22-10-2019

  Diretor Ivo Moreira | Periodicidade Diária

Sobre Nós  |  Fala Connosco     

21 de Julho, partida para aquela que considero a ‘terra dos sonhos’. É a 4ª vez mas sinto o nervosismo e a ansiedade como se fosse a primeira.
 
No aeroporto já se vive um ambiente especial. Temos a sensação que nos conhecemos todos há imensos anos. Mas, na realidade, é a primeira vez que estamos juntos. Todos temos algo em comum: um sorriso no rosto.
 
Chegamos a Bruxelas e já se experiencia um ambiente único! Bandeiras de inúmeros países, pessoas de todas as idades… todas com uma paixão louca por música electrónica.
 
Apanhamos o autocarro e finalmente avistamos o tão famoso arco-íris do mais famoso campismo do mundo: Dreamville. Os comentários dos estreantes são sempre os mesmos: “estamos aqui! Nem acredito! Vi isto em tantos vídeos mas nunca imaginei estar aqui!".
 
Toca a montar rapidamente as tendas porque a festa já começou: o "The Gathering". Música, música e mais música! Milhares de pessoas vindas dos quatro cantos do mundo numa loucura impossível de descrever! Mas que ambiente! Arrepiante!
 
O Tomorrowland prometeu duas surpresas nas últimas duas horas de receção ao campista. E que surpresas! Primeiro, Afrojack num set de 1h. Terminado Afrojack, começa uma introdução com uma produção nunca antes vista numa recepção ao campista no Tomorrowland! Milhares de pessoas com os olhos postos à espera de quem seria a surpresa! Palpites eram muitos: Dimitri Vegas & Like Mike ou ainda Yves V por serem residentes do Tomorrowland!
 
Mas não. O Tomorrowland surpreendeu-nos como o faz a cada ano que passa. A surpresa era Tiësto. O senhor Tiësto! O público estava ao rubro. Afinal tínhamos um dos maiores DJ's do mundo à nossa frente. Obrigado Tomorrowland! Uma receção que mais parecia um festival enorme.
 
Que venha o primeiro dia de Tomorrowland! As expectativas são altíssimas e o momento chave será sem dúvida a descoberta do palco principal.

 

Laetitia Esteves (Tomorrowland Crew Portugal)
Publicado em Tomorrowland
O grupo de portugueses que se encontra desde quinta-feira no festival Tomorrowland, na Bélgica, reuniu-se esta tarde junto ao palco principal do evento para uma "fotografia de grupo" que culminou com A Portuguesa cantada a uma só voz.
O momento único ficou registado em vídeo e pode ser visualizado em baixo, numa cortesia de Bruno Macedo, a quem agradecemos o envio do mesmo.
 
O Festival belga regressa na próxima quinta-feira, dia 26 de julho, com a receção ao campista, e prolonga-se até ao domingo dia 29.
 

Publicado em Tomorrowland
A poucas horas da abertura do Festival Tomorrowland, a organização acaba de divulgar o tão aguardado line-up das atuações que poderão ser assistidas ao vivo pela página do evento na rede social Youtube.

Para que os milhares de fãs espalhados por todo o Mundo que não puderam ir ao festival ou não foram a tempo de comprar o seu ingresso, a ID&T Belga, vai disponibilizar na Internet um canal de Tv que contará com a transmissão de entrevistas, atuações, momentos do festival e muito mais.
 
O Canal está on-line em todo o Mundo em youtube.com/tomorrowland. A organização ressalva que esta programação está sujeita a alterações.
 
No gráfico em baixo, poderás conferir a programação das atuações em horário português. Marca já na tua agenda!
 
 
 
 
Publicado em Tomorrowland
O mês de Julho traz calor, praia, o Festival Tomorrowland e grandes novidades.
É com grande satisfação que a equipa do Portal 100% DJ divulga uma parceria inédita com o conhecido DJ Nuno Dourado que aceitou o desafio de 'mudar de profissão' durante três dias, e ser o Repórter Exclusivo 100% DJ no tão aclamado evento Tomorrowland. Nuno Dourado, vai trazer até ti, as experiências vividas na melhor e maior edição deste festival.
 
O Tomorrowland, é um dos maiores festivais mundiais de música eletrónica e é realizado todos os anos no Verão na Bélgica e produzido pela ID&T belga.

Acolhe mais de 100 mil participantes de todo o mundo e tem cerca de 12 áreas diferentes, desde o mais comercial ao mais underground, recordando também a década de 90 com a presença bons e grandes nomes da dance music electrónica mundial. É classificado como um festival para todos.
 
