17-02-2019

  Diretor Ivo Moreira | Periodicidade Diária

Sobre Nós  |  Fala Connosco     

×

Alerta

JUser: :_load: Não foi possível carregar o utilizador com o ID: 106

O Portal 100% DJ tem a honra de anunciar o mais recente parceiro da iniciativa TOP 30 de 2016, única em Portugal, cujas votações arrancam esta quarta-feira, dia 26 de outubro e prolongam-se até ao dia 8 de dezembro.
 
Esta ação irá contar com o apoio da Rádio Nova Era, líder das audiências do norte do país, que irá divulgar o TOP 30 de 2016, com o objetivo de aumentar o público-alvo dos dois projetos que têm uma paixão em comum: a música eletrónica.
 
Pelo quinto ano consecutivo, o Portal 100% DJ volta a distinguir os DJs e produtores que mais se destacaram este ano, mas desta vez numa nova iniciativa que apenas conta com o voto dos nossos leitores e fãs dos artistas de música eletrónica nacional.
 
Os resultados vão ser divulgados no próximo dia 15 de dezembro, através das várias plataformas associadas à marca 100% DJ. Esta ação é destinada não só aqueles que já estabeleceram o seu lugar na dance scene nacional, como também para os novos talentos, que com o seu excelente trabalho já começam a emergir no mercado eletrónico.
Publicado em 100% DJ
quinta, 19 novembro 2015 14:32

5 motivos para votares nos "20 Mais de 2015"

Pelo quarto ano consecutivo, o Portal 100% DJ vai realizar uma ação singular em território nacional que reconhece a dedicação, o esforço e o trabalho desenvolvido ao longo do ano, por parte dos DJs e produtores portugueses.
 
Este ano, a lista volta a apresentar 20 artistas, sendo que 17 deles serão eleitos pela redação do Portal e três sairão do resultado dos mais votados pelo público, através de um formulário online que está disponível até dia 30 de novembro. 
 
Os "20 Mais de 2015" vão ser apresentados ao público a 8 de dezembro, na data exata em que o Portal 100% DJ comemora o seu 8.º aniversário.
 
Para os indecisos e para quem ainda não inseriu o seu voto, apresentamos em baixo cinco boas razões para o fazer nos próximos dias.
 
1É uma ação única em Portugal, que distingue sem posições e de forma igualitária o trabalho realizado durante este ano por parte dos artistas nacionais, tendo em conta o lançamento de produções originais, álbuns, atuações em Portugal e no estrangeiro, prémios recebidos, qualidade musical e técnica.
 
2A música eletrónica é de e para todos. Entendemos mesmo que deve ser encarada como uma arte e não como uma competição. Nos "20 Mais de 2015" serão tidos em conta os diversos géneros musicais da eletrónica.
 
3Cultura do DJing e da música eletrónica está numa evolução contínua no nosso país. A dedicação pela área é cada vez mais notória e assenta em vários princípios que distinguem o talento português de outros países.  
 
4A opinião do público, de quem paga e quem consome música, tem uma importância bastante elevada nesta ação. O desafio lançado passa por, em consciência, votar nos três artistas que na sua visão mais se destacaram durante este ano, pelo seu talento, dedicação e trabalho desenvolvido em prol da música eletrónica nacional.
 
5Através do voto e da inserção dos dados solicitados, como a localização e a idade, o Portal 100% DJ terá noção de importantes segmentos de forma a poder proporcionar melhores conteúdos, adequados aos gostos musicais e artísticos dos nossos leitores.
 

Clica aqui para votar

 
Publicado em 100% DJ
sábado, 20 outubro 2012 23:15

Top 100 DJ Mag: o melhor DJ do mundo é...

Está revelada a listagem mais esperada do momento - o TOP dos 100 melhores Deejays do Mundo, segundo a Revista britânica DJ MAG.
 
Anunciado sempre debaixo de fortes críticas pelo facto das posições não corresponderem à realidade, segundo os seguidores dos artistas, este famoso TOP foi divulgado ontem à noite em Amesterdão, onde decorre até Domingo o Amsterdam Dance Event (ADE).
 
Amin Van Buuren voltou a conquistar novamente o primeiro lugar, depois de em 2011, David Guetta lhe ter 'passado a perna' por apenas 1 lugar. Bem pesada está certamente a prateleira dos 5 troféus que Van Buuren tem em exposição na sala, ou não fosse ele vencedor durante 4 anos consecutivos – 2007, 2008, 2009, 2010 – e agora 2012. Sim, 5 troféus não é para todos.
 
A grande novidade desta edição foi divulgação dos 49 DJs (através da Página de Facebook da Revista) que não entraram no TOP dos 100.
 
A fechar a lista (posição 150) está o Português DJ Vibe, que em relação ao ano passado registou uma acentuada descida de 66 posições. No entanto, não foi o único que baixou a sua posição. Os quatro e únicos DJs portugueses que figuram nesta listagem também desceram de patamar.
 
