26-09-2020
  Diretor Ivo Moreira  \  Periodicidade Diária
×

Alerta

JUser: :_load: Não foi possível carregar o utilizador com o ID: 62

A organização do maior evento de música e entretenimento do mundo apresentou, na tarde de ontem, a mais recente novidade do Rock in Rio: a Street Dance, um novo espaço cenográfico inspirado em Nova Iorque que pretende levar os diversos estilos de dança urbana à Cidade do Rock. Breakdancing, Hip-Hop e Funk Dance… o Parque da Bela Vista vai estar ao rubro!

Durante a apresentação, Roberta Medina, Vice-Presidente Executiva do Rock in Rio, referiu que “a Street Dance demonstra o empenho da organização em surpreender o público a cada edição. Este novo espaço inspirado em Nova Iorque vai trazer todo o espírito alegre e ritmado da dança urbana à Cidade do Rock. Lisboa vai ser a primeira a ver esta novidade, que depois segue para Madrid e, em 2013, para o Rio de Janeiro e Buenos Aires. Acreditamos que vai ser um verdadeiro sucesso”.   
 
Das 16H30 às 23H30 a dança urbana invade a Street Dance com diversas animações para o público, protagonizadas por um DJ e um MC e uma dance crew residente. Este novo espaço conta com Marina Frangioia como Diretora Artística. Bailarina, professora de dança e coreógrafa reconhecida, ganhou protagonismo junto do grande público quando fez parte do júri do concurso da SIC “Achas Que Sabes Dançar?”. A terminar o Mestrado em Criação Coreográfica Contemporânea na Escola Superior de Dança de Lisboa, Marina Frangioia trabalha regularmente com bailarinos e atores. Entre outros trabalhos, destaque para a Fábrica (work in progress), que criou para o Festival de Cinema de Animação de Lisboa.
 
“A street dance tem vindo a ganhar o seu espaço em Portugal e hoje as academias e escolas de dança contam com centenas de alunos entusiastas. Os media, a moda e a música foram um meio facilitador na promoção deste estilo de dança. O Rock in Rio vai agora procurar os melhores dançarinos de street dance do país”, referiu Marina Frangioia, Diretora Artística deste novo espaço.

O Jukebox Project será a dance crew residente da edição de Lisboa. Fundado em 2008 pelo jovem mas consagrado bailarino Vasco Alves, tem sido uma plataforma de criação para alguns dos melhores street dancers em Portugal, representando o país em campeonatos mundiais. As atuações do Jukebox Project vão acontecer durante os intervalos do Palco Sunset, às 17H50, às 19H30 e às 21H00 e prometem pôr toda a Cidade do Rock a dançar! Depois do Jukebox Project, é a vez dos cinco semi-finalistas do Casting Street Dance Portugal atuarem para os milhares de pessoas que se encontram no Parque da Bela Vista. Cada semifinalista atuará num dos dias do evento.

A festa da Street Dance começou já ontem na Praça Luís de Camões, onde foi montada toda a cenografia para a apresentação deste novo espaço, numa iniciativa conjunta com a Câmara Municipal de Lisboa. Em Portugal, a Street Dance é um projeto desenvolvido em parceria com a SIC Radical e a Mega Hits, e conta com o apoio do portal SAPO, responsável pela gestão técnica dos vídeos de inscrição e votos do público.
 
O Rock in Rio-Lisboa volta ao Parque da Bela Vista nos dias 25, 26 de maio e 1, 2 e 3 de junho de 2012 e já estão confirmadas as presenças de Metallica, Evanescence, Mastodon e Sepultura com os Tambours du Bronx no dia 25 de maio; Smashing Pumpkins, Linkin Park, The Offspring e Limp Bizkit no dia 26 de maio; Lenny Kravitz, Maroon 5, Ivete Sangalo e Expensive Soul no dia 1 de junho; Stevie Wonder, Bryan Adams, Joss Stone e The Gift no dia 2 de junho; e Bruce Springsteen & The E Street Band, Xutos & Pontapés, James e Kaiser Chiefs no dia 3 de junho.
 
Publicado em Rock in Rio
quinta, 24 maio 2012 01:00

O Briefing Geral

 
O espaço único do Parque da Bela Vista, em Lisboa, com 200 mil metros quadrados volta a ser o local escolhido para receber o mais espetacular parque de diversões da música nos dias 25 e 26 de maio e 1, 2 e 3 de junho. Acessos, alimentação, segurança, saúde, luz, som e serviços de apoio, tudo foi pensado ao pormenor para proporcionar ao público momentos inesquecíveis.

Para além da música, a organização do Rock in Rio-Lisboa 2012 preocupa-se em oferecer um espaço confortável e de qualidade durante os cinco dias do evento. Com abertura às 16h00 e encerramento às 04h00 da manhã, a Cidade do Rock garante 12 horas de festa.
 
 
 
 
VISÃO GERAL
PALCO MUNDO              PALCO SUNSET             ELETRÓNICA HEINEKEN
 
ÁREA RADICAL/DIVERSÕES             ÁREA VIP             IMPRENSA
 
 
BARES E ALIMENTAÇÃO             SEGURANÇA             SAÚDE             HIGIENE
 
 
 
 
 
 
 
 

 
ACESSOS E TRANSPORTES
A melhor forma de chegar à Cidade do Rock é utilizando os vários transportes públicos que ligam o Parque da Bela Vista com a Grande Lisboa. A parceria com a Câmara Municipal de Lisboa, Proteção Civil, PSP – Divisão de Trânsito e as principais empresas transportadoras – Carris, CP, Metropolitano de Lisboa, Transtejo e Táxis, vai permitir que todos cheguem comodamente à Cidade do Rock, mesmo fora dos horários normais de funcionamento.

