22-03-2019

  Diretor Ivo Moreira | Periodicidade Diária

Sobre Nós  |  Fala Connosco     

No Dia Internacional da Amizade e a poucos momentos do arranque de mais uma edição do festival Tomorrowland, fomos conhecer a “Tomorrowland Crew Portugal”, um grupo de amigos bastante especial que tem uma paixão em comum: a música eletrónica. Laëtitia Esteves desde 2013 que lidera esta comunidade, que tem vindo a ganhar cada vez mais seguidores.
 
O grupo, fundado em 2013, inicialmente não tinha um nome específico. “A partir daí, sempre que um DJ internacional vinha a Portugal, sempre que havia um evento de Electronic Dance Music (EDM) ou sempre que o Pete Tha Zouk atuava, juntávamo-nos todos. Começaram-se a juntar amigos nossos que não tinham ido ao Tomorrowland mas que acabaram por fazerem parte deste grupo por acharem o ambiente fantástico”, salientou.
 
Vestiam-se sempre a rigor, com t-shirts, pulseiras e a famosa bandeira do Tomorrowland, que os acompanha em todos os eventos. O nome “Tomorrowland Crew Portugal” surgiu através de Pete Tha Zouk. Durante uma atuação do DJ português na Discoteca Pedra do Couto, em Santo Tirso, a crew esteve “na frontline a noite toda”, uma das características do grupo e “durante o set foi puxando pelo público, como é habitual e apelidou-nos de Tomorrowland Crew Portugal”, incluindo o novo nome numa publicação na sua página oficial de Facebook. “Desde então somos a Tomorrowland Crew Portugal com o melhor padrinho que alguma vez poderíamos ter: Pete Tha Zouk”.
 

 
O grupo conta com cerca de 60 elementos “mas vai crescendo todos os dias. A cada evento, juntam-se mais pessoas” e “temos a sensação que nos conhecemos há imenso tempo. No fundo, temos uma única coisa que nos junta: a paixão por música eletrónica”. Laëtitia Esteves revelou ainda que a “Tomorrowland Crew Portugal” tem como objetivo principal “juntar o maior número possível de elementos” para “formar o maior e melhor grupo de festivaleiros portugueses de sempre”.
 
Esta Crew já esteve presentes em eventos como o Ultra Music Festival, Ultra Europe, Amesterdam Music Festival, Qapital, Mega Hits Kings Fest, Melhores do Ano da rádio Nova Era, EDP Beach Party, RFM SOMNII - O Melhor Sunset de Sempre, MEO Sudoeste, Where’s The Party by Carlsberg, Azurara Beach Party e em digressões de artistas como Armin van Buuren, Hardwell, Alesso e o português Pete Tha Zouk por vários países do mundo.
 
Laëtitia Esteves ainda não tem um futuro definitivo para a Tomorrowland Crew Portugal, porque “é tudo muito recente”, mas pode “passar pela organização de eventos de EDM”.
 
Publicado em Tomorrowland
Pela primeira vez no Tomorrowland, a editora de Hardwell, Revealed Recordings, irá ter um palco próprio, com nomes bem conhecidos da música eletrónica da atualidade, como Dannic, Joey Dale e Sick Individuals.
 
No Opera stage, irão subir à cabine os amigos de Carl Cox, tais como Dubfire, Dolomun e Javi Row, com a apresentação de MC Gunner.
 
Para o palco Ketaloco, foram também anunciados alguns artistas pela organização do Tomorrowland, bem como para o palco apresentado por Derrick Carter, onde apenas irão atuar DJs em modo B2B.
 
O festival Tomorrowland está marcado para os dias 24, 25 e 26 de julho, em Boom, na Bélgica.
 
