17-02-2019

  Diretor Ivo Moreira | Periodicidade Diária

Sobre Nós  |  Fala Connosco     

Pires de Lima há muito que o queria: levar Água das Pedras para o mercado brasileiro. Agora conseguiu-o. A marca de águas com gás da Unicer chegou ao Brasil, tendo-se apresentado oficialmente na ExpoVinis, em São Paulo.
 
"A entrada da marca Água das Pedras no Brasil é mais uma importante etapa na estratégia de internacionalização da Unicer, um programa que pretendemos prosseguir com a entrada noutras importantes cidades cosmopolitas. É uma marca muito conceituada nos quatro cantos do mundo mas por ser um recurso limitado temos de gerir a sua exportação com muita atenção. É um recurso português que queremos e merece ser preservado", declarou António Pires de Lima, presidente executivo da Unicer.
 
No Brasil, a Água das Pedras vai integrar o segmento de águas de luxo "devido aos seus atributos mais valiosos, como a origem e as características únicas" e estará presente no universo gourmet, em restaurantes, hotéis e bares de categoria superior, bem como em retalho premium, informa a empresa.
 
Para apresentar a marca na ExpoVinis, aos críticos de gastronomia, sommeliers, enólogos e outros profissionais da restauração, foram desenvolvidas algumas iniciativas, como várias harmonizações de menus de chefs reconhecidos no Brasil com Água das Pedras - como, o chef português Vítor Sobral, restaurante Tasca da Esquina, em S.Paulo; chef Bel Coelho, restaurante Dui; e os chefs Ligia Karazawa e Raúl Jiménez, restaurante Clos de Tapas.
 
Com 140 anos, a Água das Pedras prossegue assim a aposta na sua internacionalização e prepara-se para entrar noutras cidades mundiais, como Nova Iorque e Berlim, onde pretende posicionar-se também no segmento premium.
Publicado em Marcas
Natural da Margem Sul do Tejo, é no país da cidade maravilhosa que faz vida há 10 anos. Começou a sua carreira na música com oito anos de idade, a estudar piano, tocou numa banda de baile, mas rapidamente percebeu que o "bailinho" era outro, com acordes mais eletrónicos e decibéis muito mais altos. Rui Oliveira é o rosto do projeto Paranormal Attack, que está comemorar 15 anos de existência. Nesta entrevista exclusiva ao Portal 100% DJ, ficámos a conhecer as suas influências e algumas novidades musicais, como foi a sua passagem pelo Festival Tomorrowland Brasil e quais os seus próximos projetos.
 
 
A música fez parte da tua infância. Estudaste piano, tocaste numa banda de baile e aos 20 anos começaste a produzir música eletrónica. Conta-nos como foi essa mudança da música de baile para a eletrónica.
Na verdade sempre odiei música de baile mas era uma boa fonte de dinheiro e dava-me tempo para poder produzir enquanto Paranormal Attack durante a semana. Sempre fui fã de Rock e Metal, nem prestava muita atenção ao som eletrónico até ao dia em que fui a uma rave e apaixonei-me completamente. Comecei logo a descobrir como se fazia aquilo. Os conhecimentos que tinha de música ajudaram-me muito na produção!
 
Na produção musical quais são as tuas influências?
No trance a minha maior influência sempre foi Skazi, além de ser como um irmão para mim também foi ele que me ajudou muito no início da carreira. No geral o meu produtor preferido é o Rob Swire dos Pendulum/Knife Party.
 
Já lançaste uma faixa em conjunto com os Karetus. Com que outros artistas portugueses gostarias de colaborar?
Os Karetus são grandes amigos meus e grandes produtores. Estou a terminar uma colaboração com os Ninja Kore e gostaria de fazer algumas coisas diferentes no mundo Pop também. Estou também a preparar uma colaboração com os Pratta.
 
