19-09-2020
  Diretor Ivo Moreira  \  Periodicidade Diária

O Salvador já tem 30 anos e a noite já não lhe dá pica

Publicado em terça, 21 maio 2013 14:15 | Escrito por
Salvador Martinha decidiu retratar num videoclip o porquê de já ter 30 anos e a noite não lhe dar 'pica'. O vídeo 'This is F***** Boring' retrata um roteiro que Martinha fez na Capital alfacinha e foi publicado esta manhã pelo próprio. Não tarda pela demora que se torne viral nas redes sociais, até porque, é destes momentos de boa disposição que os portugueses precisam cada vez mais.
 
"Chamei uma batelada de pessoas competentes para filmar a cena e acho que vai ser platina. Mas digam-me vocês" refere o humorista. Para nós, a platina já está ganha pela irreverente letra que foi escrita por Alexandre Romão e pelo próprio Salvador Martinha.
 
Confere o vídeo e a letra em baixo e prepara-te para soltar umas valentes gargalhadas.
 
 
Cais do Sodré, Urban, Lux e Bairro
Já tenho 30 anos
A noite já não me dá pica
Lisboa isto é warning, isto é um warning
This is fucking boring
 
Sábado à noite, os meus manos já estão no meu prédio
Querem conquistar Lisboa até de madrugada
Abri a porta, suspirei e pensei grande tédio
Fui sincero e disse: a noite para mim já não é nada
 
Bairro Alto, não há sítio para estacionar
Se meteres no parque, 50 euros vais largar
Estacionei, mas numa rua que cheirava a mijo
Vou sair em apneia, um gajo tem de ser rijo
 
Entras no Bairro e parece que estás numa Flash mob
Mas só com bêbados e gajos parecidos com o Rei Ghob
A frase que aqui se ouve mais é vem cá ter
Estou entre um dealer, e um bailarino que me quer comer
 
Cais do Sodré, tanto há betos como prostitutas
Tanto ouves "Olá Quico?" como "5 Euros o bico"
Resumindo, isto não é para o Salvador Martinha
Isto é um mix entre Intendente e Quinta da Marinha
 
Bora ali beber um copo às Docas
Népia, aquilo é só Casa dos Segredos e porcas
Nem me fales em Santos, é só pitaria ali
Um gajo com 30 anos sente-te logo o Bibi
 
Refrão
Vamos ao Lux se conseguires sobreviver à fila
Ou conheces o porteiro, ou volta para a tua vila
No bar, fico uma hora à espera da bebida
No Urban, em uma hora já tinha apanhado SIDA
 
Sim, o Urban é praticamente um buffet de gatinhas
Gatinhas? Desculpem, eu quis dizer putinhas
Sair do Urban sem chupões é um desafio
E lá fora o Ronaldo lança modelos ao Rio.
 
Na roulotte, pedes o cachorro especial
É tão grande que ao comer pareces um anormal
Prefiro antes ir a um sítio mais refinado
Tipo onde a Oprah comeu o D. Morgado
 
Fim da noite, vou apanhar um táxi
O taxista tem uma verruga tipo Maxi
Já a caminho o taxímetro começa a assustar
Será que o gajo da verruga é o Vítor Gaspar
 
Chego a casa todo marado e todo torto
Pareço aquele gajo do fim-de-semana com o morto
Só agora reparei, que me esqueci das chaves
E o meu estômago, está a dar notícias mais graves
 
Refrão
 
Não me convidem mais
Bairro, Lux ou mesmo o Cais
A noite já não me interessa
Em vez de shot, prefiro Eça
 
Já não curto noitadas
Nem ressacas mal curadas
Lisboa já não é o que era
Ou sou eu que já não sou o que era
Este artigo foi lido 4407 vezes