21-06-2021
  Diretor Ivo Moreira  \  Periodicidade Diária

Um incêndio destruiu o edifício onde funcionava a conhecida discoteca “Figa Club” em Argoncilhe, Santa Maria da Feira, durante a madrugada desta terça-feira. 

 
O proprietário da casa vive a poucos metros de distância e começou a ouvir vários barulhos e explosões por volta das cinco da manhã. Quando este saiu à rua para ver o que se passava deparou-se com um enorme incêndio e já só teve tempo de chamar os bombeiros, sem conseguir recuperar nada do interior do edifício totalmente consumido pelas chamas. 
 
A casa ficou completamente destruída registando avultados prejuízos ao seu proprietário e ao gerente da Discoteca. Ao local acorreram os bombeiros de Lourosa e a GNR sendo que ainda não são conhecidas as causas do incêndio. Não há registo de vítimas, pois o edifício estava vazio quando o fogo começou.
 
A noite portuguesa fica agora mais pobre, com esta tragédia que se abateu neste reconhecido espaço que sempre primava pela excelência de servir os seus clientes. 
 
A gerência fez entretanto um comunicado na página oficial do espaço, o qual transcrevemos na íntegra.
"Figa sofreu hoje um violento incêndio. Sabemos que o Figa era a grande casa da noite nos últimos tempos na zona onde se situa. Sabemos que o Figa estava forte, a mostrar o melhor lado da noite, com os melhores artistas, o melhor staff, as melhores instalações, o melhor som, a melhor discoteca. Figa incomodou, Figa mostrou ser grande e Figa ardeu. Ardeu mas não morreu. Nem a falta de seguro vai fazer com que o Figa deixe de renascer. Figa não é cobardia. Todas as pessoas do Figa, todo o staff, toda a gente que levantou o Figa está disposta a levanta-lo de novo. Lamentamos, ficamos tristes, mas não perdemos o rumo de devolver a melhor noite da zona do porto a quem a merece, aos nossos clientes. Estejam preparados, o Figa voltará ainda mais forte."
 
 
Fonte: Correio da Manhã.
 
Publicado em Nightlife
segunda, 29 junho 2015 18:15

Incêndio deflagra na discoteca Main

 

A discoteca Main, uma das mais famosas de Lisboa, sofreu um pequeno foco de incêndio no passado sábado, dia 27 de junho, pelas 07h00. Os proprietários do espaço noturno publicaram um comunicado oficial na página oficial de Facebook do Main, revelando que a discoteca voltará a abrir “no final de setembro”.
 
Até ao momento são desconhecidas as causas do incêndio que deflagrou na área de serviços do último piso, “aguardando-se o relatório dos Bombeiros e a avaliação dos estragos”. O foco de incêndio aconteceu “já com a discoteca vazia, apenas com o pessoal do staff”, (...) “que teve a intervenção pronta dos Bombeiros Sapadores de Lisboa, chamados ao local.
 
Entretanto, todas as festas marcada para o Main foram transferidas para o mais recente club do grupo, o Böoks em Alcântara.
 
 
Publicado em Nightlife
Um incêndio deflagrou, esta sexta-feira à noite, numa discoteca de Bucareste, na Roménia, quando decorria um concerto para celebrar o Halloween. Pelo menos 27 pessoas morreram e mais de 150 ficaram feridas.
 
O fogo no "Club Colectiv", no centro da capital romena, teve início perto das 23:00 (21:00 em Lisboa), numa altura em que entre duas a quatro centenas de pessoas se encontravam no interior do espaço noturno para assistir à promoção do novo álbum do grupo de rock local "Goodbye to Gravity", acompanhado por um espetáculo de luz com efeitos pirotécnicos.
 
Dos cerca de 200 feridos, 146 foram hospitalizados por queimaduras, inalação de fumo e outros ferimentos, disse o secretário de Estado do Interior, Raed Arafat.
 
Os sobreviventes falaram do horror que se desenrolou quando o fogo-de-artifício - utilizado durante o espetáculo da banda de heavy metal - desencadeou um incêndio, seguido pelo pânico entre as pessoas que procuravam a saída. Entretanto as últimas informações indicam que "há indícios" de que as regras de segurança não foram respeitadas.
 
