12-12-2019

  Diretor Ivo Moreira | Periodicidade Diária

Sobre Nós  |  Fala Connosco     

A edição deste ano do festival RFM Somnii, que decorreu no passado fim-de-semana na Figueira da Foz, recebeu uma das maiores enchentes da sua história com mais de 130 mil festivaleiros presentes.
 
Este ano, o cartaz contou com atuações de Jonas Blue, Don Diablo, Third Party, Rich & Mendes, entre muitos outros em vários palcos espalhados pela cidade da Figueira da Foz, iniciativa realizada pela primeira vez e que misturou também géneros como o hip hop com a eletrónica.
 
Segundo um comunicado, a organização prevê o regresso do festival já no próximo ano.
 
Publicado em Festivais
 
O Rock in Rio Lisboa foi o festival de Verão com melhor desempenho mediático nos meios de comunicação social, durante o mês de maio de 2014. 
 
O evento realizado no Parque da Bela Vista reforçou desta forma a liderança que mantém desde janeiro na “maratona dos Festivais de Verão 2014”. Este estudo, realizado de forma continuada pela Cision (líder global em serviços e software de pesquisa, monitorização e análise de media), está a analisar a evolução do mediatismo comparado de diversos festivais de música realizados em Portugal, ao longo dos meses, até ao final do Verão. 
 
Para a obtenção deste resultado pelo Rock in Rio, no mês de maio, foram decisivas as 3042 notícias apuradas e as setenta e quatro horas e trinta e seis minutos de tempo de antena registados pelo festival em meio televisivo. 
 
De salientar são ainda os resultados dos festivais Optimus Alive, que conseguiu o segundo lugar no ranking com 498 notícias e 32 minutos de tempo de antena em televisão, e a manutenção na terceira posição do festival Super Bock Super Rock, com 242 notícias apuradas e 40 minutos registados em meio televisivo.
 
O objeto de análise deste estudo são todas as notícias referentes aos diferentes festivais, veiculadas no espaço editorial português, em mais de 2000 meios de comunicação social (televisão, rádio, online e imprensa). O período temporal sobre o qual incide é sempre o mês imediatamente anterior à elaboração do ranking, neste caso de 1 a 31 de maio de 2014.
 
Em baixo poderás conferir a posição mediática de nove festivais realizados em Portugal.
 
 
Publicado em Rock in Rio
A 8ª edição portuguesa do festival está quase a chegar e a organização divulgou hoje os horários de todas as atuações nos respetivos palcos. O Rock in Rio Lisboa regressa à ao Parque da Bela Vista nos dias 23, 24, 29 e 30 de junho.
 
Este ano o festival conta com 14 horas de entretenimento diárias, com o recinto a abrir portas pelas 12h00 e com encerramento marcado para as 02h00. O dia 24 de junho, que conta com Bruno Mars, Demi Lovato, Anitta, Agir, DJ Kamala, Mishlawi, Dillaz, Dupa Squad, HMB, entre outros, já se encontra esgotado.
 
Nos outros dias do Rock in Rio, podes ainda contar com as atuações de The Chemical Brothers, DJ Vibe, Moullinex, Revenge of the 90s, Vintage Culture, Diego Miranda, Karetus, entre muitos outros.
 
Os bilhetes encontram-se à venda nos locais habituais com preços entre os 69 e os 117 euros.
 
Confere abaixo os horários:
 
 
 
Publicado em Rock in Rio
O DJ e produtor israelita é a mais recente confirmação para o cartaz da edição deste ano do festival Dancefloor, que vai decorrer no estádio municipal Dr. Magalhães Pessoa, em Leiria nos dias 27 e 28 de julho.
 
Borgore regressa a Portugal para uma atuação única, onde não faltarão certamente o seus hits “Nympho”, “Decisions” ou “Ice Cream”. 
 
Blasterjaxx, Audioctricz, Noisecontrollers e KEVU são outros dos artistas confirmados no evento. Os bilhetes já se encontram à venda a partir de 10 euros.
 