» Metropolitano: O Metropolitano de Lisboa vai ter disponíveis serviços especiais até às 03h30 da madrugada. Os comboios que partem da estação da Bela Vista têm ligação a:

Linha Vermelha: Oriente, Alameda e São Sebastião

Linha Verde: Alameda – Campo Grande e Alameda – Cais do Sodré

» Transtejo: Cais do Sodré - Cacilhas com ligações até às 01h40 e Terreiro do Paço - Barreiro até às 02h00 da madrugada.

» Carris: A Carris disponibilizará vários serviços especiais com partida junto do Pórtico da Cidade do Rock até uma hora depois do fecho de portas (05h00).

Carreira Shuttle Oriente: Entre a Bela Vista e as Portas de Benfica (via Campo Grande, 2ª Circular, Estrada de Benfica)

Carreira 208: Entre a Bela Vista e a Estação do Oriente ou Cais do Sodré (via Cais do Sodré, Almirante Reis, Bela Vista, Estação do Oriente)

» Fertagus: A Fertagus disponibilizará um comboio especial na estação Roma/Areeiro às 03h15 que transportará os passageiros até ao parque de estacionamento na margem sul. Este comboio pára em todas as estações na margem sul e tem como destino final a cidade de Setúbal.

» CP: A CP vai disponibilizar, após o final do evento, dois comboios especiais nas linhas de Sintra e de Cascais. Os comboios podem ser apanhados na estação Roma/Areeiro e na estação do Cais do Sodré, respetivamente, param em todas as estações e partem de Lisboa às 02h45.

ROCKCard CP: O ROCKCard CP está de volta após o sucesso das edições anteriores. Este bilhete que inclui o bilhete para o Rock in Rio-Lisboa 2012 + transporte de comboio de Braga/Porto-Lisboa-Porto/Braga + suplemento de autocarro Estação do Oriente – Cidade do Rock, destina-se a todos os que procuram uma solução económica, confortável e amiga do ambiente para virem ao maior evento de música e entretenimento do mundo. O ROCKCard CP está disponível por 92 euros e o comboio tem partida de Lisboa às 03h20.

» Abreu Rock in Rio Express: A Agência Abreu volta a juntar-se ao Rock in Rio-Lisboa com o bilhete Abreu Rock in Rio Express que inclui o ingresso na Cidade do Rock e a viagem de autocarro de ida e volta a partir de várias cidades do país. Este pacote criado pela Agência Abreu tem um custo de 77 euros e está à venda nas agências Abreu e em www.abreu.pt.

A organização e as empresas de transportes públicos sugerem que os visitantes do Rock in Rio-Lisboa 2012 adquiram os seus bilhetes de transporte ida e volta com antecedência para evitar as grandes filas na saída, principalmente no Metropolitano, nos dias do evento.
 
Voltar ao topo
 
PALCO MUNDO
Palco Mundo: Funciona entre as 19h00 e as 02h00 e vai apresentar 21 artistas nacionais e internacionais. Este palco tem 2.100 m2, 75 metros de comprimento, 26,5 metros de altura, 250.000 watts de som, mais de 300 projetores, cerca de 400 toneladas de peso.

25 de maio: Metallica, Evanescence, Mastodon, Sepultura e Tambours du Bronx
26 de maio: Smashing Pumpkins, Linkin Park, The Offspring e Limp Bizkit
1 de junho: Lenny Kravitz, Maroon 5, Ivete Sangalo e Expensive Soul
2 de junho: Stevie Wonder, Bryan Adams, Joss Stone e The Gift
3 de junho: Bruce Springsteen & The E Street Band, Xutos&Pontapés, James e Kaiser Chiefs
 

Voltar ao topo


 

 
PALCO SUNSET
Palco Sunset Rock in Rio: o palco dedicado a encontros únicos ao pôr-do-sol vai funcionar, à semelhança das edições anteriores, entre as 16h00 e as 21h00. Tem 30 metros de largura, 14 de altura, 14 metros de profundidade e 17 metros de boca de cena. Este ano vai contar com a atuação de 37 artistas e bandas que estão a preparar encontros repletos de improviso e surpresas para o público.

25 de maio: Kreator+Andreas Kisser, Mão Morta+Pedro Laginha e Ramp+Teratron
26 de maio: Xutos+Titãs, Mafalda Veiga+Marcelo Jeneci e Rita Redshoes+Moreno Veloso
1 de junho: Boss AC&Zé Ricardo+Paula Lima+Shout, Orelha Negra+Hyldon+Kassin, The Black Mamba+Tiago Bettencourt, Orquestra Todos
2 de junho: Luís Represas+João Gil+Jorge Palma, Amor Electro+Moska, Ana Free+The Monomes, Los Pericos.
3 de junho: Rui Veloso+Erasmo Carlos, David Fonseca+Mallu Magalhães, Carminho+Pedro Luís, Tan Bionica.
 

Voltar ao topo


 
ELETRÓNICA HEINEKEN
Eletrónica Heineken: o espaço dedicado à música eletrónica conta este ano com o patrocínio da Heineken. Por ele vão passar alguns dos melhores nomes da música eletrónica a nível mundial e funcionará das 21h00 às 04h00, ou seja, até ao fim de cada dia do evento. Tem 40 metros de diâmetro, 16 metros de altura e 1.256m2 de área.

