belga e que deverá ser lançado no final deste ano. Este documentário vai desmistificar todos os "segredos" que fizeram e fazem do Tomorrowland um dos festivais mais bem-sucedidos do mundo nos últimos dez anos.
 
"O Tomorrowland é um festival com uma categoria própria e por isso estamos muitos felizes por trazer este conteúdo para o público internacional da MTV. A música eletrónica tem sido parte do reportório da MTV por quase duas décadas. Portanto, trabalhar com o festival Tomorrowland é um ajuste perfeito que nos coneta com a nova geração de fãs e seguidores da EDM em todo o mundo." referiu Bruce Gillmer, vice-presidente executivo da VIMN (Viacom Networks Media International) empresa tutora do canal.
 
A emissão "World Stage: Tomorrowland" irá para o ar apenas no mês de agosto em duas partes de 60 minutos. A província De Schorre, localizada em Boom, na Bélgica, recebe o festival que anda nas bocas do mundo nos dias 18, 19, 20, 25, 26 e 27 de julho. Dois fins-de-semana para comemorar 10 anos a animar e a colocar a Europa no mapa dos grandes eventos.
 
Nota de redação 23:14h - Atualizado o mês em que será transmitida a emissão "World Stage: Tomorrowland".
 
Publicado em Tomorrowland
Os trágicos acontecimentos que ocorreram no passado dia 22 de março na Bélgica, motivaram vários rumores a respeito do festival Tomorrowland, evento realizado naquele país há 11 anos e visitado por mais de 400 mil pessoas.
 
A manhã daquela terça-feira que parecia ser igual a tantas outras foi fatídica para 34 pessoas, após o atentado terrorista no metro de Bruxelas e no aeroporto de Zaventem, local onde todos os anos em julho aterram inúmeros festivaleiros oriundos dos quatro cantos do mundo.
 
Ainda que o país já tenha regressado à normalidade, a ameaça e risco de segurança está no nível máximo. A Europa teme novos atentados e as entidades governamentais discutem e avaliam novas medidas de segurança.
 
Da parte da organização do evento belga, nenhum comunicado foi emitido, mas pela Internet circulam rumores e dúvidas quanto à realização e segurança do mesmo ou não fossem os 30 quilómetros que separam Bruxelas e Boom, cidade que acolhe o Festival. “Estamos seguros no Tomorrowland?” fomos atrás da pergunta e quisemos uma resposta de quem de direito.
 

Organização e autoridades garantem a maior segurança possível

 
A organização do evento “está ciente de tudo o que se está a passar pelo mundo e como tal estamos em constante comunicação com todas as instituições governamentais na Bélgica e pelo mundo inteiro” afirma Debby Wilmsen, representante do festival, em exclusivo ao Portal 100% DJ.
 
Questionada sobre as medidas de segurança do evento, Debby revela que “por vários anos seguidos a nossa maior preocupação e foco é a segurança dos visitantes. Baseados em diferentes fontes de informação, tomaremos decisões em conjunto com as autoridades locais de forma a garantir a maior segurança possível” do evento de música eletrónica.
 
“Se necessário, comunicaremos estas ações antecipadamente ou com o devido tempo necessário” conclui a representante do Tomorrowland, sendo clara a intenção de não cancelar o mesmo.
 

Festivaleiros portugueses não desistem do sonho

 
Além da representante do festival, o Portal 100% DJ esteve também à conversa com Laetitia Esteves, fundadora da “Tomorrowland Crew Portugal” e festivaleira assídua do evento, sobre a possibilidade do festival vir a ser cancelado e as suas condições de segurança.
 
 
“Vou ao Tomorrowland pelo quarto ano consecutivo e nunca me senti insegura. Bem pelo contrário”, afirmou em exclusivo ao Portal 100% DJ. A festivaleira garante que no aeroporto onde aconteceu a tragédia “há sempre imensos polícias com cães e controlam as bagagens” e este ano acredita “num reforço da segurança por parte das entidades belgas, principalmente durante o festival” declarou.
 
Depois de conversar com alguns dos seus colegas de viagem, Laetitia garante que “ninguém pensa sequer na possibilidade de não ir” e que é “impensável” desistir, pois “é muito difícil conseguir o bilhete e o esforço a nível financeiro” é elevado.
 
Relativamente à segurança do evento, a responsável do grupo garante que o evento “é especial por diversos fatores e um deles é nunca haver qualquer tipo de desacatos, apesar do elevado número de pessoas ali concentradas. Penso que a organização quer continuar com esse ambiente mágico e, para isso, terá mesmo de reforçar a segurança”. Assim se espera.

