22-02-2020

  Diretor Ivo Moreira | Periodicidade Diária

Sobre Nós  |  Fala Connosco     

Com o primeiro fim de semana do Rock in Rio-Lisboa 2012, o maior evento de música e entretenimento do mundo ultrapassou os 6 milhões de visitantes. Desde 1985 que cerca de 6.100.300 pessoas marcaram presença nas onze edições do Rock in Rio (5 em Lisboa, 4 no Rio de Janeiro e 2 em Madrid). Este número de fãs e seguidores do evento reflete-se claramente nas redes sociais, que funcionam cada vez mais como barómetro da sociedade.

Nas redes sociais - Facebook, Twitter, Orkut, Youtube e Google Plus - o Rock in Rio tem 5.265.463 fãs que acompanham, em tempo real, todas as novidades do maior evento de música e entretenimento do mundo. O Rock in Rio destaca-se dos outros festivais nestes números, o festival mais próximo do Rock in Rio é o Coachella nos EUA com cerca de 1.785.074 seguidores, seguem-se o Vans Warped Tour nos EUA com 976.579 fãs nas mesmas redes e o Lollapalooza nos EUA, Chile e Brasil com 869.519 seguidores no total.

Nos dias 25 e 26 de maio, os primeiros do Rock in Rio-Lisboa 2012, a página do Facebook do Rock in Rio-Lisboa teve 770.575 likes, 14.000 comentários e 79.488 menções. Nesta página foram colocados 869 posts e fotografias e o número de fãs cresceu para 323.528, aumentando 20.000 fãs em dois dias. Também no Twitter o impacto fez-se notar, o Twitter do Rock in Rio-Lisboa tem neste momento 18.710 seguidores.

No ranking de marcas nacionais da Marktest, o Rock in Rio aparece em 4º lugar, atrás apenas dos três principais clubes de futebol portugueses: Benfica (1º), Porto (2º) e Sporting (3º), nos temas mais falados durante a semana de 21 a 27 de maio de 2012.

Nos primeiros dias de evento, a SIC Radical, que transmitiu em direto todos os concertos do Palco Mundo, bateu o recorde de audiências, com uma média de 51.800 espetadores no dia 26 de maio, e o canal atingiu o número de 200.000 telespetadores durante o concerto de Linkin Park.
 
Publicado em Rock in Rio
A organização do maior evento de música e entretenimento do mundo apresentou, na tarde de ontem, a mais recente novidade do Rock in Rio: a Street Dance, um novo espaço cenográfico inspirado em Nova Iorque que pretende levar os diversos estilos de dança urbana à Cidade do Rock. Breakdancing, Hip-Hop e Funk Dance… o Parque da Bela Vista vai estar ao rubro!

Durante a apresentação, Roberta Medina, Vice-Presidente Executiva do Rock in Rio, referiu que “a Street Dance demonstra o empenho da organização em surpreender o público a cada edição. Este novo espaço inspirado em Nova Iorque vai trazer todo o espírito alegre e ritmado da dança urbana à Cidade do Rock. Lisboa vai ser a primeira a ver esta novidade, que depois segue para Madrid e, em 2013, para o Rio de Janeiro e Buenos Aires. Acreditamos que vai ser um verdadeiro sucesso”.   
 
Das 16H30 às 23H30 a dança urbana invade a Street Dance com diversas animações para o público, protagonizadas por um DJ e um MC e uma dance crew residente. Este novo espaço conta com Marina Frangioia como Diretora Artística. Bailarina, professora de dança e coreógrafa reconhecida, ganhou protagonismo junto do grande público quando fez parte do júri do concurso da SIC “Achas Que Sabes Dançar?”. A terminar o Mestrado em Criação Coreográfica Contemporânea na Escola Superior de Dança de Lisboa, Marina Frangioia trabalha regularmente com bailarinos e atores. Entre outros trabalhos, destaque para a Fábrica (work in progress), que criou para o Festival de Cinema de Animação de Lisboa.
 
“A street dance tem vindo a ganhar o seu espaço em Portugal e hoje as academias e escolas de dança contam com centenas de alunos entusiastas. Os media, a moda e a música foram um meio facilitador na promoção deste estilo de dança. O Rock in Rio vai agora procurar os melhores dançarinos de street dance do país”, referiu Marina Frangioia, Diretora Artística deste novo espaço.

