09-07-2020
  Diretor Ivo Moreira  \  Periodicidade Diária

 

Para comemorar o sucesso de três anos do RFM SOMNII – O Maior Sunset de Sempre, que volta este ano à Praia do Relógio da Figueira da Foz nos próximos dias 11 e 12 de julho, vai ser lançada a compilação com o mesmo nome do festival, assinada pela Vidisco.
 
O CD duplo reúne temas de grandes produtores internacionais como Axwell /\ Ingrosso, Robin Schulz, Nicky Romero, Dannic, Avicii, Pete Tha Zouk, Kura e Massivedrum, além de sete faixas originais e nunca antes editadas de artistas portugueses, que venceram o passatempo da RFM DanceFloor. Destes sete artistas escolhidos, aquele que até ao dia 15 de junho reunir o maior número de downloads no Itunes vai ter a oportunidade de atuar no RFM SOMNII, ao lado de nomes como Nicky Romero, Martin Solveig e Kura.
 
A seleção das músicas foi feita pelos DJs oficiais da RFM, Djay Rich e António Mendes, que também misturaram o segundo disco do RFM SOMNII – O Maior Sunset de Sempre. A compilação vai estar disponível a partir do dia 11 de maio, em formato físico e digital.
 
O RFM SOMNII – O Maior Sunset de Sempre já tem cartaz completo e António Mendes, Diretor da RFM, deixou um apelo a todos os leitores do Portal 100% DJ: “Venham ao RFM SOMNII. De certeza que vão gostar. (...) vai ser, sem dúvida, o melhor sunset de sempre, maior que os outros anos e tenho a certeza que se vão divertir. Para os leitores que são produtores e DJs – sei que têm muitos – continuem a trabalhar, porque há produto muito bom feito em Portugal”.
 
 
Publicado em Mix
Um jovem de 20 anos foi esfaqueado ontem à noite, no festival de trance Play Music, que decorria na Lagoa da Ervedeira na região de Leiria. Os ferimentos foram feitos no peito da vítima mas não são considerados graves.
 
A GNR foi chamada ao local às 06h30 da madrugada depois de um desacato que aconteceu no evento da freguesia de Coimbrão. Segundo o jornal Correio da Manhã ainda não foi apresentada queixa às autoridades e a vítima já teve alta hospitalr.
 
O festival Play Music acontece até este domingo e conta com Cosmosis, Nikki S, Orca, H-Side, E-Mov e muitos outros no cartaz.
Publicado em Mix
A segunda edição do Les Plages Electroniques está quase a chegar. O evento francês vai decorrer nos próximos dias 2, 3 e 4 de junho na Praia da Sereia da Costa de Caparica, em Lisboa.
 
Gramatik, Etienne De Crécy (DJ set), Møme, Pfel & Greem (C2C), dOP, Matias Aguayo (DJ set), Moullinex, Romare (DJ set), iZem, Point G, Holly e DJ Vitamine são os artistas confirmados para a edição deste ano da beach party.
 
A cidade portuguesa é a segunda a nível a mundial a receber este evento, que decorreu durante 10 anos na praia de La Croisette, em Cannes (França).
 
Os bilhetes já estão disponíveis nos locais habituais a um preço de 35 euros para o passe de dois dias.
 
{youtube}zmWVBF0j45o{/youtube}
Publicado em Festivais
segunda, 03 setembro 2012 22:39

Redes sociais: Optimus Alive foi o mais falado

As redes sociais Facebook e Twitter geraram um total de 12.086 publicações durante os períodos de sete dos principais festivais de música em Portugal, segundo um estudo do E.life Group, uma empresa de monitorização.
 
A análise decorreu entre 5 de Junho e 19 de Agosto e registou, através de vários termos de pesquisa utilizados em dois sistemas de medição da empresa no Facebook e no Twitter, um total de 12.086 publicações, tendo o Optimus Alive, em Oeiras, sido o evento mais citado com 3.092 publicações e um impacto de 1.640.509 pessoas.
 
Porém, as citações não equivalem necessariamente a impacto, tendo o Primavera Sound, no Porto, sido o menos citado (1.039 publicações), ainda que tenha ficado em terceiro lugar em termos de impacto total, ou seja, a extensão de pessoas a que chegou, que foi de 1.130.596.
 
