14-12-2018

  Diretor : Ivo Moreira  |  Periodicidade : Diária

Sobre Nós  |  Fala Connosco     

×

Erro

[sigplus] Erro crítico: A pasta da galeria de imagens RockInRio/apresentacaoeletronica deve ter um caminho relativo para a pasta base das imagens especificada na back-end.

segunda, 25 novembro 2013 21:45

Kit de Natal Rock in Rio já está à venda

A organização do Rock in Rio Lisboa acaba de lançar o Kit de Natal Rock in Rio-Lisboa 2014, que estará à venda em exclusivo na FNAC. Este ano, o Kit de Natal é inspirado na comemoração do 10º aniversário do evento em Portugal e, por isso, além do voucher que pode ser trocado por um bilhete para um dos dias do evento, o Kit inclui uma guitarra em miniatura, uma peça de coleção para os verdadeiros fãs do Rock in Rio.
 
Além disso, o Kit de Natal é também uma prenda muito especial para oferecer aos amigos e à família, pois garante entrada na próxima edição do evento, que regressa ao Parque da Bela Vista nos dias 23, 25, 30 e 31 de maio e 1 de junho de 2014. Na comemoração do 10º aniversário, a organização do evento pretende fazer uma grandiosa festa com os fãs e, por isso, está a preparar inúmeras surpresas.
 
À venda em exclusivo na FNAC, o Kit de Natal Rock in Rio-Lisboa 2014 tem o custo de um bilhete normal para o evento - 61 euros. Este Kit assegura o acesso a um dos dias do evento, à escolha do cliente. O voucher poderá ser trocado de 1 a 31 de março de 2014, sendo o dia escolhido garantido até esta data. Após 31 de março, o cliente continua com direito ao bilhete porém sujeito à disponibilidade para cada dia do evento.
Publicado em Rock in Rio
terça, 11 agosto 2009 14:47

Rock In Rio procura caras femininas

Desde ontem, 10 de Agosto, que começou a campanha de promoção do “Casting Rock in Rio na SIC” que vai desafiar as jovens portuguesas de todo o país a serem a cara do maior evento de música e entretenimento do mundo. O “Casting Rock in Rio na SIC” vai dar a oportunidade à vencedora de ser a cara da campanha do Rock in Rio-Lisboa a ser veiculada entre Janeiro e Maio de 2010 na SIC.

Composta por spots de televisão de 20”, suportes de imprensa e internet, a campanha do “Casting Rock in Rio na SIC” pode ser vista de 10 de Agosto a 21 de Setembro na SIC, no Diário de Notícias, Jornal de Notícias, Notícias Magazine e no portal SAPO - na home page, SAPO Fama e SAPO Vídeos.

A campanha do “Casting Rock in Rio na SIC” tem como protagonista a Carolina Patrocínio, última cara da SIC a dar a cara na campanha de 2008, que vai desafiar as jovens portuguesas a substituí-la na função de ser a cara do Rock in Rio-Lisboa. Na primeira fase da campanha, vai convidar as jovens portuguesas, entre 18 e 25 anos, a inscreverem-se no “Casting Rock in Rio na SIC”, seguindo-se a segunda fase em que o desafio é lançado ao público para votação online nos vídeos das 100 classificadas e em seguida, na terceira fase, nos vídeos das 20 semi-finalistas, em www.rockinrio-lisboa.sapo.pt. Por último, na quarta fase da campanha, os portugueses são convidados a votar telefonicamente nas quatro finalistas do “Casting Rock in Rio na SIC”.

Todas as informações sobre o “Casting Rock in Rio na SIC” estão já disponíveis no site oficial do evento, em www.rockinrio-lisboa.sapo.pt.
 
Publicado em Rock in Rio
quarta, 11 julho 2012 00:01

Balanço do Rock In Rio - Madrid 2012

A Cidade do Rock de Arganda del Rey, a cerca de 25 km de Madrid, recebeu 186.000 fãs nos 4 dias da terceira edição espanhola do maior evento de música e entretenimento do mundo.

O dia de arranque do evento, 30 de junho, recebeu grandes estrelas da música latina como El Pescado, La Oreja de Van Gogh, Macaco e Maná, numa noite em Lenny Kravitz foi cabeça de cartaz, na qual se juntaram 42.000 pessoas.

