25-09-2018

  Diretor : Ivo Moreira  |  Periodicidade : Diária

Sobre Nós  |  Fala Connosco     

×

Erro

[sigplus] Erro crítico: A pasta da galeria de imagens RockInRio/2016 deve ter um caminho relativo para a pasta base das imagens especificada na back-end.

Lisboa ultrapassa este ano o Rio de Janeiro como a cidade que mais vezes acolheu o festival Rock in Rio, evento brasileiro que cumpre dez anos de existência em Portugal.
 
A capital portuguesa acolheu o Rock in Rio pela primeira vez em 2004, colocando a Cidade do Rock no Parque da Bela Vista, uma área arborizada e relvada com 200 mil metros quadrados - o equivalente a 20 campos de futebol.
 
Desde então, o festival, criado pelo empresário brasileiro Roberto Medina, aconteceu em Lisboa em todos os anos pares, cumprindo agora a sexta edição e dez anos de permanência em Portugal.
 
Este festival nasceu no Rio de Janeiro em 1985 como um evento destinado a promover o Brasil, tornando-se num dos maiores festivais de música do mundo, tendo tido edições também em 1991, 2001, 2011 e 2012. A sexta edição do Rock in Rio, no Brasil, acontecerá em 2015.
 
Roberto Medina escolheu Lisboa como porta de entrada do festival na Europa, pela proximidade linguística e pelo potencial da cidade. Já depois de Lisboa, o festival estendeu-se a Madrid (em três edições) e terá uma estreia nos Estados Unidos em 2015, em Las Vegas.
 
Nos dez anos de existência em Portugal, o festival Rock in Rio contou com cerca de 1,7 milhões de espetadores, cerca de 400 concertos de alguns dos mais sonantes artistas do pop rock, como Paul McCartney, Peter Gabriel, Stevie Wonder, Metallica, Foo Fighters, Sting, Roger Waters ou Shakira.
 
Na memória ficaram também a atuação cambaleante de Amy Winehouse, o concerto da cantora Britney Spears - acusada de ter feito «playback» - e o de Miley Cyrus, na altura já a transitar da personagem Hanna Montana para a irreverente e polémica intérprete pop da atualidade.
 
A organização do festival tem já garantida a realização do Rock in Rio Lisboa em 2016 e 2018. A autarquia de Lisboa aprovou em abril as duas novas edições do festival, isentando a promotora do pagamento de taxas.
 
Semanas antes da decisão camarária, a responsável pelo festival, Roberta Medina afirmava à agência Lusa a vontade de a organização se manter em Lisboa, dado o sucesso dos anos anteriores: "A nossa intenção é ficar para sempre".
Publicado em Rock in Rio
O Hard Rock Cafe Lisboa celebra o 72.º aniversário de Freddie Mercury com o evento "Freddie for a day" no próximo dia 5 de setembro, pelas 23 horas. Para além de honrar a vida e obra do artista, o evento pretende ainda consciencializar para a batalha contra o HIV/SIDA, ao promover a angariação de fundos a favor da fundação The Mercury Phoenix Trust. 

Este ano, o Hard Rock Cafe Lisboa em colaboração com o Queen Portugal, erão realizar um evento diferente de anos anteriores, com várias surpresas programadas, mas o já habitual "Freddie For a Day" não deixará faltar as roupas elegantes e a energia caraterística de Freddie Mercury e promete recordar grandes sucessos como "Bohemian Rhapsody", "Don’t Stop Me Now", "We Are The Champions" e "Barcelona", num tributo da banda One Vision ao legado de um dos maiores intérpretes de sempre. 

As entradas poderão ser adquiridas antecipadamente no site do Hard Rock Cafe Lisboa, e exitem duas opções: Hard Rock Magic Experience, que além do concerto inclui um bigode e uma cerveja ou bebida não alcóolica, e Hard Rock Absolute Experience que inclui jantar com um menu especial e limitado composto por entrada, prato principal, sobremesa e bebidas, reservado apenas nas mesas da mezzanine do restaurante com vista privilegiada para o palco.
Publicado em Eventos
O Street Fest, Mercado de Fusão do Martim Moniz, está de regresso a Lisboa no primeiro fim de semana de cada mês, de março a maio, com a presença de vários DJs e iniciativas que pretendem dar as boas vindas à primavera.
 
No cartaz dos próximos dias 3 e 4 de março constam os DJs Ki & Camboja Selecta, DJ Ketzal e DJ É-me, que prometem pôr todos a dançar. Além das atuações, os visitantes podem contar com diversas atividades como comida de rua e bares de cocktails.
 
