01-10-2020
  Diretor Ivo Moreira  \  Periodicidade Diária
O YouTube pode deixar de ser apenas uma plataforma de vídeos online para passar a ser também um serviço de música por subscrição por streaming. De acordo com as informações apuradas o novo serviço do YouTube vai funcionar de maneira muito semelhante ao Spotify, mas terá os vídeos como fator "extra". 
 
A revelação é feita pela Billboard que cita inúmeras fontes próximas ao desenvolvimento do projeto. O projeto deve ser lançado ainda antes do final do ano e vai ficar disponível em duas modalidades - uma gratuita onde os utilizadores têm que conviver com anúncios, e outra paga que garante acesso a uma lista "ilimitada" de faixas musicais. 
 
O valor do serviço pago pode ascender aos 9,99 dólares - cerca de 7,25 euros - e vai também garantir acesso a músicas em formato offline. O principal foco do novo serviço do YouTube vai ser o segmento mobile, uma área onde as restantes propostas de mercado são mais "curtas". 
 
Entretanto surgiram ainda outros rumores de que a aplicação do YouTube está prestes a evoluir, por forma a permitir a reprodução de conteúdos em segundo plano - uma funcionalidade que daria jeito para a ferramenta de streaming. 
 
De acordo com as mesmas fontes um serviço de música por subscrição com componente de vídeo integrada não seria visto como um substituto direto do All Access da Google, e podia até ser a ferramenta de preferência para novas plataformas como os Google Glass.
 
Fonte: Sapo Tek.
 
Publicado em Mix
Quando o álcool é consumido em demasia, pode haver momentos da noite que são esquecidos. Flashgap é a nova aplicação que pretende recordar a noite passada, inspirada no filme “A Ressaca”.
 
A aplicação é gratuita e já está disponível para download para iOS e Android. A Flashgap guarda as fotografias e vídeos num álbum privado, que só pode ser visto no dia seguinte, ao meio-dia. As memórias podem ser partilhadas com uma lista de amigos que é previamente escolhida.
 
Para a aplicação funcionar com sucesso, os utilizadores têm de criar o evento e adicionar os amigos. Cada fotografia pode depois ser vista durante 3 segundos, desaparecendo posteriormente.
 
 
Publicado em Mix
É uma aplicação portuguesa e acaba de ser distinguida pelo portal FWA – Favourite Website Awards como mobile of the day: trata-se da VDS Wines, aplicação para smartphones desenvolvida para a Vinhos do Douro Superior pela Thing-Pink, agência de comunicação sediada no grande Porto.

Disponível na AppStore, esta aplicação assenta em tecnologia de última geração, nomeadamente na realidade aumentada e na georreferenciação. O motor de realidade aumentada permite ao utilizador apontar a câmara do dispositivo telefónico para qualquer garrafa de vinho VDS e aceder automaticamente a diversos conteúdos.

Já a georreferenciação dá ao utilizador a possibilidade de identificar os locais mais próximos onde pode encontrar vinhos VDS, de restaurantes a bares, passando por garrafeiras e outros espaços da distribuição moderna.

A aplicação da VDS apresenta ainda outras funcionalidades, tais como informações sobre os vinhos, o Douro Superior e últimas novidades. O apreciador de vinhos pode também colocar questões diretamente ao enólogo Rui Roboredo Madeira, bem como ter acesso a conteúdos multimédia exclusivos.

Através deste novo canal, a VDS - Vinhos do Douro Superior propõe-se interagir e estar mais perto do público dos seus vinhos, dando a conhecer os seus produtos, história e cultura.
Publicado em Mix
Uma nova plataforma digital foi lançada recentemente pela Caixa Geral de Depósitos, a pensar na época dos festivais de verão. Esta iniciativa tem como público alvo os festivaleiros que querem guardar as suas melhores recordações destes eventos de música.
 
Todas as fotografias e vídeos partilhados no Instagram ou através do sistema RFID nas ativações da marca com a hashtag #EstamosCá, serão incluídos numa timeline individual. Serão distribuídos autocolantes RFID nos festivais, que devem ser conservados de evento para evento, para ajudar no processo de partilha na timeline.
 
A iniciativa “A Caixa nos Festivais” já arrancou com o NOS Primave Sound, no Porto, habilitando ainda a todos os participantes a ganhar vários prémios.
Publicado em Mix
O Departamento de Justiça dos Estados Unidos está a investigar a conduta da Apple, acusada de usar a sua influência junto da indústria discográfica para acabar com o modelo de negócio da plataforma Spotify.
 
Segundo o The Verge, a empresa pode estar a pressionar as editoras para que não renovem os contratos com o Spotify, que disponibiliza de músicas de forma gratuita, uma vez que espera lançar um serviço de streaming pago em junho
 
Fontes do Verge indicam que a Apple chegou a dizer à Universal que está disposta a pagar as taxas do YouTube à editora, desde que a empresa interrompa as transmissões de suas músicas no site da Google.
 
