18-07-2019

  Diretor Ivo Moreira | Periodicidade Diária

Sobre Nós  |  Fala Connosco     

quarta, 08 janeiro 2014 21:06

Álcool no sangue? Alcohoot responde

Chama-se Alcohoot e promete revolucionar a tecnologia. É um alcoolímetro que pode ser ligado a um iPhone ou a um smartphone com sistema Android e permite saber qual a taxa de alcoolemia que se tem no sangue e, dependendo do resultado, facilita ainda a tarefa de se chamar um táxi.
 
Para tal, o Alcohoot utiliza sensores que estão emparelhados com uma bomba interna inteligente e um sensor de pressão, o que oferece uma taxa de precisão muito próxima da dos aparelhos usados pelas autoridades, de acordo com o site da empresa - através do qual pode adquirir a app.
 
Pesa apenas 50 gramas e apresenta-se em três cores diferentes. Liga-se ao telemóvel através da entrada para os auscultadores e custa 119 dólares, cerca de 87 euros.
 
 
Publicado em Tech
Uma das mais importantes catapultas para DJs amadores de house music, volta a Portugal em 2013 para novas eliminatórias. A primeira está já marcada para dia 20 de julho, na Discoteca Faraó (Santa Cruz). Uma semana depois, a 27 de julho - segue para a Discoteca Kiay em Pombal. Em agosto arranca no dia 9 na Katedral (Praia da Rocha - Portimão) e logo no dia seguinte, (10) na OPO em Gaia. A final está agendada para dia 30 do mesmo mês na KISS Club, em Albufeira. 
 
O vencedor de cada eliminatória passará à final, onde será eleito o representante de Portugal para a grande final europeia, a 5 de outubro no mítico Pacha, em Ibiza. 
 
O DJ que sair vitorioso da grande final Movida Corona ficará reconhecido e assumirá funções de DJ oficial da Movida Corona Tour Europa, convidado a ter quatro actuações no Pacha Ibiza e participação assegurada em três compilações com o selo da Pacha Recordings. Os segundos e terceiros classificados ganham uma viagem para Miami, onde irão atuar no conhecido evento Ultra Music Festival.
 
Os DJs que pretendam participar devem aceder ao formulário de registo no site oficial da ação em www.movidacorona.com. Este ano o DJ embaixador Movida Corona Portugal será 2GETHER, que irá acompanhar todos os participantes.
 
Esta tour nacional conta com o apoio do Portal 100% DJ.
 
Confere em baixo as datas e os locais por onde vão passar as eliminatórias nacionais.
 
 
Publicado em Marcas

 

O sucesso da série norte-americana Breaking Bad ainda deixa marcas e é considerada uma das melhores de sempre.
 
Em Breaking Bad, o protagonista Walter White, ou Heisenberg, produzia metafetaminas de cor azul, que está presente na garrafa. Intituada “Heisenber Blue Ice Vodka”, este novo produto é de edição limitada, filtrada em 5 fases, tornando-a numa das mais puras que se pode encontrar no mercado.
 
O produto é uma parceria entre o criador da série e a empresa Blue Ice Vodka, fundada em 2002.
 
A embalagem, além da silhueta da personagem interpretada por Bryan Cranston, conta ainda com algumas das suas frases mais célebres, como “Say my name”. O ator confessou ainda que está “a contar com os seus fãs para usarem” a vodka “na criação de bons e diversos cocktails”. O produto está à venda apenas nos Estados Unidos da América.
 
 
Publicado em Marcas
Os jovens de Lisboa e do Porto são os que mais gastam na noite, segundo um estudo da cultura recreativa como instrumento de prevenção feito em dez cidades portuguesas pelo Instituto Europeu para o Estudo dos Factores de Risco em Crianças e Adolescente.

Os jovens de Lisboa com idades compreendidas entre os 16 e os 30 anos, com uma média de 25,9 euros, e os do Porto, com 14,55 euros, são os que mais gastam na noite, durante os fins-de-semana, revela o estudo do Irefrea (Instituto Europeu para o Estudo de Factores de Risco em Crianças e Adolescente) apresentado em Aveiro pelo presidente do Irefrea Portugal, Fernando Mendes, numa iniciativa da Junta de Freguesia da Vera-Cruz.

O estudo foi realizado em dez cidades portuguesas - Lisboa, Porto, Aveiro, Coimbra, Viana do Castelo, Viseu, Odivelas, Funchal, Ponta Delgada e Angra do Heroísmo - em 2007, abrangendo um universo de 150 indivíduos em cada uma das cidades.

