22-04-2019

  Diretor Ivo Moreira | Periodicidade Diária

Sobre Nós  |  Fala Connosco     

Os Club Banditz arrancam em breve para uma nova tour internacional.
Primeiro vão até à Europa de Leste, assaltar a Lituânia, num fim-de-semana que promete agitar as hostes, a 7 e 8 de setembro.
Depois seguem para a terceira tour no Brasil em 2012. De 14 de Setembro a 20 de Outubro, a quadrilha vai rebentar, mais uma vez, com o seu som nas Terras de Vera Cruz.

Confere a agenda:

EUROPA DE LESTE
07.09.2012 - POP STAR - KAUNAS | LITUÂNIA
08.09.2012 - PORT- KLAIPEDA | LITUÂNIA

BRASIL TOUR
14.09.2012 - 2ME - BALNEÁRIO CAMBURIÚ | SC
15.09.2012 - FESTA FANTASIA - UBERABA | MG

28.09.2012 - BALLROOM - SÃO PAULO | SP

05.10.2012 - RAKENNE - ITAJAÍ | SC
06.10.2012 - CONFRARIA CLUB - FLORIANÓPOLIS | SC

12.10.2012 - CINEMA D - RIBEIRÃO PRETO | SP
13.10.2012 - OPERA CLUB - CONCÓRDIA | SC
Publicado em Artistas
A primeira edição do Tomorrowland Brasil decorreu durante o passado fim de semana, com grandes nomes como NERVO, Hardwell, Armin van Buuren e Laidback Luke a atuarem para milhares de pessoas.
 
Com sucesso absoluto, a organização do festival de música eletrónica confirmou a presença do evento no Brasil por mais 5 anos, até 2020. No próximo ano, o Tomorrowland Brasil decorre entre os dias 21 e 23 de abril.
 
Esta primeira edição, completamente esgotada, teve os seus momentos de euforia mas sofreu alguns problemas que foram divulgados pela imprensa brasileira.
 
Segundo a Folha de São Paulo, foi encontrado um corpo de um homem sem vida, com a pulseira do festival, num caixote do lixo. A vítima era um funcionário que prestava o serviço de montagem do Tomorrowland, apresentava ferimentos e foi transferido para o Instituto Médico Legal de Sorocaba, para ser feita a autópsia e descobrir as causas da morte.
 
O mesmo meio de comunicação social escreveu que foram atendidas no centro médico pelo menos 500 pessoas por dia, com sintomas de uso de drogas, desidratação e ferimentos derivados de quedas.
 
O site UOL destacou a forte presença policial no recinto do Tomorrowland Brasil, que até usou cães para procurar drogas entre os visitantes. No primeiro dia do evento, foram registadas 335 ocorrências junto das autoridades devido a brigas e furtos. Duas das pessoas detidas por possuírem pequenas quantidades de estupefacientes pertenciam à organização, que acabou por demiti-las de imediato.
 
Apesar das críticas em relação ao preço dos alimentos e das bebidas, chegou a esgotar vodka em alguns bares do Tomorrowland. O protetor solar foi outro produto que esgotou no evento. 
 
Publicado em Tomorrowland
A Cerveja Sagres está a convidar todos os portugueses a assistirem em direto aos jogos da Seleção Nacional, durante o Mundial 2014 que se realiza no Brasil, nos três Estádios Sagres, em Lisboa, Braga e Faro.
 
O Estádio Sagres de Faro abre as portas dia 6, enquanto que os de Lisboa e Braga são inaugurados no dia 12 de junho. A entrada é gratuita, e todos os adeptos da Seleção Nacional vão assim poder assistir, através de ecrãs gigantes, aos jogos do Campeonato Mundial de Futebol.
 
No espaço irá haver ainda muita animação, música e outras surpresas para todos os adeptos de futebol.
 
Publicado em Marcas
A Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania da Câmara dos Deputados do Brasil aprovou no passado mês de novembro, um projeto de lei que regulamenta a profissão de DJ. Entretanto foi alterado e volta em breve ao Parlamento brasileiro para que possa ser novamente discutido e, por sua vez, votado.
 
Para exercer a profissão de DJ no Brasil, os artistas têm de ter frequentado um curso técnico de 800 horas, em instituições reconhecidas pelo Ministério da Educação. Para realizar o curso, é obrigatório ter pelo menos 16 anos e o ensino médio completo (ou estar ainda a frequentar).
 
Esta nova regra não se aplica aos profissionais que já estejam a trabalhar na área há, pelo menos, cinco anos, nem para os DJ estrangeiros que permaneçam no Brasil até um mês.
 
