07-04-2020

  Diretor Ivo Moreira | Periodicidade Diária

Sobre Nós  |  Fala Connosco     

DJ Vibe, Rui Vargas e Diego Miranda estão confirmados para o Rock In Rio Brasil, na tenda eletrónica, que se realiza entre os dias 18 e 20 e 24 e 27 de setembro.

 
Os veteranos DJ Vibe e Rui Vargas irão atuar em modo B2B, enquanto que o número 70 do Top 100 da DJ Mag, Diego Miranda, vai ter Rodrigo Shá como participação especial.
 
Entre os nomes internacionais, o festival conta com a atuação de Headhunterz, Crookers e os brasileiros Alok, Felguk e Gui Boratto.
 
Confere abaixo o cartaz confirmado até ao momento da tenda eletrónica do Rock In Rio Brasil:
 
18 de setembro:
 
  • Kerry Chandler
  • Barbara Tucker
  • DJ Memê
  • Mary Olivetti, Kassin e O Baile do Lincoln (homenagem a Lincoln Olivetti)
  • Vivi Seixas e participação especial de Lustosa (homenagem a Raul Seixas)
 
19 de setembro:
  • Crookers
  • Headhunterz
  • Tropkllaz
  • A Liga
  • Chemical Surf
 
20 de setembro:
  • Matador
  • Pig + Dan
  • Gui Boratto
  • Flow&Zeo + Karina Zeviani
  • Elekfantz
 
24 de setembro (“Kids want Techno”):
  • Nome a anunciar
  • Vintage Culture
  • Anderson Noise + Mau Mau + Renato Cohen
  • 2 Attack com DJ Paula Chalup + Mau Mau
 
25 de setembro (“Brasil EDM worldwide”):
  • Alok
  • Volkoder
  • Felguk
  • Marcelo Cic
  • HNQO
 
26 de setembro (B2B):
  • Davide Squillace B2B Mathias Tanzman
  • DJ Vibe B2B Rui Vargas
  • Leo Janeiro B2B Leozinho
  • Conti B2B Mandi
 
27 de setembro
  • Nome a anunciar
  • Life Is a Loop (live)
  • Diego Miranda, com participação especial de Rodrigo Shá
  • Ely Yabu
  • Amanha Chang

 

 

Publicado em Rock in Rio
sábado, 12 setembro 2015 22:46

Alok: 'O meu berço foi a música eletrónica'

Chama-se Alok e é um dos nomes da atualidade da música eletrónica brasileira, que mais destaque tem alcançado a nível internacional com atuações no Rock In Rio Las Vegas e em várias edições das famosas festas das cores Happy Holi. Depois de ser considerado como o DJ e produtor mais popular da terra do carnaval pela House Mag, o artista estreou-se em Portugal na edição de Cascais da Where’s The Party by Carlsberg. O Portal 100% DJ esteve à conversa com Alok numa entrevista exclusiva, acompanhada pelas filmagens do seu novo documentário, onde os temas destacados na mesma foram a sua carreira, o nosso país e o cenário da música eletrónica no Brasil.
 
 
O facto dos teus pais serem DJs influenciou a tua escolha desta profissão?
Com certeza. Eu nasci neste meio eletrónico. O meu berço foi a música eletrónica e os meus pais inspiraram-me muito e ainda inspiram.
 
Porque decidiste criar a tua própria editora “Up Club Records”?
Porque acho que há muitas pessoas talentosas por aí e muitas vezes não conseguem demonstrar o seu trabalho, porque não se conseguem encaixar ou adequar-se ao formato das editoras. A editora é aberta para todos os tipos de criatividade - o que importa é a criatividade, nós não rotulamos nada. É mais uma porta e uma oportunidade para as pessoas poderem mostrar o seu trabalho e não serem influenciados pelas editoras a criar a música que eles querem.
 
Que novos talentos tens debaixo de olho?
Há muito bom talento. É o caso de um rapaz chamado Illusionize - ele está a “rebentar”. Existe também o Dazzo, ele já toca há muitos anos, mas está agora a ter destaque. Também comecei a ver vários nomes novos que nunca tinha ouvido falar e vou fazer o lançamento. Possivelmente irei divulgar no melhor momento, depois de toda a parte burocrática, contrato, etc…
 

A editora é aberta para todos os tipos de criatividade - o que importa é a criatividade, nós não rotulamos nada.

