18-10-2019

  Diretor Ivo Moreira | Periodicidade Diária

Sobre Nós  |  Fala Connosco     

domingo, 28 setembro 2014 17:06

Publicidade a cervejas tem novas regras

A publicidade a cerveja só estará em antena a partir das 22.30 horas, quer tenha ou não álcool. Trata-se de uma decisão da Associação Portuguesa de Produtores de Cerveja (APCV), que congrega todas as empresas cervejeiras que operam no mercado nacional.
 
Em sede de autorregulação, a APACV decidiu que a publicidade em televisão e rádio a marcas de cerveja sem álcool devia seguir o exemplo da publicidade a cervejas com álcool, isto é, ser interdita entre as 7 e as 22.30 horas.
 
Além disso, a associação acordou com o Instituto Civil da Autodisciplina da Comunicação Comercial (ICAP) o envio prévio de toda a comunicação de marcas de cerveja com álcool nos formatos publicitários de outdoor, nomeadamente para análise da mensagem de responsabilidade social "Seja responsável. Beba com moderação".
 
Fonte: Briefing.
 
Publicado em Mix
 
Com a proposta de Orçamento do Estado para 2015, o imposto sobre as cervejas e bebidas espirituosas vai aumentar 2,9%.  A medida aguarda agora aprovação do Parlamento.
 
O imposto das cervejas irá desde os 7,75 euros por hectolitro para volumes de álcool mais baixos, até 27,24 euros por hectolitro em volumes elevados. Atualmente, este imposto era de 7,53 euros até 26,45 euros por hectolitro.
 
Em relação às bebidas espirituosas, o valor passa de 1.251,72 euros por hectolitro para 1.289,27 euros, valor a aplicar a partir de janeiro do próximo ano.
 
Com este aumento de 2,9%, o Governo tem a previsão de uma receita líquida de 201,1 milhões de euros com o Imposto sobre Álcool e Bebidas Alcoólicas. Para 2014, a estimativa era de 177,9 milhões de euros.
 
Publicado em Nightlife
A Desperados, cerveja com aroma a tequila, promoveu uma nova experiência musical em parceria com os Mount Kimbie intitulada de “Train Trax”. Esta iniciativa é assinada pela Inner Tequila Studios e consistiu numa atuação inédita dentro de um comboio em Varsóvia, na Polónia, para um pequeno número de fãs.
 
Os Mount Kimbie tiveram a oportunidade de produzir uma das suas faixas ao vivo, recorrendo a sensores exteriores de RFID que foram colocados no percurso do comboio, convertidos depois o sinal em notas musicais integradas in loco pelos artistas, durante a viagem.
 
A velocidade do meio de transporte resultava no BPM do bass drum, ou seja, quando maior a velocidade, maior era a batida. O público também teve um papel muito importante na produção da faixa e na iniciativa, através das luzes e câmaras.
 
O resultado final deste projeto é um ‘live train remix” de Synthi, uma nova produção que será lançada no final do ano juntamente com um vídeo dos Mount Kimbie.
 
“A experiência foi surreal porque atuámos numa área de experimentação musical nunca antes explorada. Ver como as pessoas e o comboio criaram o próprio set tornou esta atuação completamente única. A reação dos nossos fãs foi incrível”, referiu Kai Campos, um dos elementos dos Mount Kimbie.
 
{youtube}4mau57UVWGw{/youtube}
Publicado em Marcas
A ingestão de cerveja - ou qualquer bebida alcoólica - após a realização de exercício físico ou de estômago vazio não é, por norma, aconselhável. Agora, porém, um grupo de investigadores australianos desenvolveu uma cerveja hidratante, que pode ajudar a equilibrar a quantidade de líquidos no organismo e até a evitar a ressaca.
 
Habitualmente, beber álcool aumenta a desidratação, mas uma equipa do Griffith University's Health Institute em Queensland, na Austrália, acredita ter descoberto a solução.
 
Os nutricionistas australianos manipularam os níveis de eletrólitos, presentes em muitas bebidas energéticas, de duas cervejas comerciais (uma normal e uma light), que, depois, foram ingeridas por pessoas que tinham acabado de fazer exercício vigoroso.
 
Os investigadores acabaram por concluir que, embora esta não costume ser uma prática recomendável, a cerveja light modificada mostrou ser um terço mais eficaz a hidratar os indivíduos do que a cerveja normal. 
 
