27-05-2019

  Diretor Ivo Moreira | Periodicidade Diária

Sobre Nós  |  Fala Connosco     

A maior rede de escolas de DJs do Brasil acaba de chegar a Lisboa, sendo a primeira escola internacional de música eletrónica presente em Portugal. A AIMEC (Academia Internacional de Música Eletrónica) foi fundada em 2004 e hoje já conta sete unidades espalhadas pelo Brasil. Na passada quinta-feira foi a vez de inaugurar o seu novo espaço, no 12.º andar do Edifício Castil em Lisboa.

Com amplas salas e uma incrível vista sobre a capital alfacinha, além de uma Academia de aprendizagem, neste novo espaço será possível estabelecer contatos com artistas, construir novos projetos e viver uma experiência imersiva dentro da música eletrónica. 


"Portugal precisa de uma escola como a nossa"

Foi precisamente essa a ideia, que Luísa Pyrrait e António Penalva tiveram em mente há cerca de dois anos atrás, quando, depois de 10 anos no Brasil, decidiram regressar ao país que os viu nascer, muito por culpa da família que "falou mais forte" conta Luísa. Além da agora nova Academia de Lisboa, Luísa e António são também proprietários das AIMEC de Balneário Camboriú e Florianópolis. "Feitos os estudos de mercado, e de encontrarmos o Bernardo, nosso sócio e peça fundamental para que a AIMEC Portugal hoje exista, resolvemos abrir esta escola" releva à nossa redação.

A oferta de um ensino de qualidade e a criação de uma comunidade são os principais objetivos desta Academia e Luísa Pyrrait garante que "o grande mérito da AIMEC é que além do seu ensino ser muito bom e das técnicas utilizadas serem únicas, é o conseguir sempre formar à sua volta uma comunidade e uma segunda família para os nossos alunos que não têm idade." A provar que a idade é apenas um número, Luísa conta que no Brasil existem "alunos com 10, 11 anos e temos também avós que fizeram cursos com os filhos na mesma turma".
 


Em termos comerciais, a AIMEC Portugal tem disponíveis cursos de DJ, Produção Musical, Produção Musical Avançada, Teoria Musical e Mixagem & Masterização. Embora o rol de professores não esteja totalmente fechado, alguns nomes já foram selecionados, como é o caso do DJ Handerson (Brasil) e DJ Nokin (Portugal).

"Primeiramente, conheçam a AIMEC, quero muito, de coração, que todos os leitores saibam o que é a AIMEC. Não queremos ser uma escola de DJs, mas sim uma Academia de música eletrónica, onde as pessoas possam vir, tenham convívio, tenham uma comunidade que envolva o país e até Europa inteira, e que os nossos alunos sejam cabeças de cartaz dos melhores festivais e clubs, tal como no Brasil" convida Allan Gee, também sócio da Academia de Lisboa.

Questionados sobre uma possível expansão na Europa, Luísa e Allan Gee não têm dúvidas que esse será o caminho a seguir, "mas primeiro pretendemos cimentar bem a marca em Portugal" afirmam.
 
Publicado em Reportagens
Foi juntamente com o produtor brasileiro Rafa Carneiro, que Frechaut e Litos Diaz, ambos DJs e produtores portugueses, lançaram no passado dia 30 de junho, a faixa "Get Down", conseguindo esta, receber o importante destaque de "faixa oficial do festival Wonderland Brazil Anthem 2014".
 
Lançada pela editora L2K Music, a faixa que também conta com suporte do Portal 100% DJ, promete surpreender o público brasileiro do evento Wonderland, que vai realizar-se nos dias 3, 4 e 5 de outubro em Pernambuco (Recife) inspirado num conceito "Alice no País das Maravilhas".
 
Romeo Blanco, Felguk, Omnia são alguns dos artistas confirmados para pisar a cabine. O evento contará com quatro palcos: Main Stage, Vegas Stage, Mushroom Stage e o Sweet Stage.
 
 
 
 
Publicado em Música
O festival Tomorrowland realiza-se este ano pela primeira vez no Brasil. Foi uma notícia dada por David Guetta no ano passado, que pôs os cariocas em delírio. Nomes como Afrojack, Alok, Armin van Buuren, Blasterjaxx, Borgore, Don Diablo, Hardwell, Oliver Heldens e Steve Angello vão pisar os vários palcos do evento, que irá decorrer nos dias 1, 2 e 3 de maio em Itu, São Paulo.
 
