22-02-2020

  Diretor Ivo Moreira | Periodicidade Diária

Sobre Nós  |  Fala Connosco     

quarta, 20 fevereiro 2013 14:42

Boiler Room conquistou Portugal

Algumas dezenas de metros acima do nível do chão, como se Lisboa estivesse pronta para descolar para o espaço, ali mesmo com o rio Tejo aos pés e a ponte 25 de Abril como rampa de lançamento. Foi assim o Boiler Room Lisboa Red Bull Music Academy Takeover, estreia em grande no nosso país de uma iniciativa que tem gerado ondas de entusiasmo em todo o mundo.
 
A ideia simples foi conseguida: um sound system de luxo, uma sala repleta de clubbers fanáticos, um line-up do mais avançado que a eletrónica tem para oferecer e uma série de câmaras a transmitirem tudo pela internet, transformando o planeta numa pista de dança.
 
Em Lisboa, quem pôs tudo a ferver foram os Sensible Soccers, os Voxels, Ivvvo, Buraka Som Sistema, Dj Ride, Switchst(d)ance e a «cereja em cima do bolo» - DJ Vibe.
 
Para chegar ao Boiler Room Lisboa Red Bull Music Academy Takeover era necessário subir as escadas metálicas que conduziam ao topo de um antigo reservatório de àgua na LXFactory. Uma vez lá em cima, podia-se desfrutar das incríveis vistas do terraço com a banda sonora proporcionada pelos DJs de serviço ou então subir mais um lanço de escadas para mergulhar no antigo depósito propriamente dito: luzes baixas, som alto com a qualidade inexcedível "Funktion One" e uma energia que se podia literalmente cortar à faca.
 
Dizer que foi memorável é, pois claro, dizer muito pouco: a estreia do Boiler Room em Portugal pela mão da Red Bull Music Academy pode muito bem ter ficado para a história. Diferentes sonoridades, diferentes gerações, diferentes ferramentas, mas uma mesma vontade de impor a dança como prática comum. Os presentes talvez não tenham reparado, mas por um momento aquele antigo reservatório de água descolou e viajou pelo espaço: as colunas foram os reactores, a música o combustível e os clubbers os tripulantes.
 
Boiler Room Lisboa Red Bull Music Academy Takeover signing out: Missão cumprida!
 
Publicado em Eventos
quinta, 14 novembro 2013 21:15

Sagres dá força a Portugal

A Sagres foi a primeira patrocinadora da Seleção Nacional e desde 1993 que a marca de cerveja tem entrado em campo com a equipa das quinas. Aproveitando o momento decisivo que se vive nas aspirações da seleção, a Sagres lançou mais uma campanha publicitária de apoio.
 
Na véspera do jogo do playoff Portugal x Suécia, a frase "Força Portugal" vai fazer parte de uma campanha presente na plataforma digital e na rede de mupis do país.
 
Apelar ao espírito nacional e apoiar a Seleção é o grande objetivo de uma campanha que vai ainda estender numa das bancadas do estádio da Luz, no dia do jogo, uma camisola gigante de 14 metros de altura da Seleção Nacional.
 
Publicado em Marcas
O panorama dos festivais de música conta este ano com mais eventos e de menor dimensão, mas o setor precisa ainda de mais profissionalização, afirmou à agência Lusa o diretor da associação APORFEST, Ricardo Bramão. 
 
Criada em 2014, a Associação Portuguesa dos Festivais de Música (APORFEST) tem estado a analisar a área dos eventos de música - que começam agora a ganhar força com a chegada do verão -, e já traçou o perfil do espectador português e promove formação de agentes do setor.
"Percebemos que esta área não está ainda maturada, que há mais festivais, de pequena dimensão, e que há outros que desaparecem, ou porque não têm apoio financeiro sustentado ou por falta de capacidades", referiu o responsável.
 
De acordo com a APORFEST, o calendário português conta com cerca de 150 festivais de música, entre os que têm maior visibilidade junto do público português, o NOS Primavera Sound é um dos primeiros a realizar-se, no Parque da Cidade, no Porto. 
 
Nas próximas semanas e até setembro, há propostas para quase todos os gostos, do fado à world music, do pop rock ao reggae, das músicas do mundo à eletrónica, com centenas de concertos e a movimentação de milhares de artistas, de norte a sul do país. 
 
No que diz respeito aos festivais que somam mais de dez edições, o ranking é liderado pelo Festival Músicas do Mundo de Sines, com a 17.ª edição, em julho e o Super Bock Super Rock, que cumpre 20 anos em julho, mudando-se do Meco para o Parque das Nações, Lisboa, e ainda o Vodafone Paredes de Coura, desde 1993 a mostrar música na localidade minhota. 
 