25 de maio: Chase and Status Dj Set & Rage, Dr Lektroluv, Life is a Loop, Leo Janeiro, Tha Lovely Bastards (Mad Mac e Nuno Lopes), Bis Boys Please, MC Johnny Def
26 de maio: Azari & III, The Magician, Punks Jump Up, The Discotexas Band, Miguel Quintão, Mirror People (Rui Maia/X Wife), MC Johnny Def
1 de junho: Jamie Jones, Maceo Plex, Dyed Soundorom, Kings of Swingers: Renato Rathier+Mau Mau, Magazino, José Belo+Zé Salvador, MC Johnny Def
2 de junho: Masters at Work (Louie Vega & Kenny “Dope” Gonzales), The Martinez Brothers, Johnwaynes, Miguel Rendeiro, Dj Poppy, MC Johnny Def
3 de junho: Dj Harvey, Dj Vibe, DOP Live, Dj Dixon, Stereo Addiction, MC Johnny Def
 
Voltar ao topo
 
ÁREA RADICAL/DIVERSÕES
A Área Radical é um dos espaços mais procurados pelo público da Cidade do Rock e o Slide da Pepsi será seguramente uma das atrações mais concorridas. Este permite que duas pessoas sobrevoem ao mesmo tempo o público do Palco Mundo num vôo alucinante.

» Slide da Pepsi em números: 2 torres, uma com 14 metros de altura e outra com 6,5 metros, têm cerca de 150 metros de distância, 18,5 metros de desnível e possuem dois cabos paralelos.

» Roda Gigante do Millennium bcp: com 27 metros de diâmetro e 30 cabines, esta Roda Gigante terá capacidade para transportar 120 pessoas em cada viagem.

» Montanha Russa da Santa Casa: 300 metros de comprimento e com o seu ponto mais alto a 16 metros do solo, esta diversão terá capacidade para 24 pessoas em cada volta.
 
» Rock Street: a Rock Street é uma rua cenográfica inspirada em Nova Orleães (EUA), com um ambiente alegre e divertido, onde o público pode encontrar todos os dias, desde a abertura de portas, concertos com artistas do mundo do jazz e do blues, músicos, malabaristas, acrobatas, mágicos, homens estátua, cartomantes, caricaturistas e muitas outras surpresas. Terá também espaços comerciais como lojas, bares e restaurantes. A Rock Street tem 160 metros de comprimento, 20 lojas, 5.000m2 de área (lojas+animação).

25 de maio: Bruce Henri & Convidados, Melech Mechaya, Antwerp Gypsy-Ska Orkestra
26 de maio: The Mingus Project, Nobody’s Bizness, TJ Johnson
1 de junho: Bruce Henri & Convidados, Cristian Reyes, Lillian Boutté
2 de junho: Jazz in Motown, Cais Sodré Funk Connection, Lillian Boutté
3 de junho: Onda Jazz Jam Session, Rat Swinger, Lillian Boutté

Lojas presentes na Rock Street: Telepizza, Mister Pig, Portugália, Psicológico, Fruta Almeidas, Leitão no Pão, R Power, Melhor Bolo de Chocolate do Mundo, Vodafone, Boticário, Lúcia Piloto, MultiOpticas, FNAC, Loewe, Multidados, MOP, Turismo de Espanha e DN.
 
» Street Dance: a Street Dance é um novo espaço cenográfico inspirado em Nova Iorque que pretende levar os diversos estilos de dança urbana à Cidade do Rock: Breakdancing, Hip-Hop, Funk Dance, entre outros. Das 16H30 às 23H30 a dança urbana invade a Street Dance com diversas animações para o público, protagonizadas por um DJ, um MC e uma dance crew residente, os Jukebox. Os 5 semi finalistas do Concurso Street Dance Portugal vão também animar este palco e as crews Da Scum, 12 Macacos c/ Liva Kingz, Legacy Crew, Escola NEXT e Next Level e Holmes Place vão competir ao vivo durante o evento até ser escolhido um vencedor no último dia (3 de junho) que vai competir na final no Rock in Rio-Buenos Aires, em 2013.

O palco da Street Dance tem 12 metros de largura e 7 metros de altura. A área total do espaço, incluindo público, ascende aos 1.000m2.
 
Voltar ao topo
 
ÁREA VIP
Área VIP: é um espaço exclusivo destinado a todos os portadores de bilhete para esta área. Este ano, e pela primeira vez, é possível comprar bilhetes para a Área VIP do Rock in Rio-Lisboa. O valor do bilhete dá acesso a estacionamento gratuito, serviço de transfer para a Cidade do Rock, alimentação e bebidas e uma vista privilegiada para a Cidade do Rock. A área mais exclusiva do Rock in Rio-Lisboa 2012 funciona das 17h00 até ao final do último concerto do Palco Mundo e tem capacidade para 2.000 pessoas por dia.

A Área VIP tem 2.100m2, 15 metros de altura, 2 bares, serviço de catering, varanda de 200m2 e casas de banho premium.
 
Voltar ao topo
 
IMPRENSA
A Rock in Rio TV, sistema interno de comunicação com o público operado pela ETIC, vai fazer a cobertura de tudo o que se passa na Cidade do Rock e transmitir para os ecrãs gigantes colocados em pontos estratégicos do recinto.

Este ano, à semelhança da edição do Rock in Rio 2011 no Rio de Janeiro, a Google irá colaborar com o evento e divulgar, em direto, os concertos do Palco Mundo. Esta emissão estará disponível apenas para o estrangeiro e irá possibilitar que todos os fãs internacionais possam também assistir “ao vivo” aos concertos da Cidade do Rock.

