23-01-2019

  Diretor Ivo Moreira | Periodicidade Diária

Sobre Nós  |  Fala Connosco     

A ingestão de cerveja - ou qualquer bebida alcoólica - após a realização de exercício físico ou de estômago vazio não é, por norma, aconselhável. Agora, porém, um grupo de investigadores australianos desenvolveu uma cerveja hidratante, que pode ajudar a equilibrar a quantidade de líquidos no organismo e até a evitar a ressaca.
 
Habitualmente, beber álcool aumenta a desidratação, mas uma equipa do Griffith University's Health Institute em Queensland, na Austrália, acredita ter descoberto a solução.
 
Os nutricionistas australianos manipularam os níveis de eletrólitos, presentes em muitas bebidas energéticas, de duas cervejas comerciais (uma normal e uma light), que, depois, foram ingeridas por pessoas que tinham acabado de fazer exercício vigoroso.
 
Os investigadores acabaram por concluir que, embora esta não costume ser uma prática recomendável, a cerveja light modificada mostrou ser um terço mais eficaz a hidratar os indivíduos do que a cerveja normal. 
 
"Não é uma boa ideia, mas a verdade é que há muitas pessoas que suam muito no dia-a-dia e que, depois, saem do trabalho e vão beber uma cerveja, como é o caso, por exemplo, dos trabalhadores da construção civil", explica Ben Desbrow, um dos cientistas envolvidos no estudo, citado pela Australian Associated Press.
 
Segundo os especialistas, esta nova cerveja pode ser também o primeiro passo para o desenvolvimento de produtos capazes de diminuir as hipóteses de ressaca.
 
Publicado em Mix

 

Todos os amantes da série de animação “The Simpsons” conhecem a bebida preferida do protagonista Homer: a cerveja Duff. Ao longo dos anos, têm sido lançadas no mercado vários produtos semelhantes, mas nunca a versão original e oficial.
 
Depois de vários anos de luta entre a Fox e as versões não autorizadas da Duff, a empresa decidiu produzir oficialmente. O seu lançamento será no Chile, mas em breve a cerveja estará disponível em todo o mundo.
 
A venda da Duff vai começar naquele país da América Latina, pois é dos únicos territórios que não possui uma versão não oficial à venda. Até ao momento, apenas na Universal Studios em Orlando e Los Angeles era possível consumir a cerveja preferida de Homer Simpson.
 
Publicado em Marcas
No próximo dia 20 de outubro o eixo entre a Rua do Açúcar e a Capitão Leitão recebe a segunda edição da Oktober Festa, a versão lisboeta da famosa festa e feira de cerveja alemã. O desafio lançado pelo Lisbon Beer District, colectivo marvilense que reúne a Dois Corvos, a Lince e a Musa, vai misturar a cerveja com a música, os pretzels com o chouriço assado, o passado histórico bairro industrial com a cidade cada vez mais virada para o mundo e para o futuro. 

A segunda edição da Oktober Festa acontece entre as 14 e as 2 da manhã, e terá dezenas de variedades diferentes de cervejas para experimentar, desde as mais refrescantes lagers às mais complexas stouts, passando pelas aromáticas IPAs, as desafiantes Sours ou a Marzen (a cerveja típica das Oktoberfest). Uma das novidades este ano será também o lançamento de três criações colaborativas com cervejas artesanais nacionais: a nortenha Letra, a lisboeta Oitava Colina a alentejana Barona.

Acompanhando o ritmo eclético da cidade, a música vai cruzar os diversos cantos que compõem o mapa da cidade, do world, à funk, da soul ao brass, com as escolhas musicais de DJ Quesadilla, Silk (frontmen dos Cais do Sodré Funk Connection), Pedro Primo Figueiredo, Johnny Chase, Abel Santos, entre outros.

