22-01-2021
  Diretor Ivo Moreira  \  Periodicidade Diária

Os profissionais das atividades culturais podem candidatar-se ao Fundo de Solidariedade com a Cultura já a partir de 19 de outubro. Criado pela Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, pela GDA - Gestão dos Direitos dos Artistas, pela AUDIOGEST (Entidade de Gestão de Direitos dos Produtores Fonográficos em Portugal) e pela GEDIPE (Associação para a Gestão Coletiva de Direitos de Autor e de Produtores Cinematográficos e Audiovisuais), o fundo destina-se a apoiar financeiramente profissionais da cultura afetados e em situação de carência, devido à paralisação integral do setor e consequente perda de rendimentos provocada pela pandemia de Covid-19. 


Ainda que tenha sido criado por estas quatro entidades, o Fundo está aberto à participação de todos que queiram contribuir e ser solidários. Os donativos podem ser feitos diretamente através de um formulário disponível no site do Fundo. 


Vários artistas, produtores e organizações de produção cultural já contribuíram para o aumento das verbas deste fundo de apoio que começou com 1,35 milhões de euros, de forma a chegar a um maior número de profissionais desprotegidos. 


O Fundo de Solidariedade com a Cultura divide-se em cinco linhas de apoio - quatro com condições específicas direcionadas para subgrupos de profissionais que trabalhem em diferentes áreas da cultura e uma de apoio geral. Os artistas, técnicos e outros profissionais que queiram candidatar-se deverão escolher apenas uma destas linhas, sendo que os valores mínimos a atribuir variam entre os 438 euros e os 740,83 euros por pessoa/posto de trabalho.

Publicado em Mix
A amplitude comunicacional dos festivais de música em Portugal é cada vez mais ampla e por isso são hoje mais recorrentes os que têm no seu cerne ou numa das suas ações a vertente solidária.
 
Deixo abaixo três desses exemplos sendo que apenas tive em conta aqueles que mantêm uma lógica recorrente e estratégica nesta área pois muitos festivais evocaram razões solidárias esporádicas (nomeadamente nos anos de Troika em Portugal) mas ou não existem hoje ou o seu conceito não conseguiu obter um fundamento válido junto do seu público.
 
Rock With Benefits
Existe desde 2011, com uma edição especial no final de cada ano civil e várias sessões espartilhadas ao longo do ano em que recebem artistas pop/rock portugueses. É na cidade de Fafe que está um dos primeiros eventos culturais a ter a causa solidária como um fator de motivação para a realização e dádiva musical como moeda de troca com o seu público. Os fundos revertem para o apoio a famílias carenciadas sinalizadas do Município em que ocorre - o público pode pagar parte do seu bilhete em produtos alimentares;
 
Party Sleep Repeat
É um dos "novos festivais" que melhor tem conseguido posicionar-se e afirmar-se no panorama nacional com um público fiel e que reconhece o critério e qualidade musical (as bandas alternativas portugueses) que coloca a cada edição e respeita o que levou a concretizar este evento. Nasceu, em 2013, como um tributo a Luís Lima, um jovem sanjoanense que tinha um grande interesse pela música e consciência social. Esta homenagem, levou a uma enorme adesão familiar e municipal que levou à concretização de uma associação com o seu nome e à fortificação deste conceito como um festival. Através da sua receita de bilheteira são elaborados donativos para famílias carenciadas (programa "Apadrinhe esta ideia") e a várias instituições nacionais a cada edição;
 
Edp Cooljazz
O leilão de uma guitarra é já algo que acompanha as mais recentes edições do festival. A cada ano, um dos principais artistas internacionais do cartaz assina este objeto dando ênfase ao projeto "Guitarra Solidária". Para 2018, o britânico Van Morrison é o artista envolvido e o valor inicial de licitação está cifrado em 600€ - todo o valor angariado do mesmo reverte para a CERCICA (Cooperativa para a Educação e Reabilitação de Cidadãos Inadaptados de Cascais), localizada na cidade que passa a acolher os concertos do festival.

 

Ricardo Bramão
Presidente e Fundador APORFEST, Associação Portuguesa de Festivais de Música.
 
Publicado em Ricardo Bramão
A discoteca Kiay, em Pombal, recebe no próximo dia 21 de julho o evento de solidariedade para com as vítimas do incêndio de Pedrógão Grande, intitulado de “Together (Dançar por uma causa)”.
 
