18-07-2019

  Diretor Ivo Moreira | Periodicidade Diária

Sobre Nós  |  Fala Connosco     

×

Alerta

JUser: :_load: Não foi possível carregar o utilizador com o ID: 62

Esmé Bianco é atriz, modelo e DJ, mas é mais conhecida por interpretar a personagem Ros, uma prostituta da série “Game Of Thrones”. No próximo dia 13 de junho, a DJ vai estar em Lisboa, no Op Art Café com o americano Any Caldwell.
 
A sua carreira no mundo da música eletrónica começou em 2014, em Hollywood, reproduzindo temas de deep house. A sua personagem na série de sucesso “Game Of Thrones” esteve presente na mesma até à terceira temporada, onde foi assassinada pelo antigo rei Joffrey.
 
A festa no OpArt Café começa desde as 23 horas até às 6 horas da madrugada, na Doca de Alcântara, em Lisboa. O bilhete custa 15 euros, com oferta de uma bebida.
 
Esta não é a única artista de “Game Of Thrones” que é DJ. Kristian Nairn, que interpreta a personagem Hodor, é o DJ Oficial das festas temáticas “Rave Of Thrones”.
 
Publicado em Eventos
O Rock in Rio, a SIC e a RFM continuam à procura de uma rapariga e de um rapaz para serem os protagonistas da campanha de televisão e de rádio da 5ª edição portuguesa do maior evento de música e entretenimento do mundo.
As inscrições encerraram no passado dia 19 de Junho e a tarefa de pré-seleccionar os melhores candidatos ficou a cargo do júri, que analisou as centenas de candidaturas recebidas para ver as que melhor cumpriam os requisitos.

No Site oficial do Rock in Rio-Lisboa – www.rockinriolisboa.sapo.pt – os 300 vídeos que preenchem os requisitos básicos do regulamento do concurso estão abertos a votações.
O público tem até ao dia de amanhã, 26 de Junho – para votar nos seus candidatos preferidos de forma a ajudar a que passem à próxima fase de casting. As 50 raparigas e os 50 rapazes mais votados passam para uma segunda votação online que decorre de 27 de Junho a 3 de Julho.
 
Nesta segunda votação vão ser escolhidos os 20 semi-finalistas do Casting Rock in Rio SIC RFM – 10 raparigas e 10 rapazes – que vão passar dois dias no Hotel Dom Pedro em Lisboa a prestar provas de fotogenia, dicção e capacidade comunicativa e a ser avaliados pelo júri composto por elementos do Rock in Rio, da SIC e da RFM: Roberta Medina (Vice-Presidente Executiva do Rock in Rio), Raquel Pinhão (Directora de Marketing Adjunta do Rock in Rio), Pedro Boucherie Mendes (Director dos Canais Temáticos da SIC), Daniel Oliveira (Produtor e Apresentador da SIC), Carla Rocha e José Coimbra (Apresentadores do Programa da Manhã da RFM).
 
Aos vencedores vai ser dada a oportunidade de receber formação técnica sobre televisão e rádio, ir ao primeiro fim-de-semana do Rock in Rio 2011, no Rio de Janeiro, para gravar os anúncios de promoção da próxima edição portuguesa, fazer parte da equipa de reportagem da SIC e da RFM na edição brasileira de 2011 e na edição portuguesa de 2012 e receber um cachet no valor de 1.000 euros cada um.
 
Publicado em Rock in Rio
quinta, 20 maio 2010 19:00

Countdown Rock In Rio Lisboa 2010

O Rock In Rio começa amanhã à tarde no Parque da Bela Vista, em Lisboa. Deixamos aqui algumas informações úteis para os visitantes do festival.

As portas do parque lisboeta abrem às 16h00. Os Azeitonas & António Zambujo têm as honras de abertura do Rock In Rio-2010, às 17h00, no Palco Sunset. Às 19h00, Mariza inaugura o Palco Mundo, enquanto o Espaço Electrónico abre às 21h00, com Soul Mates com Pedro Tabuada & King Bizz atrás dos pratos.