A Oktober Festa contará ainda com uma conversa informal sobre o novo universo cervejeiro artesanal e uma prova comentada das cervejas colaborativas criadas de propósito para o evento.
Publicado em Eventos
A banda norte-americana de heavy metal originária de Los Angeles, lançou esta segunda-feira uma edição especial de cerveja Budweiser com a sua assinatura.
 
Esta edição limitada conta com 91 mil latas que foram produzidas para marcar a inauguração da Centre Vidéotron, no Canadá, uma nova casa de espetáculos onde a banda Metallica irá dar dois concertos.
 
Em comunicado, a Budweiser afirma que foi inspirada na força e vibração deste espetáculo histórico para criar uma cerveja com a "imagem do poder do rock". A marca anunciou ainda que esta edição limitada de cervejas, apenas estará à venda no Canadá.
Publicado em Marcas
terça, 26 agosto 2014 20:32

Cerveja Sagres quer conquistar o Brasil

A Cerveja Sagres anunciou hoje que está a produzir no Brasil, numa unidade da Heineken Brasil. O objetivo, para já, é comercializar no Rio de Janeiro a cerveja Premium Sagres Clássica adaptada ao perfil e gosto dos consumidores cariocas.
 
Com um teor alcoólico de 5%, a receita desta cerveja foi desenvolvida pelo mestre cervejeiro da Sociedade Central de Cervejas em parceria com o homólogo brasileiro da Heineken Brasil. A marca garante que para o lançamento foram realizados vários estudos de mercado junto dos consumidores brasileiros, assim como o desenvolvimento de ações de degustação em diversos pontos de venda.
 
Nuno Pinto de Magalhães, Diretor de Comunicação e Relações Institucionais da Sociedade Central de Cervejas referiu, em comunicado, que este lançamento "só é possível através da disponibilidade e oportunidade que a plataforma de produção e de distribuição local nos proporciona".
 
Fonte: Imagens de Marca.
 
Publicado em Marcas
Há 256 anos que a Guinness faz a sua cerveja da mesma forma, mas isso está prestes a mudar. No próximo ano, a empresa deixará de utilizar bexigas de peixe nos seus filtros, depois de vários anos de queixas por parte dos vegan irlandeses.
 
Segundo a imprensa britânica, há muito que estes estão a pedir à cervejeira para não utilizar ictiocola, um subproduto da indústria de pesqueira, usado para remover o fermento extra da Stout e ajudá-lo a estabilizar de forma mais rápida. Este produto é utilizado desde o século XIX.
 
“A ictiocola é eficiente e usada há muitos anos, mas vamos deixar de a utilizar assim que o novo processo de filtração for introduzido”, explicou um porta-voz da marca ao The Times. O que deverá ocorrer já no próximo ano.
 
Há cerca de 12 anos que a comunidade vegan e vegetariana insistem que a Guinness altere a sua técnica de produção da Stout. “Temos noção de que a sua utilização é uma barreira ao consumo dos nossos produtos por parte de algumas pessoas. Por isso estamos a procurar alternativas”, sublinhou o porta-voz da Guinness.
 
Esta decisão surge numa altura em que o Parlamento Europeu pôs em prática um plano para forçar as cervejeiras a destacar a utilização de ictiocola nas suas garrafas.
Publicado em Marcas
A Super Bock desafiou os fãs a tirarem a cerveja portuguesa, mas precisava de tirar a prova dos nove. E para isso escolheu a Nylon: em resposta a agência criou um analisador de cerveja.
 
O que a marca da Unicer pediu à agência de Joah Santos foi uma ação em linha com o propósito da campanha, isto é, amplificar momentos de amizade, mas também que assinalasse de forma única esta nova fase da comunicação.
 
Recorrendo a uma tecnologia criada propositadamente para estes eventos, a Nylon produziu um mecanismo que permitia ver se a cerveja era, efetivamente, tirada na perfeição. Caso fosse, algo extraordinário acontecia como se pode comprovar no vídeo em baixo.
 