O Jukebox Project será a dance crew residente da edição de Lisboa. Fundado em 2008 pelo jovem mas consagrado bailarino Vasco Alves, tem sido uma plataforma de criação para alguns dos melhores street dancers em Portugal, representando o país em campeonatos mundiais. As atuações do Jukebox Project vão acontecer durante os intervalos do Palco Sunset, às 17H50, às 19H30 e às 21H00 e prometem pôr toda a Cidade do Rock a dançar! Depois do Jukebox Project, é a vez dos cinco semi-finalistas do Casting Street Dance Portugal atuarem para os milhares de pessoas que se encontram no Parque da Bela Vista. Cada semifinalista atuará num dos dias do evento.

A festa da Street Dance começou já ontem na Praça Luís de Camões, onde foi montada toda a cenografia para a apresentação deste novo espaço, numa iniciativa conjunta com a Câmara Municipal de Lisboa. Em Portugal, a Street Dance é um projeto desenvolvido em parceria com a SIC Radical e a Mega Hits, e conta com o apoio do portal SAPO, responsável pela gestão técnica dos vídeos de inscrição e votos do público.
 
O Rock in Rio-Lisboa volta ao Parque da Bela Vista nos dias 25, 26 de maio e 1, 2 e 3 de junho de 2012 e já estão confirmadas as presenças de Metallica, Evanescence, Mastodon e Sepultura com os Tambours du Bronx no dia 25 de maio; Smashing Pumpkins, Linkin Park, The Offspring e Limp Bizkit no dia 26 de maio; Lenny Kravitz, Maroon 5, Ivete Sangalo e Expensive Soul no dia 1 de junho; Stevie Wonder, Bryan Adams, Joss Stone e The Gift no dia 2 de junho; e Bruce Springsteen & The E Street Band, Xutos & Pontapés, James e Kaiser Chiefs no dia 3 de junho.
 
Publicado em Rock in Rio
Já há dois tipos de bilhetes esgotados para a próxima edição do Rock in Rio Lisboa, que vai decorrer no Parque da Bela Vista nos dias 20, 21, 27 e 28 de junho. Até ao momento, o festival confirmou a atuação de Camila Cabello, Black Eyed Peas, The National, Foo Fighters e Post Malone.
 
Após esgotarem os Pack Experiências Rock in Rio powered by Fnac, terminou recentemente os bilhetes com desconto em Cartão Continente. No entanto, ainda é possível adquirir bilhetes para a Cidade do Rock através do voucher diário disponível online ou em qualquer loja Fnac do país.
 
Entre as novidades deste ano, a organização já confirmou o ESC Online Sports Bar, Rock in Rio Kids, Game District, uma nova roda gigante, uma montanha-russa com tecnologia VR e uma Rock Street dedicada à cultura asiática.
 
Publicado em Rock in Rio
sábado, 26 maio 2012 11:22

O primeiro dia em números

A cor negra dominou o cenário no primeiro dia de Rock in Rio-Lisboa 2012 mas de longe foi sinónimo de luto ou tristeza. Muito pelo contrário, 42 mil pessoas cruzaram os portões da Cidade do Rock, no Parque da Bela Vista, para assistirem aos concertos de sonoridades mais pesadas, com os Metallica como cabeças de cartaz.
 
Antes de começarem os concertos nos palcos Mundo e Sunset, a Rock Street, com casas coloridas inspiradas em Nova Orleães, foi a sala de visitas do Rock in Rio-Lisboa 2012, recebendo os visitantes com música, performances e artistas de rua.
Ao longo da noite, a animação continuou neste espaço e os números não negam o sucesso da Rock Street: 69 por cento do público deu nota máxima a esta novidade do evento.

Pelo Palco Mundo, passaram nomes sonantes do heavy metal, como Sepultura, Mastodon ou Evanescence, mas James Hetfield e companhia eram os mais aguardados pelo público.

76 por cento dos espetadores vieram nesta sexta-feira ao Rock in Rio-Lisboa 2012 para ver Metallica. E a banda não dececionou, mostrando por cerca de duas horas o seu carinho pelo público português.

E, como não poderia faltar, as tradicionais diversões do festival foram muito procuradas e quem quis andar na roda gigante, montanha russa e slide teve que esperar, em média, 30 minutos.

