21-03-2019

  Diretor Ivo Moreira | Periodicidade Diária

Sobre Nós  |  Fala Connosco     

O Rock One é o novo festival de Verão, com um conceito inovador que junta a música ao desporto automóvel. Durante 4 dias de pura emoção, poderás ouvir as suas bandas favoritas e aproveitar o melhor que um autódromo pode proporcionar.

No Autódromo Internacional do Algarve, em Portimão, irás encontrar um espaço único de diversão. Desde o fim de tarde até ao dia nascer, a animação vai ser constante já nos próximos dias 5, 6, 7 e 8 de Agosto.

Com uma área afecta ao evento superior a 80.000 m2, e infra-estruturas que proporcionam a implementação de espaços fantásticos de diversão e animação, nomeadamente Restauração, Zona Vip, Zona Electrónica, Etc.

O Autódromo de Portimão é o local ideal para acolher este novo conceito de viver a música e o desporto motorizado, no melhor Verão da Europa.

Anastacia, James Morrison, Bloc Party, Mia Rose e DJ Tiësto são as presenças já confirmadas para o palco principal.
Publicado em Festivais
quarta, 04 julho 2018 19:28

O Rock in Rio Lisboa em números

O festival Rock in Rio regressou à Cidade do Rock, no Parque da Bela Vista em Lisboa, para mais uma edição de sucesso nos dias 23, 24, 29 e 30 de junho. Ao todo, passaram pelo recinto 278 mil pessoas, 85 mil delas no dia 24 de junho, que teve lotação esgotada.
 
No total, foram 57 horas de música com 264 atuações de artistas como The Chemical Brothers, Diego Miranda ou Vintage Culture. Em Portugal, 5,8 milhões de pessoas assistiram às transmissões ao vivo dos concertos através da televisão e da web.
 
Confere abaixo outros números revelados pela organização do Rock in Rio Lisboa:
 
- 18,999 pessoas andaram na roda-gigante
- 3,611 pessoas andaram no slide
- 90 mil copos de Somersby consumidos
- 360 mil copos de Super Bock consumidos
- 62,500 copos de Pepsi consumidos
- 55 mil sofás da Vodafone distribuídos
- mais de 56 horas de livestream
- 21 vezes nos Trending Topics no Twitter em Portugal
- 2,256 publicações no Facebook, Instagram e Twitter
- 70% dos visitantes inquiridos tem a intenção de voltar na próxima edição
- 95% dos visitantes inquiridos atribuiu a nota máxima à edição de 2018 
- mais de 150 horas de emissão ao vivo pelas rádios do grupo Renascença Multimédia
 
Publicado em Rock in Rio
A quarta edição do festival Dancefloor, em Leiria, decorreu no passado fim-de-semana, nos dias 27 e 28 de julho no estádio municipal Dr. Magalhães Pessoa com um cartaz diversificado, mas com destaque para o hardstyle.
 
Nicky Romero, Borgore, Blasterjaxx, NEW_ID e os portugueses KEVU foram alguns dos artistas que subiram ao palco do Dancefloor, que teve o Portal 100% DJ como Media Partner Oficial.
 
O género hardstyle, que tem vindo a aumentar a sua notoriedade e público, foi o ‘rei’ deste evento que promete voltar e crescer no próximo ano, para ser “a meca nacional” deste estilo, mas sem esquecer a chamada ‘EDM’.
 
Além das atuações ao vivo, o festival contou ainda com o evento Be Fit, que transformou o estádio da cidade de Leiria num ginásio gigante ao ar livre, com aulas de Zumba, Body Pump, Body Attack e Cycling.
 
Para os festivaleiros que estiveram a acampar na Praia do Pedrógão, a festa começou mais cedo com um sunset no dia 26 de julho, com atuações de Rob Willoe, Madara e Solberjum.
 
Para inaugurar o palco do Dancefloor no dia 27 de julho, subiram ao palco os artistas Solberjum e Madara, que ficarem encarregues do warm up de dois dias que se adivinhavam épicos.
 