Na sequência do sucesso do Rock in Rio 2011 no Rio de Janeiro, o canal brasileiro Multishow irá também transmitir os concertos em direto da Cidade do Rock para milhões de espetadores no Brasil. A rede Globo pretende assim repetir os níveis de audiência obtidos durante a edição de 2011, na qual conseguiu resultados históricos.
 
Voltar ao topo
 
BARES E ALIMENTAÇÃO
Dentro da Cidade do Rock poderá encontrar diversão e várias opções de alimentação além dos stands presentes na Rock Street. Os bares oficiais estão dispersos pelo recinto e vão ter a mais variada seleção de sandes frias ou quentes e diferentes tipos de snacks. O Burger Ranch, o KFC, a Olá e a Telepizza também vão estar disponíveis fora da Rock Street. As bebidas presentes no recinto serão a Pepsi, Heineken, a Água Serra da Estrela, a bebida energética R Power e o café Nicola.

Na Área VIP, o catering está a cargo da Casa do Marquês. Uma das novidades deste ano reside na mecânica do serviço que estará em funcionamento ininterrupto das 17h00 até ao final do último concerto do Palco Mundo. Existirão pratos quentes que estarão constantemente disponíveis ao público e outras especialidades servidas ao longo do dia em forma de deliciosas miniaturas que dispensam o uso de talheres. No total estima-se que ao longo dos 5 dias de evento se sirvam cerca de 500 mil refeições.
 
Voltar ao topo
 
SEGURANÇA
Considerando o conceito que está na base do Rock in Rio – o grande parque temático do entretenimento e da música – o Plano de Segurança é fundamental para a organização do mesmo. Integrando várias forças de intervenção: Polícia de Segurança Pública, Prosegur – empresa privada de segurança - Proteção Civil, Emerg, Amovida, Bombeiros, entre outras – este plano prevê a mobilização de mais de 1.000 profissionais envolvidos na operação no exterior e interior da Cidade do Rock. Logo nos acessos, todas as pessoas, sem exceção, vão ser submetidas a um controlo de entrada através de vistorias personalizadas.

Para comodidade do público, e após o sucesso que estes tiveram na edição passada, a organização volta a disponibilizar o serviço de bengaleiro que se encontra junto à rotunda da Bela Vista. Existem dois tipos de cacifos que variam consoante o tamanho dos valores. Os preços oscilam entre os 3 e os 5 euros por dia.
 
Voltar ao topo
 
SAÚDE
Devido às dimensões do Rock in Rio-Lisboa 2012, quer em termos geográficos, quer humanos, o Plano de Saúde do evento surge da colaboração inter-institucional entre importantes instituições na área da saúde em Portugal, em particular na região de Lisboa. Desta forma, foi desenvolvido um plano de saúde que conta com a participação das seguintes entidades:

- Administração Regional de Saúde – Sub-Região de Saúde de Lisboa
- Câmara Municipal de Lisboa
- Gabinete Municipal da Proteção Civil
- Instituto Nacional de Emergência Médica
- Emerg
- Amovida


Os objetivos deste plano passam pela promoção da saúde e prevenção da doença em toda a Cidade do Rock e por uma eficaz atuação em todo o tipo de ocorrências na área dos serviços médicos, sejam ou não emergências. Daí a sua abordagem nas vertentes de Saúde Pública e de Emergência Médica.

Em termos práticos, a Cidade do Rock vai contar com um sistema integrado de emergência médica da responsabilidade da Emerg que conta com 1 Centro Médico, 1 Posto de Saúde, 6 equipas móveis, 3 ambulâncias em permanência, que envolve cerca de meia centena de recursos humanos especializados – médicos, enfermeiros, técnicos de emergência com experiência em emergência pré-hospitalar, diversos elementos de logística, comunicações, entre outros.
 
Voltar ao topo
 
HIGIENE
Saúde e Higiene são duas áreas intimamente ligadas. Para garantir a higiene no recinto haverá uma equipa de limpeza com cerca de 180 elementos, responsáveis pela limpeza permanente do terreno. No que diz respeito à higiene pessoal, desde 2008 que a organização do Rock in Rio-Lisboa disponibiliza contentores com várias cabines individuais ligadas à rede pública num total de mais de 300 casas de banho, 10 delas equipadas para receber pessoas com mobilidade reduzida. De referir que em qualquer ponto da Cidade do Rock nunca se está a mais de 150 metros de uma casa de banho! O Rock in Rio foi o primeiro evento em Portugal a ter uma certificação 100R, garantindo que foram adotadas práticas ambientais sustentáveis, nomeadamente na reciclagem e valorização de todos os resíduos do evento.
 
Voltar ao topo
 
EQUIPA
No recinto estarão cerca de 8 mil pessoas credenciadas para permitirem que o evento se realize, entre produção, fornecedores, comunicação social, artistas e respetivas equipas, patrocinadores e 400 voluntários.
 
Voltar ao topo
 
MOBILIDADE CONDICIONADA
A Cidade do Rock está pensada de forma a receber com a maior comodidade possível todas as pessoas com mobilidade condicionada. Para além dos sanitários, sala de imprensa e outras infra-estruturas equipadas com rampas de acesso, existem duas plataformas com vista privilegiada para o Palco Mundo e para o Palco Sunset – com 100 m2 e 25 m2, respetivamente – onde as pessoas que se deslocam em cadeira de rodas podem assistir aos espetáculos com um acompanhante.
 
