28-03-2020

  Diretor Ivo Moreira | Periodicidade Diária

Sobre Nós  |  Fala Connosco     

×

Alerta

JUser: :_load: Não foi possível carregar o utilizador com o ID: 62

domingo, 23 maio 2010 19:01

Stephen Dewaele perde avião

A organização do Rock in Rio-Lisboa comunica que, a actuação dos 2 Many DJS LIVE não contou com a presença de Stephen Dewaele porque o artista perdeu o vôo para Portugal. Com David Dewaele actuou Stefaan Van Leuven, um dos elementos dos Soulwax que concebeu o projecto “2 Many Djs Live”.
Publicado em Rock in Rio
O Rock in Rio está nomeado para o prémio de "Melhor Festival do Mundo" nos NME Awards, um dos prémios mais antigos e relevantes da indústria da música, atribuído pela revista britânica New Musical Express. Além do Rock in Rio, estão nomeados nesta categoria outros festivais internacionais de grande dimensão como Coachella (Estados Unidos da América); Fuji Rock (Japão); Glastonbury (Reino Unido); Mad Cool (Espanha); Sziget (Hungria); entre outros.

Além da categoria "Melhor Festival do Mundo", serão também atribuídos outros prémios, na cerimónia que se realiza a 12 de fevereiro, nomeadamente o galardão de melhor álbum e melhor canção do mundo. Para este último, está nomeada "Circles", faixa do último álbum de Post Malone, um dos nomes confirmados para o Palco Mundo do Rock in Rio Lisboa, no dia 28 de junho.

Os prémios da New Musical Express realizam-se desde 1953 e, este ano, constituem um "evento especial por várias razões, marcando o final de uma década brilhante para a música e o começo de uma nova cheia de possibilidades". 

O Rock in Rio comemora este ano o seu 35.º aniversário e decorre, em Lisboa, nos dias 20, 21, 27 e 28 de junho no Parque da Bela Vista. Camila Cabello, The Black Eyed Peas e David Carreira (dia 20), Liam Gallagher, Foo Fighters e The National (dia 21), Post Malone (dia 28), são os primeiros artistas já confirmados.
Publicado em Rock in Rio
sábado, 26 maio 2012 11:57

Tu perguntas, Roberta Medina responde

A Vice-Presidente Executiva do Rock in Rio vai estar em direto para dar a sua opinião sobre o cartaz de dia 26, que conta com Limp Bizkit, Offspring, Linkin Park e Smashing Pumpkins no Palco Mundo.

O segundo dia de Rock in Rio-Lisboa 2012 conta ainda com uma dupla de veteranos no Palco Sunset. Os Xutos & Pontapés e os Titãs vão levar a sua geração a um espetáculo que junta os dois lados do Atlântico. Da lista de atuações no palco que assiste ao pôr-do-sol, fazem ainda parte as duplas Mafalda Veiga e Marcelo Jeneci, assim como Rita Redshoes e Moreno Veloso.

Mais tarde, às nove da noite, a Eletrónica abrirá a pista para DJs como Punks Jump Up, The Magician e Azari & III, a este último caberá a tarefa de encerrar a noite.
 
 
Publicado em Rock in Rio
quinta, 20 maio 2010 19:00

Countdown Rock In Rio Lisboa 2010

O Rock In Rio começa amanhã à tarde no Parque da Bela Vista, em Lisboa. Deixamos aqui algumas informações úteis para os visitantes do festival.

As portas do parque lisboeta abrem às 16h00. Os Azeitonas & António Zambujo têm as honras de abertura do Rock In Rio-2010, às 17h00, no Palco Sunset. Às 19h00, Mariza inaugura o Palco Mundo, enquanto o Espaço Electrónico abre às 21h00, com Soul Mates com Pedro Tabuada & King Bizz atrás dos pratos.

