18-07-2019

  Diretor Ivo Moreira | Periodicidade Diária

Sobre Nós  |  Fala Connosco     

Após uma década repleta de house music com a presença de diversos artistas nacionais e internacionais, a rádio portuguesa HouseBox anunciou hoje o seu encerramento, 10 anos depois da sua inauguração.
 
Em comunicado oficial, divulgado através de uma página criada para o feito, a rádio declarou que “com o crescimento dos serviços de streaming de música e das próprias redes sociais”, a mesma passou “a ser apenas uma gora num enorme oceano”. Ao longo de 10 anos, a marca conseguiu atingir o recorde de 20 mil utilizadores registados no fórum, onde foram partilhadas várias dicas, ideias e trabalhados de artistas que cresceram e hoje são referências da música eletrónica e noite portuguesa.
 
“Após muita reflexão, decidimos encerrar o projeto. Gostaríamos desde já agradecer aos que nos acompanharam, aos que nos ajudaram a crescer, aos DJs que contribuíram com os seus trabalhos para o nosso crescimento e claro aos nossos fieis ouvintes. Temos a certeza que não seremos esquecidos. Foi um privilégio partilhar boa música convosco. O nosso muito obrigado”, foram as palavras ditas pela rádio, em comunicado.
Publicado em Mix

 

Com o objetivo de celebrar o Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, o Spotify divulgou a lista das músicas mais ouvidas pelos portugueses.
 
A listagem está dividida por regiões, mas poucas são as alterações encontradas e algumas músicas eletrónicas estão presentes nas mesmas. O Spotify conclui ainda que os portugueses ouvem mais música entre as 16 e as 18 horas.
 
Avicii, Jack U, Kygo e Major Lazer são alguns dos artistas que fazem parte da lista divulgada pelo Spotify.
 
Confere abaixo as tabelas:
 
Aveiro:
  • 1 – Wiz Khalifa feat. Charlie Putch – See You Again
  • 2 – Major Lazer feat. MO & DJ Snake – Lean On
  • 3 – OMI – Cheerleader (Félix Jaehn Remix Radio Edit)
  • 4 – Kygo – Firestone
  • 5 – Bruno Mars feat. Mark Ronson – Uptown Funk
  • 6 - James Bay – Hold Back The River
  • 7 - Ellie Goulding - Love Me Like You Do
  • 8 - Hozier – Take Me To Church
  • 9 – Jack U feat. Justin Bieber – Where Are U Now
  • 10 - 10 – Rihanna feat. Kanye West & Paul McCartney – FourFiveSeconds
 
Beja:
  • 1 – Wiz Khalifa feat. Charlie Putch – See You Again
  • 2 – Major Lazer feat. MO & DJ Snake – Lean On
  • 3 – OMI – Cheerleader (Félix Jaehn Remix Radio Edit)
  • 4 – Kygo – Firestone
  • 5 – Bruno Mars feat. Mark Ronson – Uptown Funk
  • 6 – Carlão – Os Tais
  • 7 – Diogo Piçarra – Tu e Eu
  • 8 - James Bay – Hold Back The River
  • 9 - Ellie Goulding - Love Me Like You Do
  • 10 - Hozier – Take Me To Church
 
Braga:
  • 1 – Wiz Khalifa feat. Charlie Putch – See You Again
  • 2 – Major Lazer feat. MO & DJ Snake – Lean On
  • 3 – OMI – Cheerleader (Félix Jaehn Remix Radio Edit)
  • 4 – Kygo – Firestone
  • 5 – Bruno Mars feat. Mark Ronson – Uptown Funk
  • 6 – Ellie Goulding - Love Me Like You Do
  • 7 – Hozier – Take Me To Church
  • 8 – James Bay – Hold Back The River
  • 9 – Ed Sheeran – Thinking Out Loud
  • 10 – Rihanna feat. Kanye West & Paul McCartney – FourFiveSeconds
 
Coimbra:
  • 1 – Wiz Khalifa feat. Charlie Putch – See You Again
  • 2 – Major Lazer feat. MO & DJ Snake – Lean On
  • 3 – OMI – Cheerleader (Félix Jaehn Remix Radio Edit)
  • 4 – Kygo – Firestone
  • 5 – Bruno Mars feat. Mark Ronson – Uptown Funk
  • 6 – Ellie Goulding - Love Me Like You Do
  • 7 - James Bay – Hold Back The River
  • 8 - Hozier – Take Me To Church
  • 9 - Jack U feat. Justin Bieber – Where Are U Now
  • 10 – Avicii – The Nights
 
Faro:
  • 1 – Wiz Khalifa feat. Charlie Putch – See You Again
  • 2 – Major Lazer feat. MO & DJ Snake – Lean On
  • 3 - Rihanna feat. Kanye West & Paul McCartney – FourFiveSeconds
  • 4 - OMI – Cheerleader (Félix Jaehn Remix Radio Edit)
  • 5 - Kygo – Firestone
  • 6 - Hozier – Take Me To Church
  • 7 - Ellie Goulding - Love Me Like You Do
  • 8 - Bruno Mars feat. Mark Ronson – Uptown Funk
  • 9 - Ed Sheeran – Thinking Out Loud
  • 10 - Jack U feat. Justin Bieber – Where Are U Now
 
