02-07-2020
  Diretor Ivo Moreira  \  Periodicidade Diária
×

Erro

[sigplus] Erro crítico: A pasta da galeria de imagens tomorrowland/construcao14 deve ter um caminho relativo para a pasta base das imagens especificada na back-end.

[sigplus] Erro crítico: A pasta da galeria de imagens tomorrowland/construcao14 deve ter um caminho relativo para a pasta base das imagens especificada na back-end.

Nada pode falhar e tudo é desenvolvido e montado ao mais ínfimo pormenor. Um gigantesco jardim em Boom na Bélgica está por estes dias, a ser transformado numa cidade dividida por 15 diferentes palcos e pronta a acolher milhares de festivaleiros nos dias 18, 19, 20, 25, 26 e 27 de julho, datas em que decorre a 10ª edição do Festival Tomorrowland - um dos festivais mais procurados a nível mundial.
 
Recorde-se que em fevereiro de 2013 foram vendidos 180 mil bilhetes para 214 países diferentes, em apenas um segundo. Esta procura pesou no facto do festival aumentar para dois fins-de-semana permitindo assim que mais pessoas possam estar presentes nos 10 anos de evento.
 
Na galeria fotográfica em baixo, apresentamos-te imagens de algumas zonas de montagens do Festival mais internacional de sempre.
 
{gallery}tomorrowland/construcao14{/gallery}
Publicado em Tomorrowland
O grupo de portugueses que se encontra desde quinta-feira no festival Tomorrowland, na Bélgica, reuniu-se esta tarde junto ao palco principal do evento para uma "fotografia de grupo" que culminou com A Portuguesa cantada a uma só voz.
O momento único ficou registado em vídeo e pode ser visualizado em baixo, numa cortesia de Bruno Macedo, a quem agradecemos o envio do mesmo.
 
O Festival belga regressa na próxima quinta-feira, dia 26 de julho, com a receção ao campista, e prolonga-se até ao domingo dia 29.
 

Publicado em Tomorrowland
Sem margem para dúvidas o Tomorrowland é um dos maiores eventos de música eletrónica do mundo. A cada ano que passa, os mais mediáticos DJs visitam a cidade de Boom na Bélgica para fazer vibrar os milhares de festivaleiros que rumam até ao festival em busca do melhor fim-de-semana das suas vidas. Embora o recinto seja gigantesco, um evento desta magnitude não consegue comportar a lotação de todas as pessoas que desejam estar presentes. Foi por isso que no ano 2015 a organização decidiu criar o conceito "Unite With Tomorrowland", de forma a reunir em simultâneo o máximo de fãs do evento e que estes pudessem viver uma experiência similar ao festival, mas perto da sua casa. Nesse mesmo ano, o evento decorreu na Índia e no México e desde então tem percorrido os quatro cantos do mundo, como a Colômbia, Alemanha, Israel, Japão, Itália, Grécia, Espanha e agora a estreia em Portugal - confirmado no dia de hoje.

A notícia da estreia em terras lusas deixou os festivaleiros em êxtase, no entanto importa ter em conta que o Tomorrowland Unite que vai acontecer no próximo dia 27 de julho no Parque Oriental da cidade do Porto não é o Tomorrowland que estamos acostumados a ver na Bélgica. Porém, existem semelhanças e todo o conceito é inspirado no evento principal que este ano comemora 15 anos de existência e se realiza nos dias 19, 20 e 21 e 26, 27 e 28 de julho

O Palco
Todos os anos o festival Tomorrowland tem um tema. É a partir desse tema que é construída toda a estrutura do evento, que vai desde a decoração, ao cenário, performances, etc. O palco principal não é exceção, e é aí que se centram todas as atenções. Enquanto que no Tomorrowland existem vários palcos, no Tomorrowland Unite apenas existe um que será ocupado por vários DJs e por uma vasta panóplia de logística repleta de efeitos especiais e multimédia. Este ano o tema do festival belga será "The Book of Wisdom" (o livro da sabedoria), que já foi apresentado em 2012 e também no Tomorrowland Brasil, em 2015. 
 

