11-11-2019

  Diretor Ivo Moreira | Periodicidade Diária

Sobre Nós  |  Fala Connosco     

Os rumores já circulam a bom ritmo, mas apenas será a 18 de outubro que será desvendado o DJ número 1 - segundo a Revista DJ Mag. O tão disputado pódio, foi em 2013 ocupado pelo holandês Hardwell que assumiu o lugar do colega Armin van Buuren. Este ano, os murmúrios apontam que Martin Garrix terá grande oportunidade de se tornar o novo número 1 do Top 100. Em entrevista à revista digital Inthemix, Laidback Luke confessou que a sua preferência está "inclinada" para Martin Garrix. Se isso se vier a confirmar, o topo deste ranking de DJs será ocupado pelo mais jovem artista de sempre, atualmente com 18 anos.
 
"Todo o mundo está convicto que este será o ano de Martin Garrix", disse Luke. "Eu gosto realmente do Martin, ele é um rapaz com os pés bem assentes no chão que apenas está afim de fazer música e de viajar pelo mundo." O DJ, produtor e campeão de Kung Fu considera que o mundo da música de dança precisa de mais estrelas como Garrix. "Ele teve um ano exaustivo e continua a manter-se. Eu sei que é difícil passar de um conjunto de atuações locais para o circuito mundial” referiu.
 
Recorde-se que neste momento Garrix tem mais de 8 milhões de seguidores no Facebook, ultrapassando o atual número 1 da DJ Mag, Hardwell, que detém mais 6 mil e 900 milhões de seguidores.
 
Martin Garrix é o cabeça-de-cartaz da edição deste ano do Mega Hits Kings Fest, que vai decorrer a 22 de novembro do Meo Arena (Pavilhão Atlântico). Nesta festa exclusiva de música de dança, vai partilhar a cabine com Dvbbs, Blasterjaxx, Jay Hardway e o português Kura. Os ingressos já se encontram disponíveis na Blueticket e nos postos de venda habituais com preços que variam entre os 65 euros (Bilhete VIP), 59 euros (Plateia Golden Circle), 41 euros (Balcão 1) e os 45 euros (Bilhete regular).
 
Laidback Luke tem presença marcada em Portugal, na noite em que será anunciado o Top 100, em Coimbra na Festa das Latas e Imposição de Insígnias.
 
Publicado em Artistas
A dupla Dimitri Vegas & Like Mike foi a grande vencedora da edição deste ano do Top 100 da DJ Mag. Depois de dois anos consecutivos com Hardwell o topo, chegou a vez de uma dupla assumir o lugar pela primeira vez. Portugal marcou presença mais uma vez, com Kura a descer 19 posições, tendo ficado colocado em 61º lugar, enquanto que Diego Miranda subiu para o número 58.
 
O Top 10 ficou composto por Hardwell, Martin Garrix, Armin van Buuren, Tiesto, David Guetta, Avicii, Afrojack, Skrillex e Steve Aoki, por ordem numérica.
 
Novas entradas foram notadas, como Alok, Kygo, Axwell /\ Ingrosso, KSHMR e Bassjackers. Em relação às grandes ausências, salientamos a falta de Erick Morillo, Felguk, FTampa, Cedric Gervais, Tommy Trash, Sunner James & Ryan Marciano, Martin Solveig e Jay Hardway no Top mais famoso e polémico a nível internacional.
 
Os resultados foram anunciados durante a tarde e acompanhados bem de perto pela redação do Portal 100% DJ, que anunciou todas as posições, curiosidades e outros momentos altos do Top 100 e do Amsterdam Music Festival no nosso website, em direto.
 
Nos próximos dias, os leitores do Portal 100% DJ poderão encontrar mais desenvolvimentos relativos ao assunto do Top 100 da DJ Mag.
 
