18-07-2019

  Diretor Ivo Moreira | Periodicidade Diária

Sobre Nós  |  Fala Connosco     

A organização do Rock in Rio-Lisboa acaba de anunciar o plano de mobilidade para a 8.ª edição do festival que, este ano, conta com número recorde de operadores, prolongamento de horários nos principais serviços urbanos e maior abrangência nacional. Abreu, Budget, BusUp, Carris, Cityrama, CP (Urbanos e Longo-Curso), Fertagus, Metro de Lisboa, mytaxi, Transtejo e Soflusa e Rede Expressos juntam-se, assim, numa mega operação que visa, em simultâneo, incentivar os visitantes da Cidade do Rock a deixarem os carros em casa.

Com o objetivo de facilitar o acesso e saída do recinto, num evento que contou com mais de 300 mil pessoas na sua última edição em Lisboa, os operadores envolvidos neste plano oferecem packs e condições especiais para a deslocação dos fãs, bem como o reforço dos serviços urbanos habituais. O Metropolitano de Lisboa alargará os seus serviços nos dias do festival até às 3 horas da madrugada, as viagens nos comboios urbanos CP Lisboa da linha de Cascais e de Sintra serão gratuitas mediante a apresentação do bilhete para o festival, enquanto a Fertagus oferece o estacionamento nos seus parques automóveis ao longo das estações da margem sul. Além destas vantagens, a mytaxi vai, pela primeira vez, assegurar táxis coletivos na cidade de Lisboa a preços fixos e a organização do Rock in Rio-Lisboa colocará em circulação um shuttle com partidas de pontos estratégicos na envolvente de Lisboa que levará os fãs até à porta da Cidade do Rock pelo valor de 12 euros (ida e volta).

Para Roberta Medina, Vice-Presidente Executiva do Rock in Rio, "esta será a edição do festival com mais soluções de mobilidade para os nossos fãs. Acreditamos que o trabalho desenvolvido com estes operadores e empresas parceiras vai resultar numa maior adesão ao uso dos transportes coletivos, em detrimento do transporte individual, em linha com o nosso compromisso na construção de um mundo mais sustentável."

Metropolitano de Lisboa
Nos dias 23, 24, 29 e 30 de junho estará operacional até às 03h00, com 4 linhas abertas e cerca de 30 estações, com metros a sair a cada 6 minutos.

CP-Urbanos
Ao apresentar bilhete para o Rock in Rio-Lisboa - nas portas de acesso e a bordo dos comboios -, a CP oferece a utilização dos serviços nos Comboios Urbanos de Lisboa e nos comboios especiais do Cais do Sodré para Cascais e de Oriente/Roma-Areeiro para Sintra. Haverá ainda horários especiais com as últimas partidas às 02h40 (Lisboa Oriente), 02h47 (Roma-Areeiro em direção a Sintra - paragem em todas as estações) e 03h00 (Cais do Sodré em direção a Cascais - paragem em todas as estações).

CP Longo-Curso
O já famoso pack ROCKCard CP inclui bilhete para o evento, viagem de comboio intercidades ida e volta para Lisboa Oriente e transfer de autocarro Gare do Oriente – Cidade do Rock – Gare do Oriente. Estes pacotes têm um preço de 84 euros (partidas da Zona Centro) e 89 euros (partidas da Zona Norte). Na Linha do Norte a CP assegura, ainda, comboios especiais na madrugada seguinte a cada dia de evento, com partida de Lisboa Oriente e destino a Porto Campanhã.
CP Intercidades, InterRegionais e Regionais
Em todos os serviços CP Intercidades, InterRegionais e Regionais, é também possível usufruir de um desconto de 30% na viagem, mediante apresentação do bilhete Rock in Rio-Lisboa.

mytaxi
A aplicação para serviços de táxi, pretende oferecer uma forma de mobilidade simples e cómoda para os fãs se deslocarem de e para a Cidade do Rock. Basta descarregar a aplicação e sugere-se a reserva antecipada do serviço, selecionando os pontos de referência mytaxi disponíveis à volta do recinto. Haverá ainda táxis colectivos na cidade de Lisboa a preços fixos para deslocações até ao recinto e com partida deste.

BusUp
Através desta será possível escolher entre uma das rotas pré-definidas ou propor novas rotas que sejam mais convenientes. Uma nova forma de transporte coletivo, cómodo e sustentável.