Diego Miranda que em 2011 não entrou no TOP 100 por 1 lugar apenas (posição 101), este ano desceu 7 casas, ocupando assim o 108º lugar na tabela.
 
O Algarvio Pete Tha Zouk é o destaque deste ano, que acaba de conquistar a 47ª posição, descendo 10 lugares em relação a 2011. Atualmente encontra-se 'em cima' do seu companheiro de cabine do passado dia 1 de agosto no Festival Sudoeste, o produtor Martin Solveig. Acreditamos que Pete Tha Zouk, como bom português, é pessoa para dar um grande 'Hello!' ao vizinho francês e até convidá-lo para uma bela petiscada no próximo Festival do Marisco.
 
A nível geral, e como já se esperava, o TOP deste ano sofreu bastantes oscilações, ocorrendo um verdadeiro bailado de subidas e descidas e até novas entradas, como é o caso de Nicky Romero que entrou diretamente para a 17ª posição e ainda Knife Party, NERVO, Madeon, Bingo Players, entre muitos outros. Segundo a imprensa internacional, o sueco Avicii poderá ser o novo aspirante a número 1 – se em 2013 subir outras 3 posições como subiu este ano (posição 3), ficará obviamente no trono.
 
A maior subida (56 lugares) pertence ao DJ e Produtor americano - Porter Robinson, que actualmente ocupa o lugar número 40. Já a maior descida (61 posições), soube a azedo ao produtor que inventou a geração do amor – Bob Sinclar – que passou da posição número 33 para a 94. Por um fio ficava fora dos 100.
 
No meio da tabela (posição 50) está a dupla de Trance – Tenishia e na cauda (posição 100) estão os Project 46.
 
Preferências e posições de parte, o destaque vai obviamente para os quatro portugueses, Pete Tha Zouk, Diego Miranda, e DJ Vibe a quem felicitamos pelo lugar alcançado e por levarem o bom nome e a bandeira de Portugal [sempre direita] além-fronteiras. Obrigado!
 
 
Histórico de Vencedores TOP 100 da DJ MAG
1997 - Carl Cox
1998 - Paul Oakenfold
1999 - Paul Oakenfold
2000 - Sasha
2001 - John Digweed
2002 - Tiësto
2003 - Tiësto
2004 - Tiësto
2005 - Paul van Dyk
2006 - Paul van Dyk
2007 - Armin van Buuren
2008 - Armin van Buuren
2009 - Armin van Buuren
2010 - Armin van Buuren
2011 - David Guetta
2012 - Armin Van Buuren
 
 
Confere a listagem completa e oficial
2012 NOME 2011 DIFERENÇA
1 Armin van Buuren 2 (up 1)
2 Tiësto 3 (up 1)
3 Avicii 6 (up 3)
4 David Guetta 1 (down 3)
5 Deadmau5 4 (down 1)
6 Hardwell 24 (up 18)
7 Dash Berlin 8 (up 1)
8 Above & Beyond 5 (down 3)
9 Afrojack 7 (down 2)
10 Skrillex 19 (up 9)
11 Headhunterz 17 (up 6)
12 Swedish House Mafia 10 (down 2)
13 Markus Schulz 9 (down 4)
14 Gareth Emery 13 (down 1)
15 Steve Aoki 42 (up 27)
16 Paul Van Dyk 11 (down 5)
17 Nicky Romero - (new entry)
18 Sander van Doorn 16 (down 2)
19 Aly & Fila 22 (up 3)
20 Alesso 70 (up 50)
21 ATB 15 (down 6)
22 Ferry Corsten 18 (down 4)
23 Axwell 12 (down 11)
24 Dada Life 38 (up 14)
25 W&W 36 (up 11)
26 Fedde Le Grand 14 (down 12)
27 Noisecontrollers 35 (up 8 )
28 Arty 25 (down 3)
29 Laidback Luke 20 (down 9)
30 Kaskade 30 (non-mover)
31 Calvin Harris 34 (up 3)
32 Orjan Nilsen 49 (up 19)
33 Knife Party - (new entry)
34 Sebastian Ingrosso 26 (down 8 )
35 Chuckie 32 (down 3)
36 Zatox 47 (up 11)
37 DJ Coone 41 (up 4)
38 Dimitri Vegas & Like Mike 79 (up 41)
39 Cosmic Gate 43 (up 4)
40 Porter Robinson 96 (up 56)
41 Wildstylez 80 (up 39)
42 Angerfist 39 (down 3)
43 Infected Mushroom 21 (down 22)
44 Daft Punk 28 (down 16)
45 Carl Cox 31 (down 14)
46 Nervo - (new entry)
47 Pete Tha Zouk 37 (down 10)
48 Martin Solveig 29 (down 19)
49 Brennan Heart 98 (up 49)
50 Tenishia 91 (up 41)
51 Zedd - (new entry)
52 Eric Prydz 46 (down 6)
53 Bobina 44 (down 9)
54 Madeon - (new entry)
55 John O’Callaghan 52 (down 3)
56 DJ Feel 57 (up 1)
57 Steve Angello 23 (down 34)
58 Omnia - (new entry)
59 UMEK 60 (up 1)
60 Wolfgang Gartner 56 (down 4)
61 AN21 85 (up 24)
62 Tommy Trash - (new entry)
63 Francis Davila 77 (up 14)
64 D-Block & S-te-Fan 40 (down 24)
65 Tritonal 83 (up 18)
66 Bingo Players - (new entry)
67 Psyko Punkz 78 (up 11)
68 Shogun - (new entry)
69 Paul Oakenfold 69 (non-mover)
70 Benny Benassi 27 (down 43)
71 tyDi 48 (down 23)
72 Mat Zo 73 (up 2)
73 R3hab - (new entry)
74 Quentin Mosimann - (new entry)
75 Wasted Penguinz - (new entry)
76 Dirty South 93 (up 17)
77 Andrew Rayel - (new entry)
78 Richie Hawtin 45 (down 33)
79 Frontliner - (new entry)
80 Myon & Shane 54 66 (down 14)
81 Heatbeat - (new entry)
82 Thomas Gold - (new entry)
83 Nero 88 (up 5)
84 Roger Shah 51 (down 33)
85 Feed Me - (new entry)
86 Mike Candys - (new entry)
87 Andy Moor 50 (down 37)
88 Ran-D - (new entry)
89 Richard Durand 59 (down 30)
90 Felguk 87 (down 3)
91 Paul Kalkbrenner 62 (down 29)
92 Moonbeam 65 (down 27)
93 Sean Tyas 72 (down 21)
94 Bob Sinclar 33 (down 61)
95 Netsky - (new entry)
96 Neelix - (new entry)
97 Mark Knight 71 (down 26)
98 John Digweed 55 (down 43)
99 Da Tweekaz - (new entry)
100 Project 46 - (new entry)
 