Confere abaixo a lista completa, com as variações de posição em relação ao ano passado:
 
  • 1 - Dimitri Vegas & Like Mike (+1)
  • 2 - Hardwell (-1)
  • 3 - Martin Garrix (+1)
  • 4 - Armin Van Buuren (-1)
  • 5 - Tiesto (=)
  • 6 - David Guetta (+1)
  • 7 - Avicii (-1)
  • 8 - Afrojack (+4)
  • 9 - Skrillex (=)
  • 10 - Steve Aoki (=)
  • 11 - Calvin Harris (=)
  • 12 - Oliver Heldens (+22)
  • 13 - Alesso (+2)
  • 14 - W&W (+4)
  • 15 - Dash Berlin (-1)
  • 16 - DVBBS (+4)
  • 17 - Axwell /\ Ingrosso (Nova entrada)
  • 18 - Nicky Romero (-10)
  • 19 - Blasterjaxx (-3)
  • 20 - Diplo (+20)
  • 21 - R3hab (+2)
  • 22 - Zedd (=)
  • 23 - KSHMR (Nova entrada)
  • 24 - NERVO (-3)
  • 25 - deadmau5 (-9)
  • 26 - Dannic (+4)
  • 27 - Dyro (=)
  • 28 - Deorro (-9)
  • 29 - Above and Beyond (-4)
  • 30 - Don Diablo (+52)
  • 31 - Steve Angello (-4)
  • 32 - DJ Snake (+33)
  • 33 - Kygo (Nova entrada)
  • 34 - Yves V (+21)
  • 35 - Fedde Le Grand (=)
  • 36 - Ummet Ozcan
  • 37 - Showtek (-5)
  • 38 - AngerFist (-1)
  • 39 - Bassjackers (Nova entrada)
  • 40 - Andrew Rayel (Nova entrada)
  • 41 - Paul Van Dyk (-3)
  • 42 - Aly and Fila (-14)
  • 43 - VINAI (+19)
  • 44 - Alok (Nova Entrada)
  • 45 - Jack U (Nova Entrada)
  • 46 - Tom Swoon (Nova Entrada)
  • 47 - Shogun (Reentrada)
  • 48 - HeadHunterz (-8)
  • 49 - Coone (-1)
  • 50 - Vicetone (-14)
  • 51 - Richie Hawtin (+39)
  • 52 - WolfPack (+32)
  • 53 - Brennan Heart (-6)
  • 54 - Major Lazer (Nova Entrada)
  • 55 - Porter Robinson (+2)
  • 56 - Markus Schulz (-12)
  • 57 - Eric Prydz (+3)
  • 58 - Diego Miranda (+20)
  • 59 - Chetas (Nova Entrada)
  • 60 - Danny Avila (Nova Entrada)
  • 61 - Kura (-19)
  • 62 - Tchami (Nova Entrada)
  • 63 - Carl Cox (-4)
  • 64 - Laidback Luke (-14)
  • 65 - Disclosure (Nova Entrada)
  • 66 - Firebeatz (-10)
  • 67 - Dillon Francis (-13)
  • 68 - Borgore (-27)
  • 69 - Daft Punk (-26)
  • 70 - UMEK (+5)
  • 71 - Tenishia (+2)
  • 72 - Radical Redemption (-8)
  • 73 - Frontliner (-28)
  • 74 - Borgeous (+13)
  • 75 - Netsky (Nova Entrada)
  • 76 - Yellow Claw (Nova Entrada)
  • 77 - Chuckie (Reentrada)
  • 78 - Will Sparks (Nova Entrada)
  • 79 - Da Tweekaz (-13)
  • 80 - Quintino (+6)
  • 81 - Krewella (-48)
  • 82 - ATB (-24)
  • 83 - MAKJ (-20)
  • 84 - Kaskade (-38)
  • 85 - Ferry Corsten (+6)
  • 86 - Flux Pavilion (Nova Entrada)
  • 87 - Zatox (-16)
  • 88 - Carnage (-20)
  • 89 - Robin Schulz (Nova Entrada)
  • 90 - Sander Van Dorn (-39)
  • 91 - MaRLo (Nova Entrada)
  • 92 - Andy C (Reentrada)
  • 93 - Quentin Mosimann (-21)
  • 94 - MissK8 (Nova Entrada)
  • 96 - Tujamo (Nova Entrada)
  • 95 - Mike Candys (-10)
  • 97 - Swanky Tunes (Nova Entrada)
  • 98 - Galantis (Nova Entrada)
  • 99 - Cosmic Gate (-30)
  • 100 - Knife Party (-47)
  •  

{youtube}oC1lt7p_dQM{/youtube}

Publicado em Mix
Poucos eventos no mundo da música de dança suscitam mais controvérsias nas redes sociais do que o famoso TOP 100 da Revista DJ Mag. As disputadas posições serão reveladas este sábado numa cerimónia integrada no Amsterdam Music Festival, evento onde são esperadas mais de 35 mil pessoas e que já tem os ingressos esgotados.
 