A duração do trabalho de um DJ profissional também foi tida em conta e não pode superar as seis horas por dia e ir até 30 horas por semana. Essa duração é o período de apresentação ao público, incluindo também ensaios e atividades de promoção do artista. O DJ deverá ainda ter direito a um intervalo para refeição e descanso de 45 minutos, no mínimo. Em relação às horas extras, o pagamento tem uma subida de 100% sobre o valor normal. Se o artista trabalhar em condições perigosas, o projeto de lei prevê ainda que o mesmo deva receber um pagamento adicional.
 
Em Portugal, “Disc Jockey” é reconhecido como um profissional das artes do espetáculo. Isto é, desde 2010 que o Instituto Nacional de Estatística inclui o “Djing” na Classificação Portuguesa de Profissões com o número 26.59.1 e é conferido o direito de usar o C.A.E. 90010 a quem iniciar/exercer a atividade com esse número.
 
Em termos burocráticos, recorde-se que a PassMúsica (entidade legal de proteção dos direitos autor ligados à música) possui uma licença - a Licença de Reprodução para DJs - que abrange todas as pessoas que exerçam a atividade de DJ (profissional ou acessória) cujo objetivo objetivo passa por permitir aos DJs a utilização de gravações musicais em formatos diferentes daqueles em que foram adquiriram originalmente. A licença tem o valor anual de 350 euros.
Publicado em Mix
Natural da Margem Sul do Tejo, é no país da cidade maravilhosa que faz vida há 10 anos. Começou a sua carreira na música com oito anos de idade, a estudar piano, tocou numa banda de baile, mas rapidamente percebeu que o "bailinho" era outro, com acordes mais eletrónicos e decibéis muito mais altos. Rui Oliveira é o rosto do projeto Paranormal Attack, que está comemorar 15 anos de existência. Nesta entrevista exclusiva ao Portal 100% DJ, ficámos a conhecer as suas influências e algumas novidades musicais, como foi a sua passagem pelo Festival Tomorrowland Brasil e quais os seus próximos projetos.
 
 
A música fez parte da tua infância. Estudaste piano, tocaste numa banda de baile e aos 20 anos começaste a produzir música eletrónica. Conta-nos como foi essa mudança da música de baile para a eletrónica.
Na verdade sempre odiei música de baile mas era uma boa fonte de dinheiro e dava-me tempo para poder produzir enquanto Paranormal Attack durante a semana. Sempre fui fã de Rock e Metal, nem prestava muita atenção ao som eletrónico até ao dia em que fui a uma rave e apaixonei-me completamente. Comecei logo a descobrir como se fazia aquilo. Os conhecimentos que tinha de música ajudaram-me muito na produção!
 
Na produção musical quais são as tuas influências?
No trance a minha maior influência sempre foi Skazi, além de ser como um irmão para mim também foi ele que me ajudou muito no início da carreira. No geral o meu produtor preferido é o Rob Swire dos Pendulum/Knife Party.
 
Já lançaste uma faixa em conjunto com os Karetus. Com que outros artistas portugueses gostarias de colaborar?
Os Karetus são grandes amigos meus e grandes produtores. Estou a terminar uma colaboração com os Ninja Kore e gostaria de fazer algumas coisas diferentes no mundo Pop também. Estou também a preparar uma colaboração com os Pratta.
 
Faz dois anos que fundaste a editora Fxxk Tomorrow. Como surgiu essa ideia e que balanço fazes da mesma?
Quando tive a ideia de criar a editora foi com o intuito de ter liberdade para lançar a minha música quando quisesse sem ter que esperar por agendas de outras editoras. As coisas foram crescendo e comecei a receber muitas demos e os planos foram sendo maiores. Já lançámos músicas de vários artistas, vários estilos e conseguimos alcançar alguns Top 100 no Beatport. Recentemente começámos a fazer eventos e temos grandes planos para Portugal a partir do próximo ano, que em breve serão revelados. Mas esperem grandes noites no nosso país.
 
Como vês a cena Trance tanto em Portugal como no Brasil?
São cenas muito diferentes. O Brasil devido ao tamanho do país e também ao tamanho a que o Trance chegou os eventos são mega produções com milhares de pessoas. E também o público é mais quente e mostra mais o quanto gostam do DJ. Já Portugal tem uma cena mais tradicional, mais underground e mais pequena e as pessoas são um pouco mais introvertidas. Mas amo os dois países. Cada um com as suas particularidades.
 
