08-04-2020

  Diretor Ivo Moreira | Periodicidade Diária

Sobre Nós  |  Fala Connosco     

×

Alerta

JUser: :_load: Não foi possível carregar o utilizador com o ID: 109

Ter mais de 19 anos, disponibilidade para viajar e experiência em beber cerveja de forma responsável há mais de um ano são os requisitos necessários para ser um profissional da cerveja, de acordo com a Guinness.
A marca procura um candidato para promover e defender os seus valores, com direito a um contrato e a uma viagem à Fábrica da Cerveja em Dublin, para conhecer o legado desta cerveja.

O escolhido terá como funções descobrir a história e rituais da Guinness, beber cerveja, visitar bares e relatar a experiência nas redes sociais. O processo de seleção decorrerá até 28 de abril, na página da marca no Facebook.

O candidato selecionado terá um contrato de termo certo de seis meses com a agência de promoção da marca e deverá ser um comunicador nato, que defenda os valores de convivialidade e compreenda o que é a "experiência Guinness".
Publicado em Marcas
 
Levar a “amizade a sério” é o novo repto da Super Bock. Um apelo que pretende posicionar a marca junto dos consumidores portugueses através da valorização de valores como a emoção, partilha, autenticidade e convívio.
 
O novo conceito criativo que faz parte de uma megaprodução televisiva, apresentada ao país como um compromisso da marca em defesa das relações de amizade. Em comunicado, a marca refere que “numa conversa “olhos nos olhos” com o público, a Super Bock faz a construção de uma imagem de marca para o futuro, mais adulta, verdadeira, relevante, próxima e por isso também mais mobilizadora”.
 
O filme publicitário, com criatividade d’O Escritório, procura destacar-se pela fusão entre uma linguagem visual forte e um discurso implicativo e “perturbador”. Rui Freire, administrador marketing e comunicação Unicer, refere que “esta campanha é o primeiro passo de um movimento em que queremos mobilizar o consumidor para a criação de iniciativas que promovam genuínos gestos de amizade”.
 
O filme vem acompanhado de um investimento multimeios que reforça o novo posicionamento da Super Bock com “uma nova forma de estar no terreno e uma narrativa em que os verdadeiros amigos serão os heróis e voltarão a partilhar experiências, emoções e histórias”.
 
 
Publicado em Marcas
No próximo dia 20 de outubro o eixo entre a Rua do Açúcar e a Capitão Leitão recebe a segunda edição da Oktober Festa, a versão lisboeta da famosa festa e feira de cerveja alemã. O desafio lançado pelo Lisbon Beer District, colectivo marvilense que reúne a Dois Corvos, a Lince e a Musa, vai misturar a cerveja com a música, os pretzels com o chouriço assado, o passado histórico bairro industrial com a cidade cada vez mais virada para o mundo e para o futuro. 

A segunda edição da Oktober Festa acontece entre as 14 e as 2 da manhã, e terá dezenas de variedades diferentes de cervejas para experimentar, desde as mais refrescantes lagers às mais complexas stouts, passando pelas aromáticas IPAs, as desafiantes Sours ou a Marzen (a cerveja típica das Oktoberfest). Uma das novidades este ano será também o lançamento de três criações colaborativas com cervejas artesanais nacionais: a nortenha Letra, a lisboeta Oitava Colina a alentejana Barona.

Acompanhando o ritmo eclético da cidade, a música vai cruzar os diversos cantos que compõem o mapa da cidade, do world, à funk, da soul ao brass, com as escolhas musicais de DJ Quesadilla, Silk (frontmen dos Cais do Sodré Funk Connection), Pedro Primo Figueiredo, Johnny Chase, Abel Santos, entre outros.

A Oktober Festa contará ainda com uma conversa informal sobre o novo universo cervejeiro artesanal e uma prova comentada das cervejas colaborativas criadas de propósito para o evento.
Publicado em Eventos
O consumo médio per capita até pode ter descido, mas Portugal continua a um ser um dos países que consomem mais álcool.
 
Os novos dados foram divulgados esta segunda-feira num relatório da Organização Mundial da Saúde. Entre 2003 e 2010, o consumo do álcool em Portugal teve uma redução de 1,5 litros per capita, descendo de 14,4 no período 2003-2005 e para os 12,9 litros entre 2008-2010. Ainda assim um consumo mais elevado que a média europeia - desceu dos 11,9 litros para os 10,9. Na Europa, os homens consomem, em média, 18,7 litros per capita. Já as mulheres ficam-se pelos 7,6 litros, ou seja, menos de metade.
 
No documento, que contém uma lista com 44 países, a Bielorrússia surge como o país com consumo mais elevado - 17,5 litros de álcool per capita. É seguida de perto pela Moldávia, com 16,8 litros, e pela Lituânia, com 15,4.
 
Em território nacional, o vinho representa 55% do álcool consumido. Em segundo lugar surge a cerveja, com 31%, as bebidas espirituosas com 11% e outro tipo de bebidas com apenas 3%.
 
 
Fonte: Quero Saber.
 
Publicado em Mix
O Beer Generation Lisbon Festival chega pela primeira vez a Portugal entre os dias 15 e 17 de março, no Hub Creativo do Beato, com a presença de várias marcas de cerveja nacionais e internacionais e atuações de DJs.
 
Exposições, oficinas, conferências e performances de bandas e DJs fazem parte da programação do evento, que pretende proporcionar bons momentos junto dos amantes de cerveja portugueses.
 
