17-02-2019

  Diretor Ivo Moreira | Periodicidade Diária

Sobre Nós  |  Fala Connosco     

O Lisboa Dance Festival vai decorrer nos dias 9 e 10 de março no Hub Criativo Beato em Lisboa e já conta com o seu alinhamento completo. Como cabeças de cartaz, estão confirmados NÃO e Nosaj Thing (live) no primeiro e segundo dia, respetivamente.
 
No line-up constam ainda nomes como Octave One, Monooc, Romare, Leon Vynehall, Optimo/Xinobi, Max Graef, Rastronaut, Gnu Panic, Dupplo, DJ Glue, Shaka Lion, DJ Marfox, Migue Torga, Joe Goddard, Midland, Steffi Truncate, Mirror People, Prins Thomas, Moomin, Saoirse, Bawrut, Pedro, Mvria, Ramboiage, DJ Kitten, Paraguaii, Antonio Bastos e Himan.
 
As conferências do Lisboa Dance Festival têm como temas as “Marcas na música”, “LX: uma cidade que dança com turistas” e “Como é que Lisboa é vista de fora?” e contam com oradores Branko, Vitor Belanciano, Ryan Miller, Luis Oliveira, Rui Murka, Karla Campos, Rui Miguel Abreu e Pedro Gonçalves.
 
O segundo dia do Lisboa Dance Festival conta com 12 horas de música seguida, com início às 16 horas. A marca de automóveis Kia fechou uma parceria com a organização do festival liboeta e promete transportar gratuitamente os festivaleiros de vários pontos da capital portuguesa para o recinto do evento, entre as 18h e as 03h30.
 
Os bilhetes já se encontram disponíveis a preços entre os 30 e os 69 euros nos locais habituais.
 
Publicado em Festivais
É um dos nomes da dance scene nacional que todos devem ouvir, ver e lembrar. Com uma carreira além fronteiras, Moullinex pisou o palco Music Valley na edição deste ano do Rock in Rio Lisboa numa atuação energética que pôs todos os presentes a dançar. O Portal 100% DJ esteve à conversa com o artista português nos bastidores do  evento e além da sua carreira, falou-nos sobre as suas parcerias e ainda do seu novo tema editado pela famosa Majestic Casual.
 
Como surgiu a oportunidade de criares remixes para os Two Door Cinema Club ou Cut Copy?
Comecei por fazer remixes não oficiais. Colocava-os online e comecei a ter alguma atenção em blogs, com pedidos para remixes oficiais. O primeiro grande remix foi o dos Cut Copy e mudou muita coisa, começaram a chamar-me aqui e ali para tocar e fazer remisturas. Com os Two Door Cinema Club surgiu nesse mesmo contexto, foi a editora deles que fez o convite. De facto, fiquei muito contente com esse início, foi uma grande ajuda para tudo o que faço agora.
 
Juntamente com Xinobi, és proprietário da editora Discotexas e já trabalharam muitas vezes juntos. O que vos ligou?
Desde o início do projeto Moullinex que eu trabalho com o Bruno (Xinobi), em “modo ping-pong”. Na altura em que eu lhe comecei a falar foi quando ele estava numa banda de rock português, a Vicious Five, que eu gostava muito e quis fazer uma remistura deles. Quem me respondeu ao pedido foi o Xinobi, que era o guitarrista. A partir daí começámos o nosso processo de “ping-pong” que nos motivou muito e então fazia todo o sentido criar a editora. Nós somos praticamente irmãos e vejo-o como um irmão mais velho e o projeto da editora acabou por fazer todo o sentido, para podermos editar a nossa própria música com aquela excitação da ingenuidade, de achar que era tudo muito fácil. É claro que nem sempre é. Fazemos edições digitais e físicas, em vinil e CD, mas editar música digitalmente hoje é muito fácil. Temos a sorte de ter muita gente por todo o mundo que nos apoia.
 