O evento de música eletrónica já se encontra completamente esgotado e está prevista a presença de 180 mil pessoas durante os três dias de festa, de 56 nacionalidades diferentes. O local escolhido para a edição brasileira do Tomorrowland foi o Parque Maeda, que vai receber 178 artistas, 116 deles internacionais. A organização prevê que o Tomorrowland Brasil se realize naquele local durante os próximos 10 anos.
 
O festival terá um forte impacto na economia local, uma vez que a sua realização deu emprego temporário a cerca de 2000 pessoas e num raio de 30 km, mais de 90% dos quartos estão ocupados. Para o Tomorrowland correr bem, foram contratadas cerca de 7000 pessoas para trabalharem durante os três dias. Devido à crise hídrica que está a afetar aquela área brasileira, o fornecimento de água para o evento é independente, ou seja, foram pedidos 1600 tanques com 15 mil litros de água. O espetáculo visual é um dos pormenores mais importantes, além da música, o que fez com que fossem instalados 56 geradores para garantir toda a energia necessária. A decoração é outro ponto forte do Tomorrowland, que chegou ao Brasil em 89 contentores.
 
A transmissão em direto no Youtube ainda não foi anunciada, mas o canal MTV Brasil já confirmou a transmissão de algumas atuações ao vivo. No canal serão transmitidas duas horas do festival, enquanto que no site oficial serão seis horas. A gravação vai ser depois transmitida em todo o mundo, em dois especiais MTV World Stage de 60 minutos cada, numa parceria entre a SFX Entertainmet e a MTV. No site oficial tomorrowlandbrasil.com também será possível assistir ao vivo o festival durante os 3 dias.
 
A equipa do Portal 100% DJ reuniu algumas informações que podem ser essenciais para quem vai ao Tomorrowland Brasil, mas também são interessantes para os mais curiosos.
 
Acampamento Dreamville
 
Nas DreamLodges vão existir cacifos, mas os festivaleiros deverão levar um cadeado. A tenda inclui um cadeado, almofadas e um ponto de USB.
 
Para quem vai pernoitar nas Easys Tents, se adquirir um upgrade, terá direito a uma tomada (220v). A tenda é impermeável mas não possui lençol ou almofadas.
 
Na Dreamville haverá cabines de duche individual. Para quem for para o Regular Camping ou Easy Tent, cada banho tem o custo de 3 tokens. Quem possui o pacote DreamLodge, terá direito a um banho por dia. Os valores dos banhos não incluem produtos de higiene pessoal. A área dos banhos tem um horário de funcionamento.
Vão estar disponíveis diversas tomadas (220v) apenas nas casas de banho da Dreamville. Também irão estar à venda e para alugar diversos carregadores de telemóvel.
 
Pagamentos
 
Dentro do festival, a moeda oficial é o Token. Podem ser adquiridos dentro do recinto, em dinheiro ou cartão, tal como na loja online. 15,42 euros, por exemplo, correspondem a 9 tokens e o valor está sujeito a alterações. Os tokens que não forem usados, não serão reembolsados.
 
Objetos proibidos
 
Não é permitida a entrada a: Chuveiros portáteis, cadeiras de praia, brinquedos, cartazes, gelo (que pode ser adquirido dentro do recinto), embalagens de vidro, máquinas fotográficas profissionais (sem acreditação), desodorizante em spray (roll on é permitido)...
 
Recomendações
 
Não exagerar no tamanho das malas, apesar de não existir um tamanho máximo permitido. A bagagem com rodas não é recomendável, pois o caminho entre o estacionamento e o festival tem um terreno irregular. A mala considerada ideal pela organização é a backpack, uma mochila para acampamento.
 
Para entrar na área de acampamento com alimentos e bebidas, o festivaleiro deve possuir o voucher de autorização, que é solicitado durante o check-in na Dreamville, no ato da troca do bilhete pela pulseira. Em toda a área do festival não existem bebedouros.
 