 
Após a atuação de Vendark, João Rosário dos KEVU subiu ao palco com um set enérgico e repleto de drops que puseram o público presente a saltar. No final, ainda houve tempo para apresentar a música oficial do Dancefloor, uma colaboração com Vendark, intitulada “Be Free”.
 

 
Seguiu-se Will Sparks, que já tinha o público bem preparado para a sua atuação. Os efeitos especiais, C02, confetis, lasers, fogo e pirotecnia foram cada vez mais utilizados, levando os festivaleiros à loucura.
 

 
A dupla VINAI subiu posteriormente ao palco do Dancefloor, com um dos membros a vestir uma camisola da Seleção Portuguesa de Futebol, numa demonstração do carinho que os artistas italianos têm pelo público nacional. Os drops de todas as faixas eram acompanhados por saltos dos presentes, bem como as letras que os festivaleiros tinham na ponta da língua.
 

 
E chegou o momento que muitos esperavam: o regresso de Nicky Romero a palcos portugueses. A ansiedade era sentida e notável no público, que recebeu o artista de braços abertos, em euforia. O fogo de artifício fez-se ver no ar e todos puderam dançar e cantar os êxitos do momento e alguns clássicos. Na fila da frente, houve quem usa-se a famosa máscara dos Anonymous ou do V de Vendetta, usada no videoclip de “Toulouse”.
 

 
A noite já era longa e o hardstyle ocupou lugar no palco do Dancefloor, com as atuações de Noisecontrollers e Zatox. As batidas agressivas deste género musical que está a tornar-se popular entre os amantes de música eletrónica contagiaram o público, que reagia a cada faixa que era reproduzida. Muitos eram aqueles que envergaram com muito orgulho as bandeiras referentes ao hardstyle.
 

 
Se o primeiro dia do festival já tinha um bom cartaz, o segundo ainda elevou mais a fasquia. Depois do warm-up feito pelos mesmos artistas do dia anterior, Alecks subiu ao palco antes da atuação de NEW_ID.
 

 
Para quem não conhecia ou nunca tinha assistido a uma performance de NEW_ID, o artista surpreendeu todos os presentes pela positiva. Foi um set pensado, com uma seleção musical feita a rigor, desde os hits da atualidade até aos clássicos. NEW_ID foi dos que mais agradeceu ao público, através de gestos, sorrisos e palavras.
 

 
O dubstep também teve lugar no Dancefloor, com Borgore. Depois da sua atuação no Lick, no Algarve, o DJ israelita encantou os amantes de música eletrónica que estavam no estádio de Leiria, desde os mais novos até aos mais velhos. Bandeiras, cartazes e t-shirts com o seu nome eram muito visíveis na frontline.
 

 
Seguiu-se Tujamo, que continuou a festa que já estava a ficar memorável, mas que não ia ficar por ali. Os efeitos especiais cada vez mais levavam o público à loucura, antes da entrada do convidado especial: Carnage.
 

 
Depois da sua atuação na EDP Beach Party, Carnage ganhou uma grande legião de fãs portugueses que não saíram da frente do palco por nada. A sua atuação foi acompanhada por todos bem de perto, com direito a vários momentos de mosh pit, impressionantes para quem via de cima, desde a zona VIP.
 

 
Os cabeças de cartaz, Blasterjaxx, sobem ao palco apenas com a presença de Thom, mas mais uma vez sem desiludir. O ambiente vivido no relvado do Dancefloor era de invejar, ond era possível sentir uma energia única e uma única paixão: a música eletrónica.
 

 
Por fim, a dupla Audiotricz encerrou a edição deste ano do festival Dancefloor com muita música hardstyle, levando os fãs do estilo à loucura, mais uma vez, depois do aquecimento de Carnage. No final, fizeram questão de descer do palco e trocar algumas palavras com os fãs, além das habituais selfies e autógrafos.
 

 
Durante os dois dias de festival, o estádio de Leiria recebeu cerca de 15 mil amantes de música eletrónica e a organização já está a preparar a edição de 2019, que promete ser ainda melhor.
 
Até para o ano, Dancefloor!
 