Publicado em Mix
A discoteca Lux, localizada na capital portuguesa, subiu 38 lugares na tabela dos melhores clubs do mundo realizada pela revista DJ Mag. O prestigiado espaço de diversão noturna alcançou a posição número 58, depois de no ano passado ter estado colocada em 96º lugar.
 
O Top 3 da lista, divulgada hoje, é composto pelo Space Ibiza, Green Valley e Amnesia, em primeiro, segundo e terceiro lugar respetivamente. No ano passado, o pódio era ocupado por Green Valley, Space Ibiza e Hakkasan.
 
Confere a lista completa:
 
  • 1 – Space Ibiza (Espanha)
  • 2 – Green Valley (Brasil)
  • 3 – Amnesia (Espanha)
  • 4 – Pacha Ibiza (Espanha)
  • 5 – Octagon (Coreia do Sul)
  • 6 – Zouk (Singapura)
  • 7 – Hakkasan (Estados Unidos da América)
  • 8 – Ushuaia (Espanha)
  • 9 – Sirena (Brasil)
  • 10 – BCM Planet Dance (Espanha)
  • 11 – Papaya (Croácia)
  • 12 – DC10 (Espanha)
  • 13 – Echostage (Estados Unidos da América)
  • 14 – Paradise Club (Grécia)
  • 15 – Fabric (Reino Unido)
  • 16 – Berghain/Panorama Bar (Alemanha)
  • 17 – Bootshaus (Alemanha)
  • 18 – Anzu (Brasil)
  • 19 – Motion (Reino Unido)
  • 20 – Noa Beach Club (Croácia)
  • 21 – Warung (Brasil)
  • 22 – Cavo Paradiso (Grécia)
  • 23 – Ministry Of Sound (Reino Unido)
  • 24 – Guaba Beach Club (Chipre)
  • 25 – Cocorico (Itália)
  • 26 – Zouk KL (Malásia)
  • 27 – Sankeys (Espanha)
  • 28 – The Warehouse Project (Reino Unido)
  • 29 – Baum (Bogotá)
  • 30 – Air (Holanda)
  • 31 – Digital (Reino Unido)
  • 32 – Omnia (Estados Unidos da América)
  • 33 – Exchange (Estados Unidos da América)
  • 34 – Arma 17 (Rússia)
  • 35 – Marquee (Estados Unidos da América)
  • 36 – Elrow (Espanha)
  • 37 – Matahari (Brasil)
  • 38 – Club Space (Estados Unidos da América)
  • 39 – Barbarellas (Croácia)
  • 40 – El Fortin (Brasil)
  • 41 – Yalta (Bulgária)
  • 42 – Avalon (Estados Unidos da América)
  • 43 – Icon (Estados Unidos da América)
  • 44 – Guendalina (Itália)
  • 45 – Aquarius (Croácia)
  • 46 – New City Gas (Canadá)
  • 47 – Fabrik (Espanha)
  • 48 – Output (Estados Unidos da América)
  • 49 – White Club (Emirados Árabes Unidos)
  • 50 – Surrender/Encore Beach Club (Estados Unidos da América)
  • 51 – Versuz (Bélgica)
  • 52 – Privilege (Espanha)
  • 53 – Cacao Beach (Bulgária)
  • 54 – Egg LDN (Reino Unido)
  • 55 – Womb (Japão)
  • 56 – D-Edge (Brasil)
  • 57 – Lost Beach Club (Equador)
  • 58 – Lux (Portugal)
  • 59 – Sub Club (Escócia)
  • 60 – Myst (China)
  • 61 – The Palace (Filipinas)
  • 62 – Beach Club MTL (Canadá)
  • 63 – Sankeys MCR (Reino Unido)
  • 64 – Colosseum Club (Indonésia)
  • 65 – Elements (China)
  • 66 – Duel:Beat (Itália)
  • 67 – Rex Club (França)
  • 68 – Watergate (Alemanha)
  • 69 – Mint Club (Reino Unido)
  • 70 – Drai’s (Estados Unidos da América)
  • 71 – La Huaka (Peru)
  • 72 – Cielo (Estados Unidos da América)
  • 73 – E11even (Estados Unidos da América)
  • 74 – Concrete (França)
  • 75 – Revelin (Croácia)
  • 76 – Xoyo (Reino Unido)
  • 77 – Tresor (Alemanha)
  • 78 – Dragonfly (Indonésia)
  • 79 – Light Nightclub (Estados Unidos da América)
  • 80 – Chinese Laundry (Austrália)
  • 81 – Club Cubic (China)
  • 82 – Foundation Seattle (Estados Unidos da América)
  • 83 – Velvet (Paraguai)
  • 84 – Modo Ultra Club (China)
  • 85 – Loft Metropolis (França)
  • 86 – Phonox (Reino Unido)
  • 87 – Kitty SU (Índia)
  • 88 – Razzmatazz (Espanha)
  • 89 – Cé La Vi (Malásia)
  • 90 – Mad Club (Suíça)
  • 91 – Verboten (Estados Unidos da América)
  • 92 – Illuzion (Tailândia)
  • 93 – Stealth (Reino Unido)
  • 94 – Coda (Canadá)
  • 95 – Rainbow Venues (Reino Unido)
  • 96 – X2 (Indonésia)
  • 97 – Studio 338 (Reino Unido)
  • 98 – Space Ibiza NY (Estados Unidos da América)
  • 99 – Robert Johnson (Alemanha)

