18-10-2019

  Diretor Ivo Moreira | Periodicidade Diária

Sobre Nós  |  Fala Connosco     

O atual número 1 do mundo, segundo o Top 100 da revista britânica DJ Mag, está de regresso a Portugal para uma atuação no dia 7 de março de 2015, no Meo Arena, em Lisboa. Esta data está incluída na sua mais recente digressão mundial "United We Are", que terá início no dia 24 de janeiro do próximo ano, em Amesterdão.
 
O espetáculo conta com a produção da Genius Y Meios, WDB Management e Sociedade Lusa de Espetáculos.
 
A última vez que o artista esteve no Meo Arena foi a 14 de dezembro de 2013, com todos os ingressos esgotados. Podes recordar aqui a passagem da digressão "I Am Hardwell" por terras lusas, que contou também com a presença de Dannic.
 
Os bilhetes já estão à venda nos locais habituais com o preço de 35,50 euros para a Plateia em pé, Balcão 1 a 25,50 euros e a Zona VIP localizada numa zona do Balcão 1, tem o preço de 50,50 euros.
 
Publicado em Artistas
Depois de um misterioso anúncio em vídeo, de que algo grande estaria para ser anunciado, eis que finalmente o dia “D” chega. A rádio Mega Hits acaba de revelar duas grandes festas da Revealed Recordings, editora de Hardwell, com Dannic, Sick Individuals, Joey Dale, Julian Calor, Manse e Tom & Jane na noite de passagem de ano.
 
No dia 31 de dezembro, o MEO Arena e o Pavilhão Multiusos de Gondomar vão receber esta festa única e exclusiva a nível mundial com grandes nomes da música eletrónica que têm o apoio incondicional de Hardwell, o atual “número 1” segundo a DJ Mag. O evento “New Year Revealed” servirá para todos os fãs de música de dança eletrónica entrarem com o pé direito em 2016, das 22 às 05 horas da madrugada.
 
A organização do evento promete fazer história, com grandes sucessos da música, pirotecnia, confetis e um cenário incrível. Dannic, Sick Individuals, Joey Dale, Manse e Tom & Jane vão atuar nas duas cidades portuguesas, enquanto que Julian Calor ficará apenas em Lisboa e Thomas Newson em Gondomar.
 
Os bilhetes já estão à venda na Blueticket e nos locais habituais e incluem duas bebidas de oferta. Confere abaixo os preços e datas:
 
Plateia (até 15 de outubro) – 26 euros
Plateia (de 16 de outubro a 15 de novembro) – 28,5 euros
Plateia (de 16 de novembro a 20 de dezembro) – 32 euros
Plateia (de 21 a 31 de dezembro) – 37,5 euros
Golden Circle – 49 euros
Zona VIP – 75 euros
 
Publicado em Eventos
Terá sido uma das decisões mais difíceis da sua vida. O DJ e produtor Hardwell anunciou hoje o término da sua carreira enquanto DJ por tempo indeterminado. "Ser Hardwell 24/7 deixa muito pouca energia, amor, criatividade e atenção para minha vida como uma pessoa normal" pode ler-se no comunicado apresentado pelo artista que promete continuar a produzir música.

As reações a este comunicado estendem-se um pouco por todo o mundo e ninguém fica indiferente, não fosse Hardwell atualmente um dos artistas mais bem sucedidos da música de dança eletrónica que irá atuar pela última vez no Amsterdam Dance Event, a decorrer no próximo mês de outubro.

O fundador da editora Revealed Recordings recebeu por dois anos consecutivos o título de "N.º 1" da tabela TOP 100 - DJ Mag e atuou em Portugal inúmeras vezes, onde se inclui duas tours que encheram a Altice Arena. No passado mês de agosto cancelou a sua atuação no Meo Sudoeste. "Tenho imensa pena de não poder atuar esta noite. Espero compensar-vos em breve!" disse no Facebook.

Confere em baixo o comunicado.
 
Publicado em Artistas

A música corre-lhe nas veias. Encara o dia-a-dia com naturalidade e "energia" é a palavra que melhor o define. Aos 25 anos, Hardwell transforma um sonho realidade. Tornou-se o DJ número um do mundo - cimentado, desta feita, a sua posição na cena eletrónica mundial, sendo o mais novo DJ a conquistar o cobiçado Top 100 da Revista Britânica DJ Mag. A ascensão do menino da cidade de Breda (Holanda) tornou-se um conto inspirador para todos, relatado na primeira pessoa no documentário 'I Am Hardwell' - que será exibido em várias salas em todo o mundo - desenvolvido com o lema "Se você pode sonhar, você pode fazê-lo".