O Governo declarou três dias de luto nacional e realizou hoje uma reunião do gabinete de emergência.
 
Incidentes semelhantes ocorreram na discoteca Kiss, em Santa Maria, no Brasil, em 2013, que matou 242 pessoas, e na discoteca República Cromañon, em Buenos Aires, em que 192 pessoas perderam a vida em 2004.
 
Fonte: Jornal de Notícias.
Publicado em Nightlife
segunda, 24 outubro 2011 19:17

Incêndio destruiu discoteca Vogue

Um incêndio destruiu ontem à noite as instalações da discoteca Vogue, na zona industrial do Porto, disse hoje à Lusa fonte da PSP.

De acordo com a fonte, houve "perda total" do espaço, que aquela hora se encontrava encerrado.
O fogo, que deflagrou cerca das 18:30h, obrigou ao corte ao trânsito da Avenida Fontes Pereira de Melo e afectou os edifícios contíguos, um estabelecimento de restauração e as instalações do Instituto da Mobilidade e dos Transportes Terrestres (IMTT).

Estes dois edifícios foram, sobretudo, afectados pelo fumo intenso provocado pelo incêndio.

Os Sapadores do Porto estiveram no combate às chamas, com 16 homens auxiliados por seis viaturas.

As causas do incêndio, que foi dado como extinto cerca das 21:45h, estão a ser investigadas pela Polícia Judiciária.
 
Fonte: I Online.
Publicado em Nightlife
Cerca de 160 operacionais apoiados por 42 viaturas e quatro meios aéreos, combateram esta tarde um incêndio que deflagrou nas imediações do festival Andanças, em Castelo de Vide (Portalegre), que obrigou à retirada de quatro mil pessoas do recinto do festival e danificou centenas de viaturas. 
 
O alerta foi dado às 15 horas e fonte da GNR indicou à agência Lusa que o fogo teve origem numa viatura estacionada num parque, que fica localizado a "algumas centenas de metros" do recinto do festival. O incêndio destruiu centenas de viaturas e não causou danos pessoais.
 
"O recinto do festival não esteve em perigo, nem foi evacuado", explicou a fonte, indicando, contudo, que as autoridades aconselharam os festivaleiros a abandonar o local, por precaução.
 
Em declarações aos jornalistas, Graça Gonçalves, da organização do Andanças, afirmou que “há condições para manter o festival em funcionamento” e que, da parte dos promotores, “está tudo a postos para continuar”, aguardando-se apenas a autorização das diferentes forças de segurança e socorro. Haverá, no entanto, algumas alterações na programação.
 
O Andanças - Festival Internacional de Danças Populares decorre desde segunda-feira nas margens da albufeira de Póvoa e Meadas, no concelho de Castelo de Vide.
 
Promovida pela PédeXumbo, Associação para a Promoção da Música e Dança, a 21.ª edição do festival esperava receber, até domingo, 40 mil visitantes, numa área de 28 hectares.
 
 
 
Publicado em Festivais
A discoteca Espíritos Club foi, ontem à noite, consumida pelas chamas de um dos muitos incêndios que lavram na zona centro do país. O espaço de diversão noturna de Oliveira do Hospital estava aberto desde 2001.
 
“Não tenho palavras, esta ‘grande casa’ eu tratava por tu”, referiu Stikup no seu perfil pessoal de Facebook, enquanto que Overule afirmou que a discoteca “foi um dos primeiros clubs” que acreditou no seu trabalho”.
 
Até ao momento, a gerência do espaço não comentou o sucedido. Diego Miranda, Stikup, Wao, Overule, Ninja Kore e Club Banditz foram alguns dos artistas que já pisaram a cabine do Espíritos Club durante os vários anos de festa.
 
Publicado em Nightlife
O Yamba Bar, espaço de restauração que ficou destruído na sequência de um incêndio a 23 de maio, lançou recentemente uma campanha de crowdfunding que terá como objetivo a sua reconstrução. 