Confere abaixo os artistas confirmados, nos respetivos palcos:
 
Hardwell presents Revealed (sábado, 25 de julho):
  • Dannic
  • Dyro
  • Hardwell
  • Headhunterz
  • Joey Dale
  • Jordy Dazz
  • Julian Calor
  • Kill The Buzz
  • Manse
  • Sick Individuals
  • Thomas Newson
 
Carl Cox & Friends (sexta feira, 24 de julho, apresentado por MC Gunner):
  • Carl Cox
  • Dufire
  • Javi Row
  • John Digweed
  • Jon Rundell
  • Monika Kruse
  • Nicole Moudaber
  • Solomun
 
Ketaloco (sábado, 25 de julho):
  • Andhim
  • Caspar
  • Don Cabron
  • Edu Imbernon
  • Karotte
  • Marc Romboy VS Stephan Bodzin
  • Nico Morano
  • No Shit Like Deep
 
Derrick Carter presents... Family and the Friends (sexta feira, 24 de julho):
  • Derick Carter B2B Eats Everything
  • Mark Farina B2B Seth Troxler
  • DJ Pierre B2B Riva Starr
  • Sven van Hees B2B Flapjackers
 
Publicado em Tomorrowland
A magia do Tomorrowland ganhou uma comemoração especial. No ano em que o evento completou dez edições em Boom, na Bélgica, e para celebrar a conquista, a MTV produziu um documentário de 44 minutos de duração, com o título "Tomorrowland - 10 Years of Unity, Love, Madness and Magic".
 
No vídeo pode assistir-se a excertos dos melhores momentos do evento que vem conquistando milhões de fãs por todo mundo. Há também entrevistas a DJs consagrados, como Nicky Romero, Dimitri Vegas & Like Mike, Steve Aoki, Kaskade, David Guetta, e um pedido de casamento romântico de um casal de festivaleiros.
 
O documentário, apesar de ter sido disponibilizado nas últimas semanas, foi filmado em 2013 e inclui a memória de uma experiência de vida "que só se vive uma vez" de Armin van Buuren, imediatamente após o nascimento de seu filho.
 
Confere, em baixo, o documentário assinado pela MTV e também o aftermovie da edição deste ano que foi lançado esta semana.
 
 
Publicado em Tomorrowland
Apesar de ainda faltarem alguns meses para a edição deste ano do Tomorrowland, que vai decorrer nos fins-de-semana de 20 a 22 e 27 a 29 de julho, na Bélgica, a organização anunciou hoje a primeira fase de artistas confirmados.
 
Axwell /\ Ingrosso, Charlotte de Witte, Hardwell, Netsky, REZZ, Bem Klock, Da Tweekaz, Axwell, Solomun, Sven Vath, Claptone, Camelphat, Kolsch, Marcel Dettmann, Armin van Buuren, &me vs Rampa, Patrice Baumel, Partyraiser, RL Grime e Stephan Bodzin são os primeiros DJs e produtores a fazer parte do cartaz deste ano.
 
Uma das grandes novidades da edição de 2018 do Tomorrowland é o regresso de Hardwell ao festival belga. O artista holandês não constava no line-up do evento desde 2015.
 
Publicado em Tomorrowland
Deixou a carreira de professor de educação física e moral para se dedicar de corpo e alma ao djing e à produção musical. Quando se fala de Yves V, é inevitável referir o festival Tomorrowland, uma vez que o artista belga é considerado o DJ residente. Graças ao impacto das suas atuações transmitidas para todo o planeta, hoje em dia cumpre um dos seus maiores sonhos: viajar por todo o mundo acompanhado da sua música e dos seus fãs. O Portal 100% DJ teve a oportunidade de conversar com o produtor belga, sobre temas como a sua carreira atual, o nosso país e, claro, o festival que é a sua segunda casa.
 
 
És o DJ residente do Tomorrowland. Como te sentes ao fazer parte do maior festival do mundo?
É ótimo. Todas as pessoas me perguntam isso. Eu estou lá quase desde o início por isso eu vi toda a evolução. Agora tenho o meu próprio palco e atuei também no Main Stage, na edição do Brasil e dos Estados Unidos da América. Estou muito feliz por continuar lá e posso chamar-me de ‘DJ residente’ daquele festival, porque às vezes as pessoas não sabem onde é a Bélgica, a minha terra natal, mas sabem onde é o Tomorrowland.
 
Qual é a tua opinião sobre a expansão do Tomorrowland para outros países como o Brasil ou os Estados Unidos da América?
É muito bom, penso eu. Especialmente o Brasil, na minha opinião, é um grande mercado para mim. O público brasileiro e o Tomorrowland são uma combinação muito boa. A primeira edição ficou esgotada em duas horas e a edição americana também vendeu bem. Acho bem que não o façam em todos os países, mas sim em todos os continentes. É positivo expandir a marca.
 