A poucos dias da sua vinda a Portugal, o Portal 100% DJ foi ao encontro de Hardwell, para saber quais as suas expectativas e a resposta foi direta: "Vai ser brutal!", estando o DJ holandês à espera de uma "festa selvagem" no próximo dia 14 de dezembro, em Lisboa. Na entrevista exclusiva, o DJ e produtor falou do importante prémio recebido, de Portugal, do evento 'I Am Hardwell' e revelou quais os seus planos para concretizar no próximo ano.

 

Antes de mais, queremos felicitar-te em nome de todos os teus fãs portugueses. Como é que te sentiste quando foi revelado o teu nome nos prémios da DJ Mag?
Fiquei sem palavras e ainda estou estupefacto! Tive um sorriso de orelha a orelha durante duas semanas.
 
Consideras este prémio um marco importante na tua carreira? É uma responsabilidade de peso ter este prémio nas mãos?
Estou muito orgulhoso e sinto-me honrado em ter sido votado para o número 1 e é definitivamente um marco importante para mim, mas não é tudo. A minha música é a coisa mais importante e desde que os fãs estejam contentes com ela, tudo é secundário.
 
Se pudesses dedicar o prémio a alguém, a quem seria?
Aos meus fãs, por mostrarem todo o seu apoio e acreditarem em mim ao longo do caminho.
 
Descreve em três palavras o evento 'I Am Hardwell'...
O, melhor, incrível, espetáculo… ok, são quatro palavras, mas prometo será uma festa fantástica.
 
Desta tour mundial qual foi até agora o gig que mais te surpreendeu e porquê?
Não consigo escolher apenas um, pois são todos diferentes, no entanto estou a gostar imenso dos espetáculos ‘I Am Hardwell’. A produção, a energia de cada evento… nunca senti nada igual.
 
Que feedback tens tido nos outros países?
Muito, muito feedback positivo. Tem sido muito divertido até agora e mal posso esperar para vos levar este espetáculo, porque vocês vão adorar.
 
Quais são as tuas expectativas para o próximo dia 14 de dezembro no Meo Arena?
Vai ser brutal! Estou à espera de uma festa «selvagem».
 
Vais trazer o teu amigo Dannic. Consideras que a ajuda que lhe tens dado, serviu também para o impulsionar a nível mundial?
O sucesso do Dannic tem sido feito por ele próprio. Somos bons amigos e conhecemo-nos há muitos anos e ele sempre foi muito dedicado à sua música e ao djing. Ele é extremamente trabalhador e tem uma boa visão. Estou muito contente de o ver a dar-se muito bem com a sua música.
 
O que é que te vem à cabeça quando se fala em Portugal? Que referências tens?
Praias incríveis, marisco e que deu ao mundo alguns futebolistas famosos.
 
O que é que gostarias de conhecer melhor em Portugal?
Estou desejoso de poder passar algum tempo no vosso país nesta viagem e experienciar mais da vossa cultura e da maravilhosa comida.
 
Que planos tens para concretizar em 2014?
Em 2014 será tudo à volta da música. Quero concentrar-me em acabar o meu primeiro álbum como artista. Também estou a concentrar-me na minha tour mundial 'I Am Hardwell' e pretendo levá-la a mais destinos à volta do mundo. O próximo ano vai ser muito ocupado e um período excitante para mim tanto em estrada como no estúdio.
 
Tens em vista a edição de mais trabalhos de produtores portugueses na tua editora Revealed?
Estou aberto para trabalhar com diferentes escritores, cantores e produtores de todo o mundo, e claro que seria muito bom trabalhar com portugueses. Alguma sugestão?
 
Que mensagem gostarias de enviar para os teus fãs portugueses e leitores do Portal 100% DJ?
Obrigado pelo suporte contínuo que me têm dado. Estou desejoso de poder «rebentar» a vossa festa dia 14.
 

