18-08-2019

  Diretor Ivo Moreira | Periodicidade Diária

Sobre Nós  |  Fala Connosco     

Nota de Redação: Dia das Mentiras, 1 de Abril. A notícia publicada ontem com o título "'Quem quer namorar com o DJ' abre castings em junho" não passou de uma simples brincadeira para assinalar o dia da mentiras. 
Semanas fora de casa, horas a fio fechados em estúdio e pouco tempo para namorar. Com inúmeras rotinas diárias, a vida amorosa dos DJs não é fácil e além do intuito de fazer divertir os outros, esta é também uma profissão de desgaste rápido
 
É por isso que em breve a televisão portuguesa terá novidades: "Quem quer namorar com o DJ" será uma nova oportunidade para cinco artistas, conhecerem a sua possível cara-metade. 
 
As várias pretendentes irão testar a sua adaptação aos hábitos dos DJs, sem perderem de vista o objetivo de seduzir o seu futuro namorado especialista na música eletrónica.
 
A redação do Portal 100% DJ sabe que o programa está a ser desenhado por uma empresa internacional especialista em produção de TV e os castings irão arrancar no próximo mês de junho, em Lisboa.
A cidade de Lisboa parou no passado dia 12 de dezembro para assistir à cerimónia de entrega dos prémios do TOP 30 - 100% DJ de 2018 que decorreu na discoteca MOME (antigo Main). No evento, foram apresentadas as posições do TOP 30 de 2018 do Portal 100% DJ e entregues os troféus aos artistas presentes, com Kura a manter-se no primeiro lugar, seguido de Diego Miranda e KEVU no segundo e terceiro lugar, respetivamente. Foram ainda feitas duas distinções extras: o Prémio Carreira AIMEC a XL Garcia, escolhido pela redação do Portal 100% DJ; e o Prémio Talento AIMEC, entregue à dupla Alpha Heroes, servindo de estímulo para o trabalho a desenvolver nos próximos tempos.

Pelo sétimo ano consecutivo, o Portal 100% DJ premiou, em conjunto com todos os noctívagos que votaram, a dedicação, o esforço e o trabalho desenvolvido ao longo do ano por parte dos DJs e produtores nacionais, numa iniciativa única que muito tem contribuído não só para a indústria da música eletrónica como também para o desenvolvimento da carreira dos artistas. 

O evento contou com a apresentação do modelo e DJ Valter Carvalho, que conduziu todo o evento. A after party contou com o warm up de Pedro Orvalho e ainda a atuação de vários DJs e produtores que fazem parte do TOP 30 como Christian F, Steven Rod, Zinko e KEVU. 
 
Confere em baixo o TOP 30 de 2018.

1 - Kura
2 - Diego Miranda
3 - KEVU
4 - DJ Vibe
5 - Pete Tha Zouk
6 - Karetus
7 - Carlos Manaça
8 - DJ Ride
9 - Miss Sheila
10 - Overule
11 - Christian F
12 - Tom Enzy
13 - Club Banditz
14 - Djeff
15 - Pedro Carrilho
16 - Steven Rod
17 - Souza
18 - Francisco Cunha
19 - Zinko
20 - Branko
21 - Kamala
22 - Mauro Barros
23 - Ben Ambergen
24 - Von Di Carlo
25 - Kaiser-T
26 - Sunlize
27 - Mello
28 - Prilho
29 - Meith
30 - Vendark
Prémio Talento AIMEC - Alpha Heroes
Prémio Carreira AIMEC - XL Garcia
Além do evento oficial no dia 12 de dezembro, no MOME em Lisboa (antiga Discoteca Main), a edição 2018 do TOP 30 terá pela primeira vez duas distinções extra que contam com a importante chancela da AIMEC Portugal, a Academia Internacional de Música Eletrónica, agora com filial em Lisboa, a única na Europa. 
 
O "Prémio Carreira AIMEC" será escolhido pela redação do Portal 100% DJ, depois de rigorosa análise que terá em conta a toda carreira e contributo que o artista desenvolveu em prol da música eletrónica nacional nos últimos anos. Por outro lado, o "Prémio Talento AIMEC", será atribuído ao artista com estatuto de "novo talento", que no decorrer deste ano se destacou no mercado da música eletrónica a nível nacional e internacional. Servirá também como um estímulo para o trabalho a desenvolver no próximo ano.
 
