22-02-2020

  Diretor Ivo Moreira | Periodicidade Diária

Sobre Nós  |  Fala Connosco     

No dia em que foram divulgados os vencedores do casting para protagonistas da campanha de televisão e de rádio do Rock in Rio Portugal (Nuno e Inês), a vice-presidente do evento, Roberta Medina, evidenciou, em entrevista ao Diário Económico, novos projectos da marca para Portugal.

“O objectivo é fazer do Rock in Rio a maior marca de música do mundo e música não quer dizer festival. Estamos a trabalhar para ter mais países, queremos três países por ano. Depois queremos entrar no lifestyle. No site do Brasil já temos uma rádio que pode até ganhar uma proporção maior. Uma televisão com conteúdos de música…”, refere Roberta Medina, acrescentando que a ideia é ser global.

Por isso, Portugal vai também passar a contar com uma rádio Rock in Rio.
Porém, Medina citou ainda: “não sei se tocará a mesma música em todo o lado mas como marca será única”.
Publicado em Rock in Rio
Foram anunciados a noite passada os vencedores do Casting Rock in Rio SIC RFM. Inês Folque e Nuno Casanovas são os novos representantes da próxima edição do Rock in Rio-Lisboa, sucedendo a Sofia Brazão, vencedora da edição passada, e a Carolina Patrocínio (2008), Ana Rita Clara (2006) e Sílvia Alberto (2004).

O anúncio foi feito em directo na SIC Radical, num programa especial criado para o efeito, conduzido por Diana Bouça Nova, apresentadora do Curto-Circuito. Durante a emissão o público teve oportunidade de conhecer melhor os oito finalistas do Casting Rock in Rio SIC RFM e de os ver cumprir um último desafio: defender uma das dez acções finalistas do Pepsi Refresh Project, iniciativa da Pepsi que desafia os limites da criatividade e da imaginação dos jovens consumidores portugueses, e que patrocinou esta edição do Casting.

Inês Folque, de 24 anos, licenciada em Gestão pela Universidade Nova de Lisboa e Nuno Casanovas, de 22 anos, que frequenta o 3º ano do curso de Cinema, Vídeo e Comunicação Multimédia na Universidade Lusófona, demonstraram ter grande poder de comunicação, carisma e espírito de equipa durante a realização desta iniciativa.

Estes vencedores vão receber formação técnica em televisão e rádio, partem em Setembro para o Rock in Rio 2011 no Rio de Janeiro para gravar os anúncios de promoção da próxima edição portuguesa, vão fazer parte da equipa de reportagem da SIC e da RFM na edição brasileira de 2011 e na edição portuguesa de 2012 e recebem um cachet no valor de 1.000 euros cada um.

Centenas de jovens inscreveram-se nesta edição do Casting com o sonho de se juntarem ao maior evento de música e entretenimento do mundo. O público acompanhou de perto todo o processo, entre 31 de Maio a 27 de Julho: os vídeos dos participantes do Casting Rock in Rio SIC RFM instalados no site oficial do Rock in Rio-Lisboa foram visualizados mais de 690 mil vezes e registaram-se 342.003 votos online, correspondentes à 2ª e 3ª fases de selecção dos semi-finalistas.

Todas as informações sobre o Casting Rock in Rio SIC RFM estão disponíveis em www.rockinriolisboa.sapo.pt.
O Rock in Rio-Lisboa regressa ao Parque da Bela Vista nos dias 25 e 26 de Maio e 31 Maio, 1 e 2 de Junho de 2012.
Publicado em Rock in Rio
Aclamado como o melhor concerto do Rock in Rio 2013, no Brasil, Justin Timberlake subirá novamente ao Palco Mundo em 2014, na edição portuguesa do maior evento de música e entretenimento do mundo. O cantor pop norte-americano será cabeça de cartaz da noite de 1 de junho do Rock in Rio-Lisboa.
 
Esta é a primeira vez que Justin Timberlake vem a Portugal. A tournée europeia "The 20/20 Experience", que começa no próximo mês de março, tem previstos concertos em cidades como Londres, Berlim, Paris, Estocolmo, entre outras.  
 
"Tivemos no Rio a apresentação de um showman, que não se intimidou diante de uma plateia de 85 mil pessoas. A apresentação de Justin Timberlake foi muito empolgante e transformou a Cidade do Rock numa grande pista de dança. É este mesmo espírito que queremos levar para o Rock in Rio-Lisboa", refere Roberta Medina, vice-presidente executiva do Rock in Rio.
 