 
Como é aceitar um convite de pisar palcos de grandes festivais como o NOS Primavera Sound ou o Rock in Rio?
É com muito empenho, sobretudo numa altura em que me colocam a tocar em horários nobres e então é um privilégio muito grande. Normalmente respondo a estes desafios com muito trabalho e quero sempre dar o melhor de mim e o melhor espetáculo possível.
 
E o público adere, certamente...
Sim. Tem sido assim e é muito bom sentir esse carinho.
 
Fala-nos do teu tema mais recente, “Dream On”, editado pela Majestic Casual.
Essa editora começou como um canal de Youtube, normalmente com uma fotografia nos vídeos de uma menina bonita ou de um pôr-do-sol, mas depois ficou associada a um certo estilo de música mais chill e alguma eletrónica mais etérea. Na altura, eu tinha esse tema terminado e queria editá-lo o mais rápido possível. A editora mostrou interesse imediato, uma vez que já tinham publicado alguns temas meus e decidimos experimentar. Não queria ter a pressão de associar a música a um álbum ou numa edição mais longa. Tem corrido muito bem. Estou contente.
 
 
O que podes desvendar acerca da tua carreira a curto prazo?
Ainda estou a tocar muito este álbum que saiu em outubro. Acho que funciona muito bem em espetáculo ao vivo com banda e o Ghettoven a interpretar as diferentes personagens que são os cantores convidados. Estou a trabalhar em faixas novas, apesar de ainda não saber se serão apenas singles ou se irei incluir num novo álbum. Tenho uma linha de montagem quase alinhada de coisas para sair e não quero estar à espera de ter 20 músicas prontas para editar um álbum. Vou lançando músicas à medida que elas estiverem prontas e se for caso disso, editá-las. Se depois fizer sentido, ou não, incluí-las num álbum logo decido. Mas, por causa de vir também do mundo da pista, gosto muito de álbuns porque cresci a ouvir artistas de álbuns mas, também venho do mundo das 12 polegadas e faz sentido que as coisas saiam depressa. É uma tirania ter uma música pronta e ter de esperar 5 ou 6 meses para que elas saiam e então gosto de subverter esse processo. Como somos donos da nossa própria editora e donos do nosso destino, temos recursos para o fazer. É um privilegio, claro.
 
Que mensagem gostarias de deixar aos leitores e seguidores do Portal 100% DJ?
Continuem a apoiar a música de dança feita em Portugal. Acho que estamos num momento muito saudável da música de dança portuguesa e é bom sentir isso tanto a falar com público mais jovem como os da velha guarda. Apesar de já não me sentir desta geração, admiro os dois lados e sinto-me um bocado no meio disto tudo. É bom sentir que estamos a viver um momento muito saudável e os artistas estão muito bem representados nos festivais nacionais e internacionais. Para mim, é um privilégio que haja também pessoas interessadas em cobrirem o que está a acontecer, como vocês, e desejo o meu maior apoio para o vosso trabalho.
 

Publicado em Entrevistas
NEW_ID e Vendark são as mais recentes confirmações para a edição deste ano do festival Dancefloor, que vai decorrer nos dias 27 e 28 de julho, no estádio municipal Dr. Magalhães Pessoa, em Leiria.
 
O holandês NEW_ID foi um dos artistas que tem vindo a ser destacado pelos Swedish House Mafia, tendo já assinado um tema pela Axtone Records, editora de Axwell. Vendark é um novo talento português companheiro dos KEVU, que lançou no ano passado um tema pela Revealed Recordings.
 
A estes nomes juntam-se os já anunciados Noisecontrollers, KEVU, Will Sparks, Zatox, Vinai, Blasterjaxx, Audiotricz, Borgore, Tujamo e Nicky Romero. O Portal 100% DJ é Media Partner Oficial deste festival.
 