 
Tens viajado em digressão por quase todo o Brasil. Qual é a tua visão do cenário da música eletrónica no país?
No Brasil, estamos a viver agora um momento de maior ascensão. Começamos a apercebermo-nos que as crianças hoje estão muito inseridas na música eletrónica e isso é algo inédito, porque anteriormente as pessoas só se inseriam na música eletrónica a partir dos 18 ou 19 anos.
 
Nos últimos meses, o Brasil tem recebido grandes e importantes festivais de música eletrónica, como é o caso do Tomorrowland, onde também atuaste. Qual foi a sensação de estar na cabine do Main Stage, daquele que é considerado o melhor festival do mundo?
Foi a realização de um sonho e não poderia ter sido melhor. Realmente foi o melhor gig da minha vida. Abriu portas a muitas coisas positivas na minha carreira, e bem... o Tomorrowland é um fenómeno, não é? Fiquei muito feliz por fazer parte desse palco e dividi-lo com grandes nomes.
 
Tencionas atuar na edição da Bélgica?
Este ano não, somente no TomorrowWorld, nos Estados Unidos da América.
 
Sabemos que o teu nome significa luz. Consideras a luz uma fonte de inspiração para as tuas produções?
Nunca tinha parado para pensar, mas pode-se dizer que sim.
 
Foste considerado pela House Mag como o DJ número 1 do Brasil. Com que sentimento recebeste essa distinção?
É curioso porque em todos os outros anos eu nunca tinha entrado. E na minha estreia, foi logo em primeiro lugar. Eu sei que há muitas pessoas muito boas no Brasil também, pela qualidade e até pessoas com mais técnicas que eu, só que de repente faltou um pouco de acreditar em si mesmo entendeu? E eu sempre acreditei, colhi frutos e acabei sendo... Os meus números falam muito alto, como o voto é de popularidade e não há juízes por trás, o DJ mais popular do Brasil hoje sou eu.
 
 
A tua vinda mais cedo para Portugal, deu para conheceres um pouco do nosso país?
Sim, eu dei uma volta por vários sítios e estou apaixonado. É muito porreiro.
 
Tencionas voltar?
Com certeza. Quero voltar e quero comer muito aqui nos restaurantes porque foi a melhor comida que comi na vida.
 
Como descreves a atuação no Where’s The Party em Cascais? Superou as expetativas?
Para ser sincero foi muito difícil... A minha sonoridade, no meio da “EDM” é muito mau para mim. Mas faz parte e nós temos que estar preparados para tudo. Criei muitas expectativas, uma ideia na minha cabeça e acabou por ser mais difícil do que eu imaginava. Nem tudo é assim tão fácil - o que é bom, porque saí da minha zona de conforto, que no Brasil para mim é tudo mais fácil, logo foi um desafio também.
 
Que artistas portugueses de música eletrónica conheces?
O Diego Miranda apenas.
 
Que projetos tens para desenvolver a curto e longo prazo?
A curto prazo vou lançar o meu álbum e a editora. Estamos também a produzir o documentário da minha vida que acho que vai levar um a dois anos para estar no ar, ou seja um projeto a longo prazo.
 
Vais fazer campanha este ano para o Top 100 da DJ Mag?
Estamos a fazer uma campanha muito forte. O ano passado nem apostámos muito e fiquei em 117º lugar.
 
Acreditas portanto na tua estreia no Top 100?
Vamos ver, acredito que sim.
 
Que mensagem queres deixar aos leitores do Portal 100% DJ?
Quero agradecer por me terem recebido tão bem aqui e quero voltar mais vezes, esperando que da próxima vez não me coloquem entre dois DJs de EDM, mas sim no horário certo.
 
 
Segue Alok nas redes sociais

     

 
Publicado em Entrevistas
O canal televisivo MTV vai transmitir uma compilação com os melhores momentos do festival Tomorrowland que decorreu no passado mês de maio (1, 2 e 3) em Itu, São Paulo.
 
Durante os próximos dois fins-de-semana, a rúbrica MTV World Stage vai ter em destaque inúmeros planos captados no festival de música eletrónica que esgotou 180 mil bilhetes em apenas três horas.
 
A estreia do evento por terras de Vera Cruz foi de tal maneira um sucesso absoluto que a organização não hesitou e confirmou a presença do evento no Brasil por mais cinco anos, ou seja até 2020. No próximo ano decorre entre os dias 21 e 23 de abril.
 
