19-06-2019

  Diretor Ivo Moreira | Periodicidade Diária

Sobre Nós  |  Fala Connosco     

Os organizadores do festival Rock in Rio Madrid decidiram adiar por tempo indefinido, devido à situação económica, as edições do certame na capital espanhola e em Buenos Aires, previstas para este ano, confirmaram hoje à imprensa.
 
A conjuntura económica, explicaram os responsáveis pelo festival em Espanha, "torna complicada a organização do festival no seu máximo esplendor", pelo que nem Madrid nem a capital argentina terão as edições previstas para 2014.
 
"O Rock in Rio está a avaliar a situação atual do mercado para poder desenvolver os festivais, mas trata-se de eventos muito grandes e necessitam uma grande infraestrutura que atualmente não é comportável", explicou a fonte do Rock in Rio, citada pela imprensa espanhola.
 
Madrid acolheu por três vezes o festival brasileiro, somando cerca de 600 mil espetadores, com artistas como Bob Dylan, Neil Young, Amy Winehouse e Shakira.
 
Atualmente, a promotora prepara a nova edição do Rock in Rio, em Lisboa, cumprindo dez anos de presença em Portugal. Do cartaz lisboeta fazem já parte Justin Timberlake, Arcade Fire, Queens Of The Stone Age, Robbie Williams e Linkin Park.
Publicado em Rock in Rio
Vários atletas olímpicos e paralímpicos subiram no dia de ontem ao Palco Mundo, durante o concerto de Expensive Soul, para serem homenageados por milhares de fãs presentes na Cidade do Rock.

Durante o tema “O Amor é Mágico” estiveram no palco a acompanhar os Expensive Soul cerca de 30 atletas entre os quais Rosa Mota, Gustavo Lima ou Marco Fortes.
Um momento bastante especial que ficou registado no Rock In Rio Lisboa.
 
Publicado em Rock in Rio
A contagem decrescente para o Rock in Rio-Lisboa 2018 continua e a organização anunciou hoje que já se encontram esgotados os passes para o primeiro fim-de-semana do festival, nos dias em que o Palco Mundo recebe Muse (23 de junho), Bruno Mars, Demi Lovato, Anitta e Agir (24 de junho). Para estes dias, os fãs ainda podem adquirir bilhetes diários pelo valor de 69 euros.

Para o segundo fim-de-semana do festival (29 e 30 de junho), em que a organização já confirmou The Killers como headliner do dia 29 de junho, ainda é possível adqurir weekend passes a 117 euros e bilhetes diários. 

Recorde-se que o Rock in Rio-Lisboa está de volta nos dias 23, 24, 29 e 30 de junho, prometendo transformar a Bela Vista num gigante parque temático da música, com inúmeras experiências e uma programação surpreendente, combinando o melhor do entretenimento. 

Este ano o festival vai contar com mais horas de entretenimento diário (o recinto abrirá portas às 12h00 e encerrará às 2 horas da madrugada), terá novas áreas,  como o Pop District ou o Gormet Square e novos palcos como o Digital Stage.

Os bilhetes para o Rock in Rio-Lisboa estão disponíveis nos locais habituais (lojas FNAC, bilheteira.fnac.pt, Blueticket.pt, Festicket e Ticketmaster).
Publicado em Rock in Rio
Este ano, na quinta edição, passaram pelo Parque da Bela Vista, 353 mil pessoas vindas de vários pontos do país, e do Mundo.
 
À semelhança das edições anteriores, a organização voltou a apostar nos encontros únicos no Palco Sunset e no público adepto da música de dança. Até ao fecho de portas, a Eletrónica tomou conta do Parque da Bela Vista.

Uma das novidades do Rock in Rio-Lisboa 2012 chama-se Rock Street. Estreada no Rock in Rio 2011, no Rio de Janeiro, este novo espaço do evento bebe do espírito da cidade norte-americana Nova Orleães.

A Street Dance é outras das novidades do Rock in Rio-Lisboa 2012. A estreia foi na capital portuguesa. Segue agora para Madrid e para o próximo ano é a vez do Rio de Janeiro e Buenos Aires, na Argentina, acolher este espaço onde a dança de rua está em destaque.