Shuttle BusUp
A BusUp será, também, responsável pela operação do shuttle Rock in Rio-Lisboa com partidas em pontos estratégicos na envolvente da capital, nomeadamente Cascais Villa, Beloura Shopping, Oeiras Parque, Strada Outlet e Forum Montijo. Este transporte leva os fãs até à porta da Cidade do Rock por 12 euros (ida e volta), com partidas às 11h00, 14h00, 17h00 e 20h00, e regresso às 00h30, 01h00 e 02h30. 

Fertagus
Nos dias de Rock in Rio-Lisboa, a Fertagus vai disponibilizar um comboio com horários especiais da estação Roma-Areeiro e destino a Setúbal, efetuando paragens em todas as estações a partir do Pragal. As partidas estão marcadas para a 01h45 nos dias 23, 24 e 30 de junho, e para a 01h28 no dia 29 de junho. 
Além disso, ao apresentar bilhete para o festival na bilheteira da Fertagus, na compra de uma viagem ida e volta a Fertagus oferece o estacionamento.

Transtejo e Soflusa
As duas entidades irão operar os trajetos Cais do Sodré-Cacilhas (com o último barco a sair à 01h40) e Terreiro do Paço-Barreiro (com o último barco às 02h00).

Rede Expressos
Para quem reside fora de Lisboa, a Rede Expressos oferece mais de 250 pontos de partida nacionais em direção a Lisboa. Mediante a apresentação de bilhete Rock in Rio-Lisboa, os passageiros terão direito a 25% de desconto nas viagens nacionais. 

Abreu
A Agência irá transportar os fãs de Braga, Guimarães, Porto, Aveiro, Coimbra e Algarve. Por 79 euros é possível adquirir o pack Rock in Rio Express que inclui o bilhete para entrar na Cidade do Rock e transporte ida e volta para uma das cidades referidas.

Budget
A pensar nas famílias – público prioritário neste serviço -, os shutles Budget vão realizar o trajeto da Estação Roma-Areeiro até à Cidade do Rock.

Carris
A Carris irá assegurar vários trajetos que permitem a deslocação até ao recinto. Haverá autocarros a partir de quatro carreiras do lado de Chelas e três carreiras do lado da Av. Almirante Gago. A partir das 23h30, entra em funcionamento a Rede da Madrugada com o 208 a operar entre o Cais do Sodré e a Estação do Oriente.

Cityrama
A Cityrama oferece 25% de desconto para todos os portadores de bilhete Rock in Rio-Lisboa, no serviço de shuttle com partidas de Marquês de Pombal, Sete Rios e Cidade do Rock, nos seguintes horários: 12h00 – 20h00; 23h00 – 02h00. O preço é de 12,50 euros no local ou 10 euros se adquirido atempadamente. 

Eu Vou de Bicicleta
Em parceria com a Cofidis, o Rock In Rio disponibiliza um Bike Park para que todos os ciclistas possam deixar as suas bicicletas enquanto desfrutam do evento. 

Cooltra/eCooltra
Esta parceria contempla soluções com scooters elétricas, um pack de aluguer de mota exclusivo para os festivaleiros (um dia por 24,90 eurps ou por 2 dias por 49,90 euros, ambas as opções com capacete e top case incluídos), minutos grátis para aluguer através da eCooltra, estacionamento reservado para scooters do grupo Cooltra e apoio a toda a organização antes e durante o evento.
Publicado em Rock in Rio
Vários atletas olímpicos e paralímpicos subiram no dia de ontem ao Palco Mundo, durante o concerto de Expensive Soul, para serem homenageados por milhares de fãs presentes na Cidade do Rock.

Durante o tema “O Amor é Mágico” estiveram no palco a acompanhar os Expensive Soul cerca de 30 atletas entre os quais Rosa Mota, Gustavo Lima ou Marco Fortes.
Um momento bastante especial que ficou registado no Rock In Rio Lisboa.
 
Publicado em Rock in Rio
A organização do festival já abriu as inscrições para o Projeto de Voluntariado do Rock in Rio-Lisboa 2014. Para assinalar este momento, Roberta Medina, Vice-Presidente Executiva do Rock in Rio, e Emídio Guerreiro, Secretário de Estado do Desporto e Juventude, assinaram na passada quarta-feira o protocolo que define este projeto, desenvolvido em parceria com o Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ) e a Movijovem.
 
