16-09-2019

  Diretor Ivo Moreira | Periodicidade Diária

Sobre Nós  |  Fala Connosco     

O festival Tomorrowland aconteceu no passado fim de semana na Bélgica e acolheu milhares de visitantes, que utilizaram a aplicação Shazam para descobrir algumas músicas. Foi agora divulgada a lista dos temas mais procurados durante todo o festival de música eletrónica, que inclui artistas como Robin Schulz, DJ Snake e Avicii.
 
Confere abaixo a lista completa:
 
  • Major Lazer feat. M Ø & DJ Snake – Lean On
  • Robin Schulz feat. Ilsey – Headlights
  • Lea Rue – I Can’t Say No! (Broiler Remix)
  • Jack Ü feat. Justin Bieber – Where Are Ü Now
  • Avicii – Waiting For Love
  • Félix Jaehn feat. Jasmine Thompson – Ain’t Nobody (Loves Me Better)
  • Dimitri Vegas & Like Mike feat. Ne-Yo – Higher Place
  • DJ Snake & AlunaGeorge – You Know You Like It
  • Netsky – Rio
  • Kygo feat. Parson James – Stole The Show
 

 
Publicado em Tomorrowland
A agência Pepper foi a escolhida para levar a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa à edição deste ano do Rock in Rio. Esta é a primeira vez que a instituição participa num festival deste tipo, sob o lema "Por tua causa", em que vai ficar encarregue de acompanhar os festivaleiros da entrada até à saída do evento.

Em representação de todas as instituições da Santa Casa da Misericórdia, a ativação vai ter como pontos principais o stand central, a aposta nos valores nacionais presentes no palco Sunset e na nova montanha russa Jet Star.

A pensar na folia do público, a Santa Casa vai também marcar presença com um rastreio de alcoolemia. Outra iniciativa é a raspadinha Rock in Rio, uma aposta habitual, mas agora com a presença da Santa Casa.

A Pepper vai ter ainda a seu cargo diversas animações durante todo o festival, nos intervalos dos concertos e na zona VIP.
 
Publicado em Rock in Rio
segunda, 03 setembro 2012 22:39

Redes sociais: Optimus Alive foi o mais falado

As redes sociais Facebook e Twitter geraram um total de 12.086 publicações durante os períodos de sete dos principais festivais de música em Portugal, segundo um estudo do E.life Group, uma empresa de monitorização.
 
A análise decorreu entre 5 de Junho e 19 de Agosto e registou, através de vários termos de pesquisa utilizados em dois sistemas de medição da empresa no Facebook e no Twitter, um total de 12.086 publicações, tendo o Optimus Alive, em Oeiras, sido o evento mais citado com 3.092 publicações e um impacto de 1.640.509 pessoas.
 
Porém, as citações não equivalem necessariamente a impacto, tendo o Primavera Sound, no Porto, sido o menos citado (1.039 publicações), ainda que tenha ficado em terceiro lugar em termos de impacto total, ou seja, a extensão de pessoas a que chegou, que foi de 1.130.596.
 
Já Paredes de Coura, em segundo lugar no que toca ao impacto com 1.278.123 pessoas, verificou um particular destaque para o regresso dos Ornatos Violeta no que toca ao conteúdo das mensagens, indicou o documento da E.life, com a chuva a também ser um elemento das partilhas dos utilizadores das duas redes sociais.
 
Para vários dos sete eventos, as publicações no Facebook e no Twitter diziam respeito a informações gerais como horários e actuações de bandas em concreto.
Publicado em Festivais

 

Os famosos e polémicos selfie sticks vão ser um dos objetos proibidos de entrar nas próximas edições dos festivais Super Bock Super Rock e NOS Alive, que vão decorrer nos dias 16 a 18 de julho e 9 a 11 de julho, respetivamente.
 
A informação pode ser encontrada nos sites oficiais dos festivais, cuja organização alega que os selfie sticks, ou semelhantes, podem causar perigo e incómodo em espaços lotados com milhares de pessoas.
 
Outros festivais de música a nível internacional também já proibiram a entrada deste objeto usado para telemóveis ou máquinas GoPro, como o Lollapalloza e o Coachella.
 
Publicado em Festivais
Durante o primeiro fim de semana do maior evento de música e entretenimento do mundo, a Cidade do Rock recebeu 125 mil fãs. O dia 25 de maio, o primeiro do evento e o dia dedicada ao metal, contou com 42 mil pessoas, no segundo dia o público quase duplicou e 83 mil fãs marcaram presença no evento.