Já Paredes de Coura, em segundo lugar no que toca ao impacto com 1.278.123 pessoas, verificou um particular destaque para o regresso dos Ornatos Violeta no que toca ao conteúdo das mensagens, indicou o documento da E.life, com a chuva a também ser um elemento das partilhas dos utilizadores das duas redes sociais.
 
Para vários dos sete eventos, as publicações no Facebook e no Twitter diziam respeito a informações gerais como horários e actuações de bandas em concreto.
Publicado em Festivais
sexta, 22 julho 2016 14:49

Tomorrowland 2016 - On Live

Acompanha todos os desenvolvimentos e pormenores do Festival Tomorrowland no Portal 100% DJ.
 

 
 
Publicado em Tomorrowland

 

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) deteve hoje cinco pessoas por venda online ilegal de bilhetes para o festival NOS Alive, que vai decorrer entre os dias 9 e 11 de julho, em Lisboa.
 
A Unidade Regional do Centro instaurou os cinco processos-crime por prática de crime de especulação na forma tentada, uma vez que os bilhetes estavam à venda a 250 euros, quando na realidade têm um valor comercial de 55 euros cada.
 
Em comunicado, divulgado pela Agência Lusa, a ASAE afirma ainda que “tem vindo a realizar várias ações de investigação/fiscalização da venda online de bilhetes para o festival NOS Alive 2015”.
 
 
Publicado em Festivais
O novo festival de Lisboa - Nova Batida - vai ocupar este fim-de-semana a Lx Factory e o Village Underground, em Alcântara. O cartaz conta com mais de 50 artistas, processo longo que exigiu "muita reflexão e energia" conta a organização em entrevista ao Portal 100% DJ. Além de novos talentos a estreia deste festival traz a Lisboa os suecos Little Dragon, o britânico Gilles Peterson, a dupla Mount Kimbie, o nigeriano Seun Kuti, sem esquecer de talentos portugueses como é o caso de Riot, Octa Push e Rita Maia.
 
O festival começa a partir das 13 horas e além da componente musical terá ainda aulas de surf e ioga, festas em barcos e street food. Para saber quais as espectativas e o que podemos esperar desta primeira edição de festival Nova Batida, o Portal 100% DJ esteve à conversa com Dan Flynn, representante da Soundcrash, produtora londrina que organiza festas de música eletrónica em vários países. O Portal 100% DJ é Media Partner do evento.
 

Quais são as expectativas para a primeira edição de Festival Nova Batida?
Esperamos que a primeira edição seja uma experiência incrível para todos os envolvidos e mal podemos esperar que visitantes do Reino Unido e de outros países de todo o mundo testemunhem em primeira mão a vibração calorosa e acolhedora de Lisboa e dos seus residentes. Escolhemos Lisboa não só por causa da sua cena musical, mas porque é uma cidade próxima ao nosso coração por tantas outras razões. A perspetiva de ter a oportunidade de dar algo de volta à cidade é algo que é muito excitante para nós.

São mais de 50 artistas que fazem parte da programação. Foi difícil conseguir este cartaz? 
Foi um processo que levou muitos meses, então, é claro que demorou muito - construir um cartaz de festival exige muita reflexão e energia. Não poderíamos estar mais felizes com o nosso primeiro line up e estamos felizes em trazer um grupo tão talentoso de artistas. Também foi ótimo que tantos artistas de Lisboa estivessem tão entusiasmados em juntar-se ao cartaz e estamos muito contentes por ter tantos representantes da música eletrónica nacional.

Que critérios tiveram em conta na hora de escolher os artistas?
Dos artistas ao vivo que selecionámos, escolhemos artistas que tinham músicas novas a serem lançadas - garantindo que todas as apresentações no festival fossem frescas e excitantes para o nosso público. Como disse anteriormente, também queríamos que muitos artistas portugueses participassem - algo que certamente continuaremos em 2019.
É comum que nos festivais alguns artistas realizem alguns pedidos mais excêntricos à organização. Há algum que vos tenha surpreendido particularmente?
Depois de anos a trabalhar na indústria da música não há muito que nos surpreenda. Para a Nova Batida todos os artistas do line up deste ano mostraram-se muito humildes.