Para ler também: 



Os Artistas
Embora ainda não tenham sido divulgados, os artistas que compõem o Tomorrowland Unite, serão na sua maioria DJs que atuam no evento na Bélgica e também artistas locais. No ano passado em Barcelona, além das transmissões (de Armin van Buuren; Afrojack e Dimitri Vegas & Like Mike) que foram apresentadas no ecrã gigante com imagens em direto da Bélgica, subiram ao palco os DJs Steve Angello, Steve Aoki, Galantis, Quintino, Yves V, Kungs, Albert Neve e Abel Ramos, Albert Gonzalez, Ofenbach e os Double Pleasure.

Os Bilhetes
O bilhete para um dia de Tomorrowland na Bélgica custa cerca de 100 euros. No Tomorrowland Unite os preços são mais baixos e a organização aconselha que todos os interessados se registem no site oficial até ao próximo dia 15 de abril de forma a garantirem a sua presença a um preço mais económico. Os valores ainda não foram divulgados mas haverá vários preços.

A Festa
Por último e não menos importante, é o que vai acontecer no Parque Oriental do Porto, magnífico anfiteatro natural, em parte semelhante ao recinto do Tomorrowland na Bélgica. A festa começará a partir das quatro da tarde e decorre em simultâneo em cinco locais distintos: Atenas, Malta, Barcelona, Porto e no seu berço, a Bélgica. Muito mais que um evento de música eletrónica, o Tomorrowland Unite é uma sincronização de sentimentos em torno do maior festival do mundo que nos permite ter uma experiência interativa e única, quer seja sozinhos ou rodeado de amigos.

Publicado em Tomorrowland
Têm nacionalidade portuguesa e vão embarcar numa viagem de sonho rumo a Boom, na Bélgica. Destino: Tomorrowland.
 
Por estes dias que antecedem a viagem, o frenesim dispara e são mais que muitas as borboletas presentes no estômago dos nossos seis convidados. São oriundos de Vialonga, Tavira, Vila Nova de Gaia, Portimão, Queluz e Braga. Apesar de terem idades diferentes, partilham todos o mesmo desejo: embarcar numa viagem de sonho.
 
 
NÃO SE EXPLICA, SENTE-SE
 
É a primeira vez que Olga Jerónimo vai ao Tomorrowland, no entanto, o desejo de ir ao evento belga já vem quase desde a primeira edição. Tem 30 anos e é de Vialonga. Conta-nos que este ano os seus melhores amigos lançaram-lhe o desafio e que foi "impossível resistir". Vai com as expectativas "altíssimas" e confessa que viaja 
exatamente com as pessoas que gostaria de ir.
 
O Gustavo Cavaco tem 22 anos, é de Tavira e também será a sua primeira vez no evento. Revela-nos que quer comprovar com os seus próprios olhos "os cenários, os palcos, a loucura do pessoal e a quantidade de pessoas." 
 
De Queluz e com 20 anos vai o Tiago Castro. Poder ver todos os seus DJs favoritos num único local, foi um facto  que pesou na decisão de embarcar até à Bélgica. Já teve esta viagem programada o ano passado, mas entretanto teve outras prioridades. Vai ao Tomorrowland com os seus melhores amigos de infância e o que o desperta mais à atenção no evento, é mesmo "o cartaz e a qualidade de produção do evento." 
 
Pelo segundo ano consecutivo e a representar Braga, vai o Pedro Freitas. Admite que não estava nos seus planos voltar a Boom este ano, porque pretendia ir ao DEFQON 1. "Gostei tanto do ano passado e fiz um grupo de amigos excelente e como muitos deles conseguiram bilhete, não pensei noutra opção a não ser voltar este ano lá", revelou. Questionado sobre a sua experiência anterior, Pedro não teve dúvidas: "O Tomorrowland é sempre uma surpresa em tudo, nenhum dos três dias de festival é igual ao anterior."
 
Em 2012, Nuno Machado não teve sorte e falhou a data de compra dos bilhetes, mas este ano antecipou-se e conseguiu. É de Portimão e confessa que não resistiu 'à chamada': "Tanto a quantidade de palcos como a qualidade do espectáculo durante os três dias e ainda a festa da Dreamville chamam qualquer um a Boom." A música e o ambiente criado à volta do evento e tudo o que se vive neste curto espaço de tempo são os aspectos que lhe despertam mais atenção.
 
