20-05-2019

  Diretor Ivo Moreira | Periodicidade Diária

Sobre Nós  |  Fala Connosco     

A Optimus lançou uma campanha que dá a oportunidade de recuperar integralmente o valor do bilhete do festival Optimus Alive’12, em comunicações. Para ter acesso a esta campanha é necessário apresentar o bilhete ou passe de 3 dias numa loja exclusiva Optimus, juntamente com o número de telefone. Caso o cliente não tenha ainda bilhete ou passe, pode comprá-lo numa loja Optimus e aderir simultaneamente à campanha Optimus Alive’12.
 
A recuperação do valor será processada em função do tarifário do cliente. No caso dos tarifários pré-pagos, o valor do bilhete/passe é recuperado em saldo, através de duplicação das recargas até ser atingido o valor do bilhete (53€) ou passe de 3 dias (105€). Para os clientes com Tarifários pós-pagos, o valor do bilhete/passe pode ser recuperado em factura, em 10 prestações de igual valor.
 
O Festival Optimus Alive’12 decorre nos dias 13, 14 e 15 de Julho, no Passeio Marítimo de Algés, em Oeiras. Entre as bandas confirmadas estão AWOLNATION, Big Deal, Buraka Som Sistema, Caribou, Danko Jones, Death in Vegas, Dum Dum Girls, Florence + The Machine, Here We Go Magic, Justice (Live), Katy B, Lisa Hannigan, LMFAO, Mazzy Star, Metronomy, Miles Kane, MIUDA, Mumford & Sons, Noah and the Whale, PAUS, Radiohead, Refused, Santigold, SBTRKT, SebastiAn (Live), Snow Patrol, The Antlers, The Cure, The Kills, The Kooks, The Maccabees, The Stone Roses, Tricky performing Maxinquaye com Martina Topley-Bird e Warpaint.
 
Publicado em Marcas

 

A ilha de Obonjan, na Croácia, foi recentemente comprada pelo promotor responsável pela organização do Unknown Festival, para ser transformada num local de festa para os amantes da música eletrónica.
 
Este novo projeto está a ser trabalhado há três anos, em parceria com a Sound Channel, pretendendo levar centenas de artistas, chefs e filósofos para a ilha croata, tornando-a num destino único. O objetivo é juntar as artes e a música num paraíso.
 
Outras iniciativas como a promoção do bem estar, a vida sustentável e a gastronomia vão ser realizadas no futuro festival, que vai ter um alojamento “criativo”, segundo a organização.
 
 
Publicado em Festivais
sexta, 06 fevereiro 2009 11:59

Oeiras Alive! Já tem confirmações

Os Metallica abrem dia 09 de Julho a terceira edição do Optimus Alive, que decorrerá no Passeio Marítimo de Algés (Oeiras), e a Dave Matthews Band actua no dia 11, quando encerra o Festival, foi hoje anunciado.

As duas edições anteriores decorreram no Passeio Marítimo de Algés, e tanto o promotor Álvaro Covões como o presidente da câmara de Oeiras, Isaltino Morais, garantiram nova presença naquele recinto em 2009.

No final do festival em 2008, Isaltino Morais sublinhou aos jornalistas que iria reforçar "substancialmente" o apoio ao evento, dada a afluência de público - cem mil espectadores - e o retorno em termos de turismo para o município.
Pelas duas edições anteriores do Optimus Alive passaram nomes como Bob Dylan, Rage Against The Machine, Neil Young, Pearl Jam, Beastie Boys, Smashing Pumpkins e White Stripes.
Publicado em Festivais
O Ultra Music Festival (UMF) regressa à baixa de Miami pela 18ª vez consecutiva nos próximos dias 18, 19 e 20 de março. É um dos festivais de música eletrónica mais famosos, reconhecidos e desejados a nível internacional, com um cartaz de luxo e repleto de novidades a cada ano que passa.
 
