20-08-2019

  Diretor Ivo Moreira | Periodicidade Diária

Sobre Nós  |  Fala Connosco     

segunda, 05 junho 2017 21:30

Mauro Barros edita novo tema

O DJ e produtor português Mauro Barros acaba de lançar um novo single. Intitulado de “Hold Me Now”, é uma colaboração com o artista madeirense Franco, vencedor do Europe Greatest Achivement Award de 2014.
 
Depois de “Donatello” e “Set Me Free”, o novo tema de Mauro Barros é um registo um pouco diferente daquilo que os seus fãs estão habituados, mas promete ser um sucesso de verão.
 
“Estou muito contente e orgulhoso do resultado final”, afirmou Mauro Barros na sua página oficial de Facebook. A faixa já está disponível no Spotify, iTunes, Apple Music, MEO Music e Youtube.
 
Recorde-se que Mauro Barros foi um dos artistas selecionados pelos leitores e seguidores do Portal 100% DJ para fazer parte do Top 30 de 2016, ficando colocado em 15º lugar.
 
{youtube}WTXO9qb3Ik8{/youtube}
Publicado em Música
O DJ e produtor português Zinko continua a dar que falar. Depois de um ano em grande, tendo ficado em 19.º lugar do TOP 30 de 2018 do Portal 100% DJ, o artista português acaba de lançar uma colaboração com a dupla Club Banditz, intitulada "Forever".

A faixa de house progressivo durou cerca de dois anos a ser produzida. "Foi sem dúvida uma das melhores músicas que produzi, talvez por ter algum sentimento quando a fiz, as influências que deixei na faixa vêm de um house mais antigo, de quando começámos a ouvir a música eletrónica em palcos principais", revelou Zinko.

"Forever" tem o selo da Aftercluv, que pertence à Universal Music Group norte-americana e já conta com o apoio de inúmeros artistas nacionais e internacionais. 

Outra das novidades na carreira de Zinko é a criação de uma "Oficina de Produção" no Centro Juvenil de Montemor-O-Novo. Este workshop de produção musical totalmente gratuito, conta com o apoio do Município da cidade alentejana, do Centro Juvenil e ainda dos artistas blaeckfull e Xxoy. Este novo projeto arrancou no passado dia 11 de fevereiro e estende-se até ao dia 17 de junho. 

Os interessados que não vivem naquela cidade, poderão participar neste workshop entre os dias 1, 2 e 3 de março, no mesmo local.
 
Publicado em Artistas
O jovem DJ e produtor Prilho lançou no passado dia 6 de março a sua mais recente produção musical, intitulada de “Gamer”, com o selo da editora Noise Control. Outra das novidades do português é a sua próxima digressão pelos Açores.
 
A faixa já se encontra disponível para compra no Beatport e promete fazer furor nas pistas de dança nacionais nos próximos meses, tendo já o apoio de nomes como Ummet Ozcan, Diego Miranda, DJ Bl3nd e Thomas Gold.
 
Na próxima semana Prilho parte em direção aos Açores com uma tour que irá passar pelo Marginal Club (Terceira), Xtra Primavera ’17 (Pico) e Entre Montes (Faial) nos dias 13, 14 e 15 de abril, respetivamente.
 
O videoclip oficial também já foi lançado e retrata o dia-a-dia do jovem artista de música eletrónica nas suas atuações e nos bastidores das mesmas, disponível para visualização na página oficial de Youtube de Prilho.
 
Recorde-se que Prilho lançou no ano passado uma colaboração com Diego Miranda com o nome de “Kami”.
 
{youtube}_9aNS4eFiOc{/youtube}
Publicado em Música
Natural de Viseu, este jovem promessa da música eletrónica, apenas precisa de uns headphones e de um computador portátil para fazer aquilo que lhe dá mais prazer: produzir música.
Reconhece que é um privilegiado por poder trabalhar em conjunto com um dos maiores nomes nacionais - Pete Tha Zouk, com quem está atualmente a produzir o tema “We Are Tomorrow".
A sua música "Layers" foi apoiada por vários artistas, onde também a podemos encontrar nalguns discos da editora Vidisco. É o nome a ter em conta. Quisemos conhecer melhor o seu trabalho. Fomos ao encontro de Deepblue...