Também pela segunda vez vai Tiago Cunha. Com 24 anos e natural de Vila Nova de Gaia, este amante da música electrónica ficou de tal maneira 'maravilhado', que não teve dúvidas quanto ao seu regresso à 'terra do amanhã'. Parte com expectativas elevadas relativamente ao 'Mainstage' deste ano e admite que gostaria de levar consigo os seus amigos mais próximos.
 
 
DE OLHOS POSTOS NO PALCO
 
A oferta é variada e adapta-se facilmente a todos os gostos. Perguntámos aos nossos seis convidados, quais os principais artistas que vão querer ver ao vivo no Tomorrowland, e a opinião surge unânime em alguns nomes da electrónica mundial, como é o caso de Carl Cox, Dimitri Vegas & Like Mike, Hardwell, Tiësto, Nicky Romero, Headhunterz e Armin van Buuren.
 
Além de Pete Tong, Jeff Milles - entre muitos outros - Olga também não quer perder a atuação de Sebastian Ingrosso. Já Gustavo promete ficar na linha da frente, durante as atuações de alguns dos seus artistas favoritos como é o caso de Pryda, Arty, Axwell e Zedd. Tiago Castro nomeia Carl Cox, Headhunterz, Hardwell e Fedde Le Grand como os seus ídolos. Pedro, considera que a pergunta tem uma resposta complicada e ainda não sabe quem vai ver ao vivo, é um caso que irá decidir no momento, principalmente porque alguns artistas atuam à mesma hora em palcos opostos do recinto. "Provavelmente vou ter de optar" refere mencionando Headhunterz, NERVO, Dave Till, Frontliner, Wildstylez, Isaac, Kai Tracid, Coone , Brennan Heart e Yves V como os seus favoritos.
 
Armin van Buuren aparece na primeira posição da ordem de preferências de Nuno - e em seguida outros nomes que crescem de ano para ano como Nicky Romero, W&W até mesmo Krewella. Este festivaleiro se conseguir, pretende ainda passar por todos os palcos, "para aproveitar tudo". Tiago Cunha este ano não tem dúvidas e na sua agenda tem Afrojack, Avicii, Sander Van Doorn, R3hab, Otto Knows entre outros.
 
 
NA MALA, O SÍMBOLO DA NAÇÃO
 
De um modo geral, as malas dos nossos seis convidados, vão carregadas apenas com o essencial. Roupa confortável e produtos de higiene são a preocupação principal, mas obviamente que há espaço para 'extras'. Olga diz-nos que vai levar uma segunda mala cheia de "boa disposição e uma vontade gigante de diversão." O Gustavo é adepto das novas tecnologias e transportará consigo a sua camara GoPro, para captar grandes momentos que jamais irá esquecer. Tiago Castro em tom de brincadeira refere que levará tenda, mas que nem a irá usar. Já o bragantino Pedro opta por levar um sofá insuflável, a mascote 'Jurema', tampões para os ouvidos comprados o ano passado no festival, e uma mão cheia pilhas que facilmente são carregadas com a energia que existe no Tomorrowland. Nuno levará o menos possível na mala e o Tiago Cunha que já é repetente na viagem, não tem dúvidas naquilo que vai levar e até já conhece 'os cantos à casa'.
 
Mas o bom português que se preze, sempre que sai da fronteira, carrega consigo o símbolo máximo da nação e os nossos convidados não são excepção. Todos eles vão transportar com muita estima - e sempre direita - até à Bélgica, a Bandeira Nacional.
 
 
A CRISE TAMBÉM 'PESA' NA CARTEIRA
 
Em tempos de crise, Olga admite que foi difícil criar condições para ir ao evento mas que "com grandes amigos tudo é possível". Para Gustavo a compra não se revelou difícil, salientando que apareceu no momento certo: "Foi numa altura em que tinha bastante trabalho." Tiago Castro refere que "é sempre um custo elevado", mas por outro lado salienta que com "espírito de poupança e cinto apertado tudo se consegue, se se quiser muito."
 