Para quem possui o Day Pass, não pode sair e voltar a entrar no festival. A idade mínima para entrar no Tomorrowland é de 18 anos, que vai ser comprovada à entrada, com a apresentação de um documento oficial com fotografia.
 
Segurança
 
O festival conta com o apoio de várias equipas de segurança, entre elas o Corpo de Bombeiros, Guarda Municipal, Polícia Militar, Polícia Civil e Polícia Rodoviária Estadual.
Os objetos pessoais não devem estar longe de alcance e visão.
 
VIP ZONE
 
Em frente ao palco principal vai existir a área VIP, com 14 mesas a partir de 4 pessoas e uma vista privilegiada e confortável. O preço é de 3638,16 euros por dia. Cada mesa terá direito a uma garrafa de vodka, 2 garrafas de champanhe, 12 bebidas energéticas, água e comida.
 
Quem possuir uma mesa, tem também direito a 4 lugares de estacionamento. Depois de deixar o carro, um transfer gratuito irá deixar os festivaleiros na entrada da área VIP.
 
Publicado em Tomorrowland
Natural da Margem Sul do Tejo, é no país da cidade maravilhosa que faz vida há 10 anos. Começou a sua carreira na música com oito anos de idade, a estudar piano, tocou numa banda de baile, mas rapidamente percebeu que o "bailinho" era outro, com acordes mais eletrónicos e decibéis muito mais altos. Rui Oliveira é o rosto do projeto Paranormal Attack, que está comemorar 15 anos de existência. Nesta entrevista exclusiva ao Portal 100% DJ, ficámos a conhecer as suas influências e algumas novidades musicais, como foi a sua passagem pelo Festival Tomorrowland Brasil e quais os seus próximos projetos.
 
 
A música fez parte da tua infância. Estudaste piano, tocaste numa banda de baile e aos 20 anos começaste a produzir música eletrónica. Conta-nos como foi essa mudança da música de baile para a eletrónica.
Na verdade sempre odiei música de baile mas era uma boa fonte de dinheiro e dava-me tempo para poder produzir enquanto Paranormal Attack durante a semana. Sempre fui fã de Rock e Metal, nem prestava muita atenção ao som eletrónico até ao dia em que fui a uma rave e apaixonei-me completamente. Comecei logo a descobrir como se fazia aquilo. Os conhecimentos que tinha de música ajudaram-me muito na produção!
 
Na produção musical quais são as tuas influências?
No trance a minha maior influência sempre foi Skazi, além de ser como um irmão para mim também foi ele que me ajudou muito no início da carreira. No geral o meu produtor preferido é o Rob Swire dos Pendulum/Knife Party.
 
Já lançaste uma faixa em conjunto com os Karetus. Com que outros artistas portugueses gostarias de colaborar?
Os Karetus são grandes amigos meus e grandes produtores. Estou a terminar uma colaboração com os Ninja Kore e gostaria de fazer algumas coisas diferentes no mundo Pop também. Estou também a preparar uma colaboração com os Pratta.
 
Faz dois anos que fundaste a editora Fxxk Tomorrow. Como surgiu essa ideia e que balanço fazes da mesma?
Quando tive a ideia de criar a editora foi com o intuito de ter liberdade para lançar a minha música quando quisesse sem ter que esperar por agendas de outras editoras. As coisas foram crescendo e comecei a receber muitas demos e os planos foram sendo maiores. Já lançámos músicas de vários artistas, vários estilos e conseguimos alcançar alguns Top 100 no Beatport. Recentemente começámos a fazer eventos e temos grandes planos para Portugal a partir do próximo ano, que em breve serão revelados. Mas esperem grandes noites no nosso país.
 
Como vês a cena Trance tanto em Portugal como no Brasil?
São cenas muito diferentes. O Brasil devido ao tamanho do país e também ao tamanho a que o Trance chegou os eventos são mega produções com milhares de pessoas. E também o público é mais quente e mostra mais o quanto gostam do DJ. Já Portugal tem uma cena mais tradicional, mais underground e mais pequena e as pessoas são um pouco mais introvertidas. Mas amo os dois países. Cada um com as suas particularidades.
 
