05-06-2020
  Diretor Ivo Moreira  \  Periodicidade Diária
Os artistas Hardwell e Kygo estão entre os artistas com mais prémios arrecadados na última edição dos International Dance Music Awards, que decorreu a semana passada, durante a Miami Music Week nos Estados Unidos da América.
 
“Best Global DJ”, “Best Artist (Solo)” e “Best Progressive House/Electro DJ” foram algumas das categorias onde Hardwell saiu vencedor, enquanto que Kygo levou para casa os prémios de “Best Chillout/Lounge Track” e “Best Break-Through DJ”.
 
O festival Tomorrowland, a editora Spinnin’ Records e a discoteca Ushuaia em Ibiza também conquistaram prémios nesta cerimónia que aconteceu em Miami. Os vencedores da edição deste ano foram escolhidos pelos fãs, através de uma votação online, com uma média de 2 milhões de votos vindos de 209 países.
 
Confere abaixo todos os vencedores:
 
Best Underground Dance Track:
  • Shiba San – Burn Like Fire
 
Best Alternative/Indie Rock Dance Track:
  • Eric Prydz VS Chvrches – Tether
 
Best Indie Dance Track:
  • Purple Disco Machine & Boris Dlugosch – L.O.V.E.
 
Best Latin Dance Track:
  • Kryder, Tom Staar & The Wulf – De Puta Madre
 
Best House/Garage/Deep House Track:
  • Bob Sinclar feat. Dawn Tallman – Feel The Vibe
 
Best R&B/Urban Dance Track:
  • The Weeknd – Can’t Feel My Face
 
Best Electro/Progressive House Track:
  • Tiesto & KSHMR feat. Vassy – Secrets
 
Best Rap/Hip Hop/Trap Dance Track:
  • David Guetta feat. Nicki Minaj, Bebe Rexha & Afrojack – Hey Mama
 
Best Trance Track:
  • Armin van Buuren feat. Mr Probz – Another You
 
Best Dubstep/Drum & Bass Track:
  • Skrillex & Diplo Present Jack U with Justin Bieber – Where Are U Now
 
Best Tech House/Techno Track:
  • Alcatraz – Give Me Luv (Nicole Moudaber Remix)
 
Best Chillout/Lounge Track:
  • Kygo – Stole The Show
 
Best Commercial/Pop Dance Track:
  • Major Lazer & DJ Snake feat. MO – Lean On
 
Best Compilation or Full Length DJ Mix:
  • Hardwell – Hardwell Presents Revealed Volume 6
 
Best Global DJ:
  • Hardwell
 
Best North American DJ:
  • Skrillex
 
Best European DJ:
  • Dimitri Vegas & Like Mike
 
Best Break-Through DJ:
  • Kygo
 
Best EDM/Pop DJ:
  • Calvin Harris
 
Best Trance DJ:
  • Armin van Buuren
 
Best House/Garage/Deep House DJ:
  • Claptone
 
Best Indie Dance/Underground DJ:
  • Jamie XX
 
Best Progressive House/Electro DJ:
  • Hardwell
 
Best Techno/Tech House DJ:
  • Carl Cox
 
Best Dubstep/Drum & Bass DJ:
  • Skrillex
 
Best Hardstyle DJ:
  • Headhunterz
 
Best Podcast or Radio Mixshow DJ:
  • Hardwell – Hardwell On Air
 
Best Artist (Solo):
  • Hardwell
 
Best Artist (Group):
  • Dimitri Vegas & Like Mike
 
Best Break-Through Artist (Solo):
  • Kygo
 
Best Break-Through Artist (Group):
  • Mr. Belt and Wezol
 
Best Full Length Studio Recording:
  • Disclosure – Caracal
 
Best Featured Vocalist Performance:
  • Hardwell feat. Jake Reese – Mad World
 
Best Music Video:
  • Major Lazer & DJ Snake feat. MO – Lean On
 
Best Producer:
  • Calvin Harris
 
Best Remixer:
  • Skrillex
 
Best US Club:
  • Omnia – Las Vegas (EUA)
 
Best Global Club:
  • Ushuaia Ibiza (Espanha)
 
Best Music Event:
  • Tomorrowland (Bélgica)
 