Hoje, os cabeça de cartaz são os Smashing Pumpkins e os Linkin Park, num dia que também contará com as atuações dos Offspring e Limp Bizkit.
 
Publicado em Rock in Rio
segunda, 19 março 2012 19:28

Rock in Rio 'acorda' Portugal

A organização do maior evento de música e entretenimento do mundo apresenta “Wake Up Portugal”, uma campanha multimeios gravada no Brasil que já se encontra a circular em vários suportes.
 
O filme “Wake Up Portugal” é protagonizado pelos brasileiros Sepultura e pelos franceses Tambours du Bronx, dupla que atuará no Palco Mundo no dia 25 de maio, e foi gravado numa das melhores vistas do Rio de Janeiro, o Mirante Dona Martha. Neste local, a banda brasileira é rodeada pelos franceses e seus tambores, num ambiente portentoso onde o claim “Wake Up Portugal” é entoado em alto e bom som, relembrando a todos que o Rock in Rio-Lisboa está de regresso com toda a sua força.

Esta campanha marca, sem dúvida, a abertura da temporada Rock in Rio-Lisboa 2012. O filme, cuja produção exigiu um investimento à volta dos 400.000 euros é o “toque de despertar” para todos os que desejam garantir um lugar na Cidade do Rock em maio e junho próximos”, afirmou Agatha Arêas, Diretora de Marketing do Rock in Rio-Lisboa 2012.

Os bilhetes para os dias 25 e 26 de Maio, 1 e 3 de Junho já se encontram à venda e custam 61 euros. Os interessados em adquirir bilhetes para estes dias podem fazê-lo na FNAC, em 68 sucursais do Millennium bcp, nos postos de abastecimento da BP aderentes (33 euros + 1.500 pontos BP premierplus) e no site oficial do evento em www.rockinriolisboa.sapo.pt. Já é também possível comprar bilhetes para o evento através do site do Continente, em http://www.rockinrio.continente.pt/, com 20% de desconto em cartão. Relembramos que quem adquiriu o Kit de Natal do Rock in Rio-Lisboa 2012 deve trocar o voucher até dia 7 de abril por um bilhete para qualquer dia de evento.

O Rock in Rio-Lisboa volta ao Parque da Bela Vista nos dias 25, 26 de maio e 1, 2 e 3 de junho de 2012 e até ao momento estão confirmadas as presenças de Metallica, Evanescence, Mastodon e Sepultura com os Tambours du Bronx no dia 25 de maio; Smashing Pumpkins, Linkin Park, The Offspring e Limp Bizkit no dia 26 de maio; Lenny Kravitz, Maroon 5, Ivete Sangalo e Expensive Soul no dia 1 de junho; e Bruce Springsteen, Xutos & Pontapés e James no dia 3 de junho.
 
 
Publicado em Rock in Rio
sábado, 02 junho 2012 19:04

Eletrónica Heineken 02.06.2012

ELETRÓNICA HEINEKEN 02.06.2012
 
Masters at Work (EUA)
Esta será a segunda vez que os Masters at Work vão atuar em Portugal. Após cerca de dez anos sem atuar, a dupla norte-americana aceitou o convite da organização do Rock in Rio 2011 para atuar no Rio de Janeiro e depois do espetáculo que proporcionaram ao público brasileiro, a organização decidiu convidá-los para atuarem em Portugal. Um grande momento a não perder. Ao longo da sua carreira os norte-americanos já remisturaram músicas de artistas como Michael Jackson, Madonna, Donna Summer, Janet Jackson, Jamiroquai, entre muitos outros.

The Martinez Brothers (EUA)
The Martinez Brothers são um caso de sucesso nos Estados Unidos da América. Têm atuado um pouco por todo o país levando a música house à sua legião de fãs. Atualmente são a cara da Blackberry no seu país de origem, sucedendo aos míticos U2. Apesar de bastante jovens, os norte-americanos já atuaram nas melhores festas de Los Angeles, Londres, Paris e Singapura, e vão atuar brevemente em Miami, São Paulo, Rio de Janeiro, Milão, Berlim, Tóquio, Amesterdão e claro, Lisboa. A dupla composta por Steve e Chris, com 21 e 18 anos respetivamente, são os mais recentes residentes do clube DC10, em Ibiza.