 

Publicado em Mix
terça, 29 novembro 2016 19:25

Lisboa: a cidade mais divertida da europa

A marca internacional Time Out divulgou um top das “most fun cities”. Para se chegar às cidades mais divertidas do mundo, foram inquiridas 20 mil pessoas que analisaram seis parâmetros: Dinamismo, inspiração, comida e bebida, comunidade, sociabilidade e acessibilidade em termos monetários.
 
Lisboa alcançou 55,6 pontos tornando-se a cidade com melhor pontuação a nível europeu enquanto que a nível mundial o primeiro lugar é ocupado por Chicago, logo seguida por Melbourne. Depois de Lisboa, está Nova Iorque, Madrid, Cidade do México, São Paulo, Los Angeles, Barcelona e Londres.
 
“Os lisboetas não avaliaram com altas pontuações a cidade apenas pela capacidade de fazer amigos e encontrar o amor, eles são os habitantes com mais probabilidade de conhecer os vizinhos e encontrar amigos por coincidência, transformando-os naqueles com menos probabilidade de descrever a cidade como ‘solitária’ ou ‘esmagador’”, refere a Time Out London no seu site.
 
 
Publicado em Mix
O consumo médio per capita até pode ter descido, mas Portugal continua a um ser um dos países que consomem mais álcool.
 
Os novos dados foram divulgados esta segunda-feira num relatório da Organização Mundial da Saúde. Entre 2003 e 2010, o consumo do álcool em Portugal teve uma redução de 1,5 litros per capita, descendo de 14,4 no período 2003-2005 e para os 12,9 litros entre 2008-2010. Ainda assim um consumo mais elevado que a média europeia - desceu dos 11,9 litros para os 10,9. Na Europa, os homens consomem, em média, 18,7 litros per capita. Já as mulheres ficam-se pelos 7,6 litros, ou seja, menos de metade.
 
No documento, que contém uma lista com 44 países, a Bielorrússia surge como o país com consumo mais elevado - 17,5 litros de álcool per capita. É seguida de perto pela Moldávia, com 16,8 litros, e pela Lituânia, com 15,4.
 
Em território nacional, o vinho representa 55% do álcool consumido. Em segundo lugar surge a cerveja, com 31%, as bebidas espirituosas com 11% e outro tipo de bebidas com apenas 3%.
 
 
Fonte: Quero Saber.
 
Publicado em Mix
A noite de sexta-feira trouxe muitas alegrias e outros tantos dissabores à comunidade DJ em geral. Os resultados do Top 100 da DJ Mag foram revelados durante o Amsterdam Music Festival e o troféu de número 1 foi entregue pela primeira vez a uma dupla, aos irmãos Dimitri Vegas & Like Mike. Hardwell e Martin Garrix compõem atualmente as posições seguintes, em segundo e terceiro lugar, respetivamente.
 