Voltar ao topo
 
PRODUTOS OFICIAIS
Os fãs do Rock in Rio vão ainda poder comprar os produtos oficiais do evento nas quatro lojas existentes na Cidade do Rock, três no interior do recinto e uma no exterior, onde vão estar disponíveis uma linha de vestuário feminino, masculino e de bebé e uma linha de acessórios composta por bonés, porta-chaves, lenços, malas e mochilas, crachás, isqueiros de diversas cores, porta-cd’s, relógios, cintos e posters, com design exclusivo do Rock in Rio-Lisboa 2012.
 
Publicado em Rock in Rio
domingo, 17 junho 2012 00:39

Balanço do Rock in Rio - Lisboa 2012

 
 
A Cidade do Rock recebeu 353.000 fãs nos 5 dias de evento. O dia 25 de maio, com os Metallica como cabeças de cartaz, contou com 42.000 pessoas. O segundo dia, 26 de maio, com rock alternativo dos Linkin Park e Smashing Pumpkins, foi o mais concorrido, com 83.000 pessoas. O terceiro dia, 1 de junho, 74 mil pessoas não quiseram perder a estreia dos Maroon 5 em Portugal. Já a 2 de junho, 73 mil pessoas cantaram em coro com os veteranos Bryan Adams e Stevie Wonder. No encerramento, a 3 de junho, 81 mil pessoas assistiram aquele que já é considerado por muitos o Concerto do Ano: Bruce Springsteen & The E Street Band.

Segundo os resultados do inquérito realizado pela E-value na Cidade do Rock, a maioria do público era português, essencialmente proveniente da Área Metropolitana de Lisboa (54%), Norte (17,6%) e Centro (17,6%).

Roberta Medina, Vice-Presidente Executiva do Rock in Rio deixa uma mensagem de agradecimento “Queremos agradecer a participação do público português e os dias especiais que se viveram na Cidade do Rock. É muito reconfortante sentir que contribuímos de alguma forma para a felicidade de tantas pessoas num altura conturbada como esta em que vivemos. O aumento do número de público da edição de 2010 (329.000 pessoas) para esta edição vem mostrar que a nossa aposta em acelerar contra a crise resultou e que investir em tempos de crise vale a pena”.
 
 
Fabiano Queiroz, do Departamento Artístico, destaca a qualidade dos concertos de Metallica (25 maio), Linkin Park (26 maio), a energia e ligação com o público de Ivete Sangalo e Maroon 5 (1 junho), Bryan Adams e Stevie Wonder (2 Junho), o peso e a história dos 30 anos dos Xutos & Pontapés e a vitalidade e o amor pela música de Bruce Springsteen & The E Street Band, e sublinha “Os artistas mostraram-se felizes por participarem num evento do porte do Rock in Rio-Lisboa, destacando a qualidade técnica do Palco Mundo e do som e o público maravilhoso que os recebeu. Os Maroon 5 enviaram um email agradecendo a simpatia e enorme profissionalismo da equipa de Produção”.
 
 
Zé Ricardo, Diretor Artístico deste palco mostrou-se satisfeito com os resultados: “O Sunset de 2012 foi sem dúvida o melhor de todos em Lisboa. O público aderiu massivamente assistindo a todos os concertos, desde a abertura ao encerramento do palco, a integração dos artistas em cada encontro foi perfeita e o espírito destes encontros que vão além da música, são encontros de alma, ficou absolutamente claro para o público português”. Destaque para a banda alemã Kreator, que recebeu Andreas Kisser, o guitarrista dos Sepultura num encontro com duelos de guitarra marcantes (25 maio). Os Xutos & Pontapés e o Titãs repetiram o encontro memorável que realizaram no Rock in Rio Brasil e o público delirou (26 maio). Boss AC uniu os seus beats e batidas ao groove do Samba e do Soul do cantor Zé Ricardo e da cantora Paula lima (1 junho). Jorge Palma juntou-se a Luís Represas e João Gil para um verdadeiro encontro de velhos de amigos (2 junho). E para encerrar com chave de ouro, no dia 3 junho, o Palco Sunset recebeu o maior encontro de rock em língua portuguesa dos últimos anos: Rui Veloso e Erasmo Carlos num encontro inesquecível.
 
 
Cerca de 30.000 pessoas passaram por este espaço cuja conceção e cenografia, bem como a extrema qualidade ao nível técnico do palco, som e luz, foram alvo de elogios por parte dos artistas e do público. Miguel Marangas, Diretor Artístico, conclui “as atuações ao vivo das bandas Azari & III, dOP e Discotexas Band levaram à Cidade do Rock público interessado especificamente em assistir a este tipo de apresentações. Os internacionais Chase and Status com o Mc Rage, Dr Lektroluv, The Magician, Dyed Soundorom, Maceo Plex, Jamie Jones, Martinez Brothers e Masters at Work destacaram-se, juntamente com os nacionais Dj Vibe e Stereo Addiction. No último dia o lendário Dj Harvey abriu o palco com um Sunset Set que não deixou indiferente quem assistiu”.
 