A organização aconselha aos visitantes que optem pelos transportes públicos, dada a escassez de espaços de estacionamento nas imediações do recinto. A Carris disponibilizou várias carreiras especiais para chegar e sair da Bela Vista (até às 04h00). As paragens ficam perto da entrada/saída principal do recinto. Aqui tem a informação dos percursos:
Carreira A: Entre Bela Vista e as Portas de Benfica (via Campo Grande, 2ª Circular, Estrada de Benfica)
Carreira B: Entre a Bela Vista e Belém (via Entre Campos, M. Pombal, Estrela, Alcântara e Junqueira)
Carreira Shutle Oriente: Entre a Bela Vista e a Est. Oriente (via rota Aeroporto, Av. Berlim)
Carreira 208: Entre a Bela Vista e a Est. Oriente ou Cais do Sodré, para ligação à linhas fluviais do Barreiro e de Cacilhas (via Cais do Sodré, Terreiro do Paço, Almirante Reis, Bela Vista, Oriente)
Carreiras regulares que passam pela Bela Vista, cumprindo o horário normal: 10, 755 e 794

Excepcionalmente, o metro vai estar aberto até às 03h30, hora em que fecham as portas da estação da Bela Vista. Esta estação fica na linha vermelha que liga com a linha azul em S. Sebastião, com a linha amarela na estação do Saldanha e com a verde na Alameda. Para os visitantes da margem sul, a Fertagus disponibilizou um comboio especial com partida às 04h00 na estação Roma-Areeiro, em direcção a Setúbal. Para ver os horários dos comboios suburbanos basta seguir este link. Para qualquer das opções de transporte, aconselhamos a compra antecipada dos títulos de regresso, para evitar as filas nas horas de saída. As carreiras da Carris A, B e Shuttle Oriente pressupõem a compra a bordo de um bilhete especial. Os passes não serão aceites nestes autocarros.

Dada a previsão de temperaturas elevadas para este fim-de-semana (prevê-se 33º de temperatura máxima), aconselhamos aos festivaleiros que levem chapéus e outros meios de protecção para o sol, devido à escassez de zonas de sombra nas proximidades dos palcos Mundo e Sunset. Para a noite aconselhamos a utilização de um agasalho. Estes cuidados deverão ser mais acentuados com as crianças. No dia 29 de Maio, dedicado aos mais novos, com Miley Cyrus como cabeça-de-cartaz, a organização vai entregar pulseiras de identificação a cada criança que entrar no recinto. Trata-se de uma medida a tomar em conta para quem se deslocar com crianças ao RIR, em qualquer outro dos dias do festival.

A organização informa que para o primeiro dia já foram vendidos mais de 70 por cento dos ingressos, por isso espera-se a corrida em massa de público à Bela Vista. Aconselhamos a que os festivaleiros se desloquem com tempo para o recinto. Os bilhetes para o Rock In Rio custam 58 euros. Aqui ficam os horários dos concertos desta sexta-feira (21 de Maio):
Palco Mundo: 19h00 ­ Mariza, 20h30-Ivete Sangalo, 22h00 ­ John Mayer, 23h43 ­ Shakira
Palco Sunset Rock in Rio: 17h00 - Azeitonas & António Zambujo 18h15 - Boss AC & Yuri da Cunha, 20h00 - Oquestrada & Segredos de Portugal
Espaço Electrónico: 21h00 - Soul_Mates feat. Pedro Tabuada & King Bizz, 22h30 ­ Diego Miranda Feat Liliana, 23h30 - Chris Lake, 01h00 ­- Deadmau5, 02h30 - Calvin Harris DJ Set

 

O 100% DJ vai lá estar a captar as melhores imagens! E Tu?!

Site oficial do Rock in Rio-Lisboa: http://www.rockinrio-lisboa.sapo.pt/
Publicado em Rock in Rio
sexta, 26 março 2010 17:14

Rock In Rio Lisboa fecha cartaz

A organização do Rock In Rio, acaba de confirmar a presença dos últimos nomes para o Palco Mundo – Amy Macdonald actua a 29 de Maio e os Soulfly no dia 30 de Maio.

