18-07-2019

  Diretor Ivo Moreira | Periodicidade Diária

Sobre Nós  |  Fala Connosco     

 

Os DJs e produtores portugueses Cruz, Kaesar, Magazino, Serginho e Tiago Marques ficaram agora a cargo da matiné da Bloop Recordings, que vai acontecer no festival NEO POP, em Viana do Castelo, de 12 a 15 de agosto.
 
Entre as novidades para este ano, irá decorrer a festa de abertura do festival de música eletrónica, em Santa Luzia, no dia 12 de agosto, com entrada livre. No line up, constam nomes como Acid Symphony Orchestra (live), Biolive (by Oscar Mulero & Fium), Max Cooper (live), Reykjavik 606 (live), Echomental live (by Alex Fx), Space Exploration (by Lewis Fautzi live) e The Gold Of The Labyrinth Soundtack (by Mr. Herbert Quain).
 
Os bilhetes já se encontram à venda nos locais habituais, a preços entre os 75 (passe geral normal) e os 150 euros (passe geral com acesso à área VIP, WC privativa, 8 senhas de bebida, livro, t-shirt, chapéu e fita).
 
Confere abaixo todos os artistas confirmados até ao momento e os respetivos dias:
 
12 de agosto:
NEO Stage:
Alex.Do, Marco Carola, Son Kite (live), Freshkitos
Santa Luzia Opening Concert:
Acid Symphony Orchestra (live), Biolive by Oscar Mulero & Fium, Max Cooper (live), Reykjavik 606 (live), Echomental (live) by Alex FX, Marco Coelho, Space Exploration by Lewis Fautzi, The Gold Of The Labyrinth Soundtrack by Mr. Herbert Quain
 
13 de agosto:
NEO Stage:
DVS1, Joseph Capriati, Oscar Mulero, Robert Hood, Rodhad, Sven Vath, Bloop Recordings Matinee by Cruz, Kaesar, Magazino, Serginho, Tiago Marques
Anti Stage:
Don Williams, Eduardo de La Calle, Move D, Steevio & Suzybee (live), Dexter, Pixel82, Rompante (live)
 
14 de agosto:
NEO Stage:
Chris Liebing, Deep Dish, K!z, Recondite (live), Paco Osuna, Paul Ritch (live), Tiago Fragateiro
Anti Stage:
Abdulla Rashim, James Ruskin, Jonas Kopp, Tripeo (live), Vril (live), A Thousand Details (live), Terzi
 
15 de agosto:
NEO Stage:
Dixon, Loco Dice, Luciano, Mano Le Tough, Schwarzmann (live), The Martinez Brothers, Cardia, Frank Maurel
Anti Stage:
Dasha Rush (live), Karenn (live), Secluded (live), Shifted (live), Zadig, Lewis Fautzi (live), Nuno Di Rosso, Ruuar
 
Publicado em Eventos
Com o primeiro fim de semana do Rock in Rio-Lisboa 2012, o maior evento de música e entretenimento do mundo ultrapassou os 6 milhões de visitantes. Desde 1985 que cerca de 6.100.300 pessoas marcaram presença nas onze edições do Rock in Rio (5 em Lisboa, 4 no Rio de Janeiro e 2 em Madrid). Este número de fãs e seguidores do evento reflete-se claramente nas redes sociais, que funcionam cada vez mais como barómetro da sociedade.

Nas redes sociais - Facebook, Twitter, Orkut, Youtube e Google Plus - o Rock in Rio tem 5.265.463 fãs que acompanham, em tempo real, todas as novidades do maior evento de música e entretenimento do mundo. O Rock in Rio destaca-se dos outros festivais nestes números, o festival mais próximo do Rock in Rio é o Coachella nos EUA com cerca de 1.785.074 seguidores, seguem-se o Vans Warped Tour nos EUA com 976.579 fãs nas mesmas redes e o Lollapalooza nos EUA, Chile e Brasil com 869.519 seguidores no total.

Nos dias 25 e 26 de maio, os primeiros do Rock in Rio-Lisboa 2012, a página do Facebook do Rock in Rio-Lisboa teve 770.575 likes, 14.000 comentários e 79.488 menções. Nesta página foram colocados 869 posts e fotografias e o número de fãs cresceu para 323.528, aumentando 20.000 fãs em dois dias. Também no Twitter o impacto fez-se notar, o Twitter do Rock in Rio-Lisboa tem neste momento 18.710 seguidores.