Galeria de Fotos:
 
Publicado em Reportagens
domingo, 29 abril 2018 21:47

Tujamo confirmado no festival Dancefloor

O DJ e produtor alemão Tujamo é a mais recente confirmação para o festival Dancefloor, que vai decorrer no estádio municipal Dr. Magalhães Pessoa, em Leiria nos dias 27 e 28 de julho.
 
Depois de percorrer o mundo e pisar o palco de grandes festivais como o Tomorrowland e Creamfields, Tujamo chega este verão a Portugal para apresentar uma atuação única e repleta de energia, onde certamente não irão faltar os hits “Booty Bounce” ou “Drop That Low (When I Dip)”.
 
Tujamo junta-se assim a Nicky Romero, Borgore, Blasterjaxx, Will Sparkz, Audioctricz, Noisecontrollers e KEVU no line-up do festival português.
 
Os bilhetes já se encontram à venda a partir de 10 euros. O Portal 100% DJ é Media Partner Oficial deste evento.
 
Publicado em Festivais

 

A época de festivais de verão está oficialmente aberta. De acordo com a Associação Portuguesa dos Festivais de Música (APORFEST), só este ano vão decorrer cerca de 150 festivais em território nacional.
 
Há para todos os gostos e géneros, espalhados pelos cantos de Portugal. Dentro da música eletrónica, o ano de 2015 conta com a presença de grandes estrelas mundiais como Steve Angello, Calvin Harris, Deep Dish e Nicky Romero.
 
A MÚSICA ELETRÓNICA ‘GANHA TERRENO’ NOS FESTIVAIS PORTUGUESES
 
O Portal 100% DJ destaca os festivais de grande dimensão MEO Sudoeste, EDP Beach Party, RFM SOMNII – O Maior Sunset de Sempre, NOS Alive ou o NEO POP, cujos cartazes apresentam uma enorme quantidade de artistas nacionais e internacionais com prestígio e talento. Alguns destes eventos contêm artistas de outros géneros musicais, mas a presença de grandes DJs e produtores é cada vez mais uma grande aposta por parte da organização dos mesmos.
 
O MEO Sudoeste apresenta, mais uma vez, um cartaz recheado de artistas de música eletrónica, de 5 a 9 de agosto. Calvin Harris, Steve Aoki, W&W, DJ Bl3nd, Dimitri Vegas & Like Mike, Wolfpack, C2C, Hardwell, Showtek, Oliver Heldens, Djeff Afrozila, Above & Beyond, Quentin Mosimann, DJ Ride e Kura estão confirmados para colocarem os festivaleiros da Zambujeira do Mar aos saltos.
 
Na Praia do Aterro, em Matosinhos, nos dias 3 e 4 de julho, vai decorrer a EDP Beach Party, que conta com outra ‘dose’ dos irmãos Dimitri Vegas & Like Mike, já considerados DJs residentes do evento. Durante os dois dias, vão passar pelo palco nomes como Dyro, Ummet Ozcan, Yellow Claw, VINAI, Steve Angello, DVBBS, R3hab, Sunnery James & Ryan Marciano e AN21, juntamente com os portugueses Digital Militia, Club Banditz e Miguel Psi.
 
Um pouco mais a sul, o RFM SOMNII – O Maior Sunset de Sempre acontece mais uma vez na Praia do Relógio, na Figueira da Foz, nos dias 11 e 12 de julho. Martin Solveig e Nicky Romero são os cabeças de cartaz, composto também por Dannic, MAKJ, The Chainsmoker, Julian Calor, MOTI, Robin Schulz, Dubvision, Michael Calfan, entre outros.
 
O NOS Alive, um dos festivais portugueses mais reconhecidos a nível internacional, tem confirmada a presença de Disclosure, Flume, Magazino, Moullinex, Fernando Alvim e muitos outros, distribuídos por vários palcos. O evento tem início no dia 9 de julho e termina no dia 11 do mesmo mês, no Passeio Marítimo de Algés.
 
Outro festival muito mediático ‘lá fora’ é o NEO POP. Um festival com uma sonoridade mais underground, mas com um cartaz de luxo, que comemora este ano a sua 10ª edição, com quatro dias de festa. Estão preparados dois palcos distintos para os dias 12, 13, 14 e 15 de agosto, que vão receber Marco Carola, Lewis Fautzi, Sven Vath, Magazino, Deep Dish, Luciano, The Martinez Brothers e muitos mais. Viana do Castelo é o local de encontro dos amantes deste estilo de eletrónica mais alternativo, mas de grande qualidade.
 