Já atuaste várias vezes no nosso país. O que tens a dizer sobre Portugal e o nosso público?
Fantástico! Amo o clima, porque é muito diferente da Bélgica e o público tem sempre muita energia. Todos estão felizes e sabem as músicas, é uma das coisas que se consegue ver. A última vez que cá estive, havia pessoas no público com uma bandeira com o nome de uma faixa minha que ainda não tinha sido lançada, foi muito bom. 
 
Conheces algum DJ português?
Sim, o Kura. Que outros DJs portugueses me aconselham?
 
E para quando uma colaboração com um DJ português?
Atualmente estou a planear com o Kura para fazermos alguma coisa. Até agora não tenho nenhuma produção com um artista português mas nunca se sabe o que o futuro possa trazer.
 

(…) o meu maior objetivo: viajar pelo mundo e partilhar a minha música.

 
Qual é a tua colaboração de sonho?
É difícil dizer um só nome, mas se pudesse escolher seria alguém fora da música de dança. Alguém de uma banda de rock, de música clássica, ou um cantor. Algo totalmente diferente e que as pessoas não estejam à espera.
 
Como por exemplo?
Há muitos bons cantores, como por exemplo a Birdy. Ela tem uma voz muito boa que desperta muitas emoções. Iria ser uma excelente combinação. Mas há muitos outros bons nomes que seriam uma boa hipótese. 
 
Qual foi o melhor momento da tua carreira?
É óbvio que tenho de referir novamente o Tomorrowland. O mundo inteiro está a ver o Main Stage e aquilo que tu estás a reproduzir naquele momento. Cada vez que atuo lá, consigo ver as reações nas redes sociais. O Tomorrowland é sempre um momento alto na minha carreira.
 
Na tua opinião, quem merece a primeira posição do Top 100 DJs da DJ Mag?
É uma pergunta muito difícil. Mas acho que a resposta é Dimitri Vegas & Like Mike. São os meus irmãos da Bélgica. Na minha opinião é muito difícil dizer quem possa ser o melhor DJ do mundo, porque existem muitos bons artistas.
 
Que novidades podes desvendar acerca do futuro da tua carreira?
Tenho muitas novas produções a chegar. Espero que tudo corra bem. Vou estar em digressão e esse é o meu maior objetivo: viajar pelo mundo e partilhar a minha música.
 
Que mensagem gostarias de deixar aos seguidores e leitores do Portal 100% DJ?
Quero agradecer a todos que têm ido às minhas atuações e se nunca o fizeram, espero conhecê-los em breve num dos meus próximos shows. Continuem a apoiar a música eletrónica!
 
 
Segue Yves V nas redes sociais
     
 
Publicado em Entrevistas
Steve Aoki, David Guetta, Hardwell e Armin van Buuren são alguns dos artistas da primeira fase, confirmados hoje pela organização do Tomorrowland Brasil. A edição carioca de um dos maiores festivais de música eletrónica vai decorrer de 1 a 3 de maio, em São Paulo.
 
Os brasileiros Alok, Ftampa e Gui Boratto também irão estar presentes no Tomorrowland, que promete escrever um “novo capítulo no ‘The Book Of Wisdom’”.
 
Confere abaixo o cartaz completo:

 

 

 

Publicado em Tomorrowland
Último dia! Passou tão rápido. Queríamos tanto que chegasse julho para cá vir e, de repente, está quase terminado. O ambiente é sempre o mesmo: alegria, mas já com um toque de nostalgia.
 
O calor intenso não nos deixou dormir. Avizinha-se um dia muito quente. Bem, em 4 anos, é a primeira vez que não chove durante o dia.
 
Alguns começam a preparar as malas porque o voo de regresso é cedo. Pouco tempo teremos para descansar.
 
Entrámos cedo para o recinto. Depois do almoço, reunimo-nos no bar dos gins e ali estivemos parte da tarde a conviver. Oliver Heldens subia ao palco às 18 horas e todos fomos ver o ‘miúdo’. É o último dia e é para aproveitar ao máximo. O grupo está super animado. Sucedem-se os vídeos, as fotografias e os cânticos de modo a elevar bem alto o nome de Portugal.
 
