Diretor Ivo Moreira  \  Periodicidade Semanal
segunda, 04 abril 2022 10:45

Olivs assina novo álbum de originais

O DJ e produtor Olivs começou o ano de 2022 da melhor maneira, ao lançar o seu terceiro álbum de originais, intitulado "Wildlife". 

Este álbum foi lançado na sua própria editora, a Life Is Records, e tem obtido um positivo feedback de vários DJs de renome nacional e internacional. 

"Wildlife" conta com uma introdução a 77 bpms e 14 faixas num registo que vai desde o Tribal House, ao Deep e ao Techno. São mais de 60 minutos de música repleta de ritmo, disponíveis nas plataformas online.

A Tour deste novo álbum será lançada em breve e irá passar por vários espaços da movida noturna nacional.
O DJ e produtor Holly regressa este ano ao palco do conhecido festival Coachella. É a segunda vez que o jovem talento português atua no evento californiano que se acontece nos fins-de-semana, de 15 a 17 e 22 a 24 de abril. 

Holly tem atuação agendada para a sexta-feira, 15 de abril, no palco Do Lab, dia onde também marcarão presença os DJs Purple Disco Machine, Black Coffee, The Martinez Brothers, Swedish House Mafia, entre outros. Os passes de entrada para três dias custam cerca de 500 euros.

Distinguido pela 100% DJ em 2019, com o "Prémio Talento", Holly, viu no início de março a sua música "HOT 44", co-produzida com o norte-americano Baauer, integrar a banda sonora do filme "The Batman", realizado por Matt Reeves.
 
A pandemia parou-nos a todos e o mundo do entretenimento e da animação noturna não foi excepção. Até então parado, o DJ e produtor português Eddie Ferrer retomou no início do ano a sua atividade, com uma tour pelo mundo, onde irá espalhar a sua música e energia.

O ano começou da melhor maneira a atuar em alguns locais emblemáticos de Tulum, no México, tais como o IT, DT Rooftop e no Vagalume Beach Club.

Da América do Sul saltou para o Dubai onde se encontra à data, em formato tour nos Emirados Árabes Unidos com a apresentação do novo formato "Ethnia", no Índigo Hotel. Esteve também como residente na Expo 2020 que terminou ontem no Dubai. 

Além de Omã, este mês de abril irá levá-lo de volta ao México, seguindo-se Costa Rica, Panamá, Egipto e o regresso a Portugal para atuar na 34.ª edição da FIAPE, a Feira Internacional de Agro-pecuária de Estremoz. Além do Algarve, o verão será feito também na Grécia e em Ibiza.
 
O DJ e produtor português Pete Tha Zouk acaba de lançar a sua nova música "MONET", criada em parceria com André Salvador. Com timbres marcantes, uma batida forte e característicos synths, "MONET" foi desenhada com o público amante de house music em mente e promete animar as pistas de dança.

A dupla Pete Tha Zouk e André Salvador decidiu disponibilizar esta faixa de forma gratuita, no sentido de garantir que qualquer pessoa, em qualquer lugar do mundo, consiga desfrutar deste novo tema. "Para nós, é esse o verdadeiro sentido da partilha que carateriza a música eletrónica" refere a dupla.

O teaser do tema foi gravado Teatro Cinema de Fafe de onde é natural o DJ André Salvador, que conta com uma carreia de mais de 20 anos atrás das cabines, quer nacionais e internacionais. Estreou-se como produtor em 2003, com o tema "Pride", reconhecido diversas vezes no panorama musical português.

Além de ser o DJ português mais bem colocado no famoso TOP 100 da DJ Mag (número 37, alcançado em 2011), Pete Tha Zouk assume atualmente a 5.ª posição do TOP 30 nacional, realizado a última vez em 2020 pela 100% DJ, tendo ficado suspenso devido à pandemia de covid-19.
 
Depois dos lançamentos de "Underground" e "U-Turn", temas que contaram com positivo feedback de artistas como Chus+Ceballos, Oscar L e D-Formation, o DJ e produtor português Diphill apresenta-nos agora "Spiritual Dust", o seu novo EP.