O evento, que tem uma presença cada vez mais consolidada na agenda de Lisboa, tem um horário das 12 às 22 horas e a entrada é gratuita.
 
Publicado em Eventos
Foi a 30 metros de profundidade, em Lisboa no passado dia 19 de abril, que a raposa da Bandida do Pomar desvendou uma secret party para comemorar a chegada da sidra aos supermercados.
 
A marca desafiou vários digital influencers e convidados através de mensagens anónimas apenas com o local da festa. Quando chegaram, receberam um código que lhes deu acesso à festa e a cofres espalhados pelo local, com as novas latas de Bandida do Pomar de 50cl e peças de roupa.
 
Nesta festa não houve bar, empregados nem DJ, que apenas estava presente através de uma projeção. Esta festa ‘que nunca aconteceu’ pretendeu apenas divulgar a marca e a chegada do produto aos supermercados, desafiando convenções e regras diferentes do habitual.
 
Publicado em Marcas
A R Power Energy , é a nova "bomba" no mercado das bebidas. É uma bebida energética que pode ser consumida em quase todas as ocasiões. Tais como, em actividade desportiva, no trabalho, em períodos de condução ou actividades de lazer.
Tem disponivel uma grande variedade de sabores: classic, guaraná, frutos silvestres, cola, laranja e ainda limão.
 
É classificada como uma bebida de grande qualidade que agora chega a Portugal e será a bebida energética oficial do Rock In Rio Lisboa 2012 com stand próprio.

A ativação da marca no evento será da responsabilidade da empresa MayaEventos.
 
Publicado em Rock in Rio
sábado, 26 maio 2012 11:22

O primeiro dia em números

A cor negra dominou o cenário no primeiro dia de Rock in Rio-Lisboa 2012 mas de longe foi sinónimo de luto ou tristeza. Muito pelo contrário, 42 mil pessoas cruzaram os portões da Cidade do Rock, no Parque da Bela Vista, para assistirem aos concertos de sonoridades mais pesadas, com os Metallica como cabeças de cartaz.
 
Antes de começarem os concertos nos palcos Mundo e Sunset, a Rock Street, com casas coloridas inspiradas em Nova Orleães, foi a sala de visitas do Rock in Rio-Lisboa 2012, recebendo os visitantes com música, performances e artistas de rua.
Ao longo da noite, a animação continuou neste espaço e os números não negam o sucesso da Rock Street: 69 por cento do público deu nota máxima a esta novidade do evento.

Pelo Palco Mundo, passaram nomes sonantes do heavy metal, como Sepultura, Mastodon ou Evanescence, mas James Hetfield e companhia eram os mais aguardados pelo público.

76 por cento dos espetadores vieram nesta sexta-feira ao Rock in Rio-Lisboa 2012 para ver Metallica. E a banda não dececionou, mostrando por cerca de duas horas o seu carinho pelo público português.

E, como não poderia faltar, as tradicionais diversões do festival foram muito procuradas e quem quis andar na roda gigante, montanha russa e slide teve que esperar, em média, 30 minutos.

Hoje, os cabeça de cartaz são os Smashing Pumpkins e os Linkin Park, num dia que também contará com as atuações dos Offspring e Limp Bizkit.
 
Publicado em Rock in Rio

[sigplus] Erro crítico: A pasta da galeria de imagens RockInRio/2016 deve ter um caminho relativo para a pasta base das imagens especificada na back-end.

O Rock in Rio esteve de volta ao Parque da Bela Vista, em Lisboa. Este ano a música eletrónica foi um dos grandes destaques do festival, que mais uma vez contava com um DJ internacional no Palco Mundo.
 
Avicii, Carl Cox, Carlos Manaça, DJ Vibe, Poppy, Dynamic Duo, Dan Maarten, Pedro Cazanova, Diego Miranda, Amanda Chang, Beatbombers e Alok foram alguns dos artistas de música de dança convidados para o festival de origem brasileira.
 
Este ano, o palco de música eletrónica alcançou uma grande procura, desde as pool parties ao final da tarde e até à madrugada do dia seguinte. Não houve cabeça de cartaz do Palco Mundo que fizesse esvaziar a pista de dança do Rock in Rio Lisboa. 
 
Passaram pelo Parque da Bela Vista 329 mil pessoas de mais de 15 países diferentes durante os cinco dias de festival. A edição de 2018 já foi confirmada pela organização e promete surpresas.
 