No ano passado, Pedro optou pelo travel pack de avião e, de um modo geral, ficou mais caro do que aquilo que pagou este ano. Apesar de ter economizado alguns euros, o repetente no Tomorrowland considera ter sido difícil criar condições para voltar a Boom, visto que a crise não lhe passou ao lado. Pedro conta-nos que o seu plano de poupança começou logo a 1 de agosto de 2012: "Quando voltei do Tomorrowland e decidi que lá queria voltar, comecei a juntar um euro por dia, e fui desafiando várias pessoas a fazer o mesmo." O habitante da cidade dos Arcebispos salienta que "apesar do dinheiro que juntava todos os dias não chegar para a totalidade do bilhete, serviu para tornar a situação mais fácil." Pedro acrescenta que "independentemente da crise, se temos algo como objetivo, conseguimos realizá-lo, basta poupar noutros tipos de gastos diários que são dispensáveis." Para este jovem de 31 anos tudo não passa de prioridades: "Trocar as férias lá fora ou no Algarve por uma ida ao Tomorrowland, são prioridades, cada um tem as suas, mas depois não se pode queixar."
 
Nuno considera que hoje em dia "é sempre difícil fazerem-se apostas destas" e que também teve de recorrer a um plano de poupança: "Foi um ano inteiro a poupar para que pudesse conseguir estes dias." À semelhança do Gustavo, também Tiago Cunha revela que não foi difícil arranjar condições que o permitissem ir ao evento. No entanto, o jovem de Vila Nova de Gaia admite ter muitos amigos que estão desempregados e que não têm possibilidade de realizar o sonho de ir ao Festival.
 
Publicado em Tomorrowland
O canal televisivo MTV anunciou no dia de hoje que será parceiro exclusivo da transmissão internacional do festival belga - Tomorrowland. Esta ação inédita pretente marcar os 10 anos de existência do evento.
 
A MTV adiantou que serão transmitidas on air apenas duas horas de evento no programa "MTV World Stage" que atualmente está disponível em cerca de 170 países e é visualizado em 550 milhões de casas a nível internacional. 
 
O canal divulgou ainda que está a trabalhar num documentário sobre o festival belga e que deverá ser lançado no final deste ano. Este documentário vai desmistificar todos os "segredos" que fizeram e fazem do Tomorrowland um dos festivais mais bem-sucedidos do mundo nos últimos dez anos.
 
"O Tomorrowland é um festival com uma categoria própria e por isso estamos muitos felizes por trazer este conteúdo para o público internacional da MTV. A música eletrónica tem sido parte do reportório da MTV por quase duas décadas. Portanto, trabalhar com o festival Tomorrowland é um ajuste perfeito que nos coneta com a nova geração de fãs e seguidores da EDM em todo o mundo." referiu Bruce Gillmer, vice-presidente executivo da VIMN (Viacom Networks Media International) empresa tutora do canal.
 
A emissão "World Stage: Tomorrowland" irá para o ar apenas no mês de agosto em duas partes de 60 minutos. A província De Schorre, localizada em Boom, na Bélgica, recebe o festival que anda nas bocas do mundo nos dias 18, 19, 20, 25, 26 e 27 de julho. Dois fins-de-semana para comemorar 10 anos a animar e a colocar a Europa no mapa dos grandes eventos.
 
Nota de redação 23:14h - Atualizado o mês em que será transmitida a emissão "World Stage: Tomorrowland".
 
Publicado em Tomorrowland
Os portugueses Kura e Diego Miranda preparam-se para embarcar em direção à Bélgica, mais precisamente ao festival Tomorrowland, que vai decorrer nos dias 21, 22, 23, 28, 29 e 30 de julho.
 
Na próxima sexta-feira, Kura regressa ao Tomorrowland pela segunda vez consecutiva, desta vez no palco V Sessions. Diego Miranda volta ao festival belga no dia 30 de julho, subindo ao palco Smash The House.
 
Afrojack, Carl Cox, Bassjackers, Firebeatz, Marshmello, Martin Garrix, Paul Van Dyk e muitos outros estão também confirmados no Tomorrowland.
 