A organização aconselha aos visitantes que optem pelos transportes públicos, dada a escassez de espaços de estacionamento nas imediações do recinto. A Carris disponibilizou várias carreiras especiais para chegar e sair da Bela Vista (até às 04h00). As paragens ficam perto da entrada/saída principal do recinto. Aqui tem a informação dos percursos:
Carreira A: Entre Bela Vista e as Portas de Benfica (via Campo Grande, 2ª Circular, Estrada de Benfica)
Carreira B: Entre a Bela Vista e Belém (via Entre Campos, M. Pombal, Estrela, Alcântara e Junqueira)
Carreira Shutle Oriente: Entre a Bela Vista e a Est. Oriente (via rota Aeroporto, Av. Berlim)
Carreira 208: Entre a Bela Vista e a Est. Oriente ou Cais do Sodré, para ligação à linhas fluviais do Barreiro e de Cacilhas (via Cais do Sodré, Terreiro do Paço, Almirante Reis, Bela Vista, Oriente)
Carreiras regulares que passam pela Bela Vista, cumprindo o horário normal: 10, 755 e 794

Excepcionalmente, o metro vai estar aberto até às 03h30, hora em que fecham as portas da estação da Bela Vista. Esta estação fica na linha vermelha que liga com a linha azul em S. Sebastião, com a linha amarela na estação do Saldanha e com a verde na Alameda. Para os visitantes da margem sul, a Fertagus disponibilizou um comboio especial com partida às 04h00 na estação Roma-Areeiro, em direcção a Setúbal. Para ver os horários dos comboios suburbanos basta seguir este link. Para qualquer das opções de transporte, aconselhamos a compra antecipada dos títulos de regresso, para evitar as filas nas horas de saída. As carreiras da Carris A, B e Shuttle Oriente pressupõem a compra a bordo de um bilhete especial. Os passes não serão aceites nestes autocarros.

Dada a previsão de temperaturas elevadas para este fim-de-semana (prevê-se 33º de temperatura máxima), aconselhamos aos festivaleiros que levem chapéus e outros meios de protecção para o sol, devido à escassez de zonas de sombra nas proximidades dos palcos Mundo e Sunset. Para a noite aconselhamos a utilização de um agasalho. Estes cuidados deverão ser mais acentuados com as crianças. No dia 29 de Maio, dedicado aos mais novos, com Miley Cyrus como cabeça-de-cartaz, a organização vai entregar pulseiras de identificação a cada criança que entrar no recinto. Trata-se de uma medida a tomar em conta para quem se deslocar com crianças ao RIR, em qualquer outro dos dias do festival.

A organização informa que para o primeiro dia já foram vendidos mais de 70 por cento dos ingressos, por isso espera-se a corrida em massa de público à Bela Vista. Aconselhamos a que os festivaleiros se desloquem com tempo para o recinto. Os bilhetes para o Rock In Rio custam 58 euros. Aqui ficam os horários dos concertos desta sexta-feira (21 de Maio):
Palco Mundo: 19h00 ­ Mariza, 20h30-Ivete Sangalo, 22h00 ­ John Mayer, 23h43 ­ Shakira
Palco Sunset Rock in Rio: 17h00 - Azeitonas & António Zambujo 18h15 - Boss AC & Yuri da Cunha, 20h00 - Oquestrada & Segredos de Portugal
Espaço Electrónico: 21h00 - Soul_Mates feat. Pedro Tabuada & King Bizz, 22h30 ­ Diego Miranda Feat Liliana, 23h30 - Chris Lake, 01h00 ­- Deadmau5, 02h30 - Calvin Harris DJ Set

 

O 100% DJ vai lá estar a captar as melhores imagens! E Tu?!