No ranking de marcas nacionais da Marktest, o Rock in Rio aparece em 4º lugar, atrás apenas dos três principais clubes de futebol portugueses: Benfica (1º), Porto (2º) e Sporting (3º), nos temas mais falados durante a semana de 21 a 27 de maio de 2012.

Nos primeiros dias de evento, a SIC Radical, que transmitiu em direto todos os concertos do Palco Mundo, bateu o recorde de audiências, com uma média de 51.800 espetadores no dia 26 de maio, e o canal atingiu o número de 200.000 telespetadores durante o concerto de Linkin Park.
 
Publicado em Rock in Rio
Um pouco por toda a Europa, a época de festivais está ao rubro e a Holanda – em concreto a cidade de Haarlemmermeer - não é exceção, já que este fim-de-semana vai receber uma nova edição do Mysteryland, um dos maiores festivais de música eletrónica a nível internacional, e que desde 1993 é produzido pela gigante produtora ID&T. Este ano o palco do festival holandês será ocupado por nomes como Don Diablo, Afrojack, Diplo e muitos outros.
 
Este festival já esteve presente em outros países, como os Estados Unidos da América e o Chile, depois de mais de 20 edições na Holanda.
 
Quando é realizado um grande evento internacional de música eletrónica, é certo que no meio da multidão vão estar presentes festivaleiros portugueses. Como já vem sendo hábito nas reportagens sobre os principais festivais eletrónicos, o Portal 100% DJ falou em exclusivo com alguns festivaleiros que vão embarcar na aventura do Mysteryland, representando desta forma o nosso país.
 
João Pedro Vicente tem 49 anos e viaja para Haarlemmermeer com o intuito de “ouvir boa música e desfrutar simplesmente do ambiente.” Depois de três anos a marcar presença no Festival Tomorrowland, o festivaleiro de Agualva decidiu este ano conhecer outros dois festivais, e depois de procurar por alternativas ao festival belga, optou pelo Electric Love e pelo Mysteryland.  
 
João Pedro pretende ficar na fila da frente do famoso palco QDance onde, e como habitualmente, o hardstyle estará em grande destaque. 
 
“Portugal merece mesmo um festival deste género, mas suspeito que ainda podemos não estar preparados para isto. A verdade é que a média de idades nestes festivais (no estrangeiro) é muito mais alta que em Portugal. Penso que o ambiente não é o mesmo” refere o festivaleiro. 
 
 
Com as expectativas “muito altas” e a representar o sexo forte, estará Mariana Malcato, que parte de Lisboa com destino ao Mysteryland, acreditando que o evento “vai ser único e que não irá desiludir”. Para Mariana, todos os pormenores contam “desde a organização, o recinto, a decoração, os palcos, as pessoas e claro, a música”.
 
Depois de ir ao Tomorrowland durante dois anos consecutivos (2014 e 2015), Mariana reconheceu que “estava na altura de experimentar um festival novo”, e o facto do Mysteryland poder ser considerado o ‘pai’ do Tomorrowland “teve o seu peso na escolha. E ainda, a música, o espírito único e extravagante também foram fatores importantes” remata.
 
Martin Garrix é o artista que mais quer ver, no entanto, a festivaleira também está curiosa para assistir à atuação de “Laidback Luke e rever Coone e Brennan heart - dois artistas que há um ano atrás não conhecia mas que me surpreenderam muito.”
 
Mariana considera que "Portugal tem os requisitos necessários para receber um grande festival (clima, espaço, infraestruturas), e até fazemos muitos”, no entanto e na sua opinião “o que falta é o espírito festivaleiro e o verdadeiro gosto pelo estilo de música que em nada iguala os holandeses.”
 
 
Habituado a estas andanças e natural de Sintra, João Santos não esconde as suas expectativas “muito altas”. O festivaleiro refere mesmo que “na Holanda não se brinca e vindo dos mesmos produtores do Tomorrowland espero algo muito bom, mais pequeno mas cheio de qualidade.”
 