Os bilhetes já se encontram à venda e podem ser adquiridos na Bilheteira Online. Confere abaixo todos os artistas confirmados nos respetivos dias:
 
27 de julho:
 
Noisecontrollers
KEVU
Will Sparks
Zatox
Vinai
Nicky Romero
Vendark
 
28 de julho:
 
Blasterjaxx
Audiotricz
Borgore
Tujamo
NEW_ID
 
 
Publicado em Festivais
domingo, 29 abril 2018 21:47

Tujamo confirmado no festival Dancefloor

O DJ e produtor alemão Tujamo é a mais recente confirmação para o festival Dancefloor, que vai decorrer no estádio municipal Dr. Magalhães Pessoa, em Leiria nos dias 27 e 28 de julho.
 
Depois de percorrer o mundo e pisar o palco de grandes festivais como o Tomorrowland e Creamfields, Tujamo chega este verão a Portugal para apresentar uma atuação única e repleta de energia, onde certamente não irão faltar os hits “Booty Bounce” ou “Drop That Low (When I Dip)”.
 
Tujamo junta-se assim a Nicky Romero, Borgore, Blasterjaxx, Will Sparkz, Audioctricz, Noisecontrollers e KEVU no line-up do festival português.
 
Os bilhetes já se encontram à venda a partir de 10 euros. O Portal 100% DJ é Media Partner Oficial deste evento.
 
Publicado em Festivais
quarta, 01 julho 2009 23:30

Novas confirmações no Rock One 2009

Há novas confirmações para o Rock One Portimão!
É entre 5 e 8 de Agosto que o Rock One promete encher o Autódromo Internacional do Algarve com muita música e desporto automóvel.
Serão 4 dias em que a pura animação estará em pleno Algarve pela primeira vez.

Assim, no dia 5 de Agosto o cartaz será composto por James Morrison, Mia Rose e The WaterBoys.
Bloc Party, Os Pontos Negros e Dub Inc sobem ao palco principal dia 6 de Agosto já no 7 de Agosto é a vez de James, Ana Free, Bjorn Again e Gipsy Kings.
No último dia do festival, dia 8, podes ver e ouvir The Offspring, Fonzie, Tara Perdida e My Bloody Valentine.

O bilhete diário fica por 50 euros e o passe de 4 dias por 80 euros. Se juntares um grupo de amigos e forem quatro então o preço do bilhete diário para as quatro pessoas fica por 80 euros e os quatro dias para as quatro pessoas 240€. As crianças entre os 3 e 10 anos passam a 5 euros.
Publicado em Festivais

 

A rádio Nova Era lançou esta semana o passatempo “Melhor Ouvinte do Mundo Abre a Melhor Beach Party da Europa”, que dá a oportunidade a um DJ e produtor de atuar no mesmo palco que Steve Angello, Dimitri Vegas & Like Mike ou R3hab, nos dias 3 e 4 de julho, na Praia do Aterro, em Matosinhos.
 
Para participares no concurso, consulta o regulamento na página oficial da Nova era. Numa das edições anteriores deste passatempo, o vencedor foi Francisco Cunha, que lançou recentemente o seu primeiro single.
 
A Nova Era Beach Party já está em contagem decrescente e o line up já está completo. Os bilhetes estão disponíveis em pré-venda até ao dia 31 de maio nos locais habituais, entre os 15 (bilhete diário) e os 25 euros (passe geral).
 
 
Publicado em Festivais
O festival Milhões de Festa regressa à cidade de Barcelos entre os dias 6 e 9 de setembro e promete ser mais uma edição de sucesso, com um cartaz que também inclui artistas de música eletrónica.
 
Ensemble Insano, Indignu, Circle, Warmduscher, Electric Wizard, Gazelle Twin, Gonçalo, Mouse on Mars ou UKAEA são alguns dos artistas clubbing e eletrónica confirmados para a edição deste ano do festival.
 