JohnWaynes (PT)
A dupla Johnwaynes iniciou o seu percurso em 2005 após um convite da banda Loto para trabalharem no tema “Celebrate”. Com atuações frequentes em toda a Europa, o estilo da sua música vai do acid-house ao house, passando pelo disco, o funk e o boogie. Quando atuam, mostram ao público tudo o que lhes vai na alma e os seus sets “não têm limites”.

Miguel Rendeiro (PT)
Mentor e criador de uma das maioesr beach parties da Europa, a Energie Azurara, o produtor/dj é um dos fundadores da Connect Music Agency e parceiro do inovador Anti-Pop Music Festival, agora consagrado como Neo Pop. O seu gosto eclético aliado à destreza técnica e uma inteligência sagaz já o recompensou com prémios, galardões e muitos convites para os melhores e maiores eventos nacionais e internacionais.

DJ Poppy (PT)
DJ Poppy é neste momento uma das mais carismáticas DJs nacionais, fazendo surgir nos outros uma súbita vontade em descobrir quem é afinal a DJ por detrás do projeto Poppy, ou quem é a Iolanda que é DJ e para quem tudo começou no Alcântara Mar. Em 2006 foi galardoada pela Dance Club e pela Maxmen, sendo posteriormente capa desta publicação. Já em 2004 tinha recebido dos Portugal Night Awards o galardão para DJ Revelação.
 
Publicado em Rock in Rio
Nos dois primeiros dias de Rock in Rio Lisboa, 23 e 24 de junho, o Parque da Bela Vista recebeu mais de 150 mil festivaleiros. O segundo dia, que tinha como cabeça de cartaz Bruno Mars e atuações como a de DJ Kamala num dos palcos secundários, estava esgotado há vários meses e contou com 85 mil pessoas que dançaram ao ritmo dos seus artistas favoritos.
 
Mais uma vez, alguns dos palcos presentes na Cidade do Rock receberam grandes nomes da música eletrónica, como foi o caso de DJ Vibe, Moullinex, Funkamente, Francisco Praia, DJ Dadda, Kamala, DJ Roshida e Rizzo.
 
SOMERSBY POOL PARTIES: OS MELHORES SUNSETS DA CIDADE DO ROCK
 
 
Os finais de tarde ficaram marcados pelas festas na piscina instalada junto ao palco Music Valley. As Somersby Pool Parties contaram com boa música num cenário descontraído em pleno parque da Bela Vista.
 
FRANCISCO PRAIA: O DJ RESIDENTE
 
 
Tal como é habitual em discotecas, as Somersby Pool Parties têm um DJ residente: Francisco Praia. O membro dos FunkYou2 inaugurou a edição deste ano do Rock in Rio Lisboa, com sonoridades dançantes e para todos os gostos. O DJ português volta ao festival no próximo fim-de-semana ao lado de nomes como Van Breda, DJ Big, DJ Isabel Figueira, Karetus, Rich & Mendes, Diego Miranda e Vintage Culture.
 
MOULLINEX, O NOME QUE CONSEGUE SURPREENDER
 
 
Este é um dos nomes que todos deveriam conhecer, ver e ouvir. Moullinex, desta vez em formato live, com banda, no palco Music Valley. Energia contagiante do início ao fim do concerto, com uma animação única capaz de contagiar tudo e todos. Moullinex mostrou que é um artista repleto de criatividade e deu, certamente, um espetáculo digno de um palco ainda maior.
 
O ANIVERSÁRIO DO REI MERECE SER COMEMORADO VÁRIAS VEZES
 
 
50 primaveras e 35 anos de carreira internacional invejável. DJ Vibe regressa ao Rock in Rio Lisboa com um set especial de comemoração destes dois aniversários, inserido na sua atual digressão. Durante a sua atuação, do vinil à mais recente tecnologia, celebrámos a vida do “Tó do Kremlin” a dançar os maiores êxitos de todos esses anos num ambiente que ficará na memória de todos os que puderam testemunhar.
 