A decisão de viajar até ao festival de música eletrónica mais antigo da Europa não foi fácil e teve de escolher entre duas opções. “Depois de ter ido ao Ultra Miami, em março, ficou mais difícil fazer contas, quer aos dias de férias, quer ao dinheiro necessário... Com a hipótese do Tomorrowland e Electric Love afastados devido ao trabalho, rapidamente fiquei com a opção do Mysteryland ou do Creamfields - optei pela primeira! De entre vários motivos que pesaram na decisão, destaco o cartaz variado e não muito saturado (que nem sempre é bom) e o preço acessível, assim como o fator idade.”
 
Sobre os artistas que mais quer ver, o português de 23 anos, sublinha “Brennan Heart, Coone e Wildstylez, sem esquecer o grande Dave Clark”.
 
Sobre se o nosso país merece um festival do género, João Santos considera que há muita coisa a mudar antes disso acontecer. “Merece, mas não para já. Não enquanto o nosso público não souber estar nem respeitar um festival. Muita coisa tem de mudar. É pena porque considero que temos tudo, mas mesmo tudo para poder apostar numa coisa em grande. Para já, penso que não resultaria.”
 
 
 
Publicado em Reportagens
É já hoje que vão ser desvendados os vencedores do Casting Rock in Rio SIC RFM. Para esse efeito foi desenhado um programa de televisão próprio que vai ser transmitido em directo na SIC Radical, às 21h45, apresentado por Diana Bouça Nova. Neste programa os 8 finalistas – Catarina Palma, Diana Gonçalves, Diana Senhorinho, Diogo Abreu, Hugo Mendes, Inês Folque, Nuno Casanovas e Tiago Simões – vão apresentar o seu projecto preferido entre os finalistas do Pepsi Refresh Project e apelar ao voto.

O júri composto por Roberta Medina (Vice-Presidente Executiva do Rock in Rio), Raquel Pinhão (Directora de Marketing Adjunta do Rock in Rio), Pedro Boucherie Mendes (Director dos Canais Temáticos da SIC), Daniel Oliveira (Coordenador e Apresentador da SIC), António Mendes (Director de Programação da RFM) e Joana Cruz (Animadora da RFM) também estará presente para dar a última palavra.

Os vídeos dos oito finalistas continuam disponíveis no site do Rock in Rio-Lisboa e o público ainda pode votar nos seus preferidos até às 22h15 de dia 27 de Julho, através do número de telefone atribuído a cada um deles, habilitando-se dessa forma a ganhar bilhetes para o Rock in Rio-Lisboa 2012.

Os vencedores vão participar no programa Café da Manhã da RFM, apresentado por Carla Rocha e Zé Coimbra, no dia 28 de Julho.

A rapariga e o rapaz que vencerem o Casting Rock in Rio SIC RFM serão os protagonistas da campanha de televisão e de rádio da 5ª edição portuguesa do maior evento de música e entretenimento do mundo e vão ter a oportunidade de receber formação técnica sobre televisão e rádio, ir ao Rock in Rio 2011 no Rio de Janeiro gravar os anúncios de promoção da próxima edição portuguesa, fazer parte da equipa de reportagem da SIC e da RFM na edição brasileira de 2011 e na edição portuguesa de 2012 e receber um cachet no valor de 1.000 euros cada um.

O Casting Rock in Rio SIC RFM, projecto desenvolvido em parceria pelo Rock in Rio, pela SIC e pela RFM, é uma iniciativa patrocinada pelo Pepsi Refresh Project, e conta com o apoio do portal SAPO, responsável pela gestão técnica dos vídeos de inscrição e votos do público.
Publicado em Rock in Rio
É dos aftermovies mais esperados de sempre e acaba de ser lançado na Internet. O “pós” Tomorrowland apresenta, mais uma vez, incríveis planos de cortar a respiração, no ano em que o tema principal foi o “Reino Secreto da Melodia”, tento como cabeças de cartaz, a dupla Axwell /\ Ingrosso, Martin Garrix, Dillon Francis, Armin van Buuren, Deorro e Blasterjaxx que durante três dias levaram os festivaleiros à aventura mais épica das suas vidas. 
 
Com precisamente 19 minutos e 12 segundos, além de um grupo de portugueses, o vídeo mostra os magníficos momentos da 11ª edição do festival que decorreu nos dias 24, 25 e 26 de julho em Boom, na Bélgica, podendo ser exibidos com uma qualidade até 4K.
 