Este ano o cartaz é composto por nomes como Blasterjaxx, Don Diablo, Alok, Dyro, Julian Jordan, Afrojack, Carl Cox, Dash Berlin, deadmau5, Kygo e o português Diego Miranda que se estreia no UMF no Stage7.
 
Para quem não tem oportunidade de se deslocar, existem as habituais transmissões em direto através da internet, que deixam os fãs do evento literalmente colados ao ecrã durante várias horas. O livestream da edição deste ano já foi anunciado, através de um video que tem como protagonista Hardwell e o seu cão Jager van de Corput. A transmissão em direto vai ter início a 18 de março e prolonga-se durante os dois dias seguintes.
 
 
A exemplo do ano passado, o Portal 100% DJ esteve à conversa com vários amantes da música eletrónica que já embarcaram no avião com destino a Miami, para viver e experienciar toda a magia do UMF e da Miami Music Week.
 
João Santos é natural de Sintra, tem 22 anos e vai pela primeira vez ao festival. Com expectativas “muito elevadas”, pretende ver bem de perto artistas como The Prodigy, Yellow Claw, Andrew Rayel, e deadmau5. “Para mim existem dois festivais de música eletrónica no mundo: Tomorrowland (Bélgica) e UMF (Miami). O resto é cópia. Uma vez que já fui ao Tomorrowland, falta-me o UMF para cumprir o meu sonho. Não podia estar mais feliz!”, confessa o jovem ao Portal 100% DJ. As suas preferências recaem sobre Pete Tha Zouk e Massivedrum, quando questionado sobre os artistas nacionais que gostaria de ver no "UMF". Na mala de viagem leva a bandeira de Portugal, t-shirt da "Tomorrowland Crew Portugal", protetor solar e calçado confortável. Na opinião do português, no nosso país falta um festival “grandioso”, uma vez que estão reunidas todas as condições tais como “espaço, sol e cerveja”. “Bastava um espaço cuidado e um cartaz competitivo! As pessoas vinham de todo o lado. Vejam o exemplo do Tomorrowland”, diz. Uma vez que ir ao "UMF" não é um investimento barato, o jovem admite que “não foi nada fácil arranjar todo o dinheiro necessário” e teve de “fazer uma espécie de contrato” consigo mesmo: todos os meses, levantava uma quantia certa de dinheiro. O bilhete e os voos foram planeados com alguma antecedência “para garantir os melhores preços”.
 
 
Uma das representantes do sexo feminino português é Susana Coelho, de 35 anos, que partiu diretamente de Boliqueime para Miami pela primeira vez. Apesar de já ter estado presente em alguns festivais, “as expectativas são as mais altas possíveis” e nem as consegue exprimir por palavras. Em Portugal, Susana afirma que existem “excelentes profissionais e pessoas super talentosas” que poderiam subir a um dos palcos do "UMF", como vai acontecer com Diego Miranda. Sapatos e roupa confortável “para dançar e pular todos os segundos do festival”, máquina fotográfica “para poder reviver em Portugal os grandes momentos” e a bandeira nacional são alguns dos objetos que leva na bagagem. Para viajar até Miami, a algarvia realizou algumas poupanças mas afirma que “com algum esforço todos os meses, 'grão a grão' consegue-se. Quando colocamos metas e objetivos, tudo se consegue!”. Um dos conselhos que deixa a quem pretende ir ao "UMF" no futuro é comprar as viagens e bilhetes bastante tempo antes, uma vez que o preço é mais acessível e “não custa tanto, porque os pagamentos são faseados ao longo do ano”.
Hardwell, Armin van Buuren e Steve Angello são os artistas que deseja ver com mais atenção em Miami. “Já que temos tanto turismo, praia e clima fantásticos, porque não sermos conhecidos também por festivais brutais e controlados”, que ao mesmo tempo atraem “mais pessoas a virem conhecer o nosso país?”, questiona Susana deixando a sugestão para a realização de um grande festival em Portugal.
 