Outros estão ainda nas primeiras edições e a consolidarem-se, como o Caixa Ribeira, dedicado ao fado, em junho no Porto, ou o Sol da Caparica, só com música portuguesa, em agosto, na Costa de Caparica. 
 
Sobre o panorama dos festivais, Ricardo Bramão explica que "há vontade de se fazerem festivais, mas a dificuldade é conseguir mantê-los, sobretudo os de menor dimensão, ou porque falha um ou outro apoio, ou porque não há conhecimentos suficientes para otimizar o trabalho". 
 
Recorde-se que em 2014 foi lançado um estudo efetuado pelo TalkFest que dava conta dos números dos festivais portugueses e que podem ser consultados em infografia aqui.
 
Publicado em Festivais
O mais recente documentário sobre a dupla francesa, intitulado “Daft Punk Unchained”, vai estrear em Lisboa no próximo dia 23 de outubro, às 22h30, no Cinema São Jorge.
 
O filme de 85 minutos inclui material de arquivo raro e entrevistas exclusivas com colaboradores dos Daft Punk como Pharrel Williams, Giorgio Moroder, Nile Rodger e Michel Gondry, Kanye West e Pete Tong, com a realiazação a cargo de Hervé Martin-Delpierre. No trailer, disponibilizado há alguns dias, é possível ver imagens inéditas da dupla sem os famosos capacetes, a imagem de marca dos produtores.
 
Esta exibição está inserida no Doclisboa’15, um festival de cinema documental que decorre entre o dia 22 de outubro e 1 de novembro, na secção Heart Beat dedicada à música e artes performativas.
 
O documentário que retrata a carreira de Thomas Bangalter e Guy-Manuel De Homem Christo vai ser lançado nos cinemas mundiais pela BBC, em data a ser definida em breve.
 
{youtube}3I3maTRmiYU{/youtube}
Publicado em Artistas
Um estudo publicado pelo Eurobarómetro nesta quarta-feira em Bruxelas revela que os portugueses são os que mais bebem bebidas alcoólicas diariamente liderando a média europeia.

Os resultados do inquérito realizado a 27 mil europeus em Outubro do ano passado revelam que 43 por cento dos portugueses consomem álcool diariamente contra os 14 por cento da média europeia.

Do total de inquiridos, 83 por cento concorda com a realização dos controlos policiais, um número que sobe para 91 por cento em Portugal. No conjunto de todos os europeus, 89 por cento defende a proibição da venda e consumo de álcool a menores.

A grande maioria dos europeus advoga que devem ser tomadas medidas para combater os malefícios da ingestão de bebidas alcoólicas.
Publicado em Mix
sexta, 27 setembro 2013 10:49

'I am Hardwell tour' confirmada em Portugal

O DJ e Produtor Holandês - Hardwell está de regresso a Portugal, para um espectáculo único, integrado na sua tour mundial 'I Am Hardwell', que deu o «pontapé de saída» em Amesterdão no passado mês de abril e já percorreu parte do planeta. Desde Jacarta, Singapura, Bangalore, Bombaim, Cidade do Cabo, Joanesburgo, Cidade do México a Tel Aviv, e chega agora a Lisboa.
 
Desta feita, o espetáculo apresentado pela rádio Mega Hits, realizar-se-á no sábado dia 14 de Dezembro no Meo Arena em Lisboa (Pavilhão Atlântico) a partir das 21:30 horas. Os bilhetes estão à venda na blueticket e locais habituais pelo preço de 35 euros (plateia em pé) e 25 euros (balcão 1.)
 
O warm-up, segundo conseguimos apurar, será feito pelo 'prodígio' de Hardwell, que também já esteve presente em Portugal - Dannic.
 
'I Am Hardwell' é uma extensão de tudo o que Hardwell representa como artista e a oportunidade de comunicar a sua visão da música eletrónica contemporânea. Da sua sonoridade big room, capaz de enfeitiçar audiências planetárias aos visuais e efeitos especiais, tudo foi desenvolvido pela ALDA Events a partir da visão única do DJ e produtor holandês. 
 
Hardwell é um dos mais importantes DJs mundiais, posicionado no número 6 no ranking mundial de DJs da revista DJ Mag (Top100), e é um artista que reúne o consenso do público e da crítica especializada no que toca ao seu talento e versatilidade musical. A atuação de Hardwell no festival Belga Tomorrowland gerou 18 milhões de visualizações online, o seu radioshow - transmitido em Portugal pela Mega Hits - gera semanalmente no Youtube mais de 200 mil visualizações, e é transmitido por 35 rádios internacionais. O seu mais recente single - “Never Say Goodbye" - é uma colaboração com Dyro e "Bright Lights" é um dos grandes êxitos de 2013.
 