A Rock Street foi sempre um dos espaços com maior movimento na Cidade do Rock, repetindo o sucesso já registado em 2011 na edição brasileira. Bruce Leitman, Diretor Artístico da Rock Street considera que “Fazendo juz ao espírito e à cultura de Nova Orleães que homenageia, este espaço fez o público mergulhar nas águas do Mississippi para participar em momentos inesquecíveis de jazz e de improviso. O público português mostrou-se extremamente entusiasta e participou com uma alegria e espontaneidade que deixou os artistas impressionados. O comentário geral no backstage era de agradecimento e alegria por participar em algo tão inovador e surpreendente”. Destaque no primeiro fim de semana para Melech Mechaya, Gypsy Ska Orkestra, Nobodys Bizness e TJ Johnson que empolgou todos tocando e cantando seu Rhythm & Blues acompanhado pelo Bruce Henri Trio. No segundo fim de semana Christian Reyes, Lillian Boutté, a artista que mais impacto teve, não só pela grande simpatia e energia, mas também pela capacidade de comunicar, fazendo o público cantar, chorar, e expressar-se, Cais Sodré Funk Connection, Mingus Project e Rat Swingers. O espaço foi animado todos os dias por vários artistas de rua como a estátua de chocolate, a Taróloga, o Mágico, os Motoqueiros cantores, o Caricaturista, o Casal de Andas, o Malabarista, e as bandas Dixie Gang, Projeto Bug e Lindy Hoppers.
 
Marina Frangioia, Diretora Artística deste espaço inspirado num bairro de Nova Iorque que teve a sua estreia internacional dentro do Rock in Rio-Lisboa, faz o balanço dos 5 dias “O palco conseguiu agarrar o público, com a sua dinâmica, energia e alegria e apresentou coreografias contagiantes. Vários elementos do público subiram ao palco e integraram a performance com alegria”. A Street Dance apresentou três performances diárias da crew residente, os Jukebox, excelentes profissionais e com uma forte capacidade de comunicação com o público, e atuações de crews e dos semi-finalistas do Concurso Street Dance. No dia 3 de junho, os Momentum Crew, 4 elementos masculinos do Porto, venceram a final do Concurso Street Dance. “A actuação da crew vencedora foi magnífica. Foi uma performance de B-boying puro, que incorporou o hino do palco, com uma limpeza na técnica que é reconhecida tanto em Portugal como no estrangeiro, composição coreográfica  bem estruturada, balizada por conceitos perceptíveis até nos figurinos, um pouco à imagem da Escola Olímpica Russa. São excelentes Street dancers e deram espectáculo!”, comentou Marina Frangioia. Os Momentum Crew vão representar Portugal na Final do Concurso Street Dance que se realiza no próximo ano, na edição de Buenos Aires, disputando o prémio com os vencedores que forem apurados no Rock in Rio-Madrid 2012, Rock in Rio 2013 (Rio de Janeiro) e Rock in Rio-Buenos Aires 2013.
 
Publicado em Rock in Rio
Faltam 100 dias para a abertura de portas da Cidade do Rock que, este ano, vai transformar a Bela Vista num verdadeiro parque temático da música. Para marcar o início deste countdown, a Vodafone volta a espalhar as suas guitarras gigantes por Lisboa. Amoreiras, Forças Armadas e Segunda Circular são os locais por onde as guitarras de 9 toneladas e 7 metros de altura vão passar, até chegarem à Cidade do Rock. Além de assinalarem a contagem decrescente para o festival, as icónicas guitarras da Vodafone vão ainda veicular informações úteis sobre o evento, como cartaz, passatempos e horários.


O que há de novo este ano


Além de mais horas de entretenimento diário (com o recinto a funcionar do meio dia às 2 horas da madrugada), existirão diversas atividades e experiências espalhadas pelo Parque da Bela Vista. Começando pelo cartaz que reúne os maiores nomes, nacionais e internacionais, da atualidade – Bruno Mars, Katy Perry, The Killers, The Chemical Brothers, Demi Lovato, Anitta, Jessie J, Bastille, entre outros que sobem ao Palco Mundo e Carolina Deslandes, Capitão Fausto, HMB, Carlão, Anavitória e festas como o Revenge of the 90’s que animam o Music Valley – há ainda as famosas Somersby Pool Parties para refrescar os momentos mais quentes desta edição, ao som de vários DJ’s.

Outra das novidades deste ano é o Pop District, um espaço que celebra a cultura pop e os seus principais ícones, através das mais variadas atrações como jogos, lojas com produtos alusivos aos maiores ícones culturais das últimas décadas, performances e demonstrações artísticas, cosplay e muito mais. É também no Pop District que o público vai poder assistir às apresentações inéditas dos grandes fenómenos do entretenimento online. O Super Bock Digital Stage leva à Cidade do Rock nomes como Wuant, Windoh, SirKazzio, D4rk Frame, Mocê Dum Cabreste, Ric Fazeres, Owhana, MissMushrooms, Paulo Sousa, entre tantos outros, numa interação direta entre o público e os influenciadores, com a missão de transpor o mundo online para o universo offline e aproximar os diferentes públicos que passam pelo recinto da linguagem digital. 

A Worten Game Ring vai, certamente, despertar a curiosidade de todos. Trata-se da primeira arena de gaming a integrar um festival, em Portugal - um conteúdo inovador que o Rock in Rio estreou no Brasil e que se revelou um sucesso. Aqui haverá desafios, competições dos melhores jogos da atualidade e muito gaming.

Na EDP Rock Street vai ser possível viajar até ao continente africano e celebrar a música de uma forma global, através da arquitetura, dos espetáculos e performances de rua. Já no palco Street Dance, a dança volta a ser rainha, prometendo contagiar tudo e todos.

Outra das grandes novidades desta edição, uma estreia absoluta no Rock in Rio, é o Time Out Market Rock in Rio. Este mercado de alta cozinha contará com 380 lugares sentados e 14 propostas gastronómicas, entre as quais espaços da autoria de alguns dos melhores chefs portugueses como Alexandre Silva, Vítor Sobral, Henrique Sá Pessoa e Marlene Vieira. 