O objetivo principal desta festa é a angariação de fundos, mas também a promoção dos sentimentos de esperança, partilha e união, conjugados com a música eletrónica. Toda a verba recebida ao longo da noite, incluindo as receitas do bar, reverterão na totalidade para as vítimas do incêndio.
 
As pulseiras de acesso à festa vão estar disponíveis a partir do dia 13 de julho com um custo de 5 euros. Podem também ser compradas na entrada da Kiay, no próprio dia.
 
Confere abaixo todos os artistas confirmados:
 
  • Alex G
  • Alex Jack
  • Angel Deejay
  • Ariep
  • David Souza
  • Designerz (Oliver N & Miguel Duarte)
  • Dos Santos
  • MC Guy H
  • Henrique Mateus
  • Jean Paul
  • Kiko
  • Lady M
  • Luís Sousinha
  • Mário Dias Sax
  • Miguel Garcia
  • Mónica Seidl
  • Myro
  • Oskar DJ
  • Pedro Lothar
  • Paulo Granada
  • Rui M
  • Vito M
  • Walter Vox
  • TT (Live Act)
Publicado em Eventos
O atual número 1 do Top 100 da DJ Mag está de volta a Portugal. O jovem Martin Garrix vai subir ao palco do festival Nelson Mandela Music Tribute, na Praia do Aterro em Matosinhos, no dia 18 de julho,  juntamente com Bob Geldof, Kaiser Chiefs, Pablo Alboran e Calema.
 
Esta é uma atuação inserida no evento solidário que pretende comemorar o centésimo aniversário de Nelson Mandela, juntamente com várias associações de áreas como a saúde, educação e com um espírito de paz, unidade e esperança.
 
Kura, Wyclef Jean, Gabriel O Pensador, Jimmy P, Steven Tyler e Rui Veloso são outros dos artistas confirmados no festival. Os bilhetes estão disponíveis no site oficial com preços entre os 40 e os 100 euros.
 
Publicado em Festivais

"Depois de ter encerrado o primeiro período de candidaturas no passado dia 30 de outubro, o Fundo de Solidariedade com a Cultura abre agora uma nova fase de candidaturas à sua Linha de Apoio Geral", lê-se num comunicado divulgado esta quinta-feira.


A segunda fase de candidaturas irão estar abertas entre os dias 2 e 11 de dezembro com um valor mínimo de 130 mil euros, "podendo ser reforçado com donativos", disse à Lusa fonte da Santa Casa da Misericórdia, que gere o fundo.


A criação do Fundo de Solidariedade com a Cultura, para apoiar os profissionais da cultura, artistas e técnicos, que ficaram sem trabalho por causa da pandemia de Covid-19, foi anunciada em abril pela GDA - Gestão dos Direitos dos Artistas, juntamente com a Audiogest (Entidade de Gestão de Direitos dos Produtores Fonográficos em Portugal).


Entre 19 e 30 de outubro, quando decorreu a primeira fase das candidaturas, "foram submetidos 1.942 pedidos de apoio, onde se incluem 1.057 artistas, 215 técnicos e 171 estruturas artísticas, entre outros profissionais" sendo que a maioria foram submetidas "por profissionais das artes performativas, mais especificamente por aqueles que trabalham no meio da música".


A angariação de donativos "tornou possível a reabertura das candidaturas, desta vez dirigida exclusivamente à Linha de Apoio Geral, sendo que os profissionais que já se candidataram a qualquer uma das linhas de apoio na primeira fase, não poderão apresentar uma nova candidatura".


No comunicado divulgado, salienta-se que "para que possa manter a sua atividade e chegar a um maior número de profissionais, cumprindo verdadeira e plenamente a sua missão de apoio a todo o tecido cultural português, o Fundo continua a aceitar donativos de forma a poder aumentar a verba disponível para a atribuição de apoios".


As pessoas ou entidades que queiram contribuir "podem fazê-lo através de transferência bancária (IBAN: PT50 0018 0000 0301 5822 0015 5 com o titular Fundo de Solidariedade com a Cultura) ou MBWAY (+351 918 889 900)". Todas as informações sobre este Fundo de Solidariedade com a Cultura estão disponíveis no respetivo site

Publicado em Mix
domingo, 09 dezembro 2012 22:25

Earth lança café solidário

A Earth, marca portuguesa de cariz social do Earth Group, acaba de lançar o Earth Coffee, uma gama de cafés cujos lucros líquidos da venda revertem integralmente a favor do Programa Alimentar Mundial das Nações Unidas.