Depois de dominar os tops de música, durante o ano de 2013, com The 20/20 Experience e The 20/20 Experience - 2 of 2, lançado recentemente, Timberlake traz agora o seu impressionante espetáculo ao vivo, aos seus fãs de todo o mundo.  
 
The 20/20 Experience tem sido muito bem recebido pela critica, sendo já o álbum mais vendido do ano, com mais de 4 milhões de exemplares vendidos em todo o mundo. Este álbum garantiu a Timberlake o melhor lançamento de um artista masculino, nos últimos cinco anos, assim como o maior lançamento digital, na história americana. O álbum já é Platina, em três outros países e Ouro em nove. 
 
O Rock in Rio-Lisboa 2014 realiza-se nos dias 23, 25, 30 e 31 de maio e 1 de junho, no Parque da Bela Vista. A organização anunciou que os bilhetes para a edição do próximo ano vão manter-se inalterados, no valor diário de 61€.
 
Publicado em Rock in Rio
O DJ e produtor Carlos Manaça que este ano celebra 30 anos de carreira, serviu-se hoje da nova funcionalidade do Facebook - livestream - para mostrar a todos os seus seguidores, como está a ficar a tenda eletrónica do Rock In Rio, evento que regressa ao Parque da Bela Vista em Lisboa, já daqui a uma semana.
 
Em dois vídeos com cerca de um minuto e meio, o artista português faz um preview das montagens do recinto e desafia os fãs a assistirem a uma grande festa na tenda eletrónica, marcada para o dia 20, sexta-feira, onde, além do próprio, também irá atuar DJ Vibe, Octave One (Live), Conti & Leaozinho e o tão esperado DJ britânico Carl Cox.
 
Manaça apresenta ainda uma das principais novidades desta zona, uma piscina. Pela primeira vez em 17 edições, o Rock in Rio apresenta resta refrescante área onde, diariamente, serão realizadas pool parties, animadas por vários DJs. As pool parties, inspiradas nas festas míticas da cidade de Las Vegas (por onde o evento passou em 2015), decorrem nos cinco dias de evento entre as 18 e as 21 horas. Às 22 horas sobre à cabine o primeiro DJ, sendo que a última atuação termina pelas 4 horas da madrugada.
 
Nos próximos dias 19, 20, 27, 28 e 29, a Cidade do Rock vai receber milhares de visitantes que poderão assistir às mais de 100 atuações musicais, ao longo de 12 horas de festa por dia.
 
Com 200 mil metros quadrados, o Parque da Bela Vista volta a receber o Rock in Rio-Lisboa, transformando-se num parque temático de música. São cinco palcos, uma área VIP, mais de 15 espaços de restauração (incluindo algumas novidades como cozinha de autor), com diversões (como slide e roda gigante), diversos stands com ativações e surpresas das marcas para os visitantes, uma fonte e uma piscina, tudo pensado para garantir o conforto do público e experiências inesquecíveis, entre as 16 e as 04 horas (com exceção do último dia de evento, 29 de maio, com todas as atrações a começarem uma hora mais cedo).
 
Bandas, artistas, DJs, bailarinos e artistas de rua vão animar a edição que marca o término das comemorações dos 30 anos do Rock in Rio. Os bilhetes têm um custo de 69 euros e dão acesso à Cidade do Rock, a todos os palcos e todas as diversões. 
 
 
 
Publicado em Rock in Rio
A pouco mais de dois meses para a abertura de portas da Cidade do Rock, e depois de esgotarem os passes para o primeiro fim-de-semana do festival, a organização do Rock in Rio-Lisboa anunciou no dia de ontem, que os bilhetes para 24 de junho já se encontram esgotados. Neste dia o cartaz é composto por Agir, Anitta, Demi Lovatto e Bruno Mars no Palco Mundo.

Os Bilhetes diários para o dia dos Muse e Bastille (23 de junho) ainda estão disponíveis, assim como para o dia 30 (Katy Perry, Jessie J, Ivete Sangalo e Hailee Steinfeld) e 29 de junho, cujo lineup inclui The Killers, The Chemical Brothers, Xutos & Pontapés, James, Capitão Fausto, Manel Cruz e uma viagem até à década de noventa para a badalada festa Revenge of the 90’s. Weekend passes para o segundo fim-de-semana ainda estão disponíveis pelo preço de 117 euros.