 
Publicado em Eventos
O Governo vai mesmo avançar com a proibição de venda de álcool a menores de 18 anos. A lei em vigor prevê que seja proibida a venda a menores de 16. A proposta de legislação conjunta entre os Ministérios da Saúde e da Administração Interna "já iniciou o seu processo legislativo" e vai "dentro em breve" ser debatida em Conselho de Ministros, adiantou o secretário de Estado adjunto e da Saúde, Fernando Leal da Costa, para quem a ideia é prevenir o abuso de álcool entre os adolescentes.

O governante não esclareceu se o Governo vai também avançar com a subida generalizada do preço das bebidas alcoólicas e a definição de preços mínimos. São medidas que, conforme o Jornal Público noticiou, constam do plano de prevenção do suicídio, a concluir até final de março, e que desencadearam já uma oposição dos responsáveis do setor. O presidente da Associação de Produtores de Cerveja, Pires de Lima, que é também presidente do conselho nacional do CDS-PP, qualificou a proposta como "completamente disparatada".

Em resposta ao diretor do Programa Nacional para a Saúde Mental, Álvaro de Carvalho, para quem o consumo de álcool aumenta em períodos de crise, bem como as mortes a ele associadas, nomeadamente os suicídios, o secretário-geral da Associação dos Municípios Produtores de Vinho, José Arruda, também já veio criticar o "simplismo primário" que imputa aos que pensam que "é colocando restrições ao álcool que se resolve o problema dos suicídios em Portugal".

Se optar por se manter fiel àquilo que Leal da Costa defendeu publicamente em Abril passado, o Governo não se limitará a proibir a venda de álcool a menores de 18 anos. Na altura, o secretário de Estado adiantou que a comissão interministerial responsável pelas alterações à lei do álcool se preparava ainda para proibir a venda de bebidas alcoólicas nos postos de abastecimento de combustível e nas lojas de conveniência, neste último caso apenas a partir da meia-noite. A descida da taxa de alcoolemia de 0,5 gramas por litro de sangue para 0,2 gramas era outra das propostas a aplicar aos condutores encartados há menos de dois anos.

Na qualidade de presidente da Associação de Produtores de Cerveja, Pires de Lima diz desconhecer a existência de qualquer "estudo sério que relacione o preço do álcool com uma diminuição das depressões que levam ao suicídio". Mas, acrescenta, "mesmo que tal correlação exista, é disparatado penalizar as 99,99 por cento de pessoas que consomem álcool com moderação pela infinitésima parte dos consumidores que, por razões depressivas, podem consumir álcool e suicidar-se".

"Não é pelo facto de muitos suicidas se atirarem das pontes do Tejo abaixo que vamos impedir o acesso ou aumentar as portagens na ponte", acrescenta, para considerar que "se está, de forma primária, a usar o álcool como argumento para justificar este eventual aumento da taxa de suicídios em Portugal". No mesmo sentido, Pires de Lima lembra que o álcool "não pode servir de bode expiatório", mais ainda quando "o seu consumo, nomeadamente da cerveja, tem vindo a baixar ao longo dos últimos três anos, em Portugal".

Combater o mau uso do álcool passa, ainda no entender de Pires de Lima, "pelo investimento na educação dos jovens e pela fiscalização".
 
Fonte: Público.
Publicado em Mix
Portugal é o sétimo país mais barato da União Europeia para pernoitar, sendo que o preço médio por noite desceu para 73 euros em janeiro, face a 75 euros em dezembro, indica o trivago Hotel Price Index agora divulgado.
 
Apesar dos referidos custos de dormida em Portugal serem dos mais baixos desde o início de 2011, igualam os valores de fevereiro último, quando o custo médio de um quarto duplo era de 73 euros, precisamente.
 
Entretanto, a nível local, o destaque vai para Portimão, que regista um aumento significativo (+21,7 por cento) face ao mês passado e para a Covilhã, que subiu os seus preços quase 3 por cento, de 78 euros em dezembro para 80 euros atualmente. "Este valor está, ainda assim, muito longe do que se registava por esta altura em 2013, quando pernoitar na cidade às portas da Serra da Estrela custava 104 euros por noite", conclui o estudo.
 