Com estas confirmações fica fechado o line-up do Palco Mundo da quarta edição do Rock in Rio-Lisboa. À semelhança das outras edições, a organização preparou dias temáticos para agradar a diferentes gostos musicais. O dia 21 de Maio será dedicado aos fãs da música pop; a 22 de Maio irá celebrar-se o 25º aniversário que o Rock in Rio comemora este ano, com música que tem marcado várias gerações; o dia 27 de Maio é dedicado aos fãs do rock, o dia 29 destina-se à família e o dia 30 está reservado para os fãs de rock mais pesado.

Para Roberta Medina, Vice-Presidente do Rock in Rio “Estamos muito felizes por termos, mais uma vez, conseguido um cartaz bastante eclético que irá agradar a um grande número de pessoas e com vários artistas que vão actuar em Portugal pela primeira vez. O Rock in Rio é um evento para todas as idades e gostos por isso tentamos sempre fazer um cartaz variado, que agrade a todos.”

Amy Macdonald vem a Portugal apresentar “A Curious Thing”, o novo disco lançado este mês e recordar o seu primeiro trabalho que foi um grande sucesso de vendas. Com o lançamento do novo disco previsto para Maio, também os Soulfly trazem novidades para apresentar aos fãs.
Publicado em Rock in Rio
Os Green Project Awards e o Rock in Rio acabam de se tornar parceiros. O acordo é válido para Portugal e Brasil, tornando-se o Rock in Rio o primeiro parceiro conjunto dos Green Project Awards nos dois países.

Na génese da parceria está a missão das duas iniciativas em torno da Sustentabilidade. Tanto os Green Project Awards como o Rock in Rio promovem, de forma activa e consistente, o equilíbrio entre as várias dimensões do desenvolvimento, designadamente as vertentes social, ambiental, económica e ética, pelo que entendem esta parceira como uma ligação natural e complementar entre as duas entidades.

“Os GPA são já um projecto de referência no nosso país” afirma José Manuel Costa, Presidente da GCI, co-organizadora da iniciativa. “Agora, na sua quarta edição em Portugal e num momento de expansão para o Brasil, é com orgulho que nos associamos a um projecto de grande relevância como é o Rock in Rio e com o qual partilhamos objectivos e compromissos” explica.

Para Roberta Medina, Vice-Presidente Executiva do Rock in Rio, “Sustentabilidade para o Rock in Rio é o mesmo que falar em mundo melhor, é a busca por uma sociedade mais harmoniosa, mais equilibrada e com espaço para todos e tudo. O compromisso do Rock in Rio é usar o seu potencial mediático, a música e o entretenimento, para comunicar causas e temas que merecem maior atenção da sociedade em geral, é tentar provocar a mudança de atitude naqueles que se identificam com os valores desta marca e deste movimento. A parceria com os Green Project Awards é mais um movimento deste compromisso e esperamos poder ampliar a divulgação dos bons projectos e exemplos que nele se destacam”.

A parceria entre os Green Project Awards e o Rock in Rio visa a promoção e divulgação da adopção de boas práticas de Sustentabilidade em Portugal e no Brasil, compromisso partilhado pelas duas iniciativas, desde a sua criação.
Em Portugal, os Green Project Awards encontram-se na sua quarta edição, sendo uma iniciativa conjunta da Agência Portuguesa do Ambiente, Quercus e GCI. Lançados em 2008, já foram premiados 28 projectos com resultados comprovados na área da Sustentabilidade. No Brasil, o evento realiza-se este ano pela primeira vez, sendo a iniciativa promovida pela GCI e pelo Instituto Nacional de Tecnologia, do Ministério da Ciência e Tecnologia brasileiro.

