17-07-2019

  Diretor Ivo Moreira | Periodicidade Diária

Sobre Nós  |  Fala Connosco     

×

Erro

[sigplus] Erro crítico: Memória insuficiente para concluir a operação solicitada root/images/stories/ultra/diario3/29468583_1215628718568670_327121953557053440_o.jpg, 36542016 bytes requeridos, 29360128 bytes disponiveis.

O DJ português Steven Rod encontra-se em Miami, com várias atuações marcadas durante a semana da música eletrónica, em clubes como Ora, D-A Vila Downtown, Ocean’s Tem Ocean Drive e Seaspice. Estivémos à conversa com o artista acerca da cidade norte-americana, do espírito da Miami Music Week e da sua carreira.
 
Já atuaste em Miami por várias vezes, quase já é a tua segunda casa. Além de boa energia, o que consideras importante transmitir ao público durante estes cinco dias?
Sim é verdade, já são alguns anos a atuar em Miami e podem acreditar que cada vez mais me sinto em casa, tem sido uma caminhada fantástica. Na semana do Miami Music Week, a maior parte das pessoas vem para cá com o espírito de festa, à procura de grandes eventos com os melhores artistas do mundo! Toca-nos a nós que estamos em cima dos palcos dar um grande show e acima de tudo fazer algo que ninguém está à espera, apresentar temas novos e fazer com que as pessoas passem realmente um bom momento. Nesta semana, Miami está repleto de várias culturas, pessoas de todas as partes do mundo e é sem dúvida fantástico podermos mostrar o que tenho vindo a trabalhar ao longo deste tempo.
 
Na área dos eventos o que encontras em Miami que não existe e fazia falta em Portugal?
O clima! O ambiente tropical. Cada evento é uma experiência, cada evento ensina-nos algo diferente e na verdade eu penso que é a vontade que as pessoas têm de ouvir uma boa sessão. Sinto que aqui vão a um evento e esperam ouvir algo diferente, têm vontade de ouvir o que o DJ tem para lhes mostrar. Não vou dizer que nunca senti isso em Portugal, já senti mas gostava de ver ainda mais esse espírito no meu país. Acredito que no futuro isso vai acontecer. Gostava também que este tipo de eventos em clubes começassem mais cedo, como aqui em Miami.
 
Atuar no Ultra Music Festival é uma meta que pretendes alcançar?
Sem dúvida! Todos sonham em subir ao palco do Ultra Music Festival em Miami. Já alcancei tantas coisas na minha vida que até eu mesmo pensava que nunca iria lá chegar... Porque não continuar a trabalhar para conseguir isso?! 
 
Qual é a sensação de representar Portugal na Miami Music Week?
A sensação é muito boa e torna-se ainda melhor quando sentes o apoio do público português, seja daqueles que estão por cá ou os que me seguem diariamente nas minhas redes sociais. É brutal, muito satisfatório ver e reconhecer portugueses nos eventos onde estou a atuar!
 
Que novidades a curto prazo podes desvendar a cerca da tua carreira?
Felizmente como em todos os anos vou ter o calendário repleto de grandes eventos em Portugal e também em outros países. O início de 2018 foi absolutamente incrível e assim vai continuar! Há também umas colaborações com um artista nacional e outra com um grande internacional e espero que o prazo seja mesmo curto para poder relevar o trabalho que tenho vindo a fazer.
 
Que mensagem gostarias de deixar aos leitores e seguidores do Portal 100% DJ?
Continuem a apoiar a música eletrónica em Portugal e nunca deixem de marcar a vossa presença nos eventos que são produzidos no nosso país. Temos muita qualidade e podemos ser o melhor party people do mundo!
 
Publicado em Entrevistas

[sigplus] Erro crítico: Memória insuficiente para concluir a operação solicitada root/images/stories/ultra/diario3/29468583_1215628718568670_327121953557053440_o.jpg, 36542016 bytes requeridos, 29360128 bytes disponiveis.

 
Dia 3:
 
Acordámos e o tempo convida, mais uma vez, uma ida até à praia. Depois do almoço, dirigimo-nos a um dos clubes mais emblemáticos de Miami: o Nikki Beach. Está calor e o ambiente é convidativo para uma boa tarde a dançar.
 