Recorde-se que a votação termina já este domingo dia 25 pelas 23:59 horas e até ao momento já conta com um recorde de votações comparativamente ao último ano. Os artistas mais votados serão anunciados dia 28 de novembro. As posições que ocupam na listagem e os dois prémios extra AIMEC serão divulgados no grande evento que está a ser preparado no MOME.
 
domingo, 18 novembro 2018 22:30

O que deves saber sobre o TOP 30 - 100% DJ

Faltam poucos dias para terminar a única votação em Portugal que vai eleger o TOP 30 de DJs e produtores nacionais, numa ação levada a cabo pelo Portal 100% DJ. Os votos continuam a subir, ultrapassando recordes de dia para dia e os teus artistas favoritos contam com o teu voto para fazerem parte desta listagem. Em baixo apresentamos-te 10 importantes factos sobre esta iniciativa:
 
1. A votação está disponível até às 23:59 horas de 25 de novembro no site oficial www.top30.deejay.pt.
 
2. Os 30 artistas mais votados serão anunciados por ordem alfabética no dia 28 de novembro pelas 21 horas.
 
3. Pela primeira vez haverá um evento oficial do TOP 30. Acontece dia 12 de dezembro (quarta-feira) no MOME (antiga discoteca Main) em Lisboa. Neste evento serão divulgadas todas as posições e respetivos artistas. Haverá ainda uma after-party com DJs convidados que serão anunciados a 29 de novembro. As condições de acesso serão divulgadas em breve.
 
4. Esta é uma ação única em Portugal onde o principal objetivo é distinguir o trabalho e talento dos DJs e Produtores nacionais.
 
5. É o sétimo ano consecutivo em que o Portal 100% DJ distingue artistas portugueses.
 
6. Esta edição terá dois prémios à margem da votação. O "Prémio Talento" e o "Prémio Carreira" serão escolhidos inteiramente pela redação e divulgados no dia 12 de dezembro durante o evento oficial no MOME.
 
7. Do Techno ao Trance, do Deep ao Electro. Qualquer género de música eletrónica é aceite nesta votação. 
 
8. O voto do público é decisivo. Através da soma dos votos, os artistas ficarão dispostos da 1.ª à 30.ª posição.
 
9. Todos os artistas com nacionalidade portuguesa podem apelar ao voto/criar campanhas. Caso necessitem, existe um kit com material gráfico disponível para download gratuito e devidamente estruturado.
 
10. Esta votação é monitorizada em tempo real e os votos devem contemplar apenas e exclusivamente o nome correto de 4 DJs/produtores portugueses. Tudo o que seja diferente dessa regra, será classificado como inválido/voto nulo e não fará parte das contagens.
 
11. Conforme indica o ponto número 13 do Regulamento, todos os artistas que noutras edições se manifestaram ou venham a manifestar expressa vontade de não integrar esta ação, poderão receber votos por parte dos votantes, e mesmo sendo considerados válidos, não serão contabilizados nem serão incluídos neste TOP.
O MOME, antiga Discoteca Main, em Lisboa, vai ser palco no próximo dia 12 de dezembro, quarta-feira, da entrega de prémios do TOP 30 - 100% DJ, num evento especial onde serão divulgadas as posições dos 30 artistas mais votados na edição de 2018. Em breve será divulgado o line-up, bem como todos os pormenores de acesso ao evento.

Nesta noite será distinguida a dedicação, o esforço e o trabalho desenvolvido ao longo do ano, por parte dos DJs e produtores nacionais, numa iniciativa única que muito tem contribuído não só para a indústria da música eletrónica como também para o desenvolvimento da carreira dos artistas.

A votação que irá encontrar o TOP 30 deste ano, decorre até dia 25 de novembro e é destinada aos que já estabeleceram o seu lugar na dance scene nacional e aos novos talentos, que com o seu excelente trabalho já assumem lugares de destaque no mercado da música eletrónica.
A Nova Era é, pelo terceiro ano consecutivo, a rádio oficial do TOP 30 do Portal 100% DJ, cujas votações já se encontram abertas e decorrem até ao próximo dia 25 de novembro.