Mais uma vez a contagem regressiva começará ao final do dia na página do Instagram e do Twitter da DJ Mag e mais tarde terá lugar a transmissão em direto da Amsterdam Arena.
 
Nos últimos anos, o topo da listagem foi ocupado por Martin Garrix, Armin van Buuren, Hardwell, Dimitri Vegas e Like Mike, Tiësto e o épico Carl Cox. As representações portuguesas têm sido feitas por Diego Miranda, Kura, Pete Tha Zouk e DJ Vibe.
 
No ano passado, Martin Garrix tornou-se o mais jovem vencedor deste ranking. O DJ e produtor holandês recebeu o prémio de "DJ número 1" das mãos do seu mentor, Tiësto.
 
Publicado em Mix
domingo, 19 outubro 2014 19:06

Top 100 DJ Mag: as reações dos vencedores

Depois da divulgação dos resultados da edição de 2014 do Top 100 da prestigiada DJ Mag, os vencedores correram para as redes sociais para agradecer aos seus fãs. Apesar da felicidade ser uma constante, nem todos ficaram contentes com as escolhas do público.
 
Vê abaixo algumas das reações dos melhores DJ’s do mundo:
 
  • Hardwell: “#1 Outra vez!!!! O vosso apoio e amor fez deste 2014 outro ano que nunca vou esquecer!!”
 
  • Kura: “#42 Top 100 DJ Mag! OBRIGADO! O melhor dia da minha vida!”
 
  • Diego Miranda: “Directamente do Brasil não podia deixar de agradecer a todos os meus fãs que me têm apoiado ao longo da minha carreira, este destaque que me continuam a dar é essencialmente vosso! É com muita alegria que continuo a ver o meu trabalho reconhecido. Bjs e abraços a todos os meus fãs de todo o mundo, encontramo-nos no dancefloor!”
 
  • NERVO: “Conseguimos ‪#‎NERVOnation!! Muito amor para que votou em nós e nos ajudou a chegar ao 21º lugar do mundo. Vocês são absolutamente incríveis, nós nunca estaríamos onde estamos sem vocês!! ‪#‎NERVOfansforeverrr‬”
 
  • Armin van Buuren: “Acabei de receber o prémio de 'Highest Trance DJ' 2014 no Top 100 da DJ Mag. Muitíssimo obrigado a todos que votaram!! Sinto-me abençoado…”
 
  • R3hab: “Obrigado por todo o apoio #23”
 
  • Dyro: “Wow estou no #27 este ano no Top 100 da DJ Mag, muito obrigado pelo apoio!”
 
  • Dannic: “Nem acredito, sou #30 no Top 100 da DJ Mag este ano. Muito, muito obrigado!!!”
 
  • Yves V: “Wow… Acabei de receber notícias fantásticas de que entrei no Top 100 da DJ Mag no lugar #55!!! Tenho os fãs mais incríveis!”
 
  • DVBBS: “Os melhores fãs do mundo… Muito obrigado mundo. Muito obrigado #20”
 
  • W&W: “#18 na DJ Mag, é fantástico todo o apoio que recebemos todos os anos!! Obrigado!!”
 
  • Deadmau5: “Ninguém quer saber. A sério. Ninguém.”
 
  • Blasterjaxx: “Gostaríamos de agradecer a todo do fundo do coração por terem votado e às pessoas envolvidas que nos têm ajudado até aqui!!”
 
  • Borgore: “Obrigado a todos!”
 
  • Dimitri Vegas & Like Mike: “Sem palavras... Temos os melhores fãs do mundo!! Obrigado!”
 
  • Felguk: “É oficial!! Estamos entre os 100 novamente! Valeu galeraaa!!”
 
  • Quintino: “WOOW WOOW WOOW!! Muito feliz por ter entrado no Top 100 DJ Mag!! Quero agradecer a todos os que me apoiaram.”
 
  • Vicetone: “Nós chegámos ao #36 no Top 100 da DJ Mag, muito obrigado pelo apoio”
 
  • Nicky Romero: “Quero agradecer a todos pelo apoio, o ano passado tive alguns problemas de saúde mas mantivémo-nos juntos. Estou super ansioso por 2015 e pronto para continuar!”
 