 
 
Confere ainda a track-list do Aftermovie.
 
  1. Dimitri Vegas and Like Mike featuring Ne-Yo – Higher Place 
  2. Dimitri Vegas and Like Mike featuring Ne-Yo – Higher Place ( Afrojack Tomorrowland Remix )
  3. Skrillex and Diplo - "Where Are Ü Now" with Justin Bieber ( Dimitri Vegas & Like Mike vs W&W Remix )
  4. Lost Frequencies feat. Janieck Devy – Reality w/ Yves V
  5. Yves V vs Dimitri Vangelis & Wyman - Daylight
  6. Armin van Buuren feat. Mr Probz – Another You
  7. Dimitri Vegas & Like Mike vs W&W - ID
  8. Symphony Of Unity – Café Del Mar by Energy 52
  9. ID – Other Level
  10. Major Lazer & DJ Snake - Lean On (feat. MØ) ( Dimitri Vegas & Like Mike Remix )
  11. Dimitri Vegas & Like Mike vs Steve Aoki & Ummet Ozcan – ID
Publicado em Tomorrowland
O Electric Daisy Carnival comemora 20 anos e, como é óbvio, há festivaleiros portugueses presentes em Las Vegas preparados para a festa de aniversário do evento que vai decorrer entre os dias 17 e 19 de junho.
 
Este ano, o cartaz conta com a presença de Julian Jordan, Doctor P, Andy C, Richie Hawtin, Loco Dice, Eric Prydz, Kaskade, Deorro, Martin Garrix, Armin van Buuren e muitos mais, que animarão os três dias de festival.
 
A organização do EDC Las Vegas, vai disponibilizar um livestream, através das páginas oficiais de Facebook e de Youtube do festival, onde vais poder acompanhar as atuações dos teus artistas preferidos.
 
O festival EDC já passou por outros locais dos Estados Unidos da América e também por países como o Reino Unido, Brasil e Japão.
 

ESPÍRITO DE AVENTURA E BOA PREPARAÇÃO FÍSICA E MONETÁRIA SÃO INGREDIENTES NECESSÁRIOS

 
Cristina Lima, de 32 anos, vai para Las Vegas diretamente da cidade do Porto. Já experiente em festivais deste género, a portuguesa está ansiosa pelo mainstage, uma vez que “de acordo com o anunciado, será maior do que o habitual” e também pelo espetáculo de pirotecnia. “Tenho expectativas elevadas, pois ao contrário de muitos festivais, é um evento que dura até às 05h30 da madrugada”, revelou em exclusivo ao Portal 100% DJ.
 
A portuense, já assistiu às atuações de quase todos os artistas do Top 100 da revista DJ Mag, no entanto, “há sempre clássicos a não perder como o Tiesto. Nesta edição estará o Armin Van Buuren a apresentar-se como Gaia (State Of Trance) no Circuit Stage e ainda Ferry Corsten e Astrix. No techno, sem dúvida não perder Pan-Pot no Neon Garden Stage”.
 
A escolha deste evento não foi feita em vão, uma vez que o mesmo está presente no Top 5 dos melhores festivais do mundo e “o facto de decorrer a EDC Week, onde há inúmeras festas pelos vários hotéis e clubs da cidade. Existem muitos EDC, mas o berço é Las Vegas e os 20 anos do festival são este ano!”, confessou Cristina Lima.
 
Para quem pretende ir ao EDC Las Vegas, a portuense aconselha a “fazer um planeamento bastante rigoroso e ir comprando a viagem, hotel e complementos no decorrer do ano, para não ser tudo na mesma altura. Este festival é bastante mais caro do que o Ultra Music Festival de Miami ou o Tomorrowland”.
 
“Sendo realizado em pleno deserto de Nevada, este festival tem de tudo o que é diferente em relação a outros mundialmente conhecidos, desde logo a realização de casamentos e como o próprio nome diz, aliando à festa o próprio carnaval”, são os destaques do festival para Filipe Pereira, de 28 anos, residente em Oliveira de Azeméis.
 
O português afirmou em exclusivo ao Portal 100% DJ que não quer perder a atuação de Gaia, Armin Van Buuren, Above & Beyond e “outros fantásticos DJs”. Na sua opinião, o EDC Las Vegas é “um dos melhores festivais do mundo de electronic dance music, ao lado do Tomorrowland ou Ultra Music Festival”, onde também já esteve presente. Para quem quer concretizar o sonho de vir até este festival, Filipe aconselha “uma carteira bem recheada”.
 