O Spotify conta com 60 milhões de utilizadores, mas apenas 15 milhões optam por pagar pela versão premium do serviço. Os restantes beneficiam de músicas gratuitas, conseguidas graças a parcerias estabelecidas com as grandes editoras.
 
Fonte: Notícias ao Minuto.
Publicado em Mix
A partir de hoje há mais um serviço de streaming musical no mercado. O Beats Music foi lançado hoje no mercado norte-americano e já está disponível para equipamentos da marca da famosa maçã - Apple.
 
A plataforma vai permitir o acesso a mais de 20 milhões de faixas e suporta playback online e offline. Ao contrário da recente tendência freemium em serviços como o Spotify ou o Rdio, o Beats Music não vai funcionar gratuitamente nem será suportado por publicidade. O serviço funciona mediante uma subscrição mensal de cerca de 10 dólares.
 
Os utilizadores interessados terão à sua disposição um período gratuito de sete dias para decidirem se optam pelo serviço ou não. Um dos aspectos mais divulgados deste serviço está nas listas de música que podem ser personalizadas consoante as preferências e o contexto dos utilizadores.
 
O serviço também irá chegar brevemente ao Android e Windows Phone, além da Web. Desconhecem-se detalhes sobre uma eventual chegada ao mercado internacional.
 
 
Publicado em Mix

 

A aplicação Shazam, que permite aos utilizadores descobrir o nome dos artistas e a respetiva música que está a tocar, revelou a lista dos 10 temas mais procurados durante o festival Coachella, que decorreu entre os dias 10 e 19 de abril, na Califórnia.
 
DJ Snake tem duas músicas da sua autoria na lista, composta também por temas de Jack U, Deorro e Kygo.
 
Confere abaixo o Top 10:
 
  • 1 – DJ Snake & AlunaGeorge – You Know You Like It
  • 2 – The Weeknd – Earned It
  • 3 – Major Lazer feat. MO & DJ Snake – Lean On
  • 4 – Jack U feat. Justin Bieber – Where Are You Now
  • 5 – David Guetta feat. Nicki Minaj & Afrojack – Hey Mama
  • 6 – Chet Faker – No Diggity
  • 7 – Deorro – Five Hours
  • 8 – Kygo feat. Conrad – Firestone
  • 9 – Galantis – Runaway (U & I)
  • 10 – Action Bronson feat. Chance The Rapper – Baby Blue
 
 
Publicado em Festivais
terça, 26 novembro 2013 12:45

Uma aplicação nacional para amantes de gin

É a primeira aplicação portuguesa dedicada exclusivamente ao gin e pode ser descarregada gratuitamente. A 'App Gin Lovers' já se encontra disponível para smartphones.
 
Numa primeira fase, apenas estará na App Store, para iPhone e iPad. Em breve ficará também acessível no sistema Android. De acordo com os 'Gin Lovers', a aplicação permite aceder a novas receitas de gin tónico, sugestão de bares e outros locais para uma correta apreciação de gin, com a possibilidade de os selecionar com critério de aproximação geográfica em relação ao ponto onde nos encontramos, informação atualizada sobre o fenómeno do gin em Portugal e no mundo, entre outras possibilidades.
 
A aplicação será, no fundo, um complemento do site ginlovers.pt.
 
Publicado em Mix
A partir de agora vai ser possível introduzir marcas nos vídeos de música. A estratégia é da Universal Music que vai permitir que as agências de publicidade promovam produtos junto de audiências específicas.
 
A Universal recorre, assim, à startup tecnológica MirriAd que desenvolveu uma solução para inserir marcas nos vídeos de música, mesmo depois das filmagens terminadas. Assim, pode-se inserir diferentes marcas no mesmo vídeo e dirigidas a um público-alvo. 
 
A Havas Media Network, que trabalha marcas como LG e Coca-Cola, junta-se à discográfica, sendo a primeira agência a aderir ao serviço.
 
Com esta tecnologia os interesses dos artistas e das marcas estão alinhados enquanto a discográfica se foca em apresentar aos fãs uma experiência musical completa, diz a Universal ao Marketing Magazine.
 
Através de tecnologias inovadoras, como a MirriAd, e agências globais como a Havas, a Universal Music pode oferecer aos artistas mais oportunidades de gerar receitas a partir dos vídeos musicais, acrescenta.
 
Fonte: Briefing.
 
Publicado em Mix
 
O Youtube, que pertence à Google, irá lançar um serviço de subscrição de música em streaming ainda este ano, com o nome de “Music Key”. Este projeto já era para ter sido apresentado ao público durante o verão, mas acabou por ser adiado.
 
Ao que tudo indica, este novo serviço irá dar também acesso a concertos e videoclips.
 
Outra novidade do Youtube, revelada na terça feira em conferência de imprensa, é um novo serviço pago de vídeo, que excluirá os anúncios publicitários, através de uma assinatura. 
 
Publicado em Mix
Pág. 1 de 3