  • Martin Garrix: “Os últimos anos têm sido um grande sonho. O facto de muitos de vós perderem tempo para votar em mim no Top 100 da DJ Mag é um sonho tornado realidade. É difícil de descrever este sentimento mas eu sei uma coisa… Nada disto era possível sem vocês… Obrigado por tudo!!! #4”
 
  • Dash Berlim: “Honrado por ser #14 no Top 100 DJ Mag! Obrigado a todos os fãs de música do mundo por fazerem os DJ’s sentirem-se especiais!”
 
  • Ummet Ozcan: “Sonhos tornados realidade… Muitos feliz agora! Muito obrigado!”
 
  • DJ Bl3nd: “Obrigado Bl3nders pelo amor e apoio!!! Estou no Top 100 da DJ Mag outra vez!! Vocês são os melhores fãs do mundo. Mal consigo esperar para vos mostrar mais videos e músicas. Vejo-vos nos meus próximos shows!”
 
 
Publicado em Mix
A discoteca Lux, localizada na capital portuguesa, subiu 38 lugares na tabela dos melhores clubs do mundo realizada pela revista DJ Mag. O prestigiado espaço de diversão noturna alcançou a posição número 58, depois de no ano passado ter estado colocada em 96º lugar.
 
O Top 3 da lista, divulgada hoje, é composto pelo Space Ibiza, Green Valley e Amnesia, em primeiro, segundo e terceiro lugar respetivamente. No ano passado, o pódio era ocupado por Green Valley, Space Ibiza e Hakkasan.
 
Confere a lista completa:
 
  • 1 – Space Ibiza (Espanha)
  • 2 – Green Valley (Brasil)
  • 3 – Amnesia (Espanha)
  • 4 – Pacha Ibiza (Espanha)
  • 5 – Octagon (Coreia do Sul)
  • 6 – Zouk (Singapura)
  • 7 – Hakkasan (Estados Unidos da América)
  • 8 – Ushuaia (Espanha)
  • 9 – Sirena (Brasil)
  • 10 – BCM Planet Dance (Espanha)
  • 11 – Papaya (Croácia)
  • 12 – DC10 (Espanha)
  • 13 – Echostage (Estados Unidos da América)
  • 14 – Paradise Club (Grécia)
  • 15 – Fabric (Reino Unido)
  • 16 – Berghain/Panorama Bar (Alemanha)
  • 17 – Bootshaus (Alemanha)
  • 18 – Anzu (Brasil)
  • 19 – Motion (Reino Unido)
  • 20 – Noa Beach Club (Croácia)
  • 21 – Warung (Brasil)
  • 22 – Cavo Paradiso (Grécia)
  • 23 – Ministry Of Sound (Reino Unido)
  • 24 – Guaba Beach Club (Chipre)
  • 25 – Cocorico (Itália)
  • 26 – Zouk KL (Malásia)
  • 27 – Sankeys (Espanha)
  • 28 – The Warehouse Project (Reino Unido)
  • 29 – Baum (Bogotá)
  • 30 – Air (Holanda)
  • 31 – Digital (Reino Unido)
  • 32 – Omnia (Estados Unidos da América)
  • 33 – Exchange (Estados Unidos da América)
  • 34 – Arma 17 (Rússia)
  • 35 – Marquee (Estados Unidos da América)
  • 36 – Elrow (Espanha)
  • 37 – Matahari (Brasil)
  • 38 – Club Space (Estados Unidos da América)
  • 39 – Barbarellas (Croácia)
  • 40 – El Fortin (Brasil)
  • 41 – Yalta (Bulgária)
  • 42 – Avalon (Estados Unidos da América)
  • 43 – Icon (Estados Unidos da América)
  • 44 – Guendalina (Itália)
  • 45 – Aquarius (Croácia)
  • 46 – New City Gas (Canadá)
  • 47 – Fabrik (Espanha)
  • 48 – Output (Estados Unidos da América)
  • 49 – White Club (Emirados Árabes Unidos)
  • 50 – Surrender/Encore Beach Club (Estados Unidos da América)
  • 51 – Versuz (Bélgica)
  • 52 – Privilege (Espanha)
  • 53 – Cacao Beach (Bulgária)
  • 54 – Egg LDN (Reino Unido)
  • 55 – Womb (Japão)
  • 56 – D-Edge (Brasil)
  • 57 – Lost Beach Club (Equador)
  • 58 – Lux (Portugal)
  • 59 – Sub Club (Escócia)
  • 60 – Myst (China)
  • 61 – The Palace (Filipinas)
  • 62 – Beach Club MTL (Canadá)
  • 63 – Sankeys MCR (Reino Unido)
  • 64 – Colosseum Club (Indonésia)
  • 65 – Elements (China)
  • 66 – Duel:Beat (Itália)
  • 67 – Rex Club (França)
  • 68 – Watergate (Alemanha)
  • 69 – Mint Club (Reino Unido)
  • 70 – Drai’s (Estados Unidos da América)
  • 71 – La Huaka (Peru)
  • 72 – Cielo (Estados Unidos da América)
  • 73 – E11even (Estados Unidos da América)
  • 74 – Concrete (França)
  • 75 – Revelin (Croácia)
  • 76 – Xoyo (Reino Unido)
  • 77 – Tresor (Alemanha)
  • 78 – Dragonfly (Indonésia)
  • 79 – Light Nightclub (Estados Unidos da América)
  • 80 – Chinese Laundry (Austrália)
  • 81 – Club Cubic (China)
  • 82 – Foundation Seattle (Estados Unidos da América)
  • 83 – Velvet (Paraguai)
  • 84 – Modo Ultra Club (China)
  • 85 – Loft Metropolis (França)
  • 86 – Phonox (Reino Unido)
  • 87 – Kitty SU (Índia)
  • 88 – Razzmatazz (Espanha)
  • 89 – Cé La Vi (Malásia)
  • 90 – Mad Club (Suíça)
  • 91 – Verboten (Estados Unidos da América)
  • 92 – Illuzion (Tailândia)
  • 93 – Stealth (Reino Unido)
  • 94 – Coda (Canadá)
  • 95 – Rainbow Venues (Reino Unido)
  • 96 – X2 (Indonésia)
  • 97 – Studio 338 (Reino Unido)
  • 98 – Space Ibiza NY (Estados Unidos da América)
  • 99 – Robert Johnson (Alemanha)