O  segundo dia, 5 de julho, apresentou nomes como Swedish House Mafia, Calvin Harris, Amaia Montero, El Último Vagon e Carl Cox em substituição de Rihanna, que cancelou a sua participação devido ao falecimento da avó, juntando 25.000 pessoas.

O terceiro dia, 6 de julho, mais de 60.000 pessoas não quiseram perder a grande Festa Eletrónica que juntou pela primeira vez na Europa Pitbull, David Guetta e Martin Solveig. Erick Morillo, Afrojack, Pete Tong e Wally López também participaram nesta noite que levou os visitantes da Cidade do Rock a dançar em frente ao Palco Mundo, transformado numa pista de dança gigante, com efeitos de luz e fogo de artifício.

No último dia, a 7 de julho, 55 mil pessoas assistiram aos concertos de Red Hot Chilli Peppers, que deram um concerto memorável, Incubus, os extravagantes Gogol Bordello e, Deadmau5, com a sua característica cabeça de rato, a encerrar a terceira edição espanhola do evento.

A oferta de entretenimento incluiu ainda o slide em frente ao Palco Mundo, a roda gigante, as diferentes propostas e atividades apresentadas pelos parceiros e patrocinadores do evento e o palco Street Dance, que o público português teve a oportunidade de ver em primeira mão na edição portuguesa, no qual competiram os participantes da etapa espanhola do Concurso Internacional Street Dance, cuja final será disputada na 1ª edição argentina, em Outubro do próximo ano.

O maior evento de música e entretenimento do mundo segue agora para o Rio de Janeiro onde acontecerá nos dias 13, 14, 15, 19, 20 e 21 de setembro de 2013 e em seguida desembarca pela primeira vez em Buenos Aires nos dias 27, 28 e 29 de setembro e 4, 5 e 6 de outubro. Em 2014 volta a Lisboa e a Madrid, em datas ainda por definir.
Publicado em Rock in Rio
segunda, 30 abril 2012 23:50

Movimento "Eu Vou" invade Portugal

Em contagem decrescente para dar início ao festival Rock in Rio-Lisboa, a organização decidiu antecipar o clima de festa ao lançar o movimento "EU VOU". Trata-se de uma campanha multimeios presente em todo o país, que visa captar a atenção do público para a chegada do festival.

Vão também ser divulgados, diariamente, vídeos de artistas e figuras públicas a dizer "EU VOU" presentes em televisão, e ainda a divulgação da campanha em rádio, imprensa, internet e cinemas.

Ainda para a difusão da campanha, a organização procedeu ao desenvolvimento de uma aplicação para o Facebook onde os utilizadores poderão acrescentar à sua fotografia de perfil a frase "EU VOU".

Também os transportes públicos não escaparam à febre do rock com cartazes da campanha a incentivar o público à utilização de transportes coletivos quando se deslocarem para o evento.

Para que a desculpa não seja a crise, a organização criou ainda o pack "Nós vamos", uma opção ideal para famílias e grupos de amigos que consiste na venda de quatro bilhetes para um dos dias do evento com um desconto de 10 por cento.
 
Publicado em Rock in Rio
Com o primeiro fim de semana do Rock in Rio-Lisboa 2012, o maior evento de música e entretenimento do mundo ultrapassou os 6 milhões de visitantes. Desde 1985 que cerca de 6.100.300 pessoas marcaram presença nas onze edições do Rock in Rio (5 em Lisboa, 4 no Rio de Janeiro e 2 em Madrid). Este número de fãs e seguidores do evento reflete-se claramente nas redes sociais, que funcionam cada vez mais como barómetro da sociedade.

Nas redes sociais - Facebook, Twitter, Orkut, Youtube e Google Plus - o Rock in Rio tem 5.265.463 fãs que acompanham, em tempo real, todas as novidades do maior evento de música e entretenimento do mundo. O Rock in Rio destaca-se dos outros festivais nestes números, o festival mais próximo do Rock in Rio é o Coachella nos EUA com cerca de 1.785.074 seguidores, seguem-se o Vans Warped Tour nos EUA com 976.579 fãs nas mesmas redes e o Lollapalooza nos EUA, Chile e Brasil com 869.519 seguidores no total.