Faz dois anos que fundaste a editora Fxxk Tomorrow. Como surgiu essa ideia e que balanço fazes da mesma?
Quando tive a ideia de criar a editora foi com o intuito de ter liberdade para lançar a minha música quando quisesse sem ter que esperar por agendas de outras editoras. As coisas foram crescendo e comecei a receber muitas demos e os planos foram sendo maiores. Já lançámos músicas de vários artistas, vários estilos e conseguimos alcançar alguns Top 100 no Beatport. Recentemente começámos a fazer eventos e temos grandes planos para Portugal a partir do próximo ano, que em breve serão revelados. Mas esperem grandes noites no nosso país.
 
Como vês a cena Trance tanto em Portugal como no Brasil?
São cenas muito diferentes. O Brasil devido ao tamanho do país e também ao tamanho a que o Trance chegou os eventos são mega produções com milhares de pessoas. E também o público é mais quente e mostra mais o quanto gostam do DJ. Já Portugal tem uma cena mais tradicional, mais underground e mais pequena e as pessoas são um pouco mais introvertidas. Mas amo os dois países. Cada um com as suas particularidades.
 
O ano passado tiveste uma atuação no Tomorrowland Brasil. Como foi essa experiência?
Foi uma experiência maravilhosa, poder estar num evento desses é o sonho que qualquer DJ provavelmente tem. Lembro-me que até chorei de felicidade no dia que saiu o meu nome no line-up. Foi uma emoção enorme.
 
Que diferenças encontras entre o público português e o brasileiro?
Como já disse, acho que a maior diferença é mesmo a reacção do público quando ouvem a minha música. Os dois países gostam muito do som mas no Brasil as pessoas gritam, pulam, levam placas com o meu nome, bandeiras de Portugal, etc. Em Portugal o público preocupa-se mais com a experiência de cada um durante o set. Dançam muito mas são mais contidos. Mas isto é uma coisa do Trance, porque vejo que noutro tipo de eventos o público português é bastante animado também.
 
No início do mês tiveste uma atuação na Costa de Caparica, margem do Tejo que te viu crescer. Como foi esse regresso? Pode-se afirmar a velha máxima de que "o bom filho à casa torna"?
Foi muito boa a festa, grande ambiente e o local escolhido foi muito bom também. Isto foi só o começo de uma caminhada que estamos a planear. Grandes notícias estão a caminho. Fico muito feliz de voltar ao meu país depois de estar 10 anos no Brasil.
 
O que representou para ti a entrada direta para o TOP 30 de 2016 levado a cabo pelo Portal 100% DJ?
Foi outra grande surpresa para mim e fiquei muito feliz com isso. O país onde nasci reconheceu o meu trabalho e consegui um 19.º lugar. Muita gente que não me conhecia ficou a conhecer e os que conheciam se calhar passaram a respeitar mais o meu trabalho. Espero que este ano suba mais umas posições nesse ranking.
 
Quais são os teus projetos musicais a curto e médio prazo?
Este ano vou lançar o álbum de 15 anos do projeto com 15 músicas e tenho algumas colaborações para sairem também em labels mais comerciais. Temos também grandes planos para eventos da Fxxk Tomorrow em Portugal.
 
E por último, a pergunta da praxe. Que mensagem queres deixar aos teus fãs/seguidores?
Quero agradecer a todos por me proporcionarem a vida que eu escolhi. Poder fazer aquilo que se ama é uma grande vitória na nossa vida. Nunca desistam dos vossos sonhos. Por vezes demoram a chegar mas o que é nosso está guardado e então a nossa hora sempre chega. Um abraço gigante a todos! Amo vocês!
 
Publicado em Entrevistas
Diego Miranda e Paranormal Attack são os primeiros portugueses a pisar o palco do Tomorrowland brasileiro. A confirmação foi feita hoje pela organização do evento, que decorre entre os dias 21 e 23 de abril, em São Paulo.
 
O Brasil não é um território desconhecido para Diego Miranda, uma vez que tem atuado nos últimos meses em vários Happy Holis, as festas das cores que têm invadido os países da América Latina e também Portugal.
 