Pelo segundo ano consecutivo a MTV é a televisão oficial do Tomorrowland que este ano acontece nos dias 24, 25 e 26 de julho em Boom, na Bélgica. O cartaz artístico já se encontra fechado e dele fazem parte vários artistas da música eletrónica como é o caso de Afrojack, Oliver Heldens, Steve Aoki, Dyro, Romeo Blanco, Ummet Ozcan e The Martinez Brothers.
 
Recorde-se que no ano passado esta estação televisiva já tinha transmitido dois MTV World Stage exclusivos e um documentário que retratava os 10 anos de existência do festival.
 
Confere agora o horário da transmissão portuguesa do MTV World Stage:
  • Sexta-feira (19 junho) - 00:15 horas
  • Sábado (20 junho) - 10:00 horas 
  • Domingo (21 junho) - 00:45 horas
  •  
  • Sexta-feira (26 junho) - 00:15 horas
  • Sábado (27 junho) - 10:00 horas 
  • Domingo (28 junho) - 00:45 horas
Publicado em Tomorrowland
Na sua primeira edição em terras de Vera Cruz, - no passado fim de semana - o festival belga Tomorrowland, deixou bem claro que o seu grande atrativo é o famoso Mainstage - amplo espaço outdoor que acolhe não só os melhores DJs da cena eletrónica, como também milhares de festivaleiros oriundos de todo o mundo. 
 
Com sucesso absoluto e ingressos completamente esgotados, a organização do Festival que nasceu na Bélgica e que agora está a ser exportado para outros países, confirmou a presença do evento no Brasil por mais cinco anos, ou seja, até 2020 e anunciou ainda as datas para o próximo ano: 21, 22 e 23 de abril.
 
Afrojack, Borgore, David Guetta, Dimitri Vegas & Like Mike, Nicky Romero, Nervo, W&W entre muitos outros artistas divididos por diversos palcos, transformaram a Arena Maeda, em Itu (São Paulo), numa gigantes discoteca que recebeu mais de 50 mil pessoas 
 
Na listagem em baixo, poderás conferir as músicas mais tocadas em pleno MainStage do Festival Tomorrowland Brasil, sendo que as últimas três, foram as mais remisturadas.
 
  • Dimitri Vegas, Martin Garrix, Like Mike - Tremor
  • Alesso - Heroes (We Could Be)
  • Armin Van Buuren - Ping Pong (Hardwell Remix)
  •  

 

  • Calvin Harris - Blame It On The Night (Feat. John Newman)
  • David Guetta, Ne-Yo, Akon - Work Hard, Play Hard
  • Darude - Sandstorm
 
  • Rhythm Of The Night - Corona
  • Oasis - Wonnderwall
  • Queen - We Will Rock You
Publicado em Tomorrowland
Um dos maiores festivais de música do Brasil e chega este ano a Portugal. O Villamix Festival é conhecido pela sua diversidade de música brasileira no cartaz e vai decorrer na Altice Arena, em Lisboa, no dia 6 de outubro.
 
As primeiras confirmações para a edição portuguesa são Alok, Jorge & Mateus, Wesley Safadão e MC Kevinho, num evento que tem a duração de 10 horas. 
 
O Villamix Festival conta já com 7 anos de sucessos, tendo uma média de 30 edições por ano em 24 cidades brasileiras diferentes. Ao todo, já recebeu mais de 2 milhões de pessoas e foi certificado no Guinness World Records por ter o maior palco do mundo.
 
Esta é a primeira internacionalização do festival e para Marcos Araújo, diretor do evento, “fazia todo o sentido ser o país irmão do Brasil a porta de entrada no Villamix Festival na Europa. Há uma proximidade de língua, culturas e Lisboa é hoje um dos mais reconhecidos destinos turísticos e residenciais não só para brasileiros como para muitos outros países”.
 
Os bilhetes vão estar disponíveis a partir do dia 1 de junho na Blueticket, entre os 35 e os 120 euros.
 