NOVIDADE NO PALCO ELETRÓNICO

Uma das grandes novidades da edição deste ano foram as pool parties do palco de música eletrónica, que decorreram entre as 18 e as 21 horas. Com um ambiente inspirado em Las Vegas, os festivaleiros foram convidados a experienciar uma verdadeira sunset party com direito a piscina.
Dynamic Duo, Poppy e Dan Maarten foram alguns dos artistas que deram música aos festivaleiros presentes na piscina do Rock in Rio Lisboa. No penúltimo dia Olga Ryazanova foi obrigada a cancelar a sua atuação devido a um atraso no voo e foi substituída por Paula Chalup.
 

OH YES! OH YES! CARL COX NO ROCK IN RIO

Uma das maiores lendas da música eletrónica mundial esteve presente no Rock in Rio Lisboa e encheu o recinto do palco eletrónico do festival. O line up da mesma noite era de luxo, com os ‘mestres’ nacionais Carlos Manaça e DJ Vibe.
Carl Cox foi recebido de braços abertos pelos seus ansiosos fãs portugueses. Em agosto, o DJ está de volta a Portugal, desta vez no festival NEOPOP em Viana no Castelo.
 

PORTUGAL E BRASIL DE MÃOS DADAS

O nosso país e o território carioca sempre estiveram juntos em todas as edições do Rock in Rio Lisboa e este ano não houve exceção. Além dos lusitanos Diego Miranda, Pedro Cazanova, Beatbombers, DJ Vibe e Carlos Manaça, o palco de música eletrónica do festival contou também com a presença dos brasileiros Alok e Amanda Chang.
 

UMA DAS ESTREIAS NO ROCK IN RIO

O DJ e produtor português Dan Maarten realizou a sua estreia no festival Rock in Rio Lisboa nas novas pool parties e considera que “é um reconhecimento do trabalho que tenho vindo a ter até agora. Claro que tocar num festival com esta envergadura é sempre um marco na carreira. Espero que daqui a dois anos esteja aqui outra vez e que abra portas para outras coisas”, confessou o artista ao Portal 100% DJ.
O seu mais recente single, “A Little Love”, já alcançou o Top 100 do Shazam por diversas vezes e está presente na banda sonora na nova novela da TVI intitulada de “Massa Fresca”. “Estou muito contente porque é o meu primeiro single a sério desde que eu tenho este projeto a solo e o feedback, na minha opinião, não poderia ser melhor”, afirmou Dan.
Para o futuro do seu projeto, referiu que já tem novas músicas a sair, como é o caso “Down On You”, revelado em primeira mão e em exclusivo ao Portal 100% DJ, uma colaboração com Alon que possivelmente verá a luz do dia ainda este verão. Em relação a uma colaboração de sonho, o artista afirmou que gostaria de trabalhar com Michael Calfan ou Jauzz mas “para já, a minha colaboração de sonho é comigo próprio, ter bons songwriters a trabalhar comigo, bons cantores e criar o meu caminho sem precisar de estar a colaborar com alguém”.
Sempre atento às novidades, Dan Maarten considera que Portugal está recheado de novos talentos no mundo da música eletrónica, como é o caso de Francisco Cunha e Zinko.
 

PRESENÇA ASSÍDUA NO FESTIVAL

O ‘mestre’ DJ Vibe é um dos artistas com presença assídua nos festivais Rock in Rio, seja em Lisboa, Las Vegas ou Brasil. Este ano, subiu ao palco antes de Carl Cox. 
Há dois anos atrás, Vibe ocupou a “aranha” eletrónica com um dos projetos mais importantes deste género musical em Portugal: “Os Underground Sound Of Lisbon”, com Rui da Silva, autores do clássico “So Get Up”. Sobre um possível regresso da dupla, Vibe respondeu que “nunca se sabe”, pois “o Rui vive em Londres e as coisas não são muito fáceis. (...) Não sei de hoje para amanhã, se poderá aparecer alguma coisa de novo” deste projeto.
Para o futuro, está previsto o lançamento de uma colaboração com Fauvrelle, intitulada de “Newtons” na editora de Dixon, bem como alguns temas originais durante este verão.
 

AVICII ENCERRA EDIÇÃO 2016

Foi a primeira e a última vez que Avicii esteve em Lisboa. Depois de anunciar a sua retirada das digressões, o DJ e produtor sueco esteve presente em Portugal para se despedir dos seus fãs, com uma atuação enérgica, repleta de efeitos visuais, pirotecnia, c02 e fogo. 
Durante o seu set, grande parte do catálogo musical incluiu alguns dos seus maiores êxitos como “I Could Be The One”, “Hey Brother”, “Seek Bromance”, “Addicted To You”, “Waiting For Love” e “Wake Me Up”. Depois de reproduzir temas de colegas como David Guetta, Blasterjaxx ou Sebastian Ingrosso, Avicii terminou a sua atuação em grande: com o hit “Levels” e no final a versão dubstep assinada por Skrillex, recheada de pirotecnia que levou o público ao rubro. A última atuação de Avicii vai ficar para sempre na memória das 47 mil pessoas e ficou registada pela SIC Radical. 
 