A 8.ª edição do Rock in Rio-Lisboa realiza-se a 23, 24, 29 e 30 de junho. Os bilhetes estão à venda nos locais habituais, sendo possível adquirir bilhetes diários pelo valor de 69 euros e passes para o segundo fim-de-semana pelo valor de 117 euros (para o primeiro fim de semana os passes já se encontram esgotados).
Publicado em Rock in Rio
sexta, 31 julho 2009 14:24

Rock In Rio 2010 vai a votos

O Rock in Rio-Lisboa 2010 vai voltar ao anfiteatro natural do Parque da Bela Vista, em Lisboa, nos dias 21, 22, 27, 28 e 29 de 2010 mas a emoção do maior evento de música e entretenimento do mundo vai começar a contagiar os portugueses muito antes dessas datas!

A organização do evento, a Vodafone e a RFM lançaram a semana passada uma votação de bandas para conhecer os interesses e preferências musicais do público português e desta forma tentar criar o cartaz ideal para 4ª edição do evento em território nacional.

A organização e a Vodafone foram pioneiras neste tipo de iniciativas e desenvolveram um inquérito ao público para preparar a primeira edição portuguesa do Rock in Rio. Agora repetem a iniciativa para apurarem as bandas que os portugueses mais gostariam de ver no Rock in Rio-Lisboa 2010. Este ano, com o apoio e promoção da RFM – rádio oficial do evento – o público poderá votar até dia 9 de Agosto nas bandas que mais lhe agradam através do Portal Vodafone live!, do site da RFM e do site oficial do Rock in Rio-Lisboa.
Mas as novidades não ficam por aqui! Todos os que participarem nesta votação ficam automaticamente apurados para o sorteio de 60 bilhetes duplos para o Rock in Rio-Lisboa 2010. Este sorteio está marcado para dia 11 de Agosto e os vencedores serão anunciados no dia 13 de Agosto nas plataformas referidas e na emissão da RFM.

Agatha Arêas, Directora de Marketing do Rock in Rio, explica que "A Votação de Bandas é uma das várias iniciativas que farão parte de uma presença mais significativa do evento no universo virtual, posicionando o site oficial do Rock in Rio-Lisboa como o principal ponto de confluência de informações e opiniões, fomentando mais do que nunca a interactividade entre a organização e o público do evento".

O Portal Oficial do Evento: http://rockinrio-lisboa.sapo.pt
Publicado em Rock in Rio
O Melhor Bolo de Chocolate do Mundo está a marcar a sua presença no Rock in Rio-Lisboa. Para atingir uma maior notoriedade, a marca aposta na 11ª edição do evento de música, prevendo comercializar, no total dos cinco dias, milhares de fatias de bolo.

Para os interessados em provar, o famoso bolo vai estar numa loja no espaço Rock Street – a novidade deste ano. Da receita do bolo consta merengue, mousse e cobertura de chocolate.

Como elemento decorativo, e a assinalar esta estreia do MBCM, em frente à loja estará uma estátua de chocolate, parte integrante do alinhamento de animações do Rock in Rio-Lisboa.
 
Publicado em Rock in Rio
Este ano, na quinta edição, passaram pelo Parque da Bela Vista, 353 mil pessoas vindas de vários pontos do país, e do Mundo.
 
À semelhança das edições anteriores, a organização voltou a apostar nos encontros únicos no Palco Sunset e no público adepto da música de dança. Até ao fecho de portas, a Eletrónica tomou conta do Parque da Bela Vista.

Uma das novidades do Rock in Rio-Lisboa 2012 chama-se Rock Street. Estreada no Rock in Rio 2011, no Rio de Janeiro, este novo espaço do evento bebe do espírito da cidade norte-americana Nova Orleães.

A Street Dance é outras das novidades do Rock in Rio-Lisboa 2012. A estreia foi na capital portuguesa. Segue agora para Madrid e para o próximo ano é a vez do Rio de Janeiro e Buenos Aires, na Argentina, acolher este espaço onde a dança de rua está em destaque.

Em 2014, o Parque da Bela Vista volta a ser a Cidade do Rock. O anúncio oficial foi feito este domingo, 03 de junho.
 
Publicado em Rock in Rio
Ainda está em construção, mas já se percebe que será algo inovador. A estrutura com 40 metros de diâmetro inaugurada na edição 2013 no Brasil, terá uma cenografia futurista, inspirada na forma de uma aranha robótica em que pilares de 11 metros de altura simulam a forma de patas gigantes. Com um espaço para público de mais de 1500 m2, a nova Eletrónica Rock In Rio aproxima ainda mais o público dos DJs, ao colocar a cabine num espaço central, que fica completamente rodeado pelo público.
 
Nomes como Hercules and Love Affair, DJ Vibe, Rui Vargas, Magazino e Miss Sheila são alguns dos 30 artistas nacionais e internacionais que prometem animar a Cidade do Rock pela noite fora, celebrando desta deita os 10 anos do maior evento de entretenimento e música do mundo, a realizar nos dias 25, 29, 30 e 31 de maio e 1 de junho, no Parque da Bela Vista.
 
Na infografia em baixo poderás conferir o line-up completo de artistas para os respetivos dias de evento.
 
Créditos Fotográficos: Agência Zero.
 