O ano passado tiveste uma atuação no Tomorrowland Brasil. Como foi essa experiência?
Foi uma experiência maravilhosa, poder estar num evento desses é o sonho que qualquer DJ provavelmente tem. Lembro-me que até chorei de felicidade no dia que saiu o meu nome no line-up. Foi uma emoção enorme.
 
Que diferenças encontras entre o público português e o brasileiro?
Como já disse, acho que a maior diferença é mesmo a reacção do público quando ouvem a minha música. Os dois países gostam muito do som mas no Brasil as pessoas gritam, pulam, levam placas com o meu nome, bandeiras de Portugal, etc. Em Portugal o público preocupa-se mais com a experiência de cada um durante o set. Dançam muito mas são mais contidos. Mas isto é uma coisa do Trance, porque vejo que noutro tipo de eventos o público português é bastante animado também.
 
No início do mês tiveste uma atuação na Costa de Caparica, margem do Tejo que te viu crescer. Como foi esse regresso? Pode-se afirmar a velha máxima de que "o bom filho à casa torna"?
Foi muito boa a festa, grande ambiente e o local escolhido foi muito bom também. Isto foi só o começo de uma caminhada que estamos a planear. Grandes notícias estão a caminho. Fico muito feliz de voltar ao meu país depois de estar 10 anos no Brasil.
 
O que representou para ti a entrada direta para o TOP 30 de 2016 levado a cabo pelo Portal 100% DJ?
Foi outra grande surpresa para mim e fiquei muito feliz com isso. O país onde nasci reconheceu o meu trabalho e consegui um 19.º lugar. Muita gente que não me conhecia ficou a conhecer e os que conheciam se calhar passaram a respeitar mais o meu trabalho. Espero que este ano suba mais umas posições nesse ranking.
 
Quais são os teus projetos musicais a curto e médio prazo?
Este ano vou lançar o álbum de 15 anos do projeto com 15 músicas e tenho algumas colaborações para sairem também em labels mais comerciais. Temos também grandes planos para eventos da Fxxk Tomorrow em Portugal.
 
E por último, a pergunta da praxe. Que mensagem queres deixar aos teus fãs/seguidores?
Quero agradecer a todos por me proporcionarem a vida que eu escolhi. Poder fazer aquilo que se ama é uma grande vitória na nossa vida. Nunca desistam dos vossos sonhos. Por vezes demoram a chegar mas o que é nosso está guardado e então a nossa hora sempre chega. Um abraço gigante a todos! Amo vocês!
 
Publicado em Entrevistas
Pela primeira vez em 26 anos de história, a organização do Rock in Rio anuncia que está em negociações com patrocinadores e artistas para a realização do sétimo dia de evento, previsto para 29 de Setembro.
A decisão foi tomada devido ao sucesso da venda oficial de bilhetes, que terminou em apenas quatro dias, e atende a um pedido do prefeito Eduardo Paes e ao grande volume de solicitações dos fãs, que se mobilizaram na internet após os bilhetes esgotarem — no total, o evento tem cerca de 800 mil seguidores.

Os números das redes sociais do Rock in Rio são impressionantes – o evento é hoje o maior festival de música nas redes. Durante a venda de bilhetes, 94 países consultaram o site para obter mais informações. O site brasileiro soma, desde o seu lançamento, 13,668,832 milhões de visitas, 7,004,660 milhões de visitantes únicos e 48,496,220 milhões de pageviews. No Twitter, o Rock in Rio tem um total de 212.671 seguidores. Já o Facebook atingiu a marca de 585.413 fãs.

A procura de bilhetes para o Rock in Rio 2011 surpreendeu até mesmo os organizadores do evento, que não esperavam uma procura tão grande e filas enormes. A venda oficial para a edição de 2011 teve início no dia 7 de Maio e encerrou três dias depois. Somando a venda do Rock in Rio Card – o lote de 100 mil bilhetes acabou em apenas 21 dias, em Novembro, com menos de 10% da programação anunciada – e a pré-venda do Itaú – o patrocinador principal do evento concedeu alguns benefícios para os seus clientes antes da venda oficial –, em menos de 60 dias, o Rock in Rio 2011 vendeu os 600 mil bilhetes disponíveis para os seis dias de evento.