 

Publicado em Entrevistas
O DJ e produtor Hardwell vai ser o primeiro artista de música eletrónica a transmitir em direto a sua atuação em realidade virtual e em 360 graus diretamente de Miami, durante a Miami Music Week. O livestream, exclusivo do Littlstar, está marcado para o próximo dia 16 de março, na festa “Hardwell Presents Revealed” que vai decorrer no Nikki Beach.
 
Esta vai ser uma oportunidade única para os fãs de Hardwell que não podem estar presentes em Miami, que vão poder assistir à atuação do artista holandês como se estivessem a dividir o palco com o antigo número 1 do Top 100 da DJ Mag.
 
A iniciativa é uma parceria entre a VBR, LeaseWeb e a Littlstar e vai estar disponível na internet, Apple TV, Android e iOS. Além de Hardwell, Dannic, FTampa, Julian Jordan, Kill The Buzz e o português Kura vão subir ao palco do Nikki Beach.
 
{youtube}1Vq8ZWEZZiw{/youtube}
Publicado em Artistas
Quer seja um ponto final ou uma simples pausa na carreira de DJ, certo é que a decisão de Hardwell apanhou tudo e todos de surpresa. Num comunicado divulgado esta sexta-feira, o artista holandês afirmou que "ser Hardwell 24 horas por dia e 7 dias por semana acaba por deixar pouca energia, amor, criatividade e atenção" para a sua vida como uma pessoa normal. 

Além das suas grandes tours pelo planeta, a vida de Hardwell é também ocupada com a sua editora Revealed e com "Hardwell On Air", programa emitido não só na internet como em várias rádios por todo o mundo e onde já vários artistas portugueses tiveram em destaque, como é o caso de Ben Ambergen, Kevu, Zinko, Se7en e o seu amigo pessoal Kura

A propósito desta decisão de Hardwell fomos ao encontro dos referidos artistas onde a opinião é unânime. No DJing nem tudo é como parece ser e para combater a pressão e desgaste físico e psicológico nada melhor de que uma pausa. Neste caso, por tempo indeterminado.
 
 
Ben Ambergen
Esta decisão de Hardwell é para mim de coragem e merece todo o nosso respeito. A mesma coragem que ele teve quando decidiu deixar toda uma vida pessoal, enquanto Robbert, para se tornar Hardwell a "full time". Não imagino o que é ser o Hardwell, a pressão de todos os compromissos com tudo e com todos. Calculo que seja uma vida, tal como os espetáculos dele, programada ao segundo. É certamente difícil e desgastante seja fisicamente seja psicologicamente. No documentário do Avicii, deparamo-nos com esse mesmo facto. Imagino que este comunicado não será o fim das tours do Hardwell mas sim o repensar de uma carreira com tours mais moderadas. Espera-se que seja apenas uma breve pausa para que possa descansar e estar junto da família e amigos. Toda a gente precisa e ele merece. Ele deixa boas notícias ainda há música para sair e que não vai deixar de produzir. Agora percebe-se o adiamento do álbum Hardwell & Friends Vol. 4. Acho que teremos direito uma atuação surpresa dele no Ultra Music Festival 2019, como "comeback" e que será a sua melhor atuação de sempre.
 
 
 
Kevu (João Rosário)
A ideia que o público em geral tem da vida de um DJ internacional é bastante errada. Muitas pessoas pensam que é tudo fácil, muitas festas, passear, estar junto dos fãs... mas existe uma história bem diferente daquilo que se mostra nas redes sociais. O viajar constantemente onde inúmeras vezes os horários de sono são bastante reduzidos, a pressão de dar bons espetáculos enquanto se tem de lançar musica regularmente acaba por afetar toda a gente. Acredito que o Hardwell com o seu horário incrivelmente preenchido sentiu que estava na hora de aproveitar algum tempo para si mesmo. Não nos podemos esquecer que é um homem normal, com família de quem está muitas vezes longe. Acredito que seja essa umas das razões porque decidiu fazer uma pausa. Sendo ele quem é, tenho a certeza que vai voltar ainda mais forte. Às vezes temos de dar um passo atrás para dar dois em frente.
 