Nos dias 25 e 26 de maio, os primeiros do Rock in Rio-Lisboa 2012, a página do Facebook do Rock in Rio-Lisboa teve 770.575 likes, 14.000 comentários e 79.488 menções. Nesta página foram colocados 869 posts e fotografias e o número de fãs cresceu para 323.528, aumentando 20.000 fãs em dois dias. Também no Twitter o impacto fez-se notar, o Twitter do Rock in Rio-Lisboa tem neste momento 18.710 seguidores.

No ranking de marcas nacionais da Marktest, o Rock in Rio aparece em 4º lugar, atrás apenas dos três principais clubes de futebol portugueses: Benfica (1º), Porto (2º) e Sporting (3º), nos temas mais falados durante a semana de 21 a 27 de maio de 2012.

Nos primeiros dias de evento, a SIC Radical, que transmitiu em direto todos os concertos do Palco Mundo, bateu o recorde de audiências, com uma média de 51.800 espetadores no dia 26 de maio, e o canal atingiu o número de 200.000 telespetadores durante o concerto de Linkin Park.
 
Publicado em Rock in Rio

DJ Vibe, Rui Vargas e Diego Miranda estão confirmados para o Rock In Rio Brasil, na tenda eletrónica, que se realiza entre os dias 18 e 20 e 24 e 27 de setembro.

 
Os veteranos DJ Vibe e Rui Vargas irão atuar em modo B2B, enquanto que o número 70 do Top 100 da DJ Mag, Diego Miranda, vai ter Rodrigo Shá como participação especial.
 
Entre os nomes internacionais, o festival conta com a atuação de Headhunterz, Crookers e os brasileiros Alok, Felguk e Gui Boratto.
 
Confere abaixo o cartaz confirmado até ao momento da tenda eletrónica do Rock In Rio Brasil:
 
18 de setembro:
 
  • Kerry Chandler
  • Barbara Tucker
  • DJ Memê
  • Mary Olivetti, Kassin e O Baile do Lincoln (homenagem a Lincoln Olivetti)
  • Vivi Seixas e participação especial de Lustosa (homenagem a Raul Seixas)
 
19 de setembro:
  • Crookers
  • Headhunterz
  • Tropkllaz
  • A Liga
  • Chemical Surf
 
20 de setembro:
  • Matador
  • Pig + Dan
  • Gui Boratto
  • Flow&Zeo + Karina Zeviani
  • Elekfantz
 
24 de setembro (“Kids want Techno”):
  • Nome a anunciar
  • Vintage Culture
  • Anderson Noise + Mau Mau + Renato Cohen
  • 2 Attack com DJ Paula Chalup + Mau Mau
 
25 de setembro (“Brasil EDM worldwide”):
  • Alok
  • Volkoder
  • Felguk
  • Marcelo Cic
  • HNQO
 
26 de setembro (B2B):
  • Davide Squillace B2B Mathias Tanzman
  • DJ Vibe B2B Rui Vargas
  • Leo Janeiro B2B Leozinho
  • Conti B2B Mandi
 
27 de setembro
  • Nome a anunciar
  • Life Is a Loop (live)
  • Diego Miranda, com participação especial de Rodrigo Shá
  • Ely Yabu
  • Amanha Chang

 

 

Publicado em Rock in Rio
A organização do maior evento de música e entretenimento do mundo anuncia a primeira dupla confirmada para o Palco Sunset Rock in Rio: Luís Represas e Martinho da Vila prometem surpreender o público com uma actuação única!

O Sunset Rock in Rio, uma das fortes apostas do evento, é um espaço dedicado à experimentação, a encontros inesperados e a concertos únicos, e regressa este ano à Cidade do Rock ainda com mais novidades na fusão dos diversos estilos musicais, do hip-hop ao fado, do reggae ao pop, do rock à soul e a vários outros estilos. A sua principal característica é ser um palco de “encontros premium” no qual nenhum artista ou banda actua sozinho. A ideia é um artista/banda convidar outro e juntos criarem um concerto novo, único, para ser apresentado em exclusivo.

Vamos poder assistir ao encontro de Luís Represas e Martinho da Vila, dois artistas que cantam em língua portuguesa e que irão brindar o público com um programa musical diversificado.