Ouvimos o DJ Abel Ramos e de seguida a Sophie Francis. Toda a gente está de forma descontraída a ouvir a música enquanto se bebem uns cocktails. Uns deitados nas espreguiçadeiras, outros no bar, outros a dançar... Pelo meio, encontrámos o DJ português Steven Rod.
 
No fim da tarde regressámos até casa. Resolvemos não sair hoje porque amanhã aguarda-nos um dia muito preenchido: a pool Party da Axtone com Axwell, Matisse & Sadko, Bob Sinclar, entre outros, e à noite uma ida até uma das maiores discotecas de Miami, a Liv onde vamos poder ouvir Matisse & Sadko e Cedric Gervais.
 
{gallery}stories/ultra/diario3/{/gallery}
Publicado em Ultra Music Festival
O DJ e produtor Hardwell vai ser o primeiro artista de música eletrónica a transmitir em direto a sua atuação em realidade virtual e em 360 graus diretamente de Miami, durante a Miami Music Week. O livestream, exclusivo do Littlstar, está marcado para o próximo dia 16 de março, na festa “Hardwell Presents Revealed” que vai decorrer no Nikki Beach.
 
Esta vai ser uma oportunidade única para os fãs de Hardwell que não podem estar presentes em Miami, que vão poder assistir à atuação do artista holandês como se estivessem a dividir o palco com o antigo número 1 do Top 100 da DJ Mag.
 
A iniciativa é uma parceria entre a VBR, LeaseWeb e a Littlstar e vai estar disponível na internet, Apple TV, Android e iOS. Além de Hardwell, Dannic, FTampa, Julian Jordan, Kill The Buzz e o português Kura vão subir ao palco do Nikki Beach.
 
{youtube}1Vq8ZWEZZiw{/youtube}
Publicado em Artistas
Carlos Manaça vai estar de novo na famosa conferência de música eletrónica mais importante do planeta, a Winter Music Conferece, onde já se desloca desde 1996.

Durante a WMC, o mito vivo da eletrónica de qualidade em Portugal, atuará no evento "Tkc Music Marathon" na "Discoteka", em downtown no dia 20 de março e no sábado 24 de março no evento "KULT Records 2012 Talent Showcase" no "Kyma Lounge", no terraço do Epic Hotel, à mesma em Miami.
O homem forte da Magna Recordings mais uma vez a levar o bom nome de Portugal além fronteiras.
 
A Winter Music Conference decorre de 16 a 25 Março em Miami - USA.
 
Publicado em Artistas
Seis semanas após a tragédia que aconteceu numa discoteca gay em Orlando, na noite passada duas pessoas morreram e 14 ficaram feridas após um tiroteio no espaço noturno Club Blu Bar and Grill em Miami, nos Estados Unidos da América.
 
O massacre aconteceu perto das 21 horas em Lisboa, 01h00 em Miami, depois de um homem armado entrar na área exterior da discoteca e disparado em todas as direções. Até ao momento estão confirmadas duas mortes e vários feridos, mas este número ainda não está confirmado oficialmente e pode aumentar.
 
A discoteca ClubBlu estava a receber uma festa direcionada para público adolescente. Segundo uma testemunha, foram disparados 30 tiros no local da tragédia e supõe-se que estavam presentes vários atiradores. No entanto, esta informação ainda não foi confirmada oficialmente pela polícia norte-americana.
 
Até ao momento foram detidas três pessoas suspeitas de estarem relacionadas com este tiroteiro. À mesma hora ocorreram outros dois incidentes na mesma zona, mas ainda não está confirmada a relação com o tiroteio na discoteca. As circunstâncias desta tragédia ainda são desconhecidas e as operações policiais continuam na área da discoteca, com várias patrulhas à procura de suspeitos.
 
A gerência do Club Blu Bar & Grill publicou há momentos um comunicado oficial na sua página oficial de Facebook referindo que lamenta “profundamente o que se passou com todos os envolvidos. Nós tentámos oferecer aos adolescentes aquilo que pensávamos ser um lugar seguro para passar um bom bocado”.
Publicado em Nightlife
O passado fim de semana ficou marcado pelo estrondoso evento eletrónico Ultra Music Festival. Segundo a organização, durante os três dias com bilhetes esgotados, passaram pela Downtown Area em Miami, cerca de 150 mil pessoas.
 