 

Como e quando é que a produção musical te despertou interesse?
Quando tinha os meus 16 anos de idade. Nessa altura já praticava o Djing, e comecei a pensar “será que esta música ficaria melhor com esta alteração?”. No dia seguinte, comprei uma revista que trazia um CD com loops. Nesse mesmo dia, comecei a cortar e juntar esses loops de diferentes formas, até chegar ao ponto onde estou agora.

 
'Em que' ou 'No que' te inspiras para produzir uma música?
Normalmente, para a inspiração surgir, faço caminhadas por diferentes locais, aprecio a paisagem e imagino um momento musical para essa situação. Tento representar a paisagem que vejo, através de um conjunto de elementos musicais.
Essa inspiração surge também com diferentes situações que ocorrem ao longo do meu dia e da minha vida.

Por dia, quantas horas perdes em frente ao ‘FL Studio’?
No mínimo duas horas. A minha média é por volta das cinco horas diárias. Sou um viciado pela área, quero sempre aprender mais. É uma paixão.
 
Quando acabas de a produzir, como te sentes? Ficas logo 'pronto para outra'?
Sinto-me feliz por ter conseguido transmitir tudo o que queria numa só faixa. Depois de poucos dias a dar descanso aos ouvidos e à criatividade, estou de volta ao trabalho.
 
Como classificas a tua linha musical?
Considero que a minha linha musical se enquadra dentro de um house progressivo, no entanto mais melódico e alegre, mais divertido.
 
Como classificas a atual produção musical eletrónica em Portugal?
Sem dúvida que está a melhorar significativamente. Cada vez mais há novos talentos a surgir, a produzir muito boa música, e penso que estamos a evoluir num bom sentido, de modo a que Portugal seja mais reconhecido por todo o Mundo.
 
A música 'layers' foi fortemente apoiada por vários artistas. Tinhas noção de que a mesma poderia ter esse grande apoio?
Não. Para mim, a “Layers” era apenas mais uma faixa. Claro que, considerei que a faixa era o meu melhor trabalho até aquela altura, e fiquei contente com o resultado. No entanto, nunca esperei ter apoio de qualquer artista, muito menos de grandes artistas!
 

"(...) Cada vez mais há novos talentos a surgir, a produzir muito boa música, e penso que estamos a evoluir num bom sentido, de modo a que Portugal seja mais reconhecido por todo o Mundo."

 
Sabemos que estás a co-produzir um tema com Pete tha Zouk. Consideras-te um privilegiado por poder trabalhar com um TOP DJ Português?
De certa forma considero-me privilegiado, mas no entanto não me considero superior a ninguém. É uma sensação excelente, que me proporciona uma enorme felicidade e orgulho, pois é um sinal que o meu trabalho está a ser reconhecido, cada vez mais.

Qual foi o tema que te deu mais prazer de produzir até agora? E porquê? Algum motivo especial?
Sem dúvida que o tema que mais prazer me deu de produzir, foi o “We Are Tomorrow” com o Pete Tha Zouk. Nós os dois juntámo-nos, conseguimos sincronizar as nossas ideias, e criámos algo com um sentimento enorme, que revela toda a nossa paixão pela música. Esta faixa transmite uma mensagem, e nós conseguimos transmiti-la exactamente da maneira que queríamos!
 
Os teus temas têm estado em diversas colectâneas. Consideras, de certa forma, que a editora Exklusive também está a ser a tua ‘rampa’ de lançamento?
Sim, sem dúvida. A Exklusive foi um ponto de partida e evolução, tive um grande apoio da parte deles, que se esforçaram bastante com a publicidade do meu trabalho.
 
Em termos de marketing, na tua opinião, o digital está a ter mais ‘força’ que o físico?
Na minha opinião o digital veio para ficar, e fico contente por isso. O digital é um meio excelente tanto para divulgação do trabalho dos produtores, como para o público. É uma forma mais fácil de atingir o público, e é muito mais simples para os ouvintes, que têm acesso a música nova de forma mais fácil e mais rápida. O YouTube é uma ferramenta excelente.

Com quem gostarias, de um dia partilhar a cabine?
Não tenho nenhum desejo em especial nesse aspecto. Já tive o prazer de a partilhar com o Pete Tha Zouk, e sem dúvida que foi o momento com mais paixão que alguma vez vivi!

O que podemos esperar de Deepblue a curto prazo?
Tenho uma grande surpresa para partilhar com o público. E claro, também haverá novos temas e remisturas.