Site oficial do Rock in Rio-Lisboa: http://www.rockinrio-lisboa.sapo.pt/
Publicado em Rock in Rio
domingo, 17 junho 2012 00:39

Balanço do Rock in Rio - Lisboa 2012

 
 
A Cidade do Rock recebeu 353.000 fãs nos 5 dias de evento. O dia 25 de maio, com os Metallica como cabeças de cartaz, contou com 42.000 pessoas. O segundo dia, 26 de maio, com rock alternativo dos Linkin Park e Smashing Pumpkins, foi o mais concorrido, com 83.000 pessoas. O terceiro dia, 1 de junho, 74 mil pessoas não quiseram perder a estreia dos Maroon 5 em Portugal. Já a 2 de junho, 73 mil pessoas cantaram em coro com os veteranos Bryan Adams e Stevie Wonder. No encerramento, a 3 de junho, 81 mil pessoas assistiram aquele que já é considerado por muitos o Concerto do Ano: Bruce Springsteen & The E Street Band.

Segundo os resultados do inquérito realizado pela E-value na Cidade do Rock, a maioria do público era português, essencialmente proveniente da Área Metropolitana de Lisboa (54%), Norte (17,6%) e Centro (17,6%).

Roberta Medina, Vice-Presidente Executiva do Rock in Rio deixa uma mensagem de agradecimento “Queremos agradecer a participação do público português e os dias especiais que se viveram na Cidade do Rock. É muito reconfortante sentir que contribuímos de alguma forma para a felicidade de tantas pessoas num altura conturbada como esta em que vivemos. O aumento do número de público da edição de 2010 (329.000 pessoas) para esta edição vem mostrar que a nossa aposta em acelerar contra a crise resultou e que investir em tempos de crise vale a pena”.
 
 
Fabiano Queiroz, do Departamento Artístico, destaca a qualidade dos concertos de Metallica (25 maio), Linkin Park (26 maio), a energia e ligação com o público de Ivete Sangalo e Maroon 5 (1 junho), Bryan Adams e Stevie Wonder (2 Junho), o peso e a história dos 30 anos dos Xutos & Pontapés e a vitalidade e o amor pela música de Bruce Springsteen & The E Street Band, e sublinha “Os artistas mostraram-se felizes por participarem num evento do porte do Rock in Rio-Lisboa, destacando a qualidade técnica do Palco Mundo e do som e o público maravilhoso que os recebeu. Os Maroon 5 enviaram um email agradecendo a simpatia e enorme profissionalismo da equipa de Produção”.
 
 
Zé Ricardo, Diretor Artístico deste palco mostrou-se satisfeito com os resultados: “O Sunset de 2012 foi sem dúvida o melhor de todos em Lisboa. O público aderiu massivamente assistindo a todos os concertos, desde a abertura ao encerramento do palco, a integração dos artistas em cada encontro foi perfeita e o espírito destes encontros que vão além da música, são encontros de alma, ficou absolutamente claro para o público português”. Destaque para a banda alemã Kreator, que recebeu Andreas Kisser, o guitarrista dos Sepultura num encontro com duelos de guitarra marcantes (25 maio). Os Xutos & Pontapés e o Titãs repetiram o encontro memorável que realizaram no Rock in Rio Brasil e o público delirou (26 maio). Boss AC uniu os seus beats e batidas ao groove do Samba e do Soul do cantor Zé Ricardo e da cantora Paula lima (1 junho). Jorge Palma juntou-se a Luís Represas e João Gil para um verdadeiro encontro de velhos de amigos (2 junho). E para encerrar com chave de ouro, no dia 3 junho, o Palco Sunset recebeu o maior encontro de rock em língua portuguesa dos últimos anos: Rui Veloso e Erasmo Carlos num encontro inesquecível.
 
 
Cerca de 30.000 pessoas passaram por este espaço cuja conceção e cenografia, bem como a extrema qualidade ao nível técnico do palco, som e luz, foram alvo de elogios por parte dos artistas e do público. Miguel Marangas, Diretor Artístico, conclui “as atuações ao vivo das bandas Azari & III, dOP e Discotexas Band levaram à Cidade do Rock público interessado especificamente em assistir a este tipo de apresentações. Os internacionais Chase and Status com o Mc Rage, Dr Lektroluv, The Magician, Dyed Soundorom, Maceo Plex, Jamie Jones, Martinez Brothers e Masters at Work destacaram-se, juntamente com os nacionais Dj Vibe e Stereo Addiction. No último dia o lendário Dj Harvey abriu o palco com um Sunset Set que não deixou indiferente quem assistiu”.
 