Linda Pinto tem 27 anos e também é natural de Oliveira de Azeméis. Para si, o EDC Las Vegas é “um festival de grande dimensões, com a particularidade de ser realizado no deserto e dá um enorme destaque ao carnaval e à realização de casamentos”, revelou em exclusivo ao Portal 100% DJ.
 
Dash Berlin, Gaia, Aly & Fila e Above & Beyond são os artistas que não vai perder durante o festival, para onde vai com um “espírito aventureiro e amor à música eletrónica”, destacando também a “envolvência da cidade”.
 
Em modo de conselho para quem se quer dirigir no futuro ao EDC Las Vegas, Linda Pinto aconselha os festivaleiros a levarem consigo um “espírito de aventura e uma boa preparação, tanto a nível físico como a nível monetário”.

 

{youtube}rp7MoMuxaJQ{/youtube}

 

 
Publicado em Reportagens

 

A ilha de Obonjan, na Croácia, foi recentemente comprada pelo promotor responsável pela organização do Unknown Festival, para ser transformada num local de festa para os amantes da música eletrónica.
 
Este novo projeto está a ser trabalhado há três anos, em parceria com a Sound Channel, pretendendo levar centenas de artistas, chefs e filósofos para a ilha croata, tornando-a num destino único. O objetivo é juntar as artes e a música num paraíso.
 
Outras iniciativas como a promoção do bem estar, a vida sustentável e a gastronomia vão ser realizadas no futuro festival, que vai ter um alojamento “criativo”, segundo a organização.
 
 
Publicado em Festivais
A organização do Rock in Rio-Lisboa acaba de anunciar o plano de mobilidade para a 8.ª edição do festival que, este ano, conta com número recorde de operadores, prolongamento de horários nos principais serviços urbanos e maior abrangência nacional. Abreu, Budget, BusUp, Carris, Cityrama, CP (Urbanos e Longo-Curso), Fertagus, Metro de Lisboa, mytaxi, Transtejo e Soflusa e Rede Expressos juntam-se, assim, numa mega operação que visa, em simultâneo, incentivar os visitantes da Cidade do Rock a deixarem os carros em casa.

Com o objetivo de facilitar o acesso e saída do recinto, num evento que contou com mais de 300 mil pessoas na sua última edição em Lisboa, os operadores envolvidos neste plano oferecem packs e condições especiais para a deslocação dos fãs, bem como o reforço dos serviços urbanos habituais. O Metropolitano de Lisboa alargará os seus serviços nos dias do festival até às 3 horas da madrugada, as viagens nos comboios urbanos CP Lisboa da linha de Cascais e de Sintra serão gratuitas mediante a apresentação do bilhete para o festival, enquanto a Fertagus oferece o estacionamento nos seus parques automóveis ao longo das estações da margem sul. Além destas vantagens, a mytaxi vai, pela primeira vez, assegurar táxis coletivos na cidade de Lisboa a preços fixos e a organização do Rock in Rio-Lisboa colocará em circulação um shuttle com partidas de pontos estratégicos na envolvente de Lisboa que levará os fãs até à porta da Cidade do Rock pelo valor de 12 euros (ida e volta).

Para Roberta Medina, Vice-Presidente Executiva do Rock in Rio, "esta será a edição do festival com mais soluções de mobilidade para os nossos fãs. Acreditamos que o trabalho desenvolvido com estes operadores e empresas parceiras vai resultar numa maior adesão ao uso dos transportes coletivos, em detrimento do transporte individual, em linha com o nosso compromisso na construção de um mundo mais sustentável."

Metropolitano de Lisboa
Nos dias 23, 24, 29 e 30 de junho estará operacional até às 03h00, com 4 linhas abertas e cerca de 30 estações, com metros a sair a cada 6 minutos.

CP-Urbanos
Ao apresentar bilhete para o Rock in Rio-Lisboa - nas portas de acesso e a bordo dos comboios -, a CP oferece a utilização dos serviços nos Comboios Urbanos de Lisboa e nos comboios especiais do Cais do Sodré para Cascais e de Oriente/Roma-Areeiro para Sintra. Haverá ainda horários especiais com as últimas partidas às 02h40 (Lisboa Oriente), 02h47 (Roma-Areeiro em direção a Sintra - paragem em todas as estações) e 03h00 (Cais do Sodré em direção a Cascais - paragem em todas as estações).