Paranormal Attack é natural de Lisboa e o seu verdadeiro nome é Rui Oliveira. Durante a sua carreira já atuou em vários festivais como Planeta Atlântida, Xxxperience Festival e Playground Festival. “A bandeira de Portugal no Tomorrowland! Não aguentava mais guardar este segredo! Não imaginava o que era esta emoção ao ver o meu nome nesse line-up!”, afirmou Paranomal Attack na sua página oficial de Facebook.
 
O tema deste ano do Tomorrowland Brasil é “The Key to Hapiness”, já utilizado na edição belga no passado. Os bilhetes para o festival encontram-se à venda no site oficial do evento.
 
No mesmo cartaz constam nomes como Axwell /\ Ingrosso, Alok, Ferry Corsten, Laidback Luke, Gui Boratto e Yves V. Confere abaixo o cartaz completo. 
 
 

 
Publicado em Tomorrowland
 
Um avião que transportava o DJ e produtor brasileiro Alok saiu da pista durante a descolagem do aeroporto de Juiz de Fora, em Minas Gerais (Brasil), este domingo. A imprensa brasileira avança que, na aeronave, além do artista, estavam cinco pessoas que integram a equipa de produção de Alok, o piloto e co-piloto. Ninguém ficou ferido.
 
Logo após o acidente, o artista manifestou-se nas redes sociais. Nas stories do Instagram, gravou imagens mostrando o avião e tentou dizer algumas palavras aos fãs. No Twitter, reiterou que ele e a sua equipa estão bem. "Estamos todos bem" Só consigo agradecer! Obrigado, Deus!", escreveu.
 
 
 
Publicado em Artistas
Após ter comprado marcas como o Beatport, Tomorrowland e adquirido 50% do Rock in Rio, o grupo de entretenimento SFX criado em 2012, acaba de comprar da agência PlusTalent - uma das maiores empresas do Brasil liderada por Luiz Eurico Klotz, Edo Van Duyn e Silvio Conchon, responsável pelo agenciamento e management de DJs, e a criação e produção de eventos de música eletrónica, incluindo o Tomorrowland em terras de Vera Cruz.
 
“Ter os ingressos do Tomorrowland Brasil esgotados em tempo recorde é a consagração do poder da música eletrónica no Brasil. A Plus Talent é uma empresa talentosa, criativa e que possuí a mais profunda experiência no mercado brasileiro”, disse o presidente e CEO da SFX Robert F.X Sillerman em comunicado.
 
O Festival Tomorrowland - criado na Bélgica em 2005 - terá a sua primeira edição no Brasil nos dias 1, 2 e 3 de maio do próximo ano na cidade de Itu, interior de São Paulo. Com 870.000 pré-registos e 180.000 ingressos vendidos em menos de 3 horas, conseguiu-se constatar a força do mercado brasileiro no que diz respeito aos eventos de música eletrónica.
 
Além destas aquisições, a SFX obteve recentemente a marca de cerveja Skol - que já possui um longo e relevante histórico ligado à música eletrónica.
 
Publicado em Mix
segunda, 21 março 2011 15:23

Rock In Rio: Guns n’ Roses confirmados

A organização do maior evento de música e entretenimento do mundo anuncia todos os headliners que se apresentarão na Cidade do Rock nos seis dias do Rock in Rio 2011.
Atendendo a pedidos do público (de acordo com a votação realizada no site oficial foram mais de 450 mil votos, a maior mobilização feita por fãs para esta edição), a organização anuncia um dos mais aclamados grupos da história do rock e dos 26 anos do Rock in Rio: Guns N’ Roses volta ao Palco Mundo no dia 2 de Outubro. A roqueira baiana Pitty fará o concerto de abertura deste Palco na última noite do evento.