Este ano decorre também o festival Freedom, de 11 a 16 de agosto, em Elvas, também com um estilo musical mais alternativo, com base na comunidade trance. O line up ainda não foi revelado.
 
O Sumol Summer Fest regressa à Ericeira, com alguns nomes de música eletrónica no cartaz, como DJ Ride, Holly, Knife Party, DJ Glue, Dynamic Duo, Dan Maarten, Hugo Rizzo e Massivedrum.
 
Por fim, o Super Bock Super Rock vem diretamente do Meco para o Parque das Nações, em Lisboa, onde vão atuar artistas como Madeon, Xinobi, Djeff Afrozila e Stereossauro. O festival decorre entre os dias 16 e 18 de julho.
 
O QUE DEVO LEVAR PARA UM FESTIVAL?
 
Para qualquer festivaleiro, existe uma lista de objetos essenciais que devem ser levados para o evento. Para uns podem ser extremamente necessários, mas para outros podem ser um suplemento. O Portal 100% DJ elaborou uma pequena lista daquilo que é mais necessário para a época de festivais de verão.
 
  • Óculos de sol
  • Câmara fotográfica e/ou de filmar
  • Tenda (se o evento tiver campismo)
  • Bandeira, cachecóis ou cartazes
  • Horário das atuações e mapa do recinto
  • Telemóvel
  • Dinheiro
  • Documentos (Cartão de Cidadão ou Bilhete de Identidade, Carta de Condução...)
  • Bilhetes de acesso ao festival
  • Carregador para telemóvel e máquinas fotográficas/vídeo
  • Protetor solar
  •  
ALGUMAS DICAS PARA TUDO CORRER ‘ÀS MIL MARAVILHAS’
 
  • 1 – Informa-te sobre os mais pequenos pormenores
Todos os festivais têm as suas regras. Há certos eventos que não permitem a entrada de selfie sticks, por exemplo. Consulta os sites oficiais dos festivais de música e se for necessário, contacta-os por e-mail com as tuas dúvidas. Saber algumas regras sobre os acampamentos também é uma ‘peça’ fundamental para que tudo corra da melhor maneira possível. Podes também falar com amigos que já tenham ido a certos festivais, assim recebes algumas dicas de quem já passou pela mesma experiência.
 
  • 2 – Roupa para todas as ocasiões
Apesar de serem festivais de verão, as condições meteorológicas podem ser muito irregulares e inesperados. Além de muito calor durante o dia, à noite podes vir a precisar de uma sweatshirt ou de um casaco.
 
  • 3 – Faz planos com os teus amigos
Marcar um ponto de encontro pode ser uma boa ideia, caso algum amigo teu se perca do resto do grupo e não tenha bateria no telemóvel. Se fores acampar, combina com o teu grupo de amigos aquilo que cada um pode levar, pois há coisas desnecessárias que apenas podem ocupar espaço, tempo, trabalho e esforço a transportar. Conciliar os gostos musicais de todos pode ser difícil, por isso a melhor opção é dividir o tempo entre palcos, ou dividirem-se em pequenos grupos e dirigirem-se para a atuação que mais querem ver. Consulta também o mapa do recinto, para não perderes o norte e ficares a saber onde está o teu palco de eleição ou a enfermaria.
 
  • 4 – Com barriga cheia e corpo hidratado, ninguém fica indisposto
A água e uma boa alimentação são essenciais para um festival de verão. São muitas horas em pé, a dançar e a saltar, ou seja, a gastar energias. Para aguentar todas as horas e atuações dos teus artistas favoritos, enche bem a barriga e bebe muitos líquidos para não ficares mal disposto. Não te esqueças que o teu estômago também tem de estar preparado para o álcool...
 
ORÇAMENTO APERTADO?
 