Durante os dois dias, registaram-se apenas 232 ocorrências com atendimento de saúde, entre dores de cabeça, alergias, baixa tensão ou desidratação, entorses, luxações e alguns casos de consumo de álcool em excesso, especialmente no segundo dia, no qual a faixa etária dominante se situava entre os 18 e os 25 anos.

No próximo fim de semana, a Cidade do Rock volta a encher-se de fãs com um cartaz imperdível, que conta com grandes nomes como Lenny Kravitz, Maroon 5, Stevie Wonder, Bryan Adams, Joss Stone ou Bruce Springsteen no Palco Mundo.
 
Publicado em Rock in Rio
O Rock in Rio, a SIC e a RFM continuam à procura de uma rapariga e de um rapaz para serem os protagonistas da campanha de televisão e de rádio da 5ª edição portuguesa do maior evento de música e entretenimento do mundo.
As inscrições encerraram no passado dia 19 de Junho e a tarefa de pré-seleccionar os melhores candidatos ficou a cargo do júri, que analisou as centenas de candidaturas recebidas para ver as que melhor cumpriam os requisitos.

No Site oficial do Rock in Rio-Lisboa – www.rockinriolisboa.sapo.pt – os 300 vídeos que preenchem os requisitos básicos do regulamento do concurso estão abertos a votações.
O público tem até ao dia de amanhã, 26 de Junho – para votar nos seus candidatos preferidos de forma a ajudar a que passem à próxima fase de casting. As 50 raparigas e os 50 rapazes mais votados passam para uma segunda votação online que decorre de 27 de Junho a 3 de Julho.
 
Nesta segunda votação vão ser escolhidos os 20 semi-finalistas do Casting Rock in Rio SIC RFM – 10 raparigas e 10 rapazes – que vão passar dois dias no Hotel Dom Pedro em Lisboa a prestar provas de fotogenia, dicção e capacidade comunicativa e a ser avaliados pelo júri composto por elementos do Rock in Rio, da SIC e da RFM: Roberta Medina (Vice-Presidente Executiva do Rock in Rio), Raquel Pinhão (Directora de Marketing Adjunta do Rock in Rio), Pedro Boucherie Mendes (Director dos Canais Temáticos da SIC), Daniel Oliveira (Produtor e Apresentador da SIC), Carla Rocha e José Coimbra (Apresentadores do Programa da Manhã da RFM).
 
Aos vencedores vai ser dada a oportunidade de receber formação técnica sobre televisão e rádio, ir ao primeiro fim-de-semana do Rock in Rio 2011, no Rio de Janeiro, para gravar os anúncios de promoção da próxima edição portuguesa, fazer parte da equipa de reportagem da SIC e da RFM na edição brasileira de 2011 e na edição portuguesa de 2012 e receber um cachet no valor de 1.000 euros cada um.
 
Publicado em Rock in Rio
A Optimus lançou uma campanha que dá a oportunidade de recuperar integralmente o valor do bilhete do festival Optimus Alive’12, em comunicações. Para ter acesso a esta campanha é necessário apresentar o bilhete ou passe de 3 dias numa loja exclusiva Optimus, juntamente com o número de telefone. Caso o cliente não tenha ainda bilhete ou passe, pode comprá-lo numa loja Optimus e aderir simultaneamente à campanha Optimus Alive’12.
 
A recuperação do valor será processada em função do tarifário do cliente. No caso dos tarifários pré-pagos, o valor do bilhete/passe é recuperado em saldo, através de duplicação das recargas até ser atingido o valor do bilhete (53€) ou passe de 3 dias (105€). Para os clientes com Tarifários pós-pagos, o valor do bilhete/passe pode ser recuperado em factura, em 10 prestações de igual valor.
 
O Festival Optimus Alive’12 decorre nos dias 13, 14 e 15 de Julho, no Passeio Marítimo de Algés, em Oeiras. Entre as bandas confirmadas estão AWOLNATION, Big Deal, Buraka Som Sistema, Caribou, Danko Jones, Death in Vegas, Dum Dum Girls, Florence + The Machine, Here We Go Magic, Justice (Live), Katy B, Lisa Hannigan, LMFAO, Mazzy Star, Metronomy, Miles Kane, MIUDA, Mumford & Sons, Noah and the Whale, PAUS, Radiohead, Refused, Santigold, SBTRKT, SebastiAn (Live), Snow Patrol, The Antlers, The Cure, The Kills, The Kooks, The Maccabees, The Stone Roses, Tricky performing Maxinquaye com Martina Topley-Bird e Warpaint.
 
