19-07-2019

  Diretor Ivo Moreira | Periodicidade Diária

Sobre Nós  |  Fala Connosco     

Pela primeira vez em 26 anos de história, a organização do Rock in Rio anuncia que está em negociações com patrocinadores e artistas para a realização do sétimo dia de evento, previsto para 29 de Setembro.
A decisão foi tomada devido ao sucesso da venda oficial de bilhetes, que terminou em apenas quatro dias, e atende a um pedido do prefeito Eduardo Paes e ao grande volume de solicitações dos fãs, que se mobilizaram na internet após os bilhetes esgotarem — no total, o evento tem cerca de 800 mil seguidores.

Os números das redes sociais do Rock in Rio são impressionantes – o evento é hoje o maior festival de música nas redes. Durante a venda de bilhetes, 94 países consultaram o site para obter mais informações. O site brasileiro soma, desde o seu lançamento, 13,668,832 milhões de visitas, 7,004,660 milhões de visitantes únicos e 48,496,220 milhões de pageviews. No Twitter, o Rock in Rio tem um total de 212.671 seguidores. Já o Facebook atingiu a marca de 585.413 fãs.

A procura de bilhetes para o Rock in Rio 2011 surpreendeu até mesmo os organizadores do evento, que não esperavam uma procura tão grande e filas enormes. A venda oficial para a edição de 2011 teve início no dia 7 de Maio e encerrou três dias depois. Somando a venda do Rock in Rio Card – o lote de 100 mil bilhetes acabou em apenas 21 dias, em Novembro, com menos de 10% da programação anunciada – e a pré-venda do Itaú – o patrocinador principal do evento concedeu alguns benefícios para os seus clientes antes da venda oficial –, em menos de 60 dias, o Rock in Rio 2011 vendeu os 600 mil bilhetes disponíveis para os seis dias de evento.

Para o sétimo dia, a organização informa que ainda não há bandas confirmadas. O Rock in Rio é o maior evento de música e entretenimento do mundo por proporcionar experiências além da música, com este novo parque temático que chega ao Brasil pela primeira vez. A nova data, caso seja confirmada, será completa, como os restantes dias de evento - Palco Mundo, Palco Sunset, Eletrónica, Rock Street, além do Shopping Village e das restantes atracções (Roda-Gigante, Kaboon, Montanha-Russa e Slide).
 
Publicado em Rock in Rio
Na sua primeira edição em terras de Vera Cruz, - no passado fim de semana - o festival belga Tomorrowland, deixou bem claro que o seu grande atrativo é o famoso Mainstage - amplo espaço outdoor que acolhe não só os melhores DJs da cena eletrónica, como também milhares de festivaleiros oriundos de todo o mundo. 
 
Com sucesso absoluto e ingressos completamente esgotados, a organização do Festival que nasceu na Bélgica e que agora está a ser exportado para outros países, confirmou a presença do evento no Brasil por mais cinco anos, ou seja, até 2020 e anunciou ainda as datas para o próximo ano: 21, 22 e 23 de abril.
 
Afrojack, Borgore, David Guetta, Dimitri Vegas & Like Mike, Nicky Romero, Nervo, W&W entre muitos outros artistas divididos por diversos palcos, transformaram a Arena Maeda, em Itu (São Paulo), numa gigantes discoteca que recebeu mais de 50 mil pessoas 
 
Na listagem em baixo, poderás conferir as músicas mais tocadas em pleno MainStage do Festival Tomorrowland Brasil, sendo que as últimas três, foram as mais remisturadas.
 
  • Dimitri Vegas, Martin Garrix, Like Mike - Tremor
  • Alesso - Heroes (We Could Be)
  • Armin Van Buuren - Ping Pong (Hardwell Remix)
  •  

 

  • Calvin Harris - Blame It On The Night (Feat. John Newman)
  • David Guetta, Ne-Yo, Akon - Work Hard, Play Hard
  • Darude - Sandstorm
 
  • Rhythm Of The Night - Corona
  • Oasis - Wonnderwall
  • Queen - We Will Rock You
Publicado em Tomorrowland
Dez anos após a última edição brasileira (2001) o maior evento de música e entretenimento do mundo regressa à cidade que o viu nascer.
O Rock in Rio 2011 começa hoje e prolonga-se pelos dias 24, 25, 29 e 30 de Setembro e 1 e 2 de Outubro, na Lagoa de Jacarapaguá, Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro.
Confere a programação em www.rockinrio.com.br/pt/live/lineup.php.