As outras cidades portuguesas a contrariar a tendência nacional de redução são: Braga (+5,8 por cento), Lagos (+4,5 por cento), Faro (+4,2 por cento), Coimbra (+1,85 por cento), Estoril (+1,6 por cento) e Guimarães (+1,5 por cento). Lisboa cai quase cinco pontos percentuais face ao último mês, pelo que pernoitar na capital portuguesa custa agora, em média, 79 euros, enquanto no Porto baixa de 58 para 57 euros (-1,7 por cento).
 
Publicado em Mix
A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) anunciou esta quarta-feira que foram instaurados 35 processos em festivais de verão, destacando-se como principal infração a venda e/ou disponibilização de bebidas alcoólicas a menores.
 
Através da Unidade Regional do Sul, a ASAE realizou diversas operações de fiscalização, no âmbito dos Festivais de Verão realizados durante o mês de julho e primeira semana de agosto.
 
Entre o público abrangido, destaca-se o NOS ALIVE 2016, no Passeio Marítimo de Algés, o Super Rock Super Bock (SBSR) no Meo Arena em Lisboa, o Festival Músicas do Mundo, em Sines e o MEO Sudoeste na Zambujeira do Mar.
 
Segundo a ASAE, no NOS ALIVE 2016 foram fiscalizados 86 operadores económicos, tendo sido instaurados 6 processos de contraordenação por venda e/ou disponibilização de bebidas alcoólicas a menores de 18 anos e 2 processos de contraordenação por incumprimento dos requisitos de higiene e falta de afixação de preços.
 
"No âmbito da fiscalização da lei do álcool foram identificados 7 menores com idades compreendidas entre os 15 e 17 anos", adianta a ASAE.
 
No festival MEO Sudoeste, foram fiscalizados 54 operadores económicos e foram instaurados 16 processos: 15 de contraordenação por venda ou disponibilização de bebidas alcoólicas a menores e falta de afixação de aviso obrigatório e ainda 1 processo-crime com detenção de indivíduo por usurpação.
 
Foram identificados 20 menores por consumo de bebidas alcoólicas com idades compreendidas entre os 14 e os 17 anos.
 
No Festival Músicas do Mundo, foram fiscalizados 30 operadores económicos e foram instaurados 3 processos: 2 processos de contraordenação por falta de aviso de álcool e 1 processo de contraordenação por venda de álcool a menores e foram identificados 2 menores por consumo de bebidas alcoólicas.
 
No Super Rock Super Bock instauram-se 8 processos, sendo 5 deles por contraordenação por disponibilização de bebidas alcoólicas a menores com identificação de 7 menores com idades entre 16 e 17 anos e 1 processo-crime por utilização de identificação alheia, por menor com 16 anos, para acesso a bebida alcoólica.
 
De acordo com a ASAE, foi ainda instaurado neste festival 1 processo de contraordenação por incumprimento do HACCP (Análise de Perigos e Controlo de Pontos Críticos) e 1 processo de contraordenação por falta de afixação na bilheteira da classificação etária de acesso ao evento (6 anos) e acesso de menor de três anos aos espetáculos (identificada criança de 2 anos) e foram fiscalizados 28 operadores económicos.
 
Fonte: Sic Notícias.
Publicado em Festivais
sexta, 22 janeiro 2016 18:51

DJ Snake de regresso a Portugal

O DJ e produtor de “Lean On” e “Turn Down for What”, DJ Snake, é a mais recente confirmação para o RFM SOMNII – O Maior Sunset de Sempre, que vai decorrer na Praia do Relógio na Figueira da Foz entre os dias 8 e 10 de julho.
 
O artista francês esteve presente em Portugal no verão de 2015, com uma atuação na discoteca Seven Vilamoura, no Algarve. O seu single “Lean On” é, neste momento, a música mais streams de sempre na plataforma Spotify e o seu primeiro álbum está prestes a ser lançado no mercado internacional.
 
DJ Snake junta-se assim a Oliver Heldens para a sunset party, cujos bilhetes já estão disponíveis na rede Blueticket e no Casino Figueira. O RFM SOMNII – O Maior Sunset de Sempre vai ser realizado durante 3 dias e está nomeado para os Iberian Festival Awards nas categorias de Best Major Festival e Best Line Up.
 
{youtube}YqeW9_5kURI{/youtube}
Publicado em Artistas
Pág. 1 de 8
100% DJ. Projeto editorial independente cujos valores se guiam pelo profissionalismo, isenção e criatividade, tendo como base de trabalho toda a envolvente da noite nacional e internacional, 365 dias online.

Newsletter

Recebe novidades e conteúdos exclusivos no teu e-mail.