Recorde-se que o Rock in Rio-Lisboa está de volta nos dias 23, 24, 29 e 30 de junho, prometendo transformar a Bela Vista num gigante parque temático da música. Além de mais horas de entretenimento diário (das 12h00 às 02h00), haverá diversas atividades e experiências à espera do público. 

Os bilhetes para a 8.ª edição do Rock in Rio-Lisboa estão disponíveis nos locais habituais (lojas FNAC, bilheteira.fnac.pt, Blueticket.pt, BP, Continente, Ticketline, Festicket e Ticketmaster).
Publicado em Rock in Rio
sexta, 26 março 2010 17:14

Rock In Rio Lisboa fecha cartaz

A organização do Rock In Rio, acaba de confirmar a presença dos últimos nomes para o Palco Mundo – Amy Macdonald actua a 29 de Maio e os Soulfly no dia 30 de Maio.

Com estas confirmações fica fechado o line-up do Palco Mundo da quarta edição do Rock in Rio-Lisboa. À semelhança das outras edições, a organização preparou dias temáticos para agradar a diferentes gostos musicais. O dia 21 de Maio será dedicado aos fãs da música pop; a 22 de Maio irá celebrar-se o 25º aniversário que o Rock in Rio comemora este ano, com música que tem marcado várias gerações; o dia 27 de Maio é dedicado aos fãs do rock, o dia 29 destina-se à família e o dia 30 está reservado para os fãs de rock mais pesado.

Para Roberta Medina, Vice-Presidente do Rock in Rio “Estamos muito felizes por termos, mais uma vez, conseguido um cartaz bastante eclético que irá agradar a um grande número de pessoas e com vários artistas que vão actuar em Portugal pela primeira vez. O Rock in Rio é um evento para todas as idades e gostos por isso tentamos sempre fazer um cartaz variado, que agrade a todos.”

Amy Macdonald vem a Portugal apresentar “A Curious Thing”, o novo disco lançado este mês e recordar o seu primeiro trabalho que foi um grande sucesso de vendas. Com o lançamento do novo disco previsto para Maio, também os Soulfly trazem novidades para apresentar aos fãs.
Publicado em Rock in Rio
DJay Rich e António Mendes são os DJs oficiais da emissora portuguesa RFM e residentes do festival RFM SOMNII. Quer a nível individual ou em dupla, jápercorreram muitos dos palcos nacionais mas agora são artistas indispensáveis de se ter no line-up de um festival. Detentores de uma energia única e contagiante, unem-se, ajudam, apoiam e incentivam os jovens talentos da música eletrónica e essa atitude éde louvar. O Portal 100% DJ esteve àconversa com a dupla portuguesa nos bastidores do Music Valley, momentos antes de subirem ao palco do Rock in Rio Lisboa.
 
Estrearam-se no Rock In Rio. Qual é a sensação desta primeira vez no festival?
Mendes: A sensação é óptima. Já tínhamos noção da dimensão do festival por causa da relação que temos através da RFM com o Rock in Rio, mas ter o nome no cartaz está a ter um feedback muito espetacular. As pessoas estão a dizer que é um outro nível. E isso é muito bom. 
 
Contam um verão preenchido: Rock in Rio, RFM Somnii, Algarve... O que é que o público pode esperar de vocês?
Mendes: Além desses locais, ainda vamos estar no RFM Beach Power na Madeira, nos Açores... 
 
Rich: Podem esperar o mesmo de sempre: muita alegria nos sets. Gostamos de tocar aquilo que apreciamos mesmo. Tentamos fazer sets diferentes, principalmente no RFM Somnii onde tocámos três noites, pois somos residentes do festival. Este ano levámos dois convidados, para fazer algo diferente: o Pete Tha Zouk e o Pedro Cazanova. São pessoas com quem lidamos e trabalhamos há muitos anos, portanto fazia todo o sentido convidá-los.
 