Avicii, Fatboy Slim, Calvin Harris, Alesso, Carl Cox, John Digweed, Jamie Jones, Solomun, Skrillex, Terence Fixmer, Cari Lekebusch, Friction, Michael Calfan, David Guetta, Nicky Romero, Dave Clarke e N-Type são apenas alguns dos grandes nomes que vão passar pelo evento.
 
O Tomorrowland 2012 decorre nos dias 27, 28 e 29 de julho na cidade de Boom a 26kms de Bruxelas e os bilhetes estão esgotados desde o início do mês de Abril.
 
Publicado em Tomorrowland
segunda, 20 janeiro 2014 00:43

Quanto custa entrar no Tomorrowland?

 

Há preços para todas as carteiras e "crise" é palavra que aqui não entra. No ano em que cumpre 10 anos, o gigantesco Festival europeu Tomorrowland, duplicou os dias da sua realização para dois fins-de-semana, aumentando desta feita, a procura dos ingressos. 

 
 
Muita procura significa muita oferta. Recorde-se que em fevereiro de 2013 foram vendidos 180 mil bilhetes para 214 países diferentes, em apenas... um segundo. Por esse facto, a organização do Festival que anda nas bocas do mundo há 10 anos, mais uma vez, irá disponibilizar uma vasta e reforçada oferta de ingressos onde apresenta vários tipos de pacotes para todos os interessados em viajar até Boom, na Bélgica.
 
Nos dias 18, 19, 20, 25, 26 e 27 de julho a província De Schorre, localizada em Boom, na Bélgica, volta a ganhar vida com um dos festivais mais procurados de sempre. Os festivaleiros que desejam ir ao festival mais internacional do mundo, deverão fazer o seu pré-registo no site do evento até dia 15 de fevereiro e aguardar todas as informações.
 
No gráfico em baixo, poderás conferir os preços dos vários tipos de ingressos.
Importa ressalvar que em Portugal, a agência de viagens certificada pela produção do evento para a venda de pacotes é a Ocean Tour sediada em Póvoa do Varzim.
 
 
 
Publicado em Tomorrowland
No ano em que celebra 10 anos de existência, o Festival Tomorrowland volta a surpreender tudo e todos no novo recorde de bilheteiras. Em menos de uma hora, os 360 mil ingressos que havia disponíveis, foram vendidos para todos os cantos do planeta, comprovando assim o interesse a nível mundial que há pelo Festival belga.
 
"A procura foi global e foram vendidos bilhetes para todo o mundo. Pessoas de mais de 220 países diferentes garantiram a sua presença no festival, fazendo do Tomorrowland o evento mais internacional do planeta" disse a produção do evento.
 
No total, ao longo dos dois fins-de-semana, cerca de 16 mil passageiros vão decolar com a companhia aérea belga "Brussels Airlines" perfazendo um total de cerca de 150 voos a partir de 50 cidades na Europa, África e EUA. Outros 4.000 festivaleiros voarão para a Bélgica com a "Lufthansa", "Thai Airways" e pela "Air Canada" a partir de vários destinos na Ásia, América do Norte e América do Sul e Austrália. Os festivaleiros que optaram por usar o comboio, vão viajar pela "Eurostar" e "Thalys".
 
Mesmo estando esgotado, a bilhética do evento vai abrir a 28 de fevereiro com uma "lista de espera" para aqueles que não conseguiram garantir os seus ingressos. Esta ação servirá como "depósito" para as pessoas que pretendam vender os seus bilhetes, sendo esta a única oportunidade das pessoas interessadas comprarem ingressos pelo seu real preço.
 
Nos dias 18, 19, 20, 25, 26 e 27 de julho a província De Schorre, localizada em Boom, na Bélgica, volta a ganhar vida com um dos festivais mais procurados de sempre.
 
O line-up para os dois fins-de-semana está a ser gradualmente divulgado nas redes sociais do evento e até ao momento já conta com importantes nomes de vários géneros musicais como é o caso de Hardwell, Tiesto, Carl Cox, Armin Van Buuren, Eric Prydz, Diplo, Netsky, Sven Väth, Dave Clarke, Erol Alkan, Dillon Francis, Sander van Doorn, DVBBS, Jamie Jones, Loco Dice, Bassnectar, Nicky Romero, Alesso, Krewella, Vitalic, Steve Angello, New World Punx, Erol Alkan e a dupla Above & Beyond. Recorde-se que em 2013 passaram pelo Festival cerca de 230 artistas, espalhados por vários palcos instalados no gigantesco jardim de Boom.
 