No que se diferencia o vosso festival dos outros?
Acho que é uma combinação de muitas coisas diferentes. O festival principal está dentro dos locais super coloridos e criativos do Village Underground e da LX Factory, mas também há uma festa na praia no domingo dedicada aos participantes que pretendem estar junto da natureza. Temos uma linha de música ampla, mas coesa, da qual estamos muito orgulhosos e sabemos que haverá alguns momentos loucos quando Little Dragon, Mount Kimbie e outros subirem ao palco, mas também mal podemos esperar que os festivaleiros descubram os seus novos DJs favoritos numa área diferente. Também é diferente em que há uma grande comunidade de amantes da música do Reino Unido, França e Alemanha a visitar a cidade, mas também haverá uma grande percentagem de moradores locais no coração da festa. Mal podemos esperar que as vidas destes amantes da música de toda a Europa colidam - vai ser um momento encantador.

Além da componente musical, o que poderão assistir os festivaleiros do Nova Batida?
Temos várias atividades extras disponíveis, desde aulas de surf até aulas de ioga, festas em barcos e muito mais.

Em futuras edições, a cidade de Lisboa continuará a ser o local de eleição para acolher este festival?
Sim, vamos colocar bilhetes da edição de 2019 à venda em breve, apenas um ano do Nova Batida em Lisboa não chega. Vemos isso como um projeto de longo prazo e esperamos ser muito, muito felizes aqui.

Que recomendações gostaria de deixar aos festivaleiros?
Para aqueles que ainda não tiveram a experiência de ir a um festival de música em Lisboa, vão ser bem recebidos. Para os que já foram a eventos do mesmo género, já sabem o quanto se vão divertir!
 
Publicado em Business

 

A ilha de Obonjan, na Croácia, foi recentemente comprada pelo promotor responsável pela organização do Unknown Festival, para ser transformada num local de festa para os amantes da música eletrónica.
 
Este novo projeto está a ser trabalhado há três anos, em parceria com a Sound Channel, pretendendo levar centenas de artistas, chefs e filósofos para a ilha croata, tornando-a num destino único. O objetivo é juntar as artes e a música num paraíso.
 
Outras iniciativas como a promoção do bem estar, a vida sustentável e a gastronomia vão ser realizadas no futuro festival, que vai ter um alojamento “criativo”, segundo a organização.
 
 
Publicado em Festivais
O Boom Festival, que decorre entre os dias 28 de julho e 4 de agosto do próximo ano em Idanha-a-Nova, acaba de divulgar o tema da 13ª edição do evento. A escolha recaiu sobre “Antropoceno”.
 
Antropoceno é um convite à reflexão e ação no nosso mundo e no impacto que temos no mesmo, lutando por mudanças de hábitos para tornar o planeta num lugar melhor. 
 
“Mais de duas décadas após a fundação do Boom Festival, séculos após a invenção da máquina a vapor, em plena ebulição de um planeta maravilhoso e inconstante, onde as possibilidades luminosas se entrecruzam com previsões fatalistas, chamamos o ativista em ti, o ser imaginador, apelamos à natureza construtiva do ser humano para um impacto regenerativo, para a vivência num bom Antropoceno”, revelou a organização do festival em comunicado.
 
Ao longo dos anos, o Boom Festival tem sido distinguido com os prémios “Outstanding Greener Festival Award, um importante galardão de eventos sustentáveis.
 
Publicado em Festivais
A Cidade Universitária, em Lisboa, vai receber esta sexta-feira e sábado o primeiro Festival Académico de Lisboa, uma organização da FAL (Federação Académica de Lisboa), com o intuito de integrar os novos caloiros e dar-lhes as boas vidas ao ambiente e à vida académica.
 
Além da música, o evento terá atividades de entretenimento e de desporto, desde insufláveis, a paredes de escalada e um ringue de futebol. Estas atividades decorrem entre as 9 e as 15 horas de sábado, no recinto do Festival e são gratuitas.
 
Na sexta, dia 29 o cartaz conta com Virgul, Piruka, que acumula milhões de seguidores e plays nas suas músicas, Putzgrilla, autores dos hits "Sentadinha" ou "Squeeze Me" e ainda a dupla de DJs Alpha Heroes.
 
O line-up de sábado, dia 30, erá preenchido com Dillaz, nome sonante do hip hop português actual, Wet Bed Gang, a banda nacional Trevo e a representar a música electrónica, o "campeão" DJ Ride.
 
Os bilhetes estão à venda nas Associações de Estudantes da Federação Académica, na Bilheteira Online e nos restantes espaços aderentes.
 
Publicado em Festivais
Pág. 1 de 12