Publicado em Festivais
segunda, 21 março 2011 15:23

Rock In Rio: Guns n’ Roses confirmados

A organização do maior evento de música e entretenimento do mundo anuncia todos os headliners que se apresentarão na Cidade do Rock nos seis dias do Rock in Rio 2011.
Atendendo a pedidos do público (de acordo com a votação realizada no site oficial foram mais de 450 mil votos, a maior mobilização feita por fãs para esta edição), a organização anuncia um dos mais aclamados grupos da história do rock e dos 26 anos do Rock in Rio: Guns N’ Roses volta ao Palco Mundo no dia 2 de Outubro. A roqueira baiana Pitty fará o concerto de abertura deste Palco na última noite do evento.

Os Guns N’ Roses, com mais de 100 milhões de discos vendidos no mundo inteiro, prometem na sua quarta apresentação no Rock in Rio, levar a sua legião de fãs ao delírio, repetindo o sucesso dos concertos históricos do Rock in Rio II, em 1991; e da terceira edição, em 2001, quando tiveram seu recorde de público, cerca de 250 mil pessoas na Cidade do Rock; e do Rock in Rio-Lisboa, em 2006. Pitty também participou na edição portuguesa de 2006, exactamente no mesmo dia, fazendo a abertura do Palco Mundo.

No dia 1 de Outubro Frejat subirá ao Palco Mundo, que dividirá a noite com a banda Coldpay e o grupo mineiro Skank.
Na mesma data, o Palco Sunset promoverá, conforme anunciado no último mês, quatro encontros especiais: Cidadão Instigado e Júpiter Maçã; Tiê e Jorge Drexler, Zeca Baleiro e Concha Buika, Erasmo Carlos e Arnaldo Antunes.
No dia 2 de Outubro, será a vez de: The Monomes e David Fonseca; Mutantes e Tom Zé, Titãs e Xutos & Pontapés, Marcelo Camelo e um convidado que ainda será anunciado.

Ao longo das próximas semanas a organização anunciará novidades do Rock in Rio e mais alguns artistas, ainda em negociação. Todas as novidades podem ser acompanhadas pelo site e pelas redes sociais do Rock in Rio, como Twitter – que já conta com mais de 152 mil seguidores –, Facebook (159 mil fãs) e Orkut (45 mil membros), entre outras.
Publicado em Rock in Rio
Os Club Banditz são cabeças de cartaz na Micareta (Carnaval fora de época) no "Carnabeirão 2012" na zona VIPfolia da SKOL, em Ribeirão Preto - São Paulo no Brasil.

O evento realiza-se de 13 a 15 de Abril onde são esperadas mais de 50 mil pessoas por dia. Várias bandas brasileiras, como Chiclete com Banana ou Banda EVA, irão igualmente atuar no "Carnabeirão 2012" .

Depois de em fevereiro terem "tomado de assalto" os melhores clubs ao longo de uma tour de 3 semanas que passou por cidades como o Rio de Janeiro, Itajaí, Ribeirão Preto, Florianópolis e Balneário Camburiú, a quadrilha volta ao ataque num dos melhores festivais do Brasil.
 
Brasil... Are you ready for CBZ?
 
Publicado em Artistas
domingo, 10 janeiro 2010 18:55

Rio Music Conference em Fevereiro

Este ano, palestras e painéis foram divididos em 4 temas macro, que servem de orientação junto ao público visitante: CAPACITAÇÃO, TECNOLOGIA, MERCADO E ARTÍSTICO. Os temas, bem como os participantes, mais uma vez trazem ao domínio público o que de mais relevante vem a ser discutido, vendido e apresentado a quem vive e consome música electrónica, de forma a agregar conhecimento e informação para music lovers, executivos, djs, jornalistas, produtores e agentes.

O público assistirá, em dois dias, a uma extensa e rica programação.

Dia 10/02
Palestras - Auditório
18:00 - Economia e Mercado - pesos pesados da indústria do entretenimento discutem os caminhos e oportunidades que se abrem neste cenário pós-crise.
20:00 - Mundo Digital – as diferentes plataformas para se ganhar dinheiro em um universo de gigas e bytes.
22:00 -Questions & Answers (Q&A) – um formato inédito, onde o público participa activamente, com perguntas aos seus ídolos.
Painéis – Lounge RMC – Nos intervalos entre as palestras
19:15 - Legal Issues: Copyrights, Direitos Autorais
21:15 – Legal Issues: Leis de Incentivo