 


A Cidade do Rock
O Rock in Rio vai utilizar durante os seus sete dias cerca de 12 mil KWA, energia que dá para abastecer o equivalente a 600 casas. O recinto tem dez torres de som e luz, com o formato de rabo de peixe, com 15 metros de altura e 10 toneladas cada. Cerca de 600 pessoas trabalharam diarimante na construção da Cidade do Rock, que tem 40 mil m² de relva sintética, mais de 200km de cabos, 7 ecrãs gigantes e um total de 3 mil toneladas de material utilizado para a montagem das estruturas.
Ao todo foram montados 16 stands, 46 lojas, 12 quiosques, mais de 11 bares e restaurantes, cinco caixas multibanco e cinco cabines anti-ruído espalhadas pelo espaço.
A zona frontal da Cidade do Rock tem 1km de extensão, com 2,5km de perímetro na área que compreende o Palco Mundo e o Palco Sunset e 150m de distância entre os dois espaços. Para encontrar uma área de restauração ou sanitários o público não vai precisar de andar mais do que 60m.

 

 

 

Palco Mundo
O Palco Mundo vai receber grandes nomes da música brasileira e internacional. Tem 86m de frente de palco, 25m de altura, pesa 600 toneladas, e os artistas estarão a uma altura de 2,5m. O revestimento cenográfico é composto por painéis dinâmicos côncavos e
convexos arredondados em placas de metal, uma forma de representar a interactividade entre palco, artistas e público. Estes painéis ampliam os efeitos da iluminação durante a noite, transformando-o num espectáculo à parte.

 

 

 

Palco Sunset
Palco dos grandes encontros ao pôr-do-sol, onde artistas brasileiros e internacionais se vão juntar em jam sessions especiais, inusitadas e inesquecíveis, o Palco Sunset tem 31m de frente, 15m de altura e pesa 100 toneladas. Esta estrutura é menor que a anterior para que os concertos sejam mais intimistas e o público se sinta mais próximo dos artistas que estarão apenas a 2 metros de altura. A ideia por trás deste projecto é oferecer um espaço onde os músicos têm total liberdade para experimentar, onde podem interpretar o reportório uns dos outros, convidar mais nomes para subir ao palco, libertar a criatividade em concertos especialmente preparados para o evento. O conceito estende-se aos bastidores, com os camarins voltados para um lounge, um espaço com instrumentos para os artistas se aventurarem e improvisarem, podendo depois levar essas criações para palco.

 

 

 

Tenda Electrónica
Os melhores DJ’s do mundo vão fazer dançar os fãs da música electrónica numa área com 40m de diâmetro com capacidade para mais de 5 mil pessoas. A Electrónica é composta por equipamentos de som e luz de última geração, além de 6 megafones gigantes, de 9 metros de altura, que pesam em conjunto 20 toneladas, ecrãs gigantes para projecção de imagens e plataformas onde vão estar os bailarinos, assim como um espaço especial para o DJ comandar a festa.

 

 

 

Diversões e Village
A Cidade do Rock será dedicada não apenas à música mas também ao entretenimento, com uma série de atracções que vão para além dos concertos. O Slide com 200 metros de extensão vai permitir o “voo” sobre o público à frente do Palco Mundo, inclusive durante os concertos. Com 28 metros de altura, a Roda Gigante vai oferecer uma vista panorâmica da Cidade do Rock. O Free Fall, localizado à entrada da Rock Street, vai despertar fortes emoções nos adeptos de actividades radicais, com uma queda livre de 17 metros de altura. A Montanha Russa é o único divertimento a encerrar o funcionamento juntamente com os concertos do Palco Mundo.
Para quem gosta de compras, o Village funcionará como um espaço com stands focados em gastronomia, lazer, compras, cada um com uma decoração própria, apresentados ao longo de 200 metros. Um total de 28 lojas de 45m2 cada, sendo 12 de alimentação e 16 de marcas, que funcionam das 14 horas às 4 horas.