Para o sétimo dia, a organização informa que ainda não há bandas confirmadas. O Rock in Rio é o maior evento de música e entretenimento do mundo por proporcionar experiências além da música, com este novo parque temático que chega ao Brasil pela primeira vez. A nova data, caso seja confirmada, será completa, como os restantes dias de evento - Palco Mundo, Palco Sunset, Eletrónica, Rock Street, além do Shopping Village e das restantes atracções (Roda-Gigante, Kaboon, Montanha-Russa e Slide).
 
Publicado em Rock in Rio
Na sua primeira edição em terras de Vera Cruz, - no passado fim de semana - o festival belga Tomorrowland, deixou bem claro que o seu grande atrativo é o famoso Mainstage - amplo espaço outdoor que acolhe não só os melhores DJs da cena eletrónica, como também milhares de festivaleiros oriundos de todo o mundo. 
 
Com sucesso absoluto e ingressos completamente esgotados, a organização do Festival que nasceu na Bélgica e que agora está a ser exportado para outros países, confirmou a presença do evento no Brasil por mais cinco anos, ou seja, até 2020 e anunciou ainda as datas para o próximo ano: 21, 22 e 23 de abril.
 
Afrojack, Borgore, David Guetta, Dimitri Vegas & Like Mike, Nicky Romero, Nervo, W&W entre muitos outros artistas divididos por diversos palcos, transformaram a Arena Maeda, em Itu (São Paulo), numa gigantes discoteca que recebeu mais de 50 mil pessoas 
 
Na listagem em baixo, poderás conferir as músicas mais tocadas em pleno MainStage do Festival Tomorrowland Brasil, sendo que as últimas três, foram as mais remisturadas.
 
  • Dimitri Vegas, Martin Garrix, Like Mike - Tremor
  • Alesso - Heroes (We Could Be)
  • Armin Van Buuren - Ping Pong (Hardwell Remix)
  •  

 

  • Calvin Harris - Blame It On The Night (Feat. John Newman)
  • David Guetta, Ne-Yo, Akon - Work Hard, Play Hard
  • Darude - Sandstorm
 
  • Rhythm Of The Night - Corona
  • Oasis - Wonnderwall
  • Queen - We Will Rock You
Publicado em Tomorrowland
segunda, 16 março 2015 16:04

Frechaut de novo em digressão pelo Brasil

O DJ português Frechaut inicia uma tour pelo Brasil, pela segunda vez, com início no próximo dia 28 de março na discoteca Excess Club (Rio de Janeiro), na comemoração dos 9 anos de carreira de Rafa Carneiro.
 
Esta digressão promete várias surpresas, entre elas a apresentação do seu novo tema intitulado “Take It All”, lançado pela editora brasileira Play House Records, numa colaboração com Andy John. A nova música vai ser remixada por artistas cariocas como Roger Lyra, Jetset, Vogait, entre outros.
 
Publicado em Artistas
Os Club Banditz arrancam em breve para uma nova tour internacional.
Primeiro vão até à Europa de Leste, assaltar a Lituânia, num fim-de-semana que promete agitar as hostes, a 7 e 8 de setembro.
Depois seguem para a terceira tour no Brasil em 2012. De 14 de Setembro a 20 de Outubro, a quadrilha vai rebentar, mais uma vez, com o seu som nas Terras de Vera Cruz.

Confere a agenda:

EUROPA DE LESTE
07.09.2012 - POP STAR - KAUNAS | LITUÂNIA
08.09.2012 - PORT- KLAIPEDA | LITUÂNIA

BRASIL TOUR
14.09.2012 - 2ME - BALNEÁRIO CAMBURIÚ | SC
15.09.2012 - FESTA FANTASIA - UBERABA | MG

28.09.2012 - BALLROOM - SÃO PAULO | SP

05.10.2012 - RAKENNE - ITAJAÍ | SC
06.10.2012 - CONFRARIA CLUB - FLORIANÓPOLIS | SC

12.10.2012 - CINEMA D - RIBEIRÃO PRETO | SP
13.10.2012 - OPERA CLUB - CONCÓRDIA | SC
Publicado em Artistas
O DJ e produtor Português, Pete Tha Zouk, foi convocado para atuar no jogo inaugural do Mundial 2014, a 12 de junho próximo, no Estádio do Morumbi em São Paulo.
A atuação do artista Português acontece após o jogo Brasil - Croácia e terá lugar na Casa Pelé do Futebol, no Estádio do Morumbi. 
 