A Rock Street foi sempre um dos espaços com maior movimento na Cidade do Rock, repetindo o sucesso já registado em 2011 na edição brasileira. Bruce Leitman, Diretor Artístico da Rock Street considera que “Fazendo juz ao espírito e à cultura de Nova Orleães que homenageia, este espaço fez o público mergulhar nas águas do Mississippi para participar em momentos inesquecíveis de jazz e de improviso. O público português mostrou-se extremamente entusiasta e participou com uma alegria e espontaneidade que deixou os artistas impressionados. O comentário geral no backstage era de agradecimento e alegria por participar em algo tão inovador e surpreendente”. Destaque no primeiro fim de semana para Melech Mechaya, Gypsy Ska Orkestra, Nobodys Bizness e TJ Johnson que empolgou todos tocando e cantando seu Rhythm & Blues acompanhado pelo Bruce Henri Trio. No segundo fim de semana Christian Reyes, Lillian Boutté, a artista que mais impacto teve, não só pela grande simpatia e energia, mas também pela capacidade de comunicar, fazendo o público cantar, chorar, e expressar-se, Cais Sodré Funk Connection, Mingus Project e Rat Swingers. O espaço foi animado todos os dias por vários artistas de rua como a estátua de chocolate, a Taróloga, o Mágico, os Motoqueiros cantores, o Caricaturista, o Casal de Andas, o Malabarista, e as bandas Dixie Gang, Projeto Bug e Lindy Hoppers.
 
Marina Frangioia, Diretora Artística deste espaço inspirado num bairro de Nova Iorque que teve a sua estreia internacional dentro do Rock in Rio-Lisboa, faz o balanço dos 5 dias “O palco conseguiu agarrar o público, com a sua dinâmica, energia e alegria e apresentou coreografias contagiantes. Vários elementos do público subiram ao palco e integraram a performance com alegria”. A Street Dance apresentou três performances diárias da crew residente, os Jukebox, excelentes profissionais e com uma forte capacidade de comunicação com o público, e atuações de crews e dos semi-finalistas do Concurso Street Dance. No dia 3 de junho, os Momentum Crew, 4 elementos masculinos do Porto, venceram a final do Concurso Street Dance. “A actuação da crew vencedora foi magnífica. Foi uma performance de B-boying puro, que incorporou o hino do palco, com uma limpeza na técnica que é reconhecida tanto em Portugal como no estrangeiro, composição coreográfica  bem estruturada, balizada por conceitos perceptíveis até nos figurinos, um pouco à imagem da Escola Olímpica Russa. São excelentes Street dancers e deram espectáculo!”, comentou Marina Frangioia. Os Momentum Crew vão representar Portugal na Final do Concurso Street Dance que se realiza no próximo ano, na edição de Buenos Aires, disputando o prémio com os vencedores que forem apurados no Rock in Rio-Madrid 2012, Rock in Rio 2013 (Rio de Janeiro) e Rock in Rio-Buenos Aires 2013.
 
Publicado em Rock in Rio
Não foi a primeira vez que elementos da empresa de segurança privada PSG utilizaram a força de forma exagerada. Além da agressão à porta da Discoteca Urban Beach, em Lisboa, a empresa já esteve envolvida noutro incidente não tanto polémico, mas que fez correr muita tinta nas redes sociais.
 
No decorrer do Festival BPM, no passado dia 17 de setembro, foi também captado um vídeo onde se pode ver seguranças da referida empresa a agredir pessoas presentes no areal do NoSolo Água em Portimão. O vídeo partilhado na imprensa internacional e nas redes sociais mereceu um comunicado por parte da organização do evento onde descreveu este incidente como "um comportamento profissional completamente inaceitável". Na altura, a PSG também garantiu num comunicado que "já foram tomadas as devidas diligências, com a abertura de um processo interno de averiguações, bem como com a abertura do competente processo disciplinar."
 