Best Radio Station:
  • BBC Radio 1
 
Best Music Media Resource:
  • DJ Mag
 
Best Music App:
  • Soundcloud
 
Best Global Music Label:
  • Spinnin’ Records
 
Best American Music Label:
  • Ultra Music
 
Best Indie/Underground Music Label:
  • Drumcode
 
Best Music Label Promotor Or Exec In-House:
  • Eelko van Kooten – Spinnin’ Records
 
Best Independent Music Promotion/Marketing:
  • Promo Only Promotions – Cary Vance, John Suraci & John Parker
 
Best Promo Subscription Service/Music Pool:
  • Promo Only
 
Best New Product Of The Year:
  • Pioneer – DJM-S9
 
Best Manufacturer Of The Year:
  • Pioneer DJ
 
Best Studio Product Of The Year:
  • Apple – Logic Pro X
 
Best DJ Software:
  • Native Instruments – Traktor Pro 2
 
Best Mixer/Controller:
  • Pioneer – DJM-900NXS
 
Best Media Player:
  • Pioneer – CDJ-2000NXS
 
Best Headhphones:
  • Senheiser – HD-25 II
Publicado em Artistas
domingo, 08 março 2015 20:03

Hardwell de regresso ao Meo Sudoeste

Depois de uma atuação para 14 mil pessoas no MEO Arena, em Lisboa, no dia 7 de março, Hardwell confirma a sua presença no festival MEO Sudoeste, que decorrerá em agosto.
 
A confirmação foi feita acidentalmente pelo próprio, em entrevista à Mega Hits. Vai ser o regresso do DJ número 1, segundo a revista DJ Mag, ao festival alentejano, depois de ter subido ao palco da Zambujeira do Mar na edição do ano passado.
 
Até ao momento Calvin Harris, Steve Aoki, Showtek, Oliver Heldens e Dimitri Vegas & Like Mike são alguns dos artistas que irão passar pela Herdade da Casa Branca.
 
Publicado em Festivais
O jovem produtor e DJ português WYKO acaba de lançar "Too Late", a sua quarta faixa na editora de Hardwell, a Revealed Recordings, desta vez em colaboração com Krimsonn e Flaremode.

"Too Late" traz uma sonoridade mais alegre, com uma forte influência pop, mais afastada do big room que marcou grande parte da carreira do jovem portuense. "É um novo estilo que tenho vindo a experimentar. Demorou a alcançar este tipo de sonoridade mas compensou o esforço". O produtor fez no entanto questão de ressalvar: "não quero que os meus ouvintes pensem que vou abandonar algum estilo. Trabalho apenas para que os meus lançamentos sejam mais variados".

Sobre a relação com a Revealed e os lançamentos frequentes nesta editora, WYKO conta-nos que "não há melhor sensação do que poder fazer crescer o meu número de ouvintes com uma editora deste nível, que foi onde sempre quis lançar música". O jovem produtor pretende que esse facto "sirva de inspiração para quem está a ler: pode passar muito tempo sem nos ser dado reconhecimento, mas se continuarmos a trabalhar, a nossa hora chega".
 
Publicado em Artistas
A EDP Beach Party vai decorrer entre os dias 30 de junho e 1 de julho, na Praia do Aterro Norte em Matosinhos e o festival já conta com uma confirmação de peso. O holandês Hardwell é o primeiro artista apresentado pela organização, que vai marcar presença na décima edição da beach party.
 
Considerado duas vezes como o número 1 do Top 100 da DJ Mag, Hardwell é um dos artistas de música eletrónica internacionais que frequenta regularmente o nosso país nos maiores festivais como o RFM SOMNII ou o MEO Sudoeste.
 
Os bilhetes para o festival já estão disponíveis nos locais habituais, a preços entre os 15 e os 60 euros.
 
{youtube}R1-sWDhzB50{/youtube}
Publicado em Eventos
Pela terceira vez consecutiva, Hardwell vai ser um dos cabeças de cartaz do festival MEO Sudoeste, que comemora em 2016 os seus 20 anos de existência, segundo o Diário de Notícias.
 
O DJ número 1 do Top 100 da DJ Mag está de volta à Herdade da Casa Branca, na Zambujeira do Mar, depois de ter atuado nas duas últimas edições. O português Agir é outra das primeiras confirmações, mas desta vez vai subir ao palco principal.
 
Segundo Luís Montez, da promotora Música no Coração, cerca de 188 mil pessoas passaram pelo MEO Sudoeste na edição deste ano, com um aumento de público inglês e espanhol. “Isto é um festival para divertir, não é para deprimir”, referiu Luís ao Diário de Notícias, confirmando a continuação da aposta em artistas de música eletrónica no festival alentejano.
 
