09-07-2020
  Diretor Ivo Moreira  \  Periodicidade Diária
"Ridículo" é a palavra utilizada pelo hepatologista Fernando Ramalho para classificar o diploma aprovado na passada quinta-feira no Conselho de Ministros que proíbe a venda e consumo de bebidas espirituosas a jovens até aos 18 anos, mas mantém nos 16 anos a idade limite para o vinho e a cerveja. O especialista considera que o álcool é todo igual e acusa o Governo que não querer proteger a saúde dos portugueses, mas "patrocinar algumas empresas de bebidas".
 
"O Governo, ao aprovar uma lei do álcool que permite que com 16 anos se continue a beber cerveja e vinho, não está a proteger a saúde dos portugueses." Esta é a opinião do responsável da unidade de hepatologia do Hospital de Santa Maria, em Lisboa.
 
"Eu sou frontalmente contra isso. É o diploma mais ridículo que já vi. O álcool é todo igual, seja vinho, cerveja ou outra coisa", referiu Fernando Ramalho que indignado lamenta que "os interesses das empresas que vendem álcool se sobreponham ao interesse da saúde dos portugueses".
 
O Conselho de Ministros aprovou na reunião de 21 de fevereiro, um novo diploma que prevê a proibição de venda e consumo de bebidas espirituosas a jovens até aos 18 anos, mas mantém nos 16 anos a idade limite para o consumo de vinho e cerveja.
 
Na Europa ainda há países que permitem o consumo de algumas bebidas aos 16 anos, como o Reino Unido e a Bélgica, mas em Espanha, França, Irlanda ou Finlândia já se impõe os 18 anos como limite mínimo de consumo de qualquer bebida alcoólica.
 
O hepatologista de Santa Maria e professor na Faculdade de Medicina de Lisboa alerta que o álcool "é todo igual", independentemente de ser cerveja, vinho ou vodka, e lastima que haja políticos que "continuam interessados em patrocinar algumas empresas de bebidas", escusando-se a ouvir a opinião "de quem está no terreno".
 
Recorde-se que o secretário de Estado Adjunto e da Saúde, Fernando Leal da Costa, anunciou diversas vezes que a nova legislação iria aumentar a idade legal para consumo e aquisição de álcool para os 18 anos.
 
Fonte: RTP.
Publicado em Mix
quinta, 08 agosto 2019 17:52

Heineken apresenta nova lata

A conhecida marca de cervejas Heineken lançou este mês uma nova lata de 33 cl, que permite que os seus consumidores continuarem a apreciar o sabor da bebida alcoólica de uma maneira refrescante.
 
Este novo formato acompanha a tendência do aumento de produção de bebidas alcoólicas em lata, fresca por dentro e por fora e já está disponível nas prateleiras das principais superfícies comerciais de Portugal, desde híper a supermercados.
Publicado em Marcas
 
A artista plástica Joana Vasconcelos uniu forças com a cerveja Sagres e lançou uma coleção limitada e exclusiva de latas de cerveja personalizadas, que simbolizam as regiões de Portugal.
 
As novas latas já se encontram à venda e pretendem assim promover o talento nacional, bem como as regiões portuguesas. Foram produzidas mais de 2,5 milhões de latas de cerveja de 33cl desta nova edição.
 
Podes ficar a conhecer mais trabalhos realizados pela artista portuguesa em joanavasconcelos.com.
 
Publicado em Marcas
quarta, 31 julho 2013 16:09

Museu da Cerveja 'Brinda a Lisboa'

Brindar a Lisboa é o mote da iniciativa com a qual o Museu da Cerveja, Núcleo Museológico e espaço de cervejaria no Terreiro do Paço, se associa, pelo segundo ano consecutivo, às celebrações do Dia Internacional da Cerveja, comemorado a 2 de agosto.
 
Definido como um espaço de cultura, gastronomia e cerveja, onde se celebra o património da cerveja dos Países de Língua e Expressão Portuguesa, o Museu da Cerveja pretende, com a ação, enaltecer o são convívio entre as pessoas em torno desta bebida.
 