Em 2014, o Parque da Bela Vista volta a ser a Cidade do Rock. O anúncio oficial foi feito este domingo, 03 de junho.
 
Publicado em Rock in Rio
A organização do maior evento de música e entretenimento do mundo anuncia os artistas que completam o cartaz da Eletrónica Heineken.
Chase & Status Dj Set & Rage, Dr. Lektroluv, Tha Lovely Bastards e MC Johnny Def juntam-se ao cartaz já anunciado para o dia 25 de maio.
 
Pharrel Williams dos N*E*R*D classifica-os como “Os melhores produtores britânicos da atualidade” e Rihanna considerou-os como “A espinha dorsal do seu disco ‘Rated R’”, Chase & Status são uma das duplas mais entusiasmantes da cena eletrónica neste momento. A sua sonoridade imponente e portentosa irá agradar seguramente ao público que irá visitar a Cidade do Rock no dia 25 de maio.
 
Dr. Lektroluv é um dos nomes mais irreverentes que vai assumir a cabine da Eletrónica Heineken. O belga que é conhecido por tocar com uma máscara verde e misturar utilizando um telefone e não os convencionais headphones, vem pela primeira vez ao Rock in Rio para apresentar o seu electro contagiante. Dr. Lektroluv já atuou um pouco por todo mundo e enquanto residente das famosas festas “Body to Body” em Gent, Bélgica, recebeu nomes como Miss Kittin, Tiefschwarz, Ladytron, Digitalism, Who Made Who, Vitalic, The Hacker, entre muitos outros.
 
Nuno Lopes e Mad Mac voltam a atuar no Rock in Rio-Lisboa desta vez com o nome “Tha Lovely Bastards”. A dupla de Djs portuguesa é conhecida pelas suas perfomances explosivas e desde a sua passagem pelo Rock in Rio-Lisboa 2010 não têm tido descanso, atuando por todo o país.
 
MC Johhny Def será mais uma vez o anfitrião da Eletrónica Heineken. O MC irá animar o público e acompanhar as atuações dos Djs que vão passar pela cabine, proporcionando momentos de apoteose que servirão, seguramente, de inspiração para os artistas que irão atuar.
Ao longo da sua carreira o conceituado MC, que é reconhecido como exímio na colocação de voz em atuações ao vivo, já colaborou com nomes como Sam The Kid, Dealema, Boss AC, Melo
 
D, Johnwaynes, entre muitos outros, tendo sido nomeado em 2008 para melhor Live Act Nacional.
 
Está assim fechado o cartaz da Eletrónica Heineken, um espaço que vai reunir ao longo dos 5 dias de evento alguns dos melhores nomes do panorama mundial da música de dança e apresentar o que de melhor se está a fazer atualmente. 
 
O Rock in Rio-Lisboa volta ao Parque da Bela Vista nos dias 25, 26 de maio e 1, 2 e 3 de junho de 2012 e até ao momento estão confirmadas as presenças de Metallica, Evanescence, Mastodon e Sepultura com os Tambours du Bronx no dia 25 de maio; Smashing Pumpkins, Linkin Park, The Offspring e Limp Bizkit no dia 26 de maio; Lenny Kravitz, Maroon 5, Ivete Sangalo e Expensive Soul no dia 1 de junho; e Bruce Springsteen, Xutos & Pontapés e James no dia 3 de junho.
 
 
Publicado em Rock in Rio
É um dos nomes da dance scene nacional que todos devem ouvir, ver e lembrar. Com uma carreira além fronteiras, Moullinex pisou o palco Music Valley na edição deste ano do Rock in Rio Lisboa numa atuação energética que pôs todos os presentes a dançar. O Portal 100% DJ esteve à conversa com o artista português nos bastidores do  evento e além da sua carreira, falou-nos sobre as suas parcerias e ainda do seu novo tema editado pela famosa Majestic Casual.
 