 

Publicado em Mix
Atualmente ocupa a posição número 94 no Top 100 da Revista britânica DJ Mag. Com um prémio quente nas mãos e de enorme responsabilidade, Diego Miranda, sente-se orgulhoso e honrado em ser o único DJ português a representar o seu país. Poucos meses depois da edição de “Say Yeah”, o álbum de estreia, Diego vê confirmado e reconhecido pelo público além-fronteiras aquilo que lhe corre nas veias em abundância: talento. Na entrevista ao Portal 100% DJ revela já ter uma agenda repleta de festivais até ao próximo ano, com paragens pela América, Ásia e África. Faz também referência à sua nova editora que pretende editar música de qualidade e dar a conhecer novos talentos.
Confere a conversa que tivemos com Diego Miranda depois de ter recebido este importante prémio.

 

O que representa para ti estar no Top 100 da DJ Mag?
É um grande orgulho e uma grande honra ser o único português a singrar na lista dos 100 melhores DJs do mundo pela conceituada revista britânica DJ Mag.
 
Estavas à espera de subir no Top em relação a 2012?
Curiosamente nos últimos 2 anos estive a um passo de entrar na lista, ficando nas posições 101 e 108 respetivamente. Este ano, tenho a perfeita noção que trabalhei ainda mais que nos outros anos, lancei o álbum "Say Yeah", toquei muito mais no estrangeiro e obtive mais visibilidade nos media. Por outro lado, tinha consciência que este ano era muito mais difícil entrar, porque houve grandes novos talentos internacionais a explodir por todo o mundo e consequentemente a subir nas posições. Como por exemplo o caso do Hardwell e também por haver novas entradas no ranking. É por isso que esta conquista teve um sabor especial e estou muito feliz por isso.

O facto de estar na DJ Mag não só traz mais visibilidade mas também acarreta mais responsabilidades.


Na tua opinião deveriam estar mais portugueses neste Top?
Claro que sim, é sempre um orgulho haver portugueses a representar o nosso país por todo o mundo e quantos mais melhor, mas acredito que nos próximos anos vão entrar muito mais portugueses neste Top, porque Portugal tem muitos novos talentos que se continuarem a trabalhar como estão, vão dar cartas em todo o mundo.
 