{youtube}ALM1CwRMrmw{/youtube}
Publicado em Festivais
A música corre-lhe nas veias. Encara o dia-a-dia com naturalidade e "energia" é a palavra que melhor o define. Aos 25 anos, Hardwell transforma um sonho realidade. Tornou-se o DJ número um do mundo - cimentado, desta feita, a sua posição na cena eletrónica mundial, sendo o mais novo DJ a conquistar o cobiçado Top 100 da Revista Britânica DJ Mag. A ascensão do menino da cidade de Breda (Holanda) tornou-se um conto inspirador para todos, relatado na primeira pessoa no documentário 'I Am Hardwell' - que será exibido em várias salas em todo o mundo - desenvolvido com o lema "Se você pode sonhar, você pode fazê-lo".
A poucos dias da sua vinda a Portugal, o Portal 100% DJ foi ao encontro de Hardwell, para saber quais as suas expectativas e a resposta foi direta: "Vai ser brutal!", estando o DJ holandês à espera de uma "festa selvagem" no próximo dia 14 de dezembro, em Lisboa. Na entrevista exclusiva, o DJ e produtor falou do importante prémio recebido, de Portugal, do evento 'I Am Hardwell' e revelou quais os seus planos para concretizar no próximo ano.

 

Antes de mais, queremos felicitar-te em nome de todos os teus fãs portugueses. Como é que te sentiste quando foi revelado o teu nome nos prémios da DJ Mag?
Fiquei sem palavras e ainda estou estupefacto! Tive um sorriso de orelha a orelha durante duas semanas.
 
Consideras este prémio um marco importante na tua carreira? É uma responsabilidade de peso ter este prémio nas mãos?
Estou muito orgulhoso e sinto-me honrado em ter sido votado para o número 1 e é definitivamente um marco importante para mim, mas não é tudo. A minha música é a coisa mais importante e desde que os fãs estejam contentes com ela, tudo é secundário.
 
Se pudesses dedicar o prémio a alguém, a quem seria?
Aos meus fãs, por mostrarem todo o seu apoio e acreditarem em mim ao longo do caminho.
 
Descreve em três palavras o evento 'I Am Hardwell'...
O, melhor, incrível, espetáculo… ok, são quatro palavras, mas prometo será uma festa fantástica.
 
Desta tour mundial qual foi até agora o gig que mais te surpreendeu e porquê?
Não consigo escolher apenas um, pois são todos diferentes, no entanto estou a gostar imenso dos espetáculos ‘I Am Hardwell’. A produção, a energia de cada evento… nunca senti nada igual.
 
Que feedback tens tido nos outros países?
Muito, muito feedback positivo. Tem sido muito divertido até agora e mal posso esperar para vos levar este espetáculo, porque vocês vão adorar.
 
Quais são as tuas expectativas para o próximo dia 14 de dezembro no Meo Arena?
Vai ser brutal! Estou à espera de uma festa «selvagem».
 
Vais trazer o teu amigo Dannic. Consideras que a ajuda que lhe tens dado, serviu também para o impulsionar a nível mundial?
O sucesso do Dannic tem sido feito por ele próprio. Somos bons amigos e conhecemo-nos há muitos anos e ele sempre foi muito dedicado à sua música e ao djing. Ele é extremamente trabalhador e tem uma boa visão. Estou muito contente de o ver a dar-se muito bem com a sua música.
 
O que é que te vem à cabeça quando se fala em Portugal? Que referências tens?
Praias incríveis, marisco e que deu ao mundo alguns futebolistas famosos.
 
O que é que gostarias de conhecer melhor em Portugal?
Estou desejoso de poder passar algum tempo no vosso país nesta viagem e experienciar mais da vossa cultura e da maravilhosa comida.
 
Que planos tens para concretizar em 2014?
Em 2014 será tudo à volta da música. Quero concentrar-me em acabar o meu primeiro álbum como artista. Também estou a concentrar-me na minha tour mundial 'I Am Hardwell' e pretendo levá-la a mais destinos à volta do mundo. O próximo ano vai ser muito ocupado e um período excitante para mim tanto em estrada como no estúdio.
 
Tens em vista a edição de mais trabalhos de produtores portugueses na tua editora Revealed?
Estou aberto para trabalhar com diferentes escritores, cantores e produtores de todo o mundo, e claro que seria muito bom trabalhar com portugueses. Alguma sugestão?
 