Zé Ricardo, director artístico do Sunset Rock in Rio, afirma que “depois do sucesso da edição anterior do Sunset Rock in Rio, este ano estamos a internacionalizar o palco através de convites feitos a artistas de vários pontos do mundo para se juntarem aos artistas portugueses e nos brindarem com excelentes misturas musicais. O Sunset Rock in Rio apresenta um conteúdo artístico e estético muito estudado e cuidado que vai permitir a total liberdade aos músicos nas jam sessions improvisadas”. E termina convidando o público a visitar o Sunset Rock in Rio a partir das 17H e a assistir a espectáculos únicos criados exclusivamente para serem apresentados no maior evento de música e entretenimento do mundo.

O bilhete diário para assistir ao Rock In Rio Lisboa, é de 58€.
Publicado em Rock in Rio

[sigplus] Erro crítico: A pasta da galeria de imagens RockInRio/apresentacaoeletronica deve ter um caminho relativo para a pasta base das imagens especificada na back-end.

São quase 30 artistas de música de dança confirmados para o Palco Eletrónico do Rock In Rio Lisboa, que vai decorrer entre nos dias 19, 20, 27, 28 e 29 de maio, no Parque da Bela Vista. A organização anunciou o cartaz do palco secundário do festival esta tarde, numa conferência de imprensa realizada no topo do hotel Epic Sana, um local com uma vista única e prestigiada sobre a cidade de Lisboa.
 
Carl Cox, DJ Vibe (residente), Carlos Manaça, Mano Le Tough, Alok, Diego Miranda, Pedro Cazanova, Beatbombers, Holly, Dan Maarten e Dynamic Duo foram alguns dos artistas confirmados para o Palco Eletrónico.
 
A lenda do techno Carl Cox tem atuação marcada no Rock in Rio no dia 20 de maio, juntamente com DJ Vibe e Carlos Manaça, dois dos grandes nomes nacionais da música eletrónica.
 
O palco da música eletrónica ganha este ano uma nova estrutura e uma piscina, que vai receber Pool Parties diárias, com inspiração de Las Vegas. As festas junto à piscina vão decorrer entre as 18 e as 21 horas, com vários DJs nacionais.
 
Miguel Marangas, Diretor Artístico do Palco Eletrónico do Rock in Rio há 12 anos, afirmou aos meios de comunicação presentes que a organização vai “tentar tirar partido do dia” com uma “forte componente de DJs nacionais que estão ao nível de todos os outros de qualquer parte do mundo” com as novas pool parties. Para a edição deste ano, o diretor artístico pretende oferecer “melhores condições” e um novo objetivo: alcançar um “público mais novo”.
 
Além de DJs e produtores, o palco secundário do Rock In Rio Lisboa vai receber ainda bandas como Gus Gus, Paranoid Londons e Octave One. Roberta Medina, em entrevista ao Portal 100% DJ, revelou que a aposta no palco de música eletrónica “começa acima de tudo com a diversidade, que é uma aposta do Rock In Rio desde que nasceu”, pois “os estilos musicais passaram a encontrar-se e acabou” a rivalidade entre géneros. “Não há dúvida nenhuma que a música eletrónica rompeu todas as fronteiras e nichos e hoje chega a milhares de pessoas, de vários estilos e diferenças, dentro do mundo da eletrónica”, afirmou a Vice-Presidente do evento.
 
O festival pretende também fortalecer “uma aproximação da música eletrónica com o público mais mainstream”, porque “naturalmente o Palco Mundo move massas de uma forma mais agressiva”. Apesar disso, “há quem passe o dia inteiro” no palco de música eletróncia mas “não é o foco principal”.
 
Em relação à novidade deste ano, as festas junto à piscina, Roberta admite que a organização tinha “pena de ter uma estrutura dinâmica e não aproveitar o dia”, como acontecia há alguns anos atrás no antigo Palco Sunset.
 

 
{gallery}RockInRio/apresentacaoeletronica{/gallery}
 
Publicado em Rock in Rio
A contagem decrescente para o Rock in Rio-Lisboa 2018 continua e a organização anunciou hoje que já se encontram esgotados os passes para o primeiro fim-de-semana do festival, nos dias em que o Palco Mundo recebe Muse (23 de junho), Bruno Mars, Demi Lovato, Anitta e Agir (24 de junho). Para estes dias, os fãs ainda podem adquirir bilhetes diários pelo valor de 69 euros.