A conhecida líder de audiências a norte do nosso país irá novamente promover o TOP 30 deste ano, chegando desta feita a público mais abrangente e apreciador da música eletrónica de qualidade.

O TOP 30 do Portal 100% DJ voltar a distinguir os DJs e produtores que mais se destacaram durante este ano, através do voto do público já disponível em www.top30.deejay.pt.

Os resultados desta iniciativa vão ser divulgados no dia 2 de dezembro, através das várias plataformas associadas ao Portal 100% DJ.
O novo festival de Lisboa - Nova Batida - vai ocupar este fim-de-semana a Lx Factory e o Village Underground, em Alcântara. O cartaz conta com mais de 50 artistas, processo longo que exigiu "muita reflexão e energia" conta a organização em entrevista ao Portal 100% DJ. Além de novos talentos a estreia deste festival traz a Lisboa os suecos Little Dragon, o britânico Gilles Peterson, a dupla Mount Kimbie, o nigeriano Seun Kuti, sem esquecer de talentos portugueses como é o caso de Riot, Octa Push e Rita Maia.
 
O festival começa a partir das 13 horas e além da componente musical terá ainda aulas de surf e ioga, festas em barcos e street food. Para saber quais as espectativas e o que podemos esperar desta primeira edição de festival Nova Batida, o Portal 100% DJ esteve à conversa com Dan Flynn, representante da Soundcrash, produtora londrina que organiza festas de música eletrónica em vários países. O Portal 100% DJ é Media Partner do evento.
 

Quais são as expectativas para a primeira edição de Festival Nova Batida?
Esperamos que a primeira edição seja uma experiência incrível para todos os envolvidos e mal podemos esperar que visitantes do Reino Unido e de outros países de todo o mundo testemunhem em primeira mão a vibração calorosa e acolhedora de Lisboa e dos seus residentes. Escolhemos Lisboa não só por causa da sua cena musical, mas porque é uma cidade próxima ao nosso coração por tantas outras razões. A perspetiva de ter a oportunidade de dar algo de volta à cidade é algo que é muito excitante para nós.

São mais de 50 artistas que fazem parte da programação. Foi difícil conseguir este cartaz? 
Foi um processo que levou muitos meses, então, é claro que demorou muito - construir um cartaz de festival exige muita reflexão e energia. Não poderíamos estar mais felizes com o nosso primeiro line up e estamos felizes em trazer um grupo tão talentoso de artistas. Também foi ótimo que tantos artistas de Lisboa estivessem tão entusiasmados em juntar-se ao cartaz e estamos muito contentes por ter tantos representantes da música eletrónica nacional.

Que critérios tiveram em conta na hora de escolher os artistas?
Dos artistas ao vivo que selecionámos, escolhemos artistas que tinham músicas novas a serem lançadas - garantindo que todas as apresentações no festival fossem frescas e excitantes para o nosso público. Como disse anteriormente, também queríamos que muitos artistas portugueses participassem - algo que certamente continuaremos em 2019.
É comum que nos festivais alguns artistas realizem alguns pedidos mais excêntricos à organização. Há algum que vos tenha surpreendido particularmente?
Depois de anos a trabalhar na indústria da música não há muito que nos surpreenda. Para a Nova Batida todos os artistas do line up deste ano mostraram-se muito humildes.

No que se diferencia o vosso festival dos outros?
Acho que é uma combinação de muitas coisas diferentes. O festival principal está dentro dos locais super coloridos e criativos do Village Underground e da LX Factory, mas também há uma festa na praia no domingo dedicada aos participantes que pretendem estar junto da natureza. Temos uma linha de música ampla, mas coesa, da qual estamos muito orgulhosos e sabemos que haverá alguns momentos loucos quando Little Dragon, Mount Kimbie e outros subirem ao palco, mas também mal podemos esperar que os festivaleiros descubram os seus novos DJs favoritos numa área diferente. Também é diferente em que há uma grande comunidade de amantes da música do Reino Unido, França e Alemanha a visitar a cidade, mas também haverá uma grande percentagem de moradores locais no coração da festa. Mal podemos esperar que as vidas destes amantes da música de toda a Europa colidam - vai ser um momento encantador.