 

 

 

Rock Street
A Rock Street é a grande novidade do Rock in Rio 2011 e promete surpreender o público. Esta rua cenográfica é inspirada em Nova Orleães (EUA) tem 160 metros de dimensão e terá 20 lojas, bares e restaurantes onde o público vai encontrar todos os dias, desde a abertura de portas (14h00) às duas horas da manhã, actuações de artistas do mundo do jazz e do blues, músicos que vão circular pela rua, artistas de sapateado como Stephen Harper e Max Pollack, malabaristas, acrobatas, mágicos, estátuas humanas, caricaturistas entre outras surpresas que a organização preparou.

 

Publicado em Rock in Rio
quarta, 14 setembro 2011 22:55

A lata de cerveja que se transforma em copo

A marca brasileira de cerveja Brahma vai lançar, no seu mercado de origem, a “Brahma Copaço”, uma lata que se transforma em copo graças a um sistema de abertura total da tampa.
 
De acordo com a insígnia, a criação do produto teve por base investigações mensais realizadas pela Ambev, que envolveram mais de 2 mil pessoas, e que permitiram à Brahma concluir que o público prefere consumir a cerveja com a experiência do copo mas com a conveniência da lata, noticia a Exame brasileira.

A “Copaço” será brevemente comercializada em supermercados de São Paulo, em latas de 350 ml.
Publicado em Mix
sexta, 29 janeiro 2016 21:14

Ultra Music Festival regressa ao Brasil

O Ultra Music Festival está de volta ao Brasil. Segundo a Phouse, projeto parceiro do Portal 100% DJ, o festival de música eletrónica vai realizar-se no próximo dia 14 de outubro, na Marina da Glória do Rio de Janeiro.
 
O anúncio oficial foi feito hoje durante a Rio Music Conference, no Porto Maravilho do Rio de Janeiro. Até ao momento não há artistas confirmados para o line up do Ultra Music Festival Brasil, mas a Phouse avança com nomes como Martin Garrix e Carl Cox como prováveis presenças no evento.
 
Nos últimos anos o Brasil tem sido palco de grandes festivais como é o caso do Tomorrowland e o Electric Daisy Carnival. O território carioca já recebeu outras edições do Ultra Music Festival no passado, mais propriamente em 2008, 2010 e 2011, em locais diferentes e com artistas como Erick Morillo, Benny Benassi, Gui Boratto, Kaskade, Swedish House Mafia e Laidback Luke no cartaz.
 
{youtube}VhyCqQ3b1U8{/youtube}
Publicado em Ultra Music Festival
Após ter comprado marcas como o Beatport, Tomorrowland e adquirido 50% do Rock in Rio, o grupo de entretenimento SFX criado em 2012, acaba de comprar da agência PlusTalent - uma das maiores empresas do Brasil liderada por Luiz Eurico Klotz, Edo Van Duyn e Silvio Conchon, responsável pelo agenciamento e management de DJs, e a criação e produção de eventos de música eletrónica, incluindo o Tomorrowland em terras de Vera Cruz.
 
“Ter os ingressos do Tomorrowland Brasil esgotados em tempo recorde é a consagração do poder da música eletrónica no Brasil. A Plus Talent é uma empresa talentosa, criativa e que possuí a mais profunda experiência no mercado brasileiro”, disse o presidente e CEO da SFX Robert F.X Sillerman em comunicado.
 
O Festival Tomorrowland - criado na Bélgica em 2005 - terá a sua primeira edição no Brasil nos dias 1, 2 e 3 de maio do próximo ano na cidade de Itu, interior de São Paulo. Com 870.000 pré-registos e 180.000 ingressos vendidos em menos de 3 horas, conseguiu-se constatar a força do mercado brasileiro no que diz respeito aos eventos de música eletrónica.
 
Além destas aquisições, a SFX obteve recentemente a marca de cerveja Skol - que já possui um longo e relevante histórico ligado à música eletrónica.
 
Publicado em Mix
Pires de Lima há muito que o queria: levar Água das Pedras para o mercado brasileiro. Agora conseguiu-o. A marca de águas com gás da Unicer chegou ao Brasil, tendo-se apresentado oficialmente na ExpoVinis, em São Paulo.
 
"A entrada da marca Água das Pedras no Brasil é mais uma importante etapa na estratégia de internacionalização da Unicer, um programa que pretendemos prosseguir com a entrada noutras importantes cidades cosmopolitas. É uma marca muito conceituada nos quatro cantos do mundo mas por ser um recurso limitado temos de gerir a sua exportação com muita atenção. É um recurso português que queremos e merece ser preservado", declarou António Pires de Lima, presidente executivo da Unicer.
 