Para o segundo fim-de-semana do festival (29 e 30 de junho), em que a organização já confirmou The Killers como headliner do dia 29 de junho, ainda é possível adqurir weekend passes a 117 euros e bilhetes diários. 

Recorde-se que o Rock in Rio-Lisboa está de volta nos dias 23, 24, 29 e 30 de junho, prometendo transformar a Bela Vista num gigante parque temático da música, com inúmeras experiências e uma programação surpreendente, combinando o melhor do entretenimento. 

Este ano o festival vai contar com mais horas de entretenimento diário (o recinto abrirá portas às 12h00 e encerrará às 2 horas da madrugada), terá novas áreas,  como o Pop District ou o Gormet Square e novos palcos como o Digital Stage.

Os bilhetes para o Rock in Rio-Lisboa estão disponíveis nos locais habituais (lojas FNAC, bilheteira.fnac.pt, Blueticket.pt, Festicket e Ticketmaster).
Publicado em Rock in Rio
DJay Rich e António Mendes são os DJs oficiais da emissora portuguesa RFM e residentes do festival RFM SOMNII. Quer a nível individual ou em dupla, jápercorreram muitos dos palcos nacionais mas agora são artistas indispensáveis de se ter no line-up de um festival. Detentores de uma energia única e contagiante, unem-se, ajudam, apoiam e incentivam os jovens talentos da música eletrónica e essa atitude éde louvar. O Portal 100% DJ esteve àconversa com a dupla portuguesa nos bastidores do Music Valley, momentos antes de subirem ao palco do Rock in Rio Lisboa.
 
Estrearam-se no Rock In Rio. Qual é a sensação desta primeira vez no festival?
Mendes: A sensação é óptima. Já tínhamos noção da dimensão do festival por causa da relação que temos através da RFM com o Rock in Rio, mas ter o nome no cartaz está a ter um feedback muito espetacular. As pessoas estão a dizer que é um outro nível. E isso é muito bom. 
 
Contam um verão preenchido: Rock in Rio, RFM Somnii, Algarve... O que é que o público pode esperar de vocês?
Mendes: Além desses locais, ainda vamos estar no RFM Beach Power na Madeira, nos Açores... 
 
Rich: Podem esperar o mesmo de sempre: muita alegria nos sets. Gostamos de tocar aquilo que apreciamos mesmo. Tentamos fazer sets diferentes, principalmente no RFM Somnii onde tocámos três noites, pois somos residentes do festival. Este ano levámos dois convidados, para fazer algo diferente: o Pete Tha Zouk e o Pedro Cazanova. São pessoas com quem lidamos e trabalhamos há muitos anos, portanto fazia todo o sentido convidá-los.
 
Como está a ser a aceitação da vossa nova música com o Michael Teixeira?
Rich: A música é muito boa. Tem um hook muito forte e muito fácil e nós tocámos o remix no Rock in Rio pela primeira. Ainda está um pouco em segredo, mas já temos alguns DJs internacionais interessados em fazer remixes. Estamos muito satisfeitos com o resultado final e ter um contacto como o Michael que, para além de ser um excelente produtor, está nos Estados Unidos da América e dá-nos a vantagem de termos vozes norte-americanas. Essa é uma das nossas preocupações quando lançamos um tema cantado em inglês, porque quando temos alguém cá a cantar inglês, temos de estar sempre a mandar corrigir as letras lá fora para ver se existe alguma coisa que não faça sentido. Assim, manda-se a ideia, trabalha-se a ideia, discutimos, faz-se um rascunho e fica perfeito. 
 
Cláudio.Photos
 
No vosso radioshow dão algum destaque a novos talentos. Como é que encaram a nova geração da música eletrónica em Portugal?
Mendes: Essa tem sido sempre uma preocupação nossa: dar espaço a novos talentos. Mesmo no recente concurso que fizemos para o RFM Somnii, tivemos muitas participações e a dificuldade foi mesmo escolher e chegar ao lote de 10 finalistas. Apareceram-nos faixas muito bem produzidas nos vários sub-géneros da música eletrónica, o que é sempre bom. Diria que há muito bom talento em Portugal nesta área. 
 