Dia 11/02
Palestras – Auditório
18:00 - Trilhas Sonoras – um debate sobre um dos mercados mais promissores para jovens produtores.
20:00 - Música Independente – como é este mercado que funciona (muito bem) à margem do mainstream.
22:00 - Momento DJ - A música electrónica, assim como a figura do dj, passa por um momento de transição no país. Como se manter em evidência num mercado tão acirrado?
Painéis – Lounge RMC – Nos intervalos das palestras
19:15 – E-Music na World Music – a música electrónica ultrapassou as fronteiras dos clubs e infiltrou-se em todas as camadas sociais.
21:15 – How to be a Rock Star? - Se você tem ou quer ter uma banda, saiba como se comunicar, como se relacionar com gravadoras, fãs e imprensa

Workshops
Para os aspirantes a djs e produtores, os workshops são um prato cheio! Em 6 actividades distintas, o público contará com a prática e a experiência de verdadeiras feras da produção musical, scratching, mixagem e masterização, performance, VJ e trilhas sonoras. Uma oportunidade imperdível de estar em contacto directo com os profissionais que são sucesso nas suas carreiras.

Feira de Negócios
Parte essencial da conferência, a feira de negócios traz um espectro desta indústria que não para de crescer! Agências, selos, clubs, moda, fabricantes de equipamentos e dj shops estarão presentes na conferência, comunicando-se com seu público alvo nesta espetacular plataforma; a fazer negócios ou simplesmente a apresentar as suas marcas.

Village
E, para que o público se sinta ainda mais à vontade no meio de tanta informação, nada melhor do que contar com o providencial suporte do 00 Cozinha Contemporânea, nesta edição homenageando a cidade a cada dia com um prato especialmente preparado. Se a sua for só uma cervejinha, sem problemas. O Bar da Skol estará lá, pronto para servir a mais gelada (e redonda) das “cervas’.
Está a faltar alguma coisa não? Claro, a música! Das 15:00 às 2:00, a radio RMC, sob o comando da lenda viva José Roberto Mahr, apresenta uma deliciosa programação musical, ao vivo, com djs a tocar o melhor do lounge, dub, deep house e tech house. Entre um set e outro, a RMC apresenta, pela primeira vez no Rio, as feras do DMC, o maior e mais tradicional torneio de scratching do mundo, um verdadeiro espetáculo das pick ups com performances de tirar o folego! Semi finais e finalíssima durante a programação.


Mais informações:
www.riomusicconference.com.br
www.twitter.com/rmc2010
Publicado em Eventos
A última edição do Atmosphere Festival, que decorreu no passado fim de semana, em Rio Grande do Sul, no Brasil, ficou marcado pelas piores razões. O mau tempo que se fez sentir no domingo fez com que a estrutura do palco caísse, matando um DJ e ferindo outras três pessoas.
 
DJ Kaleb é a vítima mortal, um artista brasileiro que percorria vários eventos e festivais de música eletrónica em todo o território brasileiro.
 
A organização do Atmosphere Festival já emitiu um comunicado oficial na sua página de Facebook, onde informa que sempre tiveram atenção com a segurança do público, cumprindo todos os processos e autorizações pedidos pelas autoridades brasileiras.
 
“Estamos desolados, perdemos um amigo, um artista. Nossa prioridade é dar assistência aos feridos e suas famílias. Agradecemos à Brigada Militar e ao Corpo de Bombeiros por toda a assistência”, concluiu a organização do evento na rede social.
 
Publicado em Festivais
domingo, 06 setembro 2015 16:55

Festival brasileiro tem o maior palco do mundo

Considerado pelo Guiness Book como a maior estrutura de palco do mundo, o festival brasileiro Villa Mix realiza-se hoje em Goiânia com vários artistas, incluindo Alok e Felix Jaehn.
 
O palco conta com 628 toneladas de equipamentos, mais de 600 pessoas envolvidas, 52,34 metros de altura, 44,8 metros de profundidade, 117,4 metros de largura e 2,724 metros quadrados. O antigo recorde era do palco dos U2, com 2,694 metros quadrados.
 
A organização do festival anunciou a transmissão em direto das atuações, através do canal oficial de Youtube do Villa Mix.
 
{youtube}Gw73v1oond4{/youtube}
Publicado em Festivais
Pág. 1 de 6
100% DJ. Projeto editorial independente cujos valores se guiam pelo profissionalismo, isenção e criatividade, tendo como base de trabalho toda a envolvente da noite nacional e internacional, 365 dias online.

Newsletter

Recebe novidades e conteúdos exclusivos no teu e-mail.