Os bilhetes estão disponíveis nos locais habituais a preços entre os 20 e os 60 euros. Confere abaixo os artistas de música eletrónica confirmados, nos respetivos dias:
 
Quinta – 6 de setembro
Ensemble Insano
Indignu
700 Bliss
The Mauskovic Dance Band
DJs da Casa

Sexta – 7 de setembro
Squarepusher
Circle
Warmduscher
Lena d’Água e Primeira Dama com a Banda Xita
Krake Ensemble
Scúru Fitchádu
Cumbadélica
Mirrored Lips
Cacilhas
Grabba Grabba Tape
DJ K-Sets
The Evil Usses

Sabádo – 8 de setembro
Electric Wizard
Gazelle Twin
The Bug feat. Miss Red
Nubya Garcia
DJ PayPal
Bala
Natalie Sharp apresenta BodyVice
Vaiapraia e as Rainhas do Baile
Afrodeutsche
WWWater
Kink Gong
Gonçalo
Eduardo Morais

Domingo – 9 de setembro
Os Tubarões
Mouse on Mars
The Heliocentrics
UKAEA
Pharaoh Overlord
Tajak
Suave Geração
Paisiel
Independent Music Podcast
 
 
Publicado em Festivais
 
Pelo segundo ano consecutivo, o Talk Fest lançou o questionário do perfil do festivaleiro, com o objetivo de ouvir as opiniões do público alvo dos festivais de música em Portugal. O questionário está mais abrangente e complexo e ao preenchê-lo na sua totalidade, podes habilitar-te a ganhar bilhetes para os festivais de 2015.
 
Outra novidade para a segunda edição deste questionário é a nova parceria com a Associação Portuguesa de Festivais de Música (APORFEST). Os resultados serão apresentados no Talkfest’15, que irá decorrer de 4 a 6 de março do próximo ano, em Lisboa.
 
Para responder ao questionário, clica aqui.
 
Publicado em Festivais
É um dos mais reconhecidos e talentosos DJs e produtores portugueses e sobe ao palco do North Music Festival no próximo fim-de-semana. DJ Ride tem atuação marcada no evento, que vai decorrer na Alfândega do Porto, no dia 26 de maio.
 
No cartaz deste festival constam ainda nomes como Gogol Bordello, Guano Apes, Linda Martini, Da Chick, Ermo, Xinobi (live), The Prodigy, Mão Morta, Slow J, First Breath After Coma e Rich & Mendes.
 
Os bilhetes encontram-se à venda nos locais habituais com preços entre os 35 e os 59 euros.
 
Recorde-se que DJ Ride foi um dos artistas portugueses mais votados para fazer parte do TOP 30 de 2017 do Portal 100% DJ, ficando colocado na posição número 9. O DJ e produtor, ao lado do seu colega Stereossauro, atuaram nas últimas semanas no palco da Eurovisão e ainda na final da Taça de Portugal de Futebol, como Beatbombers.
 
Publicado em Festivais
O festival Tomorrowland está de regresso a Boom, na Bélgica, para mais uma edição que promete ficar para a história, nos dias 20, 21, 22, 27, 28 e 29 de julho. Com o tema “The Story Of Planaxis”, o evento vai contar com o habitual livestream.
 
A transmissão ao vivo vai estar disponível no site oficial do Tomorrowland durante os dias do festival, para todos aqueles que não conseguiram os tão desejados bilhetes. Até ao momento ainda não foram confirmados os artistas e palcos que serão transmitidos, mas a organização revelará novas informações em breve.
 
A edição deste ano do Tomorrowland conta com a atuação de grandes nomes como Armin van Buuren, Dimitri Vegas & Like Mike, Afrojack, os portugueses Diego Miranda e Kura, entre muitos outros. No dia 27 de julho, os festivaleiros vão ainda ter a oportunidade de assistir a um grande fenómeno natural: um eclipe lunar chamado de “Lua de Sangue”, que vai acontecer durante a atuação de Tiesto.
 
Publicado em Tomorrowland
Pág. 1 de 13
100% DJ. Projeto editorial independente cujos valores se guiam pelo profissionalismo, isenção e criatividade, tendo como base de trabalho toda a envolvente da noite nacional e internacional, 365 dias online.

Newsletter

Recebe novidades e conteúdos exclusivos no teu e-mail.