Publicado em Festivais
quinta, 29 janeiro 2009 10:23

Oeiras Alive! Pode mudar de local

O ano passado teve um cartaz de luxo e despertou a curiosidade da imprensa europeia ao ponto de o considerarem um dos melhores festivais de 2008, mas este ano o Alive! corre sérios riscos de ter que mudar de ares.


A Administração do Porto de Lisboa (APL) é proprietária do Passeio Marítimo de Algés, onde decorre habitualmente o evento, e tem em mente a edificação de uma sede para a instituição o que inviabilizará a hipótese de realização do Festival.

Álvaro Covões, responsável máximo da promotora Everything Is New, esteve reunido ontem de manhã com a APL na tentativa de garantir o espaço pelo menos para a edição deste ano mas, até à data, ainda não há nenhum desenvolvimento.


Ainda que acredite que "a decisão possa ser revertida", Álvaro Covões afirmou já ter em mente alguns espaços alternativos, pelo que a realização do Festival não parece estar em causa.

O ano passado o Alive! juntou no mesmo palco nomes como Rage Against The Machine , Bob Dylan , Neil Young ou Ben Harper.

Fonte, MusicaOnline.
Publicado em Festivais
O festival RFM SOMNII, que vai decorrer entre os dias 5 e 7 de julho na Figueira da Foz, divulgou recentemente novas confirmações para o cartaz da edição deste ano, encerrando assim a programação do palco principal.
 
Third Party, Magnificence, Lvndscape, Lost Kings, James Hype, Rich & Mendes e Olga Ryazanova foram os nomes anunciados pela organização do festival, que este ano aumenta o seu recinto para o resto da cidade, em diversos pontos de interesse.
 
A dupla Rich & Mendes volta a ser residente do festival, com atuação marcada para todos os dias no palco principal do RFM SOMNII. Os bilhetes já se encontram disponíveis com preços entre os 29,50 e os 288 euros nos locais habituais.
 
Confere abaixo o cartaz completo até ao momento:
 
5 de julho:
Afrojack
Alesso
Fedde Le Grand
Radical Redemption
Vigel
Olga Ryazanova
Rich & Mendes
 
6 de julho:
DJ Snake
Ozuna
Netsky
Redfoo
Jay Hardway
Magnificence
Rich & Mendes
 
7 de julho:
Don Diablo
Tyga
Jonas Blue
Third Party (live)
James Hype
Lost Kings
Lvndscape
Rich & Mendes
 
Publicado em Festivais
O panorama dos festivais de música conta este ano com mais eventos e de menor dimensão, mas o setor precisa ainda de mais profissionalização, afirmou à agência Lusa o diretor da associação APORFEST, Ricardo Bramão. 
 
Criada em 2014, a Associação Portuguesa dos Festivais de Música (APORFEST) tem estado a analisar a área dos eventos de música - que começam agora a ganhar força com a chegada do verão -, e já traçou o perfil do espectador português e promove formação de agentes do setor.
"Percebemos que esta área não está ainda maturada, que há mais festivais, de pequena dimensão, e que há outros que desaparecem, ou porque não têm apoio financeiro sustentado ou por falta de capacidades", referiu o responsável.
 
De acordo com a APORFEST, o calendário português conta com cerca de 150 festivais de música, entre os que têm maior visibilidade junto do público português, o NOS Primavera Sound é um dos primeiros a realizar-se, no Parque da Cidade, no Porto. 
 
Nas próximas semanas e até setembro, há propostas para quase todos os gostos, do fado à world music, do pop rock ao reggae, das músicas do mundo à eletrónica, com centenas de concertos e a movimentação de milhares de artistas, de norte a sul do país. 
 
No que diz respeito aos festivais que somam mais de dez edições, o ranking é liderado pelo Festival Músicas do Mundo de Sines, com a 17.ª edição, em julho e o Super Bock Super Rock, que cumpre 20 anos em julho, mudando-se do Meco para o Parque das Nações, Lisboa, e ainda o Vodafone Paredes de Coura, desde 1993 a mostrar música na localidade minhota. 
 
Outros estão ainda nas primeiras edições e a consolidarem-se, como o Caixa Ribeira, dedicado ao fado, em junho no Porto, ou o Sol da Caparica, só com música portuguesa, em agosto, na Costa de Caparica. 
 