O período de inscrições para o Voluntariado decorre até ao dia 13 de abril. Os interessados em participar e colaborar com a equipa do Rock in Rio-Lisboa 2014 devem aceder ao site oficial do evento e fazer a sua inscrição, sendo a idade mínima de participação de 16 anos, celebrados até ao dia 22 de maio de 2014.
 
A organização disponibiliza 400 vagas para as áreas de:
  • Gestão de Público;
  • Assessoria de Imprensa;
  • Área VIP e Áreas de Entretenimento da Cidade do Rock, Palco Mundo, Palco Vodafone, Eletrónica e Rock Street.
 
Os voluntários que participem no projeto terão direito a uma credencial com fotografia para entrada no evento (permitindo que assistam aos concertos dos cinco dias, desde que fora do seu turno), ajudas de custos para transportes, uma t-shirt diária, uma lunch box por turno, um seguro de acidentes pessoais (durante o evento) e um certificado de participação. De recordar que na edição de 2012, o Rock in Rio Lisboa recebeu 8 mil candidaturas.
 
"Os jovens que vão participar vão ter um certificado de participação que pode ser incluído nos seus currículos, dando nota dessa disponibilidade para fazer mais do que os outros", revelou o secretário de Estado do Desporto e Juventude, Emídio Guerreiro, na assinatura do protocolo com o evento.
 
O Rock in Rio-Lisboa 2014 realiza-se nos dias 23, 25, 30 e 31 de maio e 1 de junho, no Parque da Bela Vista. O valor diário do bilhete é de 61 euros.
Publicado em Rock in Rio
A agência Pepper foi a escolhida para levar a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa à edição deste ano do Rock in Rio. Esta é a primeira vez que a instituição participa num festival deste tipo, sob o lema "Por tua causa", em que vai ficar encarregue de acompanhar os festivaleiros da entrada até à saída do evento.

Em representação de todas as instituições da Santa Casa da Misericórdia, a ativação vai ter como pontos principais o stand central, a aposta nos valores nacionais presentes no palco Sunset e na nova montanha russa Jet Star.

A pensar na folia do público, a Santa Casa vai também marcar presença com um rastreio de alcoolemia. Outra iniciativa é a raspadinha Rock in Rio, uma aposta habitual, mas agora com a presença da Santa Casa.

A Pepper vai ter ainda a seu cargo diversas animações durante todo o festival, nos intervalos dos concertos e na zona VIP.
 
Publicado em Rock in Rio
terça, 29 setembro 2015 15:36

Rock in Rio Lisboa anuncia datas para 2016

Após uma edição brasileira repleta de sucesso e de boa música, o Rock in Rio regressa a Lisboa no próximo ano, nos dias 20, 21, 26, 27 e 28 de maio de 2016 num formato especial para comemorar os 30 anos do evento.
 
“Agora, chegou a altura de celebrar junto com o público português e estamos, já, a preparar uma edição recheada de grandes momentos e muitas surpresas”, afirmou Roberta Medina, Vice-Presidente Executiva do Rock In Rio.
 
A cidade do Rock lisboeta foi o primeiro país do projeto de internacionalização do evento e por lá já passaram mais de dois milhões de pessoas, desde 2004. Este ano o festival de música estreou-se nos Estados Unidos da América, em Las Vegas.
 
Por Lisboa já passaram grandes nomes da música eletrónica nacional e internacional como The Underground Sound Of Lisbon, Miss Sheila, Steve Aoki ou 2Many DJs.
 
{youtube}9ICIDdLwxp0{/youtube}
Publicado em Rock in Rio
A organização do Rock in Rio-Lisboa recorda que a venda de bilhetes neste parceiro termina hoje, dia 20 de maio. Os interessados em adquirir bilhetes com 20% de desconto em cartão devem fazê-lo até ao final do dia de hoje. Depois só vão encontrar bilhetes para o Rock in Rio-Lisboa nos restantes pontos de venda oficiais: na FNAC, em 68 sucursais do Millennium bcp, nos postos de abastecimento da BP aderentes (33 euros + 1.500 pontos BP premierplus) e no site oficial do evento em www.rockinriolisboa.sapo.pt.