Publicado em Marcas
Um dos palcos secundários do festival MEO Sudoeste, o Moche Room, acaba de ganhar as confirmações para os dois primeiros dias. O MEO Sudoeste realiza-se entre os dias 3 e 7 de agosto, na Zambujeira do Mar.
 
No dia 4 de agosto, o Moche Room vai receber a Moche Freak Show Party com SlimCutz & Ace e B26 no line-up. No dia seguinte, é a vez dos Orelha Negra assinarem uma curadoria, tendo convidado Holly Hood, Slow J, DJ Kwan, Dynamic Duo, ProfJam, Maze e Nerve, além de um DJ set da banda portuguesa. Nesta noite, a temática será Moche Rap Battle.
 
Este ano o palco secundário ganha uma nova edição, intitulada de “Circus Edition” e ao longo dos dias do festival podes ter a oportunidade de assistir às atuações dos teus artistas preferidos e ainda um anão, faquires a engolir facas, QuimGaja (transexual com acordeão), uma mulher de barbas chamada de Mamalhoa, Dominatrix da roda de castigos, Luchador Mexicano e Surf Clown.
 
Outra das novidades para a 20ª edição deste ano do MEO Sudoeste é o lançamento do tarifário telefónico MEO SW, o único no mercado que oferece bilhetes para o festival.
Os bilhetes estão disponíveis para compra nos locais habituais, com preços entre os 48 e os 95 euros.
 
Confere abaixo todas as confirmações para o MEO Sudoeste:
 
3 de agosto (Noite de Receção ao Campista):
  • Palco MEO: DVBBS, Yellow Claw, Club Banditz
 
4 de agosto:
  • Palco MEO: Martin Garrix, Wiz Khalifa, Virgul, Josef Salvat
  • Moche Room: B26, SlimCutz & Ace
 
5 de agosto:
  • Palco MEO: Kura, Damian Jr Gong Marley, Seu Jorge, C4 Pedro
  • Moche Room (Curadoria de Orelha Negra): Holly Hood, Slow J, DJ Kwan, Dynamic Duo, ProfJam, Maze, Nerve, Orelha Negra DJ Set
 
6 de agosto:
  • Palco MEO: Steve Aoki, Sia, James Morrison, Diogo Piçarra
  •  
7 de agosto:
  • Palco MEO: Steve Angello, Cali Y El Dandee, NERVO, Sunnery James & Ryan Marciano
 
{youtube}zow44jogs8Y{/youtube}
Publicado em Festivais
quinta, 09 agosto 2018 21:10

Hardwell falha MEO Sudoeste

O DJ e Produtor holandês Hardwell acaba de cancelar a sua atuação agendada para hoje, 9 de agosto, no festival MEO Sudoeste. Além de ser um dos cabeças de cartaz desta quinta-feira, o DJ foi um dos primeiros confirmados no cartaz do evento.

"Devido a doença súbita, o DJ Hardwell está impossibilitado de atuar no festival MEO Sudoeste esta noite", confirmou a organização em comunicado. Wet Bed Gang e Kura vão substituir o DJ que já tinha atuado no mesmo recinto em 2014 e 2015.

O MEO Sudoeste realiza-se até sábado, 11 de agosto, na Herdade da Casa Branca, na Zambujeira do Mar. Depois de, em 2017, o festival ter recebido cerca de 200 mil pessoas, a organização estima que esse número seja superado até ao último dia.
 
Publicado em Festivais
Um pouco por toda a Europa, a época de festivais está ao rubro e a Holanda – em concreto a cidade de Haarlemmermeer - não é exceção, já que este fim-de-semana vai receber uma nova edição do Mysteryland, um dos maiores festivais de música eletrónica a nível internacional, e que desde 1993 é produzido pela gigante produtora ID&T. Este ano o palco do festival holandês será ocupado por nomes como Don Diablo, Afrojack, Diplo e muitos outros.
 
Este festival já esteve presente em outros países, como os Estados Unidos da América e o Chile, depois de mais de 20 edições na Holanda.
 