Após o jantar, temos Steve Aoki no Mainstage e o grande Steve Angello com, na minha opinião, um dos melhores sets desta edição do Tomorrowland. Estávamos na varanda onde pendurámos algumas bandeiras da Tomorrowland Crew Portugal e do Portal 100% DJ nas grades e por ali ficámos, até que alguns decidiram ir para a frontline de modo a aparecermos no livestream. Que luta para lá chegar, mas após alguma insistência, lá conseguimos. Rapidamente fizemos novas amizades. Não nos conhecíamos de lado nenhum mas rapidamente pegávamo-nos uns aos outros nos ombros ou até mesmo em pé! Que loucura!
 
Steve Angello ia apontando, sorrindo cada vez que um de nós se destacava naquela multidão. Segue-se Martin Garrix e a animação era tanta que decidimos continuar bem lá na frente. Íamos aparecendo no livestream. Os nossos amigos que não puderam vir estavam atentos ao livestream e iam-nos enviando as fotos. Ainda mais vontade tínhamos de elevar bem alto as cores de Portugal! A produção durante o set de Garrix foi simplesmente indiscritível. Afinal, estávamos quase no fim dos 3 melhores dias das nossas vidas.
 
Dimitri Vegas & Like Mike encerram o Mainstage com um set em vinyl. Estávamos no fim, mesmo no fim. Ainda não queríamos acreditar que tudo acabava ali.
 
 
Após o encerramento, ficámos todos juntos a desfrutar dos últimos momentos. Entre sorrisos e abraços, haviam muitas lágrimas. Lágrimas de felicidade extrema mas também de tristeza por voltar à realidade. Lágrimas que demonstravam o quanto estes últimos dias foram especiais.
 
Foram dias que as palavras não conseguem descrever o que sentimos e vivemos. Este grupo foi sem dúvida dos mais unidos nos últimos anos. Todos tínhamos algo em comum: divertirmo-nos ao máximo.
 
No meio de tanto terrorismo, os festivaleiros do Tomorrowland mostraram que o espírito de união existe, sem guerras nem maldade. A música uniu cultura, países e religiões.
 
Por último, só tenho de agradecer a todos os portugueses que se juntaram a mim desde o primeiro dia nesta mega aventura. Obrigada pelo vosso espírito de união e diversão. Obrigada por terem tanto orgulho em serem portugueses. Obrigada por me ajudarem no grupo a esclarecer todas as dúvidas nestes últimos meses. Sem vocês, nada disto seria possível. Fico com a certeza que tenho amigos verdadeiros para a vida e espero viver muitas mais aventuras ao vosso lado.
 
Um obrigada especial ao meu amigo Pete Tha Zouk por ter-se juntado a nós para viver esta experiência única. Espero que tenhas gostado, assim como adorámos ter-te connosco.  Obrigada a todos os nossos seguidores. Tentámos transmitir o que é o espírito do Tomorrowland e penso que foi tarefa conseguida.
 
Por fim, não sei como agradecer ao Portal 100% DJ por todo o trabalho desenvolvido. Fica aqui um ‘mega’ agradecimento de toda a Crew. Esperamos ter-vos connosco no próximo ano!
 
Fica a promessa de voltarmos à terra dos sonhos já no próximo ano porque é impossível não ir!
 
Deixo aqui um apelo: gostava que este grupo voltasse, juntando os elementos dos anos anteriores (2013, 2014 e 2015) e claro, que venham novos elementos com este espírito de aventura.
 
"Live today... Love Tomorrow... Unite Forever..."
 
Laetitia Esteves (Tomorrowland Crew Portugal)

 

Publicado em Tomorrowland
A poucas horas da abertura do Festival Tomorrowland, a organização acaba de divulgar o tão aguardado line-up das atuações que poderão ser assistidas ao vivo pela página do evento na rede social Youtube.

Para que os milhares de fãs espalhados por todo o Mundo que não puderam ir ao festival ou não foram a tempo de comprar o seu ingresso, a ID&T Belga, vai disponibilizar na Internet um canal de Tv que contará com a transmissão de entrevistas, atuações, momentos do festival e muito mais.
 