Para a edição de 2012 estão pela primeira vez disponíveis bilhetes VIP por 240 euros (site oficial e FNAC) e contemplam serviço de estacionamento e shuttle para a Cidade do Rock. Na FNAC existe também o pack “Nós Vamos” que inclui 4 bilhetes para a mesma data por 220 euros.
 
O Pack Abreu Rock in Rio Express inclui transporte de autocarro ida e volta de várias cidades do país para a Cidade do Rock e está à venda nas lojas da Agência Abreu por 77 euros.
 
A CP disponibiliza mais uma vez um passe que combina a viagem de ida em qualquer comboio Intercidades regular no eixo Porto-Campanhã/Lisboa Oriente e volta no comboio especial da madrugada.
O RockCard CP tem um preço único de 92 euros e inclui transferes entre a estação de Lisboa Oriente e a Quinta da Bela Vista Cidade do Rock, onde decorre o evento. Os comboios especiais, que estarão disponíveis ao público em geral, terão partida de Lisboa Oriente  e farão paragem em Santarém, Entroncamento, Pombal, Coimbra B, Aveiro, Espinho, Gaia e Porto Campanhã.
 
Recorde-se que os ingressos para o dia 26 de maio estão esgotados no Continente, mas poderão ser adquiridos através dos outros meios disponíveis.
 
Faltam 5 dias para a festa começar. Estás preparado/a?!
 
Publicado em Rock in Rio
A Cidade do Rock recebeu mais de 345.000 fãs ao longo dos cinco dias de evento, e ultrapassou a meta dos 2 milhões de pessoas que passaram as portas da Cidade do Rock, ao longo dos 10 anos do evento em Portugal.
 
O dia 25 de maio, com o regresso a Portugal de Robbie Williams recebeu cerca de 60 mil pessoas, que vibraram com um concerto cheio de classe e bom humor. Já o segundo dia, 29 de maio, teve lotação esgotada com os míticos The Rolling Stones, que tiveram 90 mil pessoas a assistirem ao seu concerto, e que contou com Bruce Springsteen como convidado surpresa.
 
O terceiro dia, 30 de maio, 68 mil pessoas vibraram com o rock de Linkin Park, que levou a multidão à loucura e assistiram ao espectáculo do DJ Steve Aoki, que atirou bolos e barcos ao público. A 31 de maio, 47.500 pessoas vibraram com a estreia de Lorde em Portugal, e com o espetáculo de Arcade Fire e Ed Sheeran, e celebraram a obra de Variações, durante a Homeagem que o Palco Mundo acolheu. 
No encerramento, a 1 de junho, 80 mil pessoas dançaram ao ritmo da boa disposição de Jessie J e receberam Justin Timberlake com uma verdadeira ovação.
 
Na edição que comemora os 10 anos do Rock in Rio-Lisboa, foi ultrapassada a marca dos 2 milhões de pessoas que passaram pela Cidade do Rock, no Parque da Bela Vista, desde 2004. Entretanto, já foi confirmada a edição do evento, que regressa em 2016 e 2018.  
 
Roberta Medina, Vice-Presidente Executiva do Rock in Rio deixou uma mensagem de agradecimento "Mais uma vez, a Cidade do Rock encheu-se de sorrisos e foram cinco dias cheios de histórias e memórias bonitas. A Rock Street voltou a ser um êxito, a Street Dance continuou a surpreender, e o Palco Vodafone conseguiu conquistar milhares de pessoas, que todos os dias assistiram aos concertos. E, todas as noites terminaram na impressionante aranha Eletrónica, que ganhou vida e fez a festa continuar até às 04h00." 
 
O maior evento de música e entretenimento do mundo segue agora para Las Vegas, onde a primeira edição do evento nos Estados Unidos acontece em maio de 2015. Em Setembro de 2015, o Rock in Rio volta também ao Rio de janeiro.
 
Publicado em Rock in Rio
O Rock in Rio só volta a Lisboa em 2010 mas já mobiliza e emociona os portugueses! Ao longo das três semanas em que a votação esteve disponível – de 20 de Julho a 9 de Agosto - 36.785 pessoas votaram no site do Rock in Rio-Lisboa, no site da RFM e no Portal Vodafone Live! para darem a sua opinião sobre qual seria o “Melhor Cartaz Rock in Rio-Lisboa 2010”.