 
Tiago Rodrigues tem 27 anos e vive em Issy-les-Moulineaux, em França, de onde partiu em direção ao Ultra Music Festival pela primeira vez. O português não vive de ilusões e vai para Miami com o objetivo de “ver para crer”, toda a grandiosidade do festival de música eletrónica. Apesar de não estar presente atualmente em Portugal, Tiago não foge às suas origens e destaca Pete Tha Zouk como o artista nacional que gostaria de ver num palco do Ultra Music Festival. Na sua mala de viagem, além de todos os objetos essenciais, o português garante que não se vai esquecer da sua garrafa de whisky. Relativamente a Portugal, Tiago afirma que “a nível de festivais, não estamos mal servidos” e que não tem “razão de queixa” quando questionado a respeito do investimento feito para viajar até ao Ultra. Nos seus planos, a atuação de Martin Garrix será imperdível.
 
 
Residente em Leiria, Zé Manel leva as suas expectativas para Miami “muito altas, visto que o line-up está muito bom”. Em Portugal, considera que existem ótimos DJs como o Kura, afirmando que seria “muito bom” vê-lo atuar neste Festival. A câmara GoPro, carteira, bilhete do festival, bandeira de Portugal e da marca Armin van Buuren Intense são alguns dos objetos que irão consigo para Miami. “Infelizmente Portugal precisa de um festival a sério”, afirma Zé Manel ao Portal 100% DJ, poucos dias antes de embarcar no avião com destino aos Estados Unidos da América. Para esta viagem, o português admite que é fácil: “Basta querer. Lutei para ir, pois é complicado devido aos salários baixos que se recebe em Portugal”. Entre os artistas que pretende assistir estão deadmau5, Armin van Buuren e Tiesto.
 
 
Daniel Reis tem 28 anos e vive na Cordinhã (Coimbra). Esta vai ser a sua estreia no Ultra, juntamente com o seu irmão. As suas expectativas são “muito grandes” e consigo leva a bandeira de Portugal, uma “peça fundamental”, tal como o bilhete pois “sem ele não há festa”. Pete Tha Zouk seria a sua escolha nacional para estar presente no cartaz do UMF, se o português fizesse parte da equipa de organização do festival. A atuação dos The Prodigy é uma das mais esperadas por Daniel, que certamente irá assistir bem de perto, uma vez que para realizar esta “viagem de sonho para um festival único” teve “dois anos a juntar dinheiro”. Em relação ao facto de Portugal vir a receber no futuro um evento como o Ultra Music Festival, o jovem confessa que o território lusitano “não tem condições nem logística para um festival deste género”.
 
 
{youtube}F0xoBUDUYyo{/youtube}
 
Publicado em Reportagens
segunda, 21 maio 2012 19:25

Cidade do Rock está quase pronta

A organização do maior evento de música e entretenimento do mundo apresentou hoje a Cidade do Rock e as infraestruturas que dela fazem parte nesta edição. Faltam apenas 4 dias para o início da grande festa e o público pode ficar a conhecer desde já os espaços que vai poder encontrar a partir de sexta-feira no Rock in Rio-Lisboa 2012.

O espaço único do Parque da Bela Vista, em Lisboa, com 200 mil metros quadrados volta a ser o local escolhido para receber o mais espetacular parque de diversões da música nos dias 25 e 26 de maio e 1, 2 e 3 de junho. Acessos, alimentação, segurança, saúde, luz, som e serviços de apoio, tudo foi pensado ao pormenor para proporcionar ao público momentos inesquecíveis.

Para além da música, a organização do Rock in Rio-Lisboa 2012 preocupa-se em oferecer um espaço confortável e de qualidade durante os cinco dias do evento. Com abertura às 16h00 e encerramento às 04h00 da manhã, a Cidade do Rock garante 12 horas de festa.
 