Quando é realizado um grande evento internacional de música eletrónica, é certo que no meio da multidão vão estar presentes festivaleiros portugueses. Como já vem sendo hábito nas reportagens sobre os principais festivais eletrónicos, o Portal 100% DJ falou em exclusivo com alguns festivaleiros que vão embarcar na aventura do Mysteryland, representando desta forma o nosso país.
 
João Pedro Vicente tem 49 anos e viaja para Haarlemmermeer com o intuito de “ouvir boa música e desfrutar simplesmente do ambiente.” Depois de três anos a marcar presença no Festival Tomorrowland, o festivaleiro de Agualva decidiu este ano conhecer outros dois festivais, e depois de procurar por alternativas ao festival belga, optou pelo Electric Love e pelo Mysteryland.  
 
João Pedro pretende ficar na fila da frente do famoso palco QDance onde, e como habitualmente, o hardstyle estará em grande destaque. 
 
“Portugal merece mesmo um festival deste género, mas suspeito que ainda podemos não estar preparados para isto. A verdade é que a média de idades nestes festivais (no estrangeiro) é muito mais alta que em Portugal. Penso que o ambiente não é o mesmo” refere o festivaleiro. 
 
 
Com as expectativas “muito altas” e a representar o sexo forte, estará Mariana Malcato, que parte de Lisboa com destino ao Mysteryland, acreditando que o evento “vai ser único e que não irá desiludir”. Para Mariana, todos os pormenores contam “desde a organização, o recinto, a decoração, os palcos, as pessoas e claro, a música”.
 
Depois de ir ao Tomorrowland durante dois anos consecutivos (2014 e 2015), Mariana reconheceu que “estava na altura de experimentar um festival novo”, e o facto do Mysteryland poder ser considerado o ‘pai’ do Tomorrowland “teve o seu peso na escolha. E ainda, a música, o espírito único e extravagante também foram fatores importantes” remata.
 
Martin Garrix é o artista que mais quer ver, no entanto, a festivaleira também está curiosa para assistir à atuação de “Laidback Luke e rever Coone e Brennan heart - dois artistas que há um ano atrás não conhecia mas que me surpreenderam muito.”
 
Mariana considera que "Portugal tem os requisitos necessários para receber um grande festival (clima, espaço, infraestruturas), e até fazemos muitos”, no entanto e na sua opinião “o que falta é o espírito festivaleiro e o verdadeiro gosto pelo estilo de música que em nada iguala os holandeses.”
 
 
Habituado a estas andanças e natural de Sintra, João Santos não esconde as suas expectativas “muito altas”. O festivaleiro refere mesmo que “na Holanda não se brinca e vindo dos mesmos produtores do Tomorrowland espero algo muito bom, mais pequeno mas cheio de qualidade.”
 
A decisão de viajar até ao festival de música eletrónica mais antigo da Europa não foi fácil e teve de escolher entre duas opções. “Depois de ter ido ao Ultra Miami, em março, ficou mais difícil fazer contas, quer aos dias de férias, quer ao dinheiro necessário... Com a hipótese do Tomorrowland e Electric Love afastados devido ao trabalho, rapidamente fiquei com a opção do Mysteryland ou do Creamfields - optei pela primeira! De entre vários motivos que pesaram na decisão, destaco o cartaz variado e não muito saturado (que nem sempre é bom) e o preço acessível, assim como o fator idade.”
 
Sobre os artistas que mais quer ver, o português de 23 anos, sublinha “Brennan Heart, Coone e Wildstylez, sem esquecer o grande Dave Clark”.
 
Sobre se o nosso país merece um festival do género, João Santos considera que há muita coisa a mudar antes disso acontecer. “Merece, mas não para já. Não enquanto o nosso público não souber estar nem respeitar um festival. Muita coisa tem de mudar. É pena porque considero que temos tudo, mas mesmo tudo para poder apostar numa coisa em grande. Para já, penso que não resultaria.”
 
 
 
Publicado em Reportagens
Pág. 1 de 12
100% DJ. Projeto editorial independente cujos valores se guiam pelo profissionalismo, isenção e criatividade, tendo como base de trabalho toda a envolvente da noite nacional e internacional, 365 dias online.

Newsletter

Recebe novidades e conteúdos exclusivos no teu e-mail.

Este site utiliza cookies. Ao navegares neste site estás a consentir a sua utilização. Para mais informações consulta a nossa Política de Privacidade.