A iniciativa, que envolve um conjunto de atividades, a realizar em 2 e 3 de agosto, entre as 21 e as 23 horas e inclui no primeiro dia, o programa "Rocha no Ar", da RFM, parceira oficial do Museu da Cerveja, a transmitir em direto da esplanada com a presença de um painel de convidados - nomeadamente do diretor-geral da Associação Turismo de Lisboa, Vítor Costa, e do ator Carlos Cunha -, para além da atuação ao vivo de Miguel Ângelo, e acesso gratuito ao núcleo museológico, situado no primeiro piso deste espaço.
 
No segundo dia mantém-se o acesso gratuito ao núcleo museológico (entre as 15 e as 20 horas) e realiza-se o "Live Music", com o DJ Paulo Fragoso, na esplanada.
 
O Dia Internacional da Cerveja, criado em 2007, conta com a participação de mais de 50 países, entre os quais Portugal, representado pelo Museu da Cerveja.
 
Publicado em Eventos
hama-se Bernardo e foi o escolhido para aquela que será provavelmente uma das mais "àrduas" tarefas da sua vida: receber 1.500€ por mês para ser profissional da cerveja. Trata-se de uma iniciativa da cerveja irlandesa Guinness.
 
É em solo irlandês que começa hoje aquela que será a sua rotina dos próximos 6 meses: beber cerveja, diz a marca em comunicado. A primeira tarefa inicia-se na fábrica da cerveja preta mais conhecida do mundo, onde o profissional da cerveja beberá da fonte os rituais e segredos da marca Guinness.
 
Entre mais de 10.000 candidatos ao cargo sobressaiu este português que irá, entre outras funções, promover um dos principais valores da marca: a amizade verdadeira. Numa declaração curta mas concisa, Bernardo revelou aquilo que lhe vai na alma: "É um trabalho duro mas alguém tem de a fazer."
 
A ação em torno da vaga de emprego mais concorrida do ano, que contou com candidaturas dos quatro cantos do mundo e sensibilizou mais de 5 milhões de pessoas para o valor de uma verdadeira amizade, conta com a assinatura criativa da agência FunnyHow.
 
Publicado em Marcas
terça, 29 julho 2014 16:52

Heineken desafia desconhecidos

Se um telefone público tocar, é capaz de o atender? Se atender e lhe disserem para entrar no prédio do outro lado da rua, é capaz de entrar? Estas foram as questões que a Heineken fez a vários desconhecidos, mas apenas cinco aceitaram o desafio.
 
A ação da marca, "Routine Interruptions", tendo como protagonista o comediante norte-americano Fred Armisen, responsável por fazer as ligações anónimas e desafiar os desconhecidos a entrar num edifício na rua oposta, mostra que, como o ditado diz, "Quem não arrisca, não petisca".
 
Com a criação da agência Wieden+Kennedy de Nova Iorque, a marca caracteriza esta iniciativa como uma "experiência social".
 
 
Fonte: Imagens de Marca.
 
Publicado em Marcas
Há 256 anos que a Guinness faz a sua cerveja da mesma forma, mas isso está prestes a mudar. No próximo ano, a empresa deixará de utilizar bexigas de peixe nos seus filtros, depois de vários anos de queixas por parte dos vegan irlandeses.
 
Segundo a imprensa britânica, há muito que estes estão a pedir à cervejeira para não utilizar ictiocola, um subproduto da indústria de pesqueira, usado para remover o fermento extra da Stout e ajudá-lo a estabilizar de forma mais rápida. Este produto é utilizado desde o século XIX.
 
“A ictiocola é eficiente e usada há muitos anos, mas vamos deixar de a utilizar assim que o novo processo de filtração for introduzido”, explicou um porta-voz da marca ao The Times. O que deverá ocorrer já no próximo ano.
 
Há cerca de 12 anos que a comunidade vegan e vegetariana insistem que a Guinness altere a sua técnica de produção da Stout. “Temos noção de que a sua utilização é uma barreira ao consumo dos nossos produtos por parte de algumas pessoas. Por isso estamos a procurar alternativas”, sublinhou o porta-voz da Guinness.
 