Como já vem sendo um hábito, os vários DJs e produtores utilizaram as redes sociais para expressar a sua opinião acerca desta iniciativa levada a cabo pela DJ Mag já desde o ano 1993. Uns fizeram agradecimentos aos seus fãs e outros foram mais longe, e acabaram por criticar algumas posições atribuídas.
 
Confere abaixo o levantamento das reações dos artistas de música eletrónica:
 
  • Dimitri Vegas & Like Mike: “#1 Obrigado malta!!! Nós amamo-vos!!!”

 

  • Hardwell: “Amo-vos #HardwellFamily! Obrigado por terem votado!”

 

  • Martin Garrix: “Obrigado a todos os que votaram, amo-vos malta e espero ver-vos a todos em breve! +x #3”

 

  • Armin van Buuren: “Sinto-me muito honrado por ter sido votado como Highest Trance DJ! Muito obrigado a todos os que votaram em mim!”

 

  • Afrojack: “De volta ao Top 10 #DJMagTop100! #8 Obrigado por todos os votos!!! #Ateam”

 

  • Steve Aoki: “Número 10!! Um grande obrigado a todos os que votaram!! Tem sido um ano incrível até agora. Amo-vos a todos!”

 

  • Oliver Heldens: “Yay ‘Highest House DJ’ :P”

 

  • W&W: “#14”

 

  • Dash Berlin: “É e será sempre para os fãs, amo-vos a todos! Top 100 DJs #15 Muito orgulhoso!”

 

  • DVBBS: “Obrigado!!!!”

 

  • Blasterjaxx: “Obrigado Blastersoldiers pelo vosso apoio ao longo do último ano!! Estamos honrados por conseguirmos entrar no top 20 do Top 100 da DJ Mag outra vez, por vossa causa! Preparem-se para nova música e atuações no próximo ano. Até outro dia!”

 

  • R3hab: “#21 Muito muito muito obrigado”

 

  • KSHMR: “O meu profundo obrigado a todos que votaram em mim. É uma honra incrível”

 

  • NERVO: “CONSEGUIMOS “NERVOnation!! Muito amor para todos os que votaram e nos ajudaram a chegar ao #24 do mundo. Vocês são absolutamente incríveis, nós nunca seriamos o que somos hoje sem vocês!! NERVOfansforeverrr”

 

  • Dannic: “Obrigado por todo o apoio!!! Vou agora beber algumas cervejas e celebrar a minha nova editora e por ter subido quatro lugares na DJ Mag”

 

  • Dyro: “Obrigado malta por votarem!”

 

  • Don Diablo: “NÃO POSSO ACREDITAR! Fui a subida mais alta do Top 100 DJs! Fantástico! Obrigado a todos pelo vosso amor e apoio!”

 

  • Yves V: “<3”

 

  • Ummet Ozcan: “Só quero dizer um GRANDE obrigado a todos pelo amor e apoio! Tem sido um ano louco!”

 

  • Angerfirst: “Hell yeah! Orgulhoso por estar de volta este ano ao Top 100 da DJ Mag. Obrigado aos verdadeiros hardheads”

 

  • Bassjackers: “WhoaAAAHHH nós conseguimos o Top 100 da DJ Mag!!! #39!!! Não conseguimos descrever o quanto apreciamos isto! Muito obrigado!!”

 

  • Andrew Rayel: “Um massivo muito obrigado a todos que me apoiam ano após ano. Acabei de saber que sou o número 40 no Top 100 da DJ Mag este ano”.

 

  • VINAI: “WOOOOO!!! Muito obrigado pelo apoio malta!!”

 

  • Alok: “Conseguimos!!! Emocionado!! Estamos fazendo história!! Obrigado por acreditar!! Aqui é Brasil!!”

 

  • Tom Swoon: “Estou sem palavras. Muito obrigado, vocês são os melhores!!”

 

  • Coone: “Queridos fãs, nós conseguimos outra vez! Vocês mostraram amor pelo jogo. Obrigado!”

 

  • Vicetone: “Apesar de termos descido um pouco, estamos agradecidos por todo o vosso apoio este ano. Obrigado pelo vosso apoio sempre”

 

  • Wolfpack: “52”” Obrigado por votarem”

 

  • Brennan Heart: “53! Amor para a família!”

 

  • Markus Schulz: “Melhores fãs do mundo. Obrigado a todos pelas memórias deste ano”

 

  • Diego Miranda: “Estou muito feliz porque acima de tudo sei que a maior parte de vocês estão tão mais felizes ou mais que eu. Este prémio da posição #58 é mesmo de todos nós, e eu tenho orgulho e repito, que tenho os maiores fãs do mundo... Somos um pais pequenos mas unidos somos mais fortes, contudo jamais não poderia deixar de agradecer a todo o resto do mundo, mas em especial aos meus irmãos brasileiros e toda a gente de Ibiza e Ushuaia Ibiza Beach Hotel”

 

  • DJ Chetas: “Wow Estou boquiaberto com a posição do Top 100 da DJ Mag! Eu quero agradecer a todos os meus fãs pelo apoio e amor e acreditem que isto é apenas o começo, não desistam! Há mais de mil pessoas por todo o mundo a pensar quem sou eu e porque estou na lista. Quero apresentar-me como um DJ indiano que tem estado presente na dance scene nos últimos 7 anos (...)”