O ano passado tiveste uma atuação no Tomorrowland Brasil. Como foi essa experiência?
Foi uma experiência maravilhosa, poder estar num evento desses é o sonho que qualquer DJ provavelmente tem. Lembro-me que até chorei de felicidade no dia que saiu o meu nome no line-up. Foi uma emoção enorme.
 
Que diferenças encontras entre o público português e o brasileiro?
Como já disse, acho que a maior diferença é mesmo a reacção do público quando ouvem a minha música. Os dois países gostam muito do som mas no Brasil as pessoas gritam, pulam, levam placas com o meu nome, bandeiras de Portugal, etc. Em Portugal o público preocupa-se mais com a experiência de cada um durante o set. Dançam muito mas são mais contidos. Mas isto é uma coisa do Trance, porque vejo que noutro tipo de eventos o público português é bastante animado também.
 
No início do mês tiveste uma atuação na Costa de Caparica, margem do Tejo que te viu crescer. Como foi esse regresso? Pode-se afirmar a velha máxima de que "o bom filho à casa torna"?
Foi muito boa a festa, grande ambiente e o local escolhido foi muito bom também. Isto foi só o começo de uma caminhada que estamos a planear. Grandes notícias estão a caminho. Fico muito feliz de voltar ao meu país depois de estar 10 anos no Brasil.
 
O que representou para ti a entrada direta para o TOP 30 de 2016 levado a cabo pelo Portal 100% DJ?
Foi outra grande surpresa para mim e fiquei muito feliz com isso. O país onde nasci reconheceu o meu trabalho e consegui um 19.º lugar. Muita gente que não me conhecia ficou a conhecer e os que conheciam se calhar passaram a respeitar mais o meu trabalho. Espero que este ano suba mais umas posições nesse ranking.
 
Quais são os teus projetos musicais a curto e médio prazo?
Este ano vou lançar o álbum de 15 anos do projeto com 15 músicas e tenho algumas colaborações para sairem também em labels mais comerciais. Temos também grandes planos para eventos da Fxxk Tomorrow em Portugal.
 
E por último, a pergunta da praxe. Que mensagem queres deixar aos teus fãs/seguidores?
Quero agradecer a todos por me proporcionarem a vida que eu escolhi. Poder fazer aquilo que se ama é uma grande vitória na nossa vida. Nunca desistam dos vossos sonhos. Por vezes demoram a chegar mas o que é nosso está guardado e então a nossa hora sempre chega. Um abraço gigante a todos! Amo vocês!
 
Publicado em Entrevistas
quarta, 14 setembro 2011 22:55

A lata de cerveja que se transforma em copo

A marca brasileira de cerveja Brahma vai lançar, no seu mercado de origem, a “Brahma Copaço”, uma lata que se transforma em copo graças a um sistema de abertura total da tampa.
 
De acordo com a insígnia, a criação do produto teve por base investigações mensais realizadas pela Ambev, que envolveram mais de 2 mil pessoas, e que permitiram à Brahma concluir que o público prefere consumir a cerveja com a experiência do copo mas com a conveniência da lata, noticia a Exame brasileira.

A “Copaço” será brevemente comercializada em supermercados de São Paulo, em latas de 350 ml.
Publicado em Mix
segunda, 16 março 2015 16:04

Frechaut de novo em digressão pelo Brasil

O DJ português Frechaut inicia uma tour pelo Brasil, pela segunda vez, com início no próximo dia 28 de março na discoteca Excess Club (Rio de Janeiro), na comemoração dos 9 anos de carreira de Rafa Carneiro.
 
Esta digressão promete várias surpresas, entre elas a apresentação do seu novo tema intitulado “Take It All”, lançado pela editora brasileira Play House Records, numa colaboração com Andy John. A nova música vai ser remixada por artistas cariocas como Roger Lyra, Jetset, Vogait, entre outros.
 
Publicado em Artistas

DJ Vibe, Rui Vargas e Diego Miranda estão confirmados para o Rock In Rio Brasil, na tenda eletrónica, que se realiza entre os dias 18 e 20 e 24 e 27 de setembro.

 
Os veteranos DJ Vibe e Rui Vargas irão atuar em modo B2B, enquanto que o número 70 do Top 100 da DJ Mag, Diego Miranda, vai ter Rodrigo Shá como participação especial.
 
Entre os nomes internacionais, o festival conta com a atuação de Headhunterz, Crookers e os brasileiros Alok, Felguk e Gui Boratto.
 