 

{youtube}HuAxVfZasUk{/youtube}

 

Publicado em Tomorrowland
Deixou a carreira de professor de educação física e moral para se dedicar de corpo e alma ao djing e à produção musical. Quando se fala de Yves V, é inevitável referir o festival Tomorrowland, uma vez que o artista belga é considerado o DJ residente. Graças ao impacto das suas atuações transmitidas para todo o planeta, hoje em dia cumpre um dos seus maiores sonhos: viajar por todo o mundo acompanhado da sua música e dos seus fãs. O Portal 100% DJ teve a oportunidade de conversar com o produtor belga, sobre temas como a sua carreira atual, o nosso país e, claro, o festival que é a sua segunda casa.
 
 
És o DJ residente do Tomorrowland. Como te sentes ao fazer parte do maior festival do mundo?
É ótimo. Todas as pessoas me perguntam isso. Eu estou lá quase desde o início por isso eu vi toda a evolução. Agora tenho o meu próprio palco e atuei também no Main Stage, na edição do Brasil e dos Estados Unidos da América. Estou muito feliz por continuar lá e posso chamar-me de ‘DJ residente’ daquele festival, porque às vezes as pessoas não sabem onde é a Bélgica, a minha terra natal, mas sabem onde é o Tomorrowland.
 
Qual é a tua opinião sobre a expansão do Tomorrowland para outros países como o Brasil ou os Estados Unidos da América?
É muito bom, penso eu. Especialmente o Brasil, na minha opinião, é um grande mercado para mim. O público brasileiro e o Tomorrowland são uma combinação muito boa. A primeira edição ficou esgotada em duas horas e a edição americana também vendeu bem. Acho bem que não o façam em todos os países, mas sim em todos os continentes. É positivo expandir a marca.
 
Já atuaste várias vezes no nosso país. O que tens a dizer sobre Portugal e o nosso público?
Fantástico! Amo o clima, porque é muito diferente da Bélgica e o público tem sempre muita energia. Todos estão felizes e sabem as músicas, é uma das coisas que se consegue ver. A última vez que cá estive, havia pessoas no público com uma bandeira com o nome de uma faixa minha que ainda não tinha sido lançada, foi muito bom. 
 
Conheces algum DJ português?
Sim, o Kura. Que outros DJs portugueses me aconselham?
 
E para quando uma colaboração com um DJ português?
Atualmente estou a planear com o Kura para fazermos alguma coisa. Até agora não tenho nenhuma produção com um artista português mas nunca se sabe o que o futuro possa trazer.
 

(…) o meu maior objetivo: viajar pelo mundo e partilhar a minha música.

 
Qual é a tua colaboração de sonho?
É difícil dizer um só nome, mas se pudesse escolher seria alguém fora da música de dança. Alguém de uma banda de rock, de música clássica, ou um cantor. Algo totalmente diferente e que as pessoas não estejam à espera.
 
Como por exemplo?
Há muitos bons cantores, como por exemplo a Birdy. Ela tem uma voz muito boa que desperta muitas emoções. Iria ser uma excelente combinação. Mas há muitos outros bons nomes que seriam uma boa hipótese. 
 
Qual foi o melhor momento da tua carreira?
É óbvio que tenho de referir novamente o Tomorrowland. O mundo inteiro está a ver o Main Stage e aquilo que tu estás a reproduzir naquele momento. Cada vez que atuo lá, consigo ver as reações nas redes sociais. O Tomorrowland é sempre um momento alto na minha carreira.
 
Na tua opinião, quem merece a primeira posição do Top 100 DJs da DJ Mag?
É uma pergunta muito difícil. Mas acho que a resposta é Dimitri Vegas & Like Mike. São os meus irmãos da Bélgica. Na minha opinião é muito difícil dizer quem possa ser o melhor DJ do mundo, porque existem muitos bons artistas.
 
Que novidades podes desvendar acerca do futuro da tua carreira?
Tenho muitas novas produções a chegar. Espero que tudo corra bem. Vou estar em digressão e esse é o meu maior objetivo: viajar pelo mundo e partilhar a minha música.
 
Que mensagem gostarias de deixar aos seguidores e leitores do Portal 100% DJ?
Quero agradecer a todos que têm ido às minhas atuações e se nunca o fizeram, espero conhecê-los em breve num dos meus próximos shows. Continuem a apoiar a música eletrónica!
 