Três palcos com diferentes sonoridades musicais, fizeram as delícias dos ouvidos dos festivaleiros. Desde Avicii a David Guetta, de Skrillex a Fatboy Slim, por lá passaram mesmo os melhores, os mais conceituados e com mais fãs a nível mundial.
 
Portugal foi um dos países da privilegiada e restrita lista que pôde assistir ao vivo e a cores através do canal do festival no Youtube, a várias atuações fenomenais e de arrepiar. Muitos foram os portugueses que passaram a noite de olhos postos no Youtube a acompanhar o festival.
 
No próximo ano de 2013 a 15ª edição do Ultra Music Festival será nos dias 22, 23 e 24 de Março. Ainda sem local definido e estando vários países interessados em receber o festival, incluíndo o Brasil, a Polónia, entre outros, é certo que se esta edição esgotou, nas próximas terá a organização que aumentar a lotações dos recintos, pois para 150 mil pessoas torna-se pequeno e apertado.

Publicado em Ultra Music Festival
A notícia foi recebida de forma inesperada e o artista português não acreditou à primeira. Na atuação deste sábado no palco principal do Ultra Music Festival em Miami, Armin van Buuren incluiu no seu set a faixa "For Life" assinada pelo DJ e produtor português Francisco Cunha, que atualmente ocupa a posição número 18 do TOP 30 da 100% DJ. 

Esta sua última faixa, lançada em janeiro pela Release Records tem recebido feedback positivo e apoio de grandes nomes da música eletrónica como é o caso de Yves V, Lost Frequencies, Oliver Heldens, Blasterjaxx, Don Diablo e agora do holandês Armin van Buuren.

A par disso, Cunha prepara-se para viajar esta sexta-feira até Londres onde irá ter uma presença especial no conhecido Ministry of Sound ao lado dos Third Party, numa apresentação da "For Life".

Publicado em Artistas
Em quase vinte edições de Ultra Music Festival em Miami, muitas são as recordações que são guardadas na memória dos seus festivaleiros e, claro, por toda a internet através de vídeos e fotografias.
 
Para comemorar o regresso deste festival, o Portal 100% DJ selecionou alguns momentos que considera inesquecíveis, engraçados e polémicos. E para ti, qual é o teu momento preferido? Confere abaixo a listagem:
 
  • deadmau5 goza com Martin Garrix durante a sua atuação
 
“Animals” de Martin Garrix estava nas bocas do mundo e no topo das tabelas. Deadmau5, conhecido pelas suas críticas e polémicas, em pleno palco do Ultra Music Festival decidiu gozar com o jovem artista e a sua música, com um tema infantil durante o drop, que é originalmente um edit de McMaNGOS.
 
 
  • A última atuação dos Swedish House Mafia
 
Foi uma das notícias mais tristes para os fãs de música eletrónica: o fim dos Swedish House Mafia. E esse final ficou marcado para o Ultra Music Festival em Miami, com uma atuação de arrepiar.
 
 
  • Above & Beyond obrigados a atuar de costas para o público
 
Durante a sua atuação no palco principal, Above & Beyond foram obrigados a atuar de costas para o público. O motivo? A chuva que se fez sentir na baixa de Miami, que poderia danificar alguns dos equipamentos que estavam a ser usados pelos artistas.
 
 
  • Madonnna sobe ao palco do UMF com Avicii e fala sobre drogas
 
Sim, isto aconteceu. A verdadeira Rainha do Pop subiu ao palco do Ultra Music Festival, em Miami. Este acontecimento deu-se durante a atuação de Avicii, um dos produtores que já trabalhou com Madonna. A artista interpretou o seu single “Girl Gone Wild” e ainda teve tempo de falar com a plateia sobre... drogas. “Quantas pessoas aqui presentes já viram a Molly?”, foi a pergunta feita por artista, referindo-se a MDMA.
 
 
  • Skrillex e Diplo convidam P. Diddy, Justin Bieber e companhia
 
O final da atuação de Skrillex, juntamente com Diplo formando assim os Jack U, foi pensado para acabar em grande e agradar todos os públicos, de várias idades e gostos musicais. P. Diddy, Justin Bieber e Kiesza foram convidados a marcar presença e assim encerrar o festival.
 
 
  • Zedd corre no palco do Ultra Music Festival em boxers
 
Um laço ao pescoço, suspensórios e uns... boxers. Esta era a roupa que Zedd tinha vestido, no momento em que invade o palco principal do Ultra Music Festival, durante a atuação de deadmau5. Percorreu o palco de ponta a ponta e ainda subiu à cabine, junto do rato mais conhecido da música eletrónica, que reagia às gargalhadas.
 