Este ano, o Rock in Rio, o maior evento de música e entretenimento do mundo, decorre no Rio de Janeiro, Brasil, entre 23 de Setembro e 2 de Outubro. Em Maio de 2012 a iniciativa volta a Portugal, naquela que será a sua quinta edição em território nacional e em Junho de 2012 a Espanha, Arganda del Rey – Madrid, para uma terceira edição.
Publicado em Rock in Rio
terça, 29 setembro 2015 15:36

Rock in Rio Lisboa anuncia datas para 2016

Após uma edição brasileira repleta de sucesso e de boa música, o Rock in Rio regressa a Lisboa no próximo ano, nos dias 20, 21, 26, 27 e 28 de maio de 2016 num formato especial para comemorar os 30 anos do evento.
 
“Agora, chegou a altura de celebrar junto com o público português e estamos, já, a preparar uma edição recheada de grandes momentos e muitas surpresas”, afirmou Roberta Medina, Vice-Presidente Executiva do Rock In Rio.
 
A cidade do Rock lisboeta foi o primeiro país do projeto de internacionalização do evento e por lá já passaram mais de dois milhões de pessoas, desde 2004. Este ano o festival de música estreou-se nos Estados Unidos da América, em Las Vegas.
 
Por Lisboa já passaram grandes nomes da música eletrónica nacional e internacional como The Underground Sound Of Lisbon, Miss Sheila, Steve Aoki ou 2Many DJs.
 
{youtube}9ICIDdLwxp0{/youtube}
Publicado em Rock in Rio
terça, 03 abril 2012 23:04

Kaiser Chiefs no Rock in Rio Lisboa

A organização do maior evento de música e entretenimento do mundo confirma a presença dos Kaiser Chiefs no Palco Mundo no dia 3 de junho. Esta será a primeira banda a atuar no dia que conta ainda com a presença dos James, Xutos & Pontapés e Bruce Springsteen & The E Street Band, como cabeça de cartaz.

Os eletrizantes Kaiser Chiefs regressam ao Rock in Rio-Lisboa para contagiarem o público com a sua inesgotável energia após terem atuado para 90 mil pessoas na edição de 2008.
A banda britânica formada em 1997 e composta por Ricky Wilson (voz), Andrew Whitey White (guitarra), Simon Rix (baixo), Nick Peanut Baines (teclado e sintetizador) e Nick Hodgson (bateria) já editou 4 discos de originais e atuou para milhões de pessoas em todo o mundo. Temas como “Ruby”, que foi nº1 no Reino Unido, “I Predict a Riot”, “Oh My God”, “Everyday I Love You Less and Less”, entre muitos outros, são conhecidos universalmente e são sinónimo de apoteose.

O Rock in Rio-Lisboa volta ao Parque da Bela Vista nos dias 25, 26 de maio e 1, 2 e 3 de junho de 2012 e até ao momento estão confirmadas as presenças de Metallica, Evanescence, Mastodon e Sepultura com os Tambours du Bronx no dia 25 de maio; Smashing Pumpkins, Linkin Park, The Offspring e Limp Bizkit no dia 26 de maio; Lenny Kravitz, Maroon 5, Ivete Sangalo e Expensive Soul no dia 1 de junho; e Bruce Springsteen & The E Street Band, Xutos & Pontapés, James e Kaiser Chiefs no dia 3 de junho.

Os bilhetes para os dias 25 e 26 de Maio, 1 e 3 de Junho já se encontram à venda e custam 61 euros. Os interessados em adquirir bilhetes para estes dias podem fazê-lo na FNAC, em 68 sucursais do Millennium bcp, nos postos de abastecimento da BP aderentes (33 euros + 1.500 pontos BP premierplus) e no site oficial do evento em www.rockinriolisboa.sapo.pt. Já é também possível comprar bilhetes para o evento no Continente com 20% de desconto em cartão, nas lojas da Amadora, Braga, Cascais, Colombo, Guia, Matosinhos, Oeiras e Vasco da Gama e em www.rockinrio.continente.pt.
A organização alargou a data de troca dos Vouchers do Kit de Natal do Rock in Rio-Lisboa 2012. Quem os adquiriu pode trocá-los até dia 7 de maio por um bilhete para qualquer dia de evento.
 