DJ RASHIDA, CONVIDADA SURPRESA DE BRUNO MARS
 
 
Foi a convidada surpresa da tarde de domingo, pois não estava anunciada oficialmente no line-up do Rock in Rio Lisboa. A artista norte-americana, é, neste momento, a responsável pelo warm up de todos os concertos da digressão de Bruno Mars e animou todos os presentes, enquanto alguns convidados mostraram os seus verdadeiros passos de dança.
 
A CURADORIA QUE TROUXE O HIP HOP À CIDADE DO ROCK
 
 
O DJ Kamala foi o responsável pela curadoria do Music Valley durante o dia 24 de junho e, principalmente, pela exaltação do hip hop e da música portuguesa, ao convidar artistas como Mishlawi, Dillaz, Supa Squad, Bispo e HMB. O seu DJ set fechou o primeiro fim-de-semana de Rock in Rio com um público de perder de vista no “vale da música”.
 
 
Publicado em Reportagens
Os norte-americanos sobem, pela primeira vez, ao Palco Mundo da Cidade do Rock juntando-se, no dia 21 de junho, aos já anunciados Foo Fighters. Na véspera, primeiro dia de festival, atuam os recém-anunciados Camila Cabello e Black Eyed Peas.
 
Depois de um 2019 em pleno, com lançamento de álbum (I Am Easy to Find) e de uma curta-metragem, 2020 promete ser ainda melhor trazendo Matt Berninger, Aaron Dessner, Bryan Dessner, Scott Devendorf e Bryan Devendorf de volta a Portugal, para um espetáculo arrebatador no Parque da Bela Vista, em Lisboa.
 
Com 20 anos de carreira, a banda norte-americana conta com um Grammy no currículo, graças ao álbum Sleep Weel Beast (2017), o mesmo álbum que lhes valeu lugar de destaque em onze países e a posição número 2 no TOP 200 da Billboard nos EUA. Da lista de hits fazem parte temas como “The System Only Dreams in Total Darkness”, “Bloodbuzz Ohio”, “Conversation 16”, entre muitos outros. A estes, no concerto do dia 21 de junho na Cidade do Rock, juntar-se-ão certamente novas sonoridades do seu mais recente álbum, com músicas como “You Had Your Soul With You”, “So Far So Fast” e “Rylan”.
 
Os bilhetes para a próxima edição do Rock in Rio Lisboa já se encontram à venda na FNAC por 69 euros. Até ao final do ano, existe também a habitual edição limitada de bilhetes com 20% de desconto em Cartão Continente, disponíveis no site do hipermercado e nas lojas aderentes.
Publicado em Rock in Rio
No dia em que foram divulgados os vencedores do casting para protagonistas da campanha de televisão e de rádio do Rock in Rio Portugal (Nuno e Inês), a vice-presidente do evento, Roberta Medina, evidenciou, em entrevista ao Diário Económico, novos projectos da marca para Portugal.

“O objectivo é fazer do Rock in Rio a maior marca de música do mundo e música não quer dizer festival. Estamos a trabalhar para ter mais países, queremos três países por ano. Depois queremos entrar no lifestyle. No site do Brasil já temos uma rádio que pode até ganhar uma proporção maior. Uma televisão com conteúdos de música…”, refere Roberta Medina, acrescentando que a ideia é ser global.

Por isso, Portugal vai também passar a contar com uma rádio Rock in Rio.
Porém, Medina citou ainda: “não sei se tocará a mesma música em todo o lado mas como marca será única”.
Publicado em Rock in Rio
O Rock In Rio é um dos festivais mais famosos e antigos do planeta Terra. Este ano, a organização do evento comemora 30 anos desde a primeira edição, que decorreu no Rio de Janeiro, no Brasil, em janeiro de 1985.
 
HISTÓRIA
Fundado por Roberto Medina há 30 anos atrás, o festival contava com o maior palco do mundo até àquele ano. Eram 5 mil metros quadrados de área de palco, numa zona de podia receber quase 2 milhões de pessoas na aclamada Cidade do Rock.
 
Os primeiros passos para o sucesso do Rock In Rio foram a confirmação de grandes nomes da música internacional no cartaz que nunca tinham atuado no Brasil, como foi o caso dos Queen. O êxito foi instantâneo.
 