Das 40 bandas disponíveis para votação, os dez nomes mais votados foram, por ordem alfabética: Bon Jovi, Coldplay, Foo Fighters, Green Day, Linkin Park, Muse, Pearl Jam, Robbie Williams, The Killers e Xutos e Pontapés.

Para além das pesquisas realizadas dentro do evento, junto dos fãs do Rock in Rio, e fora do evento, junto à população em geral, desde a primeira edição que a organização tem em conta diversas ferramentas de análise das expectativas e gostos dos portugueses, designadamente através de pesquisas junto da indústria da música e entretenimento.

Nas palavras de Agatha Areas, directora de marketing do Rock in Rio, “ficámos muito satisfeitos com a grande adesão ao passatempo e agradecemos o contributo do público com as suas opiniões. Temos a consciência de que o Rock in Rio faz parte dos bons e memoráveis momentos da vida das pessoas por isso o seu parecer a respeito das diferentes áreas do evento é fundamental para a organização do projecto”.

O sorteio dos 60 bilhetes duplos para o evento realizou-se durante a tarde de ontem no escritório do Rock in Rio. Estiveram presentes duas representantes do Governo Civil e das três entidades responsáveis pelo projecto: Rock in Rio, Vodafone e RFM.
Os vencedores serão anunciados hoje (13 de Agosto) através dos sites do Rock in Rio-Lisboa (http://www.rocknrio-lisboa.sapo.pt/), do site da RFM (http://www.rfm.pt/) e do Portal Vodafone Live! (http://www.vodafone.pt/main/live) bem como na emissão da RFM.
Publicado em Rock in Rio
domingo, 17 junho 2012 00:39

Balanço do Rock in Rio - Lisboa 2012

 
 
A Cidade do Rock recebeu 353.000 fãs nos 5 dias de evento. O dia 25 de maio, com os Metallica como cabeças de cartaz, contou com 42.000 pessoas. O segundo dia, 26 de maio, com rock alternativo dos Linkin Park e Smashing Pumpkins, foi o mais concorrido, com 83.000 pessoas. O terceiro dia, 1 de junho, 74 mil pessoas não quiseram perder a estreia dos Maroon 5 em Portugal. Já a 2 de junho, 73 mil pessoas cantaram em coro com os veteranos Bryan Adams e Stevie Wonder. No encerramento, a 3 de junho, 81 mil pessoas assistiram aquele que já é considerado por muitos o Concerto do Ano: Bruce Springsteen & The E Street Band.

Segundo os resultados do inquérito realizado pela E-value na Cidade do Rock, a maioria do público era português, essencialmente proveniente da Área Metropolitana de Lisboa (54%), Norte (17,6%) e Centro (17,6%).

Roberta Medina, Vice-Presidente Executiva do Rock in Rio deixa uma mensagem de agradecimento “Queremos agradecer a participação do público português e os dias especiais que se viveram na Cidade do Rock. É muito reconfortante sentir que contribuímos de alguma forma para a felicidade de tantas pessoas num altura conturbada como esta em que vivemos. O aumento do número de público da edição de 2010 (329.000 pessoas) para esta edição vem mostrar que a nossa aposta em acelerar contra a crise resultou e que investir em tempos de crise vale a pena”.
 
 
Fabiano Queiroz, do Departamento Artístico, destaca a qualidade dos concertos de Metallica (25 maio), Linkin Park (26 maio), a energia e ligação com o público de Ivete Sangalo e Maroon 5 (1 junho), Bryan Adams e Stevie Wonder (2 Junho), o peso e a história dos 30 anos dos Xutos & Pontapés e a vitalidade e o amor pela música de Bruce Springsteen & The E Street Band, e sublinha “Os artistas mostraram-se felizes por participarem num evento do porte do Rock in Rio-Lisboa, destacando a qualidade técnica do Palco Mundo e do som e o público maravilhoso que os recebeu. Os Maroon 5 enviaram um email agradecendo a simpatia e enorme profissionalismo da equipa de Produção”.
 