 
 
Zinko
Não sei o que pensar nestas situações, pois a especulação é sempre muita e muitas vezes sem fundos de fontes seguras do que realmente acontece, dou a minha opinião mais sincera. Todos sabemos quem é o Hardwell, o que fez, o que ajudou no crescimento do EDM no mundo e de alguma forma no nosso país, obviamente que o peso de uma retirada é enorme e causa um impacto brutal na indústria. Ele e a sua equipa sabem com certeza do envolvente deste facto. Nunca falei com o Hardwell pessoalmente, tenho alguma ligação por intermédios a partir da editora Revealed, por isso vou comparar de certo modo com a minha situação. A minha carreira já tem alguns anos, e de alguma forma já senti o peso da pressão, e muitas vezes eu próprio digo... "Bem se eu tenho 4 ou 5 gigs seguidos chego a casa todo partido, imagino alguém como o Hardwell, por exemplo". E a verdade é esta, todo um acumular de uma carreira no EDM numa altura em que a música eletrónica é na maior parte dos eventos Mainstream é uma alta pressão, acho que ele diz a verdade quando tem de pensar nele enquanto pessoa e enquanto "parte" de uma família, não só por já ter alguns longos anos disto, mas também porque as nossas bases seja para o que for, estão nos nossos princípios familiares, a falta de imaginação pode ser motivo para um artista entrar em depressão. Considero esta retirada do Hardwell como um "precaver" a uma situação similar a isso, não acho que seja jogada, nem um estudo de mercado, acho que é sim uma pausa interior e pessoal para com ele mesmo. Será para voltar em força daqui a algum tempo? Será para realmente sentir falta da pressão e da vida agitada? Não sei. Mas sei que Hardwell estando ou não no ativo já deixou provas e a sua marca ao mundo de que sempre será um nome de referência no EDM. Claro que fico triste, mas por outro lado fico tranquilo por saber que a música continuará a existir. Espero que não seja mais um caso Avicii e que o "Rei" do EDM volte em força brevemente.
 
 
 
Se7en
Penso que foi a melhor opção que ele possa ter tomado. Não é saudável ter de lidar com uma agenda cheia de entrevistas e atuações, e chegar ao final do dia e ainda ter forças para se focar em futuros lançamentos e na produção musical... Portanto percebo perfeitamente como se sente e respeito totalmente a sua decisão. Se formos a ver as coisas como elas são, é dos poucos artistas que mantém-se fiel ao seu género de música e trabalha diariamente de forma árdua para agradar os seus fãs. Leve o tempo que precisar, tenho a certeza que o número 1 do mundo voltará com toda a energia que nos tem acostumado ao longo dos anos. Força Hardwell!
 
 
 
Kura
A decisão do Robbert foi bastante pensada pois ele sabe o impacto que vai ter nos fãs que o adoram e que o gostariam de ver atuar brevemente, mas precisamos de ter tempo para cuidar de nós. Esta vida é extremamente exigente, tanto psicologicamente como fisicamente. A maioria das pessoas pensa que é tudo um mar de rosas mas não é bem assim, são centenas de voos por ano, várias noites sem dormir, onde o cansaço se começa a acumular, não vês os teus familiares e amigos durante semanas a fio, enfim. Todos estes fatores começam a desgastar o artista e por vezes a melhor solução é parar um bocado para recarregar baterias.
Publicado em Artistas
A 30ª edição dos Internacional Dance Music Awards decorreu em plena Miami Music Week e o grande vencedor foi Hardwell, o DJ número 1 segundo a revista britânica DJ Mag.
 
Steve Aoki, Armin van Buuren, DJ Snake e Calvin Harris foram alguns dos artistas que levaram o prémio de música eletrónica para casa. As editoras premiadas foram a Spinnin’ Records e a Ultra Music.
 
Confere abaixo todos os vencedores e as respetivas categorias:
 