 
  • DJ Snake divulga o número de telemóvel pessoal de Dillon Francis
 
Durante a estreia de DJ Snake no Mainstage do Ultra Music Festival, o artista teve uma brilhante ideia: divulgar o número de telemóvel pessoal de Dillon Francis nos ecrãs. Resultado? Milhares de chamadas e mensagens recebidas por Dillon Francis, que chegou a partilhar um vídeo nas redes sociais, onde se podia observar a ‘confusão’ que se estava a passar no seu telemóvel.
 
 
 
Publicado em Ultra Music Festival
 
As autoridades locais de Miami estão a pedir o fim do Ultra Music Festival após uma guarda de segurança ter sido gravemente ferida durante um acidente que envolveu uma multidão de pessoas que a atropelaram no primeiro dia de evento - sexta-feira. O festival de música eletrónica decorreu no passado fim-de-semana em Bayfront Park, no centro de Miami.
 
A segurança Erica Mack de 28 anos, que trabalhava para a empresa CSC (Contemporary Services Corporation), foi levada para o Jackson Memorial Hospital depois de uma multidão ter derrubado uma vedação ao tentar entrar no festival sem ingressos. Ainda que estável, Erica deu entrada no hospital em estado crítico apresentando lesões cerebrais graves e uma perna partida.
 
Entretanto o Presidente de Miami, Tomas Regalado já se pronunciou sobre o sucedido: "O que aconteceu neste fim-de-semana foi uma situação que poderia ter sido evitada. A organização do Ultra não seguiu a ordem policial que aconselhava o reforço das barreiras de segurança do evento, mesmo sabendo que este e no ano anterior, alguns jovens tentaram correr sobre as vedações.
 
De acordo com a CBS4 Miami, a organização do Ultra Music Festival foi obrigada a reforçar o muro na área onde a segurança ficou ferida, mas não cumpriu.
 
"Isto não foi um acidente " continua o Presidente Regaldo. "Isto é algo que poderia ter sido evitado. Assim, nas próximas semanas iremos ter uma discussão a nível da comissão da cidade a fim de negar as autorizações para a realização do evento no próximo ano aqui na cidade".
 
Em resposta, no domingo, a produção o evento emitiu um comunicado onde lamentava o sucedido e partilhava o desejo de uma recuperação rápida e completa da vítima. A produção explicou ainda que existe uma investigação em andamento e que não poderão fornecer comentários adicionais. "Os coordenadores do evento estão a cooperar plenamente com as autoridades de investigação" lê-se no comunicado.
 
Recorde-se que durante sexta e sábado, cerca de 55 festivaleiros foram detidos pela polícia de Miami por acusações que vão desde o saltar da vedação ao uso de drogas.
 
Publicado em Ultra Music Festival
Depois de no ano passado terem entrado no Ultra Music Festival pelo "The Arrival Stage" e subido ao palco principal juntamente com Mykris para apresentar um remix para Sean Paul, os portugueses KEVU estão de regresso a Miami, para desta vez atuarem no tão desejado Ultra Worldwide, palco onde também irão passar diversos nomes da eletrónica, como Malaa, Cedric Gervais, 3Lau, Borgeous, entre outros.

A atuação de KEVU será no próximo sábado 30 de março, às 16 horas no Virginia Key Beach Park, o novo local que este ano irá acolher o gigantesco festival entre os dias 29, 30 e 31 de março. Além de KEVU a bandeira nacional será também representada por diversos festivaleiros que irão rumar até Miami para viverem três dias de intensa festa com o melhor da música eletrónica.  

Atualmente a dupla ocupa a posição número 3 do TOP 30 de Portugal e a número 118 do TOP 100 da revista DJ Mag.
 
Publicado em Ultra Music Festival
Pág. 1 de 5
100% DJ. Projeto editorial independente cujos valores se guiam pelo profissionalismo, isenção e criatividade, tendo como base de trabalho toda a envolvente da noite nacional e internacional, 365 dias online.

Newsletter

Recebe novidades e conteúdos exclusivos no teu e-mail.

Este site utiliza cookies. Ao navegares neste site estás a consentir a sua utilização. Para mais informações consulta a nossa Política de Privacidade.