"Não é uma boa ideia, mas a verdade é que há muitas pessoas que suam muito no dia-a-dia e que, depois, saem do trabalho e vão beber uma cerveja, como é o caso, por exemplo, dos trabalhadores da construção civil", explica Ben Desbrow, um dos cientistas envolvidos no estudo, citado pela Australian Associated Press.
 
Segundo os especialistas, esta nova cerveja pode ser também o primeiro passo para o desenvolvimento de produtos capazes de diminuir as hipóteses de ressaca.
 
Publicado em Mix
quarta, 27 junho 2018 21:52

Carlsberg inventou caviar de cerveja

Sim, estás a ler bem. A marca Carlsberg inventou um novo tipo de caviar, com sabor a cerveja, feito especialmente para o campeonato mundial de futebol que está a decorrer na Rússia.
 
O caviar de cerveja surpreende os seus consumidores, apresentando uma textura igual ao produto tradicional, mas com sabor a cerveja pilsner. Para criar este produto inovador, a Carlsberg uniu-se à agência dinamarquesa CP+B com o objetivo de celebrar as tradições gastronómicas russas.
 
Outro dos objetivos passa por transmitir os valores da moderação de consumo combinado de comida e bebida.
 
Publicado em Marcas
A Damm acaba de lançar em Portugal a Daura Damm, cerveja sem glúten, apta para celíacos e para todos os adeptos de um estilo de vida saudável. Daura Damm tem o mesmo sabor que uma cerveja lager normal e é a cerveja sem glúten mais premiada do mundo.
 
A nova cerveja conta com um teor alcoólico de 5,4% e ingredientes que a marca afirma serem 100% naturais. Da investigação desenvolvida pelos Mestres Cervejeiros da Damm e da Unidade de Glúten do Conselho Superior de Investigações Científicas (CSIC) resultou a Daura Damm. A garrafa é identificada com o símbolo da espiga cortada e a menção “isenta de glúten” e em Portugal conta com uma parceria com a Associação Portuguesa de Celíacos (APC).
 
De acordo com a APC (Associação Portuguesa de Celíacos) existem em Portugal 10 mil casos de celíacos diagnosticados, mas o número tende a aumentar. A crescente preocupação com uma dieta mais equilibrada leva ainda muitas pessoas a procurarem alternativas à sua alimentação habitual e a optar por produtos isentos de glúten.
 
Os passos da produção da Daura Damm são muito semelhantes aos das cervejas lager, mas Damm promove a hidrólise de proteínas para garantir que tem menos de três ppm de glúten. Para garantir a qualidade é sempre enviada para análise do CSIC uma amostra de todos os lotes produzidos de Daura Damm.
 
Elsa Cerqueira, Marketing Manager Damm, acrescenta que “até há pouco tempo, o ato de desfrutar de uma cerveja em convívio com os amigos era impossível para um celíaco, mas Daura Damm veio revolucionar a vida destes consumidores. Acompanhando as tendências do mercado e exigências dos consumidores, não só dos celíacos, mas também daqueles que seguem dietas sem glúten.”
 
Esta cerveja tem sido alvo de inúmeras distinções internacionais, sendo neste momento a cerveja sem glúten mais premiada do mundo, segundo a marca. De entre várias distinções, ganhou por quatro vezes (2014, 2011, 2009 e 2008) o prémio de “Melhor cerveja isenta de glúten do mundo” nos World Beer Awards em Londres.
 
Publicado em Marcas

 

Super Bock Mix é o nome da nova gama de cervejas da marca, compostas por duas fusões: Super Bock Mix Vodka Limão e Super Bock Mix Caipirinha. Estes dois novos sabores são as apostas da cerveja portuguesa, que promete refrescar as noites do verão que se aproxima.
 
O público-alvo são indivíduos urbanos, que gostam de saídas noturnas e convívios com os amigos, apostando assim nas redes sociais com a hashtag #unlockatuanoite, que significa “o desbloquear de novas oportunidades e momentos” que o produto proporcionará.
 
A Super Bock Mix Vodka Limão, com elementos gráficos alusivos à Rússia, é uma cerveja mais forte e aromatizada com vodka e limão, que é considerada refrescante, doce, suave e fácil de beber. A Super Bock Mix Caipirinha também contém grafismos que lembram o Brasil, com ingredientes como aromas a aguardente de cana e lima, num sabor suave, doce, forte e refrescante.
 