O Rock in Rio-Lisboa 2012 vai apresentar cerca de 140 artistas, entre bandas, DJs, bailarinos e artistas de rua. Os bilhetes custam 61 euros e dão direito a utilizar todas as diversões, assistir aos espetáculos e passar um dia verdadeiramente inesquecível. O público terá apenas de pagar pela alimentação, bebidas e as compras que queira fazer nos bares oficiais ou numa das 20 lojas presentes na Rock Street.
 
Publicado em Rock in Rio

 

A rádio Nova Era lançou esta semana o passatempo “Melhor Ouvinte do Mundo Abre a Melhor Beach Party da Europa”, que dá a oportunidade a um DJ e produtor de atuar no mesmo palco que Steve Angello, Dimitri Vegas & Like Mike ou R3hab, nos dias 3 e 4 de julho, na Praia do Aterro, em Matosinhos.
 
Para participares no concurso, consulta o regulamento na página oficial da Nova era. Numa das edições anteriores deste passatempo, o vencedor foi Francisco Cunha, que lançou recentemente o seu primeiro single.
 
A Nova Era Beach Party já está em contagem decrescente e o line up já está completo. Os bilhetes estão disponíveis em pré-venda até ao dia 31 de maio nos locais habituais, entre os 15 (bilhete diário) e os 25 euros (passe geral).
 
 
Publicado em Festivais
A organização do Rock in Rio-Lisboa acaba de anunciar o plano de mobilidade para a 8.ª edição do festival que, este ano, conta com número recorde de operadores, prolongamento de horários nos principais serviços urbanos e maior abrangência nacional. Abreu, Budget, BusUp, Carris, Cityrama, CP (Urbanos e Longo-Curso), Fertagus, Metro de Lisboa, mytaxi, Transtejo e Soflusa e Rede Expressos juntam-se, assim, numa mega operação que visa, em simultâneo, incentivar os visitantes da Cidade do Rock a deixarem os carros em casa.

Com o objetivo de facilitar o acesso e saída do recinto, num evento que contou com mais de 300 mil pessoas na sua última edição em Lisboa, os operadores envolvidos neste plano oferecem packs e condições especiais para a deslocação dos fãs, bem como o reforço dos serviços urbanos habituais. O Metropolitano de Lisboa alargará os seus serviços nos dias do festival até às 3 horas da madrugada, as viagens nos comboios urbanos CP Lisboa da linha de Cascais e de Sintra serão gratuitas mediante a apresentação do bilhete para o festival, enquanto a Fertagus oferece o estacionamento nos seus parques automóveis ao longo das estações da margem sul. Além destas vantagens, a mytaxi vai, pela primeira vez, assegurar táxis coletivos na cidade de Lisboa a preços fixos e a organização do Rock in Rio-Lisboa colocará em circulação um shuttle com partidas de pontos estratégicos na envolvente de Lisboa que levará os fãs até à porta da Cidade do Rock pelo valor de 12 euros (ida e volta).

Para Roberta Medina, Vice-Presidente Executiva do Rock in Rio, "esta será a edição do festival com mais soluções de mobilidade para os nossos fãs. Acreditamos que o trabalho desenvolvido com estes operadores e empresas parceiras vai resultar numa maior adesão ao uso dos transportes coletivos, em detrimento do transporte individual, em linha com o nosso compromisso na construção de um mundo mais sustentável."

Metropolitano de Lisboa
Nos dias 23, 24, 29 e 30 de junho estará operacional até às 03h00, com 4 linhas abertas e cerca de 30 estações, com metros a sair a cada 6 minutos.

CP-Urbanos
Ao apresentar bilhete para o Rock in Rio-Lisboa - nas portas de acesso e a bordo dos comboios -, a CP oferece a utilização dos serviços nos Comboios Urbanos de Lisboa e nos comboios especiais do Cais do Sodré para Cascais e de Oriente/Roma-Areeiro para Sintra. Haverá ainda horários especiais com as últimas partidas às 02h40 (Lisboa Oriente), 02h47 (Roma-Areeiro em direção a Sintra - paragem em todas as estações) e 03h00 (Cais do Sodré em direção a Cascais - paragem em todas as estações).