 

  • Danny Avila: “Holy shit... #60 no Top 100 da DJ Mag este ano!! Estou tão contente neste momento que nem consigo explicar... OBRIGADO!”

 

  • KURA: “Yeahhh! Mais um ano na lista da DJ Mag! Obrigado a todos os que votaram! Este ano a minha carreira foi 3 vezes maior que no ano passado tudo graças ao vosso apoio, estamos todos juntos para conquistar ainda mais no próximo ano! A família KURA não pára de crescer! Obrigado!”

 

  • Laidback Luke: “Estou contente por estar uma posição abaixo de Carl Cox porque eu não quero estar mais alto. Ele é uma lenda e um DJ fantástico!”. Vejo vários DJs à minha frente que têm 1/10 dos seguidores que eu tenho. Devem ter tido um excelente ano ;)”

 

  • Tenishia: “Nós não fazemos nada por nenhum prémio, nós fazemos isto porque amamos música, amamos ser DJs, partilhar música e, principalmente, amamos os nossos fãs. Obrigado a todos os que votaram no Top 100 da DJ Mag pelo 5º ano consecutivo. Subimos dois lugares, 71!”

 

  • Frontliner: “Obrigado a todos que votaram em mim, mais uma vez eu não fiz campanha por isso significa muito para mim ver que os meus fãs continuam a votar em mim para a DJ Mag. Vocês deixam-me orgulhoso, hardstylers!”

 

  • Chuckie: “As pessoas da DJ Mag acham que eu sou tão bom, que não chega um 7, por isso decidiram dar-me dois 7’s!! Agora sou #77 obrigado malta!”

 

  • Da Tweekaz: “Obrigado a todos os nosso fãs pelo vosso apoio! Nós amamo-vos!”

 

  • Quintino: “Apesar da música não ser uma competição eu estou muito feliz por fazer parte do Top 100 DJs este ano! Eu espero sinceramente de agradecer a todos que gastaram um pouco do seu tempo para votar em mim! Espero também ver-vos em breve numa atuação minha, porque no final o que importa é desfrutarmos da música juntos e curtir à brava como uma única e grande família! #80”.

 

  • MAKJ: “Obrigado a todos os que votaram!”

 

  • Zatox: “Waoooo! Eu não estava à espera disto!! Eu continuo no Top 100 da DJ Mag!! Obrigado a todos!!”

 

  • Carnage: “WOW!”

 

  • MaRLo: “WOW! Pela primeira vez, estou no Top 100 da DJ Mag! Este ano que passou tem sido absolutamente incrível e atuei em sítios que so poderia imaginar em sonhos. Para fazer o que amo, só é possível porque vocês todos me apoiam durante estes anos. Não estou só a falar das pessoas que votaram em mim, estou a falar de todos os que foram aos meus shows, apreciaram a minha música e interagiram comigo nas redes sociais. Todo esse apoio significa muito para mim, do fundo do meu coração. Muito obrigado.”

 

  • Quentin Mosimann: “Obrigado malta por me colocarem nos 100 melhores DJ do ano pela quarta vez. Estou mais do que motivado para trabalhar mais no próximo ano!”

 

  • Miss K8: “Estou muito contente por fazer parte do Top 100 da DJ Mag deste ano pela primeira vez! 1 de 2 artistas de harcore na tabela! Muito obrigado pelos votos e pelo apoio!”

 

  • Tujamo: “Há milhões de DJs e produtores talentosos por aí e eu não posso acreditar que estou no #95 no Top 100 da DJ Mag este ano. Isto significa muito para mim! Eu faço isto à um par de ano só mas agora sinto que parece que acabei de começar. Obrigado pelo apoio massivo. Vocês fizeram deste o melhor ano de sempre!”

 

  • Mike Candys: “Wow! Estou feliz e sem palavras! Muito obrigado, meus queridos fãs, nós conseguimos outra vez! Estou no Top 100 da DJ Mag 2015 – 4 anos consecutivos até agora. Quero dizer obrigado com muitas músicas e shows do Mike Candys! Vamos sorris juntos!”

 

  • Swanky Tunes: “Hoje é um dos dias com mais significado para nós! Hoje entrámos no Top 100 da DJ Mag de 2015 pela primeira vez! #SwankyPeople! Não há palavras para descrever o quanto estamos agradecimos pelo incrível apoio! Vocês são fantástico, nós vos amamos e prometemos continuar a deliciar-vos com nova #SwankyMusic”

 

  • 3LAU: “Vamos pôr o Top 3 da DJ Mag num estúdio e veremos se os primeiros colocados vão fazer a melhor música”

 

  • Nicky Romero: “Querida DJ Mag vocês não conseguem por o nome certo na cara certa? Como é que conseguem fazer disto uma lista séria?”