Os Guns N’ Roses, com mais de 100 milhões de discos vendidos no mundo inteiro, prometem na sua quarta apresentação no Rock in Rio, levar a sua legião de fãs ao delírio, repetindo o sucesso dos concertos históricos do Rock in Rio II, em 1991; e da terceira edição, em 2001, quando tiveram seu recorde de público, cerca de 250 mil pessoas na Cidade do Rock; e do Rock in Rio-Lisboa, em 2006. Pitty também participou na edição portuguesa de 2006, exactamente no mesmo dia, fazendo a abertura do Palco Mundo.

No dia 1 de Outubro Frejat subirá ao Palco Mundo, que dividirá a noite com a banda Coldpay e o grupo mineiro Skank.
Na mesma data, o Palco Sunset promoverá, conforme anunciado no último mês, quatro encontros especiais: Cidadão Instigado e Júpiter Maçã; Tiê e Jorge Drexler, Zeca Baleiro e Concha Buika, Erasmo Carlos e Arnaldo Antunes.
No dia 2 de Outubro, será a vez de: The Monomes e David Fonseca; Mutantes e Tom Zé, Titãs e Xutos & Pontapés, Marcelo Camelo e um convidado que ainda será anunciado.

Ao longo das próximas semanas a organização anunciará novidades do Rock in Rio e mais alguns artistas, ainda em negociação. Todas as novidades podem ser acompanhadas pelo site e pelas redes sociais do Rock in Rio, como Twitter – que já conta com mais de 152 mil seguidores –, Facebook (159 mil fãs) e Orkut (45 mil membros), entre outras.
Publicado em Rock in Rio
Já se encontra disponível para venda a nova faixa do DJ e produtor Raul Mendes - "Strings" -, artista confirmado para o Tomorrowland Brasil 2015, que irá decorrer nos dias 1, 2 e 3 de maio, em Itu - São Paulo.
 
"Strings" conta com selo da editora BugEyed Records e foi produzida em parceria com o jovem produtor paulistano D-Stroyer, que recentemente viu uma das suas faixas tocadas por ícones internacionais como Tiësto, por exemplo.
 
A faixa que entrou no mercado de vendas online a semana passada, destaca-se pelo seu grande diferencial, onde contém diversos elementos musicais como violino e bateria orquestral.
 
 
Publicado em Música
A cantora Aurea, as bandas Orelha Negra, The Black Mamba e The Gift e os DJs Vibe e Ride fazem parte da comitiva de artistas que irão representar este ano Portugal no Rock in Rio Brasil.

O festival decorre em setembro no Rio de Janeiro, e os Orelha Negra dividem no dia 13 de setembro o palco Sunset com o músico brasileiro Flávio Renegado, que se move nas mesmas áreas musicais dos portugueses, hip-hop e soul.

No dia 15 atuam também no palco Sunset a cantora Aurea e o trio The Black Mamba, no dia 20 é a vez de os The Gift apresentarem-se ao Rock in Rio, dividindo o palco com os brasileiros AfroReggae.

A banda de Alcobaça, liderada por Sónia Tavares, já se tinha apresentado no palco secundário do Rock in Rio do Rio de Janeiro em 2011, ao lado do grupo dinamarquês Asteroids Galaxy Tour.

Quem também regressa ao festival brasileiro em setembro, depois de uma primeira apresentação em 2011, é DJ Vibe, que tem atuação marcada para o dia 21 na tenda eletrónica.

No mesmo palco, mas dois dias antes, a 19 de setembro, atua também o português DJ Ride.

A edição deste ano do Rock in Rio Brasil decorre no Rio de Janeiro nos dias 13, 14, 15, 19, 20 e 21 de setembro. Como cabeças de cartaz estão já confirmados os nomes de artistas como os norte-americanos Beyoncé, Metallica, Justin Timberlake e Beyoncé, e os britânicos Iron Maiden e Muse.
Publicado em Rock in Rio

DJ Vibe, Rui Vargas e Diego Miranda estão confirmados para o Rock In Rio Brasil, na tenda eletrónica, que se realiza entre os dias 18 e 20 e 24 e 27 de setembro.