"Dois anos de amor, criatividade, amizade, experiências e celebração da vida que ficaram reduzidos a cinzas", partilha o bar na página da campanha de angariação de fundos criada na plataforma GoFundMe.

O proprietário explica que os seguros foram negados e pede ajuda a todos para poder reerguer o espaço. "Neste momento, estamos a angariar fundos para apoiar a nossa equipa e iniciar a limpeza."

Nos últimos dias, foram já vários os artistas internacionais que se uniram em torno do apelo do Yamba, que neste momento arrecada mais de 74 mil euros para a sua reconstrução. O limite foi fixado nos 95 mil euros.
 
"O Yamba foi construído com amor, inclusão e trabalho de equipa. O nosso objetivo é reconstruí-lo da mesma forma, um passo de cada vez" acrescentou o proprietário.

Recorde-se que este espaço localizado na Praia do Castelo (Costa da Caparica) tinha sido nomeado pela revista norte americana Condé Nast Traveler como um dos melhores bares de praia do mundo para este verão de 2021.
 
Publicado em Mix
domingo, 04 dezembro 2016 14:54

EUA: incêndio em discoteca faz nove mortos

Pelo menos nove pessoas morreram e mais de duas dezenas estão dadas como desaparecidas na sequência de um incêndio durante uma festa de música eletrónica em Oakland (Califórnia) nos Estados Unidos. Face ao número de vítimas que estarão entre os destroços, as autoridades admitem que o número de mortos possa chegar aos 40.
 
O incêndio deflagrou por volta das 23h30 locais de sexta-feira (7h30 de sábado em Portugal continental) na sala de espetáculos Ghost Ship, perto da baixa de Oakland, onde várias dezenas de pessoas assistiam a um espetáculo do projeto eletrónico Golden Donna de Joel Shanahan. 
 
As operações de resgate estão a ser demoradas porque o telhado do armazém ruiu. Teresa Deloach-Reed, porta-voz dos bombeiros locais confirmou ao jornal East Bay Times que o telhado colapsou, dificultando o trabalho das equipas no local e explicou que a maior parte das vítimas mortais foram encontradas no segundo andar do edifício. No evento estavam entre 50 a 100 pessoas.
Publicado em Nightlife
No Brasil cerca de 245 pessoas morreram num incêndio. Tudo aconteceu numa discoteca na cidade de Santa Maria no Rio Grande do Sul chamada 'Kiss'. As chamas surgiram por volta das 02:30h quando o vocalista da banda fazia uma espécie de espectáculo pirotécnico utilizando uma espécie de sinalizador.

As faíscas atingiram a espuma do isolamento acústico e as chamas propagaram-se rapidamente. Segundo o Jornal "O Globo" o prédio ficou destruído e corre risco de desabamento.

O incêndio provocou pânico e muitas pessoas não conseguiram chegar à saída de emergência, que, segundo

Além dos 245 mortos haverá dezenas de feridos. "O Globo diz" que na altura do acidente estavam cerca de 400 jovens no local.
 
Notícia atualizada às 15:44 horas.
Publicado em Nightlife
As instalações do Yamba Bar, espaço de restauração localizado na Praia do Castelo, na Costa da Caparica, foram consumidas por um incêndio que deflagrou durante a noite do passado domingo. As causas estão a ser investigadas pela Polícia Judiciária de Setúbal.

Apesar dos danos materiais, não houve registo de vítimas, uma vez que o espaço encontrava-se vazio na altura do incêndio que foi dado como circunscrito ao início da madrugada de segunda-feira.

Estiveram envolvidos nas operações de rescaldo 50 operacionais e 19 viaturas das corporações de Almada, Amora, Cacilhas, Trafaria e da Associação Humanitária de Bombeiros Mistos do Concelho do Seixal.

O Yamba Bar tinha sido recentemente nomeado pela revista norte americana Condé Nast Traveler como um dos melhores bares de praia do mundo para este verão de 2021. O espaço tinha sido inaugurado o ano passado.
Publicado em Mix
Pág. 1 de 2