 
Zé Ricardo, Diretor Artístico deste palco mostrou-se satisfeito com os resultados: “O Sunset de 2012 foi sem dúvida o melhor de todos em Lisboa. O público aderiu massivamente assistindo a todos os concertos, desde a abertura ao encerramento do palco, a integração dos artistas em cada encontro foi perfeita e o espírito destes encontros que vão além da música, são encontros de alma, ficou absolutamente claro para o público português”. Destaque para a banda alemã Kreator, que recebeu Andreas Kisser, o guitarrista dos Sepultura num encontro com duelos de guitarra marcantes (25 maio). Os Xutos & Pontapés e o Titãs repetiram o encontro memorável que realizaram no Rock in Rio Brasil e o público delirou (26 maio). Boss AC uniu os seus beats e batidas ao groove do Samba e do Soul do cantor Zé Ricardo e da cantora Paula lima (1 junho). Jorge Palma juntou-se a Luís Represas e João Gil para um verdadeiro encontro de velhos de amigos (2 junho). E para encerrar com chave de ouro, no dia 3 junho, o Palco Sunset recebeu o maior encontro de rock em língua portuguesa dos últimos anos: Rui Veloso e Erasmo Carlos num encontro inesquecível.
 
 
Cerca de 30.000 pessoas passaram por este espaço cuja conceção e cenografia, bem como a extrema qualidade ao nível técnico do palco, som e luz, foram alvo de elogios por parte dos artistas e do público. Miguel Marangas, Diretor Artístico, conclui “as atuações ao vivo das bandas Azari & III, dOP e Discotexas Band levaram à Cidade do Rock público interessado especificamente em assistir a este tipo de apresentações. Os internacionais Chase and Status com o Mc Rage, Dr Lektroluv, The Magician, Dyed Soundorom, Maceo Plex, Jamie Jones, Martinez Brothers e Masters at Work destacaram-se, juntamente com os nacionais Dj Vibe e Stereo Addiction. No último dia o lendário Dj Harvey abriu o palco com um Sunset Set que não deixou indiferente quem assistiu”.
 
A Rock Street foi sempre um dos espaços com maior movimento na Cidade do Rock, repetindo o sucesso já registado em 2011 na edição brasileira. Bruce Leitman, Diretor Artístico da Rock Street considera que “Fazendo juz ao espírito e à cultura de Nova Orleães que homenageia, este espaço fez o público mergulhar nas águas do Mississippi para participar em momentos inesquecíveis de jazz e de improviso. O público português mostrou-se extremamente entusiasta e participou com uma alegria e espontaneidade que deixou os artistas impressionados. O comentário geral no backstage era de agradecimento e alegria por participar em algo tão inovador e surpreendente”. Destaque no primeiro fim de semana para Melech Mechaya, Gypsy Ska Orkestra, Nobodys Bizness e TJ Johnson que empolgou todos tocando e cantando seu Rhythm & Blues acompanhado pelo Bruce Henri Trio. No segundo fim de semana Christian Reyes, Lillian Boutté, a artista que mais impacto teve, não só pela grande simpatia e energia, mas também pela capacidade de comunicar, fazendo o público cantar, chorar, e expressar-se, Cais Sodré Funk Connection, Mingus Project e Rat Swingers. O espaço foi animado todos os dias por vários artistas de rua como a estátua de chocolate, a Taróloga, o Mágico, os Motoqueiros cantores, o Caricaturista, o Casal de Andas, o Malabarista, e as bandas Dixie Gang, Projeto Bug e Lindy Hoppers.
 
Marina Frangioia, Diretora Artística deste espaço inspirado num bairro de Nova Iorque que teve a sua estreia internacional dentro do Rock in Rio-Lisboa, faz o balanço dos 5 dias “O palco conseguiu agarrar o público, com a sua dinâmica, energia e alegria e apresentou coreografias contagiantes. Vários elementos do público subiram ao palco e integraram a performance com alegria”. A Street Dance apresentou três performances diárias da crew residente, os Jukebox, excelentes profissionais e com uma forte capacidade de comunicação com o público, e atuações de crews e dos semi-finalistas do Concurso Street Dance. No dia 3 de junho, os Momentum Crew, 4 elementos masculinos do Porto, venceram a final do Concurso Street Dance. “A actuação da crew vencedora foi magnífica. Foi uma performance de B-boying puro, que incorporou o hino do palco, com uma limpeza na técnica que é reconhecida tanto em Portugal como no estrangeiro, composição coreográfica  bem estruturada, balizada por conceitos perceptíveis até nos figurinos, um pouco à imagem da Escola Olímpica Russa. São excelentes Street dancers e deram espectáculo!”, comentou Marina Frangioia. Os Momentum Crew vão representar Portugal na Final do Concurso Street Dance que se realiza no próximo ano, na edição de Buenos Aires, disputando o prémio com os vencedores que forem apurados no Rock in Rio-Madrid 2012, Rock in Rio 2013 (Rio de Janeiro) e Rock in Rio-Buenos Aires 2013.
 