 
Segue Yves V nas redes sociais
     
 
Publicado em Entrevistas
Os moradores da cidade de Schorre em Boom, local onde se realiza o Festival Tomorrowland - lançaram uma petição contra o segundo fim-de semana de evento, agendado para os dias 25, 26 e 27 de julho, estando em causa o incómodo causado pelo evento. O caso vai ser mesmo levado para tribunal.
 
Os habitantes exigem que o segundo fim-de-semana seja cancelado e que o ruído seja limitado durante o primeiro fim-de-semana de Festival (18, 19, 20 de julho). À comunicação social, o advogado dos moradores, alega que o Festival Tomorrowland não tem sequer as licenças necessárias.
 
Esta, não é a primeira vez que a organização do Festival se vê em apuros. Recorde-se que em 2009, duas pessoas foram afectadas pelos lasers instalados no palco alegando que foram afetadas nos olhos causando-lhes hemorragias.
 
Deste o inicio da sua realização, a produção do evento sempre tentou ser gentil para com os moradores de Schorre, inclusive os que vivem nas proximidades do Festival sempre tiveram bilhetes gratuitos de acesso. No entanto e ao que parece para algumas pessoas isso só não chega.
 
Entretanto e para fazer frente ao 'Contra', foi lançada uma outra petição a favor da realização do evento. Por enquanto resta mesmo esperar pelos desenvolvimentos desta situação que em nada está a favor dos fãs do evento que este ano celebra 10 anos.
 
 
Publicado em Tomorrowland
quarta, 25 julho 2012 18:48

Tomorrowland: fotos aéreas do recinto

Como se pode comprovar pelas imagens aéreas, o Festival Tomorrowland começa a ganhar forma. Irá decorrer nos dias 27, 28 e 29 de julho na cidade de Boom a 26Kms de Bruxelas (Bélgica).
 
 
 
Publicado em Tomorrowland
No ano em que celebra 10 anos de existência, o Festival Tomorrowland volta a surpreender tudo e todos no novo recorde de bilheteiras. Em menos de uma hora, os 360 mil ingressos que havia disponíveis, foram vendidos para todos os cantos do planeta, comprovando assim o interesse a nível mundial que há pelo Festival belga.
 
"A procura foi global e foram vendidos bilhetes para todo o mundo. Pessoas de mais de 220 países diferentes garantiram a sua presença no festival, fazendo do Tomorrowland o evento mais internacional do planeta" disse a produção do evento.
 
No total, ao longo dos dois fins-de-semana, cerca de 16 mil passageiros vão decolar com a companhia aérea belga "Brussels Airlines" perfazendo um total de cerca de 150 voos a partir de 50 cidades na Europa, África e EUA. Outros 4.000 festivaleiros voarão para a Bélgica com a "Lufthansa", "Thai Airways" e pela "Air Canada" a partir de vários destinos na Ásia, América do Norte e América do Sul e Austrália. Os festivaleiros que optaram por usar o comboio, vão viajar pela "Eurostar" e "Thalys".
 
Mesmo estando esgotado, a bilhética do evento vai abrir a 28 de fevereiro com uma "lista de espera" para aqueles que não conseguiram garantir os seus ingressos. Esta ação servirá como "depósito" para as pessoas que pretendam vender os seus bilhetes, sendo esta a única oportunidade das pessoas interessadas comprarem ingressos pelo seu real preço.
 
Nos dias 18, 19, 20, 25, 26 e 27 de julho a província De Schorre, localizada em Boom, na Bélgica, volta a ganhar vida com um dos festivais mais procurados de sempre.
 
O line-up para os dois fins-de-semana está a ser gradualmente divulgado nas redes sociais do evento e até ao momento já conta com importantes nomes de vários géneros musicais como é o caso de Hardwell, Tiesto, Carl Cox, Armin Van Buuren, Eric Prydz, Diplo, Netsky, Sven Väth, Dave Clarke, Erol Alkan, Dillon Francis, Sander van Doorn, DVBBS, Jamie Jones, Loco Dice, Bassnectar, Nicky Romero, Alesso, Krewella, Vitalic, Steve Angello, New World Punx, Erol Alkan e a dupla Above & Beyond. Recorde-se que em 2013 passaram pelo Festival cerca de 230 artistas, espalhados por vários palcos instalados no gigantesco jardim de Boom.
 
Publicado em Tomorrowland
Pág. 1 de 10
100% DJ. Projeto editorial independente cujos valores se guiam pelo profissionalismo, isenção e criatividade, tendo como base de trabalho toda a envolvente da noite nacional e internacional, 365 dias online.

Newsletter

Recebe novidades e conteúdos exclusivos no teu e-mail.