O que podemos esperar de Diego Miranda nos próximos meses?
Para já vou continuar a promover o álbum "Say Yeah" que contém ainda outros temas por mostrar ao público. Entretanto, vou continuar a trabalhar em estúdio para o meu próximo álbum. Vão também sair novas faixas minhas mais mainstream, com novas colaborações de outros produtores. Já tenho festivais agendados até ao próximo ano que incluem várias paragens, nomeadamente pela América, Ásia e África. Tenho também uma nova editora "Less is More Records" que pretende editar, principalmente, música de qualidade e dar a conhecer novos talentos. Quero, também, realizar outros projetos que tenho em mente, mas que ainda é cedo para revelar...

Que mensagem gostarias de deixar aos teus fãs?
O facto de estar na DJ Mag não só traz mais visibilidade mas também acarreta mais responsabilidades, para todos aqueles que acompanham e apoiam a minha carreira só lhes posso prometer que vou trabalhar ainda mais e melhor. De resto, só posso dizer: "The Best is Yet to Come"... e agradecer a todos os que me têm apoiado até aqui.
 
 
Publicado em Entrevistas
terça, 16 setembro 2008 19:52

Já decorre a eleição do Top 100

Está a decorrer a votação para a eleição do Top 100 da prestigiada Dj Mag, pull em que Dj Vibe obteve no ano transacto um prestigiante 40º lugar.

Tido a par com a Dj List como um dos mais prestigiados rankings de djs do mercado mundial, e tendo Vibe, vindo a ocupar ao longo do último ano e meio posições de grande relevo nestas tabelas, nunca será demais informar que em http://top100djs.djmag.com/ poderá elaborar o seu top e votar naqueles que são os seus djs de eleição, de maneira a que também por estes lados se façam sentir as preferências nacionais.
Publicado em Mix
Pela primeira vez, na história do Top 100 DJs, uma dupla chegou ao número 1: os irmãos belgas Dimitri Vegas & Like Mike, subiram este ano 1 posição, para descoroar o holandês de 27 anos, Robbert Van de Corput, conhecido no meio por Hardwell. O restante Top 5 foi, sem surpresas, preenchido por Martin Garrix (3), Armin Van Buuren (4) e Tiesto na quinta posição.
 
Como se isso não bastasse, este ano pela redação da revista DJ Mag passou um verdadeiro tornado, baralhando várias posições, que se dizem injustas aos olhos de quem perdeu o seu tempo a votar nos artistas favoritos, onde muitos deles nem sequer figuram nesta tabela.
 
Nesse sentido e pelo quarto ano consecutivo, o Portal 100% DJ lançou um desafio a rostos conhecidos e influentes na noite Portuguesa, a fim de responderem à questão “Qual é a sua opinião sobre o Top 100 da DJ Mag?”. O nosso primeiro convidado a responder é o DJ e produtor Will Pit-a-Pat
 

Qual é a sua opinião sobre o Top 100 da DJ Mag?

 
Antes de mais, gostaria de agradecer ao 100% DJ este convite para comentar os resultados do DJ Mag TOP 100 2015.  É uma honra para mim ser convidado para este tipo de iniciativas que englobam vários profissionais ligados à industria da dance scene nacional.
 
Relativamente ao tópico em questão, o meu primeiro e principal comentário vai para os artistas nacionais que conseguiram entrar neste TOP 100 em 2015: Diego Miranda e Kura. São duas referências fantásticas para qualquer DJ/produtor português e devemos apoiá-los, tal como devemos apoiar todos aqueles que trabalham arduamente para serem melhores artistas, elevando a sua qualidade como produtores e DJs, mantendo a humildade e realçando cada vez mais o seu valor. O Diego Miranda fez tours alucinantes no Brasil, conquistou residências em Ibiza e chegou ao continente asiático. A sua versatilidade e qualidade enquanto DJ é fenomenal! O Kura, um dos meus ídolos, produziu faixas espetaculares e atingiu um patamar de sonho para qualquer artista: editar por labels de topo e a colaborar com o “anterior melhor do mundo”: Hardwell. Parabéns portugueses! Queremos mais e espero que tanto eu como muitos outros produtores portugueses cheguem um dia tão alto.
 

Parabéns portugueses! Queremos mais e espero que tanto eu como muitos outros produtores portugueses cheguem um dia tão alto.