Publicado em Rock in Rio
Faltam 100 dias para a abertura de portas da Cidade do Rock que, este ano, vai transformar a Bela Vista num verdadeiro parque temático da música. Para marcar o início deste countdown, a Vodafone volta a espalhar as suas guitarras gigantes por Lisboa. Amoreiras, Forças Armadas e Segunda Circular são os locais por onde as guitarras de 9 toneladas e 7 metros de altura vão passar, até chegarem à Cidade do Rock. Além de assinalarem a contagem decrescente para o festival, as icónicas guitarras da Vodafone vão ainda veicular informações úteis sobre o evento, como cartaz, passatempos e horários.


O que há de novo este ano


Além de mais horas de entretenimento diário (com o recinto a funcionar do meio dia às 2 horas da madrugada), existirão diversas atividades e experiências espalhadas pelo Parque da Bela Vista. Começando pelo cartaz que reúne os maiores nomes, nacionais e internacionais, da atualidade – Bruno Mars, Katy Perry, The Killers, The Chemical Brothers, Demi Lovato, Anitta, Jessie J, Bastille, entre outros que sobem ao Palco Mundo e Carolina Deslandes, Capitão Fausto, HMB, Carlão, Anavitória e festas como o Revenge of the 90’s que animam o Music Valley – há ainda as famosas Somersby Pool Parties para refrescar os momentos mais quentes desta edição, ao som de vários DJ’s.

Outra das novidades deste ano é o Pop District, um espaço que celebra a cultura pop e os seus principais ícones, através das mais variadas atrações como jogos, lojas com produtos alusivos aos maiores ícones culturais das últimas décadas, performances e demonstrações artísticas, cosplay e muito mais. É também no Pop District que o público vai poder assistir às apresentações inéditas dos grandes fenómenos do entretenimento online. O Super Bock Digital Stage leva à Cidade do Rock nomes como Wuant, Windoh, SirKazzio, D4rk Frame, Mocê Dum Cabreste, Ric Fazeres, Owhana, MissMushrooms, Paulo Sousa, entre tantos outros, numa interação direta entre o público e os influenciadores, com a missão de transpor o mundo online para o universo offline e aproximar os diferentes públicos que passam pelo recinto da linguagem digital. 

A Worten Game Ring vai, certamente, despertar a curiosidade de todos. Trata-se da primeira arena de gaming a integrar um festival, em Portugal - um conteúdo inovador que o Rock in Rio estreou no Brasil e que se revelou um sucesso. Aqui haverá desafios, competições dos melhores jogos da atualidade e muito gaming.

Na EDP Rock Street vai ser possível viajar até ao continente africano e celebrar a música de uma forma global, através da arquitetura, dos espetáculos e performances de rua. Já no palco Street Dance, a dança volta a ser rainha, prometendo contagiar tudo e todos.

Outra das grandes novidades desta edição, uma estreia absoluta no Rock in Rio, é o Time Out Market Rock in Rio. Este mercado de alta cozinha contará com 380 lugares sentados e 14 propostas gastronómicas, entre as quais espaços da autoria de alguns dos melhores chefs portugueses como Alexandre Silva, Vítor Sobral, Henrique Sá Pessoa e Marlene Vieira. 

A 8.ª edição do Rock in Rio-Lisboa realiza-se a 23, 24, 29 e 30 de junho. Os bilhetes estão à venda nos locais habituais, sendo possível adquirir bilhetes diários pelo valor de 69 euros e passes para o segundo fim-de-semana pelo valor de 117 euros (para o primeiro fim de semana os passes já se encontram esgotados).
Publicado em Rock in Rio
Pág. 1 de 14
100% DJ. Projeto editorial independente cujos valores se guiam pelo profissionalismo, isenção e criatividade, tendo como base de trabalho toda a envolvente da noite nacional e internacional, 365 dias online.

Newsletter

Recebe novidades e conteúdos exclusivos no teu e-mail.

Este site utiliza cookies. Ao navegares neste site estás a consentir a sua utilização. Para mais informações consulta a nossa Política de Privacidade.