Além da componente musical, o que poderão assistir os festivaleiros do Nova Batida?
Temos várias atividades extras disponíveis, desde aulas de surf até aulas de ioga, festas em barcos e muito mais.

Em futuras edições, a cidade de Lisboa continuará a ser o local de eleição para acolher este festival?
Sim, vamos colocar bilhetes da edição de 2019 à venda em breve, apenas um ano do Nova Batida em Lisboa não chega. Vemos isso como um projeto de longo prazo e esperamos ser muito, muito felizes aqui.

Que recomendações gostaria de deixar aos festivaleiros?
Para aqueles que ainda não tiveram a experiência de ir a um festival de música em Lisboa, vão ser bem recebidos. Para os que já foram a eventos do mesmo género, já sabem o quanto se vão divertir!
 
Pelo sétimo ano consecutivo e de forma a comemorar os seus 11 anos de existência, o Portal 100% DJ vai distinguir, em conjunto com todos os noctívagos, a dedicação, o esforço e o trabalho desenvolvido ao longo do ano, por parte dos DJs e produtores nacionais, numa iniciativa única que pretende não só revolucionar a indústria da música eletrónica como também contribuir para o desenvolvimento da carreira dos artistas.

Mais uma vez a opinião do público será decisiva, pois é quem irá delinear as posições deste TOP 30, através de uma votação online, onde todos podem eleger os seus DJs e produtores portugueses favoritos, aqueles que mais se destacaram em 2018 independentemente do estilo de música eletrónica que tocam. Mais uma vez esta ação será destinada, não só para aqueles que já estabeleceram o seu lugar na dance scene nacional, como também para os novos talentos, que com o seu excelente trabalho já emergem no mercado da música.

Todos os pormenores desta ação serão aqui anunciados a 25 de setembro, que, segundo Ivo Moreira, diretor do Portal 100% DJ "tem todas as condições para ser novamente um sucesso. No ano passado as expectativas foram superadas em larga escala, com uma adesão em massa por parte de pessoas dos mais variados pontos do país e do mundo, que votaram nos seus artistas favoritos. Sobre esta nova edição, há novidades a serem preparadas para em dezembro - mês em que anunciamos as posições do TOP - apresentarmos algo diferente do habitual."
A convite do seu DJ residente, Sunlize, o Portal 100% DJ, estará esta terça-feira, 14 de agosto (véspera de feriado), no conhecido espaço algarvio Soul by Moments, antigo Água Moments, que se apresenta este verão com um novo nome, nova decoração e um ambiente incrível que se transforma ao ritmo das melhores sonoridades.

Nesta terça-feira e já com o majestoso cenário da Marina de Vilamoura iluminada, a pista de dança será comandada pelo DJ Sunlize e pelo convidado DJ Foksen, que tem acompanhado o Portal 100% DJ na estrada e que mais uma vez fará a festa juntamente comos verdadeiros fãs da música eletrónica.
 
 
Thijs Westbroek, conhecido no meio por Brooks, tem apenas 23 anos e já não passa despercebido na dance scene, não fosse a sua vasta seleção de originais e remixes, amplamente tocados em todo o mundo. David Guetta e Martin Garrix são alguns dos seus amigos com quem já produziu músicas entretanto lançadas por importantes editoras como é o caso da Spinnin Records e da Future House Music. 
A propósito do seu regresso a Portugal, marcado para o próximo dia 8 de julho na Figueira da Foz, o Portal 100% DJ esteve à conversa com o jovem holandês, que além das novidades na sua carreira, também nos falou das expetativas no seu regresso a terras lusas.

Apesar de ainda teres uma curta carreira, tens muito sucesso, o que fez também com que recebesses o prémio "Best Talent" na SLAM! Awards. Descreve-nos como tem sido a tua vida ultimamente depois disso.
Ganhar o SLAM! na categoria de "Melhor Talento" foi definitivamente um dos destaques da minha carreira até agora. Sinto que muita coisa aconteceu desde que comecei a apostar na música e isso só vem reafirmar, para mim, que estou onde estou por um motivo. Está mesmo a valer a pena! Desde então, tenho estado em digressão e a atuar sem parar - está provado que vai ser uma temporada agitada de festivais, sem esquecer que recentemente lancei meu novo single "Lynx" pela STMPD.
 