Rich: Na área da produção, vemos chegar músicas brutais. As pessoas que participam pensam muita coisa. Houve DJs conhecidos a concorrerem ao concurso e não passaram. Nós não os escolhemos porque quisemos ser fiéis à nossa opinião e as pessoas têm que aceitar que nós fomos o júri. Foi a nossa opinião e foram as músicas que nós mais gostámos, independentemente de haver muito boa produção. Foram 267 participações e quando começámos a reduzir chegámos às 150 e ficámos sem saber o que fazer. Eram 150 artistas que nós gostávamos de meter numa página a votação. Tínhamos de escolher 10 e foi a nossa opinião em termos de gosto e foi isso que prevaleceu. Já fizemos algo semelhante, não tão absorvida como esta, para o disco do RFM Somnii e lançámos um desafio o mais transparente possível. Também escolhemos sete produtores, eram para ser cinco mas não conseguimos e abrimos exceção. Foram sete artistas para o disco e a votação nessa altura foi através de downloads do iTunes. A escolha foi completamente transparente como foi no site, desta última vez. Quem ganhou foi quem conseguiu mais votos, independentemente daquilo que conseguisse fazer. É sempre complicado não conseguir, mas o importante é participar e há que respeitar a decisão das pessoas. 
 
Mendes: O importante é os participantes acreditarem em si próprios, não desistir. Frustrações e coisas que correm mal, toda a gente tem. Se acreditas, continua a acreditar. 
 
Querem dar alguns exemplos de novos talentos que estejam debaixo de olho?
Mendes: Ao dizer nomes não ia ser politicamente correto. Se destacar um ou dois nomes, vamos sempre correr o risco de deixar alguém de fora. É um pouco difícil. 
 
Rich: Nessa perspetiva, nós já trabalhámos com jovens produtores. O ano passado no RFM Somnii levámos dois produtores novos para cima do palco. Acho que isso é um incentivo magnífico para eles. Foram o Batista e o Khamix. É muito importante para estes artistas tentar trabalhar com alguém que já tenha nome no mercado e que tenha ferramentas e meios para divulgar o trabalho. Não conseguimos dar a todos mas não somos aqueles produtores que dizem: “Não vamos fazer música com produtores desconhecidos”… Não, nós adoramos a nova produção, ‘fazemos bandeira’ no RFM Somnii Radioshow e queremos divulgar novos talentos e incentivá-los. As oportunidades surgem. As coisas não caem do céu. É trabalho, é sorte, são oportunidades que temos de agarrar. Temos de estar dispostos a muita coisa para que isso aconteça. Às vezes há muitos destes jovens que pensam que, por exemplo, o Martin Garrix que fez uma música e foi um sucesso, que vai ser igual. Mas, outro exemplo, o Avicii foi o produtor que durante muito tempo ninguém lhe ligava nenhuma. O próprio Bob Sinclar ou o David Guetta que em 2004 esteve no Porto e ninguém se lembra disso. Quando ele rebentou, foi a loucura. Ele não caiu do céu. Se as pessoas olharem, há, de facto, jovens talentos que começam logo e há outros que só começam a aparecer mais tarde. 
 
Que novidades podem revelar sobre o futuro da vossa carreira?
Mendes: Estamos a preparar mais umas músicas. 
 
Rich: Nós levamos isto muito na boa. Já não estamos cá há dois dias. Porque os nossos objetivos profissionais foram outros, apesar de que esta sempre foi uma carreira que ficou sempre. Nunca tivemos o objetivo de ser vedetas. Gostamos disto e levamos a nossa carreira de uma forma muito descontraída. A prova disso é que nós somos muito pouco ‘facebookianos’. 
 
Que mensagem gostariam de deixar aos leitores e seguidores do Portal 100% DJ que estão a ler esta entrevista?
Rich: Sigam os nossos conselhos.
Mendes: E, sobretudo, divirtam-se!
 
 
Publicado em Entrevistas
Pág. 1 de 14

Projeto editorial independente cujos valores se guiam pelo profissionalismo, isenção e criatividade, tendo como base de trabalho toda a envolvente da noite nacional e internacional, 365 dias online.

Acesso Rápido

Newsletter

Recebe novidades e conteúdos exclusivos no teu e-mail.