 
Publicado em Rock in Rio
sexta, 25 maio 2012 22:36

Eletrónica Heineken 25.05.2012

Tenda Eletrónica Heineken 25 maio 2012
 
Leo Janeiro (BR)
Leo Janeiro é um dos principais Djs da atualidade no Brasil. Toca regularmente nos principais clubes do país, é residente nos dois clubes mais carismaticos e internacionais do Brasil, Warung e D-Edge, e já partilhou a cabine com alguns dos melhores Djs do mundo como Carl Cox, Luciano, Underworld, Ritchie Hawtin, entre muitos outros. O Dj que iniciou o seu percurso com sons mais ligados à House Music, está a aproximar-se cada vez mais dos sons mais rápidos do techno. Leo Janeiro é também o coordenador do evento Rio Music Conference.
 
Life is a Loop Live (BR)
Life is a Loop é uma banda brasileira composta pelos DJs Fabrício Peçanha, Leozinho e Rodrigo Paciornik. Esta tripla tem vindo a conquistar um lugar de destaque no panorama mundial da música eletrónica tendo atuado nas melhores discotecas do Brasil, Argentina, Inglaterra, Estados Unidos da América, Hong Kong, Alemanha e claro, a meca da música de dança, Ibiza. Em 2012/2013 os Life is a Loop vão estar em digressão com a tour “Uma viagem de 10 anos”, um espetáculo repleto de efeitos especiais e adereços que prometem impressionar o público.
 
Tha Lovely Bastards (Mad Mac e Nuno Lopes) (PT)
Nuno Lopes e Mad Mac voltam a atuar no Rock in Rio-Lisboa desta vez com o nome “Tha Lovely Bastards”. A dupla de Djs portuguesa é conhecida pelas suas perfomances explosivas e desde a sua passagem pelo Rock in Rio-Lisboa 2010 não têm tido descanso, atuando por todo o país.
 
Chase and Status – DJ Set & Rage (UK)
Pharrel Williams dos N*E*R*D classifica-os como “Os melhores produtores britânicos da atualidade” e Rihanna considerou-os como “A espinha dorsal do seu disco ‘Rated R’”, Chase & Status são uma das duplas mais entusiasmantes da cena eletrónica neste momento. A sua sonoridade imponente e portentosa irá agradar seguramente ao público que irá visitar a Cidade do Rock.
 
Bis Boys Please (PT)
Nascidos e criados em Cascais em 2012, os Bis Boys Please são uma dupla muito jovem formada por Afonso Gomes da Silva e Tomás Gaivão Ribeiro. Considerados uma promessa da música eletrónica nacional já atuaram em todos os principais espaços da noite lisboeta, estando desde cedo habituados a públicos grandes. Com um estilo bastante próprio e inovador, por muitos considerado arrojado, as suas principais influências baseiam-se no techno, electro-house e nu-disco, estilo estes que desde cedo lhes ficaram associados.
 
Dr. Lektroluv (BE)
Dr. Lektroluv é um dos nomes mais irreverentes que vai assumir a cabine da Eletrónica Heineken. O belga que é conhecido por tocar com uma máscara verde e misturar utilizando um telefone e não os convencionais headphones, vem pela primeira vez ao Rock in Rio para apresentar o seu electro contagiante. Dr. Lektroluv já atuou um pouco por todo mundo e enquanto residente das famosas festas “Body to Body” em Gent, Bélgica, recebeu nomes como Miss Kittin, Tiefschwarz, Ladytron, Digitalism, Who Made Who, Vitalic, The Hacker, entre muitos outros.
 
 
Publicado em Rock in Rio
A cada edição, o Rock in Rio premeia os parceiros que se guiam pelo Plano de Sustentabilidade desenvolvido pela organização e pela sua atitude sustentável dentro da Cidade do Rock.
O Prémio Rock in Rio Atitude Sustentável - Parceiros tem como objetivo promover as boas práticas ambientais, sociais e económicas que contribuam para um desenvolvimento sustentável.
 
Ricardo Carriço e Agatha Areas subiram ao Palco Mundo para entregar o prémios aos vencedores:
 
Categoria Fornecedor (2 vencedores)
SCC – Sociedade Central de Cervejas e Bebidas, S.A. com a marca HEINEKEN
Têm um programa a longo prazo, até 2020,"Brewing a Better Future" (BaBF) - Produzindo um Futuro Melhor; todos os fornecedores têm de subscrever obrigatoriamente o Heineken Supplier Code e marcaram presença na Cidade do Rock com o stand Heineken Green Rocks, para sensibilização do público para a recolha de copos de plástico.
 
PERI Portugal
Optam por fornecedores que possuam produtos com qualidade e com certificação, os colaboradores do armazém que conduzem empilhadores e efetuam as cargas e descargas dos camiões possuem formação adequada e condução eco-eficiente e está previsto para 2012 a promoção de uma formação em segurança rodóviária e de condução defensiva/eficiente a todos os colaboradores. Aplicação de madeiras na construção de estruturas para o Rock in Rio, após a sua utilização estas serão novamente recuperadas e reutilizadas em outras obras.
 
Categoria Loja
KFC
Elaboram um Relatório de Sustentabilidade, na Cidade do Rock fazem controlo do caudal de água a utilizar, comunicam ao público as medidas de sustentabilidade consideradas no âmbito da sua actividade/presença no Rock in Rio através de sinalética colocada na unidade e pelo exemplo de cumprimento de boas práticas.
 
Categoria Stand
R/COM – Renascença Comunicação e Multimédia
A organização promove campanhas de sensibilização e comunicação para o exterior no âmbito de ação social e consciência ambiental. Comunica ao público as medidas de sustentabilidade decorrentes da sua presença no Rock in Rio e as da organização do evento e imprime no seu espaço um conceito relacionado com a sustentabilidade.
 
Publicado em Rock in Rio
Pág. 1 de 8