Como surgiu a oportunidade de criares remixes para os Two Door Cinema Club ou Cut Copy?
Comecei por fazer remixes não oficiais. Colocava-os online e comecei a ter alguma atenção em blogs, com pedidos para remixes oficiais. O primeiro grande remix foi o dos Cut Copy e mudou muita coisa, começaram a chamar-me aqui e ali para tocar e fazer remisturas. Com os Two Door Cinema Club surgiu nesse mesmo contexto, foi a editora deles que fez o convite. De facto, fiquei muito contente com esse início, foi uma grande ajuda para tudo o que faço agora.
 
Juntamente com Xinobi, és proprietário da editora Discotexas e já trabalharam muitas vezes juntos. O que vos ligou?
Desde o início do projeto Moullinex que eu trabalho com o Bruno (Xinobi), em “modo ping-pong”. Na altura em que eu lhe comecei a falar foi quando ele estava numa banda de rock português, a Vicious Five, que eu gostava muito e quis fazer uma remistura deles. Quem me respondeu ao pedido foi o Xinobi, que era o guitarrista. A partir daí começámos o nosso processo de “ping-pong” que nos motivou muito e então fazia todo o sentido criar a editora. Nós somos praticamente irmãos e vejo-o como um irmão mais velho e o projeto da editora acabou por fazer todo o sentido, para podermos editar a nossa própria música com aquela excitação da ingenuidade, de achar que era tudo muito fácil. É claro que nem sempre é. Fazemos edições digitais e físicas, em vinil e CD, mas editar música digitalmente hoje é muito fácil. Temos a sorte de ter muita gente por todo o mundo que nos apoia.
 
 
Como é aceitar um convite de pisar palcos de grandes festivais como o NOS Primavera Sound ou o Rock in Rio?
É com muito empenho, sobretudo numa altura em que me colocam a tocar em horários nobres e então é um privilégio muito grande. Normalmente respondo a estes desafios com muito trabalho e quero sempre dar o melhor de mim e o melhor espetáculo possível.
 
E o público adere, certamente...
Sim. Tem sido assim e é muito bom sentir esse carinho.
 
Fala-nos do teu tema mais recente, “Dream On”, editado pela Majestic Casual.
Essa editora começou como um canal de Youtube, normalmente com uma fotografia nos vídeos de uma menina bonita ou de um pôr-do-sol, mas depois ficou associada a um certo estilo de música mais chill e alguma eletrónica mais etérea. Na altura, eu tinha esse tema terminado e queria editá-lo o mais rápido possível. A editora mostrou interesse imediato, uma vez que já tinham publicado alguns temas meus e decidimos experimentar. Não queria ter a pressão de associar a música a um álbum ou numa edição mais longa. Tem corrido muito bem. Estou contente.
 
 
O que podes desvendar acerca da tua carreira a curto prazo?
Ainda estou a tocar muito este álbum que saiu em outubro. Acho que funciona muito bem em espetáculo ao vivo com banda e o Ghettoven a interpretar as diferentes personagens que são os cantores convidados. Estou a trabalhar em faixas novas, apesar de ainda não saber se serão apenas singles ou se irei incluir num novo álbum. Tenho uma linha de montagem quase alinhada de coisas para sair e não quero estar à espera de ter 20 músicas prontas para editar um álbum. Vou lançando músicas à medida que elas estiverem prontas e se for caso disso, editá-las. Se depois fizer sentido, ou não, incluí-las num álbum logo decido. Mas, por causa de vir também do mundo da pista, gosto muito de álbuns porque cresci a ouvir artistas de álbuns mas, também venho do mundo das 12 polegadas e faz sentido que as coisas saiam depressa. É uma tirania ter uma música pronta e ter de esperar 5 ou 6 meses para que elas saiam e então gosto de subverter esse processo. Como somos donos da nossa própria editora e donos do nosso destino, temos recursos para o fazer. É um privilegio, claro.
 
Que mensagem gostarias de deixar aos leitores e seguidores do Portal 100% DJ?
Continuem a apoiar a música de dança feita em Portugal. Acho que estamos num momento muito saudável da música de dança portuguesa e é bom sentir isso tanto a falar com público mais jovem como os da velha guarda. Apesar de já não me sentir desta geração, admiro os dois lados e sinto-me um bocado no meio disto tudo. É bom sentir que estamos a viver um momento muito saudável e os artistas estão muito bem representados nos festivais nacionais e internacionais. Para mim, é um privilégio que haja também pessoas interessadas em cobrirem o que está a acontecer, como vocês, e desejo o meu maior apoio para o vosso trabalho.
 