Coimbra é a terceira cidade onde os jovens gastam mais dinheiro durante o fim-de-semana, na noite, com uma média de 14,32 euros, logo seguida de Aveiro (12,23), Viana do Castelo (10,98) e Viseu (9,23).

São, no entanto, os jovens do Porto e de Aveiro os que têm mais poder de compra, segundo o estudo: à pergunta quanto dinheiro tens por ano?, os do Porto responderam que possuem 21467,12 euros, logo seguidos dos de Aveiro, com 7896,12 euros. A grande distância situam-se os de Coimbra, com 4590,89 euros, seguidos dos de Viseu, com 3841,15, e Viana do Castelo, com 3529,84. Em último lugar estão os de Lisboa, com apenas 1331,88 euros.
 

Apesar desta realidade, o estudo considera que o impacto da vida nocturna na economia da cidade é pouco, com excepção para a área do Bairro Alto (Lisboa) e das semanas académicas, apontando como malefícios o aumento do tráfico de substâncias ilegais (droga), aumento do ruído ao fim da noite, perturbação dos vizinhos e queixas por falta de policiamento, para além de brigas e escaramuças nas cidades mais populosas junto de áreas de tomada de táxis por efeitos da embriaguez.

Os lisboetas e os conimbricences são os que passam mais horas nos bares ou discotecas por noite (6,42 horas e 6,28 horas, respectivamente), longe das 5,94 horas dos frequentadores da noite de Viana do Castelo e das 5,87 horas dos jovens do Porto. Em Aveiro gastam-se 5,11 horas na noite e em Viseu apenas 4,88 horas.

Lisboa e Aveiro são as localidades onde os jovens passam por mais bares (ou discotecas) na noite durante o fim-de-semana. Na capital do país os jovens entre os 16 e os 10 anos inquiridos no estudo frequentam por noite, em média, 3,8 bares e em Aveiro 3.01 bares. Segue-se Coimbra, com 2,64 bares, e Viana do Castelo com 2,53 bares. Só depois aparece o Porto (2,45) e Viseu (2,33 bares).

A maioria dos frequentadores da noite nas dez cidades portuguesas abrangidas pelo estudo são estudantes, com uma idade média de 21 anos, e os de Viana do Castelo são os que saíram mais vezes à noite no espaço de uma mês - 7,88 vezes. No Porto saíram 7,02 vezes e em Lisboa 3,15 vezes.
 
Fonte: JN-Online.
Publicado em Mix
A primeira produção publicitária da Super Bock em Moçambique já está no ar e comunica a entrada da Super Bock Mini Saca Fácil no país. Desenvolvida em parceria com a Executive Moçambique, a campanha decorre até 8 de janeiro do próximo ano nas principais estações de televisão e rádio, para além de incluir materiais de ponto de venda. 
 
"O investimento gradual que a Unicer está a aplicar em Moçambique mostra a relevância do país para a empresa e a expectativa de aumentar as exportações de Super Bock para este mercado, nos próximos anos. Até ao final da década, a empresa portuguesa estima alcançar vendas na ordem dos 20 milhões de litros", refere a Unicer em comunicado.
 
Publicado em Marcas
sexta, 29 agosto 2014 00:27

Cachaça 51 tem nova imagem

A Cachaça 51, famosa bebida do Brasil presente em diversos mercados a nível global incluindo Portugal, é agora apresentada com uma nova imagem em destaque ao nível das garrafas. Com formas "mais refinadas, curvas mais suaves e um design global, mais sofisticado e moderno", segundo a marca, as novas garrafas trazem um novo rótulo e um novo logótipo.
 
"Pretende-se que a comunicação celebre a diversidade, e a nova imagem da marca oferece uma visão sem limites, e um claim que apela à vontade de ficar sedento pelo inesperado… 'Stay Thirsty for new new things', ou seja, para todos os que acreditam em valores e diferenças, são curiosos e inovadores", explicou em comunicado Pedro Rocha, Marketing Manager da Viborel SA, empresa que distribui a Cachaça 51 em Portugal.
 
Além da nova imagem da bebida, desenvolvida pela agência inglesa Claessens, há também um novo site, "mais moderno e interativo", que a marca acredita vir a chamar a atenção dos mercados internacionais.
 
