23-01-2019

  Diretor Ivo Moreira | Periodicidade Diária

Sobre Nós  |  Fala Connosco     

 
O Youtube, que pertence à Google, irá lançar um serviço de subscrição de música em streaming ainda este ano, com o nome de “Music Key”. Este projeto já era para ter sido apresentado ao público durante o verão, mas acabou por ser adiado.
 
Ao que tudo indica, este novo serviço irá dar também acesso a concertos e videoclips.
 
Outra novidade do Youtube, revelada na terça feira em conferência de imprensa, é um novo serviço pago de vídeo, que excluirá os anúncios publicitários, através de uma assinatura. 
 
Publicado em Mix
A forma como as pessoas ouvem, partilham e gerem os ficheiros musicais, sofreu, nos últimos anos uma grande revolução, e a aplicação Shazam veio também contribuir para tal. Com mais de 35 milhões de utilizadores registados, esta aplicação distingue-se por tornar os telemóveis nos melhores amigos dos melómanos que pretendem estar a par de todas as novidades.
Com um simples clique, a Shazam reconhece música e conteúdos multimédia em reprodução à volta do telemóvel e em apenas 10 segundos, ter-se-á a resposta traduzida num 'tag'.
 
Recentemente a empresa publicou a listagem dos temas que obtiveram mais “tags” neste ano. O hit de Avicii "Wake Me Up" foi procurado por cerca de 14,7 milhões de pessoas em todo o mundo.
 
Porém o tema com mais 'tags' foi "Blurred Lines" de Robin Thicke, recebendo um total de 17,8 milhões de procuras.
 
Confere a listagem em baixo.
 
1 - Robin Thicke – Blurred Lines
2 - Avicii – Wake Me Up
3 - Macklemore & Ryan Lewis – Thrift Shop
4 - Macklemore & Ryan Lewis – Can´t Hold Us
5 - P!NK – Just Give Me A Reason
6 - Daft Punk – Get Lucky
7 - Rihanna – Stay
8 - Lorde – Royals
9 - Passenger – Let Her Go
10 - Will.I.Am – Scream & Shout
 
Importa também recordar que em 2012, a plataforma Shazam se aliou ao Beatport cruzando cerca de um milhão e meio de temas eletrónicos. Desta forma este ano o Top eletrónico com mais tags é:
 
1 - Avicii – Wake Me Up
2 - Daft Punk  – Get Lucky
3 - Lana Del Rey & Cedric Gervais – Summertime Sadness
4 - Calvin Harris – I Need Your Love
5 - Krewella – Alive
6 - Swedish House Mafia – Don´t You Worry Child
7 - David Guetta – Play Hard
8 - Zedd – Clarity
9 - Calvin Harris – Sweet Nothing
10 - Martin Garrix Animals
 
E tu, qual foi a que «taggaste» mais?
 
Publicado em Mix
terça, 26 novembro 2013 12:45

Uma aplicação nacional para amantes de gin

É a primeira aplicação portuguesa dedicada exclusivamente ao gin e pode ser descarregada gratuitamente. A 'App Gin Lovers' já se encontra disponível para smartphones.
 
Numa primeira fase, apenas estará na App Store, para iPhone e iPad. Em breve ficará também acessível no sistema Android. De acordo com os 'Gin Lovers', a aplicação permite aceder a novas receitas de gin tónico, sugestão de bares e outros locais para uma correta apreciação de gin, com a possibilidade de os selecionar com critério de aproximação geográfica em relação ao ponto onde nos encontramos, informação atualizada sobre o fenómeno do gin em Portugal e no mundo, entre outras possibilidades.
 
A aplicação será, no fundo, um complemento do site ginlovers.pt.
 
Publicado em Mix
Em média o utilizador português do Spotify Premium gasta 82 euros por ano, enquanto o utilizador do iTunes gasta 29 euros em música, quase três vezes menos. Quem o diz é o próprio Spotify que comemorou no passado dia 12 de fevereiro um ano de vida em Portugal. Os números provam que o serviço de música por streaming conseguiu cativar os lusitanos. 
 
Mesmo sem dados para revelar sobre quantos utilizadores tem no mercado português e quantos desses subscrevem o modelo Premium, não deixa de ser relevante a maior dedicação que os utilizadores do Spotify têm relativamente a um serviço com maior tradição no mercado português. 
 
Mas o primeiro ano de vida não fica imaculado. Tal como tem feito noutros países, ao fim de seis meses a empresa restringiu o acesso ilimitado à música, algo que deixou na altura os utilizadores insatisfeitos. Mas mais tarde o Spotify viria a transformar a sua estratégia, sobretudo no segmento mobile, além de ter apostado em novos serviços. 
 
O Spotify revela que o utilizador português caracteriza-se por gastar parte dos rendimentos em tecnologia, por adotar com facilidade novas tendências tecnológicas e por ser um sujeito ativo em mais do que uma rede social. 
 
Neste primeiro ano de vida os portugueses que usaram o Spotify ouviram o equivalente a 2.100 anos de música, cerca de 19 milhões de horas de faixas, tendo para isso contribuído as 3,4 milhões de playlists criadas. 
 
De acordo com uma infografia partilhada pela empresa, Justin Timberlake e John Legend lideram a lista dos artistas mais populares em território nacional, enquanto Pedro Abrunhosa e Ornatos Violeta são os artistas nacionais mais ouvidos.
 