 
Publicado em Rock in Rio
DJay Rich e António Mendes são os DJs oficiais da emissora portuguesa RFM e residentes do festival RFM SOMNII. Quer a nível individual ou em dupla, jápercorreram muitos dos palcos nacionais mas agora são artistas indispensáveis de se ter no line-up de um festival. Detentores de uma energia única e contagiante, unem-se, ajudam, apoiam e incentivam os jovens talentos da música eletrónica e essa atitude éde louvar. O Portal 100% DJ esteve àconversa com a dupla portuguesa nos bastidores do Music Valley, momentos antes de subirem ao palco do Rock in Rio Lisboa.
 
Estrearam-se no Rock In Rio. Qual é a sensação desta primeira vez no festival?
Mendes: A sensação é óptima. Já tínhamos noção da dimensão do festival por causa da relação que temos através da RFM com o Rock in Rio, mas ter o nome no cartaz está a ter um feedback muito espetacular. As pessoas estão a dizer que é um outro nível. E isso é muito bom. 
 
Contam um verão preenchido: Rock in Rio, RFM Somnii, Algarve... O que é que o público pode esperar de vocês?
Mendes: Além desses locais, ainda vamos estar no RFM Beach Power na Madeira, nos Açores... 
 
Rich: Podem esperar o mesmo de sempre: muita alegria nos sets. Gostamos de tocar aquilo que apreciamos mesmo. Tentamos fazer sets diferentes, principalmente no RFM Somnii onde tocámos três noites, pois somos residentes do festival. Este ano levámos dois convidados, para fazer algo diferente: o Pete Tha Zouk e o Pedro Cazanova. São pessoas com quem lidamos e trabalhamos há muitos anos, portanto fazia todo o sentido convidá-los.
 
Como está a ser a aceitação da vossa nova música com o Michael Teixeira?
Rich: A música é muito boa. Tem um hook muito forte e muito fácil e nós tocámos o remix no Rock in Rio pela primeira. Ainda está um pouco em segredo, mas já temos alguns DJs internacionais interessados em fazer remixes. Estamos muito satisfeitos com o resultado final e ter um contacto como o Michael que, para além de ser um excelente produtor, está nos Estados Unidos da América e dá-nos a vantagem de termos vozes norte-americanas. Essa é uma das nossas preocupações quando lançamos um tema cantado em inglês, porque quando temos alguém cá a cantar inglês, temos de estar sempre a mandar corrigir as letras lá fora para ver se existe alguma coisa que não faça sentido. Assim, manda-se a ideia, trabalha-se a ideia, discutimos, faz-se um rascunho e fica perfeito. 
 
Cláudio.Photos
 
No vosso radioshow dão algum destaque a novos talentos. Como é que encaram a nova geração da música eletrónica em Portugal?
Mendes: Essa tem sido sempre uma preocupação nossa: dar espaço a novos talentos. Mesmo no recente concurso que fizemos para o RFM Somnii, tivemos muitas participações e a dificuldade foi mesmo escolher e chegar ao lote de 10 finalistas. Apareceram-nos faixas muito bem produzidas nos vários sub-géneros da música eletrónica, o que é sempre bom. Diria que há muito bom talento em Portugal nesta área. 
 