A crise económica que o nosso país atravessa, faz com que tenhamos algumas dificuldades em nos deslocar a certos festivais de verão. Alguns meses antes de serem revelados os primeiros artistas para os eventos, alguns festivais disponibilizam os bilhetes a preços mais acessíveis. É uma questão de sorte e de pensamento positivo, para que o teu artista preferido faça parte do cartaz.
 
Outra opção é ir tentando os passatempos que decorrem por toda a internet. Vários sites, blogs e páginas de Facebook realizam passatempos, onde podes vir a ser o grande vencedor. Não custa tentar!
 
Alguns festivais de música têm também disponível alguns packs de bilhetes, que podes dividir com os teus amigos e família, tudo a um preço mais barato que o normal. 
 
{youtube}nI6ilaupC2k{/youtube}
Publicado em Festivais
O festival NEOPOP, que vai decorrer entre os dias 7 e 10 de agosto em Viana do Castelo acaba de ganhar as suas primeiras confirmações que irão subir aos quatro palcos do evento.
 
Richie Hawtin, Underworld, 2Jack4U, Amelie Lens, Ben Klock, DVS1, John Digweed, Lokier, Maceo Plex, Rebekah, Surgeon e The Advent foram os primeiros nomes anunciados pela organização.
 
Os bilhetes já se encontram à venda na Made Of You Tickets a preços entre os 85 e os 175 euros.
 
 
Publicado em Festivais
O Fã Pack da Fnac que te dá acesso ao NOS Primavera Sound já está à venda e promete ser uma das prendas de natal mais desejadas. O produto encontra-se disponível em duas versões.
 
Podes adquirir o Fã Pack na sua versão Passe Geral, que inclui o bilhete para os três dias, um vale de desconto Fnac, um saco e um livro da sétima edição do festival. A versão Voucher Diário conta com um bilhete para um dia à escolha. O primeiro tem um preço de 105 euros enquanto que o segundo custa 55 euros e ambos estão limitados ao stock existente.
 
O NOS Primavera Sound vai regressão ao Parque da Cidade, no Porto, entre os dias 7 e 9 de junho do próximo ano, ainda sem cartaz divulgado.
 
 
Publicado em Festivais
terça, 26 junho 2018 23:01

RPMM Festival anuncia line-up completo

A primeira edição do RPMM Festival, que vai decorrer nos dias 28 e 29 de julho, no edifício da Alfândega do Porto e noutros locais como o Industria Club, Gare, Cais Novo e Palácio Ateneu, acaba de completar o seu cartaz.
 
Entre os artistas confirmados constam nomes como Jackmaster, Matt Tolfrey, Matthias Tanzmann, Margaret Dygas, Rui Vargas, Pixel 82, Sum M e Heartbreakerz.
 
No dia anterior ao evento, a organização convida os portadores dos passes VIP para uma pré-party, que vai decorrer na Quinta de Santo António com Michael Bosacki, Ollie Mundy e Twenty 2 numa festa na piscina.
 
Os bilhetes encontram-se à venda a no site oficial do festival e na Ticketline com preços entre os 45 e os 170 euros. O Portal 100% DJ é Media Partner Oficial do evento.
 
Confere abaixo o cartaz completo:
 
28 JULHO
Das 12h00-00H00
 
Main Stage 
Guy Gerber 
Âme (Dj set) 
Matt Trolfrey 
Matthew Dear (Live) 
Pixel 82 
Alfonsvs
Room 2 Meoko 
Barac 
Varhat 
Geddes 
Joseph Williams 
Cleymoore
 
VIP Stage 
Lundi Bleu 
Port du Soul
 
RPMM OFF PARTIES 
Das 00h00 – 06h00
 
INDUSTRIA CLUB por RPMM & Half Baked label (UK) 
Margaret Dygas 
Robin Ordell 
Vasco Valente
 
Gare Porto por RPMM & Ibiza Voice 
Darius Syrossian 
Mella Dee 
Jesse Calosso 
Yassine
 
Cais Novo por RPMM & YOU ARE WE (UK) 
Matthias Tanzmann 
Wildkatz 
Ashley Wild
 
Palacio Ateneu por RPMM & Antena 3 “10 years of N19” 
Rui Vargas 
Art Department 
Nittin
 
