20-06-2018

  Diretor : Ivo Moreira  |  Periodicidade : Diária

Sobre Nós  |  Fala Connosco     

Baixa Clubbing confirma no seu 1º aniversário que a house music não é uma moda passageira

Posted On segunda, 11 junho 2018 23:24 | Escrito por
O conceito Baixa Clubbing prepara-se para comemorar 1 ano de existência no próximo dia 16 de junho, com DJ Kevin Hedge que se apresenta como cabeça de cartaz de um evento muito especial que vai decorrer no Baixa Bar, Porto
 
O projeto que uma vez por mês, tem levado ao Porto grandes nomes da música eletrónica internacional é pautado por “mostrar que a paixão por este género musical não é uma moda passageira e que os amantes da verdadeira house music estão vivos e de boa saúde e que há uma nova geração fiel a este estilo”, disse Hugo Barros, mentor desta iniciativa, em entrevista exclusiva ao Portal 100% DJ
 
“O Baixa Clubbing permitiu-nos confirmar que as pessoas necessitavam de um conceito deste género, isto é, de um espaço com ambiente ao estilo clubbing, onde possam desfrutar de música de qualidade traduzida na essência da House Music”, afirmou. 
 
Durante os últimos 12 meses, a cidade do Porto teve a oportunidade de receber “nomes lendários” nas noites Baixa Clubbing como Roger Sanchez, David Morales, Todd Terry, Tony Humphries, Kenny Dope, Silicone Soul, Chez Damier, entre outros. 
 
A organização destes eventos quer ainda “provar que o Baixa Clubbing é um conceito forte e vencedor e que veio para ficar, não só porque tem muitos seguidores, mas também porque tem muito por onde ser trabalhado e desenvolvido”. 
 
No line up do 1º aniversário estão presentes nomes como DJ Kevin Hedge, Nill & Mannara e Chadubritt, da meia-noite às 6 horas da madrugada. A festa promete ser especial “ao nível da animação” e “as pessoas podem contar com a habitual irreverência que imprimimos a estas noites para garantir um ambiente único de micro clubbing”, garantiu Hugo Barros. 
 
Para o futuro, o pretendido é “continuar a trabalhar, de uma forma sustentada, para fazer crescer o projeto com qualidade e variedade”, de forma a “aumentar a notoriedade da marca Baixa Clubbing e torna-la uma referência não restrita à cidade do Porto”. 
 
Esta festa de aniversário vai ser a última antes de um “intervalo” para o conceito se reinventar: “Estamos já a preparar esse futuro” e no próximo mês de setembro “começará um novo ciclo de Baixa Clubbing, cheio de novidades”, mas sempre “fiéis às raízes” e com um “novo formato que irá assegurar a continuidade deste projeto e contribuir para a expansão e para o crescimento do movimento House”. 
 
Em relação aos artistas emergentes de house music, Hugo Barros afirmou ao Portal 100% DJ que o Baixa Clubbing quer ser “uma plataforma privilegiada para aqueles que serão os próximos grandes nomes nesta área”, além de acrescentar que “os nomes nacionais terão um papel muito relevante na próxima temporada” do conceito. 
 
Parabéns Baixa Clubbing!
 
 
Este artigo foi lido 939 vezes

Projeto editorial independente cujos valores se guiam pelo profissionalismo, isenção e criatividade, tendo como base de trabalho toda a envolvente da noite nacional e internacional, 365 dias online.

Acesso Rápido

Newsletter

Recebe novidades e conteúdos exclusivos no teu e-mail.