Qual é a sensação de ter uma colaboração com o atual número 1 do Top 100 da DJ Mag, Martin Garrix?
É uma sensação fantástica! Há algum tempo que eu e o Martin temos estado em contacto. Quando comecei a fazer música a sério, cheguei a enviar-lhe algumas faixas, até que finalmente chegou o momento de unirmos forças quando lançámos a "Byte". Depois lançámos a "Boomerang" e mais tarde, a cereja em cima do bolo, o lançamento do "Like I Do" com David Guetta. Temos uma atitude muito semelhante no que toca a produzir e por isso trabalhamos bem juntos. Estou feliz que estes eventos se realizem para que continuemos a fazer música que as pessoas gostem tanto como nós.
 
Já produziste vários remixes para diferentes artistas. Gostarias de deixar algum conselho para jovens produtores?
Encontrar o seu próprio estilo é a chave para se conseguir destacar e captar a atenção do público. É mais fácil falar do que fazer e sabemos que hoje em dia existe muita competição e pressão na indústria da dance music. A produção musical é muito acessível agora, não há desculpa para não "perdermos" tempo a aperfeiçoar o nosso som e fazer dele o nosso próprio estilo, torná-lo característico. Pretende-se que as pessoas oiçam a música e saibam logo que é daquele artista.
 


Preferes atuar num Club ou num Festival?
Tanto os clubs como os festivais têm coisas muito boas. Num club é um ambiente mais intimista e consegue-se chegar até às pessoas mais facilmente. O que não é tão frequente num festival. O que os festivais têm de bom é a sua dimensão, com milhares de pessoas a gritar e a cantar as músicas, é algo que não esqueço tão depressa.

Que tipo de hardware e software consideras essencial para se começar nesta área?
Num começo pode-se usar apenas um software e uns phones ou com umas simples speakers. Primeiro que tudo, é importante que se tenha um Daw em que o produtor se sinta confortável. Uso Fruity Loops como DAW o que é relativamente fácil para quem está a começar, mas é possível usar-se outras DAWs também. A respeito de plugins, podem assistir às minhas masterclasses no meu canal de youtube e ver que plugins aconselho.
 
Que expectativas tens para a tua performance no RFM Somnii?
Primeiro que tudo, Portugal é um dos meus sítios preferidos no mundo e só quero chegar para aproveitar algum tempo antes do festival começar. De mim, podem esperar muita energia e mãos no ar. Pela minha experiência de outras atuações em Portugal, espero um público que se sabe divertir e que não tem medo de sentir a música. A comunidade da dance music em Portugal percebe do assunto, por isso sei que vai ser um espetáculo envolvente. Mal posso esperar!
 
Queres revelar-nos algumas novidades sobre o futuro da tua carreira?
Neste momento estou no meio da época dos festivais. Tenho atuações agendadas na Hungria, Polónia, Holanda, Alemanha... Se assistirem a estes espetáculos vão ouvir-me passar alguma música nova. Tenho passado muito tempo em estúdio, quando não estou em tour, por isso podem esperar grandes colaborações e lançamentos brevemente.
 
Que mensagem queres deixar aos leitores e seguidores do Portal 100% DJ?
Vocês são brutais! Obrigado pelo vosso trabalho e por terem conversado comigo. Obrigado por continuarem a apoiar-me enquanto lanço novas músicas, tenho novidades para os vossos ouvidos em breve.
 
Pág. 1 de 169
100% DJ. Projeto editorial independente cujos valores se guiam pelo profissionalismo, isenção e criatividade, tendo como base de trabalho toda a envolvente da noite nacional e internacional, 365 dias online.

Newsletter

Recebe novidades e conteúdos exclusivos no teu e-mail.

Este site utiliza cookies. Ao navegares neste site estás a consentir a sua utilização. Para mais informações consulta a nossa Política de Privacidade.