Como está a ser a aceitação da vossa nova música com o Michael Teixeira?
Rich: A música é muito boa. Tem um hook muito forte e muito fácil e nós tocámos o remix no Rock in Rio pela primeira. Ainda está um pouco em segredo, mas já temos alguns DJs internacionais interessados em fazer remixes. Estamos muito satisfeitos com o resultado final e ter um contacto como o Michael que, para além de ser um excelente produtor, está nos Estados Unidos da América e dá-nos a vantagem de termos vozes norte-americanas. Essa é uma das nossas preocupações quando lançamos um tema cantado em inglês, porque quando temos alguém cá a cantar inglês, temos de estar sempre a mandar corrigir as letras lá fora para ver se existe alguma coisa que não faça sentido. Assim, manda-se a ideia, trabalha-se a ideia, discutimos, faz-se um rascunho e fica perfeito. 
 
Cláudio.Photos
 
No vosso radioshow dão algum destaque a novos talentos. Como é que encaram a nova geração da música eletrónica em Portugal?
Mendes: Essa tem sido sempre uma preocupação nossa: dar espaço a novos talentos. Mesmo no recente concurso que fizemos para o RFM Somnii, tivemos muitas participações e a dificuldade foi mesmo escolher e chegar ao lote de 10 finalistas. Apareceram-nos faixas muito bem produzidas nos vários sub-géneros da música eletrónica, o que é sempre bom. Diria que há muito bom talento em Portugal nesta área. 
 
Rich: Na área da produção, vemos chegar músicas brutais. As pessoas que participam pensam muita coisa. Houve DJs conhecidos a concorrerem ao concurso e não passaram. Nós não os escolhemos porque quisemos ser fiéis à nossa opinião e as pessoas têm que aceitar que nós fomos o júri. Foi a nossa opinião e foram as músicas que nós mais gostámos, independentemente de haver muito boa produção. Foram 267 participações e quando começámos a reduzir chegámos às 150 e ficámos sem saber o que fazer. Eram 150 artistas que nós gostávamos de meter numa página a votação. Tínhamos de escolher 10 e foi a nossa opinião em termos de gosto e foi isso que prevaleceu. Já fizemos algo semelhante, não tão absorvida como esta, para o disco do RFM Somnii e lançámos um desafio o mais transparente possível. Também escolhemos sete produtores, eram para ser cinco mas não conseguimos e abrimos exceção. Foram sete artistas para o disco e a votação nessa altura foi através de downloads do iTunes. A escolha foi completamente transparente como foi no site, desta última vez. Quem ganhou foi quem conseguiu mais votos, independentemente daquilo que conseguisse fazer. É sempre complicado não conseguir, mas o importante é participar e há que respeitar a decisão das pessoas. 
 
Mendes: O importante é os participantes acreditarem em si próprios, não desistir. Frustrações e coisas que correm mal, toda a gente tem. Se acreditas, continua a acreditar. 
 
Querem dar alguns exemplos de novos talentos que estejam debaixo de olho?
Mendes: Ao dizer nomes não ia ser politicamente correto. Se destacar um ou dois nomes, vamos sempre correr o risco de deixar alguém de fora. É um pouco difícil. 
 
Rich: Nessa perspetiva, nós já trabalhámos com jovens produtores. O ano passado no RFM Somnii levámos dois produtores novos para cima do palco. Acho que isso é um incentivo magnífico para eles. Foram o Batista e o Khamix. É muito importante para estes artistas tentar trabalhar com alguém que já tenha nome no mercado e que tenha ferramentas e meios para divulgar o trabalho. Não conseguimos dar a todos mas não somos aqueles produtores que dizem: “Não vamos fazer música com produtores desconhecidos”… Não, nós adoramos a nova produção, ‘fazemos bandeira’ no RFM Somnii Radioshow e queremos divulgar novos talentos e incentivá-los. As oportunidades surgem. As coisas não caem do céu. É trabalho, é sorte, são oportunidades que temos de agarrar. Temos de estar dispostos a muita coisa para que isso aconteça. Às vezes há muitos destes jovens que pensam que, por exemplo, o Martin Garrix que fez uma música e foi um sucesso, que vai ser igual. Mas, outro exemplo, o Avicii foi o produtor que durante muito tempo ninguém lhe ligava nenhuma. O próprio Bob Sinclar ou o David Guetta que em 2004 esteve no Porto e ninguém se lembra disso. Quando ele rebentou, foi a loucura. Ele não caiu do céu. Se as pessoas olharem, há, de facto, jovens talentos que começam logo e há outros que só começam a aparecer mais tarde. 
 
Que novidades podem revelar sobre o futuro da vossa carreira?
Mendes: Estamos a preparar mais umas músicas. 
 