CP Longo-Curso
O já famoso pack ROCKCard CP inclui bilhete para o evento, viagem de comboio intercidades ida e volta para Lisboa Oriente e transfer de autocarro Gare do Oriente – Cidade do Rock – Gare do Oriente. Estes pacotes têm um preço de 84 euros (partidas da Zona Centro) e 89 euros (partidas da Zona Norte). Na Linha do Norte a CP assegura, ainda, comboios especiais na madrugada seguinte a cada dia de evento, com partida de Lisboa Oriente e destino a Porto Campanhã.
CP Intercidades, InterRegionais e Regionais
Em todos os serviços CP Intercidades, InterRegionais e Regionais, é também possível usufruir de um desconto de 30% na viagem, mediante apresentação do bilhete Rock in Rio-Lisboa.

mytaxi
A aplicação para serviços de táxi, pretende oferecer uma forma de mobilidade simples e cómoda para os fãs se deslocarem de e para a Cidade do Rock. Basta descarregar a aplicação e sugere-se a reserva antecipada do serviço, selecionando os pontos de referência mytaxi disponíveis à volta do recinto. Haverá ainda táxis colectivos na cidade de Lisboa a preços fixos para deslocações até ao recinto e com partida deste.

BusUp
Através desta será possível escolher entre uma das rotas pré-definidas ou propor novas rotas que sejam mais convenientes. Uma nova forma de transporte coletivo, cómodo e sustentável.

Shuttle BusUp
A BusUp será, também, responsável pela operação do shuttle Rock in Rio-Lisboa com partidas em pontos estratégicos na envolvente da capital, nomeadamente Cascais Villa, Beloura Shopping, Oeiras Parque, Strada Outlet e Forum Montijo. Este transporte leva os fãs até à porta da Cidade do Rock por 12 euros (ida e volta), com partidas às 11h00, 14h00, 17h00 e 20h00, e regresso às 00h30, 01h00 e 02h30. 

Fertagus
Nos dias de Rock in Rio-Lisboa, a Fertagus vai disponibilizar um comboio com horários especiais da estação Roma-Areeiro e destino a Setúbal, efetuando paragens em todas as estações a partir do Pragal. As partidas estão marcadas para a 01h45 nos dias 23, 24 e 30 de junho, e para a 01h28 no dia 29 de junho. 
Além disso, ao apresentar bilhete para o festival na bilheteira da Fertagus, na compra de uma viagem ida e volta a Fertagus oferece o estacionamento.

Transtejo e Soflusa
As duas entidades irão operar os trajetos Cais do Sodré-Cacilhas (com o último barco a sair à 01h40) e Terreiro do Paço-Barreiro (com o último barco às 02h00).

Rede Expressos
Para quem reside fora de Lisboa, a Rede Expressos oferece mais de 250 pontos de partida nacionais em direção a Lisboa. Mediante a apresentação de bilhete Rock in Rio-Lisboa, os passageiros terão direito a 25% de desconto nas viagens nacionais. 

Abreu
A Agência irá transportar os fãs de Braga, Guimarães, Porto, Aveiro, Coimbra e Algarve. Por 79 euros é possível adquirir o pack Rock in Rio Express que inclui o bilhete para entrar na Cidade do Rock e transporte ida e volta para uma das cidades referidas.

Budget
A pensar nas famílias – público prioritário neste serviço -, os shutles Budget vão realizar o trajeto da Estação Roma-Areeiro até à Cidade do Rock.

Carris
A Carris irá assegurar vários trajetos que permitem a deslocação até ao recinto. Haverá autocarros a partir de quatro carreiras do lado de Chelas e três carreiras do lado da Av. Almirante Gago. A partir das 23h30, entra em funcionamento a Rede da Madrugada com o 208 a operar entre o Cais do Sodré e a Estação do Oriente.

Cityrama
A Cityrama oferece 25% de desconto para todos os portadores de bilhete Rock in Rio-Lisboa, no serviço de shuttle com partidas de Marquês de Pombal, Sete Rios e Cidade do Rock, nos seguintes horários: 12h00 – 20h00; 23h00 – 02h00. O preço é de 12,50 euros no local ou 10 euros se adquirido atempadamente. 