Leiria:
  • 1 – Wiz Khalifa feat. Charlie Putch – See You Again
  • 2 – Major Lazer feat. MO & DJ Snake – Lean On
  • 3 - Kygo – Firestone
  • 4 - OMI – Cheerleader (Félix Jaehn Remix Radio Edit)
  • 5 - Ellie Goulding - Love Me Like You Do
  • 6 - James Bay – Hold Back The River
  • 7 - Bruno Mars feat. Mark Ronson – Uptown Funk
  • 8 - Hozier – Take Me To Church
  • 9 - Rihanna feat. Kanye West & Paul McCartney – FourFiveSeconds
  • 10 - Jack U feat. Justin Bieber – Where Are U Now
 
Lisboa:
  • 1 – Wiz Khalifa feat. Charlie Putch – See You Again
  • 2 – Major Lazer feat. MO & DJ Snake – Lean On
  • 3 – OMI – Cheerleader (Félix Jaehn Remix Radio Edit)
  • 4 – Kygo – Firestone
  • 5 - Bruno Mars feat. Mark Ronson – Uptown Funk
  • 6 - Ellie Goulding - Love Me Like You Do
  • 7 - Hozier – Take Me To Church
  • 8 - Ed Sheeran – Thinking Out Loud
  • 9 - James Bay – Hold Back The River
  • 10 - Rihanna feat. Kanye West & Paul McCartney – FourFiveSeconds
 
Porto:
  • 1 – Wiz Khalifa feat. Charlie Putch – See You Again
  • 2 – Major Lazer feat. MO & DJ Snake – Lean On
  • 3 – OMI – Cheerleader (Félix Jaehn Remix Radio Edit)
  • 4 – Kygo – Firestone
  • 5 – Bruno Mars feat. Mark Ronson – Uptown Funk
  • 6 – Ellie Goulding - Love Me Like You Do
  • 7 – Hozier – Take Me To Church
  • 8 - Ed Sheeran – Thinking Out Loud
  • 9 - James Bay – Hold Back The River
  • 10 – Rihanna feat. Kanye West & Paul McCartney – FourFiveSeconds
 
Publicado em Mix
A Administração Nacional de Direitos de Autor da China anunciou, na noite de quinta-feira, uma atualização à regulação sobre os serviços de música em streaming na Internet, que pretende acabar com a pirataria e proteger a propriedade intelectual. Para tal foi anunciado a proibição da oferta de música que não tenha os respetivos pagamentos de direitos de autor, existindo “graves castigos” caso as empresas não retirem os conteúdos até ao final do mês.
 
Esta nova regulação pode afetar plataformas como a Xiami Music, do gigante do comércio eletrónico Alibaba, a QQ Music, a maior empresa chinesa de serviços de Internet e telefones móveis, e a Tencent, que oferece música gratuitamente e goza de grande popularidade entre os chineses.
 
O regulador dos direitos de autor da China reconheceu que o sistema devia ser atualizado para proteger melhor os detentores desses direitos e restaurar a confiança no seu funcionamento.
 
Fonte: Económico.
 
Publicado em Mix

 

TIDAL é  nome do novo serviço de streaming, lançado por Jay-Z, que promete fazer uma forte concorrência ao Spotify. Ontem decorreu a conferência de imprensa de apresentação do TIDAL, que teve a presença de deadmau5 e Daft Punk, juntamente com as suas famosas máscaras.
 
O serviço de streaming oferece música e vídeos em alta qualidade e tem o apoio de grandes nomes da música como Calvin Harris, Madonna, Kanye West, Beyoncé, Rihanna, Alicia Keys, Nicki Minaj e Usher. Os perfis de Facebook e Twitter dos artistas ficaram totalmente azuis (foto de perfil e de capa) durante o dia de ontem, para comemorar o lançamento do streaming.
 
A plataforma musical já existia desde o mês de outubro, mas foi comprada por Jay-Z em fevereiro, por 56 milhões de dólares.
 
O TIDAL oferece dois serviços mensais. O primeiro a um preço de 19,99 dólares (áudio de alta fidelidade) e segundo a 9.99 dólares (qualidade normal).
 
 
Publicado em Mix
O serviço sueco de música online Spotify anunciou hoje que o seu sistema foi atacado por um pirata informático, mas que este não conseguiu aceder aos dados bancários e de pagamento dos utilizadores.
 
"Detetámos um acesso não-autorizado aos nossos sistemas e à base de dados interna da empresa", indicou a empresa de 'streaming' de música em comunicado, citado pela agência de notícias francesa, AFP.
 
"Assim que demos conta da intrusão, imediatamente iniciámos uma investigação", lê-se no texto.
 
O Spotify explicou que só os dados de um utilizador foram afetados, mas que estes não incluíam quaisquer palavras-passe ou informação bancária e de pagamento.
 