Publicado em Tomorrowland
O evento Unite with Tomorrowland, que vai decorrer no Parque Oriental da Cidade do Porto no próximo dia 27 de julho, jáconta com o seu cartaz completo. Além de atuações ao vivo, os presentes vão poder ter a oportunidade de vivenciar em direto de performances diretamente do Tomorrowland. 
 
Alok, Martin Solveig, Robin Schulz, Carnage, Diego Miranda e Miguel Rendeiro são os artistas confirmados para uma das noites mais esperadas deste ano, com atuações que ficarão para a história. 
 
A ligação via satélite que será transmitida desde o Tomorrowland para o Porto contarácom as performances de Vini Vici, David Guetta e Dimitri Vegas & Like Mike, com efeitos especiais em sincronia com o espetáculo que estaráa decorrer na Bélgica. 
 
Além de Portugal, este evento irá também acontecer em Espanha, Grécia e Malta, com uma estrutura de cinquenta metros, ecrãs gigantes e o tema Amicorum Spectaculum. 
 
Para quem jácomprou bilhete, receberáas pulseiras de acesso ao espetáculo na sua casa. Estas pulseiras serão também o único método de pagamento no recinto e poderão ser carregadas antes da data do espetáculo através do MB Way, referência multibanco, cartão de crédito ou Paypal. 
 
Os bilhetes estão disponíveis na Ticketline com preços entre os 60 e os 150 euros.
 
Publicado em Tomorrowland
Deixou a carreira de professor de educação física e moral para se dedicar de corpo e alma ao djing e à produção musical. Quando se fala de Yves V, é inevitável referir o festival Tomorrowland, uma vez que o artista belga é considerado o DJ residente. Graças ao impacto das suas atuações transmitidas para todo o planeta, hoje em dia cumpre um dos seus maiores sonhos: viajar por todo o mundo acompanhado da sua música e dos seus fãs. O Portal 100% DJ teve a oportunidade de conversar com o produtor belga, sobre temas como a sua carreira atual, o nosso país e, claro, o festival que é a sua segunda casa.
 
 
És o DJ residente do Tomorrowland. Como te sentes ao fazer parte do maior festival do mundo?
É ótimo. Todas as pessoas me perguntam isso. Eu estou lá quase desde o início por isso eu vi toda a evolução. Agora tenho o meu próprio palco e atuei também no Main Stage, na edição do Brasil e dos Estados Unidos da América. Estou muito feliz por continuar lá e posso chamar-me de ‘DJ residente’ daquele festival, porque às vezes as pessoas não sabem onde é a Bélgica, a minha terra natal, mas sabem onde é o Tomorrowland.
 
Qual é a tua opinião sobre a expansão do Tomorrowland para outros países como o Brasil ou os Estados Unidos da América?
É muito bom, penso eu. Especialmente o Brasil, na minha opinião, é um grande mercado para mim. O público brasileiro e o Tomorrowland são uma combinação muito boa. A primeira edição ficou esgotada em duas horas e a edição americana também vendeu bem. Acho bem que não o façam em todos os países, mas sim em todos os continentes. É positivo expandir a marca.
 
Já atuaste várias vezes no nosso país. O que tens a dizer sobre Portugal e o nosso público?
Fantástico! Amo o clima, porque é muito diferente da Bélgica e o público tem sempre muita energia. Todos estão felizes e sabem as músicas, é uma das coisas que se consegue ver. A última vez que cá estive, havia pessoas no público com uma bandeira com o nome de uma faixa minha que ainda não tinha sido lançada, foi muito bom. 
 
Conheces algum DJ português?
Sim, o Kura. Que outros DJs portugueses me aconselham?
 
E para quando uma colaboração com um DJ português?
Atualmente estou a planear com o Kura para fazermos alguma coisa. Até agora não tenho nenhuma produção com um artista português mas nunca se sabe o que o futuro possa trazer.
 

(…) o meu maior objetivo: viajar pelo mundo e partilhar a minha música.

 
Qual é a tua colaboração de sonho?
É difícil dizer um só nome, mas se pudesse escolher seria alguém fora da música de dança. Alguém de uma banda de rock, de música clássica, ou um cantor. Algo totalmente diferente e que as pessoas não estejam à espera.
 