 

  • Jay Hardway: “Não há Top 100 para mim, mas felizmente tenho os fãs número 1 do mundo! Obrigado por votarem”

 

  • Netsky: “É muito bom ver que muitos de vocês votaram em mim para o Top 100 da DJ Mag deste ano. Muito amor!”

 

  • Axwell /\ Ingrosso: “Ser o número 17 apenas com o vosso amor é muito melhor do que ser número 1 com aquele trabalho todo, vocês sabem a que me refiro. Por isso, muito obrigado. Muito obrigado por fazerem parte de algo novo”

 

  • Kaskade: “Eu aprecio quando uma pessoa ocupa algum do seu tempo a votar em mim, mas é normal se tu preferires gastar o teu tempo a fazer outra coisa. Este tipo de competição, votação, prémio ou o que raio seja, não está no meu radar. Eu não tenho vontade de fazer campanha para um evento que existe, principalmente, como golpe para a página de Facebook e site ganharem visitas. Enquanto a integridade do processo de votação não ser sólida, a verdadeira e embaraçosa questão é: a electronic dance music precisa de um rei ou rainha? Eu não disputei esse título no ensino secundário e não vou fazê-lo agora”

 

  • Jono Grant (Above & Beyond): “Ipads: 1. Good music: 0”

 

  • Steve Angello: “Por favor parem de se queixar acerca do Top 100 da DJ Mag. Se fizeste campanha e não correu tão bem como querias é como apostares num cavalo que não corre. As chances de ganhar são pequenas. (...) É chato para mim ver vários tweets e campanhas sobre algo que atualmente não tem significado. Quem está em campanha está em competição, não aqueles que escolheram não fazer campanha. (...) Por favor parem ou façam algo por isso, queixas não resolvem nada e são muito chatas! Eu sigo-vos pela criatividade, música e amor que partilham, não uma lista de queixas”.

 

{youtube}Dp4_-GwZNW0{/youtube}

Publicado em Mix
Até à próxima segunda-feira, 30 de novembro, todas as pessoas são convidadas a votar nos seus três DJs favoritos, aqueles que em 2015 mais se destacaram e contribuíram para o desenvolvimento da música eletrónica em Portugal.
 
A votação arrancou no passado dia 23 de outubro e até ao momento o nosso servidor já recebeu uma quantidade significativa de votos, em comparação com os anos anteriores, o que traduz um maior interesse e reconhecimento por parte dos seguidores dos artistas. Note-se que a exemplo de outros anos desde que arrancou a votação, muitos DJs valorizaram esta ação criando imagens específicas de apelo ao voto.
 
Além dos DJs favoritos, este ano é  solicitado a quem vota alguns segmentos importantes como a idade e o distrito de residência. Após serem analisadas, essas informações servirão como base de trabalho desta redação de forma a poder proporcionar melhores conteúdos adequados ao perfil e gostos musicais e artísticos dos nossos leitores.
 
Os "20 Mais de 2015" serão apresentados a 8 de dezembro, sendo que 17 são distinguidos pela redação do Portal 100% DJ e três serão o resultado dos mais votados pelo público.
 
Esta ação conta com o apoio da Rádio Nova Era e da empresa Artipel Cork e pelo quarto ano consecutivo, pretende reconhecer sem posições, a dedicação, o esforço e o trabalho desenvolvido ao longo do ano por parte dos artistas nacionais.
 

Clica aqui para votar.

 
Publicado em 100% DJ
Para comemorar o Dia Internacional da Música (1 de outubro), o Spotify divulgou a lista das músicas mais ouvidas durante o verão de 2015, a nível nacional e internacional, na plataforma de streaming.
 
Artistas como Kygo, Major Lazer, Jack U e Avicii fazem parte da lista que, segundo o jornal Sol, “resulta do número de pessoas que partilham uma música, dividido pelo número de escutas”.
 
Confere abaixo as músicas mais ouvidas:
 
Global:
 
Major Lazer (feat. MØ and DJ Snake – Lean On)
OMI – Cheerleader (Felix Jaehn Remix Radio Edit)
Wiz Khalifa feat. Charlie Puth – See You Again
The Weeknd – Can’t Feel My Face
Jason Derulo – Want To Want Me
Jack Ü, Skrillex and Diplo (feat. Justin Bieber) – Where Are Ü Now
Avicii – Waiting For Love
David Guetta (feat. Nicki Minaj, Bebe Rexha & Afrojack) – Hey Mama
Fetty Wap – Trap Queen
Kygo – Stole the Show      
 
Portugal:
 
Major Lazer (feat. MØ and DJ Snake) – Lean On
OMI - Cheerleader – Felix Jaehn Remix Radio Edit
Avicii  - Waiting For Love      
Nicky Jam, Enrique Iglesias - El Perdón      
Wiz Khalifa (feat. Charlie Puth) - See You Again     
Jack Ü, Skrillex and Diplo (feat. Justin Bieber) - Where Are Ü Now
Kygo - Stole the Show          
Lost Frequencies - Are You with Me - Radio Edit    
Jason Derulo - Want To Want Me 
 