Publicado em Tomorrowland
segunda, 07 julho 2014 22:15

Tomorrowland conecta festivaleiros

O Tomorrowland, um dos maiores e mais notáveis eventos de música eletrónica do Mundo, não pára de surpreender os seus fãs e este ano vai apresentar uma inovadora pulseira que permite aos festivaleiros adicionar imediatamente no Facebook as pessoas que conhecem durante o decorrer do festival.
 
A ideia é prática e simples. A pessoa só tem de aproximar a sua pulseira pessoal da pulseira da outra pessoa, pressionar um botão e está feito, um pedido de amizade no Facebook é trocado entre ambos. Antes os festivaleiros terão de associar a sua pulseira à conta pessoal de Facebook, como mostra o vídeo em baixo.
 
A 10ª edição do evento decorre nos dias 18, 19, 20, 25, 26 e 27 de julho e irá receber festivaleiros dos quatro cantos do planeta.
 
Publicado em Tomorrowland
Tudo vai mudar na estrutura de controlo do Rock in Rio, o maior festival de música do mundo, numa mudança que poderá abrir as portas a outros países. O empresário Eike Batista vai vender a sua parte do festival à norte-americana SFX, ficando apenas com uma pequena posição não quantificada. 
 
O processo é o seguinte: a empresa brasileira que até aqui detinha o Rock in Rio (em que 50% eram de Eike Batista e os outros 50% do fundador Roberto Medina) será comprada por uma holding (Sociedade Gestora de Participações Sociais), criada para o efeito. Esta holding será controlada em partes iguais pela SFX Entertainment e por Roberto Medina. A IMX de Eike Batista fica com uma pequena posição minoritária, mas apenas da empresa brasileira e não na nova holding.
 
A SFX, cotada no Nasdaq, "é a maior produtora de entretenimento ao vivo do mundo, com foco principal em eventos culturais e de música eletrónica", diz a organização do Rock in Rio. O festival já tem a ambição de se expandir há algum tempo e chegará aos Estados Unidos pela primeira vez em 2015.
 
"Embora seja uma grande oportunidade para ajudar a fazer crescer a marca Rock in Rio, utilizando a nossa rede internacional, é também uma oportunidade de aprender com a experiência operacional e comercial do Roberto Medina e do Rock in Rio, que são fenómenos globais", afirma Robert FX Sillerman, CEO da SFX Entertainment. "A música eletrónica tem-se estabelecido entre os festivais de música moderna e esperamos que esta tendência cresça para divulgarmos ainda mais os DJs e produtores na nossa rede".
 
Roberto Medina, presidente do Rock in Rio, comentou que esta parceria irá permitir "acelerar o crescimento" da marca em novos territórios. Além disso, permitirá "uma mudança de foco" na era digital. "Com a SFX, firmamos o compromisso no desenvolvimento de uma plataforma integrada de soluções de última geração, e acreditamos que a nossa velocidade de crescimento será expressiva. Os nossos patrocinadores terão uma plataforma ainda melhor para a exibição das suas marcas nos Estados Unidos, assim como já acontece nos países onde o Rock in Rio é realizado, onde o festival é a principal ferramenta de comunicação das marcas parceiras."
 
A SFX produz e promove um crescente portfolio de eventos ao vivo, incluindo marcas líderes como Tomorrowland, TomorrowWorld, Mysteryland, Sensation, QDance, Stereosonic, Eletric Zoo, entre outros. A empresa norte-americana também detém o Beatport, a maior plataforma online de venda de música.
Publicado em Tomorrowland
Os moradores da cidade de Schorre em Boom, local onde se realiza o Festival Tomorrowland - lançaram uma petição contra o segundo fim-de semana de evento, agendado para os dias 25, 26 e 27 de julho, estando em causa o incómodo causado pelo evento. O caso vai ser mesmo levado para tribunal.
 
Os habitantes exigem que o segundo fim-de-semana seja cancelado e que o ruído seja limitado durante o primeiro fim-de-semana de Festival (18, 19, 20 de julho). À comunicação social, o advogado dos moradores, alega que o Festival Tomorrowland não tem sequer as licenças necessárias.
 
Esta, não é a primeira vez que a organização do Festival se vê em apuros. Recorde-se que em 2009, duas pessoas foram afectadas pelos lasers instalados no palco alegando que foram afetadas nos olhos causando-lhes hemorragias.
 
Deste o inicio da sua realização, a produção do evento sempre tentou ser gentil para com os moradores de Schorre, inclusive os que vivem nas proximidades do Festival sempre tiveram bilhetes gratuitos de acesso. No entanto e ao que parece para algumas pessoas isso só não chega.
 