Lançado pela emblemática Magna Recordings, editora de Carlos Manaça, este novo EP conta com um tema original da autoria do próprio Diphill, considerado pela editora como "um grande tema de techno, com sintetizadores progressivos e um toque melódico" e remixes, que vão desde o techno ao deephouse.

O desafio foi lançado por Diphill a quatro artistas: Nuno Lisboa, com um remix rápido e pesado; Olivs com o seu estilo inconfundível groovy tribal; Luís Bravo & Amarno com uma versão dub mix desconstruindo a faixa original; e Ricardo Baptista com uma versão repleta de ambiente dentro do estilo deephouse.

Disponível em todas as plataformas digitais, este EP é fruto de um trabalho conjunto de vários DJs e produtores nacionais, que provam a transversalidade do underground, contando já com o apoio e feedback de artistas, entre eles Marco Carola, Drunken Kong, Frank Pellegrino, Pablo Ceballos e Marco Faraone.
 
A dupla de DJs formada pelas irmãs Jahan e Yasmine Yousaf são a mais recente confirmação do Festival Dancefloor Jump To The Drop, que acontece nos dias 29 e 30 de julho no Altice Forum Braga.

Oito anos depois, as Krewella regressam a Portugal e juntam-se assim aos artistas já anunciados, Acraze, Cat Dealers, Sefa, Carnage, Habstrakt, Brian Cross e os Gunz For Hire.

Formada em Chicago no ano 2007, as Krewella começaram a conquistar o mundo das pistas de dança em 2012 com o lançamento do seu EP de estreia "Play Hard". Regressam este ano ao nosso país com e com o novo álbum "The Body Never Lies" entre mãos.

Os bilhetes para a 5.ª edição do Festival Dancefloor estão à venda nos locais habituais com valores a oscilar entre os 25 (bilhete diário) e os 35 euros, o passe para os dois dias de evento. A 100% DJ é Media Partner oficial.
 
segunda, 28 março 2022 10:24

Heineken anuncia saída da Rússia

A conhecida marca Heineken anunciou esta segunda-feira, que irá sair da Rússia devido à guerra na Ucrânia, que se continua a "intensificar".

"Após o anúncio de uma revisão estratégica das nossas operações, concluímos que a propriedade do negócio da Heineken na Rússia já não é nem sustentável nem viável no contexto atual. Assim, decidimos sair da Rússia", lê-se no comunicado da cervejeira dos Países Baixos.

A empresa, que tem cerca de 1.800 funcionários na Rússia, sublinha que já havia indicado que não iria fazer "novos investimentos e exportações" para a Rússia, que iria acabar com a "produção, venda e publicidade da marca" e que não iria aceitar "quaisquer benefícios financeiros ou lucros do" negócio na Rússia.

"O nosso objetivo é uma transferência ordeira da nossa empresa para um novo proprietário, em total conformidade com as leis internacionais e locais", lê-se ainda no comunicado da Heineken, que ressalva que irá pagar os ordenados dos funcionários até ao final de 2022.

Fundada no século XIX, em Amsterdão, a empresa produz e vende mais de 300 marcas de cerveja e sidra, incluindo Heineken, Strongbow e Amstel, e emprega mais de 85.000 pessoas em todo o mundo.
A Polícia Municipal de Lisboa vai reforçar a sua presença nas zonas de maior fluxo noturno da capital às sextas-feiras, sábados e vésperas de feriado para "reprimir comportamentos ilícitos".

Nas redes sociais, o vereador do Pelouro da Segurança, Ângelo Pereira, explicou que a Polícia Municipal terá "uma função de visibilidade preventiva e interventiva nas zonas noturnas da cidade, que visa reprimir comportamentos ilícitos por parte dos estabelecimentos e dos seus utentes".

Esta ação terá como objetivo fazer cumprir os horários de encerramento dos estabelecimentos, fiscalizar as medidas no âmbito da covid-19, reprimir o estacionamento abusivo, o consumo de álcool e fiscalizar o ruído.

"Parte fundamental da nossa intervenção consiste numa relação de proximidade com os cidadãos, com uma redobrada atenção ao seu direito à tranquilidade. A Lisboa mais segura que pretendemos envolve toda a comunidade: residentes, comerciantes, turistas e trabalhadores", sublinhou o referido vereador.