Esta decisão surge numa altura em que o Parlamento Europeu pôs em prática um plano para forçar as cervejeiras a destacar a utilização de ictiocola nas suas garrafas.
Publicado em Marcas
A Sagres lançou ontem aquela que será a sua grande campanha de comunicação para 2014. Com o mote "Somos Portugal, Somos Seleção" a campanha pretende mobilizar os consumidores portugueses dentro e fora do país a unir-se no apoio à participação da equipa da Quinas no Mundial do Brasil.
 
O conceito criativo, desenvolvido pela agência BAR, desafia Portugal a dar as suas táticas para ajudar a Seleção Nacional a ter uma boa prestação no campeonato do mundo que se realiza em junho. São táticas lançadas pela voz de Paulo Bento, o selecionador nacional, que volta a protagonizar uma campanha de publicidade da Sagres. A marca patrocinadora oficial da Seleção Nacional de Futebol há mais de 20 anos, e que afirma ter a portugalidade no seu ADN, acredita que pode fazer a diferença, apelando ao espírito nacional de todos os portugueses, onde quer que estejam, reforçando o Orgulho e a Portugalidade. "Onde quer que estejam, puxem por nós", "Orgulhem-se das nossas cores", "Cubram tudo de vermelho e verde" ou "Nunca duvidem do onze inicial", são algumas das táticas que se vão ouvir nesta campanha de publicidade multimeios.
 
Publicado em Marcas
O novo espaço jovem, dinâmico e especial que alia o design ao carácter cosmopolita da marca, está a surpreender todos os visitantes, desde a sua abertura no final do ano passado.
 
Resultante de uma parceria entre a marca Heineken e o Grupo Moiagest, o Heineken Grandcafé apresenta uma oferta diversificada de iguarias gastronómicas, desde o sushi fresquíssimo aos pequenos-almoços, aos snacks e, claro, sem faltar a cerveja que lhe dá o nome - Heineken. Este é um conceito já presente em outros aeroportos a nível global, como Amesterdão, Dubai e Miami.
 
Para quem todos os minutos contam, o serviço de take-away é a opção ideal, que conta com uma caixa de pagamento prioritária, para que ninguém perca o seu avião.
 
O Heineken Grandcafé está aberto todos os dias, das 6 às 22 horas, e será um espaço convívio para todos os que queiram desfrutar de um café e/ou de uma cerveja Heineken.
 
Publicado em Marcas
No próximo dia 20 de outubro o eixo entre a Rua do Açúcar e a Capitão Leitão recebe a segunda edição da Oktober Festa, a versão lisboeta da famosa festa e feira de cerveja alemã. O desafio lançado pelo Lisbon Beer District, colectivo marvilense que reúne a Dois Corvos, a Lince e a Musa, vai misturar a cerveja com a música, os pretzels com o chouriço assado, o passado histórico bairro industrial com a cidade cada vez mais virada para o mundo e para o futuro. 

A segunda edição da Oktober Festa acontece entre as 14 e as 2 da manhã, e terá dezenas de variedades diferentes de cervejas para experimentar, desde as mais refrescantes lagers às mais complexas stouts, passando pelas aromáticas IPAs, as desafiantes Sours ou a Marzen (a cerveja típica das Oktoberfest). Uma das novidades este ano será também o lançamento de três criações colaborativas com cervejas artesanais nacionais: a nortenha Letra, a lisboeta Oitava Colina a alentejana Barona.

Acompanhando o ritmo eclético da cidade, a música vai cruzar os diversos cantos que compõem o mapa da cidade, do world, à funk, da soul ao brass, com as escolhas musicais de DJ Quesadilla, Silk (frontmen dos Cais do Sodré Funk Connection), Pedro Primo Figueiredo, Johnny Chase, Abel Santos, entre outros.

A Oktober Festa contará ainda com uma conversa informal sobre o novo universo cervejeiro artesanal e uma prova comentada das cervejas colaborativas criadas de propósito para o evento.
Publicado em Eventos
Pág. 1 de 8