Entretanto e para fazer frente ao 'Contra', foi lançada uma outra petição a favor da realização do evento. Por enquanto resta mesmo esperar pelos desenvolvimentos desta situação que em nada está a favor dos fãs do evento que este ano celebra 10 anos.
 
 
Publicado em Tomorrowland
Têm nacionalidade portuguesa e vão embarcar numa viagem de sonho rumo a Boom, na Bélgica. Destino: Tomorrowland.
 
Por estes dias que antecedem a viagem, o frenesim dispara e são mais que muitas as borboletas presentes no estômago dos nossos seis convidados. São oriundos de Vialonga, Tavira, Vila Nova de Gaia, Portimão, Queluz e Braga. Apesar de terem idades diferentes, partilham todos o mesmo desejo: embarcar numa viagem de sonho.
 
 
NÃO SE EXPLICA, SENTE-SE
 
É a primeira vez que Olga Jerónimo vai ao Tomorrowland, no entanto, o desejo de ir ao evento belga já vem quase desde a primeira edição. Tem 30 anos e é de Vialonga. Conta-nos que este ano os seus melhores amigos lançaram-lhe o desafio e que foi "impossível resistir". Vai com as expectativas "altíssimas" e confessa que viaja 
exatamente com as pessoas que gostaria de ir.
 
O Gustavo Cavaco tem 22 anos, é de Tavira e também será a sua primeira vez no evento. Revela-nos que quer comprovar com os seus próprios olhos "os cenários, os palcos, a loucura do pessoal e a quantidade de pessoas." 
 
De Queluz e com 20 anos vai o Tiago Castro. Poder ver todos os seus DJs favoritos num único local, foi um facto  que pesou na decisão de embarcar até à Bélgica. Já teve esta viagem programada o ano passado, mas entretanto teve outras prioridades. Vai ao Tomorrowland com os seus melhores amigos de infância e o que o desperta mais à atenção no evento, é mesmo "o cartaz e a qualidade de produção do evento." 
 
Pelo segundo ano consecutivo e a representar Braga, vai o Pedro Freitas. Admite que não estava nos seus planos voltar a Boom este ano, porque pretendia ir ao DEFQON 1. "Gostei tanto do ano passado e fiz um grupo de amigos excelente e como muitos deles conseguiram bilhete, não pensei noutra opção a não ser voltar este ano lá", revelou. Questionado sobre a sua experiência anterior, Pedro não teve dúvidas: "O Tomorrowland é sempre uma surpresa em tudo, nenhum dos três dias de festival é igual ao anterior."
 
Em 2012, Nuno Machado não teve sorte e falhou a data de compra dos bilhetes, mas este ano antecipou-se e conseguiu. É de Portimão e confessa que não resistiu 'à chamada': "Tanto a quantidade de palcos como a qualidade do espectáculo durante os três dias e ainda a festa da Dreamville chamam qualquer um a Boom." A música e o ambiente criado à volta do evento e tudo o que se vive neste curto espaço de tempo são os aspectos que lhe despertam mais atenção.
 
Também pela segunda vez vai Tiago Cunha. Com 24 anos e natural de Vila Nova de Gaia, este amante da música electrónica ficou de tal maneira 'maravilhado', que não teve dúvidas quanto ao seu regresso à 'terra do amanhã'. Parte com expectativas elevadas relativamente ao 'Mainstage' deste ano e admite que gostaria de levar consigo os seus amigos mais próximos.
 
 
DE OLHOS POSTOS NO PALCO
 
A oferta é variada e adapta-se facilmente a todos os gostos. Perguntámos aos nossos seis convidados, quais os principais artistas que vão querer ver ao vivo no Tomorrowland, e a opinião surge unânime em alguns nomes da electrónica mundial, como é o caso de Carl Cox, Dimitri Vegas & Like Mike, Hardwell, Tiësto, Nicky Romero, Headhunterz e Armin van Buuren.
 
Além de Pete Tong, Jeff Milles - entre muitos outros - Olga também não quer perder a atuação de Sebastian Ingrosso. Já Gustavo promete ficar na linha da frente, durante as atuações de alguns dos seus artistas favoritos como é o caso de Pryda, Arty, Axwell e Zedd. Tiago Castro nomeia Carl Cox, Headhunterz, Hardwell e Fedde Le Grand como os seus ídolos. Pedro, considera que a pergunta tem uma resposta complicada e ainda não sabe quem vai ver ao vivo, é um caso que irá decidir no momento, principalmente porque alguns artistas atuam à mesma hora em palcos opostos do recinto. "Provavelmente vou ter de optar" refere mencionando Headhunterz, NERVO, Dave Till, Frontliner, Wildstylez, Isaac, Kai Tracid, Coone , Brennan Heart e Yves V como os seus favoritos.
 