Publicado em Mix
A plataforma de streaming Spotify anunciou uma parceria inédita com a famosa aplicação de relacionamentos Tinder onde o objetivo é promover “matches” de acordo com o gosto musical. A parceria pretende facilitar a vida aos utilizadores que procuram a sua cara-metade através das músicas que são mais ouvidas mutuamente e com regularidade. 
 
O processo é simples e os usuários deverão ter conta em ambas as plataformas. Basta conectar o Spotify ao Tinder e partilhar um conjunto de músicas preferidas com os pretendentes. Mesmo que o usuário do Tinder não tenha conta do Spotify, poderá na mesma ouvir excertos das músicas de quem está interessado diretamente no perfil do Tinder. Para quem tem conta nas duas aplicações, será possível ver também os artistas em comum antes do “match”.
Publicado em Mix
Quando o álcool é consumido em demasia, pode haver momentos da noite que são esquecidos. Flashgap é a nova aplicação que pretende recordar a noite passada, inspirada no filme “A Ressaca”.
 
A aplicação é gratuita e já está disponível para download para iOS e Android. A Flashgap guarda as fotografias e vídeos num álbum privado, que só pode ser visto no dia seguinte, ao meio-dia. As memórias podem ser partilhadas com uma lista de amigos que é previamente escolhida.
 
Para a aplicação funcionar com sucesso, os utilizadores têm de criar o evento e adicionar os amigos. Cada fotografia pode depois ser vista durante 3 segundos, desaparecendo posteriormente.
 
 
Publicado em Mix
quarta, 23 setembro 2015 12:24

Microsoft vai fechar serviço de música

De acordo com o The Next Web, a Microsoft anunciou que os utilizadores não vão poder fazer stream ou descarregar conteúdo do Zune a partir de 15 de novembro.
 
O dispositivo Zune e todas músicas que o utilizador detém vão trabalhar normalmente, no entanto os subscritores do Zune Music Pass vão ser migrados para o serviço Groove, também da Microsoft, que funciona na Xbox One, Windows 10 e dispositivos Android e iOS.
 
O Zune foi lançado em 2006 na altura em que os leitores de MP3 começaram a ser massificados.
Publicado em Mix
A Google acaba de anunciar o lançamento do 'Music' no serviço Google Play Portugal, um espaço de entretenimento digital onde é possível "encontrar, desfrutar e partilhar" aplicações, jogos e (a partir de agora) música, no telemóvel ou tablet equipado com sistema operativo Android.
 
Com o lançamento do 'Music' no Google Play, a marca afirma que comprar músicas e álbuns e adicioná-los à biblioteca pessoal de cada consumidor é "ainda mais simples". O serviço permite ouvir as músicas em qualquer computador ou dispositivo móvel Android online e offline.
 
O Instant Mix, funcionalidade que seleciona automaticamente 25 músicas correspondentes em tom e estilo a partir de uma música, a possibilidade de partilhar socialmente uma faixa no Google+ e a inclusão do Artist Hub, onde artistas independentes podem vender a sua música, são algumas das novidades que os consumidores encontrarão no Music.
Publicado em Mix
O YouTube pode deixar de ser apenas uma plataforma de vídeos online para passar a ser também um serviço de música por subscrição por streaming. De acordo com as informações apuradas o novo serviço do YouTube vai funcionar de maneira muito semelhante ao Spotify, mas terá os vídeos como fator "extra". 
 
A revelação é feita pela Billboard que cita inúmeras fontes próximas ao desenvolvimento do projeto. O projeto deve ser lançado ainda antes do final do ano e vai ficar disponível em duas modalidades - uma gratuita onde os utilizadores têm que conviver com anúncios, e outra paga que garante acesso a uma lista "ilimitada" de faixas musicais. 
 
O valor do serviço pago pode ascender aos 9,99 dólares - cerca de 7,25 euros - e vai também garantir acesso a músicas em formato offline. O principal foco do novo serviço do YouTube vai ser o segmento mobile, uma área onde as restantes propostas de mercado são mais "curtas". 
 
Entretanto surgiram ainda outros rumores de que a aplicação do YouTube está prestes a evoluir, por forma a permitir a reprodução de conteúdos em segundo plano - uma funcionalidade que daria jeito para a ferramenta de streaming. 
 
De acordo com as mesmas fontes um serviço de música por subscrição com componente de vídeo integrada não seria visto como um substituto direto do All Access da Google, e podia até ser a ferramenta de preferência para novas plataformas como os Google Glass.
 
Fonte: Sapo Tek.
 
Publicado em Mix

 

Segundo as estatísticas, cerca de 20% de todo o catálogo do serviço de streaming do Spotify, que corresponde a mais de 4 milhões de músicas, nunca foram ouvidas, ou seja, com zero reproduções.
 
O Forgotify foi criado para alterar essa situação e divulgar os artistas que nunca foram ouvidos.
 
São vários os artistas que, apesar do talento, não possuem reproduções e esta nova plataforma pode ser uma ajuda. Para funcionar, o utilizador terá de possuir conta no Spotify, que vai trabalhar em conjunto com o Forgotify. 
 
Publicado em Mix
Pág. 1 de 5
100% DJ. Projeto editorial independente cujos valores se guiam pelo profissionalismo, isenção e criatividade, tendo como base de trabalho toda a envolvente da noite nacional e internacional, 365 dias online.

Newsletter

Recebe novidades e conteúdos exclusivos no teu e-mail.