 
Como tal, isto leva-me ao assunto central deste texto e apesar de não gostar de “lavar roupa suja em praça pública”, aproveito para questionar o objetivo deste TOP 100. Publicidade? Marketing? Valorização profissional? Premiação dos melhores DJs ou produtores? Retorno financeiro? Uma coisa é certa, a dignidade do TOP 100 da DJ Mag decresceu a partir do momento em que passou a vender publicidade em prol de melhores classificações, passando de revista séria para “entidade circense”.
 
A vitória dos irmãos belgas (Dimitri Vegas & Like Mike) veio provar que o dinheiro pode comprar até o primeiro lugar do pódio, principalmente quando o não apresentam mérito pelas suas produções, tal como acontece com outros artistas! Para além disto, a divulgação da troca de e-mails entre o DJ Stamen e a DJ Mag e a entrada do indiano DJ Chetas faz-me pensar se a entidade responsável por este TOP 100 é a DJ Mag ou algum criador de uma aplicação de riso! Mas também é verdade que há mais para avaliar. A classificação dos suecos Axwell /\ Ingrosso prova que a música pode tocar mais as pessoas do que qualquer outra coisa. Valorizo a permanência de artistas fenomenais como MAKJ, Laidback Luke e Bassjackers apesar da sua injusta classificação e fico muito feliz por ver nomes como Tujamo, DJ Snake, Oliver Heldens, Tchami e Will Sparks. Fantástico prémio para Don Diablo que teve um ano estrondoso e criou uma marca fortíssima no mercado! Superior a isto, só mesmo Diplo a entrar com o seu próprio nome e com os projectos Major Lazer e Jack U. No entanto, coloca-se a questão: onde está hoje a grandeza deste TOP 100 e onde andam artistas como Kryder, Tom Staar, Matisse & Sadko, Bass Kleph, Dzeko & Torres, Dillon Francis e Martin Solveig?
 
Para mudar isto, espero mais e melhor da electrónica, da dance scene e dos portugueses. Acredito que temos todo o potencial para crescermos e existe muito talento e trabalho a ser desenvolvido. Como artista, cronista, formador, profissional e ser humano, quero fazer mais e melhor e gostava que pensassem se não faz sentido existir mais união entre todos. Vamos trabalhar e crescer juntos!
 
Até breve, Will Pit-a-Pat.
Publicado em Mix
quinta, 25 outubro 2012 23:28

Club Banditz voltam a "assaltar" DJ Mag

Os Club Banditz "assaltaram" de novo a DJ Mag, conseguindo ocupar a 211ª posição deste conceituado TOP DJ mundial, promovido anualmente pela revista britânica líder de mercado e que teve a sua festa de revelação no ADE 2012 (Amsterdam Dance Event).
Este chart que é considerado pela indústria como o mais fiel barómetro da cena DJ e serve anualmente para os principais players do mercado comprovarem a popularidade dos artistas no ranking mundial.
 
Se em 2011 ficaram entre os 400 TOP DJs do mundo, ocupando a 347ª posição, em 2012 os fãs não baixaram a guarda e presentearam os Club Banditz com a conquista do lugar número 211, representando uma subida de 136 posições em relação ao ano transato, ficando mesmo à porta do TOP 200.

A contribuir para este reconhecimento está a qualidade das suas produções, remixes, sets, radioshows e acima de tudo a energia que imprimem em todos os seus gigs, seja em digressões internacionais como as mais recentemente testemunhadas na América do Sul, Europa de Leste, África, ou mesmo em território nacional. Já não há dúvidas que, dia após dia, cresce o número de fãs em todo o mundo por esta "quadrilha", permitindo aos CBZ, em tempo recorde, ocupar uma posição de enorme prestígio na DJ Mag.
Are you ready for CBZ?
 
Publicado em Artistas
terça, 07 outubro 2014 22:56

Top 100 DJ Mag: a antevisão dos resultados

É com enorme agrado que pelo segundo ano consecutivo, aceito o desafio do portal 100% DJ para fazer a antevisão dos resultados para o TOP 100 da DJ MAG. 
 
Este ano continuou a ser marcado por "Animals" e "Tsunamis" onde o Progressive continuou em destaque, apesar de termos presenciado uma mudança nos hits de Verão para temas mais "Deep". No entanto, o "miúdo" que surpreendeu tudo e todos ao entrar na tabela de 2013 directamente para a 40ª posição (Martin Garrix) é falado como o próximo numero 1 do mundo (ainda à dias, o Laidback Luke afirmou que assim seria). 
 