A nova gama de cafés surge em três versões: café torrado moído (moagem fina e normal), café torrado em grão e café descafeinado moído e pode ser encontrada em hipermercados.

O Earth Group apoia desde 2010 o Programa Alimentar Mundial das Nações Unidas e já contribuiu com cerca de 750 mil refeições escolares para crianças necessitadas em países com fortes carências alimentares como o Haiti, Quénia e Filipinas.
Publicado em Marcas
terça, 11 dezembro 2012 00:29

Jameson apoia Casa do Gaiato

A Jameson Irish Whiskey lançou uma campanha solidária de apoio à Casa do Gaiato de Lisboa através do Facebook, desafia todos os fãs e amigos da marca a participarem e ajudarem a instituição.

Assim, no Facebook da Jameson Portugal serão disponibilizadas três garrafas de Rarest Vintage Reserve ("o membro mais exclusivo" da gama Jameson) que os fãs podem adquirir a um preço especial com desconto acima de 40 por cento, sendo que a receita final reverterá na íntegra a favor da Casa do Gaiato.

A Casa do Gaiato é uma instituição particular que vive exclusivamente de donativos e apoios de particulares e de empresas. Tem por objetivo acolher, educar e integrar na sociedade crianças e jovens que, por qualquer motivo, se viram privados de meio familiar normal.
Publicado em Marcas
O BVM Music Festival está de regresso para a sua segunda edição, nos próximos dias 29 e 30 de junho, no parque exterior dos Bombeiros Voluntários de Maceira, no distrito de Leiria, com um cartaz recheado de grandes nomes nacionais de música eletrónica e hip hop.
 
No line-up constam nomes como Overule, Stikup, Angel Deejay, Deejay AC, Pete Tha Zouk, KEVU, Van Breda, Nuno Fernandez, Kaiser-T, AM Project, Phoenix-RDC e Wet Bed Gang. Todas as receitas deste evento serão revertidas para os Bombeiros Voluntários de Maceira.
 
Na edição do ano passado, o evento contou com a presença de mais de 4 mil pessoas durante os dois dias de festa, contribuindo assim com a entrada na compra de uma ambulância para os bombeiros voluntários daquela localidade.
 
Os bilhetes estão à venda na Bilheteira Online, Fnac, CTT, Worten e através dos promotores. O Portal 100% DJ é Media Partner Oficial do evento.
 
Publicado em Festivais
terça, 22 março 2016 16:18

Martin Garrix atuou para fãs surdos

O DJ e produtor Martin Garrix não quer que os seus fãs surdos deixem de poder ter a experiência de assistir a uma das suas atuações e preparou um espetáculo muito especial.
 
O artista holandês juntou a sua equipa para contruirem uma sala especialmente para este evento e usou uma mochila que permitia aumentar as vibrações das músicas reproduzidas. O espetáculo, feito em parceria com a 7Up, foi intitulado de “Music Lifts You Up: A Concert For The Deaf”, teve lugar em Miami durante a Miami Music Week.
 
O evento foi registado em vídeo e conta com vários depoimentos de pessoas surdas. “Tive de pensar nas canções que iria tocar, naquelas com a frequência mais baixa, nas que têm maior movimento. Foi uma das melhores atuações que já fiz”, referiu Martin Garrix.
 
 
Publicado em Artistas
O artista sueco e a sua editora Refune Music são os mais recentes apoiantes aos refugiados sírios, que chegam todos os dias ao continente europeu à procura de uma vida melhor.
 
Todos os lucros ganhos pela editora de Sebastian Ingrosso durante um mês através do Spotify serão doados à Cruz Vermelha, anunciou a mesma através das redes sociais. Em comunicado, a Refune Music afirmou que “quanto mais ouvires, mais dás”.
 
De recordar que o ex-membro dos Swedish House Mafia está de regresso ao nosso país, no próximo dia 18 de dezembro à Where’s The Party by Carlsberg, na MEO Arena em Lisboa, com o seu mais recente projeto Axwell /\ Ingrosso.
 
 
Publicado em Artistas
Pág. 1 de 3