O que é para ti, um 100% DJ?
Um 100% DJ, é aquele que, quando sobe a uma cabine, se entrega de corpo e alma ao que faz, transmitindo todo o seu amor e a sua paixão sobre a música.
 
Publicado em Entrevistas
2019 começou da melhor maneira na AIMEC, a Academia Internacional de Música Eletrónica, agora com filial em Lisboa. O primeiro workshop do ano aconteceu na passada quinta-feira e teve o DJ e produtor Hugo Rizzo como anfitrião que partilhou a sua experiência no processo criativo da produção musical
 
Focado nesse tema e muito mais do que no aspecto técnico, Rizzo foi partilhando dicas aos jovens produtores e curiosos presentes na sala."É impossível controlarem a vossa inspiração, por isso é preciso ter atenção a uma coisa: se perdermos demasiado tempo a trabalhar num style, num sample, no quer que seja, será que depois vamos ter tempo para criar? Eu acho que não."
 
O membro dos Putzgrilla falou ainda do seu método para melhor gerir o tempo, de forma a evitar que esse bem precioso se foque nos pormenores e como guardar a sua energia e produtividade para a fase da criação. Depois disso seguiu para a inspiração e partilhou técnicas para tirar proveito dos momentos em que a inspiração surge. O método de criação não foi esquecido e Rizzo partilhou três importantes fases: "a fase positiva, onde tudo soa bem"; a fase negativa, "fiz o projeto ontem e tudo soa mal" nesta fase Rizzo sugeriu que sejamos os nossos próprios ditadores, onde é necessário abdicar de algumas coisas; e por último, a fase terminal: "há que saber quando desligar a máquina."
 
Terminada a parte teórica, Rizzo passou para a prática. Além do processo, da inspiração e da preparação, os participantes tiveram a oportunidade de assistir, no Ableton, à criação de uma música. "As pessoas mais importantes são as que nos dizem a verdade e não o que queremos ouvir. Não peças feedback só à tua mãe e aos teus amigos" afirmou o artista português.
 
Para além da interação entre alunos e profissionais, os workshops promovidos pela AIMEC permitem ainda que quem se inscreve tenha a oportunidade de, através de uma conversa informal, expor as suas dúvidas, de partilhar a sua música ou até saber como começar a tocar enquanto DJ.
Publicado em Mix
O DJ e produtor português Pedro Carrilho assinou recentemente o tema "Jungle Queen" pela Dharma Worldwide, editora de KSHMR pertencente à Spinnin' Records. Esta faixa teve a sua estreia no passado mês de março no mainstage do Ultra Music Festival pela mão do britânico Jonas Blue e trata-se de uma colaboração com Patrick Moreno (POL) e Dennis Cartier (BEL) que certamente fica no ouvido dos fãs do tribal-house. No passado fim-de-semana, no festival Tomorrowland, Jonas voltou a colocar no seu set o remix de "Fast Car" faixa também assinada por Pedro Carrilho.
 
"Há mais algumas novidades com a editora, para já posso apenas adiantar que, para os adeptos da produção, estará disponível um vídeo in the studio no website da Dharma Worldwide, bem como um sample pack contendo elementos utilizados nesta faixa. É muito interessante fazer uma edição desta forma, pois estamos não só a disponibilizar música nova, mas igualmente a contribuir para a comunidade da Dharma / Spinnin, que é cada vez mais global!"

As novidades não ficam por aqui e Carrilho confirma também que há um novo club banger em parceria com Mixtec a sair pela Armada Music. O artista refere que "depois de tocado no radioshow de Tiesto e Fedde Le Grand, começámos a receber diversas mensagens de top DJs internacionais a requisitar uma promo. Por questões de contrato ainda não podemos anunciar data de lançamento, mas a expectativa é bem alta e o feedback tem sido extraordinário."

No próximo mês de agosto, o artista que ocupa a posição número 15 do TOP 30 nacional, terá uma agenda preenchida com atuações em Peniche, Vimioso, Pousade, Serpa e na Guarda.
 
Publicado em Artistas
100% DJ. Projeto editorial independente cujos valores se guiam pelo profissionalismo, isenção e criatividade, tendo como base de trabalho toda a envolvente da noite nacional e internacional, 365 dias online.

Newsletter

Recebe novidades e conteúdos exclusivos no teu e-mail.

Este site utiliza cookies. Ao navegares neste site estás a consentir a sua utilização. Para mais informações consulta a nossa Política de Privacidade.