Nesta previsão de resultados que venho apresentar, posso garantir que "Garrix" estará seguramente no TOP 5 mundial mas não acredito que este fenómeno consiga destronar nomes como o de Hardwell ou Armin Van Buuren.
 
Vou fazer algo que não fiz o ano passado e vou "arriscar" na ordem do TOP 5 deste ano, colocando como numero 1 o Hardwell, seguido por Armin Van Buuren, com o fenómeno Martin Garrix a ocupar o ultimo lugar do pódio. Na 4ª posição estarão os "afilhados" do organizador do Tomorrowland - Dimitri Vegas e Like Mike e apesar de ter anunciado o cancelamento dos Tours Mundiais, o Avicii ficará na 5ª posição. Poderei estar enganado na classificação mas acho muito difícil que não seja este o TOP 5 em 2014. 
 

Estou plenamente convencido da 'queda' do Nicky Romero e das 'manas' NERVO (...)

 
No que diz respeito aos lugares cimeiros, estou plenamente convencido da "queda" do Nicky Romero e das "manas" NERVO, numa subida do Steve Angello e tenho algumas dúvidas sobre o posicionamento de David Guetta. Os W&W irão cair certamente, Calvin Harris e Alesso deverão subir e não se consegue prever se Skrillex continuará a ter uma grande votação com a queda do Dubstep e se a sua ligação ao Diplo com o projecto JackU terá sido suficiente para recolher os votos necessários dos fãs.
 
Tiesto, Steve Aoki e Deadmau5 continuam com uma base de fãs sólida e entrarão sem grandes dúvidas nos lugares de destaque tal como o Afrojack. 
 
Algo que ninguém consegue prever, é se nomes como Swedish House Mafia vão continuar na tabela (por razões óbvias e visto os seus elementos "competirem" a solo) e o que será que vai acontecer com os Daft Punk. 
 
Obviamente que faltam aqui imensos nomes que vão constar neste TOP (Above & Beyond, Zedd, Knife Party, Showtek, Dyro, Chuckie, Quentin Mosimann, Blasterjaxx, etc.) mas não quero perder mais tempo e vou falar do realmente interessa a todos nós. OS PORTUGUESES. 
 
Sim, escrevi bem... OS PORTUGUESES. Tudo leva a crer que vamos ter 2 Portugueses no TOP 100 Mundial em 2014. É escusado dizer os nomes mas o KURA e DIEGO MIRANDA estarão nesta tabela e estou convicto de uma entrada histórica do Kura (perto da posição 80) e de uma melhoria do posicionamento do Diego Miranda (em 2013 atingiu a 94ª posição) podendo mesmo chegar aos "70's". 
 

É escusado dizer os nomes mas o KURA e DIEGO MIRANDA estarão nesta tabela (...)

 
Volto a referir que isto são tudo previsões que são baseadas no conhecimento e experiência que fui obtendo ao longo dos anos e que permitem uma análise mais aprofundada mas poderei estar errado (faço votos para que não esteja porque é um orgulho ver 2 Portugueses nesta tabela). 
 
Não posso esquecer os nossos irmãos Brasileiros nesta minha previsão (até porque estou a torcer por um deles). Se os Felguk são presença certa nesta tabela, estou convicto da entrada de um "fenómeno" chamado Ftampa e de quem muito me orgulho, não só pelo seu trabalho e qualidade mas também pelo trabalho do seu manager de quem sou amigo e admirador confesso (Guilherme Tannenbaum) que tem feito um trabalho notável apesar da sua tenra idade.
 
Não vou alongar-me mais e cá estaremos todos para conferir se estas previsões em forma de antevisão estarão correctas e se iremos celebrar a presença de 2 nomes Portugueses nesta tabela que tem servido de referência na escolha dos melhores DJ's dos mundo.
 
Ricardo Silva
Publicado em Mix
Pág. 1 de 6
100% DJ. Projeto editorial independente cujos valores se guiam pelo profissionalismo, isenção e criatividade, tendo como base de trabalho toda a envolvente da noite nacional e internacional, 365 dias online.

Newsletter

Recebe novidades e conteúdos exclusivos no teu e-mail.

Este site utiliza cookies. Ao navegares neste site estás a consentir a sua utilização. Para mais informações consulta a nossa Política de Privacidade.