Que mensagem gostarias de enviar para os teus fãs portugueses e leitores do Portal 100% DJ?
Obrigado pelo suporte contínuo que me têm dado. Estou desejoso de poder «rebentar» a vossa festa dia 14.
Publicado em Entrevistas
A 30ª edição dos Internacional Dance Music Awards decorreu em plena Miami Music Week e o grande vencedor foi Hardwell, o DJ número 1 segundo a revista britânica DJ Mag.
 
Steve Aoki, Armin van Buuren, DJ Snake e Calvin Harris foram alguns dos artistas que levaram o prémio de música eletrónica para casa. As editoras premiadas foram a Spinnin’ Records e a Ultra Music.
 
Confere abaixo todos os vencedores e as respetivas categorias:
 
  • Lifetime Achievement: Frankie Knuckles
  • Melhor Música de Dança Underground: Shiba San – Okay
  • Melhor Música Electro/Progressive House: Hardwell & Joey Dale feat. Luciana – Arcadia
  • Melhor Música Rap/Hip Hop/Trap: DJ Snake & Lil Jon – Turn Down For What
  • Melhor Música Trance: Armin van Buuren – Together (In a State Of Trance)
  • Melhor Música Dubstep/Drum & Bass: Duck Sauce – NRG (Skrillex, Kill The Noise, Milo & Otis Remix)
  • Melhor Música Tech House/Techno: UMEK feat. Jay Colin – Burnfire
  • Melhor Música Chillout/Lounge: Lamb – We Fall In Love
  • Melhor Música Comercial/Pop: Calvin Harris – Summer
  • Melhor Compilação ou DJ Mix: Hardwell – Revealed Volume 5
  • Melhor DJ Global: Hardwell
  • Melhor DJ Norte Americano: Steve Aoki
  • Melhor DJ Europeu: Dimitri Vegas & Like Mike
  • Melhor DJ Revelação: Blasterjaxx
  • Melhor DJ EDM/Pop: Calvin Harris
  • Melhor DJ de Trance: Armin van Buuren
  • Melhor DJ de House/Garage/Deep: Justin Martin
  • Melhor DJ de Indie/Underground: Madeon
  • Melhor DJ de Progressive House/Electro: Hardwell
  • Melhor DJ de Techno/Tech House: Carl Cox
  • Melhor DJ de Dubstep/Drum & Bass: Skrillex
  • Melhor DJ de Hardstyle: Headhunterz
  • Melhor Podcast/Rádio Mixshow: Hardwell On Air
  • Melhor Artista a Solo: Deadmau5
  • Melhor Artista em Grupo: Axwell /\ Ingrosso
  • Artista Revelação (Solo): Oliver Heldens
  • Melhor Álbum: Tiesto – A Town Called Paradise
  • Melhor Vocalista em Colaboração: Vassy (com David Guetta & Showtek) – Bad
  • Melhor Vídeo: Calvin Harris – Summer
  • Melhor Produtor: Calvin Harris
  • Melhor Remixer: R3hab
  • Melhor Club Americano: Hakkasaan (Las Vegas)
  • Melhor Club Global: Ushuaia (Ibiza, Espanha)
  • Melhor Evento de Música: Tomorrowland (Boom, Bélgica)
  • Melhor Fonte de Media Musical (online e impressa): DJ Mag
  • Melhor App de Música: Soundcloud
  • Melhor Empresa de Venda de Música EDM/Dança: Beatport.com
  • Melhor Editora Global: Spinnin’ Records
  • Melhor Editora Americana: Ultra Music
  • Melhor Promotor de Editora: Eelko van Kooten (Spinnin’ Records)

 

Publicado em Artistas
Os KEVU, dupla composta por João Pedro e João Rosário, lançaram recentemente uma nova faixa intitulada de “Bang” em colaboração com Maddix, com o selo da Revealed Recordings, a editora de Hardwell.
 
“Esta colaboração surgiu devido ao facto de já existir um grande interesse da nossa parte pelo trabalho do Maddix, pelo que decidimos então enviar-lhe algumas ideias para que fosse possível trabalharmos juntos. A partir do momento em que ele gostou do que enviámos, o processo foi bastante simples. Trabalhámos via Skype e a faixa concluiu-se em cerca de uma semana”, revelaram os KEVU em entrevista exclusiva ao Portal 100% DJ.
 