Pete Tha Zouk é o único DJ Português convocado a marcar presença nos jogos do campeonato Mundial de Futebol a decorrer no Brasil. Este convite surge na sequência da crescente visibilidade do artista nos palcos brasileiros, onde, ao longo dos últimos anos, atuou nos melhores clubs (como o Green Valley, Posh, Café de La Musique, Privilège, entre muitos outros) e nos eventos mais importantes (no Sambódromo em Sapucaí, no Winter Play, BH Dance Festival, Paradise Weekend, entre muitos outros).
 
O DJ internacional Inglês, Fatboy Slim, que vai atuar no jogo Brazil - México; os Belgas, Dimitri Vegas & Like Mike, que vão marcar presença no Brasil-Camarões e a cantora Brasileira Cláudia Leitte, que estará presente no jogo dos oitavos de final de 28 de junho, são outros dos nomes sonantes que irão ajudar a tornar a festa máxima do futebol num espetáculo ainda mais notável.
 
A recém-inaugurada "Casa Pelé do Futebol" vai receber um máximo de 18 eventos em função da campanha do Brasil neste Mundial 2014 e contará com a presença do ex-atleta. Além dos eventos é possível visitar a exposição “Rei Pelé Experience”, que narrará a carreira do ex-jogador em vários suportes audiovisuais. O espaço contará igualmente com a simulação de um vestiário para exposição de chuteiras e uniformes usados pelo camisa 10 da Seleção brasileira.
 
Publicado em Artistas
Emocionante e comovente são adjectivos que definem a abertura dos portões do maior evento de música e entretenimento do mundo. Os visitantes foram recepcionados pessoalmente por Roberto Medina, Presidente do Rock in Rio, que fez questão de receber e elogiar o público que entrava na Cidade do Rock às 14 horas em ponto de sexta-feira, dia 23 de Setembro.
O clima festivo e harmonioso marcou o primeiro fim-de-semana de Rock in Rio, que contou com lotação esgotada. Cerca de 100 mil pessoas visitaram diariamente o primeiro fim-de-semana da 4º edição do Rock in Rio, na cidade que o viu nascer.
Nos últimos 3 dias a área central do evento esteve repleta de fãs sedentos de música e espectáculo.

O primeiro dia de Rock in Rio foi caracterizado pelos ritmos Pop de artistas como Katy Perry, Elton John, Rihanna e pelos portugueses The Gift e Rui Veloso, no Palco Sunset. A abertura do Palco Mundo foi marcada por um espectáculo de fogo-de-artifício, que culminou com a actuação dos Paralamas do Sucesso e Titãs, com a participação especial de Milton Nascimento.
Já o segundo dia, 24 de Setembro, foi dedicado ao Rock com o destaque para as actuações de Snow Patrol e Red Hot Chilli Peppers. Na electrónica DJ Vibe animou os visitantes, com o seu som contagiante.
Por sua vez, dia 25 de Setembro, Domingo, deu a vez aos fãs de Heavy Metal, com as actuações de Motörhead, Slipknot e Metallica a fazerem as delícias do público presente.
A Rock Street, grande novidade desta edição de 2011, encantou todos os que se deslocaram à Cidade do Rock, com actuações de malabaristas, bandas de Jazz, artistas de sapateado, mágicos, acrobatas, estátuas humanas, entre muitos outros. Esta cidade cenográfica, inspirada em Nova Orleães, abre portas às artes performativas alargando o leque de diversão ao dispor dos visitantes do Rock in Rio.

O Rock in Rio regressa nos próximos dias 29 e 30 de Setembro e 1 e 2 de Outubro, com mais concertos e animação. Em Portugal os fãs podem continuar a acompanhar o evento através do site oficial rockinriolisboa.sapo.pt.
Publicado em Rock in Rio
Pág. 1 de 6
100% DJ. Projeto editorial independente cujos valores se guiam pelo profissionalismo, isenção e criatividade, tendo como base de trabalho toda a envolvente da noite nacional e internacional, 365 dias online.

Newsletter

Recebe novidades e conteúdos exclusivos no teu e-mail.