Como por exemplo?
Há muitos bons cantores, como por exemplo a Birdy. Ela tem uma voz muito boa que desperta muitas emoções. Iria ser uma excelente combinação. Mas há muitos outros bons nomes que seriam uma boa hipótese. 
 
Qual foi o melhor momento da tua carreira?
É óbvio que tenho de referir novamente o Tomorrowland. O mundo inteiro está a ver o Main Stage e aquilo que tu estás a reproduzir naquele momento. Cada vez que atuo lá, consigo ver as reações nas redes sociais. O Tomorrowland é sempre um momento alto na minha carreira.
 
Na tua opinião, quem merece a primeira posição do Top 100 DJs da DJ Mag?
É uma pergunta muito difícil. Mas acho que a resposta é Dimitri Vegas & Like Mike. São os meus irmãos da Bélgica. Na minha opinião é muito difícil dizer quem possa ser o melhor DJ do mundo, porque existem muitos bons artistas.
 
Que novidades podes desvendar acerca do futuro da tua carreira?
Tenho muitas novas produções a chegar. Espero que tudo corra bem. Vou estar em digressão e esse é o meu maior objetivo: viajar pelo mundo e partilhar a minha música.
 
Que mensagem gostarias de deixar aos seguidores e leitores do Portal 100% DJ?
Quero agradecer a todos que têm ido às minhas atuações e se nunca o fizeram, espero conhecê-los em breve num dos meus próximos shows. Continuem a apoiar a música eletrónica!
 
 
Segue Yves V nas redes sociais
     
 
Publicado em Entrevistas
quarta, 25 julho 2012 18:48

Tomorrowland: fotos aéreas do recinto

Como se pode comprovar pelas imagens aéreas, o Festival Tomorrowland começa a ganhar forma. Irá decorrer nos dias 27, 28 e 29 de julho na cidade de Boom a 26Kms de Bruxelas (Bélgica).
 
 
 
Publicado em Tomorrowland
27 de julho de 2019 marca a chegada do UNITE with Tomorrowland a Portugal que irá juntar-se a mais três países na celebração dos 15 anos do Tomorrowland.
 
O Porto foi a cidade escolhida para a realização deste evento sem fronteiras que liga via satélite a Bélgica e o resto do mundo através de uma conexão live do palco principal do Tomorrowland. Os efeitos especiais sincronizados com o espetáculo na Bélgica, combinados com o cenário típico do Tomorrowland e um line up de artistas de peso ao vivo faz do UNITE with Tomorrowland um espectáculo único que nos leva para outra dimensão.

Ao fabuloso line up de DJs, nacionais e internacionais que vão atuar ao vivo no palco do UNITE with Tomorrowland Portugal juntam-se os The Amicorum Spectaculum. Este grupo de entertainers cujo nome tem origem no mítico tema do Tomorrowland de 2017 está a preparar-se para embarcar numa viagem fantástica até aos horizontes místicos da Grécia, Malta, Portugal e Espanha

Mais que um evento local, Unite with Tomorrowland é um evento que permite que públicos em diferentes cidades da Europa estejam juntos, numa perfeita sincronização via satélite, numa mesma emoção, numa mesma realidade, no ambiente único que caracteriza 

O pré-registo está disponível no site do evento onde é possível reservar um lugar no UNITE with Tomorrowland Portugal até ao dia 15 de abril. Ao efectuar este registo aumentam as hipóteses de garantir a entrada no evento e o bilhete fica mais económico.
 

Para ler também: 



Criado em 2005 pelos irmãos Beers, Tomorrowland é o maior festival de música na Bélgica e acontece em Schorre, na cidade de Boom. Famoso pelo seu ambiente mágico, onde não faltam os efeitos especiais e as decorações temáticas anuais, a celebração dos 15 anos revisita um dos mais emblemáticos temas do festival: The Book of Wisdom: The Return, onde se juntam mais de 1.000 artistas e uma audiência estimada em 400.000 pessoas.
 
Em Portugal, o evento acontece no Parque Oriental da cidade do Porto, é co-produzido pela UAU e a PEV Entertainment em parceria com a Câmara Municipal do Porto.
 
 
Publicado em Tomorrowland
Pág. 1 de 10