A empresa agora alvo de uma fiscalização por parte da PSP, ordenada pelo ministro da Administração Interna, e segundo a revista Sábado, já arrecadou quase quatro milhões de euros em contratos do Estado. Desde 2009, de acordo com os dados do portal Base, que vários municípios e empresas públicas em todo o País solicitaram os serviços da empresa, quer por ajuste directo, quer através de concursos públicos. Em números, em oito anos, estes contratos traduzem-se em 3.857.282 euros.

Entretanto as autoridades já detiveram três dos seguranças que terão estados envolvidos nas agressões a dois jovens à porta da discoteca Urban Beach, em Lisboa, na madrugada de quarta-feira.
 
 
Publicado em Nightlife

A pouco menos de um mês para a primeira edição portuguesa do Red Bull Music Academy Culture Clash, que vai decorrer no Coliseu de Lisboa no próximo dia 20 de outubro, as crews acabam de revelar os seus segredos e estratégias para uma noite que promete ficar para a história.

O Red Bull Music Academy Culture Clash consiste numa competição saudável entre quatro crews em quatro palcos diferentes, com uma interação enorme com o público e cuja vitória da melhor equipa fica nas mãos dos presentes, através de um sonómetro que vai medir o número de decibéis do entusiasmo dos presentes durante a atuação de inúmeros artistas convidados.

Os bilhetes para o evento já estão disponíveis nos locais habituais com preços a partir dos 20 euros.

Confere abaixo os vídeos das crews, onde explicam as suas estratégias e segredos para o Red Bull Music Academy Culture Clash:

 

Publicado em Eventos
O festival Jazz im Goethe-Garten, que se realiza entre os dias 10 e 12 de junho, a partir das 19 horas em Lisboa, vai contar com um encerramento em grande a cargo de DJ Johnny.
 
A partir das 21 horas, DJ Johnny sobe ao palco montado no jardim do Goethe-Institut de Lisboa, com um set que promete misturar sonoridades como o jazz, soul, hip hop, afro dancehall, reggae e eletrónica.
 
DJ Johnny tem 20 anos de carreira e já passou por vários festivais e clubs underground, além do seu contributo para o desenvolvimento do drum’n’bass através dos seus programas de rádio.
 
O festival de jazz conta ainda com atuações de Ghost Trio, Albert Cirera, João Lencastre e Philm. Os bilhetes encontram-se à venda com preços entre os 3 e os 5 euros.
 
Publicado em Festivais
quinta, 20 janeiro 2011 19:16

The Loft reabre mais doce no sábado

As obras de remodelação do emblemático 'The Loft' terminaram à poucos dias.
A festa de inauguração está marcada para o próximo sábado dia 22 de Janeiro e será uma noite que irá adoçar a boca de muitos noctívagos.
 
A partir de agora e todos os sábados, o conceito 'Sweet' está de volta ao mítico espaço da capital lisboeta, sendo que a partir de Fevereiro o doce conceito marcará também as noites de quinta-feira.
O conceito 'Sweet' sempre habitou o seu fiel público a 'pequenas surpresas' e a noite de inauguração não será excepção.
 
A estrear a nova cabine são presenças confirmadas o DJ Irie, Kamala, Riot, Link e ainda a participação especial de NBC, Pina e David Cruz.

«This is as Sweet as... Lisboa will get!...»
Publicado em Nightlife
A organização do maior evento de música e entretenimento do mundo anuncia os artistas que completam o cartaz da Eletrónica Heineken.
Chase & Status Dj Set & Rage, Dr. Lektroluv, Tha Lovely Bastards e MC Johnny Def juntam-se ao cartaz já anunciado para o dia 25 de maio.
 
Pharrel Williams dos N*E*R*D classifica-os como “Os melhores produtores britânicos da atualidade” e Rihanna considerou-os como “A espinha dorsal do seu disco ‘Rated R’”, Chase & Status são uma das duplas mais entusiasmantes da cena eletrónica neste momento. A sua sonoridade imponente e portentosa irá agradar seguramente ao público que irá visitar a Cidade do Rock no dia 25 de maio.
 