Rich: Nós levamos isto muito na boa. Já não estamos cá há dois dias. Porque os nossos objetivos profissionais foram outros, apesar de que esta sempre foi uma carreira que ficou sempre. Nunca tivemos o objetivo de ser vedetas. Gostamos disto e levamos a nossa carreira de uma forma muito descontraída. A prova disso é que nós somos muito pouco ‘facebookianos’. 
 
Que mensagem gostariam de deixar aos leitores e seguidores do Portal 100% DJ que estão a ler esta entrevista?
Rich: Sigam os nossos conselhos.
Mendes: E, sobretudo, divirtam-se!
 
 
Publicado em Entrevistas
A organização do Rock in Rio lança a partir de 19 de Novembro o “Kit de Natal Rock in Rio-Lisboa 2010”. Depois do enorme sucesso das edições de 2006 e 2008, com a totalidade dos kits de Natal a serem vendidos rapidamente, o maior evento de música e entretenimento do mundo volta a surpreender com uma nova edição limitada do Kit de Natal Rock in Rio-Lisboa 2010.

Para a próxima edição, que volta ao Parque da Bela Vista nos dias 21, 22, 27, 28 e 29 de Maio de 2010, a organização preparou uma surpresa muito especial: para além do voucher, que pode ser trocado por um bilhete para um dos dias do evento, o kit inclui uma t-shirt exclusiva!

E há quatro modelos diferentes, dois para homem e outros dois para mulher, o que torna o Kit de Natal Rock in Rio-Lisboa 2010 uma oferta de Natal para toda a família!

À venda a partir de 19 de Novembro na FNAC, o Kit de Natal Rock in Rio-Lisboa 2010 tem o custo de um bilhete normal para o evento (58€), podendo o seu voucher ser depois trocado em exclusivo na FNAC, de 2 de Fevereiro a 31 de Março de 2010, por um bilhete para qualquer dia do evento à escolha, de acordo com o gosto musical de cada um.
 
Publicado em Rock in Rio
terça, 30 novembro 2010 21:42

Rock In Rio 2011: novas confirmações

O Rock in Rio 2011 tem mais duas grandes atracções anunciadas: Coldplay e Skank.
A banda britânica liderada por Chris Martin vai ao Brasil mostrar porque é uma das mais queridas e bem-sucedidas do mundo, com mais de 50 milhões de álbuns vendidos.
 
O grupo, assim como os Skank, assumirá o Palco Mundo, na nova Cidade do Rock, no Dia do Rock Alternativo (1 de Outubro), penúltima noite do evento, que volta ao Brasil entre 23 de Setembro e 2 de Outubro do ano que vem. Nos próximos meses, a organização do Rock in Rio apresentará os outros nomes nacionais e internacionais que tocarão na mesma data nos palcos Sunset e Mundo.

O público já pode adquirir, no site oficial www.rockinrio.com.br, o Rock in Rio Card, uma espécie de voucher para aqueles que não querem perder a oportunidade de garantir com antecedência os seus lugares nesta grande festa. Desde o dia 19 de Novembro que a organização disponibiliza um lote limitado destes vouchers. A troca pelo bilhete será feita a partir do dia 11 de Janeiro — antes do início oficial de venda de bilhetes, garantindo que a data escolhida não esteja esgotada.
 
Com cada dia destinado a um estilo diferente, o Rock in Rio é um evento para todas as tribos. Novas atracções serão divulgadas em breve, reunindo mais uma vez os maiores nomes do rock e do pop mundial ― nacionais e estrangeiros, clássicos e contemporâneos ― no maior evento de música e entretenimento do mundo.
Publicado em Rock in Rio
domingo, 23 maio 2010 19:01

Stephen Dewaele perde avião

A organização do Rock in Rio-Lisboa comunica que, a actuação dos 2 Many DJS LIVE não contou com a presença de Stephen Dewaele porque o artista perdeu o vôo para Portugal. Com David Dewaele actuou Stefaan Van Leuven, um dos elementos dos Soulwax que concebeu o projecto “2 Many Djs Live”.
Publicado em Rock in Rio
Pág. 1 de 15
100% DJ. Projeto editorial independente cujos valores se guiam pelo profissionalismo, isenção e criatividade, tendo como base de trabalho toda a envolvente da noite nacional e internacional, 365 dias online.

Newsletter

Recebe novidades e conteúdos exclusivos no teu e-mail.