Publicado em Entrevistas
quarta, 11 julho 2012 00:01

Balanço do Rock In Rio - Madrid 2012

A Cidade do Rock de Arganda del Rey, a cerca de 25 km de Madrid, recebeu 186.000 fãs nos 4 dias da terceira edição espanhola do maior evento de música e entretenimento do mundo.

O dia de arranque do evento, 30 de junho, recebeu grandes estrelas da música latina como El Pescado, La Oreja de Van Gogh, Macaco e Maná, numa noite em Lenny Kravitz foi cabeça de cartaz, na qual se juntaram 42.000 pessoas.

O  segundo dia, 5 de julho, apresentou nomes como Swedish House Mafia, Calvin Harris, Amaia Montero, El Último Vagon e Carl Cox em substituição de Rihanna, que cancelou a sua participação devido ao falecimento da avó, juntando 25.000 pessoas.

O terceiro dia, 6 de julho, mais de 60.000 pessoas não quiseram perder a grande Festa Eletrónica que juntou pela primeira vez na Europa Pitbull, David Guetta e Martin Solveig. Erick Morillo, Afrojack, Pete Tong e Wally López também participaram nesta noite que levou os visitantes da Cidade do Rock a dançar em frente ao Palco Mundo, transformado numa pista de dança gigante, com efeitos de luz e fogo de artifício.

No último dia, a 7 de julho, 55 mil pessoas assistiram aos concertos de Red Hot Chilli Peppers, que deram um concerto memorável, Incubus, os extravagantes Gogol Bordello e, Deadmau5, com a sua característica cabeça de rato, a encerrar a terceira edição espanhola do evento.

A oferta de entretenimento incluiu ainda o slide em frente ao Palco Mundo, a roda gigante, as diferentes propostas e atividades apresentadas pelos parceiros e patrocinadores do evento e o palco Street Dance, que o público português teve a oportunidade de ver em primeira mão na edição portuguesa, no qual competiram os participantes da etapa espanhola do Concurso Internacional Street Dance, cuja final será disputada na 1ª edição argentina, em Outubro do próximo ano.

O maior evento de música e entretenimento do mundo segue agora para o Rio de Janeiro onde acontecerá nos dias 13, 14, 15, 19, 20 e 21 de setembro de 2013 e em seguida desembarca pela primeira vez em Buenos Aires nos dias 27, 28 e 29 de setembro e 4, 5 e 6 de outubro. Em 2014 volta a Lisboa e a Madrid, em datas ainda por definir.
Publicado em Rock in Rio
terça, 11 agosto 2009 14:47

Rock In Rio procura caras femininas

Desde ontem, 10 de Agosto, que começou a campanha de promoção do “Casting Rock in Rio na SIC” que vai desafiar as jovens portuguesas de todo o país a serem a cara do maior evento de música e entretenimento do mundo. O “Casting Rock in Rio na SIC” vai dar a oportunidade à vencedora de ser a cara da campanha do Rock in Rio-Lisboa a ser veiculada entre Janeiro e Maio de 2010 na SIC.

Composta por spots de televisão de 20”, suportes de imprensa e internet, a campanha do “Casting Rock in Rio na SIC” pode ser vista de 10 de Agosto a 21 de Setembro na SIC, no Diário de Notícias, Jornal de Notícias, Notícias Magazine e no portal SAPO - na home page, SAPO Fama e SAPO Vídeos.

A campanha do “Casting Rock in Rio na SIC” tem como protagonista a Carolina Patrocínio, última cara da SIC a dar a cara na campanha de 2008, que vai desafiar as jovens portuguesas a substituí-la na função de ser a cara do Rock in Rio-Lisboa. Na primeira fase da campanha, vai convidar as jovens portuguesas, entre 18 e 25 anos, a inscreverem-se no “Casting Rock in Rio na SIC”, seguindo-se a segunda fase em que o desafio é lançado ao público para votação online nos vídeos das 100 classificadas e em seguida, na terceira fase, nos vídeos das 20 semi-finalistas, em www.rockinrio-lisboa.sapo.pt. Por último, na quarta fase da campanha, os portugueses são convidados a votar telefonicamente nas quatro finalistas do “Casting Rock in Rio na SIC”.