No Brasil, a Água das Pedras vai integrar o segmento de águas de luxo "devido aos seus atributos mais valiosos, como a origem e as características únicas" e estará presente no universo gourmet, em restaurantes, hotéis e bares de categoria superior, bem como em retalho premium, informa a empresa.
 
Para apresentar a marca na ExpoVinis, aos críticos de gastronomia, sommeliers, enólogos e outros profissionais da restauração, foram desenvolvidas algumas iniciativas, como várias harmonizações de menus de chefs reconhecidos no Brasil com Água das Pedras - como, o chef português Vítor Sobral, restaurante Tasca da Esquina, em S.Paulo; chef Bel Coelho, restaurante Dui; e os chefs Ligia Karazawa e Raúl Jiménez, restaurante Clos de Tapas.
 
Com 140 anos, a Água das Pedras prossegue assim a aposta na sua internacionalização e prepara-se para entrar noutras cidades mundiais, como Nova Iorque e Berlim, onde pretende posicionar-se também no segmento premium.
Publicado em Marcas
terça, 26 abril 2011 23:38

Rock In Rio anuncia cartaz electrónico

Desde a abertura dos portões até às 4h da manhã, a Cidade do Rock não vai parar, promovendo em cada um dos seis dias de evento, 14 horas ininterruptas de música.
A Electrónica, espaço patrocinado pela Burn e Heineken, começa às 22h e promete animar o público durante a madrugada.

Para isso a organização do Rock in Rio seleccionou alguns dos melhores DJs da actualidade: Above & Beyond, Ferry Corsten, Danny Tenaglia, DJ Vibe, Boys Noize, Steve Aoki, François K, Joe Claussel, Danny Krivit, Luciano, Guy Gerber, Hercules and Love Affair, Dimitry From Paris e os brasileiros Gui Boratto, Renato Rathier, Life is a Loop, entre outros.

“A música electrónica segue a linha das tendências musicais do século XXI, renovando-se com novos artistas e sonoridades oriundas de vários estilos musicais como o funk, rock, afro e pop, em misturas cada vez mais evidentes. Esta edição da Electrónica no Brasil promete ser completa e variada – como as edições europeias”, adianta Miguel Marangas, Director Artístico da Electrónica.

A estrutura é composta por seis megafones estilizados, de nove metros de altura, cada um deles com telas para projecção de imagens, e plataformas para bailarinas dançarem nas alturas, cabine especial para o DJ comandar a festa e um espaço para mais de 5 mil pessoas.

23 Setembro
Na primeira noite do Rock in Rio 2011, dia 23 de Setembro, a Electrónica abre com house, passa pela uplifting dance music evoluindo para os melhores nomes do trance. A programação abre com atracções cariocas (DJ Drk e Leo Janeiro) e avança com o Trio Life is a Loop, com uma abordagem mais progressiva. Para terminar foram convocados Above and Beyond e Ferry Corsten, expoentes máximos do trance mundial.
DJ DRK (Brasil), Leo Janeiro (Brasil), Life is a Loop (Brasil), Ferry Corsten (Holanda) e Above & Beyond (Inglaterra).

24 Setembro
No dia 24 de Setembro o tema será o som do "House Underground, de Nova Iorque ao Rio de Janeiro". O line up integra artistas que há muito tempo não actuavam no Brasil, como Danny Tenaglia e DJ Vibe, além da estreia de Nicole Maudaber em solo brasileiro. O casal Flow & Zeo e a DJ Mary Zander vão representar a sonoridade brasileira.
Flow & Zeo (Brasil), Mary Zander (Brasil), Nicole Moudaber (Londres E Oibiza), DJ Vibe (Portugal) e Danny Tenaglia (Estados Unidos).

25 Setembro
O lado mais electro, trash e mash up, numa tendência mais heavy da música electrónica serão apresentados no dia 25 de Setembro. A combinação de elementos hard and heavy do rock com os beats mais agressivos da electrónica resultam numa mistura explosiva de sons. Este é um estilo musical com acentuada relação com a moda actual, direccionado a um público mais novo e que quer chamar a atenção pelo que veste e ouve. Entre as atracções do dia destacam-se Boys Noize e Steve Aoki, além de The Twelves, e Killer on the Dancefloor.
Killer On The Dancefloor (Brasil), The Twelves (Brasil), Steve Aoki (Estados Unidos), Boys Noize (Alemanha).