Confere abaixo o cartaz confirmado até ao momento da tenda eletrónica do Rock In Rio Brasil:
 
18 de setembro:
 
  • Kerry Chandler
  • Barbara Tucker
  • DJ Memê
  • Mary Olivetti, Kassin e O Baile do Lincoln (homenagem a Lincoln Olivetti)
  • Vivi Seixas e participação especial de Lustosa (homenagem a Raul Seixas)
 
19 de setembro:
  • Crookers
  • Headhunterz
  • Tropkllaz
  • A Liga
  • Chemical Surf
 
20 de setembro:
  • Matador
  • Pig + Dan
  • Gui Boratto
  • Flow&Zeo + Karina Zeviani
  • Elekfantz
 
24 de setembro (“Kids want Techno”):
  • Nome a anunciar
  • Vintage Culture
  • Anderson Noise + Mau Mau + Renato Cohen
  • 2 Attack com DJ Paula Chalup + Mau Mau
 
25 de setembro (“Brasil EDM worldwide”):
  • Alok
  • Volkoder
  • Felguk
  • Marcelo Cic
  • HNQO
 
26 de setembro (B2B):
  • Davide Squillace B2B Mathias Tanzman
  • DJ Vibe B2B Rui Vargas
  • Leo Janeiro B2B Leozinho
  • Conti B2B Mandi
 
27 de setembro
  • Nome a anunciar
  • Life Is a Loop (live)
  • Diego Miranda, com participação especial de Rodrigo Shá
  • Ely Yabu
  • Amanha Chang

 

 

Publicado em Rock in Rio
quinta, 02 agosto 2012 23:43

Delta Cafés aposta no mercado brasileiro

Delta Q foi a marca escolhida pela Delta Cafés para conquistar o mercado brasileiro, na sequência da decisão de estar presente diretamente naquele país. Uma decisão concretizada através da constituição da Delta Foods Brasil e da aquisição da Q-Brasil, que detinha a única loja da marca no país.
 
A entrada direta no mercado brasileiro visou capitalizar o potencial de crescimento que a economia brasileira em geral, e o mercado do café em particular, apresentam atualmente. Teve igualmente como objetivo acelerar o crescimento internacional do grupo, que já estava presente diretamente em Espanha, França, Luxemburgo e Angola. A estes países junta-se agora o Brasil.

No Brasil, o Estado de São Paulo foi o eleito para a projeção da presença direta da marca no Brasil, sendo, a partir de agora, a base do desenvolvimento da estratégia e serviços de apoio à expansão para este país.

Quanto à escolha da Delta Q deve-se ao facto de ser uma marca com um forte ADN de inovação, o que, segundo o grupo, constitui uma vantagem competitiva.
Publicado em Marcas
domingo, 02 março 2014 23:53

Tomorrowworld estuda edição no Brasil

No início de fevereiro o festival belga Tomorrowland viu 360 mil ingressos, para dois fins-de-semana, esgotarem em menos de uma hora prometendo a maior edição de sempre. No passado mês de setembro, o evento saíu pela primeira vez do espaço que o viu nascer, com uma edição internacional, intitulada "TomorrowWorld" que levou 150 mil festivaleiros a Chattahoochee Hills, nos Estados Unidos. Esse gigantesco sucesso está a levar a organização a estudar novas localizações para o festival.
 
Em 2013 os irmãos Manu e Michael Beers, responsáveis da ID&T, empresa tutora do Festival Tomorrowland, deram uma entrevista para o De Tijd, um jornal de finanças da Bélgica, onde falaram sobre os planos de implementar o Tomorrowland em todos os continentes. Esse mesmo jornal informou recentemente que os cérebros máximos da ID&T estão a projetar a possibilidade de realizar uma edição no país da cidade maravilhosa.
 
Entretanto e sem querer desvendar pormenores, ao mesmo jornal belga, a porta-voz da produtora, Debby Wilmsen referiu "Estamos a procurar países noutros continentes para uma expansão internacional do evento. Uma boa localização e a combinação do time ideal são condições essenciais para a realização do evento".
 
Recorde-se que o ano passado e sete meses após os comentários sobre a expansão do evento, o TomorrowWorld foi realizado em Chattahoochee Hills, na Georgia (Estados Unidos), local que também irá receber a segunda edição este ano, nos dias 26, 27 e 28 de setembro.
 
Publicado em Tomorrowland
Pág. 1 de 6
100% DJ. Projeto editorial independente cujos valores se guiam pelo profissionalismo, isenção e criatividade, tendo como base de trabalho toda a envolvente da noite nacional e internacional, 365 dias online.

Newsletter

Recebe novidades e conteúdos exclusivos no teu e-mail.