{youtube}BgfcToAjfdc{/youtube}
Publicado em Mix
Foi com agrado que recebi o convite da 100% DJ para efectuar uma antevisão do TOP 100 da DJ MAG. 
Se em anos anteriores foi relativamente "fácil" acertar nas posições cimeiras desta tabela (um lugar acima ou abaixo), este ano não tenho tantas certezas. 
Muitos de vocês poderão estar neste momento a pensar que é óbvio que este será o ano do Martin Garrix, outros que o Hardwell ou o Armin Van Buuren regressam ao primeiro lugar e ainda outros que os vencedores do ano passado (Dimitri Vegas e Like Mike) permanecem no topo da tabela, no entanto, nenhum de nós pode afirmar com toda a certeza que o seu palpite será o correcto. 
 
2016 foi ano de Campeonato Europeu de Futebol e tivemos o David Guetta com uma exposição planetária com o seu tema oficial, temos sempre um Tiësto na "corrida" e não nos podemos esquecer do "adeus" do Avicii, do "Sr. dos bolos" Steve Aoki, do Calvin (Harris) e do ano em grande do Oliver Heldens, sem esquecer o DJ Snake, KSHMR e o Kygo (qualquer um destes últimos três nomes devem subir lugares na tabela). 
 
A "luta" pelo Top 20 vai ser mais renhida que nunca e não arrisco dar a minha previsão para posições certas. Estou a esquecer-me de muitos nomes que poderão entrar nos 20 primeiros? 
Certamente que sim (Skrillex, Alesso, W&W, Afrojack, DVBBS, Axwell e Ingrosso, Nicky Romero e até os JackU ou o próprio Diplo). 
 
Por esta altura, já estarás tão baralhado e sem certezas tal como eu estou e nem sequer mencionei os Yellow Claw, Eric Prydz, Major Lazer, Carnage, Kaskade, Don Diablo ou o Steve Angello. Percebes agora as minhas dúvidas para a tabela deste ano? 
 
Falta-me falar dos "nossos" portugueses. Parece-me óbvio que o Kura e o Diego vão fazer parte do Top 100 mas também não consigo prever se irão subir ou descer na classificação. O importante para mim e para os portugueses é que ambos se mantenham nesta tabela sendo a sua classificação irrelevante. Teria certamente um relevo maior se estivessem a competir ou com probabilidades de entrar num Top 10 ou 20 mas não é o caso e assim sendo a classificação que tiverem, para nós portugueses, já é motivo de orgulho (seja ela qual for). 
 

O importante para mim e para os portugueses é que ambos se mantenham nesta tabela sendo a sua classificação irrelevante.

 
Gostava de deixar uma última nota. 
Muitos de vocês ainda se lembram dos nomes que compunham esta tabela à meia dúzia de anos atrás. Certamente 70% ou 80% desses nomes não entram neste Top. Podíamos divagar e voltar a abrir a discussão dos motivos e/ou da forma como estas votações são efectuadas e seria algo que não nos levaria a lado nenhum. Todos temos de compreender que a indústria da música electrónica mudou. É uma indústria que envolve milhões (dinheiro e pessoas) e devido a isso teve de ser adaptada. Hoje em dia "não se vende música" (formato físico ou até digital) como se vendia antigamente, as fontes de rendimento são outras (actuações, streaming, youtube, etc.) e o marketing tem uma importância vital no sucesso dos DJs, mas, na minha opinião, o principal factor de mudança foi a própria musica. 
 
Se à 10 anos atrás me dissessem que o D&B ia mover multidões, que ia haver um estilo "esquisito" como o Dubstep que enchia pavilhões e arenas ou que o Electro ia ter este impacto, eu iria desatar a rir. Tudo acelerou e o que antigamente era "Underground" passou a ser "pop". O que era "moda" e todos ouviam (House, Techouse, etc.) passaria para segundo plano em termos de massas. Alguém conseguiria prever que haveria festivais só com DJs que levassem mais pessoas que os concertos de bandas Internacionais? 
 
Quero acreditar que a música era e vai continuar a ser o principal factor para todas as tabelas, rankings, escolhas do público e até investimento desta indústria. Quem decide é sempre quem consome a música que é produzida. A dimensão que um DJ ou produtor atinge, se é com investimento em marketing, se é produzida por terceiros, se são factores externos (sejam eles quais forem) é sempre algo secundário porque se o público não consumir a música desse artista, não há marketing que lhe valha ou investimento que dê retorno. A música é sempre o primeiro factor de diferenciação.
 
Ricardo Silva
 
Publicado em Mix
Pág. 1 de 5
100% DJ. Projeto editorial independente cujos valores se guiam pelo profissionalismo, isenção e criatividade, tendo como base de trabalho toda a envolvente da noite nacional e internacional, 365 dias online.

Newsletter

Recebe novidades e conteúdos exclusivos no teu e-mail.