A empresa assegurou ainda que vai atualizar a sua aplicação Android nos próximos dias e pedir a alguns dos seus utilizadores que introduzam novamente o seu nome de utilizador e palavra-passe para acederem ao serviço.
 
O Spotify diz ter 40 milhões de utilizadores ativos em 56 países, incluindo 10 milhões de grandes clientes.
 
Publicado em Mix

 

Segundo as estatísticas, cerca de 20% de todo o catálogo do serviço de streaming do Spotify, que corresponde a mais de 4 milhões de músicas, nunca foram ouvidas, ou seja, com zero reproduções.
 
O Forgotify foi criado para alterar essa situação e divulgar os artistas que nunca foram ouvidos.
 
São vários os artistas que, apesar do talento, não possuem reproduções e esta nova plataforma pode ser uma ajuda. Para funcionar, o utilizador terá de possuir conta no Spotify, que vai trabalhar em conjunto com o Forgotify. 
 
Publicado em Mix
O Departamento de Justiça dos Estados Unidos está a investigar a conduta da Apple, acusada de usar a sua influência junto da indústria discográfica para acabar com o modelo de negócio da plataforma Spotify.
 
Segundo o The Verge, a empresa pode estar a pressionar as editoras para que não renovem os contratos com o Spotify, que disponibiliza de músicas de forma gratuita, uma vez que espera lançar um serviço de streaming pago em junho
 
Fontes do Verge indicam que a Apple chegou a dizer à Universal que está disposta a pagar as taxas do YouTube à editora, desde que a empresa interrompa as transmissões de suas músicas no site da Google.
 
O Spotify conta com 60 milhões de utilizadores, mas apenas 15 milhões optam por pagar pela versão premium do serviço. Os restantes beneficiam de músicas gratuitas, conseguidas graças a parcerias estabelecidas com as grandes editoras.
 
Fonte: Notícias ao Minuto.
Publicado em Mix
 
O Youtube, que pertence à Google, irá lançar um serviço de subscrição de música em streaming ainda este ano, com o nome de “Music Key”. Este projeto já era para ter sido apresentado ao público durante o verão, mas acabou por ser adiado.
 
Ao que tudo indica, este novo serviço irá dar também acesso a concertos e videoclips.
 
Outra novidade do Youtube, revelada na terça feira em conferência de imprensa, é um novo serviço pago de vídeo, que excluirá os anúncios publicitários, através de uma assinatura. 
 
Publicado em Mix
A partir de hoje há mais um serviço de streaming musical no mercado. O Beats Music foi lançado hoje no mercado norte-americano e já está disponível para equipamentos da marca da famosa maçã - Apple.
 
A plataforma vai permitir o acesso a mais de 20 milhões de faixas e suporta playback online e offline. Ao contrário da recente tendência freemium em serviços como o Spotify ou o Rdio, o Beats Music não vai funcionar gratuitamente nem será suportado por publicidade. O serviço funciona mediante uma subscrição mensal de cerca de 10 dólares.
 
Os utilizadores interessados terão à sua disposição um período gratuito de sete dias para decidirem se optam pelo serviço ou não. Um dos aspectos mais divulgados deste serviço está nas listas de música que podem ser personalizadas consoante as preferências e o contexto dos utilizadores.
 
O serviço também irá chegar brevemente ao Android e Windows Phone, além da Web. Desconhecem-se detalhes sobre uma eventual chegada ao mercado internacional.
 
 
Publicado em Mix
A Apple comprou a Beats Music em maio e tem grandes planos para o serviço de streaming por subscrição. Segundo o site Re/code, a marca está a negociar com as editoras de música para conseguir novos direitos a preços mais baixos que os praticados no mercado - cerca de 9, 10 euros por mês por música ilimitada.
 
Estes direitos e funcionalidades irão ser integrados na nova versão do Beats Music, que a Apple quer lançar no início do próximo ano. A nova estrutura de preços permitiria à marca vender subscrições por menos de 10 euros por mês.
 
O TechCrunch chegou a reportar que a Apple poderia fechar o serviço, mas a empresa negou.
 
Com as vendas de downloads a caírem, a indústria está a apostar nos serviços de streaming. "O problema é que muitos consumidores estão habituados a obter música gratuítamente, e até uma subscrição de 10 euros por mês é demasiado cara para os consumidores."
 
O Spotify lidera este mercado, com 10 milhões de assinantes. No entanto, o Re/code, um estudo da Midia Research revelou em agosto que apenas 25% dos consumidores de música em streaming gastam mais de 10 dólares em música a cada três meses.
 
Fonte: Dinheiro Vivo.
 
Publicado em Mix
Pág. 1 de 3
100% DJ. Projeto editorial independente cujos valores se guiam pelo profissionalismo, isenção e criatividade, tendo como base de trabalho toda a envolvente da noite nacional e internacional, 365 dias online.

Newsletter

Recebe novidades e conteúdos exclusivos no teu e-mail.

Este site utiliza cookies. Ao navegares neste site estás a consentir a sua utilização. Para mais informações consulta a nossa Política de Privacidade.