30 Setembro
O cartaz de dia 30 de Setembro terá um dos maiores fenómenos da música electrónica da última década. O DJ Luciano cruza house, deep, melodical techno e minimal, com pitadas de ritmos latinos. Ligeiramente mais lento, mas também mais progressivo, este foi o grande som de Ibiza e dos melhores clubes do mundo nos últimos dez anos. O DJ chileno é o mentor do Projeto Vagabundos que, em 2010, marcou um novo conceito no Verão da ilha espanhola e se espalhou por todo o mundo. Nesta noite também se apresentam Guy Gerber, Gui Boratto, Renato Rathier, e Ingrid.
DJ Ingrid (Brasil), Renato Rathier (Brasil), Gui Boratto (Brasil), Guy Gerber (Israel) e Luciano (Chile).

1 Outubro
Para o dia 1 de Outubro a Electrónica guarda uma grande surpresa. Esta noite será dos Body & Soul, com os DJs François K, Joey Claussell e Danny Krivit, grupo criados em Nova Iorque em 1996, que comemora este ano 15 anos de existência. O “guru" DJ Harvey também fará a sua estreia no Brasil. O artista está em tournée em 2010/2011 após dez anos sem sair de Los Angeles.
DJ Harvey (Londres e Los Angeles) e Body & Soul NYC USA (François K, Danny Krivit e Joe Claussel)

2 Outubro
Para a noite de encerramento, dia 02 de Outubro, está programada a apresentação de nomes brasileiros como Boss in Drama, um dos maiores nomes do eletro pop do Brasil, Rodrigo Pena – do Bailinho - e Meme. Apresentam-se ainda Hercules & Love Affair, com o seu pop electrónico e, para fechar a noite, Dimitry from Paris, que mostrará o seu mais recente trabalho para a Playboy Manson. Nalaya Brown será a responsável por abrir a noite. A DJ foi contratada especialmente pela Burn para tocar no Rock in Rio.
Nalaya Brown (Tenerife), Boss In Drama (Brasil), Rodrigo Penna (Brasil), Memê (Brasil), Dimitri From Paris (Turquia) e Hercules & Love Affair.
Publicado em Rock in Rio
Emocionante e comovente são adjectivos que definem a abertura dos portões do maior evento de música e entretenimento do mundo. Os visitantes foram recepcionados pessoalmente por Roberto Medina, Presidente do Rock in Rio, que fez questão de receber e elogiar o público que entrava na Cidade do Rock às 14 horas em ponto de sexta-feira, dia 23 de Setembro.
O clima festivo e harmonioso marcou o primeiro fim-de-semana de Rock in Rio, que contou com lotação esgotada. Cerca de 100 mil pessoas visitaram diariamente o primeiro fim-de-semana da 4º edição do Rock in Rio, na cidade que o viu nascer.
Nos últimos 3 dias a área central do evento esteve repleta de fãs sedentos de música e espectáculo.

O primeiro dia de Rock in Rio foi caracterizado pelos ritmos Pop de artistas como Katy Perry, Elton John, Rihanna e pelos portugueses The Gift e Rui Veloso, no Palco Sunset. A abertura do Palco Mundo foi marcada por um espectáculo de fogo-de-artifício, que culminou com a actuação dos Paralamas do Sucesso e Titãs, com a participação especial de Milton Nascimento.
Já o segundo dia, 24 de Setembro, foi dedicado ao Rock com o destaque para as actuações de Snow Patrol e Red Hot Chilli Peppers. Na electrónica DJ Vibe animou os visitantes, com o seu som contagiante.
Por sua vez, dia 25 de Setembro, Domingo, deu a vez aos fãs de Heavy Metal, com as actuações de Motörhead, Slipknot e Metallica a fazerem as delícias do público presente.
A Rock Street, grande novidade desta edição de 2011, encantou todos os que se deslocaram à Cidade do Rock, com actuações de malabaristas, bandas de Jazz, artistas de sapateado, mágicos, acrobatas, estátuas humanas, entre muitos outros. Esta cidade cenográfica, inspirada em Nova Orleães, abre portas às artes performativas alargando o leque de diversão ao dispor dos visitantes do Rock in Rio.