CP Longo-Curso
O já famoso pack ROCKCard CP inclui bilhete para o evento, viagem de comboio intercidades ida e volta para Lisboa Oriente e transfer de autocarro Gare do Oriente – Cidade do Rock – Gare do Oriente. Estes pacotes têm um preço de 84 euros (partidas da Zona Centro) e 89 euros (partidas da Zona Norte). Na Linha do Norte a CP assegura, ainda, comboios especiais na madrugada seguinte a cada dia de evento, com partida de Lisboa Oriente e destino a Porto Campanhã.
CP Intercidades, InterRegionais e Regionais
Em todos os serviços CP Intercidades, InterRegionais e Regionais, é também possível usufruir de um desconto de 30% na viagem, mediante apresentação do bilhete Rock in Rio-Lisboa.

mytaxi
A aplicação para serviços de táxi, pretende oferecer uma forma de mobilidade simples e cómoda para os fãs se deslocarem de e para a Cidade do Rock. Basta descarregar a aplicação e sugere-se a reserva antecipada do serviço, selecionando os pontos de referência mytaxi disponíveis à volta do recinto. Haverá ainda táxis colectivos na cidade de Lisboa a preços fixos para deslocações até ao recinto e com partida deste.

BusUp
Através desta será possível escolher entre uma das rotas pré-definidas ou propor novas rotas que sejam mais convenientes. Uma nova forma de transporte coletivo, cómodo e sustentável.

Shuttle BusUp
A BusUp será, também, responsável pela operação do shuttle Rock in Rio-Lisboa com partidas em pontos estratégicos na envolvente da capital, nomeadamente Cascais Villa, Beloura Shopping, Oeiras Parque, Strada Outlet e Forum Montijo. Este transporte leva os fãs até à porta da Cidade do Rock por 12 euros (ida e volta), com partidas às 11h00, 14h00, 17h00 e 20h00, e regresso às 00h30, 01h00 e 02h30. 

Fertagus
Nos dias de Rock in Rio-Lisboa, a Fertagus vai disponibilizar um comboio com horários especiais da estação Roma-Areeiro e destino a Setúbal, efetuando paragens em todas as estações a partir do Pragal. As partidas estão marcadas para a 01h45 nos dias 23, 24 e 30 de junho, e para a 01h28 no dia 29 de junho. 
Além disso, ao apresentar bilhete para o festival na bilheteira da Fertagus, na compra de uma viagem ida e volta a Fertagus oferece o estacionamento.

Transtejo e Soflusa
As duas entidades irão operar os trajetos Cais do Sodré-Cacilhas (com o último barco a sair à 01h40) e Terreiro do Paço-Barreiro (com o último barco às 02h00).

Rede Expressos
Para quem reside fora de Lisboa, a Rede Expressos oferece mais de 250 pontos de partida nacionais em direção a Lisboa. Mediante a apresentação de bilhete Rock in Rio-Lisboa, os passageiros terão direito a 25% de desconto nas viagens nacionais. 

Abreu
A Agência irá transportar os fãs de Braga, Guimarães, Porto, Aveiro, Coimbra e Algarve. Por 79 euros é possível adquirir o pack Rock in Rio Express que inclui o bilhete para entrar na Cidade do Rock e transporte ida e volta para uma das cidades referidas.

Budget
A pensar nas famílias – público prioritário neste serviço -, os shutles Budget vão realizar o trajeto da Estação Roma-Areeiro até à Cidade do Rock.

Carris
A Carris irá assegurar vários trajetos que permitem a deslocação até ao recinto. Haverá autocarros a partir de quatro carreiras do lado de Chelas e três carreiras do lado da Av. Almirante Gago. A partir das 23h30, entra em funcionamento a Rede da Madrugada com o 208 a operar entre o Cais do Sodré e a Estação do Oriente.