Rich: Na área da produção, vemos chegar músicas brutais. As pessoas que participam pensam muita coisa. Houve DJs conhecidos a concorrerem ao concurso e não passaram. Nós não os escolhemos porque quisemos ser fiéis à nossa opinião e as pessoas têm que aceitar que nós fomos o júri. Foi a nossa opinião e foram as músicas que nós mais gostámos, independentemente de haver muito boa produção. Foram 267 participações e quando começámos a reduzir chegámos às 150 e ficámos sem saber o que fazer. Eram 150 artistas que nós gostávamos de meter numa página a votação. Tínhamos de escolher 10 e foi a nossa opinião em termos de gosto e foi isso que prevaleceu. Já fizemos algo semelhante, não tão absorvida como esta, para o disco do RFM Somnii e lançámos um desafio o mais transparente possível. Também escolhemos sete produtores, eram para ser cinco mas não conseguimos e abrimos exceção. Foram sete artistas para o disco e a votação nessa altura foi através de downloads do iTunes. A escolha foi completamente transparente como foi no site, desta última vez. Quem ganhou foi quem conseguiu mais votos, independentemente daquilo que conseguisse fazer. É sempre complicado não conseguir, mas o importante é participar e há que respeitar a decisão das pessoas. 
 
Mendes: O importante é os participantes acreditarem em si próprios, não desistir. Frustrações e coisas que correm mal, toda a gente tem. Se acreditas, continua a acreditar. 
 
Querem dar alguns exemplos de novos talentos que estejam debaixo de olho?
Mendes: Ao dizer nomes não ia ser politicamente correto. Se destacar um ou dois nomes, vamos sempre correr o risco de deixar alguém de fora. É um pouco difícil. 
 
Rich: Nessa perspetiva, nós já trabalhámos com jovens produtores. O ano passado no RFM Somnii levámos dois produtores novos para cima do palco. Acho que isso é um incentivo magnífico para eles. Foram o Batista e o Khamix. É muito importante para estes artistas tentar trabalhar com alguém que já tenha nome no mercado e que tenha ferramentas e meios para divulgar o trabalho. Não conseguimos dar a todos mas não somos aqueles produtores que dizem: “Não vamos fazer música com produtores desconhecidos”… Não, nós adoramos a nova produção, ‘fazemos bandeira’ no RFM Somnii Radioshow e queremos divulgar novos talentos e incentivá-los. As oportunidades surgem. As coisas não caem do céu. É trabalho, é sorte, são oportunidades que temos de agarrar. Temos de estar dispostos a muita coisa para que isso aconteça. Às vezes há muitos destes jovens que pensam que, por exemplo, o Martin Garrix que fez uma música e foi um sucesso, que vai ser igual. Mas, outro exemplo, o Avicii foi o produtor que durante muito tempo ninguém lhe ligava nenhuma. O próprio Bob Sinclar ou o David Guetta que em 2004 esteve no Porto e ninguém se lembra disso. Quando ele rebentou, foi a loucura. Ele não caiu do céu. Se as pessoas olharem, há, de facto, jovens talentos que começam logo e há outros que só começam a aparecer mais tarde. 
 
Que novidades podem revelar sobre o futuro da vossa carreira?
Mendes: Estamos a preparar mais umas músicas. 
 
Rich: Nós levamos isto muito na boa. Já não estamos cá há dois dias. Porque os nossos objetivos profissionais foram outros, apesar de que esta sempre foi uma carreira que ficou sempre. Nunca tivemos o objetivo de ser vedetas. Gostamos disto e levamos a nossa carreira de uma forma muito descontraída. A prova disso é que nós somos muito pouco ‘facebookianos’. 
 
Que mensagem gostariam de deixar aos leitores e seguidores do Portal 100% DJ que estão a ler esta entrevista?
Rich: Sigam os nossos conselhos.
Mendes: E, sobretudo, divirtam-se!
 