O Rock in Rio regressa nos próximos dias 29 e 30 de Setembro e 1 e 2 de Outubro, com mais concertos e animação. Em Portugal os fãs podem continuar a acompanhar o evento através do site oficial rockinriolisboa.sapo.pt.
Publicado em Rock in Rio
domingo, 10 janeiro 2010 18:55

Rio Music Conference em Fevereiro

Este ano, palestras e painéis foram divididos em 4 temas macro, que servem de orientação junto ao público visitante: CAPACITAÇÃO, TECNOLOGIA, MERCADO E ARTÍSTICO. Os temas, bem como os participantes, mais uma vez trazem ao domínio público o que de mais relevante vem a ser discutido, vendido e apresentado a quem vive e consome música electrónica, de forma a agregar conhecimento e informação para music lovers, executivos, djs, jornalistas, produtores e agentes.

O público assistirá, em dois dias, a uma extensa e rica programação.

Dia 10/02
Palestras - Auditório
18:00 - Economia e Mercado - pesos pesados da indústria do entretenimento discutem os caminhos e oportunidades que se abrem neste cenário pós-crise.
20:00 - Mundo Digital – as diferentes plataformas para se ganhar dinheiro em um universo de gigas e bytes.
22:00 -Questions & Answers (Q&A) – um formato inédito, onde o público participa activamente, com perguntas aos seus ídolos.
Painéis – Lounge RMC – Nos intervalos entre as palestras
19:15 - Legal Issues: Copyrights, Direitos Autorais
21:15 – Legal Issues: Leis de Incentivo


Dia 11/02
Palestras – Auditório
18:00 - Trilhas Sonoras – um debate sobre um dos mercados mais promissores para jovens produtores.
20:00 - Música Independente – como é este mercado que funciona (muito bem) à margem do mainstream.
22:00 - Momento DJ - A música electrónica, assim como a figura do dj, passa por um momento de transição no país. Como se manter em evidência num mercado tão acirrado?
Painéis – Lounge RMC – Nos intervalos das palestras
19:15 – E-Music na World Music – a música electrónica ultrapassou as fronteiras dos clubs e infiltrou-se em todas as camadas sociais.
21:15 – How to be a Rock Star? - Se você tem ou quer ter uma banda, saiba como se comunicar, como se relacionar com gravadoras, fãs e imprensa

Workshops
Para os aspirantes a djs e produtores, os workshops são um prato cheio! Em 6 actividades distintas, o público contará com a prática e a experiência de verdadeiras feras da produção musical, scratching, mixagem e masterização, performance, VJ e trilhas sonoras. Uma oportunidade imperdível de estar em contacto directo com os profissionais que são sucesso nas suas carreiras.

Feira de Negócios
Parte essencial da conferência, a feira de negócios traz um espectro desta indústria que não para de crescer! Agências, selos, clubs, moda, fabricantes de equipamentos e dj shops estarão presentes na conferência, comunicando-se com seu público alvo nesta espetacular plataforma; a fazer negócios ou simplesmente a apresentar as suas marcas.

Village
E, para que o público se sinta ainda mais à vontade no meio de tanta informação, nada melhor do que contar com o providencial suporte do 00 Cozinha Contemporânea, nesta edição homenageando a cidade a cada dia com um prato especialmente preparado. Se a sua for só uma cervejinha, sem problemas. O Bar da Skol estará lá, pronto para servir a mais gelada (e redonda) das “cervas’.
Está a faltar alguma coisa não? Claro, a música! Das 15:00 às 2:00, a radio RMC, sob o comando da lenda viva José Roberto Mahr, apresenta uma deliciosa programação musical, ao vivo, com djs a tocar o melhor do lounge, dub, deep house e tech house. Entre um set e outro, a RMC apresenta, pela primeira vez no Rio, as feras do DMC, o maior e mais tradicional torneio de scratching do mundo, um verdadeiro espetáculo das pick ups com performances de tirar o folego! Semi finais e finalíssima durante a programação.


Mais informações:
www.riomusicconference.com.br
www.twitter.com/rmc2010
Publicado em Eventos
Pág. 1 de 6
100% DJ. Projeto editorial independente cujos valores se guiam pelo profissionalismo, isenção e criatividade, tendo como base de trabalho toda a envolvente da noite nacional e internacional, 365 dias online.

Newsletter

Recebe novidades e conteúdos exclusivos no teu e-mail.

Este site utiliza cookies. Ao navegares neste site estás a consentir a sua utilização. Para mais informações consulta a nossa Política de Privacidade.