Mr Mute, Vercetti, Daniel Belo, Tom Violence, David Polido e Johnny Chase são os DJs confirmados para a primeira edição do Beer Generation Lisbon Festival.
Publicado em Eventos
A Super Bock celebra o Verão com o lançamento da caixa para gelo Icebocks e de uma “cerveja especial mais leve, mais refrescante e de baixo teor alcoólico”, segundo refere a marca. Duas edições limitadas que já estão à venda e disponíveis apenas durante os próximos meses.

A Icebocks é uma caixa que permite a colocação de gelo no seu interior, refrescando as 24 Super Bock minis em apenas 30 minutos, mantendo a temperatura para consumo durante 5 horas.

Apesar de ter surgido no mercado nacional em 2010, este ano regressa com nova imagem, onde sobressai o elemento principal da embalagem, a frescura.

As duas edições especiais da marca de cerveja estão disponíveis em exclusivo nos hiper e supermercados.
Publicado em Marcas
A Rússia, país que recebe o próximo Campeonato Mundial de Futebol, em 2018, vai moderar a proibição que impôs à publicidade de cerveja até lá. Acredita-se que o evento, que tem a marca de cerveja Budweiser como bebida oficial, irá dar um impulso aos fabricantes de cerveja daquele país.
 
A expectativa é que o país gaste cerca de 20 mil milhões de dólares com o Mundial e o facto de atenuar as regras publicitárias podem permitir que seja beneficiado com os gastos de marketing das empresas de cerveja para o Campeonato.
 
A mudança na lei publicitária permite que cervejas, e bebidas à base de cerveja, possam ser promovidas na televisão, desde que o contexto esteja relacionado com o próximo Campeonato do Mundo. Uma mudança que beneficia todas as marcas de cerveja presentes naquele país, como por exemplo a Heineken e a Carlsberg.
 
O país, onde a cerveja só foi classificada formalmente como bebida alcoólica em 2012, tem apertado as regras ao mercado de álcool nos últimos anos, incluindo a proibição da publicidade deste tipo de bebida, como parte de uma campanha para reduzir o alcoolismo. Durante anos, a cerveja foi considerada um refrigerante na Rússia, país classificado entre os maiores consumidores de álcool do mundo. Mas, após muito debate, em 2012 o governo aprovou uma lei que considera a cerveja uma bebida alcoólica, proibindo assim a sua venda, por exemplo, em bancas de jornais ou no metro, como era comum até então.
 
Fonte: Imagens de Marca.
 
Publicado em Mix

 

Todos os amantes da série de animação “The Simpsons” conhecem a bebida preferida do protagonista Homer: a cerveja Duff. Ao longo dos anos, têm sido lançadas no mercado vários produtos semelhantes, mas nunca a versão original e oficial.
 
Depois de vários anos de luta entre a Fox e as versões não autorizadas da Duff, a empresa decidiu produzir oficialmente. O seu lançamento será no Chile, mas em breve a cerveja estará disponível em todo o mundo.
 
A venda da Duff vai começar naquele país da América Latina, pois é dos únicos territórios que não possui uma versão não oficial à venda. Até ao momento, apenas na Universal Studios em Orlando e Los Angeles era possível consumir a cerveja preferida de Homer Simpson.
 
Publicado em Marcas
A Gumelo, empresa que dinamizou a produção de cogumelos a partir de borras de café, vai lançar este mês no mercado nacional e internacional a Gumelo UMA, uma cerveja feita a partir de cogumelos.
 
Disponível em dois tipos de cerveja - a Porcini Weiss e a Porcini Dunkel -, a Gumelo UMA foi desenvolvida pela própria Gumelo e pela Faustino Microcervejeira, um dos principais produtores de cerveja artesanal em Portugal.
 
Tiago Marques, um dos fundadores da Gumelo, explica que o que levou à criação da cerveja de cogumelos foi “a nossa paixão por cogumelos que é tão grande como a nossa paixão por cerveja. Agora juntámos as duas e criámos uma cerveja artesanal com cogumelos.”
 
Para produzir a UMA, a Gumelo desenvolveu uma forma de fazer um extrato líquido de cogumelos, que conserva a sua essência e os seus aromas. Este extrato é adicionado a uma receita de cerveja, desenvolvida para potenciar esta fusão.
 
“A Gumelo UMA, composta por trigo e aromatizada com extrato de cogumelos, é produzida apenas com ingredientes naturais, sem aditivos nem conservantes, e sem injeção artificial de CO2. O gás presente na cerveja é fruto do processo natural de fermentação”, refere a marca em comunicado.
 
A Gumelo UMA será comercializada através do seu site oficial, em lojas gourmet, em lojas de presentes e em concept stores.
Publicado em Marcas
A Carlsberg, detida em Portugal pela Unicer, será a cerveja oficial da Barclays Premier League ao longo das próximas três temporadas, reforçando assim a sua ligação aos eventos desportivos.

A marca é patrocinadora oficial do campeonato UEFA Euro deste 1998, apoiando também clubes ingleses como o Arsenal e o Liverpool.

Para o grupo Carlsberg, esta parceria vai permitir a criação de uma plataforma a longo prazo que agregue consumidores e amantes de futebol em todo o mundo, gerando um maior envolvimento com a marca.

Já para a Premier League, o empenho e o investimento de parceiros comerciais como a Carslberg vai ajudar a manter a elevada qualidade da competição.
Publicado em Marcas
Pág. 1 de 8
100% DJ. Projeto editorial independente cujos valores se guiam pelo profissionalismo, isenção e criatividade, tendo como base de trabalho toda a envolvente da noite nacional e internacional, 365 dias online.

Newsletter

Recebe novidades e conteúdos exclusivos no teu e-mail.