Todas as informações sobre o “Casting Rock in Rio na SIC” estão já disponíveis no site oficial do evento, em www.rockinrio-lisboa.sapo.pt.
 
Publicado em Rock in Rio
quinta, 16 agosto 2012 23:56

Rock In Rio vai a Buenos Aires em 2014

A organização do Rock in Rio, o maior evento de música e entretenimento do mundo, anunciou hoje que a sua edição na Argentina será adiada para 2014. A mudança da data, originalmente prevista para outubro de 2013, deve-se a questões relacionadas com o período necessário para assegurar a excelência da produção e dos conteúdos do evento. O objetivo é repetir em Buenos Aires o alto padrão de qualidade do Rock in Rio, tal como é realizado no resto do mundo.
 
O Rock in Rio
Roberto Medina define o evento como uma plataforma muito valiosa que coloca as marcas em evidência, fazendo-as interagir de forma única com seu target a partir de uma linguagem diferente e eficaz. Por ser uma entidade muito valorizada pelo público, o Rock in Rio investe em uma plataforma de comunicação sem referências no mercado de entretenimento. Além de expandir fronteiras, o próximo passo da sociedade com a IMX Live está na exploração de outros desdobramentos da marca Rock in Rio. Atualmente existem três produtos paralelos: a Banda Desenhada “As Aventuras de Rock Rivers”, lançada este ano em Lisboa e Madrid; a escola de samba carioca Mocidade Independente de Padre Miguel, que elegeu o Rock in Rio como tema para o próximo carnaval; e o musical Rock in Rio, que está a ser criado no Brasil e terá uma posterior temporada europeia.
 
O objetivo dos desdobramentos é criar cada vez mais sinergias culturais e comerciais entre todos os países em que é realizado, consolidando o Rock in Rio como marca global de entretenimento.
 
O poder da marca
O Rock in Rio é o maior evento de música e entretenimento do mundo, contando já com 11 edições realizadas no Brasil, Portugal e Espanha que reuniram mais de 6 milhões de pessoas. A marca tem hoje mais de cinco milhões de seguidores nas redes sociais (5.107.837), tendo superado outros grandes festivais do mundo como o Vans Warped Tour (EUA), com 1.138.674 seguidores; Coachella (EUA), com 1.855.185; Lollapalooza (EUA), com 504.635; e Glastonbury (Reino Unido), com 387.529 seguidores.
Publicado em Rock in Rio
Prepara a toalha. Com o Rock in Rio Lisboa a decorrer entre nos dias 23, 24, 29 e 30 de junho, no Parque da Bela Vista, os festivaleiros podem ter a oportunidade de assistir à atuação de vários DJs durante as famosas Somersby Pool Parties.
 
Francisco Praia é o DJ residente deste palco secundário do Rock in Rio Lisboa, que fica junto ao Music Valley. No cartaz constam ainda nomes como Van Breda, Rizzo, DJ Big, DJ Isabel Figueira e DJ Dadda.
 
 
No dia 29 de junho, inserido no espetáculo Revenge The 90s, vai decorrer uma recriação do programa televisivo “Ai os Homens”, com a presença de José Figueira e Dress Her DJ. Vão ser selecionados oito concorrentes através de uma inscrição online para realizarem várias provas. Quem superar todas as provas e não for atirado à piscina, ganha automaticamente dois bilhetes para a edição brasileira do Rock in Rio, que vai decorrer no próximo ano.
 
As Somersby Pool Parties começam às 12 horas, com quatro momentos de animação ao longo dos dias. Confere abaixo o horário de todas as atuações:
 
Publicado em Rock in Rio
Pág. 1 de 14
100% DJ. Projeto editorial independente cujos valores se guiam pelo profissionalismo, isenção e criatividade, tendo como base de trabalho toda a envolvente da noite nacional e internacional, 365 dias online.

Newsletter

Recebe novidades e conteúdos exclusivos no teu e-mail.