Cityrama
A Cityrama oferece 25% de desconto para todos os portadores de bilhete Rock in Rio-Lisboa, no serviço de shuttle com partidas de Marquês de Pombal, Sete Rios e Cidade do Rock, nos seguintes horários: 12h00 – 20h00; 23h00 – 02h00. O preço é de 12,50 euros no local ou 10 euros se adquirido atempadamente. 

Eu Vou de Bicicleta
Em parceria com a Cofidis, o Rock In Rio disponibiliza um Bike Park para que todos os ciclistas possam deixar as suas bicicletas enquanto desfrutam do evento. 

Cooltra/eCooltra
Esta parceria contempla soluções com scooters elétricas, um pack de aluguer de mota exclusivo para os festivaleiros (um dia por 24,90 eurps ou por 2 dias por 49,90 euros, ambas as opções com capacete e top case incluídos), minutos grátis para aluguer através da eCooltra, estacionamento reservado para scooters do grupo Cooltra e apoio a toda a organização antes e durante o evento.
Publicado em Rock in Rio
Uma das épocas mais esperadas do ano chegou. O festival Tomorrowland, que acontece nos dois próximos fins-de-semana, está de volta a Boom, na Bélgica, com um cartaz de luxo direcionado para os amantes da música eletrónica em todas as suas vertentes. Como já é habitual, são vários os festivaleiros portugueses que partem em direção ao evento, com o objetivo de viver os melhores dias das suas vidas repletos de música, amor e união. O Portal 100% DJ falou mais uma vez em exclusivo com três portugueses que neste momento já estão no Tomorrowland. 
 
“O Tomorrowland é um lugar mágico”
 
Dylan Silva, de 23 anos, parte de Paris em direção ao festival belga pela terceira vez. “O Tomorrowland é um lugar mágico. A primeira vez que lá vamos é o realizar de um sonho e nas vezes seguintes torna-se na nossa casa”, referiu o português em exclusivo ao Portal 100% DJ.
 
Coone, Alesso, Martin Garrix e Armin van Buuren são os artistas que não quer perder no festival. Em relação à segurança do evento, considera que “não devemos pensar nisso e sim aproveitar ao máximo esses dias”, uma vez que já conhece o Tomorrowland e o seu ambiente.
 
Quando questionado se Portugal merecia um festival como o Tomorrowland, a resposta de Dylan foi afirmativa, apesar de ser “impossível” e do nosso país não ter “organização para tanto”.
 
“Mística e envolvência do festival” 
 
Pela primeira vez no Tomorrowland, Daniel Dias foi atraído pela “mística e envolvência do festival em conjunto com os artistas que irão atuar”, afirmou o português de 24 anos, residente em São João da Talha.
 
Durante o evento promete não perder um segundo dos sets de Carl Cox, Solomun e Dimitri Vegas & Like Mike e refere ainda que não se irá sentir inseguro num dos maiores festivais de música eletrónica a nível mundial, apesar dos alertas de terrorismo.
 
Se o Tomorrowland viesse para Portugal, Daniel considera ainda que “não seria a mesma coisa” e que “não faz falta um evento destes” no nosso país.
 
“Sempre foi um sonho a concretizar”
 
Joana Lima, de Lisboa e com 26 anos, vai pela primeira vez ao festival de Boom. “O Tomorrowland sempre foi um sonho a concretizar. Sou fã de música eletrónica e todo o ambiente e pormenores do festival sempre me fascinaram”, referiu a festivaleira.
 
Armin van Buuren, KSHMR, Martin Garrix e Dimitri Vegas & Like Mike são os seus artistas de eleição, considerando-se fã e que não irá perder durante o evento. Quando questionada sobre a falta de um festival do mesmo género em Portugal, Joana considera que seria “incrível”, apesar de já existirem eventos do mesmo género “mas nenhum que se aproxime da qualidade do Tomorrowland”.
 