  • Lifetime Achievement: Frankie Knuckles
  • Melhor Música de Dança Underground: Shiba San – Okay
  • Melhor Música Electro/Progressive House: Hardwell & Joey Dale feat. Luciana – Arcadia
  • Melhor Música Rap/Hip Hop/Trap: DJ Snake & Lil Jon – Turn Down For What
  • Melhor Música Trance: Armin van Buuren – Together (In a State Of Trance)
  • Melhor Música Dubstep/Drum & Bass: Duck Sauce – NRG (Skrillex, Kill The Noise, Milo & Otis Remix)
  • Melhor Música Tech House/Techno: UMEK feat. Jay Colin – Burnfire
  • Melhor Música Chillout/Lounge: Lamb – We Fall In Love
  • Melhor Música Comercial/Pop: Calvin Harris – Summer
  • Melhor Compilação ou DJ Mix: Hardwell – Revealed Volume 5
  • Melhor DJ Global: Hardwell
  • Melhor DJ Norte Americano: Steve Aoki
  • Melhor DJ Europeu: Dimitri Vegas & Like Mike
  • Melhor DJ Revelação: Blasterjaxx
  • Melhor DJ EDM/Pop: Calvin Harris
  • Melhor DJ de Trance: Armin van Buuren
  • Melhor DJ de House/Garage/Deep: Justin Martin
  • Melhor DJ de Indie/Underground: Madeon
  • Melhor DJ de Progressive House/Electro: Hardwell
  • Melhor DJ de Techno/Tech House: Carl Cox
  • Melhor DJ de Dubstep/Drum & Bass: Skrillex
  • Melhor DJ de Hardstyle: Headhunterz
  • Melhor Podcast/Rádio Mixshow: Hardwell On Air
  • Melhor Artista a Solo: Deadmau5
  • Melhor Artista em Grupo: Axwell /\ Ingrosso
  • Artista Revelação (Solo): Oliver Heldens
  • Melhor Álbum: Tiesto – A Town Called Paradise
  • Melhor Vocalista em Colaboração: Vassy (com David Guetta & Showtek) – Bad
  • Melhor Vídeo: Calvin Harris – Summer
  • Melhor Produtor: Calvin Harris
  • Melhor Remixer: R3hab
  • Melhor Club Americano: Hakkasaan (Las Vegas)
  • Melhor Club Global: Ushuaia (Ibiza, Espanha)
  • Melhor Evento de Música: Tomorrowland (Boom, Bélgica)
  • Melhor Fonte de Media Musical (online e impressa): DJ Mag
  • Melhor App de Música: Soundcloud
  • Melhor Empresa de Venda de Música EDM/Dança: Beatport.com
  • Melhor Editora Global: Spinnin’ Records
  • Melhor Editora Americana: Ultra Music
  • Melhor Promotor de Editora: Eelko van Kooten (Spinnin’ Records)

 

Publicado em Artistas
sexta, 27 setembro 2013 10:49

'I am Hardwell tour' confirmada em Portugal

O DJ e Produtor Holandês - Hardwell está de regresso a Portugal, para um espectáculo único, integrado na sua tour mundial 'I Am Hardwell', que deu o «pontapé de saída» em Amesterdão no passado mês de abril e já percorreu parte do planeta. Desde Jacarta, Singapura, Bangalore, Bombaim, Cidade do Cabo, Joanesburgo, Cidade do México a Tel Aviv, e chega agora a Lisboa.
 
Desta feita, o espetáculo apresentado pela rádio Mega Hits, realizar-se-á no sábado dia 14 de Dezembro no Meo Arena em Lisboa (Pavilhão Atlântico) a partir das 21:30 horas. Os bilhetes estão à venda na blueticket e locais habituais pelo preço de 35 euros (plateia em pé) e 25 euros (balcão 1.)
 
O warm-up, segundo conseguimos apurar, será feito pelo 'prodígio' de Hardwell, que também já esteve presente em Portugal - Dannic.
 
'I Am Hardwell' é uma extensão de tudo o que Hardwell representa como artista e a oportunidade de comunicar a sua visão da música eletrónica contemporânea. Da sua sonoridade big room, capaz de enfeitiçar audiências planetárias aos visuais e efeitos especiais, tudo foi desenvolvido pela ALDA Events a partir da visão única do DJ e produtor holandês. 
 
Hardwell é um dos mais importantes DJs mundiais, posicionado no número 6 no ranking mundial de DJs da revista DJ Mag (Top100), e é um artista que reúne o consenso do público e da crítica especializada no que toca ao seu talento e versatilidade musical. A atuação de Hardwell no festival Belga Tomorrowland gerou 18 milhões de visualizações online, o seu radioshow - transmitido em Portugal pela Mega Hits - gera semanalmente no Youtube mais de 200 mil visualizações, e é transmitido por 35 rádios internacionais. O seu mais recente single - “Never Say Goodbye" - é uma colaboração com Dyro e "Bright Lights" é um dos grandes êxitos de 2013.
 