 
Publicado em Entrevistas
A organização do Rock in Rio-Lisboa acaba de anunciar o plano de mobilidade para a 8.ª edição do festival que, este ano, conta com número recorde de operadores, prolongamento de horários nos principais serviços urbanos e maior abrangência nacional. Abreu, Budget, BusUp, Carris, Cityrama, CP (Urbanos e Longo-Curso), Fertagus, Metro de Lisboa, mytaxi, Transtejo e Soflusa e Rede Expressos juntam-se, assim, numa mega operação que visa, em simultâneo, incentivar os visitantes da Cidade do Rock a deixarem os carros em casa.

Com o objetivo de facilitar o acesso e saída do recinto, num evento que contou com mais de 300 mil pessoas na sua última edição em Lisboa, os operadores envolvidos neste plano oferecem packs e condições especiais para a deslocação dos fãs, bem como o reforço dos serviços urbanos habituais. O Metropolitano de Lisboa alargará os seus serviços nos dias do festival até às 3 horas da madrugada, as viagens nos comboios urbanos CP Lisboa da linha de Cascais e de Sintra serão gratuitas mediante a apresentação do bilhete para o festival, enquanto a Fertagus oferece o estacionamento nos seus parques automóveis ao longo das estações da margem sul. Além destas vantagens, a mytaxi vai, pela primeira vez, assegurar táxis coletivos na cidade de Lisboa a preços fixos e a organização do Rock in Rio-Lisboa colocará em circulação um shuttle com partidas de pontos estratégicos na envolvente de Lisboa que levará os fãs até à porta da Cidade do Rock pelo valor de 12 euros (ida e volta).

Para Roberta Medina, Vice-Presidente Executiva do Rock in Rio, "esta será a edição do festival com mais soluções de mobilidade para os nossos fãs. Acreditamos que o trabalho desenvolvido com estes operadores e empresas parceiras vai resultar numa maior adesão ao uso dos transportes coletivos, em detrimento do transporte individual, em linha com o nosso compromisso na construção de um mundo mais sustentável."

Metropolitano de Lisboa
Nos dias 23, 24, 29 e 30 de junho estará operacional até às 03h00, com 4 linhas abertas e cerca de 30 estações, com metros a sair a cada 6 minutos.

CP-Urbanos
Ao apresentar bilhete para o Rock in Rio-Lisboa - nas portas de acesso e a bordo dos comboios -, a CP oferece a utilização dos serviços nos Comboios Urbanos de Lisboa e nos comboios especiais do Cais do Sodré para Cascais e de Oriente/Roma-Areeiro para Sintra. Haverá ainda horários especiais com as últimas partidas às 02h40 (Lisboa Oriente), 02h47 (Roma-Areeiro em direção a Sintra - paragem em todas as estações) e 03h00 (Cais do Sodré em direção a Cascais - paragem em todas as estações).

CP Longo-Curso
O já famoso pack ROCKCard CP inclui bilhete para o evento, viagem de comboio intercidades ida e volta para Lisboa Oriente e transfer de autocarro Gare do Oriente – Cidade do Rock – Gare do Oriente. Estes pacotes têm um preço de 84 euros (partidas da Zona Centro) e 89 euros (partidas da Zona Norte). Na Linha do Norte a CP assegura, ainda, comboios especiais na madrugada seguinte a cada dia de evento, com partida de Lisboa Oriente e destino a Porto Campanhã.
CP Intercidades, InterRegionais e Regionais
Em todos os serviços CP Intercidades, InterRegionais e Regionais, é também possível usufruir de um desconto de 30% na viagem, mediante apresentação do bilhete Rock in Rio-Lisboa.

mytaxi
A aplicação para serviços de táxi, pretende oferecer uma forma de mobilidade simples e cómoda para os fãs se deslocarem de e para a Cidade do Rock. Basta descarregar a aplicação e sugere-se a reserva antecipada do serviço, selecionando os pontos de referência mytaxi disponíveis à volta do recinto. Haverá ainda táxis colectivos na cidade de Lisboa a preços fixos para deslocações até ao recinto e com partida deste.