29 JULHO
Das 12h00-23H00
 
Main Stage 
Jackmaster B2B Jasper James 
Damian Lazarus & The Ancient Moons 
Francesca Lombardo 
Diana Oliveira 
Heartbreakerz 
SuM
Room 2 Meoko 
Ari Girão 
Luca Cazal 
D’julz
 
VIP Stage 
Lundi Bleu 
Port do Soul
 
RPMM OFF PARTIES 
Das 00h00 – 06h00
 
Cais Novo 
Sala RPMM & [email protected] 
Switchdance 
La Fleur b2b B. Traits 

Sala RPMM Closing Party 
Adam Curtain 
Alexis Raphael 
Death on the Balcony 
Hefe (live) 
Tone of Arc (Live) 
Kenny Glasgow 
Max Chapman 
Ricoshei 
Robbie Akbal 
Russ Yalop 
Smash TV 
Death on the balcony 
Miguel Puente 
Photonz 
Violet 
Sara Abdul
 
Publicado em Festivais
quinta, 29 janeiro 2009 10:23

Oeiras Alive! Pode mudar de local

O ano passado teve um cartaz de luxo e despertou a curiosidade da imprensa europeia ao ponto de o considerarem um dos melhores festivais de 2008, mas este ano o Alive! corre sérios riscos de ter que mudar de ares.


A Administração do Porto de Lisboa (APL) é proprietária do Passeio Marítimo de Algés, onde decorre habitualmente o evento, e tem em mente a edificação de uma sede para a instituição o que inviabilizará a hipótese de realização do Festival.

Álvaro Covões, responsável máximo da promotora Everything Is New, esteve reunido ontem de manhã com a APL na tentativa de garantir o espaço pelo menos para a edição deste ano mas, até à data, ainda não há nenhum desenvolvimento.


Ainda que acredite que "a decisão possa ser revertida", Álvaro Covões afirmou já ter em mente alguns espaços alternativos, pelo que a realização do Festival não parece estar em causa.

O ano passado o Alive! juntou no mesmo palco nomes como Rage Against The Machine , Bob Dylan , Neil Young ou Ben Harper.

Fonte, MusicaOnline.
Publicado em Festivais
O Lisboa Dance Festival vai decorrer nos dias 9 e 10 de março no Hub Criativo Beato em Lisboa e já conta com o seu alinhamento completo. Como cabeças de cartaz, estão confirmados NÃO e Nosaj Thing (live) no primeiro e segundo dia, respetivamente.
 
No line-up constam ainda nomes como Octave One, Monooc, Romare, Leon Vynehall, Optimo/Xinobi, Max Graef, Rastronaut, Gnu Panic, Dupplo, DJ Glue, Shaka Lion, DJ Marfox, Migue Torga, Joe Goddard, Midland, Steffi Truncate, Mirror People, Prins Thomas, Moomin, Saoirse, Bawrut, Pedro, Mvria, Ramboiage, DJ Kitten, Paraguaii, Antonio Bastos e Himan.
 
As conferências do Lisboa Dance Festival têm como temas as “Marcas na música”, “LX: uma cidade que dança com turistas” e “Como é que Lisboa é vista de fora?” e contam com oradores Branko, Vitor Belanciano, Ryan Miller, Luis Oliveira, Rui Murka, Karla Campos, Rui Miguel Abreu e Pedro Gonçalves.
 
O segundo dia do Lisboa Dance Festival conta com 12 horas de música seguida, com início às 16 horas. A marca de automóveis Kia fechou uma parceria com a organização do festival liboeta e promete transportar gratuitamente os festivaleiros de vários pontos da capital portuguesa para o recinto do evento, entre as 18h e as 03h30.
 
Os bilhetes já se encontram disponíveis a preços entre os 30 e os 69 euros nos locais habituais.
 
Publicado em Festivais
Pág. 1 de 13
100% DJ. Projeto editorial independente cujos valores se guiam pelo profissionalismo, isenção e criatividade, tendo como base de trabalho toda a envolvente da noite nacional e internacional, 365 dias online.

Newsletter

Recebe novidades e conteúdos exclusivos no teu e-mail.