 
Os veteranos DJ Vibe e Rui Vargas irão atuar em modo B2B, enquanto que o número 70 do Top 100 da DJ Mag, Diego Miranda, vai ter Rodrigo Shá como participação especial.
 
Entre os nomes internacionais, o festival conta com a atuação de Headhunterz, Crookers e os brasileiros Alok, Felguk e Gui Boratto.
 
Confere abaixo o cartaz confirmado até ao momento da tenda eletrónica do Rock In Rio Brasil:
 
18 de setembro:
 
  • Kerry Chandler
  • Barbara Tucker
  • DJ Memê
  • Mary Olivetti, Kassin e O Baile do Lincoln (homenagem a Lincoln Olivetti)
  • Vivi Seixas e participação especial de Lustosa (homenagem a Raul Seixas)
 
19 de setembro:
  • Crookers
  • Headhunterz
  • Tropkllaz
  • A Liga
  • Chemical Surf
 
20 de setembro:
  • Matador
  • Pig + Dan
  • Gui Boratto
  • Flow&Zeo + Karina Zeviani
  • Elekfantz
 
24 de setembro (“Kids want Techno”):
  • Nome a anunciar
  • Vintage Culture
  • Anderson Noise + Mau Mau + Renato Cohen
  • 2 Attack com DJ Paula Chalup + Mau Mau
 
25 de setembro (“Brasil EDM worldwide”):
  • Alok
  • Volkoder
  • Felguk
  • Marcelo Cic
  • HNQO
 
26 de setembro (B2B):
  • Davide Squillace B2B Mathias Tanzman
  • DJ Vibe B2B Rui Vargas
  • Leo Janeiro B2B Leozinho
  • Conti B2B Mandi
 
27 de setembro
  • Nome a anunciar
  • Life Is a Loop (live)
  • Diego Miranda, com participação especial de Rodrigo Shá
  • Ely Yabu
  • Amanha Chang

 

 

Publicado em Rock in Rio
quinta, 01 novembro 2012 13:11

Rock In Rio 2013: Ben Harper confirmado

O cantor norte-americano Ben Harper vai ser a grande atração do dia 20 de setembro no Palco Sunset do Rock in Rio 2013, espaço conhecido por promover encontros inusitados, preparados especialmente para o Rock in Rio, que privilegiam a liberdade criativa e a qualidade musical. O maior evento de música e entretenimento do mundo promete uma apresentação inédita, com Ben Harper – um colaborador por natureza, que já gravou e atuou ao lado de vários artistas, incluindo a cantora Vanessa da Mata, com quem gravou o sucesso Boa Sorte – a dividir o palco com um convidado, que será anunciado em breve.
 
Após três edições em Lisboa, uma em Madrid e uma no Rio de Janeiro, o Palco Sunset promete surpreender ainda mais em 2013. O espaço onde o público pôde assistir a alguns dos melhores concertos da história do Rock in Rio – como o dos Sepultura com o grupo francês de percussão Tambours du Bronx, que teve tanto sucesso que passou para o Palco Mundo da edição portuguesa deste ano e vai repetir-se no Palco Mundo do Rock in Rio 2013 –, terá a sua estrutura física aumentada.
 
O palco passa de 30m para 44m de frente. Para esta edição, o Sunset contará com a participação de grandes nomes brasileiros e internacionais, como os já anunciados George Benson e Ivan Lins.
 
O Rock in Rio 2013 realiza-se nos dias 13, 14, 15, 19, 20, 21 e 22 de setembro, na Cidade do Rock (Parque dos Atletas Cidade do Rock Av. Salvador Allende), no Rio de Janeiro.
Publicado em Rock in Rio
Pág. 1 de 6
100% DJ. Projeto editorial independente cujos valores se guiam pelo profissionalismo, isenção e criatividade, tendo como base de trabalho toda a envolvente da noite nacional e internacional, 365 dias online.

Newsletter

Recebe novidades e conteúdos exclusivos no teu e-mail.