A Companhia Muller de Bebidas, produtora da Cachaça 51 no Brasil, também comunicou a nova imagem da marca nas redes sociais.
 
Fonte: Imagens de Marca.
 
Publicado em Marcas
Portugal é um dos dez países da Europa onde se bebe mais álcool, segundo um relatório da Organização Mundial de Saúde citado pelo jornal "Público". Numa lista de 34 países, Portugal surge em nono lugar no que se refere à média anual de consumo de álcool per capita, com 13,4 litros, o que significa que os portugueses estão acima da média europeia. Por outro lado, Portugal revela ser um dos países com mais abstémios, o que indicia elevado consumo dos que bebem.

O relatório mostra também que Portugal é um dos poucos países a autorizar a venda de álcool a menores de 18 anos.

O relatório da Organização Mundial de Saúde foi ontem divulgado e intitula-se 'Álcool na União Europeia'. Revela o padrão europeu: "Os adultos na Europa consomem três bebidas alcoólicas por dia".
 
Fonte: DN Portugal.
Publicado em Mix
A Jameson escolheu o parque de estacionamento do Camões, em Lisboa, para promover o consumo de álcool responsável. Assim, durante um ano, o parque estará decorado com mensagens alusivas, numa ação com criatividade da TBWA e ativação e produção da agência Mustard. 
 
Assim, a marca está presente em três andares do parque, escolhido por ser um local em que muitas vezes começam as noites de diversão no Bairro Alto.
 
Segundo a Jameson Portugal, esta ação de responsabilidade social "reflete o ADN de uma marca que conhece o seu consumidor e os seus hábitos e sabe como comunicar com ele de forma inovadora". O projeto atua com grande impacto no local certo, na hora certa e reforça a mensagem correta: a diversão responsável, promovendo a sobriedade ao volante.
 
Publicado em Marcas
O Licor Beirão é uma das marcas de vinhos que melhor comunica no Facebook: ocupa o quinto lugar num top de dez dominado por marcas internacionais, de acordo com o estudo internacional de benchmark digital desenvolvido pela DBB - Digital Brand Builders.
 
A marca portuguesa fica à frente em termos de engagement naquela rede social da Bacardi, da Perrier-Jouët e da Nicolas Feuillatte, sendo apenas ultrapassada pelos "gigantes" do champanhe - Möet & Chandon, Dom Pérignon, Veuve Clicquot - e pela Captain Morgan.
 
O estudo concluiu ainda que Portugal regista a maior taxa de utilização do Facebook por parte de empresas do sector vinícola: 85 por cento das empresas portuguesas analisadas marcam presença naquela rede social. Em segundo lugar surgem Nova Zelândia e África do Sul (76 por cento) e o Canadá (75 por cento) fecha o pódio.
 
Já no que toca à utilização de outras plataformas, como o Twitter, YouTube, FlickR ou Pinterest, apenas 26 por cento das empresas portuguesas analisadas aposta nestas redes.
 
Outra das conclusões aponta para o facto de apenas 16 por cento das empresas analisadas possuírem website com loja online, sendo que em Portugal somente 14 por cento das empresas vinícolas apostam nas vendas online.
 
Este estudo centrou-se nos websites e estratégias nas redes sociais de 1.221 empresas oriundas de 35 países.
 
Publicado em Marcas

 

Teve hoje início a distribuição em Portugal e para Angola do primeiro gin tinto do mundo, fabricado por uma empresa de Valença. A bebida tem o nome de Tinto Gin Premium e terá um preço de 29,80 euros.
 
O gin tinto contém perico, amoras silvestres, papoilas, cítrico da casca da laranja verde, alfazema, alecrim, folha de eucalipto, Lúcia Lima, erva cidreira, ervas de São Roberto, flor de sabugueiro, folha de Salgueiro, nevêda, loureiro e aneto.
 
A apresentação ao público da bebida alcoólica terá lugar em Valença, no próximo dia 23 de abril.
 
Publicado em Marcas
Pág. 1 de 9
100% DJ. Projeto editorial independente cujos valores se guiam pelo profissionalismo, isenção e criatividade, tendo como base de trabalho toda a envolvente da noite nacional e internacional, 365 dias online.

Newsletter

Recebe novidades e conteúdos exclusivos no teu e-mail.

Este site utiliza cookies. Ao navegares neste site estás a consentir a sua utilização. Para mais informações consulta a nossa Política de Privacidade.