Na segunda edição, em 1991, o festival foi transferido para o Estádio do Maracanã e recebeu 700 mil pessoas durante os 9 dias de evento. Dez anos depois o Rock In Rio volta à original Cidade do Rock, que foi reconstruída especialmente para a terceira edição do festival e foram adicionados mais palcos alternativos, como o de música eletrónica, brasileira, africana e mundial. Infelizmente, a Cidade do Rock, apesar de continuar montada, não vai ser utilizada de novo pelo Rock In Rio, uma vez que a área vai receber a Vila Olímpica dos Jogos Olímpicos de Verão deste ano.
 
DO BRASIL PARA O MUNDO
 
Diretamente do Brasil, o Rock In Rio chega a Lisboa pela primeira vez em 2004, para o Parque da Bela Vista. Além do mainstage, a capital portuguesa contava ainda com mais três palcos alternativos, um deles dedicado a música eletrónica. Ao longo dos 5 dias de festival, o Rock In Rio Lisboa recebeu mais de 385 mil pessoas.
 
O sucesso foi absoluto, mas a comunicação social e o público brasileiro lançou várias críticas a Roberto Medina, por levar o festival para o outro lado do oceano Atlântico. A terceira edição portuguesa realizou-se em 2008 e no mesmo ano o festival parte para Madrid, sem sucesso. Segundo a organização do Rock In Rio, o evento vai permanecer em Lisboa, a cada dois anos, pelo menos até 2018.
 
Mais recentemente, no ano de 2015, o Rock In Rio parte para a cidade do pecado de Las Vegas, nos Estados Unidos da América.
 
Este ano o festival decorre nos dias 19, 20, 27, 28 e 29 de maio, no Parque da Bela Vista, em Lisboa.
 
ARTISTAS DE MÚSICA ELETRÓNICA NO PARQUE DA BELA VISTA
 
Chase & Status, Tha Lovely Bastards (Mad Mac & Nuno Lopes), Jamie Jones, Maceo Plex, Magazino, Zé Salvador, Louie Vega, The Martinez Brothers, Miguel Rendeiro, Dixon, deadmau5, Calvin Harris, Pedro Tabuada, King Bizz, Major Lazer, Jamie XX, John Digweed, Gui Boratto, Dubfire, Jiggy, Steve Aoki, 2Many DJs, Paul Van Dik, Underground Sound Of Lisbon e Axwell foram alguns dos artistas que passaram por vários edições do Rock In Rio Lisboa, no palco de música eletrónica.
 
Este ano, o cartaz do palco eletrónica conta com nomes como DJ Vibe, Carl Cox, Diego Miranda, Alok, Dan Maarten, Dynamic Duo, Beatbombers, Sigala, Carlos Manaça e Pedro Cazanova.
 
RECOMENDAÇÕES
Em relação à alimentação, além dos habituais stands de comida rápida, este ano existem menus especiais criados por chefs conceituados como Vítor Sobral, Nuno Bergonse e Kiko. Se quiseres poupar algum dinheiro, podes levar alguma comida e bebida (garrafas de plástico sem tampa ou latas).
 
A lista de objetos proibidos no recinto do festival também já foi divulgada, onde se encontram capacetes, armas de fogo e selfie-sticks. No entanto, se tiveres contigo algum destes objetos, podes deixá-lo num dos bengaleiros da organização.
 
LEILÃO DE GUITARRAS AUTOGRAFADAS
Uma das novidades deste ano, é a oportunidade de teres na tua própria casa uma guitarra autografa por Carl Cox, Calvin Harris, Major Lazer, DJ Vibe, Dubfire, John Digweed, Gui Boratto, deadmau5 ou 2Many DJs. O leilão já está em licitação, com uma base de 250 euros, no site oficial do Rock In Rio.
 
INGRESSOS NOS LOCAIS HABITUAIS
Podes adquirir o teu bilhete para o Rock In Rio Lisboa no Continente, Fnac, BP, Vodafone e Santander Totta. Outras modalidades de entradas também estão disponíveis, como é o caso do Rock Card CP, Rock In Rio Express e Rock In Rio Sightseeing Pack.
Publicado em Rock in Rio
Pág. 1 de 8
100% DJ. Projeto editorial independente cujos valores se guiam pelo profissionalismo, isenção e criatividade, tendo como base de trabalho toda a envolvente da noite nacional e internacional, 365 dias online.

Newsletter

Recebe novidades e conteúdos exclusivos no teu e-mail.