 
Publicado em Eventos
Não é muito habitual ver artistas internacionais responderem a comentários nas redes sociais. Mas hoje, o DJ e Produtor holandês - Hardwell quebrou o protocolo e não teve «papas na língua» respondendo de forma insólita e a roçar no ridículo, a uma provocação de um seguidor.
 
Utilizando a sua página oficial de Facebook, que conta com mais de três milhões de seguidores, Hardwell anunciava a abertura das votações do famoso "IDMA Awards" e apelava a todos o voto na sua pessoa, no radioshow com a sua assinatura e na Revealed Recordings, editora fundada pelo próprio. 
 
Um seguidor não gostou do post e comentou em jeito de provocação: "Armin van Buuren é o melhor DJ do mundo! 'State of Trance' é o melhor radioshow! 'Armada Music' a melhor editora! Hardwell tu não és ninguém em comparação com o Armin van Buuren!" 
 
Mal sabia esse seguidor que iria fazer «estalar o verniz» a Hardwell, que não se poupando em pormenores, respondeu com todas as letras: "Obrigado pelo elogio. Se tu pensas que eu toquei um set pré-gravado, basicamente disseste que eu mixei sem falhas. A única coisa que eu gravei foi a afterparty com a tua irmã. Tem um óptimo dia!"
 
Há quem considere, a resposta épica, e há quem afirme que o holandês desceu de nível ao responder daquela forma. Certo mesmo, é que este assunto está a provocar um frenesim nas redes sociais e não são poucos os seguidores que gostariam que a "irmã" tivesse uma dita "afterparty" com o número 1, segundo a DJ Mag.
 
 
Nota de redação 03-01-2013 23:12h - O post foi entretanto removido da Página do artista.
 
Publicado em Artistas
Depois de Kura e Hugo Rizzo estrearem temas no famoso radioshow de Hardwell, que decorre todas as sextas-feiras, chegou a vez de Ben Ambergen com a sua música “DILT” ser destacada como ‘Demo Of The Week’. O Portal 100% DJ esteve à conversa com o DJ e produtor português.
 
“A sensação é indiscritível (...). Foi um tema que deu muito trabalho, teve muitas versões diferentes desde abril, por ser demasiado picuinhas com todos os elementos de cada faixa”, confessou Ben Ambergen. O produtor destaca ainda que o “mais incrível é o facto de ser apenas o meu quarto tema em dois anos e esse mesmo acabar no “Hardwell On Air” como ‘Demo Of The Week’!”.
 
Após a faixa estar concluída, Ben enviou “o tema para a Revealed Recordings através do formulário do site há umas semanas” e na passada quarta-feira recebeu “um e-mail a dizer que queriam utilizar o tema no programa “Hardwell On Air” como ‘Demo Of The Week’, com um contrato anexado que já só requeria assinatura”. O tema vai ser lançado oficialmente em breve. 
 

É uma injeção de motivação para o futuro e a prova de que nada é impossível.

 
Hardwell é um dos artistas que o português segue há algum tempo e tem como referência, pois “quem é fã de géneros como o progressive house e o electro nunca fica indiferente ao número 1 do mundo”.
 
Ouvir o seu tema ser transmitido no “Hardwell On Air” foi “uma verdadeira benesse” para a carreira de Ben Ambergen, algo que vai “agradecer para o resto da vida. É uma injeção de motivação para o futuro e a prova de que nada é impossível. Sinto que é o primeiro passo de um longo caminho a percorrer com muito trabalho pela frente”.
 
Para “DILT” ser uma faixa de qualidade, Ben Ambergen contou com a ajuda e conselhos de Hugo Rizzo e Pedro Carrilho e agradece-lhes: “Este prémio é tanto deles como meu!”. 
 
{youtube}52svKb2YqGY{/youtube}
Publicado em Artistas
Pág. 1 de 7
100% DJ. Projeto editorial independente cujos valores se guiam pelo profissionalismo, isenção e criatividade, tendo como base de trabalho toda a envolvente da noite nacional e internacional, 365 dias online.

Newsletter

Recebe novidades e conteúdos exclusivos no teu e-mail.

Este site utiliza cookies. Ao navegares neste site estás a consentir a sua utilização. Para mais informações consulta a nossa Política de Privacidade.