BusUp
Através desta será possível escolher entre uma das rotas pré-definidas ou propor novas rotas que sejam mais convenientes. Uma nova forma de transporte coletivo, cómodo e sustentável.

Shuttle BusUp
A BusUp será, também, responsável pela operação do shuttle Rock in Rio-Lisboa com partidas em pontos estratégicos na envolvente da capital, nomeadamente Cascais Villa, Beloura Shopping, Oeiras Parque, Strada Outlet e Forum Montijo. Este transporte leva os fãs até à porta da Cidade do Rock por 12 euros (ida e volta), com partidas às 11h00, 14h00, 17h00 e 20h00, e regresso às 00h30, 01h00 e 02h30. 

Fertagus
Nos dias de Rock in Rio-Lisboa, a Fertagus vai disponibilizar um comboio com horários especiais da estação Roma-Areeiro e destino a Setúbal, efetuando paragens em todas as estações a partir do Pragal. As partidas estão marcadas para a 01h45 nos dias 23, 24 e 30 de junho, e para a 01h28 no dia 29 de junho. 
Além disso, ao apresentar bilhete para o festival na bilheteira da Fertagus, na compra de uma viagem ida e volta a Fertagus oferece o estacionamento.

Transtejo e Soflusa
As duas entidades irão operar os trajetos Cais do Sodré-Cacilhas (com o último barco a sair à 01h40) e Terreiro do Paço-Barreiro (com o último barco às 02h00).

Rede Expressos
Para quem reside fora de Lisboa, a Rede Expressos oferece mais de 250 pontos de partida nacionais em direção a Lisboa. Mediante a apresentação de bilhete Rock in Rio-Lisboa, os passageiros terão direito a 25% de desconto nas viagens nacionais. 

Abreu
A Agência irá transportar os fãs de Braga, Guimarães, Porto, Aveiro, Coimbra e Algarve. Por 79 euros é possível adquirir o pack Rock in Rio Express que inclui o bilhete para entrar na Cidade do Rock e transporte ida e volta para uma das cidades referidas.

Budget
A pensar nas famílias – público prioritário neste serviço -, os shutles Budget vão realizar o trajeto da Estação Roma-Areeiro até à Cidade do Rock.

Carris
A Carris irá assegurar vários trajetos que permitem a deslocação até ao recinto. Haverá autocarros a partir de quatro carreiras do lado de Chelas e três carreiras do lado da Av. Almirante Gago. A partir das 23h30, entra em funcionamento a Rede da Madrugada com o 208 a operar entre o Cais do Sodré e a Estação do Oriente.

Cityrama
A Cityrama oferece 25% de desconto para todos os portadores de bilhete Rock in Rio-Lisboa, no serviço de shuttle com partidas de Marquês de Pombal, Sete Rios e Cidade do Rock, nos seguintes horários: 12h00 – 20h00; 23h00 – 02h00. O preço é de 12,50 euros no local ou 10 euros se adquirido atempadamente. 

Eu Vou de Bicicleta
Em parceria com a Cofidis, o Rock In Rio disponibiliza um Bike Park para que todos os ciclistas possam deixar as suas bicicletas enquanto desfrutam do evento. 

Cooltra/eCooltra
Esta parceria contempla soluções com scooters elétricas, um pack de aluguer de mota exclusivo para os festivaleiros (um dia por 24,90 eurps ou por 2 dias por 49,90 euros, ambas as opções com capacete e top case incluídos), minutos grátis para aluguer através da eCooltra, estacionamento reservado para scooters do grupo Cooltra e apoio a toda a organização antes e durante o evento.
Publicado em Rock in Rio
Pág. 1 de 15
100% DJ. Projeto editorial independente cujos valores se guiam pelo profissionalismo, isenção e criatividade, tendo como base de trabalho toda a envolvente da noite nacional e internacional, 365 dias online.

Newsletter

Recebe novidades e conteúdos exclusivos no teu e-mail.