Armin van Buuren aparece na primeira posição da ordem de preferências de Nuno - e em seguida outros nomes que crescem de ano para ano como Nicky Romero, W&W até mesmo Krewella. Este festivaleiro se conseguir, pretende ainda passar por todos os palcos, "para aproveitar tudo". Tiago Cunha este ano não tem dúvidas e na sua agenda tem Afrojack, Avicii, Sander Van Doorn, R3hab, Otto Knows entre outros.
 
 
NA MALA, O SÍMBOLO DA NAÇÃO
 
De um modo geral, as malas dos nossos seis convidados, vão carregadas apenas com o essencial. Roupa confortável e produtos de higiene são a preocupação principal, mas obviamente que há espaço para 'extras'. Olga diz-nos que vai levar uma segunda mala cheia de "boa disposição e uma vontade gigante de diversão." O Gustavo é adepto das novas tecnologias e transportará consigo a sua camara GoPro, para captar grandes momentos que jamais irá esquecer. Tiago Castro em tom de brincadeira refere que levará tenda, mas que nem a irá usar. Já o bragantino Pedro opta por levar um sofá insuflável, a mascote 'Jurema', tampões para os ouvidos comprados o ano passado no festival, e uma mão cheia pilhas que facilmente são carregadas com a energia que existe no Tomorrowland. Nuno levará o menos possível na mala e o Tiago Cunha que já é repetente na viagem, não tem dúvidas naquilo que vai levar e até já conhece 'os cantos à casa'.
 
Mas o bom português que se preze, sempre que sai da fronteira, carrega consigo o símbolo máximo da nação e os nossos convidados não são excepção. Todos eles vão transportar com muita estima - e sempre direita - até à Bélgica, a Bandeira Nacional.
 
 
A CRISE TAMBÉM 'PESA' NA CARTEIRA
 
Em tempos de crise, Olga admite que foi difícil criar condições para ir ao evento mas que "com grandes amigos tudo é possível". Para Gustavo a compra não se revelou difícil, salientando que apareceu no momento certo: "Foi numa altura em que tinha bastante trabalho." Tiago Castro refere que "é sempre um custo elevado", mas por outro lado salienta que com "espírito de poupança e cinto apertado tudo se consegue, se se quiser muito."
 
No ano passado, Pedro optou pelo travel pack de avião e, de um modo geral, ficou mais caro do que aquilo que pagou este ano. Apesar de ter economizado alguns euros, o repetente no Tomorrowland considera ter sido difícil criar condições para voltar a Boom, visto que a crise não lhe passou ao lado. Pedro conta-nos que o seu plano de poupança começou logo a 1 de agosto de 2012: "Quando voltei do Tomorrowland e decidi que lá queria voltar, comecei a juntar um euro por dia, e fui desafiando várias pessoas a fazer o mesmo." O habitante da cidade dos Arcebispos salienta que "apesar do dinheiro que juntava todos os dias não chegar para a totalidade do bilhete, serviu para tornar a situação mais fácil." Pedro acrescenta que "independentemente da crise, se temos algo como objetivo, conseguimos realizá-lo, basta poupar noutros tipos de gastos diários que são dispensáveis." Para este jovem de 31 anos tudo não passa de prioridades: "Trocar as férias lá fora ou no Algarve por uma ida ao Tomorrowland, são prioridades, cada um tem as suas, mas depois não se pode queixar."
 
Nuno considera que hoje em dia "é sempre difícil fazerem-se apostas destas" e que também teve de recorrer a um plano de poupança: "Foi um ano inteiro a poupar para que pudesse conseguir estes dias." À semelhança do Gustavo, também Tiago Cunha revela que não foi difícil arranjar condições que o permitissem ir ao evento. No entanto, o jovem de Vila Nova de Gaia admite ter muitos amigos que estão desempregados e que não têm possibilidade de realizar o sonho de ir ao Festival.
 
Publicado em Tomorrowland
Pág. 1 de 10
100% DJ. Projeto editorial independente cujos valores se guiam pelo profissionalismo, isenção e criatividade, tendo como base de trabalho toda a envolvente da noite nacional e internacional, 365 dias online.

Newsletter

Recebe novidades e conteúdos exclusivos no teu e-mail.

Este site utiliza cookies. Ao navegares neste site estás a consentir a sua utilização. Para mais informações consulta a nossa Política de Privacidade.