Eu Vou de Bicicleta
Em parceria com a Cofidis, o Rock In Rio disponibiliza um Bike Park para que todos os ciclistas possam deixar as suas bicicletas enquanto desfrutam do evento. 

Cooltra/eCooltra
Esta parceria contempla soluções com scooters elétricas, um pack de aluguer de mota exclusivo para os festivaleiros (um dia por 24,90 eurps ou por 2 dias por 49,90 euros, ambas as opções com capacete e top case incluídos), minutos grátis para aluguer através da eCooltra, estacionamento reservado para scooters do grupo Cooltra e apoio a toda a organização antes e durante o evento.
Publicado em Rock in Rio
quarta, 18 novembro 2015 23:27

Tomorrowland anuncia datas para 2016

A edição belga e original do Tomorrowland já tem datas. Nos dias 22, 23 e 24 de julho do próximo ano, a cidade de Boom, na Bélgica, volta a receber os festivaleiros de várias partes do mundo, que se juntam apenas por um motivo: a música eletrónica.
 
Ainda sem cartaz definido para a edição belga, vai ser lançado em dezembro o filme “This Was Tomorrow”, que promete retratar os dias vividos naquele festival pelos seus visitantes e também pelos DJs e produtores que sobem aos vários palcos do recinto.
 
A organização do evento, a SFX, tem vindo a sofrer com a crise económica nos últimos tempos e muitos são os rumores que circulam na internet sobre o assunto, chegando a falar-se da falência da empresa. A última edição norte-americana, o TomorrowWorld, ficou marcada pelas piores razões devido às más condições climatéricas, que até levaram ao cancelamento do último dia do evento.
 
Em relação ao Tomorrowland Brasil, a primeira confirmação para o line-up será revelada na próxima segunda-feira.
 
{youtube}HuAxVfZasUk{/youtube}
Publicado em Tomorrowland
Nicky Romero – Ultra Music Festival Live 2013
Mainstage 15-03-2013
 
TrackList:
  • 01. Avicii & Nicky Romero – I Could Be The One (Nicktim) (Vocal Mix)
  • 02. Nicky Romero – Legacy
  • w/ Syndicate Of L.A.W. – Right On Time (2000 Countdown The Holly Digit)
  • w/ Zedd feat. Matthew Koma – Spectrum (Acappella)
  • 03. Tony Romera – Pandor
  • w/ Tony Romera – Pandor (Hardwell Rambo Edit)
  • 04. David Guetta feat. Ne-Yo & Akon – Play Hard (Albert Neve Remix)
  • w/ Bassjackers – ID
  • w/ Fatboy Slim – Ya Mama (Push The Tempo) (Acappella)
  • 05. Calvin Harris feat. Ellie Goulding – I Need Your Love (Nicky Romero Remix)
  • 06. Nicky Romero – Toulouse (Tommy Trash Remix)
  • w/ Nicky Romero – Toulouse
  • 07. Nicky Romero – Ultra ID 1
  • 08. Fedde Le Grand & Nicky Romero feat. Matthew Koma – Sparks (Turn Off Your Mind)
  • w/ W&W & Ummet Ozcan – The Code
  • 09. ID – ID
  • 10. Nicky Romero – Symphonica (Bare Remix)
  • w/ Nicky Romero – Symphonica
  • w/ Will.I.Am feat. Eva Simons – This Is Love (Acappella)
  • 11. Nicky Romero – Ultra ID 2
  • 12. Nicky Romero & NERVO – Like Home
  • 13. David Guetta & Nicky Romero – Metropolis
  • w/ Delerium feat. Sarah McLachlan – Silence (Acappella)

 

 

 

Publicado em Ultra Music Festival
Pág. 1 de 12
100% DJ. Projeto editorial independente cujos valores se guiam pelo profissionalismo, isenção e criatividade, tendo como base de trabalho toda a envolvente da noite nacional e internacional, 365 dias online.

Newsletter

Recebe novidades e conteúdos exclusivos no teu e-mail.

Este site utiliza cookies. Ao navegares neste site estás a consentir a sua utilização. Para mais informações consulta a nossa Política de Privacidade.