 
Publicado em Marcas
A primeira produção publicitária da Super Bock em Moçambique já está no ar e comunica a entrada da Super Bock Mini Saca Fácil no país. Desenvolvida em parceria com a Executive Moçambique, a campanha decorre até 8 de janeiro do próximo ano nas principais estações de televisão e rádio, para além de incluir materiais de ponto de venda. 
 
"O investimento gradual que a Unicer está a aplicar em Moçambique mostra a relevância do país para a empresa e a expectativa de aumentar as exportações de Super Bock para este mercado, nos próximos anos. Até ao final da década, a empresa portuguesa estima alcançar vendas na ordem dos 20 milhões de litros", refere a Unicer em comunicado.
 
Publicado em Marcas
O consumo médio per capita até pode ter descido, mas Portugal continua a um ser um dos países que consomem mais álcool.
 
Os novos dados foram divulgados esta segunda-feira num relatório da Organização Mundial da Saúde. Entre 2003 e 2010, o consumo do álcool em Portugal teve uma redução de 1,5 litros per capita, descendo de 14,4 no período 2003-2005 e para os 12,9 litros entre 2008-2010. Ainda assim um consumo mais elevado que a média europeia - desceu dos 11,9 litros para os 10,9. Na Europa, os homens consomem, em média, 18,7 litros per capita. Já as mulheres ficam-se pelos 7,6 litros, ou seja, menos de metade.
 
No documento, que contém uma lista com 44 países, a Bielorrússia surge como o país com consumo mais elevado - 17,5 litros de álcool per capita. É seguida de perto pela Moldávia, com 16,8 litros, e pela Lituânia, com 15,4.
 
Em território nacional, o vinho representa 55% do álcool consumido. Em segundo lugar surge a cerveja, com 31%, as bebidas espirituosas com 11% e outro tipo de bebidas com apenas 3%.
 
 
Fonte: Quero Saber.
 
Publicado em Mix
quarta, 31 julho 2013 16:09

Museu da Cerveja 'Brinda a Lisboa'

Brindar a Lisboa é o mote da iniciativa com a qual o Museu da Cerveja, Núcleo Museológico e espaço de cervejaria no Terreiro do Paço, se associa, pelo segundo ano consecutivo, às celebrações do Dia Internacional da Cerveja, comemorado a 2 de agosto.
 
Definido como um espaço de cultura, gastronomia e cerveja, onde se celebra o património da cerveja dos Países de Língua e Expressão Portuguesa, o Museu da Cerveja pretende, com a ação, enaltecer o são convívio entre as pessoas em torno desta bebida.
 
A iniciativa, que envolve um conjunto de atividades, a realizar em 2 e 3 de agosto, entre as 21 e as 23 horas e inclui no primeiro dia, o programa "Rocha no Ar", da RFM, parceira oficial do Museu da Cerveja, a transmitir em direto da esplanada com a presença de um painel de convidados - nomeadamente do diretor-geral da Associação Turismo de Lisboa, Vítor Costa, e do ator Carlos Cunha -, para além da atuação ao vivo de Miguel Ângelo, e acesso gratuito ao núcleo museológico, situado no primeiro piso deste espaço.
 
No segundo dia mantém-se o acesso gratuito ao núcleo museológico (entre as 15 e as 20 horas) e realiza-se o "Live Music", com o DJ Paulo Fragoso, na esplanada.
 
O Dia Internacional da Cerveja, criado em 2007, conta com a participação de mais de 50 países, entre os quais Portugal, representado pelo Museu da Cerveja.
 
Publicado em Eventos
Pág. 1 de 7
100% DJ. Projeto editorial independente cujos valores se guiam pelo profissionalismo, isenção e criatividade, tendo como base de trabalho toda a envolvente da noite nacional e internacional, 365 dias online.

Newsletter

Recebe novidades e conteúdos exclusivos no teu e-mail.