Sobre o panorama dos festivais, Ricardo Bramão explica que "há vontade de se fazerem festivais, mas a dificuldade é conseguir mantê-los, sobretudo os de menor dimensão, ou porque falha um ou outro apoio, ou porque não há conhecimentos suficientes para otimizar o trabalho". 
 
Recorde-se que em 2014 foi lançado um estudo efetuado pelo TalkFest que dava conta dos números dos festivais portugueses e que podem ser consultados em infografia aqui.
 
Publicado em Festivais

 

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) identificou cinco adolescentes que estavam a consumir bebidas alcoólicas, nomeadamente cerveja e sidra, no festival Super Bock Super Rock, de acordo com a agência Lusa.
 
No festival, que decorreu no passado fim de semana no Parque das Nações, em Lisboa, a ASAE instaurou quatro processos de contraordenação por venda de álcool a menores de 18 anos e mais três processos por disponibilizarem bebidas alcoólicas a adolescentes. A ASAE fiscalizou, no total, 17 operadores económicos.
 
Devido à nova lei, a organização do Super Bock Super Rock colocou à disposição uma pulseira para os indivíduos maiores de 18 anos serem autorizados a consumir bebidas alcoólicas, mas a mesma não era de uso obrigatório.
 
Publicado em Festivais
O festival MEO Sudoeste está quase a chegar e foram recentemente confirmados novos artistas para o palco Moche Ring, especialmente dedicado à música eletrónica. O mestre Carlos Manaça tem a curadoria do dia 10 de agosto.
 
D-Formation, Fauvrelle, Frank Maurel, Miss Sheila, XL Garcia e MC Johnny Def foram os escolhidos por Carlos Manaça para uma noite que promete ser memorável na Herdade da Casa Branca.
 
No dia 8 de agosto, o mesmo palco recebe o conceito EDM To The Fullest com nomes como Tony Junior, Sick Individuals, Mightyfools e Putzgrilla.
 
Marshmello, Francisco Cunha, Ben Ambergen, Karetus & Friends, Hardwell, Don Diablo, Lemaître e muitos outros fazem parte do cartaz deste ano do MEO Sudoeste, que vai decorrer entre os dias 7 e 11 de agosto na Zambujeira do Mar.
 
Os bilhetes encontram-se à venda nos locais habituais com preços entre os 48 e os 210 euros.
 
Publicado em Festivais
O festival Rock in Rio celebra 15 anos das suas edições em Portugal e pretende assinalar esse aniversário com vários eventos que irão decorrer na cidade de Lisboa, com a presença de DJs nacionais.
 
É já neste mês de abril que começam as comemorações, com arranque das Galp Music Valley Sessions no Capitólio, em Lisboa. Nomes como Diego Miranda, Kura e Van Breda irão marcar presença nos dias 11 e 30 de abril e 28 de maio, respetivamente.
 
“São 15 anos de história em Portugal. Parece que foi ontem que chegámos a Lisboa, com o sonho de implementar o maior evento de música e entretenimento que o país alguma vez havia visto. Os números falam por si – cerca de 200 milhões de euros investidos no país, mais de 73 mil postos de trabalho gerados (entre diretos e indiretos), milhares de artistas que passaram pelos nossos palcos, mais de 2 milhões de pessoas que já visitaram a Cidade do Rock”, revelou Roberta Medina, vice-presidente executiva do festival.
 
O maior evento de música e entretenimento do mundo regressa ao Parque da Bela Vista, em Lisboa, nos dias 20, 21, 27 e 28 de junho de 2020 com a Galp como novo patrocinador principal e que dá nome ao palco Music Valley. A edição de 2022 está também já confirmada.
 
Na edição deste ano do Rock in Rio Brasil, alguns artistas portugueses estão confirmados no cartaz, como é o caso de Diego Miranda, Kura e Van Breda.
 
Publicado em Rock in Rio
Pág. 1 de 17
100% DJ. Projeto editorial independente cujos valores se guiam pelo profissionalismo, isenção e criatividade, tendo como base de trabalho toda a envolvente da noite nacional e internacional, 365 dias online.

Newsletter

Recebe novidades e conteúdos exclusivos no teu e-mail.