O Canal está on-line em todo o Mundo em youtube.com/tomorrowland. A organização ressalva que esta programação está sujeita a alterações.
 
No gráfico em baixo, poderás conferir a programação das atuações em horário português. Marca já na tua agenda!
 
 
 
 
Publicado em Tomorrowland
Depois de aftermovies e documentários, chegou a vez do maior festival do mundo lançar um filme. O Tomorrowland vai estrear no próximo dia 26 de novembro o filme “This Is Was Tomorrow”, na Arena Sportpaleis, na Bélgica.
 
São esperadas mais de 20 mil pessoas na estreia da longa metragem, que promete mostrar os melhores momentos da edição deste ano das diferentes edições do festival e do “People Of Tomorrow”. O cenário do local vai ser diferente, com efeitos especiais e vai contar ainda com a Orquestra Nacional da Bélgica, que este ano também pisou o palco do Tomorrowland.
 
Os bilhetes para a sessão de cinema vão ser colocados à venda no próximo dia 5 de outubro no site oficial do festival, com preços entre os 35 e os 43 euros (mais 5 euros de taxas de serviço).
 
{youtube}O49pbIFsDT8{/youtube}
Publicado em Tomorrowland
Tudo vai mudar na estrutura de controlo do Rock in Rio, o maior festival de música do mundo, numa mudança que poderá abrir as portas a outros países. O empresário Eike Batista vai vender a sua parte do festival à norte-americana SFX, ficando apenas com uma pequena posição não quantificada. 
 
O processo é o seguinte: a empresa brasileira que até aqui detinha o Rock in Rio (em que 50% eram de Eike Batista e os outros 50% do fundador Roberto Medina) será comprada por uma holding (Sociedade Gestora de Participações Sociais), criada para o efeito. Esta holding será controlada em partes iguais pela SFX Entertainment e por Roberto Medina. A IMX de Eike Batista fica com uma pequena posição minoritária, mas apenas da empresa brasileira e não na nova holding.
 
A SFX, cotada no Nasdaq, "é a maior produtora de entretenimento ao vivo do mundo, com foco principal em eventos culturais e de música eletrónica", diz a organização do Rock in Rio. O festival já tem a ambição de se expandir há algum tempo e chegará aos Estados Unidos pela primeira vez em 2015.
 
"Embora seja uma grande oportunidade para ajudar a fazer crescer a marca Rock in Rio, utilizando a nossa rede internacional, é também uma oportunidade de aprender com a experiência operacional e comercial do Roberto Medina e do Rock in Rio, que são fenómenos globais", afirma Robert FX Sillerman, CEO da SFX Entertainment. "A música eletrónica tem-se estabelecido entre os festivais de música moderna e esperamos que esta tendência cresça para divulgarmos ainda mais os DJs e produtores na nossa rede".
 
Roberto Medina, presidente do Rock in Rio, comentou que esta parceria irá permitir "acelerar o crescimento" da marca em novos territórios. Além disso, permitirá "uma mudança de foco" na era digital. "Com a SFX, firmamos o compromisso no desenvolvimento de uma plataforma integrada de soluções de última geração, e acreditamos que a nossa velocidade de crescimento será expressiva. Os nossos patrocinadores terão uma plataforma ainda melhor para a exibição das suas marcas nos Estados Unidos, assim como já acontece nos países onde o Rock in Rio é realizado, onde o festival é a principal ferramenta de comunicação das marcas parceiras."
 
A SFX produz e promove um crescente portfolio de eventos ao vivo, incluindo marcas líderes como Tomorrowland, TomorrowWorld, Mysteryland, Sensation, QDance, Stereosonic, Eletric Zoo, entre outros. A empresa norte-americana também detém o Beatport, a maior plataforma online de venda de música.
Publicado em Tomorrowland
Pág. 1 de 9
100% DJ. Projeto editorial independente cujos valores se guiam pelo profissionalismo, isenção e criatividade, tendo como base de trabalho toda a envolvente da noite nacional e internacional, 365 dias online.

Newsletter

Recebe novidades e conteúdos exclusivos no teu e-mail.