Em relação às ameaças terroristas que o mundo tem vindo a sofrer, Joana afirma que “é impossível não sentir alguma insegurança, mas a verdade é que o risco está em todo o lado. Prefiro não pensar nisso e simplesmente disfrutar daquele que será, provavelmente, uma das melhores experiências que irei ter na vida, num festival que apela ao amor e à união: ‘Live today, love tomorrow, unite forever”, concluiu.
 
Publicado em Tomorrowland
A organização do Rock in Rio convidou alguns dos mais importantes artistas portugueses da actualidade para gravar uma versão nacional da música do maior evento de música e entretenimento do mundo.
 
Mesmo num ano em que não há edição portuguesa, o Rock in Rio promove experiências marcantes para os artistas e para o público português.
Boss AC, Buraka Som Sistema, Carminho, David Fonseca, Expensive Soul, Lúcia Moniz, Luís Represas, Mariza, Paulo Gonzo, Rita RedShoes, Rui Veloso e Xutos & Pontapés foram os artistas que responderam “EU VOU” e passaram uma tarde de gravações e convívio no estúdio de Rui Veloso, que amavelmente se disponibilizou para receber esta iniciativa.

Zé Ricardo, Director Artístico do Palco Sunset Rock in Rio e impulsionador deste encontro, explica “Estamos a promover o encontro de artistas portugueses para celebrar o trabalho que temos vindo a desenvolver desde o Rock in Rio-Lisboa 2004 e agradecer ao público português o carinho e interesse que demonstram pelo evento. Neste momento temos asseguradas as edições de 2011, 2013 e 2015 no Rio de Janeiro que vão permitir mostrar ao mercado brasileiro o trabalho de vários artistas portugueses que já fizeram ou podem vir a fazer parte da história do Rock in Rio”.

Esta gravação vai ser divulgada nas redes sociais do Rock in Rio, que acabam de conquistar o primeiro lugar do mundo no ranking do segmento, alcançando a marca de 630 mil fãs na soma de amigos e seguidores nas redes Orkut, Facebook e Twitter.
 
Não só a organização vai levar artistas portugueses a actuar ao Rio de Janeiro como vai levar também 330 pessoas (entre portugueses e espanhóis) a assistir ao Rock in Rio 2011 com viagem, estadia, deslocações e entradas na Cidade do Rock totalmente gratuitas, através da promoção “Eu Vou a Voar ao Rio de Janeiro”, lançada no dia 15 de Abril, em conjunto com os parceiros EMBRATUR, Millennium bcp, SIC, RFM, SAPO e DN.

“Um dos objectivos inerentes ao movimento de internacionalização da marca Rock in Rio é a promoção da interacção entre os países onde actuamos. O Rock in Rio caracteriza-se como uma grande festa onde a alegria e a emoção estão sempre presentes e este tipo de acções serve para mostrar que acreditamos em Portugal e que estamos gratos pelo grande impulso que deu à marca Rock in Rio” refere Roberta Medina, Vice-Presidente Executiva do Rock in Rio.
Publicado em Rock in Rio
Um jovem de 20 anos foi esfaqueado ontem à noite, no festival de trance Play Music, que decorria na Lagoa da Ervedeira na região de Leiria. Os ferimentos foram feitos no peito da vítima mas não são considerados graves.
 
A GNR foi chamada ao local às 06h30 da madrugada depois de um desacato que aconteceu no evento da freguesia de Coimbrão. Segundo o jornal Correio da Manhã ainda não foi apresentada queixa às autoridades e a vítima já teve alta hospitalr.
 
O festival Play Music acontece até este domingo e conta com Cosmosis, Nikki S, Orca, H-Side, E-Mov e muitos outros no cartaz.
Publicado em Mix
Pág. 1 de 11
100% DJ. Projeto editorial independente cujos valores se guiam pelo profissionalismo, isenção e criatividade, tendo como base de trabalho toda a envolvente da noite nacional e internacional, 365 dias online.

Newsletter

Recebe novidades e conteúdos exclusivos no teu e-mail.