Dr. Lektroluv é um dos nomes mais irreverentes que vai assumir a cabine da Eletrónica Heineken. O belga que é conhecido por tocar com uma máscara verde e misturar utilizando um telefone e não os convencionais headphones, vem pela primeira vez ao Rock in Rio para apresentar o seu electro contagiante. Dr. Lektroluv já atuou um pouco por todo mundo e enquanto residente das famosas festas “Body to Body” em Gent, Bélgica, recebeu nomes como Miss Kittin, Tiefschwarz, Ladytron, Digitalism, Who Made Who, Vitalic, The Hacker, entre muitos outros.
 
Nuno Lopes e Mad Mac voltam a atuar no Rock in Rio-Lisboa desta vez com o nome “Tha Lovely Bastards”. A dupla de Djs portuguesa é conhecida pelas suas perfomances explosivas e desde a sua passagem pelo Rock in Rio-Lisboa 2010 não têm tido descanso, atuando por todo o país.
 
MC Johhny Def será mais uma vez o anfitrião da Eletrónica Heineken. O MC irá animar o público e acompanhar as atuações dos Djs que vão passar pela cabine, proporcionando momentos de apoteose que servirão, seguramente, de inspiração para os artistas que irão atuar.
Ao longo da sua carreira o conceituado MC, que é reconhecido como exímio na colocação de voz em atuações ao vivo, já colaborou com nomes como Sam The Kid, Dealema, Boss AC, Melo
 
D, Johnwaynes, entre muitos outros, tendo sido nomeado em 2008 para melhor Live Act Nacional.
 
Está assim fechado o cartaz da Eletrónica Heineken, um espaço que vai reunir ao longo dos 5 dias de evento alguns dos melhores nomes do panorama mundial da música de dança e apresentar o que de melhor se está a fazer atualmente. 
 
O Rock in Rio-Lisboa volta ao Parque da Bela Vista nos dias 25, 26 de maio e 1, 2 e 3 de junho de 2012 e até ao momento estão confirmadas as presenças de Metallica, Evanescence, Mastodon e Sepultura com os Tambours du Bronx no dia 25 de maio; Smashing Pumpkins, Linkin Park, The Offspring e Limp Bizkit no dia 26 de maio; Lenny Kravitz, Maroon 5, Ivete Sangalo e Expensive Soul no dia 1 de junho; e Bruce Springsteen, Xutos & Pontapés e James no dia 3 de junho.
 
 
Publicado em Rock in Rio
segunda, 14 maio 2018 22:54

Bloop Recordings regressa a Lisboa

As míticas festas da Bloop Recordings não param e desta vez a próxima paragem é no Lisboa ao Vivo, em Marvila. De início, a festa teria o conceito de open air matinée e iria decorrer na piscina d'Os Belenenses, mas devido às condições climatéricas o local foi alterado. O evento decorre no próximo dia 26 de maio e terá música das 13 às 22 horas.
 
No cartaz do evento estão nomes como os Apollonia, tripla composta por Dan Ghenacia, Dyed Soundorom e Shonky e ainda os habituais Magazino e Cruz, que prometem uma festa irrepetível. Para compensar a mudança de local, a organização oferece cerveja até às 17 horas.
 
Para quem quiser começar a festa mais cedo, está também marcado um churrasco e bar aberto das 13 às 15 horas. Para teres acesso ao evento, terás de contactar os RPs oficiais da festa.
 
Publicado em Eventos
Pág. 1 de 40
100% DJ. Projeto editorial independente cujos valores se guiam pelo profissionalismo, isenção e criatividade, tendo como base de trabalho toda a envolvente da noite nacional e internacional, 365 dias online.

Newsletter

Recebe novidades e conteúdos exclusivos no teu e-mail.

Este site utiliza cookies. Ao navegares neste site estás a consentir a sua utilização. Para mais informações consulta a nossa Política de Privacidade.