No final de fevereiro, a faixa alcançou o número 1 da plataforma Beatport e foi apresentada ao público no programa de rádio “Hardwell On Air”, do antigo primeiro lugar do Top 100 da DJ Mag.
 
Esta não é a primeira editora de prestígio onde os KEVU lançam faixas originais. No ano passado já tinha sido apresentada uma colaboração com Jaggs intitulada de “Stop Me” também na Revealed Recordings e “Bandana”, uma parceria com Olly James com o selo da Maxximize Records, editora dos Blasterjaxx. No entanto, a dupla portuguesa tem “grande interesse em trabalhar” como por exemplo com a Mainstage Music, Armada Music ou a Spinnin’ Records, mas sempre com o objetivo de “manter o mesmo nível”.
 
Os ‘padrinhos’ dos KEVU são os Blasterjaxx, que apoiam o trabalho dos DJs e produtores portugueses há já algum tempo e pretendem produzir algo juntos, “porém existem outros artistas que também admirados bastante, tal como Hardwell, KSHMR e W&W e, quem sabe, no futuro seja possível trabalhar com algum deles”, referiram João Pedro e João Rosário.
 
Para o futuro, “para além de várias músicas a sair nas melhores editoras, temos também um remix oficial para um enorme artista internacional. A nível de atuações, vamos estar um pouco por todo o lado, não só e Portugal as também internacionalmente”, como é o caso da Tailândia, Suiça, Holanda, Itália e Estados Unidos da América.
 
Outra das novidades revelada pelos KEVU e que estão “bastante felizes por todo o nosso management passar agora a ser gerido pela Mascarade”, uma nova empresa criada pelos próprios Blasterjaxx.
 
Os KEVU foram uns dos artistas de música eletrónica nacionais que mais destacaram no ano passado, sendo considerados por muitos uma ‘revelação’. Todos os bons resultados alcançados fizeram com que ocupassem a posição número 6 do Top 30 de 2016 do Portal 100% DJ.
 
“Sinceramente, mais do que um grande orgulho e felicidade, é uma enorme responsabilidade porque não queremos desiludir as pessoas que votaram e acreditam em nós todos os dias, mas também queremos justificar esta posição para as pessoas que nem sequer nos conheciam. Aproveitamos aqui para saudar a 100% DJ, não só por esta iniciativa mas também por todo o apoio que tem oferecido à música eletrónica portuguesa”, concluíram os KEVU.
 
{youtube}t84E2R6V0Yg{/youtube}
Publicado em Música
Celebrou-se na segunda-feira, 22 de setembro, a 17ª edição dos DJ Awards, a conhecida entrega de prémios que encerra as grandes temporadas do verão de Ibiza. A cerimónia teve lugar na famosa discoteca Pacha.
 
Carl Cox foi o grande vencedor da noite, com os prémios nas categorias de "Techno" e "International DJ". O veterano, de acordo com o Diário de Ibiza, é o único DJ nomeado em todas as edições da entrega de prémios, com um total de 19 nomeações, desde 1998.
 
O holandês Armin Van Buuren parece querer seguir as pisadas de Cox, sendo agora o maior detentor de prémios desta celebração, com 10. Este ano levou para casa o prémio de Trance. Além disso, o DJ tem sido nomeado todos os anos, desde 2004.
 
Entre os outros vencedores destacaram-se Diplo, Skrillex, Hardwell e Disclosure, que ganharam os prémios de Eletrónica, Drum & Bass e Dubstep, Electro House e Electronic Live Performance, respetivamente. Segundo o site Essencial Ibiza, todos os vencedores tiveram direito ao troféu intitulado Kryptonite e a uma garrafa de Moet & Chandon, para comemorar.
 
Com mais de 70 nomeados, a votação esteve aberta ao público durante mais de um mês, através de uma inscrição no site oficial dos DJ Awards. Para quem votou, ficou automaticamente habilitado a ganhar um bilhete para assistir à gala.
 