A garrafa de vidro é azul, de 0,33 cl e encontra-se à venda em hipers e supermercados, num formato four-pack a 5,49 euros. O seu consumo deve ser a uma temperatura de 5ºC.
 
A marca vai realizar duas festas de lançamento das novas cervejas, no dia 7 de maio, no Urban Beach em Lisboa e no dia 16 de maio, no Armazém do Chá, no Porto. Serão realizadas também várias ações de rua, para dar a provar ao público as novas cervejas.
 
Publicado em Marcas
terça, 21 agosto 2012 23:23

Nova cerveja chega a Portugal

A marca de cerveja alemã Fucking Hell vai começar a ser distribuída em Portugal e Espanha pela empresa B33R, criada por Rui Faustino e Bruno Queirós. Trata-se de uma pilsner à base de cevada, lúpulo e água, com 4,9 graus.
 
A marca chegou a gerar alguma polémica na Alemanha e na Áustria. O nome da cerveja, que em inglês pode ser entendido como uma expressão de irritação ou de surpresa, conjuga a designação da localidade austríaca de Fucking e a palavra hell (significa cerveja branca no sul da Alemanha e na Áustria). Após uma primeira recusa em 2007, em 2010 as autoridades europeias autorizaram a criação da marca Fucking Hell, permitindo o arranque da produção.
 
Em causa estava uma queixa da autoridades de Fucking que consideravam que se estava perante a apropriação do nome da localidade, onde não existe qualquer cervejeira, além de que a própria designação Fucking Hell poderia ser considerada ofensiva.
 
Não foi esse, no entanto, o entendimento do Trade Marks and Designs Registration Office (departamento de registo de marcas e design) da União Europeia. "A combinação de palavras não tem referência a uma pessoa ou a um grupo de pessoas. Não incentiva a um acto em particular. Não pode ser entendida como uma indicação de que o leitor deva ir para o inferno", podia ler-se na deliberação.
Publicado em Marcas
quinta, 08 agosto 2019 17:52

Heineken apresenta nova lata

A conhecida marca de cervejas Heineken lançou este mês uma nova lata de 33 cl, que permite que os seus consumidores continuarem a apreciar o sabor da bebida alcoólica de uma maneira refrescante.
 
Este novo formato acompanha a tendência do aumento de produção de bebidas alcoólicas em lata, fresca por dentro e por fora e já está disponível nas prateleiras das principais superfícies comerciais de Portugal, desde híper a supermercados.
Publicado em Marcas
terça, 30 julho 2013 23:47

Vamos falar de cerveja

'Vamos falar de cerveja' é o mote da iniciativa que a Sociedade Central de Cervejas, empresa que detém a marca Sagres, pretende levar a cabo em diversos pontos de venda. São várias as ações que irão decorrer até novembro, em cadeias de hipers e supermercados, com o objetivo de informar, formar e credenciar embaixadores da categoria de cerveja no mercado.
 
Os consumidores poderão encontrar, nestes espaços, informação e conteúdos sobre herança e tradição, ingredientes e naturalidade, cerveja e nutrição, consumo responsável, inovação e progressismo e contribuição económica, através de uma plataforma digital e interativa e com o acompanhamento personalizado de uma promotora.
 
"Estas acções surgem no âmbito do compromisso da nossa empresa em valorizar e promover a categoria de cerveja. Pretendemos que os consumidores estejam sensibilizados para a importância deste setor para as várias áreas da sociedade", afirma Nuno Pinto de Magalhães, Diretor de Comunicação e Relações Institucionais da SCC.
 
A Central de Cervejas quer, assim, promover a categoria de cerveja e construir uma história positiva do impacto desta bebida na empresa.
 
Publicado em Mix
Pág. 1 de 8
100% DJ. Projeto editorial independente cujos valores se guiam pelo profissionalismo, isenção e criatividade, tendo como base de trabalho toda a envolvente da noite nacional e internacional, 365 dias online.

Newsletter

Recebe novidades e conteúdos exclusivos no teu e-mail.

Este site utiliza cookies. Ao navegares neste site estás a consentir a sua utilização. Para mais informações consulta a nossa Política de Privacidade.