Confere aqui a lista de faixas reproduzidas por Avicii no Rock in Rio Lisboa e em baixo, a reportagem fotográfica de Jorge Afonso.
 
{gallery}RockInRio/2016{/gallery}
 
Publicado em Reportagens
sexta, 22 outubro 2010 16:09

Mercado da Ribeira vai ter discoteca

A revista “Time Out” venceu um concurso público promovido pela Câmara de Lisboa para concessionar uma área de 5.500 metros quadrados no primeiro piso e em parte do rés-do-chão do Mercado da Ribeira. O resultado será a criação de um bar/discoteca, além de uma sala de espectáculos, um “food court” com esplanada e ainda uma área para cursos e conferências.

Na conferência de imprensa da apresentação do projecto, o autarca de Lisboa, António Costa elogiou a iniciativa e disse que a época dos centros comerciais faz parte do passado. «Ou os mercados se modernizam e têm movimento, ou entrarão em declínio. Temos de investir na revitalização destes espaços», disse o presidente da Câmara.

Também o director da revista, João Cepela, sublinhou que esta será a primeira vez que um órgão de comunicação social faz uma iniciativa do género. «Pedia-se gastronomia, cultura, cinema e respondemos com um projecto que pode ser a versão real daquilo que a revista fala», acrescentou.

A concessão será adjudicada já na próxima quinta-feira, num investimento de mais de quatro milhões de euros e numa mensalidade de cerca de 12 mil euros ao novos inclinos.
Publicado em Mix
terça, 03 junho 2014 18:53

Intender o intendente

O projeto "Intendente" surge da vontade de envolver a comunidade do Largo do Intendente num outro evento que aí se realizará pelo segundo ano consecutivo na emblemática noite de Santo António - Red Bull O Santo Vertical.
 
Deste modo, e numa lógica de propagação no tempo e no espaço, "Intendente" irá inaugurar dia 5 de junho e estender-se-á por onze espaços das ruas do Bemformoso e dos Anjos, adjacentes ao Largo.
 
"Intendente" reúne um conjunto de artistas de diferentes áreas criativas, idades e percursos, para mostrar trabalhos em vídeo cujo imaginário de alguma forma se relacione com o contexto sócio-cultural da zona e com o próprio espaço de apresentação das obras, neste caso, um conjunto de bares onde as obras a expor serão mostradas em plasmas como habitualmente se encontra neste tipo de estabelecimento. Com a apropriação deste tipo de dispositivo, pretende-se que diferentes públicos percepcionem as obras de formas distintas, o público habitual e o público que aí se deslocará para o evento.
 
Com uma tradição de bairro problemático com um imaginário associado à droga, à imigração ilegal e à prostituição, apresenta-se agora com a fachada lavada e com novos spots para uma população mais cool, no entanto, a pobreza e a exclusão continuam a espreitar atrás da esquina.
 
Informações:
05 - 12 Junho 2014
horário: 15:00h - 00:00h (sextas e sábados 15:00 - 02:00) - este horário é genérico. A abertura varia consoante o bar.
Publicado em Eventos
A Semana Académica de Lisboa já tem os primeiro os artistas confirmados. Quim Barreiros e os Azeitonas estão entre os nomes que vão atuar este ano no Terraplano de Santos.
Além destes, estão também confirmados os Pow Pow Movement e Capitão Fausto.

A Semana Académica da capital alfacinha decorre de 2 a 5 de maio e o preço dos bilhetes diários é de 10 euros, em pré-venda, e de 12 euros no dia do evento O passe de quatro dias tem o valor de 25 euros.
 
Para além de mais um dia, este ano a Académica de Lisboa irá apostar num novo recinto: o Terraplano de Santos.
Situado em plena zona ribeirinha de Santos e com capacidade para mais de 50 mil pessoas o Terraplano encontra-se num local com grande acessibilidade e com uma excelente oferta de transportes públicos tais como, comboio, autocarro, barco e metro. Lisboa vai abanar!
 
Publicado em Eventos
Pág. 1 de 35

Projeto editorial independente cujos valores se guiam pelo profissionalismo, isenção e criatividade, tendo como base de trabalho toda a envolvente da noite nacional e internacional, 365 dias online.

Acesso Rápido

Newsletter

Recebe novidades e conteúdos exclusivos no teu e-mail.