Segue abaixo a lista dos vencedores:
 
  • Deep House: Jamie Jones
  • House: Luciano
  • Electro House: Hardwell
  • Electrónica: Diplo
  • Techno: Carl Cox
  • Trance: Armin van Buuren
  • Drum & Bass e Dubstep: Skrillex
  • Breakthrough: Mano Le Tough
  • Newcomer: Patrick Topping
  • Electronic Live Performance: Disclosure
  • International DJ: Carl Cox
  • Ibiza DJ: Ibán Mendonza
  • Ibiza Live Performance: Matador
  • Ibiza Night: Pacha Ibiza Flower Power
  • Track Of The Season: Forget by Patrick Topping
  • Producer: MK
  • Record Label Of The Year: Innervisions
  • International Festival: Creamfields UK
  • Dance Nation Of The Year: Croácia
  • Media: Be-At TV
  • Cutting Edge: Native Instruments
  • Outstanding Contribution: DJ Harvey
 
 
 
Publicado em Eventos
Robbert van de Corput, mais conhecido como Hardwell, é um dos maiores artistas de música eletrónica a nível mundial, tendo sido classificado pelo segundo ano consecutivo como número 1 pela revista DJ Mag. Uma carreira sólida e de sucesso não se faz sozinha, e o DJ/produtor holandês conta com a ajuda de Anna Knaup, a sua manager, que estudou na Universidade de Amesterdão.
 
Anna Knaup é atualmente a diretora da Anna Agency, uma empresa que gere a carreira de grandes DJs internacionais como Dannic, Dyro, Joey Dale, Kill The Buzz, Sick Individuals e Thomas Newson. Em entrevista ao blog Just Go, a manager de Hardwell revelou algumas curiosidades sobre o seu trabalho de sucesso.
 
O seu emprego resume-se a “uma procura de talento”, além de “planear o futuro, para onde um artista quer estar num determinado número de anos”. Este planeamento está relacionado com “lançamentos de álbuns, atuações, imprensa” e ainda com estratégias de marketing direcionadas aos seus artistas.
 
“Dar oportunidade a um talento” é uma das coisas preferidas de Anna, mas defende que a personalidade do artista “é um grande fator” e que o manager “tem de gostar dos artistas com quem trabalha”.
 
Nos últimos tempos tem estado bastante ocupada com a carreira do número 1 mundial: “estivémos dedicados na sua digressão, com 34 atuações em 18 meses”, bem como o processo de “finalizar o documentário (“I Am Hardwell”), a sua estreia” e ainda o radioshow “Hardwell On Air”.
 
Para o futuro, “temos o álbum (“United We Are”), bem como o seu novo espetáculo que começa em janeiro”, revelou Anna Knaup, confirmando a presença de Hardwell também em festivais.
 
A sua agência comemora 20 anos de existência e Anna referiu que foi uma das primeiras no seu país a “ser agente no género da música de dança, quando a maioria dos DJs não tinham agentes ou gestores”. A empresa de Knaup detém agora três agentes e dois assistentes de booking.
 
Para os artistas que ainda não têm um manager, Anna dá alguns conselhos úteis: “olhar para os artistas que gostam” e “verificar qual é a equipa que está por trás deles”, para assim “chegar a essa pessoa/empresa e ver se há disponibilidade” de contratar determinado DJ. A manager de Hardwell revelou ainda que tem “inumeros artistas” que a contatam para serem agenciados, mas que tem de recusar muitos deles. Uma das coisas que chama a atenção de Anna num artista é o seu “som único e a sua própria identidade”.
 
A imprensa e as redes sociais são dois elementos considerados “muito importantes” para a manager holandesa e os seus artistas, “dando-lhes liberdade e uma plataforma para mostrar a sua personalidade, pela sua música ou pela comunicação social”.
 
A nova digressão já tem data marcada em Lisboa, no próximo dia 7 de março, no MEO Arena com selo da emissora Mega Hits. O álbum de estreia de Hardwell vai ser lançado mundialmente no próximo dia 23 de janeiro, pela Revealed Recordings, a editora fundada pelo próprio em 2010.
 
Em Portugal, Hardwell já atuou diversas vezes, destacando as suas performances no MEO Arena a 14 de dezembro de 2013 e no festival MEO Sudoeste no dia 7 de agosto de 2014. Em entrevista exclusiva ao Portal 100% DJ, o número 1 revelou o seu interesse pelas praias “incriveis” que o nosso país tem para oferecer e na sua atuação em Lisboa afirmou que aquele foi o “melhor espetáculo da ‘I Am Hardwell Tour’” até àquela data.
 
Através da sua editora Revealed Recordings, Hardwell acaba de lançar o tema “Makhor” do português Kura, que tem vindo a ser um sucesso internacional. Além disso, o artista holandês tem tocado as músicas de Kura ao vivo e no seu radioshow.
 
 
Publicado em Mix
Pág. 1 de 8