Em declarações à RTP, Paulo Caldas, Comandante da Polícia Municipal de Lisboa, adiantou que este reforço será realizado entre as 20 e as 04 horas da madrugada e que entre as Docas, Santos e Cais do Sodré haverá também fiscalização rodoviária nomeadamente no estacionamento dos automóveis, para permitir um maior e mais facilitado fluxo de trânsito.

Este anúncio surge uma semana após as agressões ocorridas no exterior da discoteca Mome, na Avenida 24 de julho, e que culminaram na morte do agente da PSP de 26 anos.

Na altura, intervieram quatro polícias, fora de serviço, que acabaram por ser agredidos violentamente, sendo que Fábio Guerra viria a falecer na segunda-feira de manhã, no Hospital de São José, em Lisboa, devido às "graves lesões cerebrais" sofridas.
O DJ e produtor português Kura apresenta em abril um novo projeto com a sua assinatura. Trata-se de um conceito que irá percorrer o país de norte a sul em locais selecionados, sob o nome "Dark Room". Na cabine, além do anfitrião Kura, estarão também outros artistas nacionais e internacionais das mais diferentes áreas da música - de DJs a cantores, músicos e entertainers.

Os primeiros espaços a receber o "Dark Room" serão a discoteca SAL em Aveiro, a 9 de abril e a Discoteca Andromeda, em Vila Real, a 30 de abril, sábado. Na estreia, em Aveiro, o cartaz conta também com os DJs Fragoso e Bessone.

Este conceito privilegia as sonoridades House, Tech House e Techno, bem conhecidas dos seguidores do artista português que actualmente ocupa a posição número 74 no TOP 100 da DJ Mag e a posição número 1 do último TOP 30 nacional da 100% DJ, realizado em 2019.
 
Nestes eventos, Kura afirma à redacção da 100% DJ que o público será transportado para um "universo diferente" daquele que está habituado a experienciar na noite. "No escuro, ninguém nos julga. No escuro, podemos libertar-nos. No escuro os graves batem de dentro para fora. No escuro as horas deixam de ser contadas para ser vividas" acrescenta.
 
A cidade invicta volta a ser eleita a Capital do breaking, ao receber no dia 30 de abril a Final Nacional do Red Bull BC One. Desta vez o palco escolhido foi o Hard Club, em plena Ribeira, um espaço onde os melhores B-Boys e B-Girls vão competir já com público a assistir. O objetivo é apurar os representantes de Portugal para a Final Mundial que se vai realizar em Nova Iorque.

A primeira fase da competição, a 29 de abril, será uma qualificação que acontece também na cidade do Porto e que tem como objetivo envolver os melhores talentos, fazendo uma triagem até estar encontrado o Top de 16 B-Boys (10 selecionados + 6 wildcards) e de 4 B-Girls (3 selecionadas + 1 wildcard). Só estes avançam para a Final Nacional do dia seguinte. 

Nos diferentes momentos, a qualidade, criatividade e dinâmica dos atletas é avaliada por um júri de três elementos com créditos firmados na modalidade. Max será o anfitrião, enquanto a música fica a cargo do DJ Godzi.

Do Porto vão sair os representantes nacionais para a final mundial do Red Bull BC One que irá decorrer na cidade de Nova Iorque, a 12 de novembro. 

É o regresso da competição ao berço do Hip Hop, depois de no ano passado ter visitado a Polónia. O título vai ser disputado por um Top 16 masculino e um Top 16 feminino, de 30 países.

O Red Bull BC One tem sido nos últimos 20 anos o grande palco internacional de uma modalidade que está em crescendo. A maior e mais prestigiada competição mundial de breaking 1v1 tem envolvido ao longo dos anos as referências da cena nacional, com os b-boys Bruce Almighty e Lagaet e a b-girl Vanessa a levarem bem longe as cores de Portugal.

No ano passado, os cobiçados troféus da edição nacional do Red Bull BC One foram erguidos pelo B-Boy XXL e pela B-Girl Vanessa. Já os títulos mundiais foram para a B